Page 1

FUNFARME n

o

t

Ano XV / Nº 183 - Maio - 2017

í

c

i

a

s

Alguns dos dezenas de profissionais envolvidos na captação do órgão, transplante e sua recuperação na UTI e quarto foram desejar "boa sorte" a Divino

HB reativa Transplante de Coração e comemora alta hospitalar do primeiro paciente a receber o órgão O aposentado Divino Ribeiro de Almeida, de 61 anos, foi o 90º transplantado do Hospital de Base e o primeiro, após a reativação do Serviço, em 22 de maio, quando ocorreu o procedimento. Acompanhado da filha, Edinalva (foto), Divino agradeceu todos os profissionais: "Eles são fantásticos!" Página 9


Revista Funfarme

Editorial

Obrigado Ambulatório Funfarme Foi com muito orgulho que, meses atrás, recebi

Como a vida é movida a desafios e gratas surpresas,

o convite e desafio de dirigir o nosso Ambulatório

em março deste ano, fui eleito conselheiro Funfarme

Geral e de Especialidades da Funfarme e, desde que

e, em seguida, vice-diretor executivo. Sendo assim,

assumi, dei sequência em todas as mudanças positi-

assumo integralmente o cargo e passo a direção do

vas que vinham acontecendo, como as diversas obras

Ambulatório ao Dr. Eumildo Campos Junior, que assu-

e reformas e procurei implantar, junto às chefias e

me o compromisso de dar continuidade às melhorias e

todos colaboradores, melhorias para nossos pacien-

transformações que nossa instituição vem realizando

tes. Uma das obras que concluímos recentemente

nos últimos anos.

é a área da cirurgia plástica. Ampliamos também o

Gostaria de agradecer o apoio de todos os colabo-

número de exames de INR, que avalia a coagulação

radores e líderes, que tanto me auxiliaram, e ressaltar

sanguínea do paciente

que o Ambulatório, assim como a Funfarme, ainda

O atendimento prioritário, no qual se incluem os idosos, gestantes e demais grupos, foi reestruturado. Readequamos o atendimento ao colaborador Fun-

tem muito a crescer e vencer seus desafios, mesmo neste momento de crise que vivemos em nosso país. Muito obrigado pela parceria de todos!

farme, que era uma queixa recorrente, reduzindo o tempo de espera para a consulta ou retorno, assim, ele se sente mais acolhido e pode voltar mais rápido para o setor e suas atividades. O projeto Conte Conosco, também conhecido popularmente como “Posso Ajudar”, manteve o bom desempenho desde o início e já temos planos para os colaboradores que se destacam. Outro desafio importante foi a implantação da certificação ONA, a qual exigiu mudanças, protocolos e padronizações, no almoxarifado da farmácia, na enfermagem, na administração e nas demais áreas, que você pode conferir nas próximas páginas desta edição.

Dr. Luiz Sergio Ronchi Vice-diretor executivo Funfarme

Expediente Gestão 2017/2021 Informativo da Fundação Faculdade Regional de Medicina (Funfarme) Ano XV / Nº 183 Maio - 2017 • Presidente dos Conselhos da Funfarme: Dr. Dulcimar Donizeti de Souza • Diretor Executivo da Funfarme: Dr. Jorge Fares • Vice-Diretor Executivo da Funfarme: Dr. Luiz Sérgio Ronchi • Diretora Administrativa do HB: Dra. Amália Tieco R. Sabbag • Vice-Diretor Administrativo do HB: Dr. João Fernando Picollo de Oliveira • Diretor Clínico do HB: Dr. Alceu Gomes Chueire • Vice-Diretor Clínico do HB: Dr. Valdeci Hélio Floriano

2

Funfarme Notícias - Maio - 2017

• Diretor Técnico do HB: Dr. Paulo Nogueira • Vice-Diretor Técnico do HB: Dr. Maurício de Nassau Machado • Diretor do Hemocentro Dr. Octávio Ricci Junior • Diretora Técnica do Hemocentro: Dra. Andreia Aparecida G. Guimarães • Diretor do Ambulatório: Dr. Luiz Sérgio Ronchi • Diretora do Lucy Montoro: Dra. Regina Chueire • Diretor Técnico do Instituto do Câncer: Dr. Carlos Eduardo Miguel • Diretora Administrativa do HCM: Dra. Leila Neves Bastos Borim • Vice-Diretora Administrativa do HCM:

Dra. Maria Lúcia Luiz Barcelos Veloso • Diretor Clínico do HCM: Dr. Paulo Poiati Junior • Vice-Diretor Clínico do HCM: Dr. Wagner Vicensoto • Diretor Técnico do HCM: Gustavo Henrique de Oliveira Produção Editorial: Intermídia Comunicação Empresarial Telefone: 17 3011-5435 Jornalista responsável: MTB 24.527 Jornalista: Fernanda Martinazzi Estagiários: Marina Biaso e Alexandre Souza Diagramação: Roger Goulart Impressão: Gráfica Fotogravura Rio Preto Tiragem: 2000 exemplares


Revista Funfarme

Diretoria e lideranças de nova gestão reúnem-se para traçar Planejamento Estratégico da Fundação No mês de maio, 25 diretores e líderes da Fundação reuniram-se, por dois dias, para participarem de um workshop de Planejamento Estratégico. Durante o curso, foram redefinidos a Visão, Missão e Valores da instituição e estabelecidos os principais objetivos estratégicos para todo o complexo. O planejamento foi focado nas áreas: financeira, cliente e mercado, processos internos e informação e comunicação. Toda esta análise e estudo também faz parte dos requisitos para a obtenção de diversas Acreditações, inclusive da Organização Nacional de Acreditação (ONA). Para isso, a Fundação vem revisando alguns processos (saiba mais nas páginas 4 e 5).

O consultor do Instituto Brasileiro de Excelência para a Saúde - IBES coordenou a reunião de Planejamento Estratégico...

O TRABALHO JÁ COMEÇOU! Em vários setores da Funfarme, líderes e colaboradores já estão mergulhados na análise de seus processos e riscos, estabelecendo indicadores e metas. O impacto já tem sido muito positivo como, por exemplo, no Ambulatório de Especialidades, o que você verá na página 4. Nas próximas edições da Revista Funfarme, outros setores das Unidades do nosso complexo hospitalar também vão mostrar as mudanças e melhorias que estão implantando.

...que contou com a participação de diretores, superintendentes, gerentes e lideranças da Funfarme

SETOR DA QUALIDADE E para auxiliar na análise de seus indicadores, os setores contarão com o apoio do Setor de Qualidade, que você conhecerá mais em detalhes na página 5.

MISSÃO Transformar a saúde regional por meio da integração de assistência, ensino e pesquisa.

VISÃO Ser reconhecido como complexo hospitalar de assistência, ensino e pesquisa de excelência até 2021.

VALORES • Humanismo • Responsabilidade social e ambiental Meritocracia • Integridade absoluta

• Inovação • Qualidade e segurança • Respeito

Vista aérea do complexo Funfarme

Funfarme Notícias - Maio - 2017

3


Revista Funfarme

Busca pela ONA já estimula melhorias nos processos de trabalho O complexo Funfarme mergulhou de cabeça na busca pela Acreditação da ONA. Mais do que a certificação, as mudanças propostas para alcançar o título têm mobilizado e contado com a adesão de colaboradores de todas as áreas administrativas e assistenciais com objetivo de oferecer atendimento e serviços com maior qualidade e segurança para a população.

Ambulatório: adesão total para se obter a Acreditação ONA Responsáveis por cerca de 30 mil atendimentos mensais, as equipes do Ambulatório promoveram diversasmudanças em suas rotinas de trabalho, revendo antigosprocessos, descobrindo gargalos e sugerindo soluções. Para isso, como em todas as instituições da Fundação, o Ambulatório vem passando por dois mapeamentos que mostram os principais processos e os riscos mais comuns em cada atividade. Tudo isso vem sendo desenvolvido desde fevereiro, com o intuito de melhorar ainda mais o atendimento oferecido aos usuários. Alguns setores já estão em fase implantação das modificações. O Serviço de Arquivo Médico e Estatística (Same) começou a ser mapeado este mês. Abaixo e na outra página, veja exemplos de melhorias de processos em alguns setores do Ambulatório.

Chefias administrativas engajaram-se com suas equipes para as melhorias

Auxiliares, técnicos e profissionais de enfermagem, técnicos em gesso, que revisam os processos nos mínimos detalhes para obter melhores resultados

Três setores do Ambulatório que mudaram para melhor mudar o status do local de Almoxarifado para Farmácia Após Farmácia, o Serviço ganhou um farmacêutico que

elaborou os procedimentos operacionais padrões (POPs), estabeleceu normas e rotinas no setor, formalizou sistemática para o gerenciamento de estoque e foi feita a capacitação dos colaboradores.

O farmacêutico André Godoi (ao centro), com seus auxiliares Noé Martins (à esq.) e Marcos Groto, faz o monitoramento da temperatura e umidade na Farmácia do Ambulatório

4

Funfarme Notícias - Maio - 2017


Revista Funfarme

Enfermagem

Administração

Eficácia e eficiência fundamentam atividades do novo Setor da Qualidade

Para vencerem o desafio de fazer da Funfarme uma Instituição de Saúde cada vez melhor, referência no setor, e, como consequência, conquistar a certificação Organização Nacional de Acreditação (ONA), os colaboradores de todos os setores da Fundação contam com o apoio e acompanhamento do Setor da Qualidade. Unificado em fevereiro passado, justamente como resultado do processo para obter a ONA, o Setor da Qualidade uniu-se a três áreas: Protocolos Gerenciados, Gerência e Riscos e Indicadores/Estatísticas. “Devemos assessorar e apoiar todos os setores para aperfeiçoarem seus processos e executarem suas atividades com eficácia e eficiência, compreendendo seu papel e importância no contexto geral da Funfarme. Nossa missão também é disseminar os conceitos e valores de Qualidade e Segurança”, explica Kleber Oliveira, um dos colaboradores do Setor da Qualidade.

Qualidade pode ser definida como qualquer atividade coordenada para dirigir e controlar uma organização, no sentido de possibilitar a melhoria de produtos e/ou serviços. Fábio Oliveira, integrante do Setor

Padronizar é a ordem

O Setor também auxilia na padronização de modelos de documentos. “A partir de agora, todos os protocolos, rotinas, regimentos, procedimentos operacionais padrões (POPs), atas de reuniões devem ter as mesmas identidades visual e conceitual”, esclarece a enfermeira Márcia Lopes, outra integrante do Setor. Com essas medidas, o objetivo é facilitar o acesso destas documentações a todos os colaboradores por meio da criação da pasta “Documentos Funfarme” na rede interna da instituição. Colaboradores do Setor: o economista Fábio de Oliveira e os enfermeiros Márcia Valéria Lopes, Priscilla Souza e Kleber Oliveira

O Setor da Qualidade funciona, de segunda a sexta-feira, 7h às 17h, e está localizada no corredor de acesso ao quinto andar - convênio. Fale com o Setor de Qualidade - Ramais: 1625 – Fábio •1839 – Kleber •1655 – Márcia e Priscilla Funfarme Notícias - Maio - 2017

5


Revista Funfarme

Comitê Gestor do selo "Hospital Amigo do Idoso" inicia atividades educativas na Funfarme Buscando oferecer um serviço de saúde cada vez mais humanizado aos pacientes da terceira idade, o Comitê Gestor do Selo “Hospital Amigo do Idoso” da Funfarme tem cumprido várias ações previstas pelo programa da Secretaria de Saúde do Estado, dentre elas, a de sensibilizar os profissionais a respeito do envelhecimento. Desde a adesão ao projeto, em novembro de 2016, até o mês de maio, vários passos já foram dados na fundação:

4 Colocando em prática - Em maio e Algumas das 19 integrantes do Comitê Gestor do Selo “Hospital junho de 2017, profissionais da Emergência Amigo do Idoso”: à frente, a enfermeira do CCIH Luana Laís Femina SUS e Convênio e Clínica SUS do 4º andar e a enfermeira do CIEPS Ilza dos Passos; na segunda fila, a assistente do HB participaram de treinamento sobre social Ana Maria Rondina, a gerente de Enfermagem Edna Donizete envelhecimento e saúde do idoso (veja no Castro e a terapeuta ocupacional quadro abaixo). Cristiane Gritti; na terceira fila, a fisioterapeuta Odete Mauad e a superintendente assistencial 3 Selo Inicial - Em fevereiro de 2017, a Maria Regina Jabur; na última fila, a Funfarme conquistou o Selo Inicial “Hospital enfermeira Suzilene Ribeiro, da Emergência Amigo do Idoso”, o primeiro de três níveis, SUS, a enfermeira Márcia Regina Camilo, do e que simboliza quão adaptada a instituição 4º andar SUS, e Samantha Vaccari Melara, está para receber a pessoa idosa. gerente de Enfermagem do SUS

2 Plano de ação - O Comitê elaborou um plano de ação após pesquisas com pacientes, cuidadores e colaboradores.

1 Formação do Comitê Gestor - Criouse um grupo multiprofissional para se dedicar à disseminar o conceito de envelhecimento e das boas práticas do cuidado da Pessoa Idosa.

Sensibilização sobre o universo do idoso Foram quatro dias de treinamento com 141 profissionais, dentre eles, a auxiliar de enfermagem Marlizete Santana (à esquerda) e a enfermeira Tânia Sarraceno, ambas da Clínica SUS do 4º andar do HB. Para Marlizete, “o evento trouxe a realidade sobre o envelhecimento. Nem percebemos quanto muda nossa voz, o físico e o jeito de ser. É interessante refletir sobre a transformação para entendermos as limitações que, pela idade, naturalmente enfrentam nossos pais, avós e os pacientes idosos”. Tânia completa: “Além de compreendê-los, é importante ampará-los, observar se estão seguros, cuidando-os com paciência, carinho e atenção.” 6

Funfarme Notícias - Maio - 2017

Dos pacientes internados no HB ao ano 38% tem mais de 60 anos 7% tem idade superior a 80 anos 1% tem mais de 90 anos


Funfarme, a seu dispor

Ensinando também se aprende

O dia a dia de muitos profissionais da Fundação envolve o uso diário de computadores, mas muitos deles possuem conhecimento limitado da máquina. Ao constatar esta realidade, os setores de RH e Suporte à Tecnologia da Informação (T.I.) tiveram uma ideia que solucionou duas questões, ao mesmo tempo: os estagiários da T.I. precisam cumprir atividades práticas complementares exigidas pela faculdade, assim, atendem esta exigência dando aulas para os colaboradores. É o que fazem os estudantes do curso superior de Ciências da Computação Diogo Arantes e Pedro Lyra e os de Engenharia da Computação Juan Gonçalves e Alisson Moura ao ministrar o Curso Básico de Informática, o primeiro para os colaboradores do Laboratório Central, onde o domínio da informática é fundamental. Das quatro aulas para duas turmas, os professores também extraíram uma lição. “É ensinando que se aprende. Algumas vezes, nossos alunos fizeram perguntas que nos levavam a pesquisar mais e, consequentemente, aprendemos mais”, revelou Alisson. “Foi muito gratificante vê-los se desenvolver e, ao nos aproximarmos, ficou claro para o pessoal do Laboratório Central que estaremos sempre à disposição para tirar dúvidas”, emendou Juan. O RH segue avaliando outros setores para fazerem o curso. “É um incentivo que a Fundação oferece gratuitamente e que beneficia a todos. Daremos continuidade, certamente”, disse Cristiane Midori, responsável pelo RH.

A partir desta edição, a Revista Funfarme publica esta coluna “Funfarme, a seu dispor”, na qual você vai saber de cursos, treinamentos, convênios, enfim, de benefícios que a Fundação oferece a seus colaboradores para que, ao saberem, aproveitem. Fique atento!

A partir da esquerda, em pé, Pedro, Alisson e, sentados, Diogo e Juan

Oncologista do HB é o único brasileiro a ganhar prêmio internacional de educação IDEA, em 2017

O médico oncologista clínico do ICA Dr. Daniel Vilarim Araújo foi o único brasileiro, em 2017, a receber o prêmio em educação IDEA (International Development and Education Award), concedido pela Conquer Cancer Foundation a 20 jovens promissores de países em desenvolvimento. O prêmio incentiva e patrocina a ida de jovens médicos ao Congresso da Sociedade Americana de Oncologia Clínica (na sigla em inglês, ASCO). Este ano, o evento foi realizado em Chicago e reuniu mais de 38 mil especialistas de todo o mundo. A ASCO escolhe um mentor para guiar os jovens oncologistas selecionados no prêmio durante o evento e patrocina uma visita de três dias à universidade ou centro de pesquisa onde atuam os mentores. “Eu fui para o National Cancer Institute (NCI), em Bethesda, Maryland, com os meus mentores. Dra. Shakun Malik e Dr. Anish Thomas”, conta o médico. Para se candidatar ao IDEA, Dr. Daniel Vilarim Araujo participou de um processo competitivo, que incluiu análise de currículo, cartas de recomendação, carta motivacional e submissão de estudo de caso para o ASCO. Daniel formou-se pela Universidade Federal da Paraíba, fez residência em Oncologia Clínica e Hematologia no Hospital A.C. Camargo (São Paulo) e estágio no Princess Margaret Cancer Centre, em Toronto, no Canadá

Se você ganhou um prêmio ou foi destaque em algum evento acadêmico e gostaria de publicar, favor entrar em contato com a assessoria por meio de: E-mails - imprensa@hospitalde base.com.br, imprensa2@hospital debase.com.br Ramais: 1838, 1496 ou 2003 Funfarme Notícias - Maio - 2017

7


Revista Funfarme Funfarme Revista

Semana da Enfermagem dissemina exemplos de boas práticas

A Funfarme comemorou a Semana da Enfermagem, do dia 17 a 23 de maio, com atividades que visaram discutir práticas relacionadas à qualidade da assistência, ensino, investigação e gestão. Os colaboradores se dividiram em 12 grupos de até 20 pessoas, cada, e elaboraram painéis sobre boas

1º lugar Equipe Sangue Bom, autora do cartaz “Protocolo de transporte"

práticas de enfermagem, expostos no hall de elevadores do HB. Os painéis foram apresentados pelas equipes e avaliados por uma comissão julgadora. As três equipes mais bem avaliadas ganharam vale-almoços (veja abaixo). “As atividades foram importantes para trocarmos experiências assertivas e in-

2º lugar Equipe Adrenalina, que expôs o cartaz sobre "Dupla checagem de hemoterápicos"

Enfermagem Solidária A Semana teve também seu lado solidário. Os profissionais de enfermagem de todas as Unidades, junto com a AVOHB e as Gerências de Enfermagem, arrecadaram 1.200 itens de higiene pessoal a serem doados aos pacientes do complexo hospitalar. Foram arrecadados sabonetes, cremes dentais, escovas de dente, entre outros itens.

8

Funfarme Notícias - Maio - 2017

tegrarmos os setores da instituição, além de desenvolvermos valores éticos, exercitar a solidariedade e o espírito participativo e estimular o conhecimento de cada um”, disse Kleber de Oliveira, um dos julgadores e membro da Gerência de Risco/ Setor de Qualidade.

3º lugar Equipe "Mãos Ativas", que apresentou o cartaz "Protocolo de Prevenção de Queda"

Voluntária da Avohb mostra sabonetes arrecadados


Revista Funfarme

Sucesso do transplante deve-se ao ótimo desempenho de todos A Funfarme reativou o Serviço de Transplante de Coração do HB e seus profissionais e de todos os setores envolvidos puderam comemorar o final feliz no primeiro procedimento realizado após o retorno das atividades. Na noite de 22 para 23 de maio, o trabalhador rural aposentado Divino Ribeiro de Almeida, de 61 anos, recebeu o coração de uma jovem de 24 anos, de Campinas. O prognóstico não era nada bom, devido ao estado de saúde bastante debilitado do chagásico aposentado. O ótimo trabalho e o empenho de todos os profissionais do hospital reverteram as expectativas e, exato um mês depois do transplante, Divino teve alta hospitalar.

Ver o Seu Divino voltando para sua família é a recompensa pelo trabalho e dedicação de todos os nossos colaboradores, desde a captação até os do centro cirúrgico, UTI cardiológica e o 8º andar dos transplantes. E também para a Diretoria, que se empenhou para reativar o Serviço, em benefício de toda a população.

Divino e sua esposa, Odete, com alguns profissionais que o atenderam no Hospital de Base

Dra. Amália Tieco, diretora administrativa do HB

NÚMEROS QUE REPRESENTAM A VIDA Só quero agora brincar com meus treze netos. Morador de Tanabi, Divino é, sem dúvida, um sobrevivente. Ele tinha uma miocardiopatia chagásica, havia 31 anos, o que comprometia o funcionamento do coração e o bombeamento de sangue para o corpo. O paciente dependia de medicamentos para que o órgão funcionasse e estava internado na UTI do HB desde 21 de abril e inscrito na fila de transplante desde 26 de abril. No 33º dia na UTI, quando Divino admite “já estava cansado, sem esperanças”, recebeu a notícia de que surgira órgão compatível. Já no dia da alta hospitalar, ele revelou: “Só quero agora brincar com meus treze netos, o que aprendi é a dar valor a estar sempre com a família. Antes, só pensava em trabalhar. Família e saúde são os bens mais importantes da vida.”

90 3

transplantes de coração em adultos foram realizados pelo HB, desde 2000, quando o Serviço começou a operar.

transplantes de coração em crianças.

4.474

transplantes de córneas, coração, fígado, medula óssea, pâncreas, pulmão e rim foram feitos pelo HB/HCM desde 1990, quando os procedimentos começaram no complexo Funfarme. Funfarme Notícias - Maio - 2017

9


Revista Funfarme

Desafio aceito! Desafio vencido! Colaboradores e voluntários se exercitam para ajudar Rio Preto a vencer Instituição referência em saúde, natural que a Funfarme preocupe-se com a saúde e bem estar de seus colaboradores. Exemplo foi convidá-los a participar, pela primeira vez, do Dia do Desafio, evento mundial em que cidades inteiras mobilizam seus cidadãos a praticarem 15 minutos de exercício, ao menos. Nesta 23ª edição do Dia do Desafio, Rio Preto venceu a cidade de Santa Maria, no Rio Grande do Sul. O evento foi realizado pelo setores de Comunicação e Terapia Ocupacional, com o apoio das diretorias executiva e administrativa. Parabéns a todos os colaboradores que se envolveram!

10 Funfarme Notícias - Maio - 2017


Revista Funfarme

Funfarme NotĂ­cias - Maio - 2017 11


Revista Funfarme

Curso de uroginecologia atrai médicos de todo o Brasil Em parceria com a Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo (Sogesp), o HB e o HCM realizaram, no final de maio, curso teórico-prático em uroginecologia que atraiu médicos e residentes de todas as regiões brasileiras. O curso abordou técnicas avançadas no tratamento de incontinência urinária e prolapsos uterinos vaginais. “O treinamento forneceu aos ginecologistas conhecimentos sobre técnicas de cirurgia que reduzem o tempo de internação e recuperação das pacientes, proporcionando a eles melhor qualidade de vida”, explicou Dr. José Luis Esteves Francisco, presidente da Regional Rio Preto da Sogesp, médico do HB/HCM e docente da Famerp.

O vice-diretor geral da Famerp, Dr. Francisco Cury, fala durante a abertura do curso, que teve cirurgias realizadas no HCM transmitidas, via circuito interno, para participantes no anfiteatro

Simpósio traz radiologia intervencionista e diagnóstico por imagem como opção para auxiliar em tratamento dos rins Estreitar ainda mais o relacionamento entre profissionais de diferentes especialidades e promover a troca de conhecimento entre eles é fundamental para que a instituição ofereça atendimento e tratamento ainda melhores à população. Foi justamente este o objetivo da Funfarme ao realizar o 1º Simpósio de Imagem e Radiologia Intervencionista em Nefrologia. No dia 7 de junho, durante duas horas, os palestrantes, todos médicos da Funfarme/Hospital de Base, falaram sobre a aplicação de contrastes, da radiologia intervencionista e de diagnósticos por imagem visando o tratamento mais adequado e com resolutividade rápida para cerca de 60 médicos e residentes da Funfarme e estudantes da Famerp.

Dr. Emerson Quintino 12 Funfarme Notícias - Maio - 2017

Dr. Antonio Soares Souza

Drs. Mario Abbud Filho (acima) e Horácio Ramalho (ao lado) coordenaram o evento, que teve como palestrantes...

Dr. Daniel Miquelin Dr. Daniel Nicoletti Dr. Tufik Bauab


Revista Funfarme

Conhecimentos em UTI e Emergência Pediátrica são temas de Simpósio

Hoje, o interior paulista carece de congressos e eventos no interior paulista para discutir temas importantes, atuais e que mostrem resultados, como pesquisas e estudos científicos. Este é o objetivo do Simpósio: trazer mais conhecimento para o interior para que sejamos melhores profissionais. Natália Silva Rodriguez, pediatra do HCM

Diretores da Famerp, Funfarme e HCM prestigiaram o Simpósio, participando de sua abertura

Já em sua primeira edição, o Simpósio de UTI Pediátrica e Emergência do HCM cumpriu o objetivo definido por Natália e demais organizadores. Para isso, o evento convidou profissionais de outras instituições referências, como o cardiologista pediátrico especializado em eletrofisiologia Dr. Rogério Andalaft, do Instituto Dante Pazzanese, que ministrou um curso de atualização em eletrocardiograma em pediatria, abrindo o evento. Durante os dois dias, os participantes, profissionais de várias áreas e especialidades do HCM, tiveram cursos com a pediatra Silvia Maria de Macedo Barbosa, do Instituto da Criança do Hospital das Clínicas de São Paulo, o neonatologista Lúcio Flávio Peixoto Lima, do Hospital Sepaco, e com a médica Paula Guedes, especializada em hemoterapia pediátrica e integrante do Graacc, de São Paulo.

Profissionais do HCM têm capacitação com americanos Em mais uma etapa da parceria da Funfarme com a Fundação Children’s Heartlink, em maio, o HCM recebeu a equipe norte-americana, que realizou com médicos, enfermeiros e fisioterapeutas da UTI cardiopediátrica do HCM uma capacitação de suporte à vida (em inglês, BLS). Foi a oportunidade que todos tiveram para aprimorar técnicas de reanimação de paradas cardiorrespiratórias em bebês e crianças.

Funfarme Notícias - Maio - 2017 13


Revista Funfarme

Terapeuta alerta profissionais da limpeza para a má postura do corpo Com o foco voltado para a saúde e bem estar de seus colaboradores, inclusive os terceirizados, a Funfarme ofereceu palestra aos profissionais do Serviço de Higienização e Limpeza (SHL) para lembrá-los de ter cuidado com a má postura do corpo. A terapeuta ocupacional Graziella Andressa, do Setor de Bem Estar e Qualidade de Vida, destacou a importância da prática de alongamentos e os riscos da automedicação, comum quando a pessoa sente dor. “AS pessoas não percebem a gravidade gerada por uma pequena dor e, chega um determinado momento, que o remédio passa a não surtir mais efeitos, levando a medicações mais fortes como injeções e até cirurgia”, alerta a terapeuta.

Josefa Lima foi uma das colaboradoras do SHL levou para casas importantes lições sobre os cuidados com o corpo, tanto com relação à postura quanto a alimentação “Aprendi a alongar de maneira correta para não ter dores durante e após o trabalho e melhorar minha alimentação, comendo mais frutas e legumes para manter a saúde sempre em dia.“

Mudança na dieta enteral beneficia pacientes e gera economia O Serviço de Nutrição e Dietética (SND) tem colhido bons frutos com a mudança no tipo de dieta enteral que oferece aos pacientes do HB. Antes, as lactaristas preparavam um caldo que necessita-

va de refrigeração e tinha validade de 12 horas. Agora, o Serviço adquire dieta, conhecida como “sistema fechado”, que vem armazenada em bolsa plástica e tem durabilidade superior a 12 meses.

Como o alimento não é manipulado, eliminase o risco de contaminação. Ainda, a dieta é infundida lentamente no intestino do paciente, o que evita desconfortos como diarreias, extensão abdominal e o uso de medicação para aliviá-los. Fabiane Regina de Oliveira, nutricionista e coordenadora do SND

Novo sistema é mais produtivo Antes (à esquerda), as lactaristas demoravam cerca de seis horas para bater o pó com água em um liquidificador e envasar o caldo a ser destinado a cada paciente. Agora, as colaboradoras precisam apenas limpar as bolsas e etiqueta-las antes enviá-las aos leitos.Para Viviane Joelma de Souza (à direita), uma das lactaristas responsáveis pela dieta enteral, “a mudança tornou nossa rotina muito mais produtiva, por conta da economia de tempo na organização das bolsas, e trouxe maior qualidade de vida na prática do trabalho”.

14 Funfarme Notícias - Maio - 2017

Modificação

evita desperdícios e traz

economia de cerca de

R$ 24 mil no Serviço


Sucessos da Funfarme

Esforço, boa comunicação e respeito

José Pedro trabalha, atualmente, no Arquivo do Departamento Pessoal, no terceiro andar do prédio administrativo

A partir do mês de maio a Fundação traz, em todo exemplar, esta nova coluna. O propósito é o de mostrar histórias de colaboradores que cresceram profissionalmente na instituição, quais caminhos e conhecimentos adquiridos que os levaram à trajetória de sucesso.

A trilha de sucesso de José Pedro Nogueira segue a receita resumida no título desta matéria. O colaborador entrou na Funfarme em meados de 2014, na “Área Limpa” da Lavanderia e, em apenas um ano e três meses, já mudou de setor (indo para o Arquivo, no Departamento Pessoal) de cargo, de salário e de vida profissional. A oportunidade não passou em branco para o Pedro, como é conhecido. Assim que viu a possibilidade de mudar, por meio de um recrutamento interno para o Arquivo do Departamento pessoal, não pensou duas vezes. “Sempre fiz questão de manter um bom relacionamento com meus colegas de trabalho, inclusive de ter uma comunicação aberta, ética e respeitosa com minha chefia, a Devânia e Sueleni, na época. Vi a chance de crescer na Fundação e logo comentei com minhas chefes que queria mudar de setor. No ato, elas me apoiaram”, conta. O respaldo das líderes, segundo o colaborador, foi fundamental. “Entrei no processo até meio descrente, para falar a verdade. Eram muitos concorrentes. Na sala, no dia que prestei a prova, haviam umas 30 pessoas e, depois, na dinâmica, tinham pessoas tão qualificadas quanto eu. Sei que sou capaz, tanto que hoje estou aqui e consegui o lugar na única vaga disponível, mas tenho ainda mais certeza de que a recomendação delas foi fundamental”, explica. Já há um ano no novo setor, o agora auxiliar administrativo deixa uma dica para quem ainda duvida de si mesmo. “Seja sempre proativo, não reclame do trabalho, seja sempre respeitoso, mesmo que algumas vezes não sejam contigo. Tente, tente novamente. Seja grato, como sou a todos da lavandaria, e aproveite as oportunidades com esforço. Não se acomode, tenha fé que tudo será recompensado”, pontua.

Perfil Profissional

Comprometimento Marilza Guerra está há 17 anos na instituição. Começou como secretária, foi promovida a líder da recepção do Setor de Emergência e Internação do Convênio e, hoje, coordena uma equipe de cerca de 250 profissionais de diversas áreas no Departamento de Imagem, Litotripsia, Câmara Hiperbárica e Radioterapia da Fundação. Para ela, compromentimento foi fundamental para que traçasse esta trajetória de sucesso. Hoje, ser compromissado com o trabalho e os colegas é uma qualidade que ela procura nos profissionais que comanda. O setor de Recursos Humanos da Fundação qualifica “comprometimento” como: envolvimento com as atividades, domínio das tarefas com qualidade, assumir responsabilidade, superar as dificuldades, ter disciplina para garantir seu desenvolvimento/ crescimento profissional e pessoal.

Com a parceria da Área de Recursos Humanos, a Revista Funfarme terá, a partir desta edição, esta coluna “Sucesso Profissional” na qual vai tratar de qualidades valorizadas pelas organizações empresariais, não importa de que setores, e destaca um colega que, valendo-se desta qualidade, trilha uma carreira com êxito.

Ser um “coringa”... ...é ir além do cumprimento de metas e prazos. É estar engajado em achar uma solução humanizada para o paciente, é ter ética e respeito com os colegas. Mais que cumprir tarefas, é não ser prolixo e ‘deixar para depois’. Claro que durante o dia surgem diversas novas atividades extras. No entanto, é imprescindível ter empenho, dentro deste cenário, para gerir o que deve ser feito hoje e o que pode ser cumprido outro dia; senão, o que pode ser designado a outro colaborador.

Marilza Guerra, exemplo de comprometimento Funfarme Notícias - Maio - 2017 15


Revista Funfarme

Funfarme homenageia Uma das bases do setor de Recursos Humanos da Funfarme é a valorização do colaborador. Por isso, todo mês a Fundação comemora os Dias de Profissão com

2 de maio

Profissionais da Higienização e Limpeza

Em quatro encontros, 132 colaboradores do SHL se reuniram para assistir palestras e participar de dinâmicas de grupo. Para Eulália Barbosa da Silva, colaboradora do setor, “o evento foi uma ótima oportunidade de reunir o SHL. Nós nos sentimos muito mais integrados durante a palestra e pudemos nos conhecer melhor. Além disso, o encontro me marcou ao fazer pensar em como posso me desenvolver como profissional e como pessoa”.

15 de maio

Profissionais da Assistência Social

16 Funfarme Notícias - Maio - 2017

Para comemorar seu Dia, os profissionais da assistência social da Fundação assistiram à palestra motivacional, no anfiteatro do mezanino do HB, e de dinâmicas, entre elas, o Jogo da Velha Corporal, no qual cada colaborador age como uma peça. De forma lúdica, o jogo convida cada participante a perceber a importância de seu papel para o resultado final da equipe.


Revista Funfarme

colaboradores por seu Dia encontros e aprendizado. Confira quem são os homenageados deste mês, que receberam treinamento para seu desenvolvimento no trabalho e na vida pessoal.

10 de maio

Profissionais da Cozinha

Eles, que nos dão sabor à vida, reuniram-se no refeitório para comemorar seu Dia. Responsáveis pelo preparo de 1 tonelada de alimentos por dia, deixaram por hora colheres e panelas para participar de treinamento que enfocou a importância da comunicação no trabalho e assistir à palestra sobre desenvolvimento pessoal e profissional.

26 de maio

Profissionais de Costura

Às colaboradoras da costura, foram oferecidas palestras, dinâmicas, com trocas de elogios e testes de aprendizagem. Ao final do evento, a lição: “Percebemos no encontro que o trabalho é fruto de muita união, boa comunicação e harmonia entre a equipe. Esse resultado vem da valorização que temos pelo trabalho de cada uma”, resumiu a costureira Rosângela Barbarotti, uma das seis costureiras que, em média, produzem 2.000 peças e fazem o reparo de outras 3.000 peças, por mês.

Funfarme Notícias - Maio - 2017 17


Revista Funfarme

Biblioteca Dicas de livros da “Biblioteca Dr. José Paulo Cipullo”, situada no térreo do HB. Colaboradores, pacientes e acompanhantes podem retirá-los. Informações no ramal 1843.

A guerra não tem rosto de mulher

De Svetlana Aleksievitch

A história das guerras costuma ser contada sob o ponto de vista masculino: soldados e generais, algozes e libertadores. Se em muitos conflitos as mulheres ficaram na retaguarda, em outros estiveram na linha de frente. Quase um milhão de mulheres lutaram no Exército Vermelho durante a 2ª Guerra Mundial, mas a sua história nunca foi contada. A autora deixa que as vozes dessas mulheres ressoem, em memórias que evocam frio, fome, violência e a sombra onipresente da morte.

Casagrande e seus demônios De Casagrande e Gilvan Ribeiro

Ricamente ilustrada, a publicação traz as várias coisas boas, e outras tantas ruins, que aconteceram na vida do ex-jogador Carlos Casagrande. “Casão faz questão de contar o inferno que viveu quando era viciado em drogas e sua internação, pois para ele é fundamental dividir as dores da dependência e alertar para os perigos do vício. A verdade ajuda a sanidade”, conta seu amigo Marcelo Rubens Paiva.

Casais inteligentes enriquecem juntos De Gustavo Cerbasi

Um dos maiores causadores de brigas entre casais são as dificuldades financeiras. Para Gustavo Cerbasi, a causa dos desentendimentos é a falta de conversa sobre dinheiro. Em geral, o casal só fala sobre o assunto quando a bomba já estourou e, como não discute a questão, a maioria não guarda dinheiro para atingir metas (ou, pior, cada um tem seu objetivo, que o outro não conhece). Com sugestões para casais, o livro mostra como formar uma parceria inteligente na administração das finanças da família.

18

Funfarme Notícias - Maio - 2017

Agradecimentos “Quero deixar a minha profunda gratidão a vocês, desde a recepção até os médicos. São todos muito atenciosos, dedicados, carinhosos e todos os adjetivos do bem que caibam na forma humana de ser. Em especial, deixo meu agradecimento às equipes de enfermagem do 4º andar G.O., que me atenderam com dedicação e profissionalismo - o que deveria ser seguido como exemplo por todos os profissionais da saúde. Que Deus os abençoe! Muito obrigada a todos vocês, meus ‘anjos na Terra’.” Maria Clara

“Trabalho na área dá saúde em SP, capital, desde 1994. Conheço uma centena de hospitais, entre SUS e convênios. No entanto, foi aqui em Rio Preto, no HCM, que senti dignidade, respeito E profissionais éticos, etc. mesmo sendo atendido pelo SUS, temos nível de Albert Einstein. Ótimo atendimento, desde o controlador de acesso até chegar ao cirurgião chefe, todo atendimento foi perfeito dentro de cada profissional. Gostaria que 10% dos hospitais fossem assim. Obrigado à administração e parabéns.” Obrigada! Luiz Diniz

Gostaria de deixar meus agradecimentos para toda equipe de enfermagem e colaboradores do setor. Recebi um atendimento qualificado e todos foram muito atenciosos. Que Deus abençoe e ilumine a todos esses ‘anjos sem asa’. Obrigado pelo atendimento. Rafael dos Santos Ferreira

“Não tenho o que reclamar; são ótimos em tudo, perfeitos. Estou a tratar da minha filha, desde o nascimento dela, há onze anos e só tenho a agradecer! A Deus, primeiramente, por tudo de bom que Ele me deu e ao HCM por existir em nossas vidas. Meu muito obrigada e gratidão a todos!” Thaina Gazige Hernandes

“Meu nome é Tatiane, sou mãe do Enzo. O atendimento médico do HCM é excelente, sempre superando todas as expectativas, com carinho, atenção e cuidado. Surpreendemo-nos completamente com todos os enfermeiros que atenderam meu filho, no período da manhã, tarde e noite, estão de parabéns! Transmito nosso carinho e eterno agradecimento a eles!” Enzo Henrique Cruz de Godoy

“Agradeço a Deus e a toda a equipe da Neurocirurgia, ‘meus anjos da guarda’, pelo trabalho maravilhoso que fizeram no atendimento à minha filha, Sabrina. Vocês estão em nossas orações, assim como todos do Hospital de Base. Muito obrigada!” Roseli Aparecida Bercelli – Fernandópolis, SP

“O HCM é ótimo! Foi nele que salvaram a vida do meu filho, que nasceu prematuro e teve complicações no intestino. Sou muito grato a toda a equipe médica e a equipe de enfermagem.” Arthur Poucaterra Cardoso Neves – Bady Bassit, SP


Revista Funfarme

INFLUENZA O QUE É? A Influenza é uma doença infecciosa aguda que acomete o sistema respiratório, podendo levar a complicações graves e ao óbito, sendo causada pelos vírus Influenza A, B e C. Os vírus Influenza A (subtipos H1N1 e H3N2) e Influenza B circulam atualmente em humanos. QUAL O MODO DE TRANSMISSÃO? Secreções respiratórias eliminadas ao falar, tossir e espirrar atuam como fontes de transmissão, após inalação de gotículas contaminadas ou ainda após contato com superfícies contaminadas levando o agente infeccioso direto a boca, olhos e nariz através das mãos. COMO PREVENIR? A principal intervenção preventiva para este agravo é a vacinação, sendo também importante a higienização frequente das mãos com água e sabão ou álcool gel. A Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza acontece entre os dias 10 de abril e 19 de maio de 2017. Composição da vacina: A/Michigan/45/2015 (H1N1)pdm09; A/Hong Kong/4801/2014 (H3N2); B/ Brisbane/60/2008. Os casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) são de notificação compulsória. Considera-se caso suspeito de SRAG: indivíduo de qualquer idade internado com Síndrome Gripal (SG) - caracterizada por febre acompanhada de tosse ou dor de garganta e pelo menos um dos seguintes sintomas: cefaleia, mialgia ou artralgia - E que apresente dispneia OU saturação de O2 < 95% OU desconforto respiratório.

Doenças e Agravos de Notificação Compulsória (DNC), notificadas no NHE/HB/FUNFARME no período de janeiro a março de 2017.

Referências: 1. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Informe Técnico 19ª Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza 2017. Disponível em: http://pni.datasus.gov.br/sipni/03%2003%202017%20Informe_Cp_Influenza%20_%20 final.pdf Acesso em 12/04/2017. 2. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Informe Epidemiológico Influenza: Monitoramento até a SE 13 de 2017. Disponível em: http://portalarquivos.saude.gov.br/images/pdf/2017/abril/13/Informe-EpidemiologicoInfluenza-2017-SE13 Acesso em 17/04/2017.

COMO ESTÁ A INFLUENZA ATUALMENTE? Nos três primeiros meses de 2017 foram notificados 2.926 casos SRAG no Brasil. As unidades sentinelas de SG identificaram 846 amostras positivas para vírus respiratórios, das quais 528 (62,0%) foram positivos para influenza. A região Sudeste apresenta a maior quantidade de amostras positivas, com destaque para a maior circulação de Influenza A (H3N2). Brasil

Semana Epidemiológica

Fone: SIVEP - Gripe. Dados atualizados em 3/4/2017, sujeito alterção

Figura 1. Distribuição dos vírus respiratórios identificados nas unidades sentinelas de Síndrome Gripal, por semana epidemiológica de inícios dos sintomas. Brasil, janeiro a março de 2017.

Fonte: SINANnet-SINANweb-FIN-FII-NHE/HB/HCM/FUNFARME **Dados provisórios, investigações em andamento, levantamento até dia 10/01/2017. Not.(notificados) Conf. (confirmados). Dengue e influenza até 18/04/2017

Doenças de Notificação Compulsória! - NOTIFIQUE NHE/FUNFARME - Ramais do NHE/HB – 1380 e 1837. Segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30. www.hospitaldebase.com.br/nhe À noite, nos finais de semana e feriados, o telefone do plantão da Vigilância Epidemiológica do município de São José do Rio Preto é (17) 3227-8814. Funfarme Notícias - Maio - 2017 19


Revista Funfarme

ESPAÇO

A ASFF preparou para você, associado, uma programação especial. Confira, planeje-se e não fique de fora!

CONVÊNIOS

No dia 15 de julho, a partir do meio-dia, no Clube da ASFF, o colaborador poderá desfrutar de uma deliciosa feijoada. O convite custa 35 reais (não inclui bebida e o consumo da comida será permitido apenas no clube) e é adquirido na Secretaria da Associação e/ou com membros de sua Diretoria.

A ASFF firmou convênio com as seguintes instituições: Farmácias de Manipulação: • Certa (Centro): 2136.6999 • Certa (Redentora): 3231.7766 • Botica ARTESANAL: 3233.0631 • Botica VERDE: 3235.2397 Farmácia Veterinária: • Botica ANIMAL: 3214.0711 Centros Automotivos: • AJatoCar Service: 3225.1594 • BugaCar : 3512.6370 • FortyCar: 3305.7003 Autoescola: • Objetiva - Rua Coronel Spinola Castro, 3295.3231/9155 Consultório Odontológico: • Dr. Francisco: 3363.8330 Restaurante: • Casa de Portugal: 3301.0471 Supermercados: • Porecatu: (antigas lojas do Tome Leve)

Comunicado ASFF Para os associados que possuem o Plano HB-Saúde 006, o reajuste anual será de 13,55%, a partir de julho de 2017.

Não vão faltar alegria e diversão para as crianças nestas férias! Todo filho de colaborador, com idade entre 6 e 12 anos, pode participar da nossa 1ª Colônia de Férias, dia 29 de julho. Fique atento! A inscrição vai até 20 de julho e custa 5 reais por criança. Participe! Consultas e sessões: R$ 20,39 (a partir de julho).

20 Funfarme Notícias - Maio - 2017

Revista hb maio 2017  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you