Page 1

FUNFARME n

o

t

Ano XII / Nº 145 - Janeiro - 2014

í

c

i

Funfarme assume a administração de UPA em Taquaritinga Páginas 3 e 4

HB concede mais de 70 bolsas de estudos a seus funcionários Página 5

a

s


Funfarme

Editorial

Novidades em 2014 O Brasil passa por um momento em que a população pede mais educação de qualidade, segurança e saúde. São bandeiras legítimas e é inquestionável a necessidade de melhores nestes setores, mas não há dúvidas de que saúde esteja à frente dos demais. A qualidade do serviço de saúde prestado é o desejo de toda a comunidade. E deste desejo de oferecer serviço de qualidade, surgiu a parceria da Funfarme com a Prefeitura de Taquaritinga, que destinou à nossa fundação a responsabilidade de gerenciar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade parceira, aplicando ali nosso modelo de gestão. Modelo que exige atendimento com qualidade e humanização desde a chegada de um cliente até a sua alta, passando por todos os setores e equipes. A missão da Funfarme é levar saúde de qualidade alinhada às necessidades da comunidade.

Outra novidade é em relação à nossa revista interna que, a partir desta edição. passa a ser chamada de Funfarme Notícias, englobando todo o complexo de nossa instituição, composta pela Faculdade de Medicina (FAMERP), Hospital de Base, Ambulatório e Instituto do Câncer, Hospital da Criança e Maternidade, Hemocentro e Instituto de Reabilitação Lucy Montoro. Nesta edição também tivemos a oportunidade de mostrar um pouco das nossas obras que estão em andamento para proporcionar melhor atendimento aos nossos usuários e melhores condições de trabalho para nossos colaboradores. Abordamos também as bolsas de estudos deste ano, que ultrapassam a marca de 70 contemplados, além de investimentos, inovações e um balanço de 2013. O ano de 2014 está só começando, muitas novidades vêm por ai!

Diretorias do Complexo Funfarme/Famerp

Sumário UPA de Taquaritinga é administrada pela Funfarme

03 e 04

HB tem nova comissão de ética de enfermagem

12

Transplantes: HB realiza 199 deles em 2013

17

Perfis: conheça um pouco mais sobre nossos funcionários

18

Meu Setor: saiba mais sobre a Agência Transfusional

19

NHE: sua colaboração é fundamental

20

Funfarme oferece Bolsas de Estudo a funcionários

05

Novo Raios X do HCM atrai representantes do Sírio-Libanês

13

Conheça as obras de melhorias da Funfarme

06 a 08

Laboratório de Patologia adquire 16 novos aparelhos

14 e 15

Retrospectiva: reveja os destaques de 2013

09 a 11

Acervo da Biblioteca do HB tem novos livros

16

Expediente Informativo da Fundação Faculdade Regional de Medicina (Funfarme) Ano XII/ Nº 145 - Janeiro - 2014 • Diretor Executivo da Funfarme: Dr. Horácio José Ramalho • Vice-Diretor Executivo Funfarme: Dr. José Luís E. Francisco • Coordenador de RH e DP: Dr. Paulo Nakaoski • Diretor Administrativo do HB: Dr. Jorge Fares • Vice-Diretora Administrativa do HB:

2

Funfarme Notícias - Janeiro 2014

Dra. Amália Tieco R. Sabbag • Diretor Clínico: Dr. João Fernando Picollo de Oliveira • Vice-Diretor Clínico: Dr. William José Duca • Diretor Técnico: Dr. Paulo Nogueira • Vice-Diretor Técnico: Dr. Maurício de Nassau Machado • Diretor do Hemocentro: Dr. Octávio Ricci Júnior • Diretor do Ambulatório: Dr. Aldenis Borim • Diretora do Lucy Montoro: Dra. Regina Chueire

• Diretoria de Transição do HCM: Dr. Antônio Carlos Tonelli Gusson e Dra. Eloísa Galão Produção Editorial: Intermídia Publicações Telefone: 17 3353-2083 Jornalista responsável: MTB 24.527 Jornalista: Fernanda Martinazzi Estagiária: Juliana Elias Diagramação: Roger Goulart Impressão: Fotogravura Rio Preto Tiragem: 2000 exemplares


Funfarme

Equipes de profissionais da saúde e do administrativo da Unidade reunidas; UPA funciona 24 horas

Funfarme passa a administrar a UPA de Taquaritinga A Funfarme iniciou, em janeiro, a gestão e manutenção da UPA 24 horas (unidade de pronto atendimento) do município de Taquaritinga, graças a convênio firmado com a Prefeitura local. No dia 18, a UPA foi inaugurada e a parceria com a Funfarme é fundamental para que a unidade ofereça atendimento de qualidade, em ambiente organizado. Quatro dias antes da inauguração, a UPA já havia iniciado suas atividades, oferecendo à população atendimento de média e alta complexidade na urgência e emergência para os cerca de 80 mil habitantes dos municípios de Taquaritinga, Cândido Rodrigues e Santa Ernestina. A UPA funciona 24 horas por dia e conta com 130

profissionais das áreas de Saúde, administrativa e de apoio, trabalhando em turnos. São 23 médicos (17 clínicos gerais e 6 pediatras) e 47 profissionais de outras áreas da Saúde, entre enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem, farmacêuticos, assistentes sociais, técnicos em radiologia e em engessamento. Além dos clínicos e pediatras, a Secretaria Municipal de Saúde disponibiliza médicos de outras especialidades em plantão alcançável 24 horas por dia para serem acionados imediatamente quando necessário. Em seus 1.500 metros quadrados, a unidade conta com consultórios médicos, laboratório e sala de raios X. Os atendimentos de maior complexidade são encaminhados à Santa Casa de Taquaritinga.

Funfarme Notícias - Janeiro 2014

3


Funfarme

Para refletir

Dia 5 de fevereiro: um viva à mamografia! Padilha, as autoridades locais e membros da diretoria da Funfarme juntam-se em abraço para foto

“Sabemos como a Funfarme é bem administrada e o alto nível de seus médicos e professores, portanto, temos certeza de que, com a parceria deles, estamos oferecendo Saúde de qualidade à população.” Dr. Fulvio Zuppani, prefeito de Taquaritinga

Alexandre Padilha, ladeado pelo vice-prefeito, Antonio C. Dib Jorge, a secretária de Saúde de Taquaritinga, Fátima Balsani Caetano, Dr. Horácio Ramalho e o prefeito Dr. FulvioZuppani

“É um desafio e também compromisso da Fufarme levar a prestação de serviço de saúde com qualidade, não só na medicina, mas em todas as áreas, desde a chegada do paciente à unidade até a sua alta.Este novo desafio faz parte de um projeto de expansão da fundação, que pretende levar nossa maneira de administrar para outras instituições de saúde do Estado.” Dr. Horácio José Ramalho, diretor executivo da Funfarme

O câncer de mama é um mal cada vez mais curável, e muito disso se deve à mamografia. Por isso ela precisa ser reconhecida e comemorada neste dia 5 de fevereiro! Se hoje conseguimos cirurgias menos agressivas, com resultados oncológicos e estéticos melhores, isto é também fruto do rastreamento mamográfico. A controvérsia sobre iniciarmos com ela aos 40 anos ou aos 50, não reduz o seu brilho, nem sua importância no cenário desta doença. No Brasil, onde a expectativa é de mais de 57.000 novos casos em 2014, e onde ainda não conseguimos sair do rastreamento oportunístico para o rastreamento de fato, é fundamental lembrarmos dela. A Comissão de Mamografia do CBR está empenhada não apenas em ampliarmos o horizonte para tantas mulheres que ainda não tem acesso ao rastreamento mamográfico, mas também em melhorarmos efetivamente a qualidade dos exames oferecidos pelos 4.500 mamógrafos irregularmente distribuídos em todas as regiões brasileiras. Avançamos bastante com este programa de qualidade, mas ainda nos resta muito a ser feito. No horizonte do câncer de mama, contudo, está a redução da mortalidade, que já está presente nos países com rastreamento bem feito já há muitos anos. Um azul celeste da esperança... Não, nós não queremos assumir o azul como a cor para o rastreamento do câncer de mama! É que o azul representa algo de positivo no horizonte. O rosa é a delicadeza e a feminilidade, e este continua nosso... Viva a mamografia!

Dr. José Luis Esteves – Sociedade Brasileira de Mastologia (Regional São Paulo) Dra. Linei Urban – Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem Dr. Paulo Mauricio Soares Pereira – Pres. Da Comissão de Mastologia - Febrasgo Esta coluna dedica-se a ideias e informações que nos tornem pessoas e profissionais melhores. Para participar, envie e-mail a imprensa@hospitaldebase.com.br e imprensa2@hospitaldebase.com.br. 4

Funfarme Notícias - Janeiro 2014


Funfarme

Colaboradores da Funfarme são contemplados com

bolsas de estudos

Pensando na qualificação profissional de seus colaboradores, a Funfarme/HB contemplou mais de 70 funcionários com bolsas de estudos integrais e parciais, de ensinos técnico, superior e pós-graduação. De acordo com Rosana Carrara, auxiliar do setor de Recursos Humanos, foram 199 inscritos no processo seletivo, que contou com duas etapas. Na primeira, foi realizada uma análise funcional do prontuário do colaborador. Na segunda fase, os considerados aptos passaram por um sorteio, no qual foram escolhidos os contemplados. No total, foram ofertadas 42 bolsas de graduação, 5 bolsas de pós-graduação e 20 bolsas de ensino técnico. Para o diretor executivo da instituição, Dr. Horácio José Ramalho, esta é uma responsabilidade social que beneficia além do colaborador, a própria instituição e toda a comunidade, já que o conhecimento adquirido proporciona uma melhora na qualidade do serviço prestado. Equipe que realizou o sorteio

“Os descontos nas mensalidades são ofertados através de parceria, pelas faculdades e escolas técnicas Faceres, Unilago, Unip, Unirp, Ana Nery, Tecmed e Uniterp, de Rio Preto à Fundação. Em contrapartida, a Funfarme oferece vagas de estágios para estudantes destas instituições.” Dr. Jorge Fares

Bolsista

Há 4 anos na Funfarme, o auxiliar administrativo, Luiz Henrique de Freitas Barbosa, foi um dos que ganhou uma bolsa de 40%, no curso de Ciências Contábeis. “Hoje atuo meio período no setor financeiro, o que me influenciou na hora de optar por esta carreira. Vou poder aplicar no trabalho tudo o que aprender na graduação. Conseguirei economizar bastante com esta ajuda e assim ficará mais fácil de obter o diploma de ensino superior”.

Funcionários contemplados com bolsas de estudos Ensino técnico

Claudemir Marra Rosangela Inácio Soares Katia Fernanda Princepi Simone de Oliveira Carvalho Adão Dionisio Paulino André Bercelino Maria de Fatima Bongarti Natalia Machado Badan Sirlene Ap. dos Santos Idalina Falavinha da Silveira Maria Aparecida Martins Marina Apda Garcia Marcio Martins Marta Lucia Antonio Bonfim Oliveira Vanessa Velani Hávila Deile Custódio Pedro Domingos da Silva Tatiana Da Silva Fonseca Elian Da Silva Bassan Lilian Cassia Evangelista Daiana Regina Ribeiro Danielle Ap. Prado Ramos

Sandra Assis Neves de Oliveira Marilene A. de Souza Carneiro Aparecida C. de Q. Barbosa Maria Claudia Alves Silva Alessandra R. Cavalcante Jessica da Silva Cruz Oliveira Andreia de O. P. Appolinário Sandra Pereira da Silva Orlanda Teodoro dos Santos Julia Moreira Nonato Daniela Siqueira Martins Alessandra Ferreira S. Pedrozo Edneide Cassiano S. Rodrigues Diego H. dos Santos da Silva Cicera Aparecida Ferreira Karina Silverio Rodrigues Cleusa de Oliveira Gislaine Ap. da Silva Velani Sandra Aparecida de Souza Gustavo Altino Alves de Melo Simone Ap. Juliano Straioto Mirian Lais M. Evangelista Gustavo H. Xavier Romano Elaine Cristina Gonçalves

Franciele Borges dos Santos Wellington Vinicius Cardoso

Ensino superior e pós-graduação

Paula Marcia C. Basso Sofiati Ana Paula Perpetua Ferreira Francine P. Araujo Rodrigues Romualdo Miranda Martines Luciria Helias da Costa Rogério Carlos Rangel Marcos Custódio Sandra Tereza dos Santos Camila de Oliveira Luciana Ap. V. da Silva Luci Nari Zorzin Marcon Silvia Terezinha Angelo Vera Lucia Pereira Straus Jussara Fidelis Martines Andreia Regina Alves Peterson Santos Lucilene de Fatima Riviera Vonino Coelho da Silva Tarcisio da Silva Zagui

Paulino Vamil Eugenio Maira Cerute M. de Azevedo Ester Graziele Bortoloti Sabrina Nunes da Silva Rocha Luiz H. de Freitas Barbosa Gabriel de Araujo Pereira Diego Cardozo Rodrigo Junio Ruiz Victor Daddario Maria Gorete Octaviano Curti Ricardo Alexandre Ferreira Liliane Gomes de Oliveira José Antonio Ribeiro Junior Mateus Beato Ribeiro Marilu Fidelis Furlan Rodrigo Caval Moretti Maria Alice Pazin Natanael B. da Silva Araujo Melque Suelen Matias Francine M. de C. Marques Ana L. de B. Martineli Fernandes Marciel Salustiano da Silva Helena de Souza Cunha Ednaide Carvalho da Silva Funfarme Notícias - Janeiro 2014

5


Funfarme

Melhorias na Funfarme A Fundação está ampliando e reformando diversos espaços. O investimento é para melhor atender os pacientes e dar condições de trabalho ainda mais confortáveis e modernas aos seus colaboradores. No total, são 16 diferentes obras, somando quase 18 mil m² de área em reforma ou construção. Conheça cada uma delas.

Central de Materiais Esterilizados

Lavanderia

Área total da reforma: 823 m²

Área de reforma e construção: 755 m²

A área de esterilização do material hospitalar fica no segundo andar do Hospital de Base. O setor passa também por reformas e ampliação. O trabalho foi otimizado com a aquisição de novos aparelhos.

A seção ganhou sete máquinas de lavar, sete secadoras e três calandras (equipamento para passar roupas). O espaço interno do setor foi reestruturado e conta com novo vestiário e uma nova copa. O ambiente contará com aparelhos que vão melhorar o conforto térmico. Os equipamentos serão instalados ainda este ano.

UTI do 7º andar Área da reforma: 700 m²

Este ano de 2014, o Hospital de Base irá ganhar mais 17 leitos de UTI. No 7º andar do HB foi construída uma nova UTI para atender a demanda de pacientes sob os cuidados Intensivos.

Raios X Área de reforma: 218 m²

As quatro salas do Subsolo do HB, reservadas para realização do exame por Raios X, foram completamente reformadas.

Ampliação do Centro Cirúrgico Área total de reforma e construção: 3019,3m²

Call Center

Área total da reforma: 326 m²

O setor de telefonia e PABX terá um amplo e exclusivo espaço. A área será transferida para o 7º pavimento do Hospital de Base.

6

Funfarme Notícias - Janeiro 2014

O local já teve 12 salas de procedimentos reformadas. Recentemente, o setor foi ampliado e além de dois novos espaços para realização de operações, uma ala de recuperação pós-cirúrgicas também foi entregue.


Funfarme

Melhorias na Funfarme Transplante de Medula Óssea (TMO) Área total da reforma: 426 m²

O setor passou por reformas e agora, em 2014, abrirá novamente suas portas. Totalmente revitalizada, a unidade agora está instalada no 6º andar do Hospital de Base (Bloco B) e conta com a modernidade do filtro de ar Hepa e isolamento dos quartos.

Geradores do Ambulatório Área de construção: 26 m²

Por uma questão de logística e com o intuito de melhor servir os pacientes, o Ambulatório de Especialidade do HB terá seus próprios geradores de energia, instalados no local. Com isso, a energia de emergência do local será abastecida exclusivamente por seus próprios aparelhos.

Cozinha e Refeitório Área total de construção: 3474 m²

Pensando no bem estar de seus colaboradores, a Funfarme investiu em um novo e amplo espaço, no Térreo da construção, que abrigará a cozinha e o refeitório da instituição e oferecerá 240 lugares para as refeições. O prédio fica entre o almoxarifado e a Lavanderia

Medicina Nuclear

Área construída e reformada: 100m²

Foi acrescida mais uma sala ao setor, além da aquisição de um novo aparelho. Com essas medidas, será possível dobrar o número de atendimentos realizados no local.

Bloco de Diagnósticos por Imagem Área total de construção: 3500m²

Localizado atrás dos prédios do Hospital de Base, a nova instalação será interligada ao Bloco B por passarelas e rampas de acesso e terá sete andares, mais o subsolo. O “Bloco C” abrigará o Centro de Diagnósticos por Imagem, a Químio e a Radioterapia da Funfarme.

Funfarme Notícias - Janeiro 2014

7


Funfarme

Melhorias na Funfarme

Ampliação do Ambulatório de Especialidades Área total de reformas: 1006 m²

Endoscopia Área total da reforma: 521 m²

Parte da ala de Endoscopia foi inaugurada este ano. Novo mobiliário e estruturas foram empregados no setor. Já foram entregues quatro consultórios para a realização de exames e duas novas salas de esperas. Até o fim das obras, serão entregues mais cinco novas salas de procedimentos. O setor fica no piso térreo do HB.

O Ambulatório de Especialidade ganhará 27 novos consultórios para as especialidades de Dermatologia, Nefrologia, Cardiologia e Psiquiatria. Também terá espaço para aulas e procedimentos. Além disso, a Fisioterapia terá um ginásio de atividades e salas de atendimento. O antigo Instituto dos Cegos, ao lado da instituição, foi aproveitado para as novas instalações.

Ortopedia do Ambulatório Área de reforma: 736 m²

O setor de Ortopedia do Ambulatório de Especialidades ganhou novas salas. Além disso, a sala de espera será expandida.

Ampliação do Instituto do Câncer de Rio Preto

Almoxarifado da Famerp

Área total da ampliação: 1125 m²

Área de construção: 107 m²

Um galpão para armazenagem de materiais provindos da Faculdade de Medicina de Rio Preto está sendo construído atrás da instituição. Com o Almoxarifado, será possível guardar um volume maior de mercadorias e estoque, de forma logística mais eficaz.

8

Funfarme Notícias - Janeiro 2014

Com a nova construção anexada ao já existente prédio do ICA, será possível atender com mais conforto aos pacientes oncológicos do Instituto. A área terá 25 consultórios novos, três salas de procedimentos, uma de Terapia Ocupacional, uma dedicada ao Serviço Social, outra para a psicologia, uma para os voluntários da AVOHB e duas para reuniões. Além disso, serão disponibilizados 236 lugares na nova Sala de Espera.


Hospital de Base

Retrospectiva 2013

Veja o que foi destaque no HB, ano passado Janeiro

Fevereiro

• Doação de múltiplos órgãos cresce 45% na região. Número da captação de córneas cresce e chega a 170 doadores em 2012. • Instituto Lucy Montoro supera expectativas e realiza mais de 1.600 atendimentos a mais no ano de 2012.

Abril

• Diretorias da Funfarme, Hospital de Base e Famerp são reeleitas por mais 4 anos. • Funfarme ganha novas instalações e equipamentos no Ambulatório de Especialidades, no Centro Cirúrgico e um espaço para nova UTI.

• No dia 1º de fevereiro são inauguradas as novas instalações da Unidade de Radiologia Vascular e Hemodinâmica do HB/Funfarme. O setor adquiriu dois angiógrafos digitais, que auxiliarão em diversos exames vasculares, cardiológicos, neurológicos e de eletrofisiologia.

Março

No dia 4 de março, a Funfarme inaugura e disponibiliza o acesso à internet sem fio (WiFi). A nova rede beneficia todos os funcionários da instituição, internados e acompanhantes, facilitando a atividade diária dos colaboradores e oferecendo entretenimento aos pacientes.

Funfarme Notícias - Janeiro 2014

9


Hospital de Base

Retrosp Maio

• Setor financeiro passa por obras de ampliação e é inaugurado no dia 10 de maio. A equipe da área conta com 25 colaboradores e uma nova forma de gestão que integra as finanças aos recursos e contabilidade de controladoria. • Delegação chinesa e representantes da Children’s HeartLink visitam, em dias diferente, o HB e se impressionam com a estrutura e o trabalho desenvolvidos pelo Hospital.

Dezembro

• Festa de confraternização fecha o ano em grande estilo. A reunião aconteceu no dia 7, em novo salão e com a presença de autoridades como dos Deputados Eleuses Paiva e Orlando Bolçone e integrantes dos Conselho Municipal e Nacional de Saúde. Além disso, a Profª Lúcia Beccaria representou a Famerp e diversos voluntários da AVOHB também prestigiaram a festa.

10

Funfarme Notícias - Janeiro 2014

Junho

• O Hemocentro de Rio Preto confirma a excelênc lidade dos serviços prestados ganhando a certific 9001.

Novembro

• Hospital da Criança e Maternidade de Rio Preto começa a funcionar após transferência da ala pediátrica do Hospital de Base para nova instituição, em uma mega operação inédita no país. • Biblioteca do HB completa 1 ano e, em comemoração, presenteia os três maiores leitores da Funfarme.


Hospital de Base

pectiva 2013 Julho

cia e quacação ISO

• O Instituto Lucy Montoro completa dois anos de atividade e fecha o ano superando expectativas. Além disso, foi a primeira Unidade do interior paulista a receber dois aparelhos de robótca InMotion, que ajudam no tratamento de reabilitação do paciente. • A um mês de comemorar dois anos de funcionamento, o Centro Integrado de Pesquisas (CIP) faz dobrar o número de pesquisas realizadas na Funfarme.

Outubro

• No dia 11 do mês, Funfarme inaugura Hospital da Criança e Maternidade com a presença de senador, deputados federais , do secretário estadual de Saúde, Davi Uip, e do governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin. • Lucy Montoro e HB promovem programação especial para a criançada no mês delas. Teve até a presença do escritor Jonas Ribeiro, que encantou as crianças com seu baú de histórias.

Agosto

• Senador Aloysio Nunes traz verbas para os departamentos de tecnologia, ensino e pesquisa da Famerp e o Secretário de Estado, Rodrigo Garcia, anuncia aumento no número de vagas no curso de medicina e outros investimentos. • No mês da Humanização, grupo de trabalho específico da área (GTH) promove diversas atrações musicais com o intuito de aproximar funcionários, pacientes e acompanhantes.

Setembro

• Funfarme/Famerp recebe representantes dos Ministérios da Saúde e da Educação para recredenciamento do HB como Hospital Escola e recertificação das Residências. • Entre o 1º e o dia 4 de outubro o HB/Funfarme aderiu ao Outubro Rosa, grande campanha de combate ao câncer de mama, e promoveu diversas ações de prevenção e conscientização com seus funcionários e com a comunidade.

Funfarme Notícias - Janeiro 2014

11


Funfarme

Comissão de ética de enfermagem do HB assume mandato 2014/2016 Os integrantes da Comissão de Ética de enfermagem do Hospital de Base, composta por 14 membros, assumiram o mandato 2014/2016, nodia 24 de janeiro, atendendo à Resolução Coren 172/1994. As comissões são órgãos representativos dos Conselhos Regionais, junto às instituições de saúde, com funções educativas, consultivas e fiscalizadoras do exercício profissional e ético dos colaboradores de enfermagem. “Sua finalidade é garantir e zelar as condutas e exercícios éticos dos profissionais de Enfermagem na instituição, combatendo a conduta ilegal da profissão, educando, discutindo e divulgando o Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem e notificar ao Coren e sua jurisdição, irregularidades, reivindicações, sugestões e infrações éticas”, explica a gerente de enfermagem, Edna Castro.

COMISSÃO DE ÉTICA DE ENFERMAGEM 2014/2016

HB é habilitado como Centro de Tratamento da má Formação Labiopalatal Após 20 anos de luta, a Funfarme foi habilitada pelo Ministério da Saúde a realizar tratamento de má formação labiopalatal, para o qual serão destinados recursos anuais no total de R$ 552 mil. O credenciamento foi assinado no início de janeiro e a previsão é que o serviço comece a funcionar em março, quando serão concluídas as obras de adequação da estrutura física no Ambulatório Geral de Especialidades do Hospital de Base. O HB está capacitado, com equipes multiprofissionais e multidisciplinares, para prestar atendimento a todos os pacientes de Rio Preto e os outros 100 municípios das DRSs, inclusive pacientes que têm quadros graves da doença. 12

Funfarme Notícias - Janeiro 2014


Hospital da Criança e Maternidade

Representantes do Hospital Sírio-Libanês visitam Funfarme para conhecer moderno aparelho de raios X Representantes do Hospital Sírio Libanês, de São Paulo, visitaram a Funfarme para conhecerem o novo aparelho de raios-x móvel digital, adquirido recentemente pela instituição, e o primeiro a ser instalado no Brasil. Karina Casteliano, supervisora de radiologia e mais dois técnicos da unidade paulista estiveram no Hospital da Criança e maternidade, local onde o aparelho está sendo utilizado, no dia 20 de janeiro, para conhecer de perto a tecnologia oferecida pela Fundação. “Fiquei surpresa com a estrutura do hospital. É muito bom saber que instituições como esta, do interior do estado, investem em alta tecnologia, favorecendo a população”, fala Karina. O equipamento, um dos mais modernos do mundo e com tecnologia 100% digital, exibe o resultado do exame em sua tela em tempo real. O médico também tem a opção de acessar a imagem na sua sala de atendimento, através de wifi ou via rede, adiantando assim, o diagnóstico do paciente. “Além de ser um aparelho digital, o que possibilita o diagnóstico rápido e preciso, ele também é móvel, permitindo que os exames sejam realizados nos leitos de cada paciente, principalmente na UTI”, ressalta o Dr. Antônio Soares, coordenador do serviço de

imagens da Funfarme. Rafael Leite, especialista em aplicação, esteve na instituição por dois dias, explicando sobre o funcionamento do aparelho. O profissional esclarece que a radiação emitida é menor do que a dos raios-x convencionais. “O equipamento possui uma colimação, que torna possível adaptar a quantidade de radiação emitida, sendo assim, o técnico em radiologia vai ponderar a radioatividade de acordo com a necessidade de cada exame, expondo menos o paciente”, pontua.

Agradecimentos “Venho através desta, externar meus agradecimentos aos profissionais (recepcionistas, enfermeiras e médicas) pelo atendimento a minha pessoa. No dia 5 de janeiro, por volta das 14 horas, após sentir fortes dores no peito, eu fui levada ao hospital pelo meu marido, sendo atendida de pronto na área de convênios, onde realizaram vários exames. Aliado ao atendimento e procedimentos médicos, gostaria de deixar registrada a forma que fui atendida: me trataram com muito respeito e carinho. Sem dúvidas isso foi crucial para aquele momento tão crítico que estava passando. Parabéns pela equipe que está a frente da emergência do hospital de base, que Deus abençoe a todos. A forma e postura dos profissionais que estavam trabalhando mostra que temos brasileiros(as) imbuídos em ajudar o próximo, se dedicar a salvar vidas. Novamente parabéns.”

“Minha esposa, Maria Eva Ferreira Biller, esteve internada no Hospital de Base, no dia 07.11.2013, aos cuidados de médicos, enfermeiros, técnicos e fisioterapeutas. Os profissionais travaram uma batalha intensa pela sua vida durante 76 dias, que foi interrompida no dia 21.01.2014, pela vontade de Deus. Apesar de todo sofrimento e dor, somos gratos a todos que de alguma maneira participaram desta luta. Agradecemos a Equipe do Pronto Atendimento (PA), a toda a equipe da Neurocirurgia, da UTI Geral, da Semi-Intensiva, de psicólogos e assistentes sociais, ao pessoal do Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) e a diretoria administrativa. Que Deus abençoe a todos pelo carinho, dedicação e respeito a minha esposa e família.”

Eliana Cristina da Silva Souza São José do Rio Preto-SP

Silvio Henrique Biller, Karina, Kerllon e Kelly - Votuporanga-SP Funfarme Notícias - Janeiro 2014

13


Hospital de Base

Funfarme investe em novos equipam O laboratório de patologia da Funfarme foi equipado com 16 novos aparelhos de última geração. “As novas aquisições facilitam o trabalho do profissional, possibilitando um diagnóstico mais rápido ao paciente”, explica Dr. Dalisio de Santi Neto, médico responsável pelo laboratório.

16 novos aparelhos Impressora de cassete Antes As informações da biópsia eram colocadas manualmente pelos técnicos no material de biopsia coletado.

Etiquetadora Após a montagem da lâmina, os dados do paciente são colocados no material.

Antes

Agora

Os técnicos registravam os dados do paciente na lâmina com uma caneta.

Com a aquisição, o aparelho, de tecnologia digital, imprime o número de registro da nos chamados cassetes, local onde são armazenados os tecidos captados dos pacientes durante o procedimento cirúrgico.

Agora A etiquetadora imprime os dados do paciente na lâmina.

Processador de tecidos O “Processador de Tecidos” é responsável por preparar o material da biópsia. O novo equipamento tem tecnologia digital, ele proporciona que o técnico acompanhe, através dos detalhes que aparecem na tela, a preparação do material de biopsia.

Agora

14

Funfarme Notícias - Janeiro 2014

Antes

Mais de R$ 596 mil Investidos


Hospital de Base

mentos para laboratório de patologia “As novas aquisições automatizam o processo, tornando o trabalho do profissional do laboratório mais rápido e o diagnóstico mais preciso, otimizando os serviços ofertados pela instituição.” Dr. Horácio Ramalho, diretor executivo da Funfarme

“Foi realizada uma pesquisa na área, em conjunto com o laboratório de patologia, para identificar as últimas tecnologias em equipamentos.” Rodrigo Plazas, engenheiro clínico da Funfarme

Micrótomo Após ser preparado pelo “Processador de Tecidos”, o material é encaminhado para o micrótomo, que realiza os cortes. Dois aparelhos foram adquiridos.

Agora

Antes

O setor contava com apenas 3 micrótomos para realizar o corte do material.

Com a aquisição de dois aparelhos, o laboratório de patologia conta agora com uma gama de cinco micrótomos.

Microscópio Com o equipamento, o médico patologista analisa o material final para dar o diagnóstico ao paciente.

Antes O médico patologista analisava o material nos antigos microscópios que não forneciam muita tecnologia.

Criostato – micrótomo de congelação A máquina de criostato realiza o congelamento do material de biópsia, coletado a fresco durante procedimento cirúrgico. O equipamento permite ao médico dar o diagnóstico imediato ao paciente. O antigo aparelho irá passar por uma manutenção e após isso será encaminhado ao setor de Serviço de Verificação de Óbito da Funfarme.

Antes

Agora

Coradora e montadora de lâmina Antes A lâmina passava por uma bateria de coloração manual, realizada pelos técnicos. Eles mergulhavam o material da biopsia nos produtos químicos para chegar ao resultado final e após isso eles colavam uma lamínula na lâmina para fixar o material da biopsia.

Agora

Agora O grande diferencial dos novos microscópios é a alta tecnologia oferecida. Com uma câmera embutida, os aparelhos possibilitam que os médicos visualizem o material da biopsia na tela do computador, auxiliando em um diagnóstico mais preciso.

O material, já preparado e cortado, passa pela “Coradora e Montadora de Lâminas”. A máquina realiza todo o procedimento de coloração necessária e finaliza o processo com a colocação da lamínula. Funfarme Notícias - Janeiro 2014

15


Hospital de Base

Biblioteca do HB ganha

S O R V I L S O V NO

Aos amantes da leitura, uma boa notícia: a Funfarme adquiriu, no início do mês, 43 novos livros para compor o acervo da Biblioteca Dr. José Paulo Cipullo, do HB. Os temas dos exemplares variam de política e economia à romance e ficção. A lista, com os pedidos, foi desenvolvida pela responsável pela biblioteca, Jaqueline Batista da Silva, que priorizou os livros mais procurados pelos funcionários e os títulos que ainda não faziam parte do acervo da biblioteca. Lucilene de Freitas Rodrigues, auxiliar administrativa do Hospital da Criança e Maternidade, foi uma das primeiras funcionárias a retirar um dos novos exemplares. “Tinha procurado pela coleção ‘A maldição do tigre’ por indicação de uma colega de trabalho. À época, os livros ainda não faziam parte da biblioteca. Assim que chegou, a Jaqueline entrou em contato comigo e vim correndo retirar”, relata. Para Dr. Horácio José Ramalho, diretor executivo da Funfarme, o objetivo é de que cada vez mais funcionários comecem a usufruir do espaço oferecido pela instituição. “A biblioteca, no local de trabalho, permite ao funcionário fugir da rotina diária. Para o paciente que está internado, a leitura ameniza o sofrimento”, explica. Jaqueline (à direita) entrega livro à Lucilene

De prateleiras

Em três meses, cerca de 270 livros foram doados à Funfarme por moradores de Rio Preto e região, funcionários e pacientes do hospital. Em novembro, eram 2.785 livros, hoje a biblioteca conta com 3.057 volumes. Em uma mala, a enfermeira do Hospital da Criança e Maternidade, Elisangela Aparecida Maciel (foto), trouxe cerca de 40 exemplares para o hospital, todos em ótimo estado de conservação, alguns até embalados. “Tenho muito zelo pelos meus livros, por isso, quando notei que muitos deles estavam juntando poeira, resolvi repassar à instituição para que outras pessoas tivessem acesso”, acrescenta. A rio-pretense Luzia do Carmo Cruz ficou sabendo da existência da biblioteca do HB e entrou em contato com o setor. “Foi através de uma reportagem na TV que conheci o local. Resolvi doar alguns livros. Foi uma decisão difícil já que eu era muito apegada a eles, mas achei a causa nobre”, pontua.

CHEIAS

16

Funfarme Notícias - Janeiro 2014

Biblioteca

Amor é prosa sexo é poesia De Arnaldo Jabor

Os textos de Arnaldo Jabor têm o poder de despertar, inquietar, polemizar. Ácidos, líricos, deliciosamente vorazes, estão sempre sintonizados com os assuntos que mexem com a vida dos brasileiros e brasileiras. O livro Amor é prosa, sexo é poesia reúne suas melhores crônicas sobre nossas obsessões mais íntimas: sexo e amor, família, mulheres. Em 36 textos, Jabor anuncia sem pudores sua fome de beleza em tudo: na vida, na política, no amor, no sexo. Confessa ternuras e invejas. E será assim, exaltado, rodriguiano, que vai admitir um dos maiores medos: “os abismos das mulheres são venenosos, o seu mistério nos mata.” O amor depende de nosso desejo, o sexo é tomado por ele. O perigo do amor é virar amizade; o perigo do sexo é que você pode se apaixonar. A percepção de Jabor sobre linhas intangíveis, como a que separa o amor do sexo, costuma ser tão afiada quanto seus discursos anti-Bush.

Dias melhores virão De Max lucado

O livro Dias Melhores Virão, publicado pela editora Thomas Nelson, do autor Max Lucado, traz, à luz da bíblia, maneiras de superar obstáculos e crer que Deus está no controle. O que fazer quando perdemos o emprego, nosso casamento termina ou quando perdemos amigos e entes queridos? A espiritualidade cristã nos responde dizendo que Deus não recua diante de nossos problemas. Mesmo quando estamos feridos, Deus se faz presente. Deus sempre está no controle da situação, nos acompanhando até a chegada de dias melhores, você descobrirá que pode ir muito além do que imaginou com Jesus na caminhada.

Muito longe de casa memorias de um menino soldado

De Ishmael Beah Trezentas mil crianças-soldado, lavagem cerebral, entorpecentes, abusos dos senhores da guerra, morte. Muitas hoje ainda sofrem com as consequências. Fã de hiphop e de boa literatura, Ishmael Beah, após passar a infância e a adolescência na roda-viva da guerra, foi reabilitado pela Unicef e teve a chance de contar o que qualquer ficção jamais conseguiria recriar. Uma narrativa convincente, de linguagem bem acabada da visão do inferno, por quem esteve lá e conseguiu sair com vida.


Hospital de Base

199 transplantes

Transplantes realizados em 2013 pelo HB

de orgãos em 2013

Referência em transplantes de órgãos, o Hospital de Base de Rio Preto realizou, no último ano, 199 procedimentos na instituição, além da captação de 27 doadores.

Córneas

68 Coração

2

As áreas de Nefrologia e Urologia foram as que mais fizeram cirurgias, transplantando 82 rins.

Fígado

Também foram feitas 68 operações de córneas, 42 de fígado, 3 de pâncreas e 2 de coração.

Rim

Filha de funcionária da Funfarme recebe rim do pai Amanda Florêncio recebeu de seu pai a ajuda que tanto precisava para levar uma vida normal. No dia 11 de fevereiro, o pai e a menina passaram por uma cirurgia no HB, na qual um dos rins dele foi transplantado nela. Márcia Florêncio, auxiliar administrativa há 21 anos na Funfarme e mãe da adolescente, conta que descobriu que sua filha precisava de um transplante em abril de 2013, quando contraiu dengue e precisou passar por exames. “Fiquei muito aflita e com medo, na época. Agora que a operação aconteceu e correu tudo bem, posso dormir tranquila”. A menina ainda se recupera do procedimento e recebe os cuidados da equipe da ala de transplantados. “Meu maior anseio é por voltar para casa, para minha vida de antes”, afirma Amanda, contente. A partir de agora, a garota não precisará mais fazer sessões de hemodiálise, mas até a situação se normalizar, ela continuará recebendo acompanhamento do Hospital de Base.

42 Páncreas

3

82

Em cirurgia inédita, HCM retira rins de menina de 1 ano O Hospital da Criança e Maternidade realizou, no dia 25 de janeiro, a captação de dois rins de uma criança a serem transplantados em um adulto, procedimento inédito na história da Funfarme. Os rins foram retirados de uma menina de apenas 1 ano e 10 meses, e enviados ao Rio Grande do Sul. Drs. Pedro Arruda e Márcio Gatti retiraram os rins “em bloco”, ou seja, juntos com uma parte da bexiga, pois um órgão apenas seria insuficiente para realizar as funções no organismo do adulto. Segundo o coordenador do Serviço de Captação de Órgãos e Tecidos, Dr. João Fernando Pícollo, houve total empenho da instituição e das equipes para serem encontrados receptores, tão logo se constatou a morte da menina.

Funfarme Notícias - Janeiro 2014

17


Hospital de Base PERFIL

Como num mosaico, cada peça da vida de Nair Aparecida Neves Bassi – técnica em análises clínicas no HLab - foi se encaixando perfeitamente, ao longo dos anos. O primeiro entrave surgiu há 28 anos. Mãe de três filhos (um menino, na época com 10 anos, e duas meninas, com 4 e 2), via-se obrigada a abandonar a profissão em um laboratório de Rio Preto para cuidar das meninas mais jovens. “O hospital mudou completamente minha vida. O HB oferecia creche aos filhos de funcionários. Só não parei de trabalhar porque consegui uma vaga aqui e teria com quem deixar minhas filhas no horário do expediente”, diz aliviada. A colaboradora amou tanto o que aprendeu no HB, que mesmo tendo se aposentado ainda exerce a profissão. “Faço porque gosto”, completa. A família cresceu e precisava de uma casa maior e mais confortável. Neste mesmo mês, ganhou num consórcio de imóveis, depois de oito anos de contribuição. Juntou seu Fundo de Garantia e comprou o lar tão desejado. A terapia de Nair é fazer comida típica de avó. Com um sorriso enorme estampado no rosto que só orgulho da família traz, diz: “O que mais gosto mesmo é

Ingredientes certos

de preparar bolo para os meus netos.” E como só aquelas pessoas que têm mãos mágicas para juntar os ingredientes certos, Nair Bassi faz de sua vida a receita perfeita de equilíbrio entre trabalho e casa.

Bolo de cenoura com cobertura de chocolate, assim, bem “caseirinho”, é o que a técnica tem mais prazer em fazer

Aurora costura sua própria história na Funfarme Com o olhar distante e pensativo, Aurora Gasparini vai costurando a sua história – repleta de desafios e superação. Funcionária da Funfarme, ela relembra como se fosse hoje do primeiro dia de trabalho na instituição, há 26 anos. Para a então dona de casa, foi uma decisão difícil deixar dois filhos pequenos no lar para pre-

18

Funfarme Notícias - Janeiro 2014

encher a vaga de costureira, ofertada, na época, pela Fundação. No início, o trabalho era pra ser uma solução imediata, mas o serviço foi tornando-se rotineiro, as colegas de trabalho tornando-se companheiras e o hospital um segundo lar. O tempo passou, Aurora teve sua primeira neta e o que era pra ser marcado por muita alegria foi encarado como mais uma provação, quando a mãe deixou a criança aos cuidados da avó. Mais uma dificuldade surgia na vida da funcionária, o desafio de conciliar trabalho e cuidar de uma criança pequena. “Quando meu filho e a esposa se separaram, a criança ficou com ele, mas quem acabou cuidando fui eu”, fala. Com a morte do marido, em 2007, em consequência de um afogamento durante uma pescaria, Aurora perdeu o chão pela segunda vez. “Era um sábado, ani-

versário da minha neta, ele saiu de manha para pescar enquanto eu fiquei fazendo os preparativos para a festa, no início da tarde recebi a notícia de que ele havia caído no rio e estava desaparecido”, relembra, com os olhos marejados. Agora, a costureira via-se com a responsabilidade de sozinha sustentar o lar. Ficou endividada e sem saber o que fazer, mas com muita determinação e organização, ela superou mais uma fase delicada em sua vida. Através da igreja ela conheceu seu companheiro atual, José. Hoje, ela está feliz e cheia de expectativas para 2014, já que em março ela se aposenta e muda-se para Jales para se casar. “Os empecilhos vão continuar surgindo, mas tenho muita força de vontade e fé em Deus para encarar todos eles com a cabeça erguida”, enfatiza determinada.


Hospital de Base MEU SETOR

Agência Transfusional da Funfarme realiza cerca de

3.000 TRANSFUSÕES POR MÊS A Agência Transfusional do Hospital de Base, também conhecida como Banco de Sangue, faz parte do Hemocentro de Rio Preto. Ao todo, são 22 profissionais, entre farmacêuticos bioquímicos, biomédicos, biólogos e auxiliares do Banco e da administração que trabalham na área. Eles são responsáveis por fornecer sangue de forma rápida e segura a pacientes que precisam de tratamento por transfusão, seja em terapias clínicas ou cirúrgicas. A gestora, Sandra Valéria Bolonhesi Cervo, afirma que todo trabalho desenvolvido na seção tem o intuito de “Oferecer ao paciente um serviço transfusional de qualidade e que não cause danos e/ou comprometa a melhora dele.” Por isso, são realizadas diversas pesquisas em amostragens do re

ceptor. Os testes servem para indicar o tipo e o RhD sanguíneos e podem apontar irregularidades nos anticorpos ou outras incompatibilidades. Os exames com o doador são efetuados pelo Hemocentro e já chegam com garantia de qualidade ao Banco. Apesar de ser localizado no HB, o setor não abastece apenas esta instituição, mas também o Hospital da Criança e Maternidade e outras 32 entidades conveniadas no município. Mensalmente, são feitas quase três mil transfusões, em média, pela Agência. Quando solicitadas internamente, é de responsabilidade da Fundação fazer o transporte das bolsas, após serem testadas. Quando o pedido vem de uma das conveniadas, cabe a cada uma delas providenciar a transposição adequada.

Nas fotos, as equipes do setor trabalham em escalas; A Agência funciona 24h

Funfarme Notícias - Janeiro 2014

19


Hospital de Base

Sua colaboração é fundamental para o sucesso de nosso trabalho! Ao iniciar mais um ano, a equipe do Núcleo Hospitalar de Epidemiologia – NHE/HB vem lembrá-lo da extrema importância de sua atuação como nosso colaborador, em prol da saúde da população. A “vigilância em saúde” é uma estratégia para promover e proteger a saúde das pessoas. É importante no atendimento das reais necessidades de saúde da população no Sistema Único de Saúde – SUS, pois não se preocupa apenas com a doença, mas com o modo de vida das pessoas (as condições e estilos de vida) e o que pode levar a terem doenças. Na estrutura de Saúde pública e desta estratégia, desempenham importante papel os núcleos hospitalares de epidemiologia, como o que existe no Hospital de Base.

Conheça o NHE/HB

O Hospital de Base (HB) é uma instituição de Saúde que, assim como todas as outras do município, participa das ações de vigilância em saúde, entre as quais está a vigilância epidemiológica. Uma das ações importantes da vigilância epidemiológica envolve os funcionários do hospital. São as notificações de agravos e doenças de notificação compulsória (DNC), que devem ser feitas, de acordo com a

lei nº 6.259/75). As notificações são relacionadas na portaria nº 104, de 25 de janeiro de 2011, do Ministério da Saúde. O HB conta com um Núcleo Hospitalar de Epidemiologia – NHE/HB desde 1991 e que, a partir de 2004, passou a integrar o Sub-sistema Nacional de Epidemiologia Hospitalar. Dentre muitas atividades, o NHE faz busca ativa das DNC nos setores de internação, laboratórios, emergências, ambulatórios, consultórios, Sistema de Informação Hospitalar MV, avisos de óbitos e Serviço de Verificação de Óbito (SVO).

Sua colaboração é fundamental!

Para que o Núcleo Hospitalar de Epidemiologia – NHE/HB tenha sucesso em seu trabalho é fundamental a colaboração dos funcionários da instituição, pois a principal fonte de notificação das DNC são os profissionais de saúde, quando na simples suspeita e/ou diagnóstico de DNC. Para cumprir as ações de Vigilância Epidemiológica é necessário integração com diversos setores do hospital, como a Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) e a Gerência de Risco. Há,

no entanto, muitos outros setores que atuam diretamente com a vigilância em saúde, contribuindo com as ações desenvolvidas nos casos suspeitos e/ ou confirmados das DNC (veja ilustração ao lado).

Dengue lidera notificações em 2013

O NHE informa as notificações e investigações das DNC no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) e encaminha à Secretaria Municipal de Saúde que, semanalmente, envia à Secretaria Estadual de Saúde e, após avaliação técnica, segue para SVS/ MS para traçar ações e acompanhar a situação da saúde no Brasil. As notificações e investigações realizadas na Funfarme no ano de 2013, incluindo dados do SINAN e fichas de investigações, totalizaram de 5820* registros, apresentados na tabela 1. O maior número de notificações foi de dengue, demonstrando sensibilidade na suspeita, haja vista a situação epidemiológica do município e região. Depois foram os acidentes de trabalho (AT) grave, com 522 notificações. O Hospital de Base é referência no atendimento de AT para Rio Preto e região.

Tabela 1- Distribuição dos casos notificados de DNC na FUNFARME de janeiro a dezembro de 2013 DOENÇAS E AGRAVOS

DOENÇA DE CREUTZFELDT-JACOB 4 EVENTOS ADVERSOS POS-VACINAÇÃO 11 COQUELUCHE 142 FEBRE AMARELA 2 HEPATITES VIRAIS 251 LEISHMANIOSE VISCERAL 38 DENGUE 3055 ACIDENTE DE TRABALHO COM EXPOSIÇÃO A MATERIAL BIOLÓGICO 83 ACIDENTE DE TRABALHO GRAVE 522 FEBRE MACULOSA/RICKETTSIOSES 8 FEBRE TIFÓIDE 3 HANSENIASE 6 HANTAVIROSE 17 INTOXICACAO EXOGENA 455 LEISHMANIOSE TEGUMENTAR AMERICANA 8 LEPTOSPIROSE 70 MALÁRIA 39 MENINGITE 330 PARALISIA FLÁCIDA AGUDA POLIOMIELITE 4 TETANO ACIDENTAL 1 TUBERCULOSE 75 VIOLÊNCIA DOMÉSTICA, SEXUAL E/ OU OUTRAS VIOLÊNCIAS 106 ROTAVIRUS 1 ATENDIMENTO ANTI-RABICO 16 ACIDENTE POR ANIMAIS PEÇONHENTOS 182 SÍFILIS CONGÊNITA 26 AIDS/HIV 93 AIDS CRIANÇA 2 CRIANÇA EXPOSTA 32 GESTANTE HIV 11 H1N1 227 TOTAL 5820 FONTE: SINAN_FI_NHE/HB/FUNFARME * Dados Provisórios

Ramais do NHE/HB – 1380 e 1837 – http://www.hospitaldebase.com.br/nhe Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30. À noite, nos finais de semana e feriados, o telefone do plantão da Vigilância Epidemiológica municipal está disponível com a telefonista do Hospital de Base. 20

Funfarme Notícias - Janeiro 2014

Nº de casos

Revista hb janeiro 2014  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you