Page 129

“Tire as mãos de cima, vadia” Tamia grunhiu enquanto Elena se afastava de Matt e depois acrescentou varias palavras amaldiçoando. “Tamy, onde estão seu país? Onde está seu irmão?” disse Elena ignorando as palabras obscenas – só eram sons – mas viu que Matt tinha os lábios brancos. “Você vai se desculpar com Elena agora” Se desculpe por falar desse modo!” mandou ele. “Elena fede a cadáver com vermes em seus olhos” cantou Tamia “Mas minha amiga disse que só tinha sido uma vadia quando estava viva, uma real” – houve uma série de quatro palavras que fizeram Matt soltar um grito apagado – “Vadia barata, nada mais barato que o que vem grátis” “Matt, não preste atenção à ela” disse Elena em baixo da respiração e depois repetiu “Onde estão seus país e Jim?” A resposta veio com mais maldições, mas somadas a história – verdade ou não – que seus país tinham ido de férias num par de dias e que Jim estava com sua namorada Isabel. “Está bem, então acho que vou te ajudar a colocar algo descente” disse Elena “Primeiro acho que necessitas de um banho e tirar essas coisas de natal –” “Só tente-e-e! Só tente-e-e!” a resposta vinha mais como um relinchar de um cabelo que de um humano “Os colei com cola permanente!” acrescento Tamy e começou a rir muito alto. “Oh meu Deus – Tamia, sabe que se não há nenhum solvente para isto, terão que te fazer uma cirurgia?” A resposta de Tamy foi terrível, inclusive tinha um cheiro horrível. Não, não um cheiro, pensou Elena: Um cheiro de algo no intestino. “Ops!” Tamy voltou a rir fortemente “Pardon moi, pelo menos é gás natural” Matt clareou sua garganta “Elena – não acho que deveríamos estar aqui. Com sua família fora e tudo…” “Vocês te medo de mim” Tamia soltou risadinhas “vocês não?” – muito de repente em uma voz que era muito mais grave. Elena olhou Tamia nos olhos “Não, só sinto pena de uma pobre garota que estava no lugar e na hora errada. Mas Matt tem razão, acho, temo que ir embora” O comportamento de Tamy pereceu mudar “Desculpem… não sabia que ia ter visita desse calibre. Não vai embora, por favor, Matt” depois acrescentou em um sussurro confiado a Elena “Ele é bom?” “O quê?”

Diários Do Vampiro #5 - Anoitecer  
Diários Do Vampiro #5 - Anoitecer  
Advertisement