Diário Visual - Sonhos de uma Câmera de Bolso

Page 1

XIX O Sonho da Câmera de bolso 21.03.12

N

a semana passada, testei uma câmera de bolso. Para mim é mais que um instrumento: é o sonho de me desvencilhar do peso nos aeroportos caóticos e do trabalho corrido no calor do Rio ou na altitude de La Paz. Não é um sonho individual. Tanto que a indústria investe pesado em compactar as câmeras, ampliando suas potencialidades. Meu exercício cotidiano é baseado na suposição de que não só as câmeras têm de evoluir mas nossa capacidade de explorá-las. Treinar para viajar leve, o mais leve possível. 01


02


03


04


05


06


07


08


09


010


011


012


013


014


015


016


017


018


019


Millions discover their favorite reads on issuu every month.

Give your content the digital home it deserves. Get it to any device in seconds.