Issuu on Google+

CIRANDEIRO Ano 12 – número 55 – Junho 2011 Responsável: Jacqueline Martins de Moraes

Friozinho chegando... Anoitecendo mais cedo... A vontade de comer pinhão, pipoca... beber quentão... é o clima ! É o nosso arraial que tá chegando... GENTE!!! Vamos

prepará as botina, porque no dia 18 vai tê a nossa festança!!

BERÇÁRIO Responsáveis: Rosana e Juliana A cada dia que passa os bebês estão mais espertos. Alguns já estão sentando, outros engatinhando e até ficando em pé com o uso de apoio! Estabelecemos um vínculo de amor e confiança que é fundamental nesta faixa etária e com muito carinho vivenciamos diversos momentos juntos. Poder fazer parte do desenvolvimento deles é muito gratificante para nós. Os bebês se divertem bastante entre eles, inclusive com a turma do mini grupo. Nas aulas de música interagem como co-participantes assíduos, é um momento muito gostoso, eles ficam atentos, batem palmas e “dançam”. Neste período as crianças se desenvolvem rapidamente e nos surpreendemos o tempo todo com os seus progressos, tanto fisicamente quanto emocionalmente. Brincamos de esconder chocalhos e diferentes objetos, além de realizarmos estímulo motor que favorece o desenvolvimento integral dos bebês sempre com muita segurança, carinho e dedicação. Agradecemos a todos pela participação na Festa das Mães, notamos que se divertiram e interagiram bastante com todos aproveitando o momento de modo prazeroso.


TURMA DO COCÓ Mini-grupo Prof.ª Suéllen É muito bom poder dividir com vocês os acontecimentos, novidades e curiosidades da nossa turminha! Gostaria de dizer que o projeto mascote foi um sucesso! Todos os pais participaram e ao ler os diários podíamos imaginar as diversas situações, é muito bom compartilharmos estes momentos... Através de “pequenos” atos as crianças demonstravam carinho e cuidado com os amigos, além disso, com o “cocó” as crianças desenvolveram ainda mais a oralidade e expressividade. Neste período, foi possível levar para a turma dois pintinhos e todos ficaram encantados, cantaram, dançaram e “cuidaram” deles. Hoje já estão maiores que a galinha e ainda são chamados carinhosamente de pintinhos. As crianças se divertem muito com eles e as vivências coletivas preferidas da turma são: observar, alimentar e correr atrás dos “cocós”. Desde o início do ano as crianças demonstraram grande interesse pela galinha e galo da Ciranda, por isso somos a “TUMA DO COCÓ”, mas esta curiosidade dos pequenos não parou por aí. Estamos dando continuidade ao projeto mascote iniciando o projeto animalzinho, animalzão! Neste projeto acontecerão novas experiências e contatos com diferentes animais, como: cachorro, pássaros, insetos, peixes... entre outros, de acordo com as nossas possibilidades. Lembrando que serão apresentados pessoalmente apenas animais dóceis. Nas fotos temos os registros da oficina com os pais e confecção dos “cocós”; confecção dos ovos com massa de modelar, brincadeiras de roda, brincadeiras com os “cocós”, observação e reconhecimento da galinha, atividade, contação de histórias e vivências. Todas as atividades e brincadeiras são planejadas de acordo com a faixa etária e interesse da turma onde o lúdico está sempre presente. Estou muito feliz pela participação de vocês em nossa rotina e pelo desenvolvimento das crianças que se revelam a cada dia, em cada gesto!


“Turma dos Cachorrinhos” Maternal Prof.ª Janaina Gonzaga A turma está a todo vapor! Ahh, temos uma grande novidade: ganhamos dois novos amigos, Leo e Anna Maria. Que eles sejam bem vindos ao grupo. Depois de passear pela história do “Patinho Feio” e fazer grandes descobertas sobre este simpático animalzinho, os cachorrinhos estão trabalhando os projetos: -“Quem sou eu”: através deste projeto as crianças fizeram grandes descobertas como: quem é o mais alto da turma! e as preferências das crianças: brinquedo, brincadeiras,cor e música. -“Os órgãos dos sentidos”: Descobrimos que quando estamos com os olhos fechados não enxergamos nada, e que o limão é azedo igual a mexerica do terreno. Descobrimos que o jiló é amargo, mas “fofinho por dentro”. Na hora de experimentar as crianças fizeram caras e bocas. O Tito, não se intimidou e comeu jiló sem se importar com o sabor amargo. O terreno é um lugar muito especial para esta turma, é onde acontecem as brincadeiras e as construções da areia. Temos no dia-a-dia: deliciosos bolos (de uva, melancia, chocolate), sopas e até castelos cheios de príncipes e princesas! O jipe também nos dá a oportunidade de fazer grandes passeios e viagens: supermercado, shoppings, casa da vovó e do vovô, praia, enfim... Os cachorrinhos estão se divertindo com as diversas técnicas de arte: pintura com aguada, anilina, cola colorida, giz de lousa com leite e açúcar. São verdadeiros artistas! Estamos nos divertindo bastante com as brincadeiras novas que estamos aprendendo: “elefantinho colorido”, “rouba o rabo”, “pega-pega”, “gato mia”. Brincamos uma, e outra, e outra vez, sem cansar. Haja fôlego! O passeio ao Sítio foi super proveitoso e divertido para todos. O clima do campo foi real, estava ótimo!!! Estamos nos preparando para o arraial da Ciranda e esperamos que todos vocês possam comparecer para se divertirem junto com a gente. Au, au, au, até o próximo Cirandeiro!


“Turma dos Feijões Mágicos” Infantil I Prof.ª Mônica Valente O assunto que rola na turma é com certeza a nossa festa junina. Quando começamos a falar sobre o tema, várias perguntas foram sendo elaboradas e verbalizadas por eles. *Festa junina é aniversário? * Tem que por roupa nova? *Tem confete que nem no carnaval? *A gente dança nesta festa? *Quando eu era pequeno eu chorei! *Tem bolo e brigadeiro nesta festa? *Quem faz a comida? Responder a todas essas perguntas será a nossa primeira meta. Depois vamos enfeitar a sala, escolher a música da nossa dança e partir para os ensaios. Será um mês de muito trabalho! Realizaremos algumas culinárias típicas da época, resgatando assim o gostinho “caipira” das coisas que fazem parte da nossa cultura. A nossa turma tem fama de ser “bons de garfo”, tomara que apreciem esse gostinho. Querem saborear conosco a nossa primeira culinária do mês? Aqui vai a receita: Biscoito caipira 250g de margarina 2 ovos 1 xícara de chá de açúcar 1 colher de café de fermento 600g de farinha de trigo Modo de fazer: -Misture todos os ingredientes e amasse até obter uma massa homogênea. -Faça os biscoitinhos e leve ao forno por uns 20 minutos.


Falando em culinária: Cozinhar é uma forma muito gostosa de aprender. Nossa culinária acontece várias vezes durante o ano e sem dúvida é algo que atrai o interesse de todos, promove a cooperação, instiga a experimentação, além de integrar várias áreas do conhecimento: Matemática, linguagem oral e escrita, ciências sociais, física, química... Iniciamos a nossa culinária, não deixem de participar lendo os bilhetes e enviando os ingredientes.


“Turma Macaquinhas e Dragões” Infantil II e Pré Prof.ª Débora Pereira A turma Macaquinhas e Dragões está muito interessada com o projeto que teve início no final de maio. O projeto Vida no Campo tem nos aproximado cada vez mais da natureza. Conversamos na roda de conversa sobre o que cada criança tinha de conhecimentos sobre o assunto. Estamos elaborando diversas atividades em classe: pesquisamos em revistas paisagens do campo e montamos um painel coletivo o qual está exposto na nossa sala, ouvimos histórias, fizemos atividades individuais (recorte e colagem, desenhos, pintura e etc..) com relação ao tema do projeto. Realizamos o tão esperado Estudo do Meio no Sítio do Vovô Bruno. Para este estudo fizemos uma preparação em sala, conversamos sobre o Campo e sobre o tão importante “ônibus”. Cada criança desenhou o seu. Foram trabalhadas no dia a dia várias questões: quantos dias faltam para o passeio, o respeito e cuidado com o ônibus e pessoas do sítio, falamos sobre a importância de observar o campo e que este ônibus vai e volta para a Ciranda. A tradição das músicas e culinárias também estão sendo vivenciadas pela turma. A nossa próxima culinária será um delicioso bolo de milho, a receita é da mamãe da professora Débora. A nossa festa junina está chegando e já estamos nos preparando com vivências e ensaios. Aguardem a surpresa!!!


Com a palavra... Jacqueline M. de Moraes Vivência é de uma riqueza contagiante!! Iniciamos o mês de junho com o tema “Campo”. Fotos, histórias, conversas, pesquisas, culinária, sem dúvida complementam nosso trabalho, porém nada se compara com o fato em si. O Sítio do Vô Bruno, foi marcante nos nossos projetos, agora podemos afirmar que as crianças não apenas sabem, e sim que viveram a experiência da vida no campo. Campos, árvores, animais, o cheiro, o vestiário dos peões, a simplicidade na construção, carroça, trator, paisagem e até o vento do lugar descampado. Deram comida para os carneiros, tiraram leite da vaca, correram atrás dos coelhos, sentiram o cheiro forte dos porcos, andaram a cavalo (de sela e tudo!), passearam de carroça e de trator. Sem falar do ônibus, há! Esse deu o que falar... os pequenos ficaram embriagados com o seu tamanho! E o trajeto? Cantando, respeitando o combinado de não levantar nem de tirar o cinto. Foram de uma educação “cirandeira”! Nós, professores e eu, ficamos gratificados de presenciar toda a nossa turma. Foi tudo muito gostoso! Senti vontade de dividir um pouco com vocês pais, os momentos prazerosos que passamos na terça feira com seus filhos. Para ilustrar minha fala, estou anexando umas fotos e ainda, uma dica: -Não deixem de curtir junto com eles esse tipo de aventura. Vale e muito a pena!


DIVERSOS

 Os ensaios para a nossa Festa Junina já estão acontecendo! O clima de festa está presente nas atividades, na culinária e até no nosso cardápio especial.

 Temos uma cesta (na entrada da escola) de “ACHADOS E PERDIDOS”. Pedimos que verifiquem pois já temos várias peças: toalha de banho, moletom, blusa...

 A recreacionista Fabrícia não faz mais parte do nosso quadro, agora a responsável pela turma “Macaquinhas e Dragões” no período da tarde é a Tatiana. Seja bem-vinda!!

 ERRATA na receita Sopa de Cebolinha, enviada pela Mayumi (Turma das Macaquinhas e Dragões): A cebolinha deve ser picada e refogada na manteiga antes de ser cozida na pressão com os demais ingredientes.

 Confiram nosso calendário: JUNHO: 18 Festa Junina 23 Feriado: Corpus Christi 24 Emenda 27 Reunião com pais (noite): Infantil I, II e Pré 29 Reunião com pais (noite): Mini-grupo e Maternal 30 Comemoração dos Aniversariantes 30 Último dia letivo do semestre

JULHO: 01 à 15 Curso de Férias 15 Comemoração dos Aniversariantes do mês. 18 à 31: Férias (Escola Fechada)


CRIANÇA DIZ CADA UMA Um Novo verbo O Bruno e a Chiara estavam sentados um ao lado do outro quando ela tentou, tentou e tentou chamar sua atenção: mexeu no seu cabelos, chamou-o pelo nome e puxou seu braço. De repente, o Bruno olhou bem para ela e disse: -“Chiara você esta me “enfernando”.

Um problema de língua Após a aula de inglês o Lucas começou a contar até 10 em inglês, repetindo várias vezes a mesma coisa. O Daniel olhou fixamente para ele e perguntou: -“Por que você está falando assim?” -“É que eu estou falando outra língua”. -“É nada, a minha língua é igual a sua e eu não falo assim”.

Orelhas que cantam Na roda da conversa perguntei para turma qual parte do nosso corpo que percebemos o sons e a Luana respondeu : -Jana já sei: as orelhas! - Legal, Luana, como você descobriu? - Porque as minhas hoje acordaram cantantes!”

O sabidão da turma Outro dia estávamos brincando com os jogos de encaixe. -Turma, está na hora de guardar brinquedos! O Gregório estava com dificuldade de encaixar as peças e oTito disse: - “Jana vou ajudar o Gregório porque eu já sou sabido”.

Noção de equipe Nícolas no momento do terreno disse ao grupo: “Vocês podem se juntar com a gente e daí vamos ficar numa grande equipe”.

Coelho que bota ovos “Débora eu estou fazendo uma plantação de cenouras com o meu pai pro coelhinho botar ovos”. (ANTÔNIO)

Conversa informal MARINA T.: “Eu nasci em maio”. CAIO G.: “Eu nasci no Brasil e no verão”.

Saudade Na roda de conversa estávamos conversando sobre a ausência do Franklin, pois um colega não trouxe no dia combinado. Uma das crianças disse: “Saudade é quando o amigo não vem mais”.

Páscoa “Páscoa é quando minha mãe faz bolo de cenoura”. (CAIO P)


Cirandeiro nº 55 Junho 2011