Page 1

O COMPROMISSO

BOLETIM INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO ALGARVIA DE PAIS E AMIGOS DE CRIANÇAS DIMINUÍDAS MENTAIS

Propriedade: AAPACDM Coordenação: Gabinete de Imagem outubro de 2012 Nº 4 R. do Compromisso, nº 50, 8000-252 Faro info.aapacdm@gmail.com www.aapacdm.pt/ www.facebook.com/associacaoalgarvia.aapacdm

Destaques:  III Gala Movimente Mostra de Práticas Profissionais  Campeonato Nacional de Futsal Adaptado  Jantar de Solidariedade As famílias foram ao CAO de Sta. Bárbara de Nexe  Vem conhecer a Unidade de Formação Profissional  Centro de Recursos AAPACDM


O COMPROMISSO

Nº 4

Editorial

2

Caros/as Clientes, Famílias, Associados/as, Funcionários/as e Amigos/as, Integrar a Diferença. Eliane Cruz Presidente da AAPACDM

Alcançar a Igualdade de Oportunidades. Promover o Bem-estar das Pessoas com Deficiências e Incapacidades.

Consciencializar, efetivamente, a Sociedade Civil acerca desta problemática. Erradicar a Exclusão Social. Objetivos utópicos? Esta é a nossa Visão, metas difíceis de atingir, mas é a nossa luz no fundo de um túnel cheio de trabalho, dinamismo, multidisciplinaridade, dedicação e qualidade. Neste Boletim são visíveis algumas das atividades realizadas por uma equipa especializada e disposta em tornar tangível a nossa visão. São projetos educacionais, ocupacionais, formativos, terapêuticos, lúdico-recreativos, que visam uma maior qualidade de vida de cada cliente desenvolvendo um projeto de vida plenamente integrado na Sociedade. Permitam-me que destaque um evento, a Gala MoviMente, e porquê? Quando se fala de deficiência, geralmente enumera-se as incapacidades, destaca-se aquilo que foge ao normal, ao esperado, ao expectado de uma criança ou pessoa. E foi a este nível que a Gala MoviMente brilhou, por ter superado todas as expectativas. Testemunhos como: “Surpreendido com a capacidade da equipa em criar, encenar, ensaiar e desenvolver um musical e com a capacidade dos jovens em palco”, dado pelo nosso padrinho, o ator e diretor teatral, Luís Vicente. “Corajosos! Brilhante e emocionante a forma como trataram de um tema “tabu” da sociedade, a sexualidade na deficiência”. Uma professora que trabalha a Educação Sexual nas escolas. “Chorei muito, mas nunca de tristeza ou de angústia, sempre de alegria e emoção”. Uma cidadã anónima. “Tive tanto orgulho do meu filho, vi que as pessoas aplaudiam porque acharam bom e não por pena.” Uma mãe. “Este espetáculo tem que ser visto por muito mais pessoas, devia seguir em tournée, apresentar as competências desses jovens, é dar conhecimento, positivamente, dessa problemática à sociedade”. Pediatra do Desenvolvimento em Portimão Diante testemunhos tão positivos e de uma emoção motivante, a Gala MoviMente galgará outros palcos. Quero dar os parabéns a todos os participantes, praticamente, todos os nossos clientes estiveram em palco e agradecer a dedicação e empenho de toda a equipa técnica. Também importante para a execução do evento, agradecer aos nossos patrocinadores. Não posso terminar este editorial sem mencionar duas pessoas que foram imprescindíveis para este sucesso, o criador e o responsável artístico, Hugo Mendes e a responsável pela logística, Patrícia Gonçalves, que com muita dedicação e stress conseguiram que este evento fosse um sucesso.

2


O COMPROMISSO Nº 4 BOLETIM INFORMATIVO DA AAPACDM - ASSOCIAÇÃO ALGARVIA DE

III Gala MoviMente – um olhar do interior

3 Gala movimente Hugo Mendes A Gala MoviMente, espetáculo, cuja primeira edição teve lugar em 2008, tem como principal objetivo proporcionar aos Alunos/Clientes da AAPACDM a experiência de apresentar à comunidade envolvente as suas aprendizagens, capacidades, aptidões e gostos artísticos. É uma ideia original da colaboradora Anabela Gomes, que, após algumas apresentações em eventos exteriores, compreendeu a satisfação dos Alunos/Clientes em apresentar as suas capacidades na dança à comunidade.

nais ou da Unidade de Formação Profissional. III Gala MoviAlém deste objetivo, Mente – um a Gala MoviMente desenvolve olhar do inte- ainda uma angariação de fundos, rior para aplicar em projetos da A gala MoviAssociação, de forma a melhoMente é um rar a resposta aos clientes, ou possibilitar novas intervenções junto da comunidade mais carenciada.

nossos Clientes fizeram, mais uma vez, furor. Tal como aconteceu na primeira edição, a participação do extraordinário Jorge Serafim e grande amigo da Associação, foi um espetáculo dentro do espetáculo . A terceira edição desta gala era algo lógico, já há algum tempo que navegava no imaginário de alguns, todos sabíamos que

Aproveitando o fato de a Instituição estar próxima da comemoração do seu 40º aniversário, foi proposto um evento ambicioso, que envolvesse toda a Associação e pudesse oferecer à comunidade uma visão das capacidades e do trabalho que é desenvolvido na mesma. Desde a primeira edição que a dança é o pilar desta gala, mas não é a única arte a ser exibida. Nas edições já realizadas, o canto, a música, a representação, a expressão plástica, a culinária, o serviço de mesa, são exemplos de outras artes desenvolvidas sempre pelos clientes da Associação, sejam eles alunos da Educacional, do Centro de Atividades Ocupacio-

A primeira edição foi um êxito, uma sala muito bem composta assistiu a um conjunto de coreografias, não só dos Clientes da A.A.P.A.C.D.M. mas também de vários convidados. Em 2010, realizou-se a 2ª edição da gala MoviMente. As danças de encantar dos

2012 seria o ano de darmos continuidade a este Espetáculo. A melhor forma de o fazer foi criar um género de musical, algo com uma lógica do princípio ao fim, que pudesse mostrar não só as maravilhosas capacidades dos nossos artistas, mas também, mostrar um pouco daquilo que cada um deles é. 3


O COMPROMISSO

Nº 4 (cont. II Gala MoviMente ….)

4 O processo criativo é sempre difícil de analisar. Não me recordo ao certo como tudo começou … sei que o casamento sempre esteve no horizonte, talvez dai tenha nascido tudo o resto… talvez… quem trabalha nesta área, sabe que os desejos mais normais da sociedade estão também no subconsciente desta população. O amor, o ser feliz, famoso, ou útil, ter um trabalho e ter filhos fazem parte dos desejos íntimos dos nossos Clientes, dos nossos Artistas. São estes sonhos que estiveram na base deste musical, numa forma de evolução natural, salpicados com pequenos pesadelos que todos nós temos, a solidão, o desprezo, a falta de um olhar atento e terno… a discriminação e o ser posto de lado. Mas como a fada nos contou, juntos seremos mesmo muito mais felizes, nesta festa que é a vida. Já no espetáculo, na peça Ser Feliz o microfone falhou, obrigando a voz off (Luís Filhó) a ter de acelerar bastante. Na dança da música dos Boss AC, “sexta-feira”, o nosso árbitro não entrou no timing certo, o que gerou ali alguma confusão e durante algum tempo a bola permaneceu no palco. Mas o nosso árbitro, o sempre extraordinário Paulo Aço refez-se do erro e não tendo mostrado o cartão vermelho aos jogadores, mais tarde “expulsou” a animada plateia. Bem, agora que já vos contámos um pouco do que foi o processo, só nos resta aguardar os vossos comentários, o que acharam, o que mais gostaram, sei lá … ah, não há desculpa para não comentar, se não viu a nossa maravilhosa gala no dia 26, pode comprar o DVD e assim também contribuir e apoiar a Associação. Hugo Mendes — Monitor dos Centros de Atividades Ocupacionais (CAO’S)

Mostra de práticas profissionais No dia 5 de junho realizou-se na Escola Dr. José Neves Júnior uma apresentação à comunidade escolar do trabalho realizado com a turma de Percurso Curricular Alternativo (PCA) ao longo do ano letivo. Num primeiro momento, foi realizada a apresentação às turmas do 9.º ano do site SOS

profissões. Os jovens mostraram aos colegas como o tinham construído e forma de utilização. Num segundo momento foi feita uma Mostra de Praticas Profissionais onde estiveram representadas 6 profissões: Operador(a) de Jardinagem, Operador(a) de Manutenção Hoteleira, Empregado(a) de

Mesa, Empregado(a) de Andares, Cozinheiro(a) e Esteticista. Para tal contámos com a preciosa parceria com a Unidade de Formação Profissional da AAPACDM que se fez representar com os seus 5 cursos. Foi possível aos alunos conhecer o perfil de saída, assim como as práticas profissionais inerentes a cada profissão representada. Foi um momento de partilha bastante enriquecedor e construtivo!! Andrea Antunes — Técnica do Recria e formadora da Unidade de Formação Profissional (UFP)

4


O COMPROMISSO

Nº 4 5

Campeonato Nacional de futsal adaptado 2012 No passado dia 16 de junho, em Lisboa, no Pavilhão José Manuel Rosa do Egipto, foi realizada a fase final do Campeonato Nacional de Futsal Adaptado. Em representação da região norte, estiveram presentes, o Clube de Gaia, e a APACI- Barcelos. A região centro foi representada pela ARCIL - Lousã, e a CERCIFEIRA. A AAPACDM - Faro e a APPACDM de Setúbal foram as representantes da região sul. Estas equipas, de acordo com sorteio realizado, ficaram divididas em 2 grupos de 3 equipas, onde ficariam apurados diretamente para a final, as 2 equipas vencedoras de cada grupo. E as equipas classificadas em 2º lugar de cada grupo disputariam o 3º / 4ª lugares, bem como as equipas classificadas em 3º lugar na fase de apuramento, disputariam o 5º / 6º lugar.

A AAPACDM - Faro, conquistou o 1º lugar do seu grupo, da seguinte forma: -Vitória 3x1 sobre o Clube de Gaia no jogo inaugural, depois venceu seu 2º jogo contra a Cercifeira com 2 golos, conquistando o direito de ir à final contra o vencedor do outro grupo, que foi a ARCIL - Lousã. No jogo final, os nossos jogadores demonstraram um excelente espírito de equipa e união, conquistando uma vitória merecida, impondo ao adversário um resultado de 7x0. Adquirindo assim, o título de equipa Campeã Nacional de Futsal Adaptado de 2012. Obtivemos também o título de equipa, com menos golos sofridos e consequentemente o guarda-redes menos batido da prova (1 gol).

Delegação da AAPACDM Atletas: João Sousa, Rui Santos, Cristiano Santos, Juari Guilherme, Vítor Montes, Ruben Delgado, Ruben Machado, Filipe Marques, Diogo Paulino, Márcio Pinheiro. Acompanhantes: Prof. Ricardo Moreira, Eng.º Rui Canário, Motorista João Viegas. Gostaríamos de agradecer a todas as pessoas que tornaram possível esta conquista marcante para o nosso clube de desporto adaptado. Parabéns aos atletas, pela excelente participação e comportamento demonstrado, durante toda a prova.

Ricardo Moreira – Clube de Desporto Adaptado

5


O COMPROMISSO

Nº 4 6

Momentos Solidários Degustação, convívio e animação Cantou-se o Fado no dia 26 de maio na Escola de Hotelaria do Algarve. A realização de um jantar de solidariedade pela nossa Instituição, visou a angariação de fundos para a criação de um centro de recursos “O Compromisso”, que visa ser um espaço de reabilitação, educação, apoio social, formação e animação. A lotação estava esgotada, reunindo-se aproximadamente 160 pessoas em prol de uma causa - diferença pela igualdade, lema que tem acompanhado a nossa AAPACDM ao longo de anos de existência. O jantar foi um momento de confraternização e todos os participantes estão de parabéns. A confecção do jantar esteve a cargo de uma equipa do Hotel Hilton, que tão generosamente disponibilizou os seus funcionários, coordenada pelos Chefs Vítor Ramos e André Simões. O serviço de mesa, sob orientação dos formadores Marina Lourenço e Tiago Almeida, teve como principais intervenientes os formandos da Unidade de Formação Profissional da AAPACDM. A cedência do espaço por parte da Escola de Hotelaria do Algarve e a contribuição em géneros e bebidas de diversas empresas, assim como a colaboração de todos os intervenientes, permitiram o sucesso da iniciativa. Subiu ao palco o ator Vítor Vicente, que viu oficializado o apadrinhamento, sugerido no âmbito do projeto “Divulgar para conhecer”, de um grupo de estudantes finalistas da licenciatura de Ciências da Educação e da Formação, da Universidade do Algarve. A atuação a cargo da Fadista Cristina Nóbrega e seus acompanhantes foi emocionante e envolvente. Marcámos o encerramento da Campanha do Pirilampo Mágico, que este ano, com a colaboração de clientes, famílias, associados, funcionários e amigos, foi mais uma grande manifestação de solidariedade, com vendas a rondar os 9500 pirilampos. Uma noite fantástica, com emoção, alegria e muita solidariedade. Parabéns a todos os participantes.

Deolinda Colaço — Técnica da UFP

6


Nº 4

O COMPROMISSO

“… só7 se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos.” Antoine de Saint Exupéry

Só se vê bem com o coração, de: Mãe, quando chega ao pé de nós e nos abraça, com os braços do tamanho do mundo, e nos diz “amo-te”. Pai, quando nos chama a atenção, tendo sempre em mente o melhor. Avô, que nos passa a mão pela cabeça e afagando o rosto, diz, “tu és especial, és único, és importante“.

normalmente são desenvolvidas durante a semana. As expectativas eram grandes por parte de todos. Os pais com os seus filhos tiveram o prazer de participar em três atividades distintas as quais se inscreveram previamente: O grupo das caminhadas que explorou o espaço envolvente ao CAO, trouxe amêndoas para fazermos uma tarte.

Irmão, quando nos pega pela mão e nos diz “vem brincar comigo”.

O grupo dos artistas, que pintou um lindo arcoíris para enfeitar a nossa sala e um belo fundo do mar, com estrelas, cavalos-marinhos e peixes.

Técnicos, Monitores, Auxiliares, quando dizem “tu consegues, experimenta, mais um pouco, boa, conseguiste!”.

O grupo dos pasteleiros, que preparou uns biscoitos que foram o repasto para o meio da manhã.

EU que sou um ser como todos os outros, com desejos, angústias, alegrias, medos e acima de tudo com vontade de crescer e de mostrar tudo aquilo de que sou capaz.

A música e a dança foi uma constante durante o dia, foi magnífico observar a partilha de todos os presentes nas atividades.

Só com todos estes corações é possível construirmos algo, cada um tem o seu papel importante nesta construção que é a família, a escola, a sociedade, o mundo. Não se fazem casas sem alicerces (família), tijolos (EU, TU, ELES, NÓS), cimento (laços, relações), tinta (família, técnicos, sociedade) telhado (mundo). No dia 7 de maio a nossa família esteve reunida, no Centro de Atividades Ocupacionais, foi um dia único e muito especial. Sei que muitos daqueles que fazem parte também desta família não puderam vir, mas estiveram presentes no coração de todos nós. Espero que possamos repetir este encontro mais vezes, e que todos os membros da família possam estar presentes. Ao alunos e suas famílias passaram um dia na escola, fazendo em conjunto as atividades que

Após o almoço todo o grupo esteve a visionar uma pequena apresentação do que é feito no CAO, as atividades que são desenvolvidas e todos os momentos especiais que são vividos, nesta sua segunda CASA. Não posso deixar de salientar, as palavras que o Pai do António fez questão de proferir para todos nós, palavras de alento, carinho, partilha e reconhecimento pelo trabalho desenvolvido por toda a equipa, com estes segundos filhos

7


O COMPROMISSO

Nº 4

tão especiais,8que nos fazem cantar, chorar, rir, brincar e acima de tudo ser um pouco melhor e ir mais além a cada dia que passa. Palavras que tocaram especialmente, emocionaram, palavras que nos fazem pensar … Esta são algumas das mensagens deixadas, leiam… Dia 7 de maio de 2012 Esta data ficará para sempre na nossa memória. Foi um momento maravilhoso! Tal como o disse verbalmente. Palavras, para quê? Basta vermos o brilho nos olhos de todos os educadores e alunos, o qual revela todo o amor e carinho que existe entre todos. Os nossos filhos não poderiam estar em melhores mãos e Deus queira que toda a equipa se mantenha. Esperamos que se repitam momentos como este. O nosso muito obrigado. Somos parte da Vossa família. (António Carvalho, Carmelita Glória, Manuel Glória - Familiares do António). Emoção, Paixão, Vida, Alegria isto e muito mais aconteceu hoje aqui. Em união iremos mais longe, só sentindo, conseguiremos atingir a meta. A minha filha é feliz aqui, prova de que é amada, acompanhada, cuidada, etc. Obrigada do coração a todos os que fazem sorrir estes jovens. (…). Sei que não vão faltar-lhe. Xi –coração. (Cândida - Mãe da Silvia). Fiquei Encantado … Voltarei mais vezes. (Carlos Pires - Avô do João Loureiro)

Foi com grande, prazer e gosto que participei nesta festa. Verifiquei o bom trabalho desenvolvido com os nossos filhos, que todos na Instituição praticam, bem-haja para todos. (Júlio Castela - Pai do Rui) Foi com muito gosto que passei o dia aqui com vocês, vi que poderemos ser todos diferentes por fora mas todos iguais por dentro. A aparência não conta e sim os sentimentos e a felicidade que vocês nos transmitem. Obrigada por tudo. (Soraia Piedade - Prima do João Loureiro). Adorei este dia, foi espetacular passar com vocês todos, realmente viu-se a felicidade de todos vós e principalmente a deles. Somos todos iguais. Obrigada por tudo. (Carla Pires tia do João Loureiro) Mais uma vez estou a participar nestes passatempos organizados pelos colaboradores desta instituição, é com muito gosto que sempre que posso participo. Mas como sempre é uma emoção ver o trabalho de toda esta gente com crianças com tantos problemas. Muitos parabéns, para todos. (Maria Ascensão Viegas - Mãe do Marco Viegas).

8


O COMPROMISSO

Nº 4 9 Não há palavras para descrever todo o vosso trabalho com meninos com tantos problemas. (…) Muito obrigado. (José Lopes e Teresa Lopes - Pais do José Lopes). Um dia muito agradável e feliz, obrigada pela vossa simpatia, dedicação, e talento. (Ana Magalhães - irmã do André ). Há que repetir momentos como este para que, (…) haja o convívio tão necessário aos nossos meninos. Obrigada a toda a equipa pelo trabalho que fazem. Até breve. (Filomena Magalhães - Mãe do André)

Adorei a experiência de hoje, (…). Gostei bastante dos vossos métodos de trabalho e da alegria que transmitem para todos e que transborda no vosso olhar. Parabéns pelo dia de hoje! (Patrícia Bandeiras e Bruno Magalhães - Irmão do André).

Venham passar mais tempo connosco nesta nossa casa que também é vossa. Gabriela Simões — Coordenadora do CAO

9


O COMPROMISSO

Nº 4 10

Gisela, uma criança especial. Em 1984 já com 2 filhos, um de 8 e outro de 6 anos nasceu um terceiro, a menina que tanto esperávamos.

luiu muito, tornou-se muito responsável, graças ao empenho, amor e dedicação que toda a equipa que lá trabalha lhe ofereceu.

Pouco tempo depois parecia que o mundo tinha desabado em cima da nossa cabeça, porque afinal a Gisela era uma criança especial, uma vez que é portadora de trissomia 21, deficiência que eu até então nunca tinha ouvido falar.

Há 2 anos fez uma Formação de Copa e Cozinha na AAPACDM e foi estagiar para o bar da urgência do Hospital de Faro, onde mais uma vez, foi recebida por toda a equipa que lá trabalha, de braços abertos, e todos têm contribuído de forma engrandecedora para a grande evolução que tem em relação às tarefas que executa, sentido de responsabilidade e dedicação, deixando aqui o meu agradecimento, do fundo do coração, a todos aqueles que contribuem para que ela seja hoje a pessoa dócil meiga e alegre que é.

Naquele tempo pouco ou nada se sabia sobre a referida deficiência, e todos os médicos a quem levávamos a nossa menina tratavam-nos como coitadinhos, como se tivéssemos sido pais de um "monstrinho" e o mesmo se passava quando saiamos com ela à rua, toda a gente olhava como se de um fenómeno se tratasse. Depois de um grande "desgosto“ nasceu dentro de mim uma força e com a ajuda de Deus, do meu marido, filhos e familiares comecei a lutar. Tentei esquecer a deficiência de que a minha filha era portadora, e trabalhei com ela normalmente. Toda a minha vida profissional foi feita em função da idade da Gisela: Trabalhei numa creche, Jardim de Infância e depois numa Escola do 1º Ciclo, de modo a acompanhá-la de perto e ver a sua evolução diariamente. Todos os dias havia algo que ela fazia, que me enchia de orgulho e me dava forças para continuar a trabalhar cada vez com mais alegria.

A Gisela só transmite alegrias, está sempre bemdisposta, ensinou-me a encarar a vida de outra forma, sou uma pessoa mais compreensiva, mais lutadora, nunca desisto de fazer mais e melhor e por isso hoje, agradeço a Deus, esta bênção que me deu. Este meu testemunho é dedicado a todos os pais com filhos portadores de trissomia 21 e a toda a sociedade em geral, transmitindo a alegria que hoje tenho ao olhar para a minha filha e dizer que, com amor, carinho e dedicação conseguimos fazer toda a gente feliz e sentirmo-nos felizes também. Paula Pereira— Mãe da Gisela

Quando a Gisela tinha 12 anos foi para a AAPACDM, em Faro, na qual foi muito bem recebida e querida por toda a gente, onde permanece até hoje. Com a ajuda da referida Instituição à qual deixo aqui o meu agradecimento, a Gisela começou por ir 3 dias trabalhar para a OSMOP, onde evo10


O COMPROMISSO

Nº 4 11

Divulgação da AAPACDM

eas um M e r a CD a ass o p AAPA das n u i e v a a o z t d i l TV s al su ais liente es re ita re ata o M c d al os tivida sa vis e retr fazeigit A D a com as a . Des al qu elhor o n ma cobrir tuiçã ocion e de m ti s m s um u de sa In pro e o q zou p:// i s o l i a o e i b tt n víd a d à oni e h um so dia disp u sit ndo da TV o se esta de nos . OR is s e Ma deo n m/, na se . mo peq staura l o í a a c t v . i d l u v g a n i t r o e s D g zad ena e nte G o d almai inte ncom A imb os p xpo m t e u e i o Diá elos n sição ras pro res w.dig víde iante l co o ogo m inte ww da o , med s S ssos c m qu oveu r adr AAP ajuda um olto lient ven ACDM ACD des s”. A es — os rea a P s o A M ta br li A “Re em cola la jove etudo tem pela sido presa boraçã tos n s sion da o e par um U c rea al em nidad ceira n a co om a l de e n f trab ormaç de Fo a rece stante pçã , alho ão n rma od çã um . con o Profi e text so dinho Merca I V nho no 1 de ju ação ip ia c d ti , r de pa po uma ventu lo gru Mais do pe ia e Ju a c n im â f n a n a P – e ra –I uesa d Social ial 11h g c u o t o r s h c o o ran cad ção P – Mer ) e o ssocia C A P P a A d ça ro ( de dan de Fa ebral . r e C PACDM lisia da AA o ic r folcló

nua cheio de O Recria conti e site o site atividades, vi mais o uc po conheça um http:// projeto. deste ha aescol s.pt/ recria.program http:// (re)cria Págin@s— ria ec tor jec pro m/ .co issuu

11


O COMPROMISSO

Nº 4

Vem conhecer a nossa Unidade de Formação Profissional

12

A formação profissional desenvolvida pela AAPACDM, na área da reabilitação, visa permitir a aquisição e desenvolvimento de competências profissionais de modo a potenciar a empregabilidade e inserção na vida ativa. Tendo em conta a realidade e as necessidades específicas do mercado de trabalho da região do Algarve, nomeadamente o seu carácter sazonal e a forte implementação da indústria hoteleira, a AAPACDM aposta em ações formativas que permitam colmatar as principais falhas de recursos humanos qualificados na área da hotelaria, assim promovemos formação nas áreas de Empregado/a de Andares, Cozinheiro/a, Operador/a

de Manutenção Hoteleira, Operador/a de Jardinagem e Empregado/a de Mesa. Atualmente proporcionamos aos nossos formandos certificação profissional e escolar (9º ano), sendo composta por: Formação Tecnológica – teórica; prática; língua estrangeira; Formação para a inclusão; Formação em contexto real de trabalho; Formação de Base – Linguagem e Comunicação; Cidadania e Empregabilidade; Matemática para a Vida; Tecnologias da Informação e Comunicação.

Curso de Empregado/a de Mesa Saída Profissional: Empregado/a de Mesa Objetivo: Executar o serviço de mesa em estabelecimentos de restauração e bebidas, integrados ou não em unidades hoteleiras.

Curso de Empregado/a de Andares Saída profissional: Empregado/a de Andares

Objetivo: Executar o serviço de limpeza, arrumação e decoração dos quartos, andares e zonas comuns e do serviço de lavandaria da unidade hoteleira.

12


O COMPROMISSO

Nº 4 13

Curso de Cozinheiro/a Saída profissional: Cozinheiro/a Objetivo: Preparar, cozinhar e empratar em estabelecimentos de restauração e bebidas, integrados ou não em unidades hoteleiras.

Curso de Operador/a de Manutenção Hoteleira Saída profissional: Operador/a de Manutenção Objetivo: Identificar , registar e arranjar pequenas avarias em edificações hoteleiras, efetuando a manutenção do espaço.

Curso de Operador/a de Jardinagem Saída profissional: Operador/a de Jardinagem

Ins c per rições í 5ª f odo d às 3ªf e a tard iras p manh eiras erío e. do ã e da

Objetivo: Executar tarefas relativas à instalação e manutenção de jardins e espaços verdes.

13


O COMPROMISSO

Nº 4 14

“O Compromisso” — Centro de recursos da AAPACDM A Associação pretende, duVai Abrir

rante o presente ano, criar mais uma resposta social O Centro de Recursos “O Compromisso”. Este recurso permitir-nos-á reforçar as nossas respostas no apoio à população portadora de deficiência e alargar o nosso leque de atuação a toda a comunidade. Esta nova resposta terá 8 salas, onde serão desenvolvidas Atividades Terapêuticas (tais como Terapia da Fala, Terapia Ocupacional, Psicologia, estimulação sensorial …), Pedagógicas (Apoio às crianças e jovens com necessidades educativas especiais [NEE]), Sociais (gabinete de

atendimento social à família), Formativas (Desenvolvimento de ações formativas, atendimento e reuniões de grupo de ajuda), Animação (ATL – Atividades de enriquecimento curricular,

ateliers, desporto) e Treino de Atividades da Vida Diária (fazer cama, dobrar roupa, fazer o pequeno almoço, lavar louça, passar a ferro), dando prioridade às crianças Carla Farias – Psicóloga da UFP

As nossas caixinhas já estão na rua

Diversos comerciantes já aderiram às nossas caixinhas mágicas. A utilidade é da imaginação de cada utilizador. Em cada uma das nossas caixinhas encontrará uma dose de muito prazer e carinho, podendo ainda a sua encomenda ajudar uma nobre causa. Faça já a sua encomenda. 14


O COMPROMISSO

Nº 3 15

PROPOSTA DE SÓCIO

Data de Nascimento:

Nome:

Morada:

Localidade: Código Postal: Contacto: Contribuinte: E-mail: Valor Quota (Quota Mínima - €1,25): Pagamento da Quota:

Modo de Pagamento:

. Mensal

. Transf. Bancária

. Semestral

. Anual

. Cheque

NIB AAPACDM (BES):000 700 000 021 359 526 223 . CTT

. Numerário

Tive conhecimento da AAPACDM através de:

Tipo de Sócio:

. Cliente / Familiar

. Pessoa Singular

. Funcionário

. Pessoa Coletiva

Nota: O recibo relativo ao pagamento das quotas será enviado pelo correio. Data e Assinatura: ____ / ____ / _______

________________________________ 15


O COMPROMISSO

Nยบ 3 16

Contribua para um projeto em crescimento

Preencha jรก a sua proposta de sรณcio.

43 anos ao serviรงo da Diferenรงa pela igualdade

16

Boletim Informativo nº4  

Número 4 do Boletim Informativo "O Compromisso" | AAPACDM

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you