Page 1

GUIA VIDA&ARTE FORTALEZA - CE, QUINTA-FEIRA, 9 DE MAIO DE 2019

& LANÇAMENTO | HISTÓRIA E LITERATURA | Antonino Peregrino, biografia de Antônio Conselheiro, será lançada hoje, na Sem Título Arte, às 19h

PEREGRINO

PASSA NA FRENTE ALEX GOMES

GABRIELLE ZARANZA ESPECIAL PARA O POVO

gabriellezaranza@opovo.com.br

Antonino Peregrino vive em Osvaldo Costa Martins há 42 anos. Nasceu com ele em Quixeramobim, interior do Ceará, cidade natal que o escritor divide com Antônio Conselheiro. Durante a infância, aprendeu sobre as lutas do líder religioso nos livros enquanto vivia a história dele nas ruas da Cidade. Em 2017, o também psicólogo precisou de cerca de 7 meses para trazer a obra ao mundo junto a Luci Sacoleira, ilustradora da história. Hoje, 9 de maio, Antonino Peregrino, o livro - meio adulto e meio infantil - que conta - meio literal e meio figurativamente - a história de Antônio Conselheiro, será lançado na Sem Título Arte, às 19 horas. Narrado em primeira pessoa, sob a perspectiva do Antônio Conselheiro, a obra histórica que não se prende a datas também possui traços fictícios. Atravessa o autor da mesma forma que é atravessada por ele. “Sempre fui marcado pela possibilidade de fazer a história dele chegar em outras apresentações ao público e que fizesse sentido para crianças também. A história do conselheiro e da Guerra de Canudos anda comigo em diversas formas, e o Antonino é um momento dessa trajetória que vem se construindo”, relata o escritor. “É uma forma de aproximar o Conselheiro do leitor, parece que ele está falando no seu ouvido”, completa Luci Sacoleira, ilustradora. “A ideia do não apego à cronologia é também uma forma de abrir questões. ‘Quais questões a história de vida do Conselheiro coloca para o Brasil de hoje?’, é uma perspectiva a ser extraída pelo leitor. É muita coisa que já estava em mim e precisava de palavras”, coloca Osvaldo. Quando Luciene Lobo ingressou na faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Ceará (UFC), ela não imaginava que seria ilustrando livros literários que encontraria conforto. Hoje, os assina como Luci Sacoleira. “No processo de fazer as ilustrações para o Antonino, eu revisitei muito um lugar de memória. Fui escrevendo sobre o que aquilo me trazia de imagem antes de partir para o desenho”, lembra. Para ilustrar o livro, Luci

conta que o releu diversas vezes. “Desenhava sobre o que o texto me fazia sentir e sobre como eu imaginava que o Conselheiro estava se sentindo. Me emocionei em muitas passagens, lembrei do meu falecido pai, que era uma figura sertaneja. Foi um processo de memória e imersão, de me sentir um pouco como ele, ao ponto de chegar na última ilustração e sentir saudade”, desabafa. Luci relata com emoção a maneira como descreveu a cena em que o protagonista perde a mãe. “Ilustrei ele dando um abraço em si mesmo”, relembra. “Porque ele era uma pessoa muito só. Ele teve que acolher a si mesmo porque era uma pessoa muito só”, finaliza. Amigos de longa data, Luci e Osvaldo contam que sempre pensaram em produzir um livro em conjunto sobre o Conselheiro no viés literário e artístico. O desejo criou força quando a obra foi contemplada por edital na Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult). Os 800 exemplares do livro ficam distribuídos entre a livraria Lamarca e os criadores. Interessados podem entrar em contato com eles através do Instagram, @lucisacoleira e @ osvaldocosta.mar.

“No processo de fazer as ilustrações para o Antonio, eu revisitei muito um lugar de memória.” LUCI SACOLEIRA, ilustradora

O livro retrata a vida de Antonio Conselheiro e a Guerra de Canudos.

􀎑

Profile for Gabrielle Zaranza

Peregrino passa na frente.pdf | 1.47MB  

Peregrino passa na frente.pdf | 1.47MB  

Advertisement