Page 1

RELATÓRIO DESTAQUES 2018

Referência em soluções tecnológicas para a pecuária de corte tropical

Rodrigo Alva

Kadijah Suleiman

Igor Duarte

Pixabay


Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

RELATÓRIO DESTAQUES 2018 Referência em soluções tecnológicas para a pecuária de corte tropical

Campo Grande, MS 2019


Arquivo Embrapa Gado de Corte


Apresentação Ao longo da história, o desenvolvimento da humanidade e da vida em sociedade esteve muito associado à produção pecuária. Mesmo na atualidade, a população mundial depende, em grande medida, da produção animal para satisfazer às suas necessidades de alimento. Neste contexto, a carne bovina ocupa lugar de destaque e sua importância econômica não pode ser minimizada. Como centro de pesquisas dedicado ao desenvolvimento de soluções tecnológicas sustentáveis para a cadeia produtiva da pecuária de corte, temos mais uma vez a oportunidade de prestar contas à sociedade pelo investimento realizado em nossas ações de Pesquisa, Desenvolvimento e Transferência de Tecnologia. Mais que isso, podemos retribuir a confiança depositada em nosso trabalho por meio da apresentação dos principais resultados realizados ao longo de 2018. Apesar das dificuldades orçamentárias impostas pelo contingenciamento de recursos na esfera governamental, o estabelecimento de parcerias – prática estimulada e muito valorizada no âmbito da empresa –, a adoção de práticas mais efetivas de gestão e o uso da criatividade na busca de soluções para diferentes problemas tornaram possível a entrega de resultados de impacto ao setor produtivo, que certamente farão a diferença no campo e na cidade. O “Relatório Destaques 2018 – Referência em soluções tecnológicas para a pecuária de corte tropical” considera inicialmente as medidas de gestão adotadas, principalmente no que se refere ao Sistema Integrado de Gestão da Qualidade, em implantação há alguns anos e cujos resultados podem ser observados em diversas áreas da empresa. Merecem destaque, também, as ações relacionadas à Segurança da Informação, com forte participação da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), bem como a adoção de um novo sistema de desenvolvimento tecnológico para aplicativos móveis, a PWA (do inglês Progressive Web Applications), que possibilita o desenvolvimento de soluções híbridas compatíveis com as diferentes plataformas mobile disponíveis no mercado. Não podemos deixar de mencionar forte atuação internacional da Unidade, que pode ser confirmada pelas viagens internacionais de diferentes equipes, para participação de congressos, visitas técnicas, negociação de parcerias, etc. Somadas a essas viagens, podemos destacar, também, os mais de oitenta visitantes, de quatro continentes e mais de dez países que aqui estiveram na busca por conhecimento e parcerias.

O relatório também traz números que retratam a produção técnico-científica ao longo do ano, bem como os principais tipos de resultado entregues à sociedade na forma de políticas públicas, processos e metodologias técnico-científicas, novos conhecimentos e tecnologias nas mais diversas áreas – evidências da forte atuação da Unidade em PD&I. Na área de transferência de tecnologia, destaque para a realização de inúmeros cursos e eventos, participação em feiras agropecuárias, negociação e formalização de cooperações técnicas com parceiros públicos e privados. Ações relacionadas à proteção de propriedade intelectual e ao licenciamento de campos para a produção de sementes de forrageiras evidenciam também o esforço empreendido na busca por contornar os problemas orçamentários a fim de continuar avançando. As ações de comunicação realizadas este ano e aqui apresentadas mostram claramente uma empresa atuante e conectada ao seu público-alvo. Por meio de parcerias sólidas com diferentes veículos de comunicação nacionais e regionais, temos conseguido comunicar os resultados de nosso trabalho com muita propriedade, seja na mídia impressa, televisiva, radiofônica ou eletrônica. Destaque para o uso das mídias sociais em que os indicadores associados aos nossos perfis no Facebook, Twitter e Youtube são bastante positivos e indicam expressivo crescimento no alcance de interessados. Finalmente, os números apresentados no balanço social da empresa evidenciam, mais uma vez, as contribuições da Unidade para a agropecuária nacional. Foram avaliadas seis tecnologias, totalizando uma contribuição de quase R$ 6,3 bilhões em 2018, e elencadas diversas ações sociais de impacto voltadas ao nosso público externo. Tudo isso levado a efeito por uma equipe preparada, dedicada e comprometida com o resultado final de seu trabalho. Com muita satisfação, compartilhamos com você o resultado de nosso esforço e dedicação ao longo de 2018. Boa leitura! Ronney Robson Mamede Chefe-Geral Interino da Embrapa Gado de Corte


Ademar Serra


SUMÁRIO 1

Introdução

2

Gestão Organizacional

3

Pesquisa e Desenvolvimento

4

Transferência de Tecnologia

5

Comunicação

6

Balanço Social

7

Nossos Talentos

6 8 20 28 34 38 42


1. Introdução

Arquivo Embrapa Gado de Corte


Relatório de Gestão 2018

Introdução

Histórico

Missão

O Centro Nacional de Pesquisa de Gado de Corte (CNPGC) foi criado em 1974 pela deliberação 089/1974, de 23 de outubro. Em 1975, foram transferidos para a Embrapa Gado de Corte 1.612 hectares (conhecida como Fazenda Modelo, localizada a 40 km do centro da cidade de Campo Grande, MS), a equipe e os bens patrimoniais que pertenciam ao Instituto de Pesquisa e Experimentação Agropecuária do Oeste (IPEAO).

Viabilizar soluções de pesquisa, desenvolvimento e inovação para a sustentabilidade da agricultura, em benefício da sociedade brasileira.

Além disso, o Exército Brasileiro permutou com o Ministério da Agricultura, à época, uma área de 3.081 hectares (localizada a 15 km do centro da cidade) e, aproximadamente, 6.000 m2 de área construída. Nessa época, a Embrapa passou a dispor de 800 reses da raça Nelore e contava com uma equipe de 15 pesquisadores em produção animal.

Valores

Visão Ser referência mundial na geração e oferta de informações, conhecimentos e tecnologias, contribuindo para a inovação e a sustentabilidade da agricultura e a segurança alimentar. Os princípios que balizam as práticas e comportamentos da Embrapa e seus integrantes, independentemente do cenário vigente, e que representam as doutrinas essenciais e duradouras da Empresa são: Comprometimento, Cooperação, Equidade, Excelência, Flexibilidade, Responsabilidade socioambiental e Transparência.

O Centro Nacional, oficialmente, foi inaugurado em 28 de abril de 1977, evento que contou com a participação do presidente General Ernesto Geisel. No mesmo ano, a cidade de Campo Grande tornou-se capital do recém-criado Estado do Mato Grosso do Sul.

Foco de atuação Viabilizar soluções tecnológicas sustentáveis para a cadeia produtiva da pecuária de corte em benefício da sociedade brasileira, sendo referência mundial na geração de conhecimento, tecnologias e inovações aplicados à pecuária de corte tropical nas áreas de: pastagens, sanidade, sistemas de produção, meio ambiente, melhoramento animal, qualidade da carne, pecuária de precisão, gestão, reprodução, nutrição animal, boas práticas agropecuárias (BPA) e ovinocultura de corte.

O objetivo da criação do CNPGC foi elevar a produtividade da bovinocultura de corte brasileira, que além de baixa, não apresentava crescimento e não atendia aos mercados interno e externo. Para tanto, foi necessário investir em pesquisa e infraestrutura, a fim de promover o desenvolvimento da produção nacional. O crescimento do Centro foi acentuado pela expansão de ações de pesquisa, seguida pelo incremento, treinamento e amadurecimento de sua equipe técnica. Dessa forma, o resultado do esforço da Embrapa Gado de Corte no fortalecimento da pecuária nacional tornou-se visível, contribuindo para colocar o Brasil na categoria de segundo maior produtor e maior exportador mundial de carne bovina com qualidade superior.

Pessoal • 232 empregados, sendo 57 pesquisadores. • 167 bolsistas e estagiários. • 41 terceirizados. Infraestrutura • Fazenda Sede – Campo Grande/MS

A Embrapa Gado de Corte tem papel de instituição âncora para o desenvolvimento do agronegócio e da cadeia produtiva da pecuária de corte. Para alcançar os patamares atuais de importância e impacto da produção de carne bovina no Brasil e sua participação no mundo, o Centro Nacional, nos seus 40 anos, tem contribuído de forma decisiva por meio da geração, adaptação e transferência de conhecimento e tecnologias relacionadas a forrageiras tropicais, genética animal, sanidade animal, nutrição animal e outros temas.

- Área: 3.081 ha - Rebanho bovino: 1.904 - Rebanho ovino: 13 - Tropa de equinos: 54 • Fazenda Modelo – Terenos/MS - Área: 1.612 ha - Rebanho bovino: 1.226 - Rebanho ovino: 128

Hoje, em cada fazenda brasileira e em muitas fazendas do mundo tropical, em cada bife consumido no Brasil ou naqueles preparados a partir da carne que exportamos para cerca de 140 países, há um pouco das tecnologias da Embrapa Gado de Corte.

- Tropa de equinos: 48 • Área construída total: 33.972,73 m2

09 7


2. GestĂŁo Organizacional

Arquivo Embrapa Gado de Corte


Relatório de Gestão 2018

Gestão Organizacional

Medidas de Gestão

indicadores de desempenho dos setores da Unidade. Foram elaborados relatórios com sugestões e considerações dos empregados sobre o aprimoramento estrutural e funcional das Unidades Descentralizadas da Embrapa, os quais foram encaminhados às instâncias superiores da instituição.

Sistema Integrado de Gestão da Qualidade A Unidade de Garantia da Qualidade (UGQ) em conjunto com o Núcleo de Desenvolvimento Institucional (NDI) desenvolveu novas ações e rotinas para manutenção e melhoria do Sistema Integrado de Gestão - SIG (Qualidade, Ambiente, Segurança do Trabalhador) em todos os macroprocessos da Unidade. Na Qualidade, os resultados alcançados mais relevantes foram: gestão de equipamentos com a alimentação do módulo lista mestra de equipamentos; insumos, com melhorias e padronização na descrição dos materiais de laboratórios para desenvolvimento das atividades de pesquisa; garantia técnica dos resultados de pesagem, com a elaboração de procedimento para ajustes metrológicos de balanças; controle de documentos com elaboração de nova proposta de revisão periódica, plano de segurança da informação e a elaboração de 39 novos documentos relacionados a atividades críticas e com impacto direto na garantia da qualidade dos resultados de pesquisa e na melhoria dos processos de suporte, atualização do módulo de controle de documentos de 87 documentos.

Na gestão ambiental sob responsabilidade do Comitê Local de Sustentabilidade (CLS), foram conduzidas ações com destaque para adequação do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS) ao novo modelo institucional, contratação de empresa para continuidade dos serviços de coleta e destinação final de resíduos perigosos dos laboratórios, campos experimentais, manejo animal e atividades de suporte; o gerenciamento de resíduos não perigosos com a continuidade da coleta solidária seletiva dos recicláveis para processamento na usina de triagem de resíduos; continuidade das logísticas reversas de resíduos perigosos e reflorestamento solidário em área desmatada próxima a nascente do Córrego Piraputanga. O SIG é um dos pilares do Modelo Integrado de Gestão da Embrapa Gado de Corte, modelo de gestão dinâmico, com foco em melhoria contínua de processos e na qualidade e excelência para resultados, que dá subsídios para que a instituição possa alcançar, a curto, médio e longo prazos, a visão de futuro almejada.

Buscando a melhoria contínua foi elaborado e operacionalizado um procedimento automatizado para avaliação de serviços internos, bem como um banco de dados estruturado com

rawpixel.com / Freepik

Segurança da Informação

dos documentos de todas as áreas da Unidade. Assim, foram envolvidos e capacitados 101 empregados (43% dos empregados da Unidade), que participaram ativamente do trabalho de diagnóstico e categorização de 126 tipos de documentos e estabelecimento de 15 Planos de Ação de melhoria e controles de SI, específicos por setores e áreas. Após a realização dessas ações, elaborou-se um Procedimento Operacional Padrão (POP) com as diretrizes para a categorização e tratamento de documentos da Embrapa Gado de Corte, de acordo com os requisitos da norma ABNT NBR 16.167.

No ano de 2018, o Comitê Local de Segurança da Informação (CLSI), em parceria com a Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), focou no estabelecimento de procedimentos e definição de controles de Segurança da Informação (SI) para classificação, atribuição de níveis de segurança e acesso, rotulação e tratamento de informações. Os empregados foram capacitados nos princípios e diretrizes gerais da SI, trabalharam com a identificação dos documentos por eles gerados e recebidos e, posteriormente, realizaram a categorização

9


Gestão Organizacional

Relatório de Gestão 2018

Organograma da Embrapa Gado de Corte

Tecnologia da Informação

tions – PWA), alinhada à nova visão de criação de um Ecossistema Digital da Agropecuária. Foram firmadas parcerias de cooperação técnica com as empresas Perseu e HighTech.

O Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) participou ativamente das ações corporativas em prol da Transformação Digital da Empresa, compondo a equipe do Observatório Digital da Agropecuária, grupo integrante do Sistema de Inteligência Estratégica da Embrapa, o Agropensa.

Ocorreram evoluções na integração da infraestrutura de rede e do parque tecnológico da Unidade ao novo controlador de domínio e diretório de usuários Microsoft ADDS. Um novo sistema de auditoria foi implantado nas 413 estações de trabalho do parque tecnológico, possibilitando conhecer em detalhes todos os ativos de software instalados e a configuração de hardware, e prevenindo qualquer mudança não autorizada. O processo de backup dos servidores do CPD foi paralelizado, obtendo-se substancial ganho de desempenho.

O Laboratory for Precision Livestock, Environment and Software Engineering (PLEASE Lab) atuou como ponto de apoio para os estudantes do Mestrado Profissional em Pecuária de Precisão da FACOM/UFMS, fomentando parcerias entre pesquisadores dessa instituição e da Embrapa. Ao longo do ano também foram finalizados o desenvolvimento dos aplicativos móveis Cria Certo, ControlPec, Arbopasto e GHG Protocol, além das novas versões do Pasto Certo e do Orçamento Forrageiro. Foi implantada uma nova plataforma de desenvolvimento tecnológico baseada no conceito de aplicativos móveis progressivos (do inglês, Progressive Web Applica-

Foram atendidos 1.161 chamados ao longo do ano de 2018, sendo estes gerenciados e acompanhados de forma transparente pela Central de TI. Além disso, foram realizadas dezenas de horas de videoconferências com o apoio do NTI.

10


Relatório de Gestão 2018

Gestão Organizacional

Articulação Internacional

quais vieram de 10 países que pertencem a quatro continentes – América, Ásia, Europa e Oceania. Os visitantes representaram 33 diferentes instituições ou organizações – 3 universidades, 22 fazendas/agropecuárias, 2 cooperativas, 1 empresa de sementes de forrageiras, 4 institutos de pesquisa e 1 embaixada.

O papel da articulação internacional é a intermediação entre o público internacional e as diferentes áreas de pesquisa e transferência de tecnologia da Embrapa Gado de Corte. No ano de 2018 foram atendidos 87 estrangeiros na Empresa, os

Países de origem dos visitantes internacionais recebidos na Embrapa Gado de Corte (Total: 10): Países Alemanha Bolívia Cazaquistão Colômbia Costa Rica

Estados Unidos França Nova Zelândia Paraguai Uruguai

Fonte: Articulação Internacional

Instituições participantes das visitas internacionais recebidas na Embrapa Gado de Corte: Instituições The Ohio State University Mississippi State University Universidad Nacional de Asunsion Finca el Sol Hacienda La Esperanza Agrosan Ltda. Guaicarano Ganaderia MVZ Asojuecas Hacienda Vargas Central del Campo SAS Aprender Viendo Finca Tocaima Revista de Carne Hacienda Buenos Aires Hacienda La Cabana Agrosemillas Agropec Pampeana Crea Agrop. San Juan Purubi El Misterio Bodega San Sebastian Crea San José Cooperativa Chortitzer Cooperativa Dos Pinos PGG Wrightson Seeds Agribenchmark Thunen Institute of Farm Economics Centro para la investigacion em sistemas sostenibles de producion agropecuaria Institut de L'elevage Embaixada do Cazaquistão Fonte: Articulação Internacional

11

País Estados Unidos Estados Unidos Paraguai Colômbia Colômbia Colômbia Colômbia Colômbia Colômbia Colômbia Colômbia Colômbia Colômbia Colômbia Colômbia Colômbia Colômbia Bolívia Bolívia Bolívia Bolívia Bolívia Bolívia Bolívia Bolívia Paraguai Costa Rica Nova Zelândia Alemanha Alemanha Colômbia França Cazaquistão


Gestão Organizacional

Relatório de Gestão 2018

Figura 2 - Visita de Produtores Bolivianos no dia 19/09/2018.

Figura 3 - Visita da Coopertiva Chortilzer no dia 20/09/2018.

Figura 4 - Visita do Embaixador do Cazaquistão em 19/12/2018.

Imagens: Arquivo Embrapa Gado de Corte

Figura 1 - Visita dos alunos da Mississippi State University em 08/05/2018.

Viagens ao exterior 10 empregados realizaram 18 viagens ao exterior, onde foram visitados 11 países. País ALEMANHA PARAGUAI URUGUAI ITALIA NOVA ZELANDIA COSTA RICA CANADA ESTADOS UNIDOS IRLANDA COREIA DO SUL POLÔNIA

Instituições visitadas Global Forum for Food Agriculture 2018- GASL/FAO - Frankfurt Visita técnica - propriedade rural, Pylar, Paraguai Visita técnica - propriedade rural, Montevidéu, Uruguai Road Show "Low Carbon Beef Production in Brazil", em Castelfranco Veneto / Joint Scientific Meeting Italy, em Padova / Laticinio Brazzale, no Veneto / FAO, Roma / Reuniões Técnicas da Leap e GASL, Roma Congresso, visitas técnicas, Auckland, Nova Zelândia INTA, Costa Rica Universidade de Guelph, Toronto / Centro de Pesquisa e Inovação de Vineland, Ontário, Canadá Sacramento Farms, Flórida / Annaly Farms, Saint Croix/ University of the Virgins Islands, Saint Croix GRSB - GTPS Joint Working Group on Forests Workshop, Dublin / Global Conference on Sustainable Beef, Dublin Environmental pollution reduction approaches; recent trends and optimal solution", IDF World Dairy Summit 2018 em Daejeon, Coreia do Sul COP 24, em Katowice, Polônia

Fonte: SGP-CNPGC.

12


Relatório de Gestão 2018

Gestão Organizacional

Recursos Humanos Em 2018, a Unidade contou com um total de 2321 empregados.

Pesquisadores 57

Analistas 42

Cargos Técnicos 43

Assistentes 90

Fonte: SGP-CNPGC.

Durante o ano, um empregado foi desligado do quadro, quatro empregados foram transferidos para a Embrapa Gado de Corte, ao passo que três empregados da UD foram transferidos para outras Unidades. O quadro abaixo representa os cargos dos empregados que entraram na Unidade: Cargo Analista A Analista A Analista A Analista B

Empregados transferidos para a Unidade em 2018 Setor SPAT SPS SGI SPAT

Fonte: SGP-CNPGC.

52,16% dos empregados estão com mais de 50 anos.

1 Dos 232 empregados no quadro, sete empregados estão afastados, em aposentadoria temporária, em decorrência de auxílio doença, sendo 5 assistentes, 1 técnico e 1 analista.

13


Gestão Organizacional

Relatório de Gestão 2018

Na Unidade, dos 232 empregados há 62 mulheres e 170 homens. Contou-se com a colaboração de 167 acadêmicos, bolsistas e estagiários na Unidade. Tipo de estágio Obrigatório Não-Obrigatório Bolsista Estudante (Pós-graduação) Total

Estudantes 40 31 51 45 167

Fonte: SGP-CNPGC.

Dos 45 estudantes de pós-graduação, 26 são do nível de Mestrado e 19 de Doutorado.

Dentre os 51 bolsistas, 62,75% são do nível de Graduação.

14


Relatório de Gestão 2018

Gestão Organizacional

Capacitações e treinamentos em 2018 Foram investidos cerca de R$ 33.200,00 em capacitações e treinamentos em 2018 totalizando 7.342 horas e a média de 31,6 horas por empregado. Área/Subárea Temas Obrigatórios Suporte à Pesquisa Laboratório Outras áreas Capacitação Gerencial Pesquisa

Tema

Empregados X carga-horária

Saúde e Segurança no Trabalho Garantia da Qualidade de Processos Analíticos de Laboratório Atualização em Legislação

2.132h 490h 1.440h

Temas Gerenciais Aplicações de Ferramentas Metodológicas Total

1.600h 1.680h 7.342h

Fonte: SGP-CNPGC.

Ações de formação Cargo

Curso

Instituição/País

Pesquisador

Doutorado em Agronomia

UFGD / Brasil

Ano de início 2014

Ano de conclusão 2018

Fonte: SGP-CNPGC.

Ações sociais voltadas a empregados e estagiários

• Outubro rosa com campanha “Doe lenço, doe afeto”;

Foram realizadas várias ações sociais voltadas ao público interno, sendo divididas em dois tipos: “Bem estar, saúde e segurança no trabalho” e “capacitação profissional, atualização tecnológica e intercâmbio de conhecimentos”.

• Campanha Novembro Azul. Capacitação profissional, atualização tecnológica e intercâmbio de conhecimentos • Capacitação profissional e intercâmbio de conhecimentos com 167 estagiários, bolsistas e estudantes de pós-graduação;

Ações de bem bem-estar, saúde e segurança no trabalho • Campanha Abril Verde;

• Realização das capacitações eletivas e obrigatórias com otimização de recursos;

• Ações de combate ao suicídio (em setembro);

• XIV Jornada Científica da Embrapa Gado de Corte.

Gestão de Recursos Materiais Compras realizadas por modalidade Modalidade Dispensa de Licitação 2 Inexigibilidade Pregão Eletrônico Pregão Eletrônico SRP Tomada de Preços Total

Quantidade 70 12 12 18 1 113

% 61,95 10,62 10,62 15,93 0,88 100

Valor (R$) 935.704,39 230.717,70 212.143,55 5.557.640,38 687.375,39 7.623.581,41

% 12,27 3,03 2,78 72,90 9,02 100

Fonte: SGP-CNPGC.

Foram realizados 113 processos de compra com um total R$7.623.581,41 em valores empenhados.

2 Inclui a Cotação Eletrônica, já que esta é um tipo de Dispensa de Licitação.

15


Gestão Organizacional

Relatório de Gestão 2018

Gestão de Infraestrutura Área construída na Sede: 28.923,27 m2 Área construída na Fazenda Modelo: 5.049,46 m2 Área total construída: 33.972,73 m2 O quadro a seguir mostra as principais obras em andamento no ano de 2018. Descrição

Executor

Execução do Projeto de Segurança Contra Incêndio e Pânico - PSCIP, com instalação de hidrantes, reservatórios e Sistema de Proteção Contra Descargas Atmosféricas – SPDA. Instalação de sinalização de emergência, tomadas e placas para adequação ao PSCIP aprovado pelo Corpo de Bombeiros MS. Adequações ambientais na Unidade, com aquisição e instalação de conjunto de separação de água e óleo, tampas e canaletas para coleta de resíduos .

Valor pago em 2018 (em R$)

Início

Previsão de conclusão

LT Construtora Ltda.

521.726,73

Ago/2018

Fevereiro 2019

Comercial SBS Eirelli-EPP

51.762,49

Ago/2018

Fevereiro 2019

SGI

13.003,66

Nov/ 2018

Concluído

Fonte: SGI-CNPGC.

Elcione Simplício

Elcione Simplício

Elcione Simplício

16


Relatório de Gestão 2018

Gestão Organizacional

Gestão Orçamentária e Financeira Recursos recebidos em 2018 Os recursos aplicados na Embrapa Gado de Corte são provenientes de orçamento governamental, de captações de recursos de receita indireta e de doações de bens e materiais recebidas. O total de recursos disponíveis foi de R$ 12.705.861,97, sendo que o orçamento da Unidade foi de R$ 11.349.336,75, a captação de recursos de receita indireta foi de R$ 1.199.746,00 e as doações recebidas de R$ 156.779,22. Recursos reebidos Fonte

Valor (R$)

1. Total - Orçamento

11.349.336,75

1.1. Tesouro

9.661.250,98

1.2. Receita Própria

1.430.131,23

1.3. Convênios

257.954,54

2. Total - Receita Indireta

1.199.746,00

3. Total - Doações de bens e materiais recebidas

156.779,22

Total de recursos (1 + 2 + 3)

12.705.861,97

Fonte: SOF-CNPGC.

Destinação de recursos Os recursos recebidos foram destinados de acordo com a tabela a seguir:

Destinação dos recursos da Unidade Aquisição de novos equipamentos: máquinas, implementos agrícolas, veículos, laboratoriais, tecnologia da informação e comunicação e licenças de softwares. Aquisições de materiais de consumo para laboratórios e campos experimentais, combustíveis, manutenções da Unidade, prestações de serviços, despesas fixas (água, luz, telefone, vigilância e limpeza), bolsas de estágio não obrigatório, diárias e passagens, realização de cursos e eventos e outras despesas. Bolsas de instituições de fomento Total

Valor por fonte de Recursos (R$) Receita Doações indireta

Orçamento

Total

782.942,62

84.626,00

0,00

10.566.394,13

919.172,00

156.779,22

11.642.345,35

0,00

195.948,00

0,00

195.948,00

11.349.336,75

1.199.746,00

156.779,22

12.705.861,97

Fonte: SOF-CNPGC.

17

867.568,62


Gestão Organizacional

Relatório de Gestão 2018

Destaques de Gestão

Avaliação de serviços internos da Embrapa Gado de Corte.

Painel de Gestão: Ferramenta de Gestão à Vista para monitoramento de critérios da Sustentabilidade.

A avaliação dos serviços internos é uma ferramenta gerencial utilizada para a melhoria contínua dos processos da organização, impactando na melhoria da gestão e no alcance dos objetivos estratégicos organizacionais. Com o objetivo de avaliar os serviços internos e, para tanto, utilizar um questionário padrão e automatizado que pudesse ser aplicado a qualquer serviço interno da Unidade, criou-se um questionário simplificado, curto e de rápido preenchimento, mas, que, ao mesmo tempo envolve aspectos importantes para a avaliação. No ano de 2018, o questionário foi aplicado a quatro serviços internos. Com as respostas, a equipe do NDI elabora um relatório que é encaminhado ao supervisor do setor principal responsável pelo serviço e à Chefia imediata com o objetivo de melhorar os serviços.

O objetivo dessa ação foi estruturar uma ferramenta de Gestão à Vista, em formato eletrônico e com atualização dinâmica, que permita a sistematização do acompanhamento mensal das despesas da Unidade, o relato de ocorrências que podem impactar o aumento ou diminuição dos custos, e os registros de ações relacionadas à sustentabilidade na cadeia de suprimentos, à gestão ambiental e à qualidade de vida e segurança do trabalhador. A ferramenta propicia não somente o acompanhamento dos gastos mensais, como também o registro de informações qualificadas sobre a execução dos contratos, e sobre as ações relacionadas à gestão ambiental, segurança do trabalhador (SST) e qualidade de vida (QVT), fortalecendo o compromisso da Unidade com o tripé da sustentabilidade (aspectos ambientais, econômicos e sociais).

Comunicação Externa: Análise e organização de banco de dados visando proposta de ações de divulgação aos públicos cadastrados. A partir de 2017, o setor começou a estruturar um banco de dados em planilha Microsoft Excel contendo todas as informações dos clientes da Unidade em um único local, portanto todas as informações provenientes dos cursos, visitas, dias de campo, feiras eram inseridos neste banco de dados. Com o banco de dados será possível conhecer quem são os clientes da Embrapa Gado de Corte, permitindo criar um panorama do impacto da nossa atuação em termos de Brasil e mesmo no exterior. Pelo fato da nossa unidade ser um centro de produtos de atuação nacional, conhecer os clientes da Embrapa Gado de Corte e onde eles estão localizados geograficamente nos dá uma ideia da nossa capacidade de abrangência a nível nacional.

Segurança da Informação: atribuição de níveis de segurança, rotulação e tratamento de informações. A prática adotada buscou estabelecer as bases para uma gestão moderna de riscos de Segurança da Informação (SI) na unidade. Iniciou-se com uma capacitação em SI, seguida de um levantamento dos ativos de informação e um diagnóstico dos procedimentos de tratamento de documentos, realizados pelos próprios empregados dos diversos setores da Embrapa Gado de Corte. Em fase posterior, realizou-se um estudo das normativas da Embrapa, das prescrições legais e de aspectos operacionais do Sistema Eletrônico de Informações para elaborar um POP que busca padronizar procedimentos de SI na unidade.

Revisão dos parâmetros e valores dos serviços internos prestados pelo Setor de Máquinas e Veículos (SMV) com o envolvimento da P&D.

Levantamento de tecnologias desenvolvidas e em desenvolvimento com potencial de aplicação em outras cadeias produtivas.

Foram levantados todos os custos com manutenção preventiva, corretiva e consumo de combustíveis por ação realizada. Com base nessas informações os Pesquisadores terão condições de saber de forma exata quanto gastarão para preparar, implantar e fazer a manutenção de seus experimentos. Antes o processo era falho, devido à falta de exatidão quanto ao levantamento/programação dos custos para tais atividades.

A Embrapa Gado de Corte, desde 1977, atua no desenvolvimento de tecnologias aplicáveis à cadeia produtiva de gado de corte, as quais têm contribuído para o crescimento e fortalecimento desse importante setor do agronegócio. O documento foi elaborado no intuito de contribuir com o desenvolvimento de outras cadeias produtivas, partindo do princípio que muitas das tecnologias aqui geradas para a bovinocultura de corte são passíveis de utilização por outras cadeias. Este levantamento aborda 20 tecnologias, priorizando as mais recentemente lançadas pela Embrapa Gado de Corte ou que estão em fase final de desenvolvimento.

Gestão e controle de equipamentos críticos para resultados de P&D. O controle de equipamentos críticos é requisito prioritário para a implantação de Sistemas de Gestão da Qualidade. O objetivo dessa ação foi aprimorar as ferramentas de gestão, possibilitan-

18


Relatório de Gestão 2018

Gestão Organizacional

do o melhor controle dos equipamentos críticos dos laboratórios e dos campos experimentais. O sistema permite registros referentes à manutenção, calibração, verificação intermediária, com envio de alertas informativos do vencimento de prazos. Possibilita o armazenamento de certificados, relatórios de manutenção, formulários, mantendo uma estrutura consistente do histórico do equipamento, importante para garantia da qualidade dos resultados e atendimento a demandas eventuais de fiscalização, inspeções e auditoria. O Módulo de Equipamentos é interligado com os demais Módulos da Qualidade, como a Lista Mestre de Documentos e Controle de Registros, e permite a consulta direta aos POPs, formulários, e demais registros relacionados a cada equipamento. Em 2018, o Módulo foi alimentado com informações de três laboratórios, totalizando 211 equipamentos. Cada um dos equipamentos registrados no Módulo possui um código de identificação e foi identificado fisicamente pela UGQ com etiquetas que possuem também um QRCode, que permite a visualização rápida de seus principais dados de identificação com uso de um leitor.

para promoção e divulgação de nossas tecnologias, de forma pensada e planejada. Implantação da tecnologia Progressive Web Applications (PWAs) para criação de aplicativos. Trata-se da adoção de um novo paradigma computacional denominado aplicação web progressiva (do inglês, Progressive Web Application – PWA) cujo objetivo é possibilitar o desenvolvimento de aplicações web que tenham a mesma usabilidade de aplicativos nativos tradicionais. Gestão da Sucessão: Mapeamento de empregados com possibilidade de aposentadoria Com o objetivo de fornecer subsídios para a gestão do processo sucessório na Embrapa Gado de Corte, foi estabelecida esta ação gerencial coordenada pelo Setor de Gestão de Pessoas, para a realização do mapeamento de empregados com possibilidade de aposentadoria a curto prazo (5 anos) para, a partir disso, dar subsídios para a prospecção de futuras lacunas estratégicas na equipe. A planilha desenvolvida foi alimentada com os seguintes dados dos empregados, alguns extraídos do Business Intelligence da Embrapa: (i) idade atual; (ii) tempo de trabalho na Embrapa; (iii) indicação se o empregado atua na área fim (P&D e laboratórios) ou na área de Suporte; (iv) empregados já aposentados por invalidez; e (v) empregados já aposentados pelo INSS. A partir dessas informações foi calculada a projeção de aposentadoria dos empregados, considerando os critérios de idade e tempo de contribuição utilizados atualmente pelo INSS. A planilha possui filtro por ano (2019-2023) e diferenciação de categorias de empregados por cores, permitindo evidenciar por ano quais são os possíveis candidatos à aposentadoria.

Plano de emergência para acidentes e liberação acidental de OGMs da Embrapa Gado de Corte elaborado. O plano de emergência descreve as providências a serem tomadas no caso de acidentes com agentes microbiológicos potencialmente infecciosos manipulados em laboratórios NB1 e NB2 (NB = nível de biossegurança) da Unidade em várias situações que podem expor as pessoas e o ambiente. Procedimento Operacional Padrão (POP) para "comunicação de tecnologias da Unidade" elaborado e aprovado. Com a aplicação do POP será possível acompanhar e planejar, nas mais diferentes frentes, ações

Christopher Borges | PhotoPin

19


3. Pesquisa e Desenvolvimento

Arquivo Embrapa Gado de Corte


Relatório de Gestão 2018

Pesquisa e Desenvolvimento

Indicadores Técnicos-científicos O quantitativo das publicações da Embrapa Gado de Corte está de acordo com a tabela a seguir.

Produção técnico-científica Artigo em Periódico indexado Artigo em Periódico indexado A1 Artigo em Periódico indexado A2 Artigo em Periódico indexado B1 Artigo em Periódico indexado B2 Artigo em Anais de Congresso Artigo de divulgação na mídia Folder/Folheto/Cartilha Resumo em Anais de Congresso Capítulo em Livro Técnico-científico Orientação de Dissertações e Teses Programa de rádio Comunicado Técnico / Recomendação Técnica Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento Documento Nota Técnica / Nota Científica

Quantidade 46 12 17 8 2 21 1 2 92 6 10 2 1 4 13 1

Fonte: Ainfo-CNPGC.

Categoria dos resultados de P&D entregues Ativo Base para avanço científico/tecnológico Método/processo de uso direto no segmento produtivo Suporte a transferência e uso de tecnologias Tecnologias de uso direto no segmento produtivo Total

Quantidade 8 42 24 29 17 120

Fonte: SISGP-CNPGC.

Atuação da Unidade

Projetos financiados pela Embrapa Liderança Parceria

Total

Quantidade 23 50 73

Fonte: NAP – CNPGC.

Projetos financiados por outras fontes CNPq FUNDECT Total

Quantidade 4 21 25

Fonte: NAP – CNPGC.

Participação em projetos financiados por outras fontes FAPESP Total Fonte: NAP – CNPGC.

21

Quantidade 1 1


Pesquisa e Desenvolvimento

Novos Conhecimentos e Tecnologias Os novos conhecimentos e tecnologias, que foram Destaque no ano de 2018, desenvolvidos pela Embrapa Gado de Corte em parceria com demais Unidades da Embrapa e instituições públicas e privadas estão descritos a seguir.

Sistemas de Produção Plataforma eletrônica Carne Carbono Neutro (CCN)

A plataforma é composta por uma ferramenta web, voltada às certificadoras, e outra Mobile (aplicativo), que permite coletar dados em campo de forma rápida e integrada, em propriedades rurais que pretendem obter a certificação "Carne Carbono Neutro". O aplicativo contribuirá para determinar o número de árvores e animais mantidos na área a ser avaliada, calcular a quantidade de metano emitido pelos animais e de carbono fixado no fuste das árvores, a partir de equações pré-definidas e, a partir delas, calcular a quantidade de carbono neutralizado no sistema. Prevê, especificamente, um subconjunto de operações: coleta e compartilhamento de informações levantadas em campo; preenchimento em local sem acesso à internet para posterior sincronização; captura de coordenadas GPS para identificação de onde foi feito o preenchimento do checklist; sincronização com aplicação Web, visando backup dos dados e extração de relatórios de gestão. Dicionagro - Glossário bilíngue PT-EN / EN-PT de termos do agronegócio Publicações em inglês são fundamentais para a projeção brasileira no cenário mundial, porém, algumas vezes a qualidade da redação fica abaixo da qualidade técnica do material. Além disso, existem termos do agronegócio que são peculiares ao Brasil, os quais necessitam ser correta e integralmente compreendidos pelos interlocutores internacionais. Trata-se de ferramenta web de suporte a traduções e versões português-inglês/inglês-português focada em termos relacionados ao agronegócio, com ênfase em publicações técnico-científicas. Gratuito e dispensa cadastro para consultas. O usuário digita a palavra e obtêm a sugestão de sua tradução. Para determinadas palavras pode-se obter até mais de uma tradução com a explicação do contexto em

Relatório de Gestão 2018

que cada uma é usada. Para termos mais complexos e peculiares, uma explicação detalhada é oferecida. Em muitos casos, são disponibilizados links, fotos e ilustrações. O sistema é evolutivo e colaborativo, permitindo que especialistas possam sugerir a inclusão de novos termos ou a edição de termos já existentes. Utiliza a moderna tecnologia PWA, que permite o uso em computadores e smartphones, com a praticidade de um aplicativo local sem necessidade de instalação e, após o primeiro uso, pode ser utilizado off-line. Livro editado nas versões eletrônica e impressa contendo TPSs desenvolvidas pela Embrapa selecionadas para disponibilização a multiplicadores de diversas regiões do país Esta é a primeira iniciativa, reunindo diversas Unidades da Embrapa, com a proposta de apresentar as soluções tecnológicas para a bovinocultura de corte desenvolvidas pela instituição e seus parceiros, em um único livro. Entendem-se como soluções tecnológicas os produtos, processos, serviços, metodologias, práticas agropecuárias e sistemas desenvolvidos pela Embrapa e seus parceiros. Esta obra destina-se a multiplicadores, técnicos, extensionistas, estudantes, pesquisadores e gestores de pesquisa e desenvolvimento e de transferência de tecnologia. As soluções são apresentadas por grandes áreas temáticas da bovinocultura de corte: pastagens, nutrição animal, sanidade animal, reprodução, melhoramento genético animal, qualidade da carne, cadeia produtiva da carne bovina, gestão da propriedade rural, sistemas de produção integrados e transferência de tecnologia. A publicação é uma iniciativa do Centro de Inteligência da Carne Bovina (CiCarne), que desenvolve atividades de inteligência competitiva. Produção Vegetal Cultivar de leguminosa forrageira Estilosantes Bela

A produção de forragem de boa qualidade tem sido um dos fatores limitantes para a melhoria dos índices zootécnicos da pecuária de corte brasileira. A cultivar de leguminosa forrageira Estilosantes Bela contribui para a redução deste problema, melhorando a dieta animal com seus altos níveis de proteína (15-20%), além de incorporar nitrogênio ao solo e poder ser utilizada no manejo de nematoides da soja, sendo uma alternativa para uso em sistemas agrícolas ou

22


Relatório de Gestão 2018

Pesquisa e Desenvolvimento

integrados de lavoura-pecuária. É composta pela mistura física de Stylosanthes guianensis BRS GROF 1463 e 1480. Seu uso em pastagens é feito em consorciação com gramíneas, como Brachiaria spp. ou Panicum maximum na região do Cerrado. Estabelecimento de pastos multigramíneas visando redução na estacionalidade da produção forrageira

B. ruziziensis e B. humidicola, sendo de 98% em B. brizantha e B. ruziziensis e 47% em B. humidicola. Dessa forma, os microssatélites transferíveis podem também ser utilizados nessas outras espécies em diferentes etapas dos programas de melhoramento genético do gênero. Produção Animal

Buscou-se uma metodologia para implantação e permanência de consórcio de gramíneas forrageiras, com vistas a reduzir a estacionalidade da produção de forragem ao longo do ano. A metodologia para implantação de pastos foi realizada com três gramíneas dos gêneros Panicum e Brachiaria. A mistura 1 foi composta por Panicum maximum BRS Zuri; B. brizantha cv. Xaraés e B. decumbens cv. basilisk, já a mistura 2 foi composta por Panicum maximum BRS Quenia; B. brizantha BRS Paiaguás; B. brizantha cv. Marandu. Estas misturas foram escolhidas levando em consideração as características estruturais e de velocidade de estabelecimento de cada uma delas. A partir da implantação do método, a redução da estacionalidade da produção de forragem (pós-implantação) poderá melhorar a produtividade animal (kg carne/ha/ano) e, consequentemente, trazer benefícios econômicos e ambientais para o sistema de produção.

Aplicativo Cria Certo para bovinos de corte

O aplicativo é constituído por um software que possibilita avaliações comparativas dos custos da prenhez, em reais (R$), proporcionados por: monta natural (MN), inseminação artificial em tempo fixo com repasse de touro (IATF + RT), duas inseminações em tempo fixo com repasse de touro (2 IATF + RT) e três inseminações em tempo fixo sem repasse de touro (3 IATF). Para as estimativas dos custos são levados em consideração, de acordo com cada uma das técnicas utilizadas, os preços e custos de mantença de touros, preços de sêmen e dos protocolos de inseminação artificial em tempo fixo e custos de mão de obra. Estas informações, bem como os índices zootécnicos típicos da tecnologia utilizada e em consonância com cada uma das propriedades, são inseridas no sistema pelos próprios usuários. De acesso aberto à cadeia produtiva, é destinado, especialmente, aos criadores, produtores comerciais de gado de corte, técnicos de campo e prestadores de serviços em biotécnicas reprodutivas.

Desenvolvimento, validação e caracterização de marcadores microssatélites derivados do transcriptoma de Brachiaria decumbens Dentre os vários tipos de marcadores moleculares, os microssatélites são considerados os mais informativos devido à sua natureza multialélica e herança codominante, além da ampla distribuição no genoma. A identificação e desenvolvimento de microssatélites era um processo demorado e oneroso até o surgimento das plataformas de sequenciamento de nova geração do inglês Next Generation Sequencing (NGS). Esta tecnologia consiste no primeiro set de marcadores microssatélites para B. decumbens derivados de um transcriptoma sequenciado usando a técnica de sequenciamento de RNA (RNA-Seq), ou seja, foram identificados em sequências expressas do genoma dessa espécie. Um total de 14.932 marcadores microssatélites foram identificados, dos quais 100 foram selecionados e analisados em genótipos do banco de germoplasma de B. decumbens e 34 microssatélites amplificaram, sendo desses 32 polimórficos. O total de alelos obtidos para os genótipos avaliados foi 151 alelos com média de conteúdo de informação de polimorfismo (PIC) de 0,54. Esses valores denotam que os marcadores são muito informativos e podem ser utilizados com sucesso pelo programa de melhoramento genético de B. decumbens. Além disso, também foi analisada a transferibilidade desses marcadores em B. brizantha,

Parâmetros genéticos para consumo de água e eficiência hídrica em bovinos da raça Senepol De forma pioneira no mundo, parâmetros genéticos foram estimados para consumo médio diário de água e eficiência hídrica, medida pelo consumo hídrico residual, em bovinos da raça Senepol. Adicionalmente, foram estimados parâmetros para ganho de peso médio diário, consumo médio diário de alimento e para eficiência alimentar, medida pelo consumo alimentar residual. As herdabilidades estimadas para todas as características indicam potencial de ganho genético, com destaque para consumo médio diário de água e consumo hídrico residual com estimativas de 0,47 e 0,39, respectivamente. As correlações genéticas indicaram significativa e favorável associação entre eficiência (e consumo) no uso de alimento e no uso de água. Este resultado amplia o conhecimento genético de características diretamente ligadas à sustentabilidade da

23


Pesquisa e Desenvolvimento

Relatório de Gestão 2018

produção de carne bovina, indicando ser possível a inclusão dessas em programas de melhoramento genético de bovinos de corte.

melhoramento genético dessas raças de bovinos de corte no Brasil. Para a raça Nelore, dois índices foram desenvolvidos, ambos para ciclo completo, sendo um com foco em sistema de produção modal do bioma Cerrado e outro do bioma Pantanal. Já para as raças Hereford e Braford, o foco foi dado para sistema de produção modal da região do Sul do Brasil. Os índices propostos resultam em maior incremento do resultado econômico do sistema de produção pelo progresso genético em comparação com os índices atualmente utilizados nos programas de melhoramento das raças abordadas.

Valores genômicos para características de importância econômica de bovinos Nelore O uso de informações genômicas na avaliação genética da raça Nelore corrige erros de genealogia e estima o verdadeiro parentesco genético entre os indivíduos, gerando valores genéticos-genômicos mais acurados, especialmente para animais jovens. Ajuda, assim, a reverter o baixo uso de animais jovens nos rebanhos de seleção, o que atrasa o progresso genético da raça. Apresenta valores genômicos na forma de DEP (diferença esperada na progênie), para diversas características de importância econômica de touros, matrizes e produtos da raça Nelore, participantes do Programa de Melhoramento Genético de Zebuínos da Associação Brasileira de Criadores de Zebu (PMGZ-ABCZ) e do Programa Geneplus-Embrapa. Este resultado traz significativa melhoria no processo de seleção da raça Nelore no Brasil, ao prover ao criador informações mais acuradas para a tomada de decisão, tornando possível a implementação da seleção genômica.

Procedimentos para preparo de touros para comercialização e adaptação aos sistemas produtivos Trata-se de um manual contendo orientações técnicas de cunho nutricional e de manejo para a preparação de touros para comercialização e posterior adaptação dos mesmos nas propriedades em que serão inseridos para trabalho em reprodução. Na primeira parte deste processo, os criadores que produzem e comercializam touros, na própria fazenda ou em leilões, encontrarão orientações que poderão contribuir para a produção de touros com menores custos e menos riscos de ocorrência de problemas de ordem digestiva e locomotora. Na etapa seguinte, os produtores de bezerros de corte, usuários da genética superior produzida nos plantéis de seleção, encontrarão estratégias adequadas de manejo pós-compra de modo que, adequadamente adaptados ao novo destino, os touros proporcionem elevados níveis de desempenho reprodutivo e longevidade.

ELISA para detecção de anticorpos contra Mycobacterium bovis em bovinos naturalmente infectados Os programas de controle da tuberculose bovina (TB) geralmente dependem de testes tuberculínicos intradérmicos para o diagnóstico ante-mortem da infecção por M. bovis. Mas esses testes detectam apenas uma parte dos animais infectados, o que coloca em risco todo o sistema de produção e a saúde pública. O presente resultado descreve a avaliação de um ELISA baseado em uma quimera recombinante de ESAT-6/MPB70/MPB83 como o antígeno para detecção de anticorpos contra M. bovis em bovinos naturalmente infectados. Os resultados foram comparados com os achados post-mortem, baseados na cultura de M. bovis e PCR. Usando a cultura como padrão-ouro, os testes intradérmicos oficiais detectaram 38,5% dos animais infectados, enquanto o ELISA detectou 79,5%. A combinação do ELISA com os testes oficiais detectou 84,6% dos animais com tuberculose. Dessa forma, a utilização do ELISA pode complementar a cobertura diagnóstica fornecida pelos testes intradérmicos, aumentando a remoção de animais infectados dos rebanhos.

Estudos de genômica e imunoinformática para identificação de genes relacionados à resistência bovina ao carrapato e para o desenvolvimento de uma vacina de uso geral Foram gerados conhecimentos que podem ser utilizados para o desenvolvimento de métodos de controle complementares para o carrapato do boi, como os genes diferencialmente expressos e as vias metabólicas identificados nos três grupos genéticos de bovinos analisados (Nelore, Angus e ½ Angus X ½ Nelore) e o possível uso dessas informações em programas de melhoramento, além da evidência da possibilidade do desenvolvimento de uma vacina de uso geral, assegurando um grau de eficácia uniforme e global para todas as populações de carrapatos de interesse econômico.

Índices de seleção para bovinos de corte considerando impactos econômicos e/ou ambientais

Informações genômicas de touros da raça Senepol para características adaptativas (SLICK) e de produção (Musculatura dupla)

Índices de seleção econômicos para as raças Nelore, Hereford e Braford foram derivados e disponibilizados para adoção em programas de

Para capacitar a incorporação de dados genômicos ao Programa de Melhoramento Genético da raça Senepol (PMGS) em 2018, iniciou-se a geno-

24


Relatório de Gestão 2018

Pesquisa e Desenvolvimento

tipagem em larga escala de animais da raça Senepol na plataforam GGP-50K (Neogene), visando estabelecer uma população de referência específica da raça. Os principais raçadores foram genotipados e, atualmente, existe uma base de dados composta por mais de 4.000 animais. Este ineditismo propiciou o lançamento, neste ano, do primeiro Sumário de Touros da Raça Senepol, que incorpora informações genômicas relativas às características SLICK e Dupla Musculatura, fato este pioneiro no mundo em relação a esta população. Estas informações são de alta relevância para o melhoramento genético da raça uma vez que o gene SLICK está envolvido com características de adaptabilidade em bovinos. O alelo favorável confere uma maior tolerância ao calor sem redução da produtividade, sendo de interesse que os animais possuam duas cópias desta altera-

ção, o que possibilita a transmissão desta característica para 100% de sua prole. No caso da característica Dupla Musculatura, embora exista um aumento da massa muscular, o alelo relacionado com este desenvolvimento anormal confere outras características indesejáveis, como a ocorrência de dificuldades no parto (distocias), genitália infantilizada e diminuição da fertilidade, bem como diminuição do teor de gordura na carne. Os dados incorporados ao Sumário de Touros permitirão que os produtores possam optar pelo uso de touros que eliminem a característica DM na raça (preconizado pela ABCB Senepol), bem como contenham alelos favoráveis para a característica de termotolerância (SH), dando a possibilidade de o setor produtivo realizar seu planejamento estratégico.

Cooperações para Pesquisa e Desenvolvimento Foram realizados 14 contratos de cooperação em prol do desenvolvimento de novos conhecimentos e tecnologias, além de 2 termos de confidencialidade, para abertura de informação confidencial, os quais não estão descritos abaixo. Dentre os contratos de cooperação técnica, incluem-se: Parceiro/Instituição

Objeto da Cooperação

ABCZ – Associação Brasileira de Criadores de Zebu

Elaborar e produzir resultados unificados de estimativas genéticas genômicas para os animais das raças zebuínas contempladas pela ABCZ. Prorrogar a parceria que busca avaliar sistemas silvipastoris quanto à Agropecuária Reis & Reis emissão de gases de efeito estufa no cerrado brasileiro e transferir tecnologia. CONNAN - Companhia Nacional de Prorrogar, por mais 12 meses, a cooperação que visa desenvolver e transferir soluções em nutrição animal para a produção de novilho precoce. Nutrição Animal Prorrogar a parceria que agrega banco de dados a fim de estudar o Correa da Costa Eventos Rurais mercado de touros geneticamente superiores. Identificar os principais desafios e as principais tendências e incertezas Fórum do Futuro e Fundepec críticas para a cadeia produtiva da carne bovina no Estado de Goiás. Cessão por empréstimo do Cooperante do um lote de 40 (quarenta) animais machos, da raça Angus, recém-desmamados, com peso entre 230 e FSL Angus Itu Ltda 340 kg, em boas condições sanitárias e de nutrição. Prorrogar a parceria e acrescentar experimentos a serem realizados Fundação MS conjuntamente. Prorrogar a parceria que busca a assessoria em melhoramento genético em Geneplus Consultoria Agropecuária bovinos de cortes. Avaliar sistemas pecuários com intensificação de pastagens e integração Grupo Roncador lavoura-pecuária em um contexto de baixa emissão de carbono, de acordo com as diretrizes da marca-conceito Carne Baixo Carbono. Marfrig Global Foods S.A. e Fundação Realizar o desenvolvimento final dos protocolos para uso das marcas Carne Carbono Neutro e Carne Baixo Carbono. Eliseu Alves Especificar e implementar uma plataforma de software de controle Perseu e High Tech financeiro simplificado para a bovinocultura. Prorrogar por mais 2 anos a cooperação que visa pesquisar e conhecer o impacto do número de carrapatos infestados no desenvolvimento de Sanyo Agropecuária bovinos cruzados (Brangus) sazonalmente. UFSJ – Universidade Federal de São Dois Termos Aditivos, um para prorrogação de vigência e outro para inclusão de outros genótipos. João Del Rey Prorrogar a vigência do instrumento jurídico originário que busca a WebGados integração de softwares já existentes. Fonte: SPAT-CNPGC.

25


Pesquisa e Desenvolvimento

Relatório de Gestão 2018

Eventos Técnico-Científicos

ção”. Foram 52 trabalhos apresentados. Além da apresentação dos resumos dos estudantes, a Jornada contou com a Profa. Dra. Thelma Lucchese Cheung proferindo a palestra de abertura, no dia 23, “Consumo de carne bovina e seus significados”. A palestra de encerramento, no dia 25 à tarde, foi proferida pelo pesquisador Dr. Sergio Raposo de Medeiros e teve como tema “Pecuária de Corte: Tem futuro?”

14ª Jornada Científica Entre 23 e 25 de outubro, os pesquisadores, estagiários, bolsistas e pós-graduandos da Embrapa Gado de Corte estiveram envolvidos nas apresentações de trabalhos e nas avaliações dos acadêmicos da 14ª Jornada Científica, que teve como tema “Carne – ciência, saúde e produ-

Eliana Cezar

REPGEN reúne renomados pesquisadores de reprodução e genômica

instrutores foram pesquisadores em genética estatística do Departamento de Genética da ESALQ, Antonio Franco Garcia e Letícia de Castro Lara.

Em sua segunda edição, o REPGEN 2018 teve como objetivo principal o debate de temas atuais e extremamente relevantes para a pecuária bovina nas áreas de Reprodução, Genômica e Melhoramento Genético. Realizado pela Embrapa Gado de Corte em parceria com a empresa de consultoria agropecuária Personal PEC, o evento reuniu professores, pesquisadores, estudantes e, principalmente, produtores e técnicos visando levar ao campo as mais novas tecnologias e seu uso no incremento da produtividade de nossos rebanhos. Foram 110 participantes no total. No primeiro dia foram realizados dois minicursos com foco nas áreas de reprodução e genômica onde cada participante teve que optar pelo minicurso de maior interesse. Nos dois dias seguintes, foram realizados o simpósio de reprodução e o workshop de genômica, contando com a presença de vários profissionais renomados em seus campos de atuação, visando promover um intenso debate acerca dos assuntos em pauta.

Rodrigo Alva

Seminário sobre o uso de água na produção de bovinos de corte: demandas e oportunidades de pesquisa A equipe da UFMS formada pelo professor Teodorico Alves Sobrinho e orientadas Dulce Bicca Rodrigues (mestrado) e Larissa Almeida Carra (doutorado) abordou questões legais referentes à agua e ressaltou a necessidade de se fazer uma gestão da mesma.

9º Workshop sobre Mosca-dos-Estábulos No dia 28 de novembro, o Hotel Grand Park sediou o “9º Workshop sobre Mosca-dos-Estábulos”. Promovido pela Embrapa Gado de Corte e pela Biosul, o evento reuniu 54 pessoas diretamente ligadas ao assunto das 8h às 13h e contou com palestras de pesquisadores da Unidade e da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Curso de Biotecnologia para melhoramento vegetal A equipe de melhoramento de forrageiras da Unidade participou ao lado de especialistas da Embrapa Pecuária Sudeste, Acre, Trigo, Cerrados e Gado de Leite, além de profissionais da Unicamp de uma capacitação voltada a metodologias inovadoras para análise de dados genômicos. Os

Dalízia Aguiar

26


Rodrigo Alva


4. TransferĂŞncia de Tecnologia

Igor Duarte


Relatório de Gestão 2018

Transferência de Tecnologia

Programa de Boas Práticas Agropecuárias – BPA As Boas Práticas Agropecuárias – Bovinos de Corte (BPA) referem-se a um conjunto de normas e de procedimentos a serem observados pelos produtores rurais, que além de tornarem os sistemas de produção mais rentáveis e competitivos, asseguram também a oferta de alimentos seguros, oriundos de sistemas de produção sustentáveis. O BPA é um programa de adesão voluntária para garantir ao mercado consumidor que os produtos ofertados atendam aos padrões mínimos de qualidade, além de permitir a rastreabilidade total do processo. Um total de 28 fazendas, representando 18 municípios do estado de Mato Grosso do Sul, receberam atestados do BPA para as ações realizadas no ano de 2018. Fazenda Faz. São João Faz. Sta Rita Faz. Boa Esperanca Faz. Nova Bahia Faz. Santa Rita da Emboscada e Faz. Cerro Alegre Faz. Natal e Faz. Cachoeirão Rancho Dona Cota Faz. Boa Sorte, Estância Monza, Faz. MTM e Faz. Boa Vista Faz. Monte Cristo Faz. Cabeceira do Prata Faz. Chapada Faz. Bahia Grande e Faz. Bonanza Faz. Petrela Faz. C.R.A. I., Faz. Alvorada, Faz. Mônica Cristina e Faz. São João da Papaiz Faz. Alto da Serra Faz. Pureza Faz. Colina Faz. Renascer Faz. Gabinete

Município Água Clara Alcinópolis Anastácio Aquidauana Aral Moreira Bandeirantes Camapuã Campo Grande Corguinho Jardim Maracaju Miranda Nioaque Ribas do Rio Pardo Rio Negro Santa Rita do Pardo Selvíria Sidrolândia Sidrolândia

Fonte: SPAT-CNPGC.

Eventos, Visitas e Cursos

os usuários das tecnologias permitindo obterem conhecimentos que subsidiarão seus projetos de pesquisa. No ano de 2018, aconteceu a 13ª edição da Dinapec, entre os dias 7 a 9 de março. Foram disponibilizados para o público visitante 11 roteiros tecnológicos e 16 oficinas. Registrou-se a presença de mais de 3.000 pessoas nos três dias de evento. O público visitante predominante foi de pequenos e médios produtores rurais, empresários rurais, assentados da reforma agrária do Brasil e de países vizinhos. Além desses, um grande número de estudantes de escolas técnicas rurais e universidades de todo o Brasil estiveram presentes.

XIII DINAPEC – Dinâmica Agropecuária A Dinapec (Dinâmica Agropecuária) é uma feira tecnológica da Embrapa que coloca o visitante em um contato direto com os pesquisadores e técnicos da Embrapa, promovendo uma troca de conhecimentos e saberes que servirão para o produtor rural implementar melhorias no sistema produtivo, para o técnico atualizar-se sobre as novas tecnologias geradas pela pesquisa dando subsídio para que possa oferecer uma assistência técnica de melhor qualidade para os produtores rurais e para os pesquisadores terem contato com

Igor Duarte

29


Transferência de Tecnologia

Dinapec Kids A Embrapa Gado de Corte se propôs, com este programa, mostrar às crianças e aos professores, o relevante papel que o setor primário representa no crescimento do Brasil, além de repassar informações sobre da preservação ambiental e as novas pesquisas agropecuárias desenvolvidas pela Empresa. Em 2018, as atividades da Dinapec Kids foram realizadas na Embrapa Gado de Corte, em Campo Grande (MS), no dia 9 de março de 2018, com o tema “Agropecuária de Baixo Carbono”. O evento ocorreu simultaneamente com a Dinâmica Agropecuária – Dinapec, feira tradicional da Unidade.

Relatório de Gestão 2018

No total, 252 crianças foram atendidas, entre o quarto e sexto anos do ensino fundamental das escolas Municipal Orlandina Oliveira Lima, Tic Tac, Ideal e Athenas. As últimas três são privadas. Empregados e bolsistas da Unidade se envolveram no projeto, como voluntários em funções de monitoria, refeitório e educação. Os apoiadores deste ano foram: Sucos Prat’s; Imbaúba Laticínios; Novilho Precoce-MS; APL Cozinha Industrial; Panificadora Freguesia de Válega; Projeto Cão Pastor; e Associação dos Empregados da Embrapa Gado de Corte.

Arquivo Embrapa

Agroescola O Curso Pós-Médio de Especialização Profissional Técnica em Pecuária de Corte foi implantado em julho de 2012 na modalidade presencial pela Embrapa Gado de Corte por meio do Acordo de Cooperação Técnica, celebrado entre a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA), o Estado de Mato Grosso do Sul, por meio da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia (FUNDECT), a Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e o Município de Campo Grande, MS. O principal objetivo do curso é aproximar o conhecimento e a geração tecnológica do Centro de Pesquisa em Gado de Corte com os setores de formação, capacitação e qualificação do trabalhador, utilizando-se das condições, instalações e

tecnologias produzidas na Embrapa, como Núcleo de Capacitação para os alunos formados em escolas agrotécnicas. A capacitação conta com aulas em período integral que acontecem de segunda a sexta na Agroescola e no campo experimental da Unidade. Sua duração é de até 12 meses e o curso tem uma carga horária de 1.600 horas/aulas. As aulas das Especializações Técnicas em Pecuária de Corte acontecem em sua maioria na Sede da Embrapa Gado de Corte e são dividas em cinco módulos, sendo cada módulo uma especialização em área distinta, com carga horária de 320 horas. A turma de 2018 iniciou sua caminhada na Unidade em fevereiro de 2018, com 12 alunos aprovados no processo seletivo realizado, onde foram concedidas 12 bolsas no valor de R$ 1.300,00 mensais para custeio de alimentação e moradia, via Fundect.

Arquivo Embrapa

30


Relatório de Gestão 2018

Transferência de Tecnologia

Curso de Capacitação Continuada em ILPF

capacitação continuada em ILPF que terminou com uma avaliação final. Foram feitas 12 apresentações de trabalhos de conclusão de curso. As abordagens foram de projetos de Integração em andamento em pequenas e grandes propriedades envolvendo diferentes culturas.

Este curso tem o objetivo de capacitar técnicos de empresas públicas e privadas que trabalham com assistência técnica rural em Mato Grosso do Sul. No ano de 2018, de fevereiro até o mês de setembro, foram realizados oito módulos do curso de

Formação de agentes multiplicadores externos de TT No ano de 2018, foram preenchidas 717 vagas em cursos e especializações destinados a agentes multiplicadores de conhecimentos e tecnologias com uma carga-horária total de 280 horas em cursos de capacitação.

Curso 6 cursos de Pastagem 2 cursos de Drone 2 cursos de Melhoramento Animal 2 cursos de ILPF 1 curso de Sanidade 2 cursos de Reprodução 1 curso de Ovinos 4 cursos de Inseminação Totais

Nº de pessoas 260 75 135

Carga horária 88 32 32

86 39 73 22 31 721

32 8 40 8 40 280

Fonte: SIPT-CNPGC.

Cooperações em Transferência de Tecnologia Contratos de Cooperação Técnica e Contratos de Patrocínio Oito contratos de cooperação ou de licenciamento e termos aditivos a contratos deste mesmo tipo foram firmados em 2018, com o objetivo de transferência de tecnologias e conhecimentos desenvolvidos pela Unidade, por meio de um ativo, um protocolo de boas práticas e capacitações e eventos. Parceiro/Instituição Associação Sul-mato-grossense dos Produtores de Novilho Precoce (ASPNP) Fundação de Apoio a Pesquisa Agropecuária e Ambiental (Fundapam) Maria Macia Cooperativa Polite Polímeros e Tecnologia Prático de Garça Ind. e Com. Prefeitura de Campo Grande, UFMS, Fundect RB Projetos e Assessoria em Alimentação Ltda. SEMAGRO/MS e EscolaGov

Objeto da Cooperação Prorrogar por mais 2 anos a cooperação que visa implantar e validar “Programa Boas Práticas Agropecuárias Bovinos de Corte” nas propriedades rurais assistidas e associadas à Cooperante. Execução de trabalhos qualificados como "serviços técnicos profissionais especializados", consistentes em realização de eventos, cursos, palestras, dias de campo, workshops e dinâmicas (Dinapec). Prorrogar por mais 2 anos a cooperação que visa implantar e validar “Programa Boas Práticas Agropecuárias Bovinos de Corte” nas propriedades rurais assistidas e associadas à Cooperante. Prorrogar o direito a produzir e comercializar, sem exclusividade, a régua de manejo de pastagens, bem como utilizar a marca mista “tecnologia Embrapa”. Prorrogar o direito a produzir e comercializar, sem exclusividade, a régua de manejo de pastagens, bem como utilizar a marca mista “tecnologia Embrapa”. Consolidar a renegociação levada a efeito pelas Partes para manter a cooperação que viabiliza as atividades da “Agroescola”. Prorrogar vigência por mais 18 meses do contrato que une esforços para buscar a realização do evento “Ready Beef: uma viagem ao universo das carnes”. Viabilizar ações de Transferência de Tecnologia e capacitação.

Fonte: SPAT-CNPGC.

31


Transferência de Tecnologia

Relatório de Gestão 2018

Igor Duarte

Propriedade Intelectual Oito ativos de inovação tiveram seu pedido de registro solicitado junto ao INPI durante o ano de 2018, sendo que destes, três (todos softwares) tiveram seu registro realizado. Ainda houve dois ativos (marcas) protocolados em 2017 que tiveram seus registros concedidos durante 2018. Ativo

Tipo de PI

Situação

e-Bovis

software

Registro junto ao INPI solicitado e concedido durante o ano

e-Land

software

Registro junto ao INPI solicitado e concedido durante o ano

Pasto Certo

software

Registro junto ao INPI solicitado e concedido durante o ano

Carne Baixo Carbono

marca

Pedido de registro protocolado no INPI

Low Carbon Brazillian Beef

marca

Pedido de registro protocolado no INPI

Couro Carbono Neutro

marca

Pedido de registro protocolado no INPI

Carbon Neutral Brazilian Leather

marca

Pedido de registro protocolado no INPI

Cria Certo

marca

Pedido de registro protocolado no INPI

+ Precoce

marca

Registro Concedido pelo INPI

Custobov

marca

Registro Concedido pelo INPI

Fonte: SPAT-CNPGC e INPI.

Licenciamento de Tecnologias Em 2018, foram licenciadas duas tecnologias da Unidade, descritas abaixo. Instituição

Ativo licenciado

Sementes Boi Gordo Ltda.

BRS Bela

Sementes Safrasul Ltda.

BRS Bela

Germipasto Ind. Com. Imp. Exp. De Sementes Ltda.

BRS Bela

Polite Polímeros e Tecnologia

Régua de Manejo de Pastagens

Prático de Garça Ind. e Com.

Régua de Manejo de Pastagens

Fonte: SPAT-CNPGC.

32


Relatório de Gestão 2018

Transferência de Tecnologia

Licenciamento de Campos de Produção de Sementes de Forrageiras Visando a produção e comercialização de sementes de forrageiras tropicais desenvolvidas pela Embrapa Gado de Corte, no ano de 2018 foram firmados, em parceria com a Embrapa Produtos e Mercado, 58 contratos de Licenciamento para Multiplicação e Exploração Comercial de Sementes. Número de Contratos(1)

Empresas Licenciadas

Cultivares Licenciadas Brachiaria híbrida BRS RB331 Ipyporã Panicum maximum BRS Quênia Brachiaria brizantha: BRS Piatã Brachiaria híbrida BRS RB331 Ipyporã Panicum maximum BRS Quênia Brachiaria híbrida BRS RB331 Ipyporã Panicum maximum BRS Quênia Brachiaria híbrida BRS RB331 Ipyporã Brachiaria brizantha BRS Piatã Panicum maximum BRS Quênia Brachiaria híbrida BRS RB331 Ipyporã Panicum maximum BRS Quênia Brachiaria híbrida BRS RB331 Ipyporã

AAX Produção e Comércio de Sementes Ltda.

2

Agrosalles Comércio de Sementes Ltda. Comercializadora e Exportadora de Sementes Germisul Ltda.

1 2

Facholi Produção, Comércio e Indústria, Importação e Exportação Ltda.

2

Germipasto Ind. Com. Importação e Exportação de Sementes Ltda.

5

Gilberto M. Araújo e Outros (Sementes Santa Rita)

4

Gold Seeds Agronegócio Ltda.

2

Gutemberg Carvalho Silveira

1

Brachiaria híbrida BRS RB331 Ipyporã

Lanza Vieira Agroindustrial Ltda.

1

Brachiaria híbrida BRS RB331 Ipyporã

Marangatú Sementes Ltda.

2

Panicum maximum BRS Quênia Brachiaria híbrida BRS RB331 Ipyporã

Pastobrás Sementes Ltda.

1

Panicum maximum BRS Quênia

Rubens do Amaral Júnior

1

Brachiaria brizantha BRS Piatã

Sementes Acampo Importação e Exportação Ltda.

8

Sementes Boi Gordo Ltda.

6

Sementes Bonamigo Ltda.

1

Sementes Gasparim Produção Comércio Imp. e Exp. Ltda.

3

Sementes Ponto Alto Eireli - EPP

2

Sementes Safrasul Ltda.

12

SOESP - Sementes Oeste Paulista Importadora e Exportadora Ltda. Wolf Seeds do Brasil S/A TOTAL

1 1 58

Panicum maximum BRS Quênia Brachiaria híbrida BRS RB331 Ipyporã Panicum maximum BRS Quênia Brachiaria híbrida BRS RB331 Ipyporã Brachiaria brizantha BRS Piatã Brachiaria brizantha BRS Piatã Panicum maximum BRS Quênia Brachiaria híbrida BRS RB331 Ipyporã Brachiaria brizantha BRS Piatã Brachiaria brizantha BRS Piatã Panicum maximum BRS Quênia Panicum maximum BRS Quênia Brachiaria híbrida BRS RB331 Ipyporã Brachiaria brizantha BRS Piatã Brachiaria híbrida BRS RB331 Ipyporã Panicum maximum BRS Quênia

(1) Contratos com vigência inicial em 2018.

Fonte: SPAT – CNPGC.

Cadastros no Sisgen Durante o ano de 2018, a Embrapa Gado de Corte cadastrou no Sisgen (Sistema Nacional de Gestão do Patrimônio Genético e do Conhecimento Tradicional Associado) 71 acessos ao Patrimônio Genético. Sendo: • 01 Cadastro de adequação (autorizações obtidas durante a vigência da Medida Provisória nº 2.186-16, de 2001). • 18 Cadastros novos (referentes a atividades executadas a partir de 17/11/2015, já no âmbito da Lei nº 13.123, de 2015). • 52 Cadastros de regularização (atividades realizadas entre 30/06/2000 a 16/11/2015 sem as autorizações prévias que eram exigidas pela Medida Provisória nº 2.186-16, de 2001).

33


Transferência de Tecnologia

5. Comunicação

Dalízia Aguiar


Comunicação

Relatório de Gestão 2018

Mídias Sociais Portal da Unidade

res. Neste período, o perfil atingiu um acumulado de 22,4 mil impressões e 1.304 novos seguidores.

Um dos principais meios digitais de disseminação de informações, o portal da Unidade, engloba diversos sistemas de informações corporativos. São disponibilizadas informações sobre projetos, notícias, publicações, multimídia, que dispõem de vídeos e fotos, e as soluções tecnológicas produzidas pela Unidade. Em 2018, tivemos um total de 244.882 visualizações, um acréscimo de 9% em relação ao período anterior. As visualizações únicas, ou seja, todas as páginas que apenas um usuário viu durante a sessão, ficaram em 191.760. Publicações continuou sendo a página mais acessada, com um total de 7.877 acessos, seguida da página de Soluções Tecnológicas, 6.232. Interessante notar, que, este ano, uma publicação em específico, ficou em terceiro lugar nas buscas, trata-se da publicação “Confinamento de Bovinos”, com um total de 6.019 acessos.

Com aproximadamente 2,3 bilhões de usuários no mundo, segundo dados do próprio Facebook, a mídia digital ainda se encontra em expansão. A Embrapa Gado de Corte, no período analisado, possui um total de 24.533 seguidores. O público-alvo se manteve: homens com média etária entre 25 e 34 anos (28%) e um acréscimo de 1% no público feminino da mesma faixa etária (15%) em relação à análise anterior. As localidades com maior número de acessos são: Campo Grande, MS (1.539), São Paulo, SP (637) e Goiânia (468). Já em relação aos idiomas mais utilizados pelos fãs, o Português (22.554) continua à frente, seguido pelo Português de Portugal (566) e o Espanhol (487).

No Twitter desde setembro de 2010, continuamos com bons resultados no ano de 2018. Neste ano, o perfil da Embrapa Gado de Corte, atingiu 12.882 seguidores, um acréscimo de quase 9,5% em relação ao período anterior. Nosso público é formado por 65% de homens e 35% de mulhe-

Em 2018, nosso canal no Youtube atingiu um total de 601,2 mil visualizações, com um tempo de exibição médio de 1,4 minuto. Os vídeos mais acessados foram: “A escolha do melhor capim”, no tema pastagem, com 103,9 mil acessos; seguido por “Verminoses”, na temática ovinocultura, com 103,4 mil acessos; e “Estratégias para recuperação de pastagens”, na temática pastagem, com 79,9 mil acessos. Tivemos um total de 4.998.402 impressões, com duração média de visualizações de 2m20s minutos. O público da mídia é composto por 81,1% de homens e 18,9% de mulheres, com idade média de 25 a 34 anos (30,5%). O principal acesso é o Brasil, com 95,4% do total, seguido por Estados Unidos, 0,7%.

Utilizado como ferramenta para aferir resultados de divulgação, o bitly tem funcionado como um grande apoio para o Núcleo de Comunicação Organizacional e tomadas de decisão relacionadas ao planejamento de ações de comunicação. O encurtador também está sendo usado para verificar a eficácia de matérias jornalísticas. Até o momento, foram produzidos 1.608 bitlinks que geraram um total de 3.315 cliques, sendo que a principal origem desses cliques é o Brasil com 3.096 cliques.

No período analisado, foram 450.581 visualizações de páginas, um total de 410.421 visualizações de páginas únicas. O tempo médio de permanência na página foi de 4m03s. A pergunta “Quanto vale uma arroba?” foi a mais

35


Comunicação

Relatório de Gestão 2018

acessada, com 96.449 visualizações, correspondendo a 21,41% do total de acessos.

-embrapa-e-marfrig-faz-carne-de-baixo -carbono)

Em relação ao público, foi registrado no período um total de 336.194 usuários, sendo 328.767 novos. A média de usuário por sessão ficou em 1,15, e duração média da sessão de 41 segundos. Os principais acessos foram oriundos do Brasil, 320.549 acessos, seguidos por Portugal (5.057), Moçambique (2.502) e Estados Unidos (2.264).

• Marfrig to reduce cattle emissions, agosto – Menção: marca-conceito Carne Carbono Neutro. Fonte: Fabiana Villa. (https://www.globalmeatnews.com/Ar ticle/2018/08/03/Marfrig-to-reduce-cattleemissions) Parcerias

Verifica-se, ainda, que o sistema Android é o mais utilizado para acessar as informações, com 158.033 usuários; seguido por Windows, com 127.616; e iOS, com 42.130 usuários. Imprensa

Em 2018, o nome Embrapa Gado de Corte foi mencionado cerca de 800 vezes, tanto em canais nacionais, quanto em internacionais, e em diversos formatos (impressos, televisivos, radiofônicos ou eletrônicos). Conheçam alguns destaques: • “Bife com pedigree”, Revista Dinheiro Rural, março – Menção: Programa Embrapa de Boas Práticas Agropecuárias (BPA). Fonte: Ezequiel do Valle. • “Eficiência alimentar medida pela água”, Revista DBO, fevereiro – Menção: Projeto de melhoramento genético animal. Fontes: Gilberto Menezes e Rodrigo Gomes. • Seção Globo Rural Responde, junho – Menção: comportamento animal. Fonte: Haroldo Queiroz. • Confinamento – caroço de algodão é alternativa para nutrição do gado, agosto – Menção: nutrição animal. Fonte: Luiz Orcírio de Oliveira. (https://canalrural.uol.com.br/programas/informacao/jornal-da-pecuaria/caroco-de-algodaoe-uma-boa-alternativa-para-nutricao-do-gado/) • Pastagem – eliminar braquiária com veneno, setembro – Menção: manejo de pastagem. Fonte: Ademir Zimmer.

O pesquisador Sergio Raposo de Medeiros se mantém como articulista na parceria com o Portal BeefPoint. A iniciativa começou em 2013 e o especialista em nutrição animal passeia por diversos temas, como mitigação de gases de efeito estufa, mitos na pecuária de corte, qualidade da carne, dentre outros. A parceria com o canal a cabo, Sistema Brasileiro do Agronegócio/Canal do Boi, para produção e realização do quadro Tecnologia e Produção também se mantém. Foram 72 reportagens finalizadas e exibidas em 2018. Comunicação interna Além do Mural Acontece, com 17 edições quinzenais, ao longo do ano, e do informativo on-line mensal, O Berrante, um aplicativo de gerenciador de mensagens instantâneas passou a ser utilizado como canal de comunicação. A proposta atende aos anseios dos empregados lotados nos campos experimentais. A adesão é voluntária e atende somente aos funcionários dessas áreas. Campanhas A Carta de Serviços ao Cidadão, um documento elaborado para informar aos cidadãos quais os serviços prestados por um órgão público; e o serviço de Perguntas Frequentes – FAQ Gado de Corte, disponibilizado virtualmente, foram alvos de campanhas de comunicação ao longo de 2018. Para aumentar a visibilidade desses serviços, assim como seu uso, ferramentas de divulgação, como matérias jornalísticas, post para as redes sociais e e-mails marketing, foram utilizadas.

(https://globoplay.globo.com/v/7006900/) • Parceria entre Embrapa e Marfrig faz ‘carne de baixo carbono’, agosto – Menção: marca-conceito Carne Carbono Neutro. Fonte: diretoria Embrapa. (https://www.beefpoint.com.br/parceria-entre-

36


Pixabay


6. Balanรงo Social


Relatório de Gestão 2018

Balanço Social

Dalízia Aguiar

Contribuição da Embrapa Gado de Corte

Tecnologia Capim Massai Capim Marandu Capim Mombaça Capim Piatã Estilosantes Campo Grande Touros Nelore superiores avaliados pelo Programa Geneplus Embrapa para uso em monta natural Total

Benefício (R$) 456.719.965,67 3.080.000.000,00 2.344.454.193,18 307.744.300,11 29.610.966,92 54.550.101,40 6.273.079.527,28

Fonte: Relatórios de Impactos da Embrapa Gado de Corte, 2018.

Ações Sociais sociais voltadas ao público externo

• Workshop liderado pela Embrapa Gado de Corte discute a mosca-dos-estábulos;

• Crianças conhecem tecnologias da Embrapa Gado de Corte na Dinapec Kids;

• Cursos abrangendo temas relacionados à bovinocultura de corte na Embrapa Gado de Corte capacitam 635 pessoas em 2018;

• Embrapa Gado de Corte realiza Natal Solidário;

• No ano de 2018, foram realizados quatro dias de campo abrangendo temas relacionados à bovinocultura de corte;

• Embrapa Gado de Corte recebe 144 estagiários, bolsistas e estudantes de pós-graduação em 2018;

• Embrapa e Parceiros realizam a Dinapec (Dinâmica Agropecuária) - Feira de Tecnologias da Embrapa;

• XIV Jornada Científica da Embrapa Gado de Corte apresenta 52 resumos em outubro de 2018;

• Promoção ou participação em feiras e exposições;

• Arrecadação de 208 caixas de leite com as inscrições da XIV Jornada Científica, posteriormente doadas ao Lar dos Sonhos Positivos;

• Palestras proferidas por Pesquisadores e Técnicos da Embrapa Gado de Corte instruem 195 pessoas;

• Em 2018, a Embrapa Gado de Corte foi visitada por instituições de ensino, pesquisa e extensão e divulgou o programa Agroescola em escolas agrícolas de Mato Grosso do Sul;

• Tecnologias geradas pela Embrapa Gado de Corte foram levadas a exposições agropecuárias nacionais de renome;

• Núcleo de transferência de tecnologia e capacitação em pecuária de corte da Embrapa Gado de Corte – Programa Agroescola;

• Embrapa Gado de Corte promove o outubro rosa na unidade com campanha “Doe lenço, doe afeto”.

39


Relatório de Gestão 2018

Balanço Social

Premiações e Homenagens recebidas em 2018

Melhorista recebe prêmio em evento da raça Senepol

Zootecnistas recebem medalha legislativa

Melhorista da Embrapa há quase 40 anos, o zootecnista e pesquisador Luiz Otávio Campos da Silva recebeu o Prêmio Honoris Causa como reconhecimento de seu trabalho. Os sul-mato-grossenses Haroldo Pires de Queiroz, analista, e Rodrigo da Costa Gomes, pesquisador, receberam homenagem na Câmara Municipal de Campo Grande pelo Dia Municipal do Zootecnista, instituído por meio da Resolução 1266/18 e comemorado no dia 13 de maio. A data marca a primeira aula do curso de Zootecnia ministrado no Rio Grande do Sul, em 1966.

Reportagem Embrapa é premiada A reportagem “Crescimento da Raça Senepol”, veiculada no final de 2017, com imagens de Áureo Savio e reportagem de Kaile Rodrigues, é uma parceria Canal do Boi – Embrapa, por meio do quadro Tecnologia e Produção. A matéria jornalística levou o Prêmio Senepol de Jornalismo, categoria TV. Atuando há mais de 35 anos em assessoria de imprensa na Embrapa, a jornalista e analista Eliana Cezar Silveira coordena e produz o quadro no Centro.

Pesquisador Antônio Rosa recebe comenda de Mérito da ABCZ

Pesquisador Pedro Paulo Pires é homenageado pelo Dia do Médico-veterinário

A entrega da comenda "Mérito ABCZ Expogenética 2018", em comemoração aos 50 anos do Programa de Melhoramento Genético de Zebuínos foi entregue ao pesquisador Antônio do Nascimento Ferreira Rosa. A homenagem foi na "Categoria Técnica" e é oferecida pela ABCZ como reconhecimento à atuação e contribuições ao longo da vida profissional, a favor do melhoramento genético das raças zebuínas.

No Brasil, o dia do Médico-veterinário é comemorado em 9 de setembro e para lembrar a data a Câmara Municipal de Campo Grande (MS) realizou Sessão Solene de outorga da Medalha Legislativa “Olímpio Crisóstomo Ribeiro”, para profissionais atuantes na área. O pesquisador e médico-veterinário Pedro Paulo Pires foi homenageado e escolhido pelos vereadores de Campo Grande como orador da turma.

Trabalhos com Senepol destacam-se em Encontro Internacional

Matriz da Embrapa recebe prêmio em feira de genética Pela segunda vez, uma matriz da Embrapa recebe o prêmio de excelência "Cláudio Sabino de Carvalho", durante a ExpoGenética, oferecido pela Associação Brasileira de Criadores de Zebu (ABCZ). Ideologia, nome dado ao animal, integra o rebanho Nelore PO (Puro de Origem) da Empresa e tem a genética no DNA. Ela é filha de Descoberta, vencedora em 2014, e neta materna de um provador do Instituto de Zootecnia (IZ). Nesta 7ª edição do prêmio, Ideologia concorreu com um rebanho apto de 4.202 animais. O prêmio Cláudio Sabino tem como objetivo homenagear as matrizes com melhor histórico reprodutivo nos últimos anos.

A edição 2018 do Mega Encontro Internacional da Raça Senepol, promovido pela Associação Brasileira dos Criadores de Bovinos Senepol (ABCB), realizada em Uberlândia (MG), teve momentos ímpares para a Unidade. O Prêmio Senepol de Pesquisa e Inovação foi entregue à pesquisadora, geneticista, Fabiane Siqueira.

40


Pixabay


7. Nossos Talentos

DalĂ­zia Aguiar


Nossos Talentos

Relatório de Gestão 2018

CORRÊA - FLÁBIO RIBEIRO ARAÚJO FRANCISCO ANTÔNIO QUETEZ - GELSON LUIS DIAS FEIJÓ - GEZIEL NOGUEIRA DE SOUZA - GILBERTO ROMEIRO DE OLIVEIRA MENEZES - GILSON PICININ DA SILVA GILSON REZENDE CARAMALAC - GISELE OLIVAS DE CAMPOS LEGUIZ - GRÁCIA MARIA SOARES ROSINHA - GUILHERME CUNHA MALAFAIA - GUSTAVO EUGÊNIO GERHARD BARROCAS - HAROLDO PIRES DE QUEIROZ HÉLIO SOARES DE OLIVEIRA - HENRIQUE SILGUERO - HERALDO MIRANDA DA FONSECA - HUGO SOARES CORADO IONARA SALETE BERTI PEREIRA - ISAURA MEGUMI NAKA - IVAN FARIAS SILVEIRA JACQUELINE CAVALCANTE BARROS JANAÍNA PAULA MARQUES TANURE JAQUELINE ROSEMEIRE VERZIGNASSI - JARI FRANCO RIBEIRO - JEAN CARLOS NANTES GAMARRA - JOÃO BATISTA CATTO - JOÃO BATISTA DE SOUZA NETO - JOÃO GOMES DA COSTA - JOÃO INFRAN - JOÃO MARQUES DE OLIVEIRA – JOAQUIM JOSÉ CASTILHO - JOEL DA SILVA - JOEL FERREIRA DA SILVA JOELCIO FARINHA ALMEIDA - JOSÉ CARLOS PEIXOTO DE MIRANDA - JOSÉ DE ALMEIDA LOBO - JOSÉ FRANCISCO DA MATA - JOSÉ FRANCISCO DOS SANTOS - JOSÉ GOMES DE ALMEIDA - JOSÉ RAUL VALÉRIO - JOSÉ ROBERTO DE SOUZA FREIRE - JOSENEI VALE DOS SANTOS - JOSENILTO CAVALCANTE DE MIRANDA - JOSIAS DE CARVALHO - JOSIMAR LIMA DO NASCIMENTO - JOZIVAL EVANGELISTA DA SILVA - JURANDIR LUIZ SOARES - KAREM GUIMARÃES XAVIER MEIRELES - LAUCÍDIO DE ARRUDA DIAS LAUCÍDIO DE ARRUDA MORAES - LEDA MARIA DO CARMO - LENITA RAMIRES DOS SANTOS - LEONDRE DE OLIVEIRA SANTOS LIANA JANK - LIANGE DE OLIVEIRA DIEHL LOURIVAL DE JESUS - LÚCIA FÁTIMA DE ALMEIDA ROSA - LUCIANO RONDON FERRAZ - LUCIMARA CHIARI - LUÍS CARLOS GAUNA GOMES - LUIZ ANTONIO DIAS LEAL - LUIZ ANTÔNIO FERNANDES - LUIZ DE JESUS - LUIZ ORCÍRIO FIALHO DE OLIVEIRA - LUIZ OTÁVIO CAMPOS DA SILVA - MANUEL CLÁUDIO MOTTA MACEDO - MARCELO CASTRO PEREIRA - MARCELO PASCHOAL DE OLIVEIRA - MARCELO ZENÓBIO PINTO - MÁRCIO RAMÃO JÚLIO LOPES - MARCO ANTÔNIO DA SILVA - MARCO ANTÔNIO MARQUES -

ADÃO WILLIAN MARQUES DE ARRUDA ADELINO TOMAZ DE OLIVEIRA - ADEMAR PEREIRA SERRA - ADEMILSON DA SILVA OLIVEIRA - ADEMIR HUGO ZIMMER ADRIANA DA SILVA - AGNELSON MARTINS DE SOUZA - ALBERTO MACHIENSE DE ARRUDA - ALCIOVANE JOAO DO SETE ALESSANDRA CORALLO NICÁCIO ALEXANDRA ROCHA DE OLIVEIRA ALEXANDRE ROMEIRO DE ARAÚJO - ALTAIR CONCEIÇÃO CORRÊA - AMANCIO GEOVANE VACCARI - AMÉRICO BATISTA - ANA PAULA SIVIEIRO LEITE - ANDERSON APARECIDO DA SILVA SANTOS - ANDRÉA ALVES DO EGITO ANDRÉA GONDO - ANDRÉA RAPOSO - ANNA BEATRIZ ROBOTTON FERREIRA - ANTENOR DE CARVALHO - ANTÔNIO CARLOS FÉLIX BARBOSA - ANTÔNIO DO NASCIMENTO FERREIRA ROSA - ANTÔNIO THADEU MEDEIROS DE BARROS - ARAMI DA SILVA CHARAO - ARI DA SILVA CHARÃO - ARMINDO NEIVO KICHEL - BENÍCIO LIMA ARGUELO BOAVENTURA DE ARRUDA MORAES - BRUNO ANDRADE AZEVEDO - CACILDA BORGES DO VALLE - CAMILO CARROMEU - CARLO CÉSAR SIMIOLI GARCIA - CARLOS ALBERTO MARTINS DE OLIVEIRA - CARLOS ALBERTO SOARES LUBAS - CARLOS EDUARDO BERTOLI - CATARINO DARQUE LOPES - CELIO ALZEMAN ROCHA - CELSO DORNELAS FERNANDES - CELSO SOUZA MARTINS CLÁUDIA LOPES MOREIRA TEIXEIRA DE SOUZA - CLÁUDIA MARIA REIS DE LACERDA CLODOALDO OLIVEIRA DE SOUZA - DAIANI ALVES DE MORAES - DALÍZIA MONTENÁRIO DE AGUIAR - DAVI JOSÉ BUNGENSTAB DENISE BAPTAGLIN MONTAGNER - DILMA ALMEIDA FIGUEIREDO - DIMAS COUTO NETO - DORALÍCIO CORREA DA SILVA - ECILA CAROLINA NUNES ZAMPIERI - EDSON ESPÍNDOLA CARDOSO - EDSON VIEIRA DE MORAES - ELCIONE RAMOS SIMPLÍCIO ELIANA CEZAR SILVEIRA - ELIZABETE AZEVEDO JUSTINO JACOB - ÊNIO NOGUEIRA DANTAS - ERNO SUHRE - EVALDO RODRIGUES DE OLIVEIRA - EVANIR PAVÃO AMARAL - EZEQUIEL RODRIGUES DO VALLE FABIANA VILLA ALVES - FABIANE SIQUEIRA FÁBIO LÚCIO PETRUCCI - FABRÍCIA ZIMERMANN VILELA TORRES - FERNANDO FALEIROS DE OLIVEIRA - FERNANDO PAIM COSTA - FILIPE TOSCANO DE BRITO S.

43


Relatório de Gestão 2018

Nossos Talentos

MARCOS AMARAL DE MATOS - MARCOS ANTÔNIO MADUREIRA - MARGARETH VIEIRA BATISTA - MARGARIDA MARIA DE FIGUEIREDO - MARIA GORETTI DOS SANTOS - MARIA IZILDINHA RIBEIRO - MARIA SOLANGE MARTINS - MARIANA DE ARAGÃO PEREIRA - MARIANE DE MENDONCA VILELA MARILENE VEIGA MIRANDA FONSECA MARLEI DE SOUZA VICENTE - MARLENE DE BARROS COELHO - MARTA PEREIRA DA SILVA - MARY LÚCIA ARGUELO BRAGA - MATEUS FIGUEIREDO SANTOS - MAXWELL PARRELA ANDREU - NEWTON VALÉRIO VERBISCK NÍBIA QUEIROZ DE PAULA - ODIVALDO NANTES GOULART - OGUIMAR APARECIDO FLORES DA SILVA - OTÁVIO FERNANDES DA SILVA - PATRÍCIA RODRIGUES COIMBRA FLORIANO - PAULA DE ALMEIDA BARBOSA MIRANDA - PAULINO GAUNA GOMES PAULO CÉSAR DA LUZ - PAULO HENRIQUE DUARTE CANÇADO - PAULO HENRIQUE NOGUEIRA BISCOLA - PAULO ROBERTO DUARTE PAES - PEDRO PAULO PIRES QUINTINO IZÍDIO DOS SANTOS NETO RAFAEL GERALDO DE OLIVEIRA ALVES RAFAEL LOBO SABER GUIMARÃES - RAMÃO BATISTA DA COSTA - RAMÃO JORGE MARIANO - RAMIRO BERNARDO DA SILVA FILHO - RAQUEL BETHANIA REZENDE ABREU - RAUL DOMINGUES DE ALMEIDA - RENATA POLLAK BENITES - RENATO ANDREOTI E SILVA - RENATO HENRIQUE MARÇAL DE OLIVEIRA - RICARDO ALEXANDRE E. S. CAVALHEIRO - RICARDO LUIZ PETRI RICARDO SERPA - RINALDO DARIO BANDEIRA DUARTE - ROBERTO AUGUSTO DE A. TORRES JÚNIOR - ROBERTO GIOLO DE ALMEIDA - ROBERTO MARÓSTICA - RODINEY DE ARRUDA MAURO - RODRIGO AMORIM BARBOSA - RODRIGO CARVALHO ALVA RODRIGO DA COSTA GOMES - RODRIGO DE OLIVEIRA CINTRA - RODRIGO LUIZ CHAVES DE CAMPOS - ROGÉRIO PACHECO DA SILVA RONALDO LUIZ DA SILVA - RONNEY ROBSON MAMEDE - ROSANA TERESINHA SANTIN DE ALMEIDA - ROSANE DA SILVA - ROSÂNGELA CEZAR FIGUEIRA – ROSÂNGELA MARIA SIMEÃO RESENDE - RUBENS BELUZZO RIBEIRO - RUBENS LUIZ SOARES - SAMUEL BARBOSA DA FONSECA - SANDRA APARECIDA CORRÊA NUNES - SANDRA HELENA RATIER - SANDRO SÍLVIO PINHEIRO -

SANZIO CARVALHO LIMA BARRIOS SATURNINO DE ASSUNÇÃO PINTO SEBASTIÃO ALMEIDA DA FONSECA SEBASTIÃO JORGE FRANCO - SERGIO RAPOSO DE MEDEIROS - SILVANO CALIXTO THAÍS BASSO AMARAL - VAGNER APARECIDO DA SILVA MARTINS - VAGNER RAMALHO NUNES - VALDEMIR ANTÔNIO LAURA VALDIR DANTAS JÚNIOR - VALDIR DE OLIVEIRA ACOSTA – VALÉRIA PACHECO BATISTA EUCLIDES - VALTER ALVES RIBEIRO VANDERLEI SEVERINO DA SILVA - VANESSA FELIPE DE SOUZA - WAGNER DOS SANTOS ZANONI - WILSON WERNER KOLLER ZIVALDO ALVES DE ALMEIDA

44


Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa Presidente

Textos

Maurício Antônio Lopes - (Janeiro a Outubro)

Alexandra Rocha de Oliveira

Sebastião Barbosa - (Outubro a Dezembro)

Andrea Alves do Egito Antônio do Nascimento Ferreira Rosa

Diretores Diretor-Executivo de Pesquisa & Desenvolvimento Celso Luiz Moretti Diretora-Executiva de Administração e Finanças Lúcia Gatto

Camilo Carromeu Carlos Alberto Lubas Celso Dornelas Fernandes Daiani Alves de Moraes Dalízia Montenário de Aguiar Davi José Bungenstab

Diretor-Executivo de Inovação e Tecnologia

Elcione Ramos Simplicio

Cleber Oliveira Soares

Eliana Cezar Silveira Evaldo Rodrigues de Oliveira

Embrapa Gado de Corte Chefe-Geral Interino Ronney Robson Mamede Chefe-Adjunta de Pesquisa e Desenvolvimento Lucimara Chiari

Ezequiel Rodrigues Do Valle Fabiana Villa Alves Fabiane Siqueira Fernando Paim Costa Filipe Toscano de Brito Simões Correa Flábio Ribeiro Araújo

Chefe-Adjunta de Transferência de Tecnologia

Gilberto Romeiro de Oliveira Menezes

Thaís Basso Amaral

Henrique Silguero

Chefe-Adjunta de Administração Janaína Paula Marques Tanure Produção Núcleo de Desenvolvimento Institutional (NDI) Paulo Henrique Nogueira Biscola Nibia Queiroz de Paula José Roberto Freire Núcleo de Comunicação Organizacional (NCO) Rodrigo Carvalho Alva Dalízia Montenário Aguiar Eliana Cezar Silveira Supervisão Editorial Rodrigo Carvalho Alva Projeto Gráfico Luiz Antônio Dias Leal

Janaína Paula Marques Tanure João Gomes da Costa José Roberto de Souza Freire Kelly Gutterres de Souza Lúcia Fátima de Almeida Rosa Lucimara Chiari Luiz Otávio campos da Silva Marcos Amaral de Matos Marcelo Castro Pereira Margarida Maria de Figueiredo Pinheiro Mariana de Aragão Pereira Mateus Figueiredo Santos Maxwell Parrela Andreu Nibia Queiroz de Paula Paulo Henrique Nogueira Biscola Renata Pollak Benites Rodrigo Carvalho Alva Rodrigo Amorim Barbosa Ronney Robson Mamede Sandro Silvio Pinheiro Sânzio Carvalho Lima Barrios Thaís Basso Amaral Wilson Fernando da Silva


Rodrigo Alva

Kadijah Suleiman

Igor Duarte

Pixabay

Profile for Embrapa Gado de Corte

Relatório Destaques 2018 - Embrapa Gado de Corte  

Relatório de Atividades da Embrapa Gado de Corte referente ao ano de 2018.

Relatório Destaques 2018 - Embrapa Gado de Corte  

Relatório de Atividades da Embrapa Gado de Corte referente ao ano de 2018.