Page 1

FUNFARME n

o

t

Ano XIV / Nº 182 - Abril - 2017

í

c

i

a

s

Esta ediç ão da Re vista Fun traz na c farme apa e co ntra-cap semblan a alguns tes e sor risos de formam m ã o time d es que o nosso Esta peq c o m u plexo. demonst ena homenagem rar a nos é para sa g vocês qu e, além d ratidão a todas ainda ca rregam c o amor materno , onsig diária pe la família o o dom da luta ,t ideais. Pa rabéns m rabalho e seus amães Fu nf obrigado por tudo arme e ! Pg. 8 e 9


Revista Funfarme

Editorial

O início de uma nova gestão com a continuação da qualidade e do crescimento Iniciamos, no final de Março, uma nova gestão,

Aproveito para parabenizar os representantes dos

com o pensamento voltado para a continuidade do

colaboradores eleitos e também os novos diretores do

crescimento da instituição com qualidade e respon-

HB e HCM que, mesmo jovens, têm grande capacida-

sabilidade. De acordo com o cenário atual, teremos

de e força de vontade para fazer a diferença.

ainda um longo período de recesso econômico e, é

Estamos todos juntos, em prol dessa família cha-

neste momento, que contamos com a colaboração

mada Funfarme, que faz toda a diferença na saúde de

de cada um para vencermos essa fase crítica.

uma população de 2 milhões de habitantes.

Nossa instituição cresceu muito nos últimos anos,

Essa edição vem com uma capa muito especial,

mas ainda temos muito para crescer. Já estamos pla-

uma homenagem às mães, por isso aproveito para pa-

nejando nossos serviços e melhorias para continuar

rabenizá-las e dizer que vocês são muito importantes!

a oferecer uma saúde com a qualidade máxima que

Obrigado pela confiança depositada em nós e bom

nossa comunidade merece. E isso só é possível com

trabalho a todos nestes próximos anos!

a união de todos. Nós, diretores, queremos fazer uma gestão participativa, por isso estamos sempre abertos para novas sugestões e ideias, afinal, quem melhor do que vocês

Dr. Jorge Fares Diretor Executivo Funfarme

para nos apontar possíveis melhorias e economias em seu setor?!

Expediente Gestão 2017/2021 Informativo da Fundação Faculdade Regional de Medicina (Funfarme) Ano XIV/ Nº 182 Abril - 2017 • Presidente dos Conselhos da Funfarme: Dr. Dulcimar Donizeti de Souza • Diretor Executivo da Funfarme: Dr. Jorge Fares • Vice-Diretor Executivo da Funfarme: Dr. Luiz Sérgio Ronchi • Diretora Administrativa do HB: Dra. Amália Tieco R. Sabbag • Vice-Diretor Administrativo do HB: Dr. João Fernando Picollo de Oliveira • Diretor Clínico do HB: Dr. Alceu Gomes Chueire • Vice-Diretor Clínico do HB: Dr. Valdeci Hélio Floriano

2

Funfarme Notícias - Abril - 2017

• Diretor Técnico do HB: Dr. Paulo Nogueira • Vice-Diretor Técnico do HB: Dr. Maurício de Nassau Machado • Diretor do Hemocentro Dr. Octávio Ricci Junior • Diretora Técnica do Hemocentro: Dra. Andreia Aparecida G. Guimarães • Diretor do Ambulatório: Dr. Luiz Sérgio Ronchi • Diretora do Lucy Montoro: Dra. Regina Chueire • Diretor Técnico do Instituto do Câncer: Dr. Carlos Eduardo Miguel • Diretora Administrativa do HCM: Dra. Leila Neves Bastos Borim • Vice-Diretora Administrativa do HCM:

Dra. Maria Lúcia Luiz Barcelos Veloso • Diretor Clínico do HCM: Dr. Paulo Poiati Junior • Vice-Diretor Clínico do HCM: Dr. Wagner Vicensoto • Diretor Técnico do HCM: Gustavo Henrique de Oliveira Produção Editorial: Intermídia Comunicação Empresarial Telefone: 17 3011-5435 Jornalista responsável: MTB 24.527 Jornalista: Fernanda Martinazzi Estagiários: Marina Biaso e Alexandre Souza Diagramação: Roger Goulart Impressão: Gráfica Fotogravura Rio Preto Tiragem: 2000 exemplares


Revista Funfarme

550 eventos com 19.700 participantes, em 2016 Números confirmam importância do CIEPS para os colaboradores

555

eventos

19.705

participações

Números superlativos demonstram a importância do Centro Integrado de Educação Permanente em Saúde (CIEPS) para o aprimoramento profissional dos colaboradores de todo o complexo hospitalar da Funfarme. Como mostra o quadro ao lado, foram mais de 550 eventos, com mais de 19.700 participantes. O balanço de 2016 expressa claramente que a busca pela excelência profissional e a educação contínua já fazem parte da cultura dos colaboradores da fundação. E o resultado de um processo que transcorre há mais de duas décadas, no qual a instituição investe no ensino voltado ao conhecimento e à melhoria das práticas assistenciais. O CIEPS também ampliou sua atuação. Até 2015, promovia eventos educacionais apenas para a enfermagem e algumas áreas assistenciais. Em 2016, passou a atuar também nas áreas administrativas. “A educação permanente consiste em atualizar e aprofundar o conhecimento científico para a melhoria dos processos, com aplicação prática no dia a dia de trabalho. Portanto, apostamos no ensino para trazer ainda mais qualificação profissional que, futuramente, reflete em qualidade de atendimento na Saúde”, explica Ilza Passos, supervisora do CIEPS.

Profissionais falam sobre a parceria com o CIEPS A equipe do CIEPS ajudou desde o contato com os coordenadores de setor, para que esses autorizassem a ida dos participantes ao curso de Libras; disponibilizou recursos visuais e materiais; e sempre esteve acessível a mim e aos alunos para acolher dúvidas e sugestões. Tatiana Nakaoski, fisioterapeuta do Lucy e facilitadora do curso de Libras para recepcionistas

O I ECIP - Encontro de Cancerologia do Interior Paulista - foi um evento grandioso e contou com convidados e assistência de várias partes do país. Necessitávamos de logística profissional e o CIEPS se revelou uma grata surpresa. Pudemos nos preocupar com a parte científica, enquanto o CIEPS se encarregou de toda a organização antes, durante e após o evento - inclusive na prestação de contas junto à equipe à Diretoria. O CIEPS vale à pena. Dr. Fábio Leite, Presidente do ECIP

O CIEPS foi um divisor de águas para na condução do maior evento de oncologia realizado pela Fundação, contribuindo com profissionalismo e excelência. Dr. Gustavo Girotto, organizador do ECIP Funfarme Notícias - Abril - 2017

3


Revista Funfarme

Consciência para as mãos Para celebrar em 5 de maio o Dia Mundial de Higienização das Mãos e evidenciar para os colaboradores da Funfarme a extrema importância deste simples ato, profissionais da Comissão de Controle de Infecções Hospitalares (CCIH) do HB e do HCM percorreram todos os setores dos dois hospitais e do Ambulatório para conversar com os seus colegas e com os pacientes. Veja como foi a ação (todas as fotos você pode conferir na intranet)!

Colaboradores do Ambulatório participaram com entusiamo da campanha

Equipes do CCIH e CIEPS reunidas, antes de começar a campanha; à direita, Dra. Luciana Jorge, infectologista da Fundação

Antes de realizar o atendimento ao paciente, o profissional de saúde deve lavar as mãos com água e sabão ou álcool gel. Caso o paciente perceba que a pessoa não fez a limpeza das mãos, tem o direito de pedir que a higienização seja feita antes de ser tocado por ela. Dra. Luciana Jorge, médica infectologista 4

Funfarme Notícias - Abril - 2017

Diretoria do HCM recebe orientação das profissionais do CCIH

Benefícios Higienizar as mãos previne e reduz o risco de infecções, promovendo a segurança de pacientes, profissionais e demais usuários de hospitais e serviços de saúde.


Revista Funfarme

Novo procedimento de verificação de medicamentos confere maior segurança ao paciente Os colaboradores do setor de UTI do HB e HCM realizaram uma ação com cartazes de alerta para ressaltar a importância da dupla checagem de medicamentos de alta vigilância. Esses medicamentos apresentam risco aumentado de provocar danos significativos ao paciente quando há falhas na sua utilização, podendo levar até a morte. A chamada “dupla checagem” consiste em estratégias para prevenção de erros com estes medicamentos. Dentre elas estão: a padronização da prescrição, o armazenamento correto, dispensação assegurada, preparo, administração e disponibilização de informações para o uso dos remédios. Além disso, deve-se priorizar a implementação de medidas redundantes e barreiras de prevenção, ou seja, a checagem do medicamento feita por dois enfermeiros, evitando o erro. O enfermeiro Kleber de Oliveira, do setor de Gerência de Risco, ressalta que “os murais auxiliam os profissionais alertando-os para possíveis riscos e, assim, garantem ao paciente uma segurança a mais na hora de receber os medicamentos”.

UTI Neonatal - HCM 2º Andar

UTI Cardio Pediátrica - HCM 1º Andar UTI Geral - HB 7º Andar

UTI Pediátrica - HCM 4º Andar UTI Cardiológica UCOR - HB 5ºAndar

SUS - HB 3º Andar SUS - HB 4º Andar Quais são medicamentos de alta vigilância? Anticoagulantes Quimioterápicos Glicoses Sulfato de Magnésio

Drogas vasoativas Neuromusculares Antibióticos Cloreto de potássio (KCL)

Insulina Terbutalina Ocitocina Sedações/Anestésicos/Bloqueadores Funfarme Notícias - Abril - 2017

5


Revista Funfarme

Centro Cirúrgico do HB recebe aparelho moderno de ultrassom

Novos eletrocardiógrafos digitais oferecem imagens mais nítidas e evitam o uso de papel

O Centro Cirúrgico do HB está equipado desde abril com um novo aparelho de ultrassom – o Sonosite M-Turbo – que é portátil e oferece imagem precisa e de alta resolução, ou seja, possibilita a visualização de todas as estruturas de maneira nítida. Devido a essas características, o ultrassom oferece maior segurança a vários procedimentos realizados antes e durante as cirurgias e tem grande importância na aplicação de anestesias. “Como o aparelho oferece grande qualidade de imagem, o médico anestesista, por exemplo, pode agir com uma precisão ainda maior. Isso faz com que o pós-operatório do paciente seja mais confortável e menos doloroso”, explica o médico anestesista Dr. Victor Nuevo. Todos os técnicos de enfermagem, enfermeiros e residentes da anestesia receberam treinamento para aprender a manusear o aparelho.

A Funfarme está trocando seus eletrocardiógrafos analógicos por modelos digitais, que dispensam o uso de papel e geram imagem de alta qualidade e precisão na tela do computador. Seis aparelhos digitais já foram adquiridos, dos quais três já estão sendo utilizados na UTI Cardiológica (UCor), na UTI da Emergência do 5º andar do HB e no Centro de Dor Torácica da Emergência do hospital.

O ultrassom é utilizado em biópsias, aplicações de anestesias, análises de tumores, órgãos e tecidos. Inclusive guia passagens de cateter, como a realizada pelo residente da anestesia Dr. Bruno Salvecti

Atendimentomais ágil Do tamanho de uma carteira, o aparelho digital (indicado pela seta) gera a imagem no computador. Ana Lúcia Chiarelli, técnica em métodos gráficos do Setor de Eletrocardiograma, aponta outra vantagem do exame digital, “o paciente dificilmente precisará repetir o procedimento no mesmo dia, algo que era comum acontecer com o aparelho analógico”. O exame digital fica armazenado no sistema informatizado da Fundação, podendo ser acessado pelo médico a qualquer hora em seus dispositivos móveis e computadores da instituição. “O acesso fácil ao exame através do sistema agiliza o nosso diagnóstico, beneficiando o paciente. Além disso, a imagem fornecida pode ser ampliada e melhor visualizada, o que nos ajuda no diagnóstico”, afirma o cardiologista responsável pelo Setor de Eletrocardiograma, Dr. Luciano Vaccari Grassi.

Ventiladores mecânicos não-invasivos auxiliam no tratamento de insuficiências respiratórias Os fisioterapeutas do HB têm à sua disposição mais cinco novos ventiladores mecânicos não-invasivos - do modelo Philips Respironics Trilogy 100 - para auxiliar no tratamento de pacientes com insuficiência respiratória aguda ou crônica, como bronquite, doença pulmonar obstrutiva edema agudo pulmonar, entre outras. “A ventilação mecânica não-invasiva vem sendo cada vez mais utilizada por reduzir a necessidade de intubação e, consequentemente, o uso de medicamentos para sedação e infecções. Além de diminuir a mortalidade, o uso desta modalidade aumenta a disponibilidade de leitos nas UTIs, pois proporciona uma alta mais precoce ao paciente”, explica Odete Mauad, fisioterapeuta e coordenadora das UTI Geral e Neurológica do 7° andar do hospital. 6

Funfarme Notícias - Abril - 2017

Odete Mauad (Bebel) ajusta aparelho que, além de oferecer mais segurança à saúde do paciente, por ser externo e móvel, possibilita que ele se comunique e se alimente normalmente nos intervalos do tratamento


Revista Funfarme

Pela segunda vez no ano, Funfarme tem trabalho publicado em importante revista médica internacional

Em março, outro estudo foi destaque Em março, o estudo da Funfarme ganhou a capa, editorial e artigo no American Journal of Transplantation, a publicação de maior prestígio do mundo na área de transplantes. O estudo resultou na primeira descrição feita no mundo de diagnóstico do vírus zika em pacientes transplantados.

Dia de Combate à hipertensão tem ação preventiva no Shopping

A publicação em revista da importância do Journal of the American College of Cardiology demonstra a qualidade e relevância dos estudos conduzidos pela Funfarme.

Pela segunda vez em 2017, a Funfarme tem o resultado do trabalho de seus profissionais publicado em revista de prestígio internacional, referência para médicos de todo o mundo. Desta vez foi o “Journal of the American College of Cardiology”, conhecido como JACC, que traz em sua 69ª edição, artigo que trata da cirurgia para a transposição das grandes artérias do coração (TGA) e dos resultados obtidos com este procedimento em centros médicos de países em desenvolvimento. O Hospital da Criança e Maternidade participou do estudo, que relata resultados de 778 cirurgias realizadas em 26 hospitais. “Este artigo demonstra a qualidade e seriedade com que é conduzido o trabalho de nossa equipe”, ressalta Prof. Dr. Ulisses A. Croti, cirurgião e chefe do Serviço de Cardiologia e Cirurgia Cardiovascular Pediátrica da Funfarme e um dos autores do artigo. Prof. Dr. Ulisses destaca ainda que a publicação no JACC tem grande repercussão no meio científico, o que é importante para a Fundação e para a Pós-graduação da Famerp. “Representa o esforço científico para a melhoria de qualidade do atendimento às crianças com defeitos no coração em nossa comunidade.”

Dr. Moacir Godoy, cirurgião cardiologista pediátrico

Para celebrar o Dia Nacional de Combate e Prevenção a Hipertensão, estudantes e docentes da Funfarme/Famerp, atenderam 440 pessoas num shopping, onde ofereceram orientações sobre o problema e exames gratuitos de aferição da pressão arterial, verificação de dados antropométricos (peso, altura e diâmetro da circunferência abdominal) e teste de glicemia capilar.

Funfarme Notícias - Abril - 2017

7


Revista Funfarme

Mães de A maternidade é uma experiência marcante e transformadora na vida da mulher, principalmente para aquela que é mãe pela primeira vez. Cada uma tem uma história diferente para contar. Conheça a experiência de colaboradoras que passaram agora em maio o seu primeiro dia das mães com seus bebês. A Funfarme espera que todas as mães tenham tido um dia mais que especial!!!

Meu primeiro dia das mães foi inesquecível, pois exatamente neste mês de maio minha filha Valentina completou um mês de vida e a comemoração foi dupla. Ganhei o melhor presente que poderia existir! A cada gesto, a cada choro, a cada sorriso, fico mais apaixonada por ela e me sinto completa. Quero desejar às mamães que aproveitem bastante cada segundo da trajetória maravilhosa que é a maternidade.

Ser mãe pela primeira vez é uma sensação indescritível, uma mistura de felicidade com um pouco de insegurança por causa de novas responsabilidades e pela mudança de rotina. Estou me adaptando à maternidade e, mesmo com o cansaço do dia a dia, sinto-me realizada com a Manuela que completa um ano de vida em maio. Juliane Ferraroni, enfermeira supervisora há oito anos na instituição

Ana Paula Bergamin Spessamiglio, auxiliar administrativo do Mezanino do HB há nove anos.

No começo eu tinha muitas dúvidas e não sabia como tudo seria. Achava que ainda não estava preparada para ser mãe. Porém, assim que vi a primeira imagem de ultrassom, ouvi o coração bater, tive apenas um sentimento... amor. Atualmente, sinto-me mais forte, mais segura e com certeza a maternidade foi uma obra de Deus. Rosecleide Inácio Moura, auxiliar administrativo há nove anos na Funfarme

Foi em 2012 que comecei a tentar ter um bebê até que, finalmente, em 2016, fui presenteada com o Gustavo, que hoje tem cinco meses. Na primeira tentativa, dei a luz a uma menina que viveu apenas dois meses por causa de uma síndrome. Na segunda gestação, tive um aborto espontâneo. Várias pessoas me desencorajaram a ser mãe e me diziam que iria perder a criança. Há um ano e meio, fiquei grávida de gêmeos, porém um não se desenvolveu e o outro era o Gustavo, minha maior felicidade no mundo. Por isso, quero dizer às mamães para aproveitarem muito seus filhos e acreditar sempre em seus sonhos. Aline Aparecida de Paula, técnica em farmácia da Farmácia do Subsolo do HCM há seis anos

8

Funfarme Notícias - Abril - 2017


Revista Funfarme

primeira viagem Hoje eu me sinto muito mais bonita, completa e com minha vida totalmente mudada para melhor. Tudo isso graças à chegada da minha pequena Alana, hoje, com sete meses. Sempre ouvi as minhas amigas dizendo o quanto era maravilhoso poder ter um filho, mas só quando a gente se torna mãe é que consegue sentir esse amor único e recompensador. Gosto de ir ao cinema, passear a noite e, com a chegada da minha filha, minha rotina mudou. Descobri que os passeios, que já eram bons, ficaram ainda mais gostosos. Liscarla Salerno Sanchez, enfermeira do SUS e colaboradora da Funfarme há 12 anos

Desde os meus 16 anos já sonhava em ter um filho e decidi que o teria aos 30 anos, pois sempre gostei muito de criança. Quando engravidei do Vicente, fiquei encantada e me sentia ainda mais bonita. Hoje agradeço a Deus pela benção que é ser mãe, pois, com apenas três meses, meu filho já mudou muita coisa na minha vida e inclusive me fez ver meus pais com outros olhos. Esse dia das mães foi o mais completo para mim, pois comemorei agarrada com o Vicente e ao lado da minha mãe Sirley. Ana Claudia Marques M. da Silva, auxiliar de enfermagem do Ambulatório de Dermatologia há sete anos

Meu primeiro dia das mães foi de muita emoção, pois comemorei também o primeiro aninho da Cecília. Minha vida mudou muito com a maternidade, pois descobri um amor incondicional como nunca senti antes e, quando olho para minha filha, sei que ser mãe foi a decisão mais linda que já tomei na vida. A maternidade requer muita dedicação e te tornará uma pessoa mais compreensiva com a sua própria mãe e com as outras mamães. Admiro todas vocês, mães! Stella Grigolette Rodrigues, assistente social do ICA há 6 anos

Para mim é difícil definir o que sinto neste primeiro dia das mães, tendo um bebê lindo nos braços, o Benício, de sete meses, e ter no coração a dor de ter perdido a minha primeira filha, Clara, sem conhecê-la. Então, pra mim, o dia das mães traz uma mistura de felicidade e dor, pois cada filho é uma dádiva divina que marca a nossa vida. Todas as mudanças que vieram com a maternidade são compensadas pelo sorriso do Benício e por ver que ele está bem. Quero desejar às mães que papariquem muito seus filhos e aproveitem cada momento com eles, e, às mulheres que estão tentando engravidar, que nunca desistam do seu sonho. Camila Oliveira Silva, farmacêutica da Farmácia do Subsolo do HB há um ano e sete meses Funfarme Notícias - Abril - 2017

9


Revista Funfarme

HCM oferece curso de gerenciamento de gestação de alto risco para entidades da região Em abril, aconteceu o curso de capacitação em gerenciamento de alto risco, promovido pelo HCM. O encontro reuniu representantes das unidades de saúde integrantes da DRS XV e do hospital. O intuito do curso foi o de alinhar os processos entre as entidades da região e o HCM para melhorar a dinâmica de trâmites e o atendimento a pacientes em gestação de alto risco.

A médica ginecologista e obstetra, Dra. Lígia Spegiorin, ministrou palestra sobre as rotinas do HCM e especificações na identificação de casos de gestação de alto risco

História para acalmar, livro para entreter Com intuito de estimular a imaginação da criança, para que ela entenda melhor as situações pelas quais passa e desenvolva alternativas para problemas que poderiam deixar marcas, o HCM estendeu o projeto de contação de histórias às crianças e acompanhantes de seu Cirúrgico (CC). Antes, a ação só acontecia nas alas de pediatria da instituição. A ideia veio da gerente de enfermagem, Alari Furlan, que viu no grupo de voluntário Operação Alegria a possibilidade de tornar a espera pela cirurgia um momento lúdico e de fantasia. Por meio de bonecos de fantoches, fantasias, livros e ilustrações, os voluntários do grupo comandam as histórias. Todas as terças e quintas-feiras, durante cerca de duas horas, os contadores entretém os presentes da recepção do CC e do pré-anestésico, levando-os ao mundo mágico e lúdico da literatura.

O intuito é o de humanizar ainda mais o atendimento e tornar uma situação de insegurança, como a cirurgia, num ambiente mais leve. Desta maneira, tanto o paciente que está entrando para o procedimento quanto o que está saindo, além dos pais, podem encontrar na fantasia, uma maneira de lidar melhor com a ansiedade. Michelle Ribeiro Achcar, supervisora do CC do HCM

Efeito visível Para a pequena Nicoly Rosário (na foto), que aguardava para passar por uma cirurgia de hénia nabarriga, a presença do grupo diminuiu sua tensão. “Estava bem preocupada, mas com a alegria toda das histórias, até esqueci do medo e sorri”, contou a menina aliviada.

10 Funfarme Notícias - Abril - 2017


Leite materno é vida!

Revista Funfarme

HCM adere à campanha para mais mães doarem o alimento essencial ao bebê O HCM está empenhado em colaborar com o Banco de Leite de Rio Preto em sua campanha para reduzir e até eliminar o déficit do alimento tão importante aos bebês. O número de pedidos saltou de cerca de 280 para 500 neste ano e o Serviço não está conseguindo atender a demanda. Além do HCM, o Banco atende outros três grandes hospitais da cidade. Para tentar aumentar a quantidade de doações, o Banco de Leite conta agora com uma Unidade Volante, uma van equipada especialmente para este serviço, que circula por hospitais e unidades de saúde para fazer coleta de mães que queiram doar. O HCM aderiu imediatamente à campanha e recebe a van todas as segundas e terças-feiras, das 7h30 às 11h30. Neste período, a enfermagem do HCM apresenta a campanha às mães, convidando-as a colaborar.

Exemplo a ser seguido

A manicure Thays Vanessa Pereira é o exemplo a ser seguido por todas as mães que podem doar leite. Na manhã do dia 2 de maio, ela amanheceu chateada no quarto do HCM porque a filha, nascida prematura há quatro dias, não consumia todo o leite que ela produzia. Achava que o alimento tão precioso seria desperdiçado. O ânimo voltou quando Thays foi convidada a ir até a van do Banco do Leite doar. “Poder ajudar o Banco de Leite foi uma benção. Eu estava agoniada por ver que sobrava meu leite enquanto há muitas crianças precisando. Vou ajudar no que puder”, afirmou Thays. O leite de Thays bem pode beneficiar bebês como os de Kalianny e Damiana. Kalianny Rodrigues Barbosa Silva precisa do leite de outra mãe para sua filha, Ana Laura. “Só tenho a dizer a estas mães que doam o leite: obrigado e Deus as abençoe por dar o alimento e a força às nossas filhas.” Assim como Damiana Saraiva dos Santos, que embalava a filha Vitória, de 5 meses, ao colo, na UTI Neonatal. “É maravilhoso o que estas mulheres estão fazendo por nós. Não tenho como o agradecer.”

A paciente do HCM Thays Vanessa Pereira doou seu leite na van; na foto, ela entre a enfermeira do Banco de Leite Fabricia Morgado e a enfermeira Samanta Volpi, responsável pela Sala de Coleta de Leito Humano do HCM

BANCO DE LEITE VAI ATÉ A DOADORA, ONDE ELA ESTIVER Se quiser ou não puder, a doadora não precisa ir ao Banco de Leite Humano de Rio Preto. A Unidade Volante vai até ela para colher o leite. Basta telefonar para o telefone do serviço (17) 3214-3422. Endereço: Av. dos Estudantes, 1886 - Vila Aeroporto - São José do Rio Preto

Kalianny com sua filha Anan Laura Damiana com sua filha Vitória

Funfarme Notícias - Abril - 2017 11


Revista Funfarme

Voluntários alegram crianças do HCM na semana da Páscoa A semana que antecedeu a Páscoa foi recheada de doces, brincadeiras, carinho e alegria para os pequenos em atendimento no HCM. De segunda a quinta-feira (10 a 13 de abril) todos desfrutaram de várias comemorações preparadas pela equipe multiprofissional do hospital, em conjunto com vários grupos voluntários, que vieram festejar a data com as crianças.

1

A semana co 0/04 meçou com a visita do grupo “Tod as Pela Alira” , que veio entregar 25 0 caixas de bombom arrecadadas especialmen te para as crianças do hospital.

10/04 No mesmo dia, os volu ntários do “P Cuca Feliz” rojeto realizaram a entrega d perucas, fe e duas itas com m adeixas doad para pacien as, tes do HCM que estão em tratamento quimioterá pico.

11/04 Oito voluntá rias do grup o “Amigos Cuca” vieram de ao hospital “coelhas da vestidas de páscoa" par a brincar co crianças, ca m as racterizá-las de coelhinh e entregar os, chocolates arrecadado campanha s em feita em red es sociais.

12/04

ias Ana oluntár v s mã a d z aissa, ir a ve rta, foi s”, e Th rem um id K o h Na qua din assa o “Mun HCM, p crianças. Paula, d -paciente do s a m o ex oc de uma o descontraíd s de bexigas e t a n r . mome escultu uenos.. ula fez nos peq s o Ana Pa lh e o s de c pintura

12/04 entregar 90 i aissa fo tes h T anto s pacien o a m o ... enqu b . s m a o b ic r t e caixas d ermarias pediá f n e das

"Faz três anos que o HCM prepara atividades de páscoa para as crianças, pois esses momentos distraem os pacientes e tiram o foco do tratamento e da dor. A pessoa deprimida é mais difícil de tratar, então, fazemos de tudo para cuidar desse aspecto psicológico", explica a psicóloga Jéssica Aires da Silva, uma das organizadoras da Semana de Páscoa.

12 Funfarme Notícias - Abril - 2017

13/04

a sessão e festa, m uma d a n a ae sem sformad cerrar a Para en erapia foi tran o “Xô Dodói”. iot sd de quim elos voluntário p e t a bo

Além das visitas, durante toda semana, várias pessoas vieram ao hospital entregar caixas de bombom, ovos de Páscoa, saquinhos surpresas e muito carinho para as crianças.


Revista Funfarme

A mudança real pela Era virtual A história da computação sofreu diversas revoluções em sua trajetória, especialmente com a chegada do século XXI, quando o acesso aos computadores se popularizou. Essas mudanças também afetam e revolucionam a vida e a rotina de quem usa estes equipamentos. Este é o caso de diversos colaboradores da Funfarme. Eles tiveram suas vidas alteradas depois de aprenderem, na instituição, a navegar pelos bites e bytes.

Mais dinamismo

A colaboradora da Lavanderia Olíria Messias da Silva comprou um videogame para seus dois filhos (de 8 e 10 anos). Toda negociação foi feita via intranet, situação incomum para Olíria que há cinco meses participou de um curso de computação na Fundação e, até então, “alegava nem saber ligar um computador”. “Ainda fico meio perdida com algumas coisas. Não costumo comprar online, mas me senti muito vitoriosa pela conquista de tratar tudo pela intranet”. Para ela, sua rotina no trabalho e na casa mudaram completamente depois que aprendeu o básico do computador. “Hoje, consigo ler e mexer em alguns gráficos aqui no trabalho. Isso me ajuda a entender melhor a situação da Lavandaria. Deu-me mais dinamismo. Com certeza, se houver outro curso para aprofundar o conhecimento nestas ferramentas, quero fazer!”, anseia a colaboradora. Quando seu irmão aparece em sua casa com o notebook, a distração vira lazer. “Chego a ficar duas horas na internet, procurando informações e buscando entender melhor como tudo funciona”, finaliza.

Sonho realizado Para Elizabeth dos Santos, colaboradora da Funfarme há 26 anos, usar o computador era um desafio e um sonho. Após ser remanejada para o setor de Endoscopia, há 3 anos, e com a ajuda da companheira de trabalho Karen, Beth aprendeu a usar o aparelho. “Sempre tive vontade de mexer no computador, mas eu tinha medo. Quando a Karen apareceu, falei que tinha o desejo de aprender e ela me ensinou”, conta Elizabeth. Com o incentivo da colega de trabalho, o apoio da líder do setor Claudia Souza, da enfermeira Silvia Galhardi e do médico responsável pelo setor, Dr. Francisco Arantes, a colaboradora aprendeu atividades de rotina e agora tem o próprio computador para colocar tudo em prática. “Ela é extremamente comunicativa, muito aplicada e tem bastante vontade de aprender. Eu ensinava e ela já tentava fazer na hora”, afirma Karen.

Carreira alavancada “Nem ligava para computador em casa. Mexia mais no trabalho, por causa das minhas rotinas. Depois que aprendi no curso da Funfarme, há cinco meses, passei a usá-lo para além da profissão. Já terminei uma pós-graduação feita parcialmente à distância, inclusive”, conta o enfermeiro da Central de Materiais Esterilizados, Olair Ferreira do Prado, colaborador há 3 anos. Hoje, o contato com a internet é muito natural e constante para Olair. “Chego em casa e já digo aos meus três filhos que tenho prioridade para usar o computador. Costumo dizer que disputo com eles o tempo na frente do monitor”, brinca o enfermeiro. O colaborador já pensa no futuro e em como o uso do equipamento será fundamental para conquistar um de seus objetivos: “Já estou pesquisando qual será minha próxima pós-graduação. Farei totalmente à distância, desta vez”, pontua. Funfarme Notícias - Abril - 2017 13


Revista Funfarme

Funfarme homenageia colaboradores em seu Dia A valorização do colaborador é um dos pilares do setor de Recursos Humanos da Funfarme. Pensando nisso, todo mês a Fundação celebra o Dia do Profissional com comemoração e aprendizado. Veja quem é(são) homenageado(s) deste mês!

ABRIL

14

Profissionais Técnicos em Serviço de Saúde

No anfiteatro do mezanino do HB aconteceram duas comemorações a estes colaboradores, que englobam os auxiliares técnicos e técnicos em farmácia, laboratório de patologia clínica, anatomia, métodos gráficos, equipamentos de refrigeração, entre outros. Os profissionais receberam palestra sobre “Desenvolvimento pessoal e profissional”. Além disso, todos fizeram dinâmicas de grupo e assistiram a vídeos com homenagens feitas por colegas e chefias.

ABRIL

25

Profissional das Finanças

Em seu dia, todos os colaboradores da Superintendência Financeira foram convidados a participar do treinamento “Desenvolvimento Pessoal e Profissional”. Para comemorar a data, eles se divertiram no Jogo da Velha Corporal, em que cada colaborador foi uma peça da brincadeira. O treinamento prosseguiu com atividades que trabalharam o raciocínio lógico e as emoções. Muita descontração e risos contagiaram a todos.

14 Funfarme Notícias - Abril - 2017


Revista Funfarme Funfarme Revista

Agradecimentos

Biblioteca Dicas de livros da “Biblioteca Dr. José Paulo Cipullo”, situada no térreo do HB. Colaboradores, pacientes e acompanhantes podem retirá-los. Informações no ramal 1843.

Amigas para sempre De Kristin Hannah

Tully Hart tinha 14 anos, era linda, alegre, popular e invejada por todos. O que ninguém poderia imaginar era o sofrimento que ela vivia dentro de casa: nunca conhecera o pai, e a mãe, viciada em drogas costumava desaparecer por longos períodos, deixando a menina aos cuidados da avó. Mas a vida de Tully se transformou quando ela se mudou para a alameda dos Vaga-lumes e conheceu a garota mais legal do mundo. Kate Mularkey era inteligente, compreensiva e tão amorosa que logo fez Tully sentir-se parte de sua família. Ao longo de mais de trinta anos de amizade, uma se tornou o porto seguro da outra. Tully ajudou Kate a descobrir a própria beleza e a encorajou a enfrentar seus medos. Kate, por sua vez, a ensinou a enxergar além das aparências e a fez entender que certos riscos não valem a pena.

“Gratidão... deixo aqui registrado o meu agradecimento ao Hospital de Base de São José do Rio Preto, e em especial aos médicos da ortopedia, pelo excelente atendimento de que necessitei, por causa de uma fratura no punho direito. Do mesmo modo, agradecço aos técnicos de gesso e de raio -x. Recebi um atendimento humano e carinhoso, que minimiza a fragilidade de qualquer paciente. Muito obrigado à todos! Que Deus os abençoem.“

Vilma Aparecida Arcos Moiolli

“Eu Dolores, agradeço e deixo os meus parabéns. Hoje em dia é muito difícil achar profissionais tão competentes e ser tratado com tanto amor, carinho e atenção, em especial uma situação de responsabilidade enorme com os pacientes. Parabéns a todos!“

Dolores Toscano Martins

Che De Paco Ignácio Taibo II

Che é um dos revolucionários mais conhecidos e admirados do mundo. Há mais de 40 anos de sua morte – e 80 anos de seu nascimento – seu compromisso com a história permanece um símbolo de rebelião, esperança e justiça. Ernesto Guevara, também conhecido como Che é uma biografia minuciosa e detalhada, que revela na sua plenitude um homem sempre pronto para a luta. Paco Ignácio Taibo II, a partir de um vasto material e recorrendo a textos do Che – fragmentos de cartas pessoais e públicas, diários, notas manuscritas, artigos, poemas, livros, discursos, conferências, declarações em atas, entrevistas, frases e testemunhos de companheiros –, faz do próprio Che o segundo narrador desta história.

O divórcio dos meus sonhos De Clare Dowling

Jackie Ball é dona da floricultura Flower Power, que entrega rosas vermelhas em enterros e coroas de flores a namorados (Ops, alguma coisa deu errado!). E sabe que encontrar a felicidade não é lá tarefa das mais fáceis (Aliás, uma tarefa um tanto inglória). Então, quando Dan “shortinho colado e sorriso sexy” Lewis entra em sua vida, ela o agarra com unhas e dentes e com o fatídico “sim, eu aceito”. Mas há uma mosca na sopa de Jackie: ela ainda é casada com Henry, o mala do “ex-marido”. Pelo que consta, o casamento deles está morto e enterrado, e agora ela precisa correr para contratar um advogado e se preparar para dar o definitivo pé na bunda. Entretanto... Surpresa! Quando começam a chegar pelo correio os papéis do divórcio, Henry acha que ainda tem contas a acertar com ela... e parece que ele vai fazer de tudo para dificultar as coisas.

“Meu muito obrigado à equipe da oncologia pela eficiência, agilidade, carinho com o paciente e profissionalismo. Rogo a Deus que continue abençoando estes profissionais muito competente.“ Arthur Lodi Tosti

“Parabéns a todos pela atenção, dedicação, limpeza e atendimento. Vocês foram mil, em todas as vezes que precisei do serviço HCM. Parabéns a todos e muito obrigada por tudo!” Maria Graziela Santana Vitagliano

“Queríamos agradecer a equipe da cardiologia. Faz um ano que minha filha fez a cirurgia. Nosso ‘pequeno coração valente’ está bem.”

Gabriela Jablonski (Luize Moreira De Carvalho Jablonski)

Funfarme Notícias - Abril - 2017 15


Revista hb abril 2017  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you