Page 106

Espero que nunca leias isto. Com todo meu amor, coração, alma Stefan P.S: Só no caso, tem $20.000 em notas de cem dólares em baixo da segunda tábuas do chão ao lado da cama. Agora a cadeira de balanço está em cima, vai ver a fenda quando mover a cadeira. Cuidadosamente Damon apagou as palavras no arquivo. Então com o canto de sua peculiar boca, cuidadosamente escreveu novas palavras com um significado diferente. Ele as leu outra vez e sorriu brilhantemente, ele sempre gostou de escrever, não tinha treinamento formal , mas sabia que tinha um dom para isso. E se foi o Passo Um consumado, pensou Damon guardando suas palavras em vez das de Stefan. Então, sem barulho andou para onde Elena estava dormindo de conchinha com Stefan na cama estreita. Agora o Passo Dois. Lentamente, muito lentamente Damon deslizou seus dedos em baixo do travesseiro onde estava a cabeça de Elena. Pôde sentir o cabelo de Elena derramando-se em baixo da lua e a dor que despertou foi mais em seu peito que em seus caninos. Com seus dedos em baixo do travesseiro, procurou algo suave. Elena murmurou no sonho e de repente se deu a volta, Damon quase salto unas sombras mas os olhos de Elena estavam fechados e seus cílios pintado crescendo em suas bochechas. Ela estava lhe dando a cara agora, mas estranhamente Damon não se encontrou traçando as veias azuis de sua clara e suave pele. Ele se encontrou olhando fixamente esfomeado de seus lábios delicadamente separados. Eles eram… quase impossíveis de resistir. Inclusive dormindo eram da cor de pétalas rosas, um pouco úmidos e separados desse modo… Poderia fazer rápido, ela jamais saberia. Eu poderia, eu sei que poderia, esta noite me sinto invencível. Assim como se agachava nela, seus dedos tocaram o cartão. Isso pareceu sacudir-lo de seu mundo de sonhos. Que estava pensando? Arriscar tudo, seus planos por um beijo? Já teria muito tempo para beijos e muitas coisas mais importantes, depois. Deslizou o cartão de baixo do travesseiro e o guardou em seu bolso. Depois se converteu em corvo e desapareceu pela janela. Stefan tinha desde muito tempo aperfeiçoado a arte de dormir até que o necessitara, depois

Diários Do Vampiro #5 - Anoitecer  
Diários Do Vampiro #5 - Anoitecer  
Advertisement