Issuu on Google+

Projeto “Uma Universidade Que Lê”

O Mercador de Veneza W. Shakespeare


A Atualidade de shakespeare Do ponto de vista histórico, Shakespeare viveu de 1564 a 1616 e foi um dramaturgo que escrevia para o público londrino da época elisabetana. Mas Shakespeare foi também um poeta e sua obra fala ao homem de hoje com uma incrível atualidade. Se retirarmos dele a pertinência à nossa época, estaremos renunciando à idéia de que um dos mistérios da arte consiste em comunicar com as épocas, culturas e lugares distantes.


Hoje, as peças de Shakespeare são adaptadas ao momento presente. Mas presente e contemporâneo não são a mesma coisa. Existe uma diferença entre a modernização de um texto e a atualidade que ele contém. Os personagens de Shakespeare sempre apresentam uma questão universal. Eles são representativos da raça humana e não de uma época ou de um lugar. Shakespeare diz que “o

teatro é um espelho da natureza”. A vida que ele reflete em sua obra tem um sentido existencial e metafísico; ela reflete a complexidade dos sentimentos humanos e das relações sociais.


shakespeare e a psicanálise Freud afirma que os grandes artistas, como Shakespeare, entendem com acuidade a realidade psíquica. Por este motivo, transcendem as circunstâncias temporais e espaciais, pois remetem aos eternos conflitos de amor e ódio que regem as relações humanas, presentes desde os primeiros momentos vitais no seio da família, quando se organizam no contato com os pais e irmãos, estabelecendo modelos que marcarão os vínculos sociais a serem mantidos no futuro.


A Libra de Carne No livro, “O Mercador de Veneza” toda a trama da história gira entorno do contrato firmado entre Shylock e Antônio. O contrato afirma que caso a dívida não seja paga na data combinada, Shylock teria o direito de cobrar uma libra da carne de Antônio. No Brasil, a medida principal é o quilograma. Mas em países como a Inglaterra, país de origem do autor, a libra é a principal medida e equivale a 453,59 gramas. Optamos por abordar este elemento da obra pela importância que ele tem na história enquanto ferramenta de justiça para Shylock e de desumanidade para Antônio.


shakespeare no cinema Para conferir se a atualidade da obra shakesperiana é verdadeira, pesquisamos referências à libra de carne do livro “O Mercador de Veneza” no cinema contemporâneo e encontramos três filmes:

Seven - Os Sete Crimes Capitais (1995 / EUA) O Auto da Compadecida (2000 / Brasil) Estômago (2007 / Brasil e Itália)


referências Foi possível identificar que, nos três filmes, o “vilão”, que cobrava cruelmente a libra de carne da “vítima”, sentia-se em seu direito. Em “Seven”, o serial killer acreditava que ao condenar o advogado por sua cobiça estava dando um exemplo a sociedade e eliminando um mau elemento. Em “O Auto da Compadecida”, o coronel tem o contrato assinado pela vítima a seu favor, assim como Shylock. Em “Estômago”, o nordestino é traído pela mulher que ama, e acaba por matá-la para limpar sua honra.


elementos adaptados

Nos três filmes, a “libra de carne”recebe um nome diferenciado, adaptado à cultura e ao contexto dos filmes. Em “Seven”, a libra de carne é chamada de “meio quilo de carne”, pois é pesada em uma balança: na balança da justiça, por se tratar da morte de um advogado ambicioso e renomado. Em “O Auto da Compadecida”, a história se passa no Nordeste brasileiro e a libra é adaptada à cultura do lugar, recebendo o nome de “tira de couro”. Em “Estômago”, a trajetória do nordestino começa e termina na cozinha, primeiro de um restaurante e depois da prisão, portanto a libra de carne recebe o nome de “bife”.


BIBLIOGRAFIA ARRAES, Guel. O Auto da Compadecida. Brasil, 2000. 104 min. FINCHER, David. Seven: Os Sete Crimes Capitais. EUA, 1995. 128 min. JORGE, Marcos. Estômago. Brasil; Itália, 2007. 112 min. SHAKESPEARE, William. O Mercador de Veneza. São Paulo: Martin Claret, 2006. TEIXEIRA, Ana. A atualidade de Shakespeare. Disponível em: <http://www.amokteatro.com.br/esp_macbeth_atual.asp>. Acesso em 29 abr 2011. TELLES, Sérgio. Shakespeare na atualidade. Disponível em: <http://www.sergiotelles.com.br/home/index. php?option=com_k2&view=item&id=166:shakespeare-na-atualidade>. Acesso em 29 abr 2011.


Gabriela Rocha Ribeiro Produção Editorial 3º semestre Disciplina: Ética e Bases Humanas Professora: Fátima Delbono



Livreto sobre a atualidade de Shakespeare