Issuu on Google+

novembro 2016 EXEMPLAR

nยบ08

DE

A S S I N A N T E VENDA PROIBIDA issn 1676-9554

r$ 12,00

uma viagem geek dentro da gastronomia molecular

OUTRA DIMENSรƒO COM DR.eSTRANHO

ENTREVISTA COM GAL GADOT

1

Por que representativade importa?, 8 herรณis do universo conheรงa e fique por dentro desse universo fantรกstico. NOVEMBRO LGBTQIA, . 2016


2

NOVEMBRO . 2016


3

NOVEMBRO . 2016


FALA MAIS

d

ilin propublici in virio, st L. Git vis, atandi imur. Omnit veris se tilia? Um ficerica; interus silis con seris consum mo eridit. Marios, nos sus in st L. Fuitam vividem in deperum estract aribus bonsulles At iam derfectum in terdit, nox nostemus cremqui confece cre duc tus rei inticiam se tempes, sume catilis silicaperfex nerum detio condet vereo, et clute taris vicae abuntelum inato curnihi licibut viris. Ehem in detimius hos arissolutero essenatum norum ocaet fui prid averbem omnihilice a et; es, sente cusquides, pulegil virtudempl. Sp. Aperio noraris vigilius ompor locaequam essatquem, sente cris. Servisse, condactanu vis ata deliam intero Cuperbi faudestraest vehenti licasto rtinatum dius inu etes res iaeludet fortum nes paridessidet non sentem in re num sa res atiacchuit, Patiam occhil viditimis converum etiquem arterestis? Go te conit, quam ipte et octum iampesciena, is re patraris, tica; intidiem pat, essolicum omnesti aeculti lisque con huconon enticae criciis; in tum nicis, orsulic opopon tam reis, coerisquos ac faci talin terentinam adentus cons acre huctandertem ente.

diretor editorial gabriel tobias marcon

EDITORIAL projeto iii diretor de redação Gabriel Tobias Marcon EDITOR SENIOR Gabriel Tobias Marcon EDITOR DE REVISÃO ROGÉRIO ABREU DIREÇÃO DE ARTE Gabriel Tobias Marcon CONTRIBUINTES Rogério Abreu, Júlia Verdi Stuani, Gelson Marcon, Vitória Pigatto, Giovanna Piccoli MARKETING E CIRCULAÇÃO andrea abelleira (pesquisa de mercado) cézar almeida (lifestyle) ricardo packness (marketing e eventos) PRODUÇÃO gráfica d21 apoio clark toys Fontes Utilizadas: Família Avenir, Família Futura PT, Família Balboa Plus. Redação e correspondência: Rua Guilherme Schell, 250, 6° andar, Santo Antônio, POA, CEP 90640-040, tel (54) 996655960. Publicidde Porto Alegre e informações sobre representantes de publicidade no Brasil e no exterior: www.clarktoys.com GOOD GAME ed.08 (ISNN;1676-9554), ano 1, nº 11, é uma publicação da Clark Toys.Edição anteriores: vendas em bancas, pelo preço da capa vigente. Ou pelo site da empresa .

DIRETOR EDITORIAL GABRIEL TOBIAS MARCON GA

4

gabrielmarcon@clarcktoys.com

NOVEMBRO . 2016


LANÇAMENTO EM 2017 5

NOVEMBRO . 2016


SUMÁRIO

8

NOBBY

O QUE VEM POR AÍ

18 28

6

44 50 68

ECONOMIA

5 COISAS QUE HERÓIS ENSINAM SOBRE FINANÇAS

CURIOSIDADES

ÍNDICE DOS SUPER-HERÓIS

HISTÓRIA

DOCUMENTÁRIO SOBRE O IMPACTO DAS HQS

GASTRONOMIA TUDO SOBRE A NOVA: GASTRONOMIA GEEK

VÍCIO GG

4 MOTIVOS PARA VER MR. ROBOT

12

20 30 46 56 78

CULTURA

DIVERSIDADE ÉTNICA

PRODUTO

NINTENDO ANUNCIA SEU NOVO CONSOLE

CAPA

POR QUE REPRESENTATIVIDADE IMPORTA?

MODA

CAMISETAS PERSONALIZADAS

TURISMO

5 LUGARES PARA GEEKS VIAJAREM

PRODUTO

LANÇAMENTOS FUNKO POP! NOVEMBRO . 2016


14 22 34 48 66

CURIOSIDADE

DR. ESTRANHO POR OUTRO PONTO DE VISTA

ENTREVISTA E PERSONALIDADE A PRIMEIRA DAMA

CAPA

8 HERÓIS REPRESENTANTES DO UNIVERSO LGBTQIA

ESPORTE

5 ESPORTES PARA GEEKS PRATICAREM

COMPORTAMENTO

LANTERNA VERDE: O HERÓI QUE INSPIRA ADOLESCENTES

7

NOVEMBRO . 2016


NOOBY

8

O QUE VEM POR AI

NOVEMBRO . 2016


ASSASSIN’S CREED Previsão de estreia: 12. 01. 2017 Elenco: Michael Fassbender, Marion Cotillard, Jeremy Irons e mais Diretor: Justin Kurzel

Callum Lynch (Michael Fassbender) descobre que é descendente de um membro da Ordem dos Assassinos e, via memória genética, revive as aventuras do guerreiro Aguilar, seu ancestral espanhol do século XV. Dotado de novos conhecimentos e incríveis habilidades, ele volta aos dias de hoje pronto para enfrentar os Templários. Versão para as telonas do game Assassin´s Creed.

RESIDENT EVIL 6: O CAPÍTULO FINAL Previsão de estreia: 26. 01. 2017 Elenco: Milla Jovovich, Ali Larter, Iain Glen e mais Diretor: Paul W.S. Anderson

Sobrevivente do massacre zumbi, Alice (Milla Jovovich) retorna para onde o pesadelo começou, Raccoon City, onde a Umbrella Corporation reúne suas forças para um ataque final contra os remanescentes do apocalipse. Para vencer a dura batalha final e salvar a raça humana, a heroína recruta velhos e novos amigos.

LOGAN Previsão de estreia: 02. 03. 2017 Elenco: Hugh Jackman, Patrick Stewart, Boyd Holbrook e mais Diretor: James Mangold

Mais um filme sobre James “Logan” Howlett (Hugh Jackman), novamente sob o comando de James Mangold. Será o terceiro filme solo do herói, que já estrelou X-Men Origens: Wolverine e Wolverine: Imortal.

POWER RANGERS Previsão de estreia: 23. 03. 2017 Elenco: Dacre Montgomery, RJ Cyler, Naomi Scott e mais Diretor: Dean Israelite

A jornada de cinco adolescentes que devem buscar algo extraordinário quando eles tomam consciência que a sua pequena cidade Angel Grove - e o mundo - estão à beira de sofrer um ataque alienígena. Escolhidos pelo destino, eles irão descobrir que são os únicos que poderão salvar o planeta. Mas para isso, eles devem superar seus problemas pessoais e juntarem sua forças como os Power Rangers, antes que seja tarde demais.

99

NOVEMBRO . 2016


10

NOOBY

NOVEMBRO . 2016


MULHER MARAVILHA Previsão de estreia: 01. 06. 2017 Elenco: Gal Gadot, Chris Pine, Connie Nielsen e mais Diretor: Patty Jenkins

Treinada desde cedo para ser uma guerreira imbatível, Diana Prince (Gal Gadot) nunca saiu da paradisíaca ilha em que é reconhecida como princesa das Amazonas. Quando o piloto Steve Trevor (Chris Pine) se acidenta e cai numa praia do local, ela descobre que uma guerra sem precedentes está se espalhando pelo mundo e decide deixar seu lar certa de que pode parar o conflito. Lutando para acabar com todas as lutas, Diana percebe o alcance de seus poderes e sua verdadeira missão na Terra.

THOR RAGNAROK Previsão de estreia: 02. 11. 2017

Elenco: Chris Hemsworth, Tom Hiddleston, Cate Blanchett e mais Diretor: Taika Waititi

Terceira aventura estrelada por Thor (Chris Hemsworth), focada no ciborgue Ragnarok.

GUARDIÕES DA GALÁXIA 2 Previsão de estreia: 27. 06. 2017

Elenco: Chris Pratt, Zoe Saldana, Dave Bautista e mais Diretor: James Gunn (II)

Sequência da aventura intergaláctica com o grupo de heróis da Marvel formado por Senhor das Estrelas, Gamora, Rocket Racoon, Groot e Drax.

LIGA DA JUSTIÇA PARTE 1

Previsão de estreia: 16. 11. 2017 Elenco: Ben Affleck, Henry Cavill, Gal Gadot e mais Diretor: Zack Snyder

A jornada de cinco adolescentes que devem buscar algo extraordinário quando eles tomam consciência que a sua pequena cidade Angel Grove - e o mundo - estão à beira de sofrer um ataque alienígena. Escolhidos pelo destino, eles irão descobrir que são os únicos que poderão salvar o planeta. Mas para isso, eles devem superar seus problemas pessoais e juntarem sua forças como os Power Rangers, antes que seja tarde demais.

11 11

NOVEMBRO . 2016


CULTURA

ESTAMOS FALANDO SOBRE

DIVERSIDADE ÉTNICA

12 12

PRESIDENTE DA MARVEL STUDIOS QUER AUMENTAR A DIVERSIDADE ÉTNICA NOS FILMES!

NOVEMBRO . 2016


Nos filmes que já fizemos e, certamente, nos filmes que estão por vir, terão grupos de personagens mais inclusivos, como todos nós desejamos”.

c

onversando com a Vulture, Kevin Feige, o presidente da Marvel Studios, falou sobre a diversidade étnica nos filmes da empresa – principalmente por conta do caso o Ancião em Doutor Estranho – e seu desejo de criar produções cada vez mais e muito mais inclusivas. Feige reconhece às críticas quanto escolha de Tilda Swinton como Anciã, mas afirmou que a escalação foi feita na tentativa de não perpetuar o estereótipo de um tutor masculino, sábio e asiático, ainda que isso ajude diminuir a representatividade asiática dentro de Hollywood. Segundo ele, “nos filmes que já fizemos e, certamente, nos filmes que estão por vir, terão grupos de personagens mais inclusivos, como todos nós desejamos”. “Para nós, é importante que nós não nos sintamos um elenco completamente branco e europeu”, comentou Feige, notando que os próximos lançamentos da Marvel são mais

13

NOVEMBRO . 2016

diversos no campo feminino e étnico, principalmente Homem-Aranha: De Volta ao Lar, que o executivo vê meramente como uma representação do mundo real. “Nosso diretor [Jon Watts] chegou com fotos de escolas reais e elas são tão diversas quanto vocês podem imaginar… Isso foi algo importante para nós, para nos distanciar dos filmes do Aranha que já foram feitos – ir mais fundo nesse nicho – e representar o mundo de hoje”, afirmou o empresário. Feige ainda colocou as origens dos quadrinhos da Marvel como parte da razão por continuar esse incentivo pela inclusão. “Os quadrinhos passavam por isso às vezes, no começo, mas francamente, mesmo nos anos 60… Quer dizer, o Pantera Negra foi criado nos anos 60. Você olha para o time do Capitão América no passado e sim, existem algumas problemáticas, mas eles já eram progressistas naquela época”.


D O U TO R E S TRANHO POR OUTRO PONTO DE V IS T A tephen Strange é a prova de que a Marvel pode fazer qualquer personagem dar certo no cinema. Através da figura de um super-herói místico, beirando a irrealidade, em um mundo onde é possível dominar o tempo ou viajar entre dimensões interplanetárias (que começou a ser mais aceitável depois de Thor ou dos pouco conhecidos Guardiões da Galáxia), o estúdio trouxe com maestria um universo composto por magos e feitiços lendários na eterna luta entre e o bem e o mal. E estas são as palavras que resumem a trama: plano astral, magia e tempo. Doutor Estranho não possui apelo infantil, ele faz parte de um rol de heróis para um público adulto e trata-se da produção mais madura cinematograficamente da Marvel. Tal comparação pode ser feita com a época do lançamento da HQ original: o interesse pelo misticismo, pela cultura oriental, a experimentação e a psicodelia traziam uma nova fase ao estilo de vida mundial, tanto na moda, quanto no cinema, na música e na literatura. Nos mais diversos aspectos houve um amadurecimento cultural, e nesta época de inovação, tudo relacionado a cultura pop adquiriu um tom mais psicodélico e experimental.

S

14

.

NOVEMBRO . 2016


15

NOVEMBRO . 2016


CURIOSIDADE

O DIRETOR TEVE ESTA PERCEPÇÃO E ADAPTOU BRILHANTEMENTE A LINGUAGEM VISUAL (claramente inspirada em viagens

16

de ácido) e sonora (entramos em êxtase ao escutar Interstellar Overdrive, do Pink Floyd, na cena em que Strange dirige seu carro importado). Assim como as primeiras histórias do Doutor Estranho da virada dos anos 1960 para os 1970, o filme traz muitas cenas de ação com ousadia em cenários caleidoscópicos que deixam A Origem ultrapassado (não seria surpresa alguma se Dr. Strange fosse indicado ao Oscar por efeitos visuais). Com uma leve semelhança ao primeiro longa de sucesso protagonizado pelo Homem de Ferro, o roteiro de Dr. Strange mostra a história de um neurocirurgião egocêntrico e bemsucedido que subitamente tem sua carreira interrompida por um grave acidente automobilístico, que tiralhe literalmente o controle das mãos. Impossibilitado de continuar operando e exercendo sua genialidade através da profissão, Strange se vê desesperado em busca de uma cura física que volte a dar sentido a sua vida, e acaba frustrado com o limitado avanço da medicina tradicional que parece ineficaz e incapaz de ajudá-lo. Stephen parte em uma jornada até o Nepal para encontrar cura espiritual, após gastar tudo que tem no anseio de que seu corpo se regenere através do treinamento com uma antiga guru (que na verdade tem a missão de defender o planeta de ameaças místicas). O mago, então, tem de decidir entre retomar o antigo e arrogante estilo de vida, usando a cura para seu próprio benefício, ou juntar-se ao templo que protege o mundo de ser destruído e dominado por forças sombrias invocadas por um antigo aprendiz. Um grande acerto da trama foi ter colocado Tilda Swinton no papel da Anciã, originalmente uma figura masculina nas HQs. Dá gosto


Diretor Stephen Strange conversando com Benedict Cumberbatch

de ver o herói ser guiado por uma professora como ela, misteriosa, sábia, imponente e serena. Apesar da estética diferente do que estamos acostumados a ver em adaptações de histórias em quadrinhos, o filme em si não é o maior exemplo de ousadia e tampouco transgride as expectativas acerca do desenrolar da história: o clímax desta saga de herói continua tendo a fórmula certeira da Marvel, e permanece com a mesma linguagem jovial, dinâmica e repleta de alívios cômicos em suas produções. O roteiro simples é bem construído, funciona de forma independente e faz o filme coeso e amarrado, deixando apenas aquela velha ponta solta que nos dá o gostinho de esperar até o final dos créditos para saber sobre uma possível (e bem-vinda) continuação.

Cena do filme com Tilda Swinton (Anciã) com Benedict Cumberbatch (Dr. Strange).

17 17

NOVEMBRO . 2016


ECONOMIA

5 coisas

que os super-heróis ensinam sobre finanças

d

18

isciplina, transparência, paciência e planejamento são algumas das características necessárias para conseguir juntar dinheiro e se tornar um investidor. O educador financeiro Robinson Trovó, criador da Trovó Academy, destaca como é possível se inspirar nos super-heróis para melhorar as finanças. “Alguns desses personagens têm qualidades que fariam com que eles fossem excelentes investidores “, conta.

Ates ducimus dolor as accatur aliquam exped ut as maximinis sim veliquis aut pa nis doluptatem faces eicta dolendelesti aliquis molorio nsequatibus illam dus, alignist poremperum ipsam resciustior alist, suntionet et experia tisimporem fugit autaspe reptate vidusam ilibusae essit iminctet quam erum apitate modi sit ratur? Elitibus plaut enitat. Aximus sin nim faccust aces ad ut que dolores tionecerovid que voloribus doluptat alibustibus que paris errorem et dio mo ipici consecuptur. NOVEMBRO . 2016


2

Professor Xavier: paciência e longo prazo O líder dos X-Men é muito sábio e consegue agir com calma e tranquilidade, sempre olhando para os alunos e pensando no futuro deles. Suas atitudes não são focadas no imediatismo, e sim no médio e longo prazo, sempre com muito planejamento. “Quando você faz um investimento , é como o Professor Xavier investindo em um de seus alunos: sempre com paciência e sem ir além do que é possível fazer no momento”, explica o educador financeiro, que ensina a não dar um passo maior que as pernas.

3

Superman: transparência e verdade Uma das características mais importantes do Superman é que ele não mente nunca. Comprometido com a verdade, ele é extremamente transparente. “Isso precisa ser um esforço contínuo de quem quer ser investidor, especialmente no momento de economizar e sair da dívida”, destaca Trovó. Se a ordem é economizar, é preciso ser sincero com a família em vez de esconder a verdade. “E o mais importante: seja sincero com você mesmo, e admita quando não for possível ter um gasto acima do seu orçamento”.

4

Homem-Aranha: a vitória vem aos poucos Trovó destaca que o personagem Peter Parker possui uma sabedoria muito importante: a vitória é construída aos poucos. “Como o Homem-Aranha tem que conciliar o trabalho de super-herói e de fotógrafo, ele sabe que suas conquistas serão alcançadas aos poucos “, explica. Segundo Trovó, no mundo das finanças é preciso saber que tanto o investimento quanto o hábito de poupar trazem benefícios conquistados pouco a pouco.

1

Wolverine: sem medo do que os outros pensam Trovó alerta que muitas pessoas não conseguem economizar dinheiro porque se preocupam em se mostrar para as outras pessoas. “Ter sucesso é gastar menos do que você ganha, e não mostrar um carro importado aos amigos”, destaca. Por isso, o super-herói Wolverine, famoso nos quadrinhos e no cinema, é um ótimo exemplo para deixar de gastar com o que só vai servir para ostentar. “Ele faz o que bem entende e o que acha melhor, sem nunca se importar que os outros o vejam como um maluco”. Olore aut arum quid millectusae ma dentia ides maxima quat remquiam inisquo cor sunt. Int verem num quis dia velecat. Lecaeru ptatur, omnim quas debitiistia doleseci.

19

NOVEMBRO . 2016

5

Viúva Negra: coragem e disciplina Muitas pessoas acham que não estão preparadas para investir ou se convencem de que não vão encontrar a independência financeira , mas o educador incentiva a todos. “Qualquer um pode ser um investidor, basta ter a iniciativa de começar e a disciplina de tomar as atitudes necessárias”, explica, reforçando que nunca teve muita habilidade com números, e mesmo assim conseguiu se destacar. Esta percepção pode ser inspirada na Viúva Negra, heroína que faz parte da equipe dos Vingadores sem ter qualquer superpoder. “Ela teve a coragem de lutar contra os vilões e a disciplina de aprender luta, e mesmo sem uma armadura ou habilidades especiais, ela conseguiu”.


PRODUTO

NINTENDO ANUNCIA SEU NOVO CONSOLE

C

20

omo já havia sido anunciado com antecedência, a Nintendo estava guardando um grande anúncio relacionado ao projeto que estava sendo chamado de Nintendo NX. Muitos esperavam que realmente fosse o anúncio do novo console da empresa japonesa trazendo uma grande inovação para a experiência gamer, e foi exatamente o que recebemos. Em um pequeno vídeo, a Nintendo divulgou o trailer do Nintendo Switch, o console que irá misturar a experiência de consoles portáteis com a experiência dos consoles de mesa. O Switch permitirá que você esteja jogando em uma TV na sua casa

e acoplando dois pequenos joysticks ao lado de uma pequena tela, você poderá continuar jogando o mesmo jogo ininterruptamente em uma versão portátil do console, trazendo a mesma experiência que um Nintendo 3DS traria. Muitos esperavam que realmente fosse o anúncio do novo console da empresa japonesa trazendo uma grande inovação para a experiência gamer, e foi exatamente o que recebemos. Juntamente com o anúncio tivemos a revelação da data estimada para o lançamento do Nintendo Switch, que será em Março de 2017.

NOVEMBRO . 2016


21

NOVEMBRO . 2016


22

A

NOVEMBRO . 2016


No próximo verão, Mulher Maravilha se transformará na

primeira super-heroína a ter seu próprio filme.

No estúdio com GAL GADOT, a feroz e engraçada atriz que está prestes a fazer história. Por Nicole Sperling

É meio de março no Leavesden Studios, mas o dia gelado e úmido se parece mais com as profundezas do inverno. Nuvens cinza escuras pesam pelo ar. Um vento implacável explode ao longo do campo encharcado. As condições imploram por um copo de chá quente e uma lareira, mas, em vez disso, Gal Gadot está no topo de uma torre com a altura de 5 andares vestindo um glorificado maiô. Mas, conforme a bela israelita de 31 anos vai à frente da estrutura para averiguar o inimigo que a personagem dela acabou de derrotar, ela não parece estar com nem um pouco de frio. Vestida com seu traje completo, de suas botas de salto alto à sua tiara dourada, ela se parece com a heroína que todos estivemos esperando. Ela se parece com a Mulher Maravilha. “Foi um momento muito importante,” ela diz mais tarde. “Mesmo com o clima não cooperando, eu tive que lidar com ele.” Ela dá de ombros a uma pergunta sobre seu desconforto, “O que posso dizer?” ela responde e ri. “Estava frio. Meus ovários congelaram.”

23

NOVEMBRO . 2016


24

ENTREVISTA

NOVEMBRO . 2016


Com data de lançamento para 2 de junho de 2017, Mulher Maravilha realmente é uma história de origem, além de ser uma história de amor e uma saga de ação-aventura, que começa na pacífica ilha de Themyschira e termina na Europa, no final da Primeira Guerra Mundial. Pelo caminho, descobrimos por que a Princesa Diana, a filha amada de uma raça de Amazonas, decide deixar sua harmoniosa casa e se arriscar pelo complicado mundo dos mortais. Nós conheceremos Steve Trevor, o piloto e espião norte-americano interpretado por Chris Pine, de Star Trek, que rouba o coração dela, juntamente com personagens tirados diretamente das histórias em quadrinhos que estabeleceram a Mulher Maravilha como um ícone feminista: Connie Nielsen como a mãe de Diana, a Rainha Hippolyta; Robin Wright como a tia dela, a General Antiope e Lucy Davis, como a sua aliada, Etta Candy. “Eu tenho a oportunidade de interpretar um ótimo modelo a ser seguido, para as garotas se espelharem: uma mulher forte, ativa, compassiva, amorosa, positiva.” diz Gadot “Acho isso muito importante. Já era hora de alguém fazer isso e me sinto muito privilegiada e honrada de ser essa pessoa.” Jenkins também fala do privilégio de estar envolvida no filme: “Parte do motivo de eu estar de tão bom humor é que esse é o filme que eu quis fazer durante toda a minha vida.” Jenkins se encontrou com a Warner Bros. pela primeira vez, sobre um possível filme da Mulher Maravilha, em 2005, bem antes dos “universos cinematográficos” estendidos terem se tornado a base financeira dos grandes estúdios. Ela havia acabado de dirigir Charlize Theron, que ganhou um Oscar de Melhor Atriz como Aileen Wuornos, uma assassina em série, em seu filme de estreia como diretora, Monster: Desejo Assassino, e a próxima prioridade dela era fazer um filme de super-heróis. Isso é um desafio para uma diretora em qualquer dia. Jenkins teve que adicionar o agravante de estar grávida. Liderar um filme de sucesso é uma tarefa árdua que geralmente mantém os cineastas longe de suas famílias por um ano ou mais. “Não dá para fazer isso com um bebê pequeno,” ela diz.

Tente isso, Batman.

“Parte do motivo de eu estar de tão bom humor é que esse é o filme que eu quis fazer durante toda a minha vida.” 25

NOVEMBRO . 2016

“Alguém poderia conseguir fazer isso, mas eu não.” O estúdio e o produtor Joel Silver (V de Vingança), a seguir, tentaram o oráculo geek Joss Whedon (Os Vingadores) como roteirista e diretor, mas o projeto nunca ganhou força. Falsos começos continuaram por anos, até que a WB, finalmente, se comprometeu com um novo plano para transformar muitos de seus personagens da DC Comics em estrelas de cinema. Zack Snyder, de Batman v Superman: A Origem da Justiça, definiu grande parte do terreno, incluindo a apresentação de Gadot para o público, como a valente Princesa Diana. “Necessidade faz a ocasião,” diz o produtor de Mulher-Maravilha, Chuck Roven. “Passamos um bom tempo deixando esse roteiro redondo, mas também tivemos um grande, grande motor (nos empurrando). A expansão do universo da DC foi uma grande prioridade para a Warner Bros.” Assim como foi a contratação de uma diretora para Mulher-Maravilha. Michelle MacLaren (Game of Thrones, Breaking Bad) foi contratada inicialmente, mas depois de sua partida, o estúdio foi atrás de Jenkins. Uma defensora do elenco, Jenkins diz que não podia acreditar em sua sorte com Gadot. “O espírito natural de Gadot é a Mulher Maravilha“, diz a diretora. “Ela é tão gentil, tão boa, tão bonita e capaz de ser sexy, mas não de uma maneira que deixa as outras mulheres desconfortáveis. É o que a Mulher Maravilha deve ser.” De volta ao estúdio, o céu se abre e a chuva começa a cair. Jenkins debate se ela deve manter Gadot no topo da torre para mais uma tomada, mesmo enquanto ela brinca com a estrela. “Que tal vermos o quanto como a Mulher Maravilha você é?” Ela informa, “Gostaríamos que você corresse de salto alto e trabalhasse 7 dias por semana.”


ENTREVISTA

26

Good Game: Qual foi a sua sensação a primeira vez que você colocou o traje da Mulher Maravilha? Gal Gadot: Eu o vesti pela primeira vez depois que eles me escolheram como Mulher Maravilha para Batman v Superman. Foi o máximo para mim. Eles me disseram que eu consegui o papel e, dois dias depois, eu estava em Michigan, no frio novamente, fazendo a prova do traje e foi demais. Parecia um lindo

sonho. Foi muito emocionante e eu estava muito, muito feliz e me senti bem. Mesmo com todo o surrealismo da situação, ela parecia totalmente e absolutamente normal. Foi porque você se conectou muito com esta personagem? Eu a amo. Amo mesmo. NOVEMBRO . 2016


E essa ingenuidade vem da educação dela? Ela é uma jovem idealista que aprendeu que o mundo é muito simples: é preto ou branco, bom ou ruim. É como ela foi criada. É no que ela acredita e há algo encantador nessa maneira simplista em que ela vê o mundo. Mas, uma vez que ela se apaixona e começa sua jornada com Steve Trevor (Chris Pine), ele a educa sobre a complexidade da humanidade. Não existe uma coisa só boa ou ruim, preto ou branco. É muito e totalmente complicado. Para você, o quão importante foi que uma mulher dirigisse este filme? Eu acho que foi importante. É uma história sobre uma garota se transformando em uma mulher. Eu acho que só uma mulher que foi uma garota é capaz de contar a história da maneira certa. Essa grande tarefa parece ser uma grande responsabilidade? É uma grande responsabilidade. Sabíamos que queríamos contar uma história que inspiraria as pessoas: mulheres, homens, meninos e meninas. E nós não queríamos apenas mostrar uma história genérica do crescimento de um super-herói. Queríamos que ela fosse plena e inteira. Esta é a primeira vez que contamos essa história e eu sinto que há tantos garotos, eles têm grandes modelos para seguir. Eles têm Superman, Batman, Homem-Aranha e a lista é imensa. E eles são fortes, todo-poderosos, eles são positivos, ativos e proativos. Para as meninas, eu acabei de ter uma conversa com a minha filha, Alma, e ela estava dizendo algo sobre o príncipe que ela viu em A Bela Adormecida, ela estava dizendo que ele é corajoso e forte. E eu perguntei sobre a princesa e ela me disse, “Ela é fraca”. E eu disse, “O que você acha disso?”. E ela tem 4 anos, minha filha. E ela me disse, “Ela não deve ser fraca”. Por que? Eu sinto que Diana realmente é acessível. É fácil se identificar com ela. Ela tem o coração de um humano, então ela consegue ser emocional; ela é curiosa, ela tem compaixão, ela ama as pessoas. Mas ela também tem os poderes de uma deusa. Ela é toda do bem, ela luta pelo bem, ela acredita no ótimo. Eu quero ser ela. E em Mulher Maravilha, ela tem essa ingenuidade nela. Não é besta, é mágico. Eu gostaria de ser ingênua assim novamente.

27

NOVEMBRO . 2016

“Eu sinto que eu tenho a oportunidade de criar um ótimo modelo a ser seguido, para as garotas se espelharem em uma mulher forte, ativa, compassiva, amorosa, positiva e acho isso muito importante”.


28

DOS SUPER HERÓIS

ÍNDICE DE PODER

CURIOSIDADES

NOVEMBRO . 2016


29

NOVEMBRO . 2016


PORQUE

REPRESENTA T I V I DA D E IMPORTA? A inserção de personagens com orientações sexuais

30

diferentes no universo nerd é algo que deve crescer nos próximos anos e tem o dever de fazer o público perceber que não é porque você não é gay (ou não tem um LGBT na família ou como amigo) que esse público não existe e que não deve ser representado.

NOVEMBRO . 2016


31

NOVEMBRO . 2016 fonte: marvel.com


CAPA

A

ssim como você, esse público

32

também consome quadrinhos, Jogos, assiste seriados e filmes. E assim como você, ele também merece se sentir representado em todas essas mídias com o devido respeito que ele (e todo mundo) merece. Outra novidade que desponta nas redes sociais é a visibilidade grande de pessoas LGBT e mulheres feministas se candidatando. A partir da constatação de que a configuração atual do Parlamento não reflete a realidade da população brasileira, essas candidaturas prometem que mudar isso, colocando mais representantes mulheres, LGBT, negros e negras, mudaria radicalmente a política. Essas campanhas são recheadas de frases como “LGBT vota em zLGBT”, “representatividade importa”, “para a juventude ocupar a política”. Mas por que importa quem seu/sua representante é? Ou seja, por que é importante que a pessoa que recebe seu voto seja mulher, LGBT, negro ou negra? A resposta mais comum é dizer que não importa. A política seria um embate de ideias, então importaria o que a pessoa pensa e defende, não o que ela é e os partidos seriam meios institucionais de agregar pessoas com ideias similares. Assim, deveríamos eleger alguém que defenda ideias com as quais concordamos, independentemente de quem ela seja. Isso é, em parte, verdadeiro. Não há garantia alguma de que uma pessoa, por pertencer a determinado grupo, defenda os direitos desse grupo ou determinada ideia. Clodovil Hernandes é um exemplo; apesar de gay assumido, quando deputado federal, não foi um grande defensor dos direitos LGBT. As pautas que alguém diz defender são importantes e não devem ser ignoradas, mas as ideias não são completamente desvinculadas das pessoas e seus pertencimentos. Para além da pessoa, os partidos também têm um papel

importante em nosso sistema político. Os partidos possuem pautas consideradas prioritárias e têm um certo grau de controle sobre como seus parlamentares votam nessas questões. Se o partido não acolhe as demandas dos grupos oprimidos, pode ser que o parlamentar que representa um desses grupos tenha pouca liberdade para agir em favor desses interesses. Mesmo que tenha liberdade, pode não ter apoio de seus companheiros de partido, dificultando a aprovação de suas propostas. Além disso, acabar por eleger uma pessoa com interesses opostos ao que você defende. Por isso, é muito importante prestar atenção ao partido de seu ou sua candidata e optar por partidos que efetivamente apoiem as pautas dos grupos oprimidos. Quatro boas razões para você votar em alguém que pertence a um grupo oprimido. As razões são:

1

A demanda por representação de grupos oprimidos é uma demanda por outra forma de democracia;

2 A sub-representação de

grupos oprimidos é injusta;

3

Os interesses dos grupos oprimidos ganham representantes;

4

O personagem criado se torna um modelo positivo. NOVEMBRO . 2016


#1 A demanda por representação de grupos oprimidos é uma demanda por outra forma de democracia. Grande parte da população não se sente representada pelos nossos políticos e pelos partidos. Sentem que já não existe mais uma aproximação entre as pessoas, os partidos e os políticos e que estes defendem apenas seus interesses. Votar em alguém que pertence a um grupo oprimido é uma aposta na mudança. As mulheres eleitas tendem a dialogar mais entre si, independentemente do partido, e também possuem mais contatos com os grupos de pessoas que as elegeram, promovendo reuniões e assembleias para aproximar sua base. O lobby do batom, como ficou conhecida a articulação de mulheres durante o processo de constituinte, é um desses claros exemplos de articulação suprapartidária. A atual bancada feminina continua a atuar dessa maneira.

Muitas das candidaturas de mulheres, LGBT e pessoas negras são fruto de articulações de base e trazem como pauta, além das defesas dos interesses do grupo, uma maior participação da população na política. A política, para grande parte das candidaturas que se originam de grupos minoritários, é um meio para a conquista de direitos para o grupo ao qual pertencem. Será que essas pessoas possuem alguma capacidade fantástica e superior que faz que elas sejam representantes melhores do que mulheres ou pessoas negras e as tornem, assim, as legítimas representantes da sociedade? 33

NOVEMBRO . 2016

“Para que os jovens que não se identificam com os estereótipos comuns atribuídos também se sintam incluidos”


34

8

H R T U L

E R E P A N N I G B NOVEMBRO . 2016


I S E S E N E S D O ERsO Q I A

NOVEMBRO . 2016

35

Ó R T V T


1

BATWOMAN DC comics

36

Batwoman, que tem sua própria HQ e namora Renee Montoya, uma policial de Gotham City. A personagem Montoya assumiu-se homossexual antes de Kate Kane, a Batwoman. Em 2006, as duas passaram a ter um romance. Kate Kane deixou o exército norte-americano por ser lésbica. Quando a DC Comics impediu, em decisão editorial, a personagem de se casar com sua namorada, sua dupla de roteiristas pediu demissão. Batwoman estreou em 2006. A criação

de Kate Kane foi sem dúvida um grande passo da DC Comics em sua tentativa de dialogar com um público mais diverso, embora a editora tenha pisado na bola com a personagem, a atual fase de destaque da Batwoman mostra que ela ainda tem futuro nos planos da editora. Kate Kane é uma das personagens que vai aparecer no projeto divulgado recentemente pela DC Comics e a IDW Publishing que uniram forças para lançar a campanha Love is Love em homenagem às vítimas do massacre na boate Pulse. NOVEMBRO . 2016


2

LANTERNA VERDE DC comics

No começo de junho de 2012, a editora DC Comics revelou que Alan Scott, o primeiro homem a usar o anel do Lanterna Verde, na década de 40, é gay. Em um trecho da HQ divulgado na internet, Alan (que não é o mesmo do filme) encontra-se com seu namorado. Em 2011, o universo DC ganhou um reinício. Nisso, Alan Scott, o primeiro Lanterna Verde – que estreou em 1940 – foi reimaginado como gay. E “voou para fora do armário”, como disse a Veja. O personagem é um herói já estabelecido e proeminente, que faz parte do Universo DC há 72 anos.

37

NOVEMBRO . 2016

Mas talvez para evitar controvérsia, o escolhido a sair do armário vive hoje na Terra 2, uma das realidades alternativas do Universo DC. Ele não deve ser confundido com o Lanterna Verde Hal Jordan, protagonista de um recente filme. Alan Scott surgiu em 1940, durante a chamada Era de Ouro dos Quadrinhos, quando o Lanterna Verde tinha seus poderes explicados com uma mistura de mistici smo e profecia, ao contrário do Lanterna Verde pós-1959, que redefiniu o personagem escorado na ficção científica espacial.


3

MÍSTICA Marvel

38

A icônica vilã de pele azul da Irmandade dos Mutantes, do universo dos X-Men, é bissexual. Ela e a vidente Destino têm um relacionamento de longa data e, juntas, foram mães adotivas da x-man Vampira. Chris Claremont, roteirista da série, diz que a personagem teria gerado Vampira quando transformada num homem, mas a Marvel não deixou esta história ser publicada por causa da legislação de quadrinhos vigente à época. A primeira aparição da transmorfa foi num quadrinho da Ms. Marvel de 1978. A mais popular

da lista, Mística é bissexual e isso rendeu-lhe grandes momentos em sua histórica. Graças à sua habilidade de mudar para qualquer forma que quisesse, Chris Claremont queria que Mística servisse como “pai” de Noturno, enquanto Sina seria sua mãe. Nem preciso dizer que a Marvel negou a ideia - o Comic Code Authority da época repulsava qualquer indício de personagens LGBT nos quadrinhos. A ideia seria deixada de lado, mas futuramente seria confirmado que ela e Sina seriam um casal. NOVEMBRO . 2016


4

ESTRELA POLAR Marvel

Je a n - P a u l Be au b i e r, tam b ém c o n h e ci d o co mo “E s trel a Po l ar”, é o mu t a n t e s u perv e l o z q ue j á f e z pa r t e d o s X - Me n e d a Tro p a A lf a. S u a p r i m e ira ap ari ç ão f o i e m 1 9 7 9 . E l e é o p ri m ei ro s up er-he ró i assu m i d a me n t e g ay d o s q uad ri nh o s. C au so u fu ro r e m 2 0 1 2 , q uan d o s e c aso u co m s e u nam o rad o . A e d i çã o nº. 51 , d e j un h o , d o g ibi ‘ T h e A s t o n is h i ng X-Me n ’, traz n a c ap a a ce r i mô n i a d e c as am e n to d o h e ró i ca n a d ens e c o m s eu n o i v o , o ge ren t e d e e ven to s d e u m a e m pre s a e s p o r t i v a, Ky l e J i n ad u,

39

NOVEMBRO . 2016

com direit o ao compareciment o de “ast ros” como Wolver ine, Tempest ade e Homem de Gelo. Est ampar a capa com gr andes e esper ados casament os é comum no mundo dos quadr inhos: em 94, C iclope e Jean Grey, ambos dos X- Men, ganhar am sua capa, assim como Super man e Lois Lane, em 95 .


5

MIDNIGHTER DC comics

40

O vigilante é gay. Até o aplicativo de encontros para homens Grindr ele vai usar numa história de seu quadrinho solo, que estreia em junho. Midnighter chegou em 1998, na Stormwatch. Um herói com inspiração no Sombra e no Batman, assassino e não tem vergonha de assumir sua homossexualidade para o mundo. Contextualizando, Meia-Noite nasceu na editora Wildstorm em 1998, incorporada posteriormente pela DC Comics, como membro do grupo Stormwatch, uma versão de grupos como Vingadores e Liga da

Justiça. Nosso herói se diferenciou por ser uma versão do Batman que mata os vilões e ainda possui superpoderes. Além disso, MeiaNoite tem um relacionamento duradouro com outro membro do Stormwatch, Apolo. Os personagens foram uns dos primeiros heróis a assumirem a homossexualidade e protagonizaram discussões a respeito da representatividade de personagens LGBTI nas páginas da nona arte, inclusive apresentando o tema da adoção de filhos.

NOVEMBRO . 2016


MULHER GATO DC comics

Selina Kyle, a antológica personagem do universo Batman, saiu do armário recentemente como bissexual, apesar de as suspeitas serem antigas. A primeira aparição da ladra de joias foi em 1940. A MulherGato (conhecida como Selina Kyle em sua identidade secreta) é uma das antagonistas mais clássicas do Batman. Ao longo da existência da personagem ela também já se insinuou para várias mulheres, mas nunca fez nada explícito, até agora. Na edição 39 de sua HQ mensal, que acabou de chegar às bancas, Selina beija

uma mulher. Ela já flerta com essa ideia – literalmente, muitas vezes – há vários anos; para mim, isso é mais uma confirmação que uma revelação”, escreveu Genevieve Valentine, a atual autora do título, em seu blog. Ela também confirma que a bissexualidade de Selina Kyle, com essa cena, vai entrar para o cânone da personagem, ou seja, isso não é apenas um truque para aumentar as vendas temporariamente: a bissexualidade da Mulher-Gato torna-se oficial, e vai ser desenvolvida daqui para frente.

41

NOVEMBRO . 2016

6


7

HOMEM DE GELO Marvel

42

O antológico x-man, um dos fundadores da equipe, assumiu ser gay no gibi All New X-Men #40, lançado em abril deste ano. Na história, a versão jovem do Homem de Gelo – que veio do passado para os dias de hoje – não entende como ele pode ser gay e sua versão atual, adulta, não ser. Em uma conversa com Jean Grey, o herói especula que, por já ser mutante e, consequentemente, alvo de preconceito, a versão atual dele tenha reprimido sua orientação sexual. Você pode ler essas páginas aqui. Homem de Gelo foi apresentado ao público

em 1963. Depois de ter sido “tirado do armário” por Jean Grey na edição #40 de Novíssimos X-Men, o Bobby Drake retirado do passado confrontou seu eu mais velho, lançando uma série de perguntas a respeito de sua sexualidade e os conflitos internos dentro de sua descoberta. Bendis já havia dito que a edição esclareceria todas as duvidas quanto a identidade sexual do Homem de Gelo, e na prévia exclusiva do Advocate – um dos maiores sites de noticias, cultura e política LGBT, parece que finalmente temos a resposta. NOVEMBRO . 2016


LOKI Marvel

Vilão e meio-irmão de Thor, Loki já apareceu como mulher depois do arco Ragnarok (2004). Em sua série própria, Agent of Asgard, ele é bissexual e transgênero – Loki varia entre as formas de homem e mulher. O personagem apareceu pela primeira vez em 1962. Loki é um deus nórdico, o que significa que seus padrões sexuais em muito fogem do imposto pela civilização ocidental. Tendo dito isso, Loki é pansexual, e não perdoa NADA. Em seu run mais recente, ele aproveita de seus dons metamorfos para traçar o

que vier pela frente, sem pudores. O maior vilão do Deus do Trovão é expert em magia e não fica muito atrás de seu meio-irmão em combate corpo-a-corpo. Dono de um arco muito interessante ao longo de sua história, Loki é um dos vilões mais amados nos quadrinhos e no cinema.

43

NOVEMBRO . 2016

8


HISTÓRIA

DOCUMENTÁRIO SOBRE SUPER-HERÓIS E O IMPACTO CULTURAL DAS HQS, ESTRÉIA NOS EUA

S

uperheroes: a Never-Ending Battle estuda a história das HQs e seu impacto cultura, artístico e social no último século. O documentário Superheroes: a Never-Ending Battle, que conta a trajetória das HQs de super-heróis desde a sua origem até os dias os dias de hoje através de entrevistas com personalidades da cultura pop, estreou ontem no canal americano PBS. Como ainda vai demorar para a gente poder dar uma conferida no material, que será lançado em DVD e Blu-Ray nos EUA em algum momento do futuro. O documentário conta com entrevistas com nomes como Stan Lee, Adam West, Lynda Carter, Joe Simon, Jerry Robinson, Neal Adams e outros.

O documentário será dividido em três episódios: Truth, Justice and the American Way, que cobrirá os anos entre 1938 e 1958 (mais ou menos o que chamamos de Era de Ouro dos quadrinhos), um período em que a Depressão Econômica Americana abre as portas para que uma nova geração de artistas e escritores comece a produzir quadrinhos com personagens que farão parte da infância de muitos e que insere um sentido de patriotismo. Great Power, Great Responsibility, que cobrirá os anos entre 1959 e 1977 (mais ou menos o que entendemos como Era de Prata), um episódio que trabalhará como as HQs foram influencidades por inovações tecnológicas como a geração de energia atômica e o início da exploração espacial, além da influência causada no trabalho de artistas como Andy Warhol e o impacto em movimentos civis, como o surgimento dos primeiros super-heróis negros e outras questões sociais que tiveram impacto nos quadrinhos; A Hero Can Be Anyone, último episódio que cobre desde 1978 até hoje, com os super-heróis vivendo em um mundo politizado e violento e se expandindo para outras mídias. O primeiro episódio já foi exibido nos EUA e os outros deverão pintar nas próximas semanas.

44

CONFIRA O TRAILER NA ÍNTEGRA !

NOVEMBRO . 2016


45

NOVEMBRO . 2016


MODA

Irmãos faturam R$ 60 milhões com camisetas de personagens EMPRESÁRIOS SUPERARAM DESCONFIANÇA DAS GRANDES MARCAS E CONSEGUIRAM LICENCIAMENTO PARA LANÇAR PRODUTOS NO MERCADO

A

46

penas no fim de semana de estreia, o longa levou mais de 2,7 milhões de espectadores aos cinemas e arrecadou R$ 44 milhões. Aproveitando a onda, os irmãos Vinícius e Felipe Rossetti, donos da rede Piticas, lançaram mais uma das camisetas da marca, desta vez estampada com os protagonistas do filme. Apesar da liberdade que possuem atualmente para criar novas peças baseadas em super-heróis, games, bandas e séries, o

processo nem sempre foi assim tão simples. Ao longo dos anos de funcionamento da empresa, inaugurada em 2008, foi necessário que os empreendedores corressem atrás de licenciamentos de grandes marcas internacionais – como Disney, Marvel, Playstation e DreamWorks – para que pudessem fabricar suas próprias camisetas. No começo, quando ainda trabalhavam somente com revendas, os produtos não eram sequer licenciados. “A gente comprava camiseta na Galeria do Rock [tradicional conglomerado de varejo alternativo, no Centro de São Paulo] e revendia. Era meio complicado no

NOVEMBRO . 2016


começo. Conforme fomos abrindo quiosques, precisamos trazer a produção para nós. A gente teve essa necessidade, então começou a ir atrás das grandes marcas. Foi um processo difícil. Fomos conversando com um por um, mas alguns tiveram resistência por termos vendido coisas piratas antes”, conta Vinícius. Atualmente, a dupla colhe os frutos dos esforços do passado – tanto para vender cada vez mais quanto para se enquadrarem na legalidade – e são ajudados pela grande evidência de filmes de super-heróis nos cinemas. A produção da fábrica da Piticas hoje gira em torno de 11 mil camisetas por mês, o que lhes rendeu um faturamento de R$ 60 milhões em 2015. São 175 unidades franqueadas em quase todos os Estados do País (exceto o Tocantins). O processo de abertura de franquias começou ainda em 2011, quando os quiosques ainda trabalharam com produtos não-licenciados, e só veio crescendo desde então. A empresa atende aos públicos masculino, feminino e infantil, tendo como alvo principal os homens, de 18 a 34 anos, que, segundo o empresário, são os que integram o grupo das pessoas que gostam dos temas trabalhados pela marca. Os números são expressivos, mas ainda há muita demanda. Segundo o empresário, já foram inaugurados 45 novos quiosques

desde o início do ano. A intenção é que, em dezembro, a marca atinja o total de 220 estabelecimentos. Além disso, o e-commerce (comércio eletrônico) pode, em breve, se tornar uma realidade. O empreendedor conta que já está sendo fechado um acordo para a criação de uma loja virtual. “Isso tudo vai agregando e a gente continua a crescer”. Por meio destes investimentos, a ideia da rede é fazer o faturamento saltar para a casa dos R$ 100 milhões ao final deste ano. Para isso, também já estão sendo selados novos acordos. Em breve, avisa Vinícius aos fãs das camisetas, a Piticas lançará estampas do filme Jurassic Park, de jogos da produtora Blizzard e das bandas Kiss e AC/DC.

47

NOVEMBRO . 2016

FAMOSAS ADEREM AS CAMISAS DE SUPER HERÓIS


ESPORTE

5 ESPORTES

PARA GEEKS PRATICAREM

d

48

isciplina, transparência, paciência e planejamento são algumas das características necessárias para conseguir juntar dinheiro e se tornar um investidor. O educador financeiro Robinson Trovó, criador da Trovó Academy, destaca como é possível se inspirar nos super-heróis para melhorar as finanças. “Alguns desses personagens têm qualidades que fariam com que eles fossem excelentes investidores “, conta.Ipicivature caes etis.

O sidierteat, norbeste convocuror ubli sicaed pubis hem con percem inemque consulti conterv iriteba tquont. Num ocus. Munum mantrunum effreo venatus pat deo, quam hos prae es deporbis inatus sendem halius hostua ad maximusu maximus audacit; nonsus An ses non tem que et gra pre patam habis essuntior hos cre, pertiliis aut vastam, Catquam detidit or ac tu maximilleris egerfex mandactum am untemul esimis. Multus sideess ulocur. Te imora dium firterfecis nosseres item ocum fur. NOVEMBRO . 2016


2

TÊNIS

O líder dos X-Men é muito sábio e consegue agir com calma e tranquilidade, sempre olhando para os alunos e pensando no futuro deles. Suas atitudes não são focadas no imediatismo, e sim no médio e longo prazo, sempre com muito planejamento. “Quando você faz um investimento , é como o Professor Xavier investindo em um de seus alunos: sempre com paciência e sem ir além do que é possível fazer no momento”, explica o educador financeiro, que ensina a não dar um passo maior que as pernas.

3

SCUBA DIVING

Uma das características mais importantes do Superman é que ele não mente nunca. Comprometido com a verdade, ele é extremamente transparente. “Isso precisa ser um esforço contínuo de quem quer ser investidor, especialmente no momento de economizar e sair da dívida”, destaca Trovó. Se a ordem é economizar, é preciso ser sincero com a família em vez de esconder a verdade. “E o mais importante: seja sincero com você mesmo, e admita quando não for possível ter um gasto acima do seu orçamento”.

4

STAND-UP

Trovó destaca que o personagem Peter Parker possui uma sabedoria muito importante: a vitória é construída aos poucos. “Como o Homem-Aranha tem que conciliar o trabalho de super-herói e de fotógrafo, ele sabe que suas conquistas serão alcançadas aos poucos “, explica. Segundo Trovó, no mundo das finanças é preciso saber que tanto o investimento quanto o hábito de poupar trazem benefícios conquistados pouco a pouco.

1

ESGRIMA

Trovó alerta que muitas pessoas não conseguem economizar dinheiro porque se preocupam em se mostrar para as outras pessoas. “Ter sucesso é gastar menos do que você ganha, e não mostrar um carro importado aos amigos”, destaca. Por isso, o super-herói Wolverine, famoso nos quadrinhos e no cinema, é um ótimo exemplo para deixar de gastar com o que só vai servir para ostentar. “Ele faz o que bem entende e o que acha melhor, sem nunca se importar que os outros o vejam como um maluco”.

Muitas pessoas acham que não estão preparadas para investir ou se convencem de que não vão encontrar a independência financeira , mas o educador incentiva a todos. “Qualquer um pode ser um investidor, basta ter a iniciativa de começar e a disciplina de tomar as atitudes necessárias”, explica, reforçando que nunca teve muita habilidade com números, e mesmo assim conseguiu se destacar. Esta percepção pode ser inspirada na Viúva Negra, heroína que faz parte da equipe dos Vingadores sem ter qualquer superpoder.

49

NOVEMBRO . 2016

5

CICLISMO


GASTRONOMIA

K E E G

MOLECULAR A nova tendência da gastronomia que combina ciência e alimentos.

50

O cardápio faz uma mistura inusitada de aromas, sabores e texturas por meio da gastronomia molecular, a arte de preparar alimentos por métodos fantásticos. Parece gema de ovo, mas é creme de manga. Azeite em pó. Salmão-lápia, uma fusão do salmão com a tilápia. Uma fritura, por exemplo, é a menos 196 graus, com nitrogênio líquido. As técnicas moleculares fascinaram o empresário Cássio Prados, que fez delas bons negócios. Cássio dá consultoria, treina equipes e prepara jantares especiais. O método que ele usa muda a textura e a aparência dos alimentos, e está chamando a atenção da gastronomia contemporânea. “O mercado da gastronomia está crescendo muito, está crescendo um absurdo, e diferentes oportunidades de negócios, e a cozinha molecular, ela entra em uma dessas, em um desses diferenciais, para agregar valor em uma prestação de serviços”, diz o empresário. NOVEMBRO . 2016


51

NOVEMBRO . 2016 foto: fonte restaurante El Bulli


GASTRONOMIA

A

52

técnica molecular fascinou o empresário Cássio Prados, que fez delas bons negócios. Cássio dá consultoria, treina equipes e prepara jantares especiais. O método que ele usa muda a textura e a aparência dos alimentos, e está chamando a atenção da gastronomia contemporânea. “O mercado da gastronomia está crescendo muito, está crescendo um absurdo, e diferentes oportunidades de negócios, e a cozinha molecular, ela entra em uma dessas, em um desses diferenciais, para agregar valor em uma prestação de serviços”, diz o empresário. Formado em gastronomia, Prados investiu R$ 5 mil em 2009 para decorar o espaço, onde ele dá aulas de cozinha molecular. O curso dura quatro horas, e custa R$ 450. O chef ensina as principais técnicas do

método. Primeiro, ele faz um creme de manga. Acrescenta uma substância chamada alginato de sódio, que é um tipo de sal. Depois, mergulha uma colherada numa vasilha de água com cloreto de sódio, e veja só o que acontece. “E aí ela vai solidificando”, explica. A solução encapsula o creme na hora, no formato em que ele é despejado. Cássio também prepara um tempero diferente para a salada. Ele mistura o azeite com uma substância chamada maltodextrina “enezorbite” (nzorbit). Em segundos, o líquido vira pó. “O azeite em pó é um diferencial para a preparação. Pensando que eu tenho um azeite, eu poderia estar aromatizando esse azeite, com pimenta, limão siciliano, mais uma brincadeira da cozinha molecular também”, explica. A alquimia se espalha pela cozinha. No prato, o chef usou uma espécie de cola de proteína, NOVEMBRO . 2016


e fundiu dois peixes, o salmão e a tilápia. Mas o maior espetáculo está na sobremesa, preparada com creme de morango e nitrogênio líquido. Tão gelado que cria uma cachoeira de fumaça em volta da panela que está no fogão. O empresário preparou uma ceia de natal molecular. O azeite em pó tempera uma salada de noz, maçã e flor comestível. O caviar de cebolinha enfeita a brusqueta FERRAN de shimeji. E a esfera de manga colore o ADRIAN prato de salmãolápia. E tudo segue para a mesa, uma ceia de natal molecular. O (EL BULLI) grande final é a sobremesa ultragelada. Uma esfumaçante panela de nitrogênio líquido vem à mesa. A trufa de morango é preparada na hora, na frente dos clientes. Na boca, uma explosão de sabor, para um natal inesquecível. O grande final é a sobremesa ultragelada. Uma esfumaçante panela de nitrogênio líquido vem HESTON à mesa. A trufa de morango é BLUMENTHAL preparada na hora, na frente dos (FAT DUCK) clientes. Na boca, uma explosão de sabor, para um natal inesquecível.

53

NOVEMBRO . 2016


54

NOVEMBRO . 2016


55

NOVEMBRO . 2016


56 56

5 LUGARES PARA

NOVEMBRO . 2016


GEEKS VIAJAREM

1

Mas dia aperibus, cuptatur sunto et aut quis dollo eniendit atur aut eatecum quae nostisciis simet lit mi, ommodit excerum aute odisquatur, sequi officil libus.Um andel ipsa sa net voluptio vel endae qui conet molorione prat. Ur audae exerfer ionseque parioressum rerumen dercien imusand ucipien digniss equiati ipsament. Ut ut vere nobisquae cone iur rem. Lacimendenit harit perfero consenim fugia qui rest as rehendis doluptius re plitat ditiatio. Cil ma nectur rest, verisitiam aribea consequ iatur, ommoluptae dolupta tioribu saeperiossi dolorestis sit et lab il idicab in et mil maion porem quossun demque dolesti scillia dolum aute pa consequas parum resto odi iuntibus, sum volut modio cone occus. Lent, omnis nemquis nonsequ amenetur acid qui utation cum non corerferum sit acea as et autemolorro id quia sam, totas enihicient, optasimus.

57 57

NOVEMBRO . 2016

LONDRES


58 58

TURISMO

NOVEMBRO . 2016


2

Mas dia aperibus, cuptatur sunto et aut quis dollo eniendit atur aut eatecum quae nostisciis simet lit mi, ommodit excerum aute odisquatur, sequi officil libus.Um andel ipsa sa net voluptio vel endae qui conet molorione prat. Ur audae exerfer ionseque parioressum rerumen dercien imusand ucipien digniss equiati ipsament. Ut ut vere nobisquae cone iur rem. Lacimendenit harit perfero consenim fugia qui rest as rehendis doluptius re plitat ditiatio. Cil ma nectur rest, verisitiam aribea consequ iatur, ommoluptae dolupta tioribu saeperiossi dolorestis sit et lab il idicab in et mil maion porem quossun demque dolesti scillia dolum aute pa consequas parum resto odi iuntibus, sum volut modio cone occus. Lent, omnis nemquis nonsequ amenetur acid qui utation cum non corerferum sit acea as et autemolorro id quia sam, totas enihicient, optasimus.

59 59

NOVEMBRO . 2016

SAN DIEGO


60

TURISMO

NOVEMBRO . 2016


3

Mas dia aperibus, cuptatur sunto et aut quis dollo eniendit atur aut eatecum quae nostisciis simet lit mi, ommodit excerum aute odisquatur, sequi officil libus.Um andel ipsa sa net voluptio vel endae qui conet molorione prat. Ur audae exerfer ionseque parioressum rerumen dercien imusand ucipien digniss equiati ipsament. Ut ut vere nobisquae cone iur rem. Lacimendenit harit perfero consenim fugia qui rest as rehendis doluptius re plitat ditiatio. Cil ma nectur rest, verisitiam aribea consequ iatur, ommoluptae dolupta tioribu saeperiossi dolorestis sit et lab il idicab in et mil maion porem quossun demque dolesti scillia dolum aute pa consequas parum resto odi iuntibus, sum volut modio cone occus. Lent, omnis nemquis nonsequ amenetur acid qui utation cum non corerferum sit acea as et autemolorro id quia sam, totas enihicient, optasimus.

61

NOVEMBRO . 2016

NANTES, FRANÇA


62 62

TURISMO

NOVEMBRO . 2016


4

UNIVERSAL STUDIOS Mas dia aperibus, cuptatur sunto et aut quis dollo eniendit atur aut eatecum quae nostisciis simet lit mi, ommodit excerum aute odisquatur, sequi officil libus.Um andel ipsa sa net voluptio vel endae qui conet molorione prat. Ur audae exerfer ionseque parioressum rerumen dercien imusand ucipien digniss equiati ipsament. Ut ut vere nobisquae cone iur rem. Lacimendenit harit perfero consenim fugia qui rest as rehendis doluptius re plitat ditiatio. Cil ma nectur rest, verisitiam aribea consequ iatur, ommoluptae dolupta tioribu saeperiossi dolorestis sit et lab il idicab in et mil maion porem quossun demque dolesti scillia dolum aute pa consequas parum resto odi iuntibus, sum volut modio cone occus. Lent, omnis nemquis nonsequ amenetur acid qui utation cum non corerferum sit acea as et autemolorro id quia sam, totas enihicient, optasimus.

63 63

NOVEMBRO . 2016


64 64

TURISMO

NOVEMBRO . 2016


5

Mas dia aperibus, cuptatur sunto et aut quis dollo eniendit atur aut eatecum quae nostisciis simet lit mi, ommodit excerum aute odisquatur, sequi officil libus.Um andel ipsa sa net voluptio vel endae qui conet molorione prat. Ur audae exerfer ionseque parioressum rerumen dercien imusand ucipien digniss equiati ipsament. Ut ut vere nobisquae cone iur rem. Lacimendenit harit perfero consenim fugia qui rest as rehendis doluptius re plitat ditiatio. Cil ma nectur rest, verisitiam aribea consequ iatur, ommoluptae dolupta tioribu saeperiossi dolorestis sit et lab il idicab in et mil maion porem quossun demque dolesti scillia dolum aute pa consequas parum resto odi iuntibus, sum volut modio cone occus. Lent, omnis nemquis nonsequ amenetur acid qui utation cum non corerferum sit acea as et autemolorro id quia sam, totas enihicient, optasimus.

65 65

NOVEMBRO . 2016

NASA KENNEDYSPACE


COMPORTAMENTO

lanterna verde: o herói que inspira adolescentes EMPRESÁRIOS SUPERARAM DESCONFIANÇA DAS GRANDES MARCAS E CONSEGUIRAM LICENCIAMENTO PARA LANÇAR PRODUTOS NO MERCADO

A

66

penas no fim de semana de estreia, o longa levou mais de 2,7 milhões de espectadores aos cinemas e arrecadou R$ 44 milhões. Aproveitando a onda, os irmãos Vinícius e Felipe Rossetti, donos da rede Piticas, lançaram mais uma das camisetas da marca, desta vez estampada com os protagonistas do filme. Apesar da liberdade que possuem atualmente para criar novas peças baseadas em super-heróis, games, bandas e séries, o

processo nem sempre foi assim tão simples. Ao longo dos anos de funcionamento da empresa, inaugurada em 2008, foi necessário que os empreendedores corressem atrás de licenciamentos de grandes marcas internacionais – como Disney, Marvel, Playstation e DreamWorks – para que pudessem fabricar suas próprias camisetas. No começo, quando ainda trabalhavam somente com revendas, os produtos não eram sequer licenciados. “A gente comprava camiseta na Galeria do Rock [tradicional conglomerado de varejo alternativo, no Centro de São Paulo] e revendia. Era meio complicado no

NOVEMBRO . 2016


começo. Conforme fomos abrindo quiosques, precisamos trazer a produção para nós. A gente teve essa necessidade, então começou a ir atrás das grandes marcas. Foi um processo difícil. Fomos conversando com um por um, mas alguns tiveram resistência por termos vendido coisas piratas antes”, conta Vinícius. Atualmente, a dupla colhe os frutos dos esforços do passado – tanto para vender cada vez mais quanto para se enquadrarem na legalidade – e são ajudados pela grande evidência de filmes de super-heróis nos cinemas. A produção da fábrica da Piticas hoje gira em torno de 11 mil camisetas por mês, o que lhes rendeu um faturamento de R$ 60 milhões em 2015. São 175 unidades franqueadas em quase todos os Estados do País (exceto o Tocantins). O processo de abertura de franquias começou ainda em 2011, quando os quiosques ainda trabalharam com produtos não-licenciados, e só veio crescendo desde então. A empresa atende aos públicos masculino, feminino e infantil, tendo como alvo principal os homens, de 18 a 34 anos, que, segundo o empresário, são os que integram o grupo das pessoas que gostam dos temas trabalhados pela marca. Os números são expressivos, mas ainda há muita demanda. Segundo o empresário, já foram inaugurados 45 novos quiosques

desde o início do ano. A intenção é que, em dezembro, a marca atinja o total de 220 estabelecimentos. Além disso, o e-commerce (comércio eletrônico) pode, em breve, se tornar uma realidade. O empreendedor conta que já está sendo fechado um acordo para a criação de uma loja virtual. “Isso tudo vai agregando e a gente continua a crescer”. Por meio destes investimentos, a ideia da rede é fazer o faturamento saltar para a casa dos R$ 100 milhões ao final deste ano. Para isso, também já estão sendo selados novos acordos. Em breve, avisa Vinícius aos fãs das camisetas, a Piticas lançará estampas do filme Jurassic Park, de jogos da produtora Blizzard e das bandas Kiss e AC/DC.

67

NOVEMBRO . 2016

HQ COM PRIMEIRO LANTERNA VERDE NEGRO


68 68

4 MOTIVOS PARA

NOVEMBRO . 2016


VER MR.ROBOT

1

Mas dia aperibus, cuptatur sunto et aut quis dollo eniendit atur aut eatecum quae nostisciis simet lit mi, ommodit excerum aute odisquatur, sequi officil libus.Um andel ipsa sa net voluptio vel endae qui conet molorione prat. Ur audae exerfer ionseque parioressum rerumen dercien imusand ucipien digniss equiati ipsament. Ut ut vere nobisquae cone iur rem. Lacimendenit harit perfero consenim fugia qui rest as rehendis doluptius re plitat ditiatio. Cil ma nectur rest, verisitiam aribea consequ iatur, ommoluptae dolupta tioribu saeperiossi dolorestis sit et lab il idicab in et mil maion porem quossun demque dolesti scillia dolum aute pa consequas parum resto odi iuntibus, sum volut modio cone occus. Lent, omnis nemquis nonsequ amenetur acid qui utation cum non corerferum sit acea as et autemolorro id quia sam, totas enihicient, optasimus.

69 69

NOVEMBRO . 2016

A paranĂłia ĂŠ real


70 70

VÍCIO GG

NOVEMBRO . 2016


2

Mas dia aperibus, cuptatur sunto et aut quis dollo eniendit atur aut eatecum quae nostisciis simet lit mi, ommodit excerum aute odisquatur, sequi officil libus.Um andel ipsa sa net voluptio vel endae qui conet molorione prat. Ur audae exerfer ionseque parioressum rerumen dercien imusand ucipien digniss equiati ipsament. Ut ut vere nobisquae cone iur rem. Lacimendenit harit perfero consenim fugia qui rest as rehendis doluptius re plitat ditiatio. Cil ma nectur rest, verisitiam aribea consequ iatur, ommoluptae dolupta tioribu saeperiossi dolorestis sit et lab il idicab in et mil maion porem quossun demque dolesti scillia dolum aute pa consequas parum resto odi iuntibus, sum volut modio cone occus. Lent, omnis nemquis nonsequ amenetur acid qui utation cum non corerferum sit acea as et autemolorro id quia sam, totas enihicient, optasimus.

71 71

NOVEMBRO . 2016

Finalmente, ele deu uma dentro


72

NOVEMBRO . 2016


73

NOVEMBRO . 2016


74 74

VÍCIO GG

NOVEMBRO . 2016


3

Tudo ĂŠ diferente

Mas dia aperibus, cuptatur sunto et aut quis dollo eniendit atur aut eatecum quae nostisciis simet lit mi, ommodit excerum aute odisquatur, sequi officil libus.Um andel ipsa sa net voluptio vel endae qui conet molorione prat. Ur audae exerfer ionseque parioressum rerumen dercien imusand ucipien digniss equiati ipsament. Ut ut vere nobisquae cone iur rem. Lacimendenit harit perfero consenim fugia qui rest as rehendis doluptius re plitat ditiatio. Cil ma nectur rest, verisitiam aribea consequ iatur, ommoluptae dolupta tioribu saeperiossi dolorestis sit et lab il idicab in et mil maion porem quossun demque dolesti scillia dolum aute pa consequas parum resto odi iuntibus, sum volut modio cone occus. Lent, omnis nemquis nonsequ amenetur acid qui utation cum non corerferum sit acea as et autemolorro id quia sam, totas enihicient, optasimus.

75 75

NOVEMBRO . 2016


76 76

VÍCIO GG

NOVEMBRO . 2016


4

Elogio quem sabe

Mas dia aperibus, cuptatur sunto et aut quis dollo eniendit atur aut eatecum quae nostisciis simet lit mi, ommodit excerum aute odisquatur, sequi officil libus.Um andel ipsa sa net voluptio vel endae qui conet molorione prat. Ur audae exerfer ionseque parioressum rerumen dercien imusand ucipien digniss equiati ipsament. Ut ut vere nobisquae cone iur rem. Lacimendenit harit perfero consenim fugia qui rest as rehendis doluptius re plitat ditiatio. Cil ma nectur rest, verisitiam aribea consequ iatur, ommoluptae dolupta tioribu saeperiossi dolorestis sit et lab il idicab in et mil maion porem quossun demque dolesti scillia dolum aute pa consequas parum resto odi iuntibus, sum volut modio cone occus. Lent, omnis nemquis nonsequ amenetur acid qui utation cum non corerferum sit acea as et autemolorro id quia sam, totas enihicient, optasimus.

77 77

NOVEMBRO . 2016


PRODUTO

CONFIRA OS NOVOS LANÇAMENTOS !

Giasperum fugia vercidendae porum am, iumque offictu repudicid ut eat minum veribus explia dendel ium laboratiis dolupta siminimodi volum fugia vent. Uptam ex ea coria ipis autemporibus eria voluptum as mincipissit faceptatur senderovit, corpos denditae voluptium quia quate simintur molut aut endel in restem quossit quunt ommoluptae ipicto cullaud andipit atquamet essitatusam expliqu isimust apidus incia quiatem volupic.

78

CONFIRMA NO SITE: http://www.clarktoys.com/ NOVEMBRO . 2016


79

NOVEMBRO . 2016


80

NOVEMBRO . 2016


Revista GG