Page 1

FUNFARME Ano XII / Nº 148 - Abril / Maio - 2014

Maio - Mês da Segurança do Paciente mobiliza colaboradores de toda a fundação

Cada um de nos é... ...peça importante... ...para garantir...

...a segurança de todos os pacientes e colaboradores! Página 20 a 25


Funfarme

Editorial

Segurança até de brincadeira Neste mês, publicamos duas revistas em uma edição – Abril e Maio – e nela você confere o que aconteceu em nossa instituição nestes últimos dois meses. Destacamos o importante Congresso Paulista de Educação Médica que tivemos a honra de organizar e sediar. Trazemos também a cobertura completa do Mês da Segurança do Paciente que mobilizou a instituição com vídeos educativos, cartazes, palestras e uma grandiosa gincana na Semana de Enfermagem, que deu um show de solidariedade nas provas de arrecadação de roupas e produtos de higiene pessoal, que foram doados à AVOHB, além do espírito de trabalho em equipe. Aproveitamos para parabenizar a todos

que participaram, pois tudo foi pensado com carinho para proporcionar a disseminação e atualização do conhecimento de uma forma lúdica. Nesta edição aproveitamos para fazer um resumo ilustrativo da nova intranet, que agora está mais dinâmica e mais fácil de utilizar, tudo com o propósito de deixar nossos colaboradores sempre bem informados sobre tudo o que ocorre em nossa instituição em uma mesma língua, de forma rápida e objetiva. Além disso, trazemos imagens das ações, campanhas, homenagens e informações úteis para nossos colaboradores, como a homenagem de 20 anos da AVOHB e os mutirões de cirurgia.

Diretoria Funfarme

Dra. Eloisa Galão agradece o apoio recebido pelos colaboradores “Agradecemos a todas as pessoas desta casa de ensino e saúde que nos confortaram com seu carinho no momento do falecimento de nossa mãe. Muito obrigada!” José e Eloísa Galão - Diretora do HCM

Sumário Edinho Araújo anuncia liberação de verba em visita à Funfarme

03

Famerp e HB sediam 9° Congresso Paulista de Educação Médica

04-05

Profissionais do mês: parabéns aos que comemoram o dia em abril e maio Especial “Mês da Segurança do Paciente”: confira as atividades

16 a 19 20 a 25

2° andar do Hospital de Base passa por reformas

31

Fumo zero: ações antitabagismo são implantadas na Funfarme

32 e 33

06

Filhas de colaboradores que passaram em faculdades públicas

26

Mutirões de cirurgia: mais de 70 operações em quatro dias

34 e 35

Campanha contra a hipertensão atende cerca de 2 mil pessoas

08-09

Intranet ganha novo visual para facilitar e agilizar o acesso

27 a 29

Perfis: conheça um pouco mais sobre nossos colaboradores

38

AVOHB comemora vinte anos de dedicação e atuação na Funfarme

10 a 12

Meu setor: ajudar é o lema dos operacionais da Funfarme

39

Encerramento das especializações em Tomografia e Ressonância

Importância do uso do crachá na Funfarme

30

Expediente Informativo da Fundação Faculdade Regional de Medicina (Funfarme) Ano XII/ Nº 148 - Abril / Maio - 2014 • Diretor Executivo da Funfarme: Dr. Horácio José Ramalho • Vice-Diretor Executivo Funfarme: Dr. José Luís E. Francisco • Coordenador de RH e DP: Dr. Paulo Nakaoski • Diretor Administrativo do HB: Dr. Jorge Fares • Vice-Diretora Administrativa do HB: 2

Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014

Dra. Amália Tieco R. Sabbag • Diretor Clínico: Dr. João Fernando Picollo de Oliveira • Vice-Diretor Clínico: Dr. William José Duca • Diretor Técnico: Dr. Paulo Nogueira • Vice-Diretor Técnico: Dr. Maurício de Nassau Machado • Diretor do Hemocentro: Dr. Octávio Ricci Júnior • Diretor do Ambulatório: Dr. Aldenis Borim • Diretora do Lucy Montoro: Dra. Regina Chueire

• Diretoria de Transição do HCM: Dr. Antônio Carlos Tonelli Gusson e Dra. Eloísa Galão Produção Editorial: Intermídia Publicações Telefone: 17 3353-2083 Jornalista responsável: MTB 24.527 Jornalista: Fernanda Martinazzi Estagiários: Juliana Elias e Marcelo Schaffauser Diagramação: Roger Goulart Impressão: Fotogravura Rio Preto Tiragem: 2000 exemplares


Funfarme

R$ 1,4 milhão para compra de novos equipamentos

O deputado federal Edinho Araujo (PMDB-SP) esteve na Funfarme/Famerp, no dia 5 de maio, para informar a liberação de R$ 1,4 milhão para o Hospital de Base e Hospital da Criança e Maternidade. A verba será utilizada na compra de 16 novos equipamentos como ventiladores pulmonares, mesas cirúrgicas elétricas e aparelhos de monitoramento da anestesia. Durante a visita, diretores da Funfarme e da Famerp conversaram com o deputado sobre novos projetos da fundação e ressaltaram a importância de sempre haver investimentos nas instituições. “A modernização e a melhoria da infra-estrutura de nossos hospitais são fundamentais para que a Funfarme siga oferecendo

O deputado Edinho Araújo (de terno) conversa com lideranças da Funfarme/Famerp

um atendimento de qualidade e excelência na educação, enquanto hospital de ensino”, afirmou Dr. Dulcimar Donizeti de Souza, presidente dos Conselhos da Funfarme e diretor geral da Famerp.

População de Potirendaba realiza leilão de animais e utensílios domésticos em prol do Hospital de Base Em reconhecimento ao atendimento e serviços de qualidades oferecidos à população pelo Hospital de Base, moradores de Potirendaba promoveram, no mês de abril (13), um leilão de animais, aparelhos eletrônicos e utensílios domésticos, cuja renda será revertida ao hospital. “Estamos felizes por poder ajudar o Hospital de Base. Minha família, assim como a de muita gente em Potirendaba, sempre foi muito bem atendida por todos no HB. Esse leilão é a forma de dizermos obrigado”, afirmou o mecânico aposentado Renivaldo José da Silva (Borná), um dos organizadores. A mobilização para o leilão acontecer foi grande e envolveu dezenas de cidadãos. Tanto empenho resultou na doação de 55 bezerros, 11 leitões, 6 cavalos, 3 carneiros, 2 burros, coelhos, aves e inúmeros equipamentos e utensílios. “Tudo foi arrematado, uma beleza!”, comemorou o sitiante Devanir Reino, que fez o papel do leiloeiro,

Leilão reuniu dezenas de pessoas em prol do HB

anunciando lance a lance. Muitos dos que arremataram animais ou objetos inclusive fizeram questão de devolvê-los, demonstrando o espírito de solidariedade para com o Hospital de Base. “Eu doei uma cabeça de gado, arrematei e devolvi. Queremos que o HB continue a fazer o bem para a população”, declarou o sitiante José Atílio Prosdócimo. Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014

3


Funfarme

Mais de

700 Famerp sedia, pela primeira vez, o evento, tendo pleno sucesso

profissionais de saúde de todo o país participaram

Ao sediar pela primeira vez o Congresso Paulista de Educação Médica, a Funfarme obteve pleno êxito, a julgar pela avaliação dos congressistas e pela grande adesão. Em sua 9ª edição, o evento atraiu mais de 700 profissionais da área da saúde de todas as regiões do país, em seus três dias (24 a 26 de maio) de palestras, mesas redondas, reuniões e oficinas, realizadas na Famerp e na Sociedade de Medicina e Cirurgia. Outra demonstração do sucesso foi o número de trabalhos científicos, mais de 160, dos quais, 110 foram aprovados para apresentação em duas categorias: pesquisas em educação médica e relatos de experiência. É o reconhecimento pelo trabalho conjunto da Famerp, Centro Acadêmico Euryclides Zerbini (CAEZ), Hospital de Base, Hospital da Criança e Maternidade e a Associação Brasileira de Educação Médica, que uniram forças para trazer o evento para Rio Preto. O objetivo foi discutir o ensino médico no Brasil e a possibilidade de propor alterações nas diretrizes curriculares. Segundo o Prof. Sérgio Brienze, presidente do evento e diretor adjunto de Ensino de Medicina da Famerp, o tema foi escolhido por estar em destaque na mídia brasileira, tendo em vista as mudanças nas legislações da saúde propostos pelo Governo Federal.

“Além de discutir tema tão importante e atual, o Congresso exerce o efeito de oxigenar o ambiente da Funfarme, Famerp e Hospital de Base, pois nos dá a oportunidade de discutir novas ideias e propostas do ensino com educadores das principais instituições do Estado de São Paulo”, Prof. Sérgio Brienze, presidente do Congresso Diretores da Funfarme e Famerp, autoridades públicas da área da Saúde e representantes Abem prestigiaram a abertura oficial, na Sociedade de Medicina e Cirurgia 4

Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014


Funfarme

Organização e participação dos congressistas são alvos de elogios “Parabéns à Funfarme pelo belo congresso, muito bem organizado e com grande número de participantes, que mantiveram discussões ricas e de alto nível, que contribuem muito para buscarmos a melhoria da educação médica.”

Palestra impactante

“A criação de novos cursos de medicina só terá impacto sobre a saúde no Brasil daqui a 20 anos.”

Profa. Jadete Barbosa Lampert, diretora-presidente da Abem (Associação Brasileira de Educação Médica)

“Participei de todos os congressos paulistas e fiquei muito feliz e satisfeito com o nível dos trabalhos apresentados. Foram extremamente adequados aos temas propostos. Nas oficinas que coordenei, foi grande o entusiasmo dos participantes, com resultados muito positivos. Tenho certeza de que este congresso trará muitos benefícios ao ambiente, profissionais e alunos da Famerp e seus hospitais de ensino.”

Prof. Maurício Braz Zampolli, coordenador do Internato da Faculdade de Medicina de Marília (Famema)

Estudantes da Famerp que participaram da organização do evento

“Para nós, estudantes, este congresso representou passo importante para que nossa instituição aprimore seu ensino. Alguns dos melhores educadores médicos do Estado trouxeram a Rio Preto conhecimento valioso, e nossa função é contribuir para que este conhecimento permaneça na Famerp.” Guilherme Marum Olmedo Presidente discente do Congresso, coordenador de Educação Médica do CAEZ e coordenador discente da ABEM - Regional São Paulo

A frase acima foi apenas uma das muitas declarações que o Prof. Milton de Arruda Martins que causaram impacto na platéia que assistiu a sua conferência “Como formar médicos no Brasil”, na abertura do 9º Congresso Paulista. Chefe da disciplina de Clínica Geral da Universidade de São Paulo (USP), ex-presidente da Abem e estudioso da realidade do ensino de medicina e da saúde no Brasil, Prof. Milton apresentou números e estatísticas preocupantes e que justificam os graves problemas que abalam o setor e penalizam alunos, residentes, professores e, sobretudo, a população. Ao final, listou, em breves itens, o que precisa ser feito para mudar este triste cenário: • redistribuir os médicos no território nacional; • rever o Sistema Único de Saúde; • promover mudanças na maneira como o médico trabalha; • melhorar as condições de trabalho dos profissionais de Saúde. Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014

5


Funfarme

Primeira Especialização em Tomografia e Ressonância da região, oferecida pela Funfarme, encerra cursos com chave de ouro A primeira edição dos cursos de aperfeiçoamento para técnicos e tecnólogos de radiologia nas áreas de tomografia e ressonância magnética terminou em abril e o balanço da coordenação foi bastante positivo. Com status de especialização, primeiro e único na região, o curso foi muito disputado. Sessenta e um profissionais se Primeira turma de aperfeiçoandos em Tomografia e Ressonância Magnética da Funfarme inscreveram no processo seletivo para as 20 vagas. sional. “A capacitação deste tipo “A frequência foi de quase 100% no mais próxima é em Campinas. Foi Funfarme, Victor D’Addario, um dos estágio prático. Alguns alunos que de extrema importância que tenha coordenadores do curso. se formaram já estão atuando na acontecido em Rio Preto e, espeO aluno Mauro Matheus Cirillo área no HB e em outras instituições”, cialmente, em um grande hospital, ressalta que o curso foi muito imafirmou o técnico em Radiologia da com excelência no ensino.” portante para sua carreira profis-

Funfarme realiza encontro em comemoração ao Mês da hemofilia

Foto maior, equipe de multiprofissionais da Funfarme recebe vice-presidente da Federação Brasileira de Hemofílicos.

O menino Iago Gonçalves (blusa azul), hemofílico,com a avó, mãe e irmã

Para evidenciar abril, mês da hemofilia, a equipe de multiprofissionais, pacientes e familiares integrantes do Grupo de Apoio aos Pacientes Hemofílicos da Funfarme reuniu-se, no Anfiteatro Fleury, para discutir sobre a enfermidade. “Não é fácil manter um grupo ativo durante o ano todo. Os resultados positivos obtidos nos tratamentos são frutos da persistência e do trabalho em conjunto de pacientes e profissionais”, afirmou Dr. Jandir Nicássio, mé-

pequeno Iago Gonçalves de Moraes, hemofílico que realiza tratamento na instituição, vem de Catanduva a Rio Preto todo mês para participar das reuniões. “Os encontros são esclarecedores. A troca de experiências e a discussão acerca do assunto auxiliam muito na maneira como vemos a doença e o tratamento”, afirma. As reuniões acontecem todas as primeiras sextas-feiras de cada mês, no hemocentro. Mais informações, pelo telefone (17) 3221-5151.

6

Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014

dico hematologista da Funfarme e integrante da equipe. Durante a cerimônia, a vice-presidente da Federação Brasileira de Hemofilia, Mariana Leme Batazza Freire, ministrou palestra sobre a doença genético-hereditária. Dr. Jandir apresentou dados estatísticos sobre a enfermidade no Brasil e na região de São José do Rio Preto. Também houve apresentação de dança do ventre e um coffe-break para os convidados. Dona Aparecida Pozzi, avó do


Funfarme

vv

Colaborador, DOE SANGUE

CACHECOL solidário

No inverno, diminui o estoque do Hemocentro

Alunos do Colégio Liceu incorporaram o espírito de solidariedade e confeccionaram 187 cachecóis, doados aos pacientes do HB. Próximo do inverno, representantes do colégio, acompanhados por voluntários da Avohb, circularam, no dia 31 de abril, pelos quartos do hospital entregando o presente. “É importante desenvolver nos estudantes o espírito de solidariedade, ainda mais em uma sociedade de consumo como a que vivemos hoje”, afirmou Renato Tozzo, diretor do Liceu. Surpresa e, ao mesmo tempo, emocionada, Maria Aparecida de Araújo, 71 anos, declarou: “Nunca tive um cachecol. Agora vou usá-lo não só para me aquecer, mas também para compor meu visual.”

De dois em dois meses, Thiago Soler Fragoso (foto abaixo) tem compromisso marcado com o Hemocentro. O analista de sistemas da Funfarme é doador assíduo de sangue desde 2003 e, a cada 60 dias, comparece para fazer a sua parte. “Doar sangue tornou-se um hábito em minha vida”, afirma. Além do Thiago, o hemocentro conta com outros doadores fiéis, porém o número de colaboradores que doam ainda é pequeno. A quantidade de bolsas coletadas no geral, também diminuiu. Hoje, o Hemocentro tem estoque suficiente para suprir uma demanda de dois dias. “O ideal é que essa capacidade dure em média uma semana, já que a unidade atende 32 municípios, além de realizar cerca de 6 mil transfusões por mês”, explica Rodrigo Borges, enfermeiro do Hemocentro.

AVOHB acompanhou proprietários do colégio Liceu durante entrega dos itens. No detalhe, pacientes internados no HB recebem cachecol

Visita da imagem de Nossa Sra. de Nazaré emociona pacientes do HCM

Alunos da Famerp entregam produtos higiênicos e alimentícios à AVOHB

Trote arrecada alimentos e produtos para a AVOHB Paciente chora diante da imagem da santa

Pacientes e colaboradores do Hospital da Criança e Maternidade foram surpreendidos, em maio, pela visita da imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré. Foi o quarto ano que Rio Preto recebeu a visita da santa, cuja paróquia localiza-se em Belém (PA). “Meus sobrinhos eram para ter alta hospitalar, mas foi adiada por um dia. Acho que estava escrito para acontecer para que eles recebessem a benção de Nossa Senhora”, afirmou Eduardo Barbosa, tio dos gêmeos Mateus e Miguel, de 2 anos e oito meses.

Alimentos e produtos higiênicos foram doados à Associação de Voluntários do HB pelos alunos de medicina e enfermagem. Os utensílios foram arrecadados em abril através do Trote Solidário, ação criada pelo Centro Acadêmico “Euryclides Zerbini”, em 1998. Paola Ferres, aluna do terceiro ano de medicina, resume: “é muito gratificante participar do trote com este espírito. Além de permitir que ajudemos quem precisa, o trote também estimula a integração dos calouros com os estudantes que já cursam a faculdade há mais tempo.” Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014

7


Funfarme

Funfarme/Hospital de Base e Famerp se unem a instituições de Rio Preto em campanha contra a hipertensão No dia 26 de abril é comemorado o Dia Nacional de Combate e Prevenção à Hipertensão e, para marcar a data, a Funfarme/ Hospital de Base e Famerp, em parceria com outras instituições acadêmicas e de saúde, realizaram uma campanha, no mês de abril, para aconselhar a população sobre os riscos da doença. Foram atendidas cerca de 2 mil pessoas nos quatro pontos de atendimentos espalhados por Rio Preto. “Como profissionais da área, temos o dever de chamar a atenção da comunidade para este grande problema de saúde pública, que atinge de 25% a 30% da população brasileira”, explicou o cardiologista do Hospital de Base e coordenador do evento, Dr. José Fernando Vilela. Durante a ação, realizada nos shoppings Cidade Norte, Praça e Plaza Avenida e no Hospital de Base, profissionais da área da saúde orientaram a

população sobre a hipertensão, maior fator de risco para o desenvolvimento de doenças cardíacas. Enquanto orientavam, eles faziam o cálculo do índice de massa corporal (IMC) de cada pessoa, aferiam a pressão arterial, mediam a circunferência abdominal e a glice- mia capilar (veja fotos). Somente em 2014, a Funfarme já fez mais de 2.050 atendimentos de pacientes com hipertensão e com outros problemas cardíacos em decorrência da enfermidade. “Em um hospital de ensino, temos de estar à frente na educação e atendimento ao público”, afirmou Dr. Vilela. José Carlos de Pádua, um dos pacientes atendidos durante o evento, disse: “Estes exames oferecidos de forma gratuita são muito importantes. Ajuda muito aqueles que não têm condições de pagar por uma consulta. Vi pela televisão que teria o exame chamei meu amigo para virmos aqui”.

A hipertensão atinge de 25% a 30% da população brasileira

Durante a abertura do evento houve exercícios físicos para toda a população 8

Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014


Funfarme

Funfarme NotĂ­cias - Abril / Maio 2014

9


Hospital de Base

AVOHB 20 anos: Voluntárias mais Não poderia ser diferente!

A celebração que comemorou os 20 anos da Avohb – Associação de Voluntários do Hospital de Base – foi marcada pela emoção em suas mais variadas manifestações: sorrisos, abraços, lágrimas e agradecimentos... muitos agradecimentos à devoção, empenho e carinho que os mais de 150 voluntários dedicam aos pacientes do complexo Funfarme ao longos das últimas duas décadas. A confraternização, organizada pela Funfarme através da Comissão Interna de Eventos, aconte-

“Em nome de todos os profissionais da Funfarme, agradeço pelos abraços e pelas manifestações de carinho que vocês dedicam a cada um dos milhares de pacientes com quem conviveram nestes 20 anos.” Dr. Horácio José Ramalho, diretor-executivo da Funfarme

10

Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014


Hospital de Base

antigas são homenageadas durante evento ceu no dia 10 de abril, no anfiteatro da Sociedade de Medicina e Cirurgia, onde estiveram as diretorias e lideranças da Funfarme, Hospital de Base e Hospital da Criança e Maternidade, além dos voluntários. Aos integrantes mais antigos da associação, que se dedicam à nobre causa há mais de 15 anos, foi prestada uma justa homenagem, sob a forma de troféus. Durante a celebração, foram exibidos vídeos sobre o trabalho desempenhado pela Avohb e depoimentos de familiares dos voluntários.

“A comemoração conseguiu reunir praticamente todos os voluntários. Isso foi de suma importância para a Avohb. Todos sentiram que realmente fazem a diferença dentro da instituição. Foi uma injeção de ânimo!” Heloísa Siqueira, presidente da Avohb

Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014

11


Hospital de Base

Durante a festa...

“Já está comprovado que a interação social com paixão e solidariedade, como é feita pelos voluntários, colabora muito para o sucesso dos tratamentos clínicos.” Dra. Regina Chueire, diretora da unidade rio-pretense do Instituto de Reabilitação Lucy Montoro

“Não existe trabalho mais bonito do que o voluntariado.” Dra. Amália Tieco Sabbag, vice-diretora administrativa do HB

“Estamos extremamente emocionados. Sabemos do carinho que todos na instituição sentem por nós, mas não imaginávamos que iriam preparar um evento desta magnitude. O vídeo com depoimento do meu filho foi minha maior alegria. O maior orgulho da minha vida é ser voluntária, poder doar-me ao próximo.” Maria Cristina Ortega, voluntária desde a fundação da Associação, há 20 anos

12

Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014


Hospital de Base

A partir de maio o hospital lançou o Projeto piloto de balcão de informações, administrado pela AVOHB. A iniciativa é uma parceria das voluntárias com o grupo de Humanização e a Diretoria. “O objetivo é instruir todos que passam pela instituição. O fluxo de pessoas que passam pelo HB diariamente é grande e com o balcão de informações, quem passar por aqui vai se sentir mais amparado e orientado”, explica Dr. Horácio Ramalho, diretor executivo da Funfarme. “Assim que notei o balcão me aproximei para pedir informação sobre onde deveria ir para realizar um exame de tomografia. Em um hospital grande como o HB esse tipo de serviço é primordial para nós, pacientes”, pontua Aparecida Pereira, paciente do Hospital de Base.

Hospital de Base ganha balcão de informações, administrado pelas voluntárias A paciente Aparecida Pereira aprovou a criação do balcão de informações do HB

Atenção, fogo! Colaboradores do Hospital da Criança e Maternidade recebem treinamento de Brigada de Incêndio

197 colaboradores do Hospital da Criança e Maternidade (foto) participaram do treinamento da Brigada de Incêndio, promovido pelo Sesmt – Serviço

Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho, durante uma semana, em abril. As aulas teóricas e práticas os capacitaram a ser, a par-

tir de agora, brigadistas. “Eles estão prontos para agir, caso ocorra um incêndio na instituição para evitar que a situação se agrave. Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014

13


Hospital de Base

Cada vez mais

capacitação e incentivo à pesquisa

A Funfarme participa do programa Saúde Baseada em Evidências, oferecido pelo Hospital Sírio Libanês em parceria com o Ministério da Saúde. O projeto é um curso de pós-graduação que instrumentaliza os profissionais da área para o desenvolvimento de pesquisas científicas. O conteúdo central das palestras envolve modelos, metodologias e a coleta de dados para um melhor embasamento e estruturação dos estudos. As aulas são transmitidas por videoconferência, todas às quintas-feiras, das 10h às 12h, e todas as provas são realizadas virtualmente. São 3400 inscritos no Brasil e 100 integrantes da Espanha. As atividades iniciaram em 10 de março e vão até novembro, somando-se 34 semanas. Ao final, os 19 alunos da Funfarme que participam do programa deverão apresentar um Trabalho de Conclusão de Curso e ter média mínima de 7 nos exames. A Coordenadora do CEP, Ilza Zborowski, responsável pelo gerenciamento do curso na Funfarme explica importância dele para a instituição. “Somos um hospital de ensino e temos esta cultura da pesquisa científica, que deve ser aperfeiçoada. É imprescindível ressaltar que a interação na hora da aula e a troca de experiências são fundamentais para o aprendizado, mesmo que as atividades e a videoconferência possam ser vistas posteriormente na web”, pontua.

Intercâmbio

de experiências Com o objetivo de trocar conhecimentos e informações, a equipe multidisciplinar de cancerologia do Hospital de Base reuniu-se, no dia 17 de abril, com os profissionais responsáveis pelos Registros de Câncer, que atuam na cidade de Jaú (SP). Cerca de 40 profissionais da Funfarme, entre eles médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais e registradores participaram do evento. Dr. Fabio Leite, chefe do Serviço de Oncologia da Funfarme, apresentou dados registrados pela fundação aos convidados. “Este intercâmbio é importante para conhecermos nossos indicadores clínicos de qualidade, relacionados ao tratamento oncológico, e compará-los, através da base de dados da Fundação Oncocentro de São Paulo, com institutos nacionais e internacionais. A partir daí, poderemos traçar novos objetivos”, explicou Dr. Fábio.

14

Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014

Encontro reuniu cerca de 40 profissionais responsáveis pela área de oncologia da Funfarme

Multiprofissionais do HB se reuniu com os responsáveis pelo registro de câncer que atuam na cidade de Jaú-SP

Diretoria da Funfarme também recepcionou os profissionais


Hospital de Base

HB, Famerp e Sesc celebram Dia Mundial da Saúde

Equipe de reabilitação cardiometabólica no Sesc

Visando o incentivo da atividade física, prevenção de problemas de saúde e orientação de condicionamento físico, o HB e a Famerp, em parceria com Sesc, realizaram nos dias 4 e 5 de abril o evento Dia Mundial da Saúde. Cerca de 200 pessoas compareceram ao evento cujo o foco foi o diagnóstico e o tratamento de

doenças cardiometabólicas. “Já temos um programa de ginástica na Faculdade. Levamos este programa para o evento com a intenção de mostrar a sua importância, pois a ginástica auxilia tanto o equilíbrio, quanto a respiração cardiovascular”, afirma o Prof. Dr. Kazuo Nagamine da Famerp.

Grupos de animação conhecem normas internas dos hospitais

Residente de Radiologia é único brasileiro convidado a participar de programa internacional O médico radiologista Dr. Eduardo Portela foi um dos 15 escolhidos no mundo para apresentar pesquisa no Introduction to Research for International Young Academics – IRIYA- de 2013. O programa é promovido pela Sociedade de Radiologia da América do Norte – RSNA. Na época em que participou do encontro, ele ainda era residente da Funfarme. “Todas as aulas são ministradas por radiologistas americanos, altamente experientes em pesquisa e com uma carreira acadêmica bem consolidada. Justamente por isso os conhecimentos transmitidos por eles são muito valiosos”, pontua o médico. Dr. Eduardo apresenta seu trabalho na Sociedade de Radiologia

Campanha trata de prevenção a cânceres que atingem a mulher

Pensando na segurança do paciente e dos grupos de animação e entretenimento que atuam na Funfarme, o Grupo de Humanização realizou um curso (foto) sobre as normas internas da instituição para os que desejam atuar como voluntário nestas atividades. “É importante que os voluntários conheçam as regras instituídas pelos hospitais. Lavar as mãos

Alunos da LOF no Centro Saúde Escola do Estoril, durante a campanha de prevenção ao câncer

de maneira correta, ter conhecimento dos setores que podem ser visitados são algumas informações apresentadas durante a capacitação”, disse Andreza Ferreira Rocha, integrante do Grupo de Humanização. Anni Jing Wen Liu, membro do grupo “Eis Me Aqui”, criado pela Famerp, aprovou: “É importante termos conhecimento sobre as normas para a segurança dos pacientes e para a nossa também”, afirmou.

Alunos da Liga de Oncologia da Famerp (LOF) e professores realizaram, em abril, a campanha de combate ao câncer de mama e colo do útero chamada “Noite preventiva da saúde da mulher”, no Cento de Saúde Escola do Estoril. Cerca de 50 pessoas foram orientadas sobre como se prevenir. “O câncer de mama e de colo do útero são as neoplasias de maior incidência no país. É preciso trabalhar a prevenção e promoção da saúde nas mulheres para diminuir essa incidência e obter qualidade de vida”, disse Ana Cláudia Sangali, presidente da Liga. “E é função da Funfarme produzir conhecimento e estendê-lo à comunidade, promovendo a saúde de todos”, completou Dr. Fábio Leite, chefe da Oncologia da Funfarme. Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014

15


Funfarme PROFISSIONAIS DO MÊS

12 DE

MAIO

Dia do profissional de enfermagem Cerca de 25% dos mais de 5 mil colaboradores da Funfarme fazem parte da emfermagem. 12 de maio foi o dia deles. A instituição parabeniza e agradece a dedicação de todos os têcnicos, auxiliares e enfermeiros pelo bom trabalho desenvolvido!

Estes são alguns de nossos colaboradores da enfermagem

16

Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014


Funfarme PROFISSIONAIS DO MÊS

10

DE MAIO

Dia do Cozinheiro

A Funfarme conta com 10 cozinheiras responsáveis por preparar todos os dias cinco diferentes refeições para médicos, residentes, alunos, estagiários, colaboradores, pacientes e acompanhantes. Tudo é feito com muita dedicação, carinho e tem a supervisão do setor de Nutrição. Parabéns a todos!

15 DE MAIO Dia do Assistente Social

Parabéns! Na instituição, são 34 colaboradores, 12 aprimorandos/aperfeiçoandos e 5 estagiários na área. Eles trabalham para garantir o acesso do usuário aos direitos civis, políticos e sociais, para a efetivação da cidadania e mudança da realidade na qual o paciente está inserido. Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014

17


Funfarme PROFISSIONAIS DO MÊS

9 DE Junho Dia do Porteiro A Funfarme, entre HCM, HB e Ambulatório, tem 55 porteiros que controlam o acesso à instituição. Muito obrigada a todos por nos auxiliarem no trabalho diário e na segurança!

18

Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014


Funfarme PROFISSIONAIS DO MÊS

29 DE

Junho Dia da Telefonista O quesito principal destas colaboradoras, segundo a responsável por elas, Gislaine Lopes Cardoso (PABX), é a simpatia. Além de repassar ligações, elas detêm toda agenda telefônica da Funfarme e devem estar sempre prontas a responder às demandas. No total, são 15 telefonistas que trabalham de manhã tarde e noite, todos os dias do ano (em escala). Parabéns a todas elas pelo empenho!!! Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014

19


Mês da Segurança do Paciente

Funfarme

Em maio, a Funfarme comemorou o Mês da Segurança do Paciente. Para celebrar a data, a Fundação desenvolveu, junto a seus colaboradores, diversas ações que os conscientizam e alertam para uma atuação mais segura diante de seus pacientes. Acompanhe nas próximas páginas como foram estes eventos.

Higienizar as mãos – a melhor forma de prevenção Para celebrar o Dia Mundial da Higiene de Mãos (5 de maio), uma equipe de animadores, vestidos de palhaços, percorreu vários setores do Hospital de Base e do Hospital da Criança e Maternidade alertando pacientes e colaboradores sobre a maneira correta de higienizar as mãos no ambiente hospitalar. A ação foi organizada pela Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH), Superintendência Assistencial, Enfermagem, Diretoria e Comissão de Eventos e fez parte do Mês da Segurança. “O assunto é muito sério e acreditamos que, de uma maneira leve e divertida, podemos sensibilizar a todos. Como instituições referência na área da Saúde, o Hospital de Base e o Hospital da Criança e Maternidade devem participar ativamente destas datas tão importantes e contam com total apoio da diretoria”, afirmou o diretor executivo da Funfarme, Dr. Horácio José Ramalho.

Todas as fotos estão em: www. facebook.com./HospitaldeBaseRioPreto

20

Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014


Funfarme

Mês da Segurança do Paciente

Segurança até de

BRINCADEIRA!

Para comemorar o mês de segurança do paciente e o dia mundial do profissional da enfermagem (12 de maio), a gerência do setor realizou, de 6 a 12 de maio, uma gincana com diversas provas que envolviam o assunto. “A ideia era tirar estes profissionais da rotina deles e, de maneira descontraída, alertá-los para a importância da segurança do paciente”, explica Edna Castro, gerente de enfermagem do HB. Foram sete diferentes provas, todas valiam pontos. No entanto, duas delas já somavam valores apenas pela participação das equipes e as outras cinco eram classificatórias, ou seja, posicionavam em 1º, 2º e 3º lugar.

Confira os campeões

Mural

Perguntas e Respostas

?

UTI 7º (Convênio)

Arrecadação de Agasalhos e Produtos Higiênicos

Ucor e P.O.I

Paró

dia

Mu

sica

l

Centro Cirúrgico

Centro Cirúrgico Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014

21


Funfarme

Mês da Segurança do Paciente

E o Nobel foi para...

Depois de uma semana de disputas acirradas, nossos vencedores na contagem geral, com louvor e honra, são:

1º L u g a r

“Assumi há pouco o Centro Cirúrgico e, além de todos os desafios, veio a gincana. E as pessoas compraram a ideia e este envolvimento me deu muita força.” Priscila Buck (Centro Cirúrgico)

Centro Cirúrgico e Centro Cirúrgico Oftamológico

2º Lugar Ucor e P.O.I

“Além de aprendermos mais sobre a segurança do paciente, nós nos divertimos muito! Obrigada.” Enfª. Vanessa Bonafim (Ucor)

3º “Com as brincadeiras, L passamos a prestar mais atenção nos u detalhes buscamos g aprender.eNão parem com a gincana!” a r Enf. Marlon Freitas (UTI – 7º - Convênio)

22

Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014

UTI do 7º - Convênio


Funfarme

Mês da Segurança do Paciente

Café da manhã Um café da manhã foi oferecido aos grandes campeões, em seus setores. Confira nas fotos como foram as confraternizações:

Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014

23


Funfarme

Mês da Segurança do Paciente

Diretoria e comissão premia grupo de vencedores Após uma semana de muito aprendizado, diversão e descontração, a 1ª Gincana da Enfermagem terminou em clima de alegria, com um Anfiteatro Fleury lotado e a presença da Diretoria da Funfarme e dos líderes da gerência de enfermagem. A equipe vencedora foi a do Centro Cirúrgico do HB, cujos profissionais participaram do sorteio de uma televisão de 42 polegadas e 4 tablets (veja os ganhadores abaixo). As três equipes mais bem colocadas na gincana ganharam, cada uma, um café da manhã especial em seu setor. Centro Cirúrgico/Centro Cirúrgico Oftalmológico, Ucor/P.O.I e UTI do 7º (Convênio) foram os grandes campeões, respectivamente.

Os sorteados: Os colaboradores encontraram-se no Fleury para celebrar o fim de uma semana muito divertida

“Sou fã da enfermagem. O profissional desta área é fundamental para a qualidade de atendimento que oferecemos. Parabéns a todos!”

TV 42’’ - Maria Goreti Mariotto (turno tarde) Tablets - Sueli Antônia Guedes e Regiane Aparecida Rosa (ambas, da tarde), Madalena R. da Silveira (manhã) e Cléria Camargo Silva (noturno)

Dr. Jorge Fares

“Quando falamos para outras instituições de saúde é que vemos a qualidade e os avanços que tivemos na Funfarme em relação à segurança dos pacientes.” Maria Regina Jabur

“Só existe trabalho médico de excelência graças ao ótimo desempenho de vocês e à sinergia entre os profissionais. Parabéns a todos do corpo de enfermagem que se mobilizaram na gincana e pelo dia de vocês.” Dr. Horácio Ramalho

Mais alertas! Outras três ações do mês da Segurança do Paciente, que fecharam os eventos, foram feitas em diversos setores da instituição. Confiram:

Um vídeo instrutivo sobre a maneira correta e segura de se fazer uma hemotransfusão foi veiculado no hall de elevadores da Emergência do SUS, de 20 a 23 de Maio. A mídia está disponível aos colaboradores no servidor do sistema MV 24

Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014

Uma mobilização e tanto

22

equipes participantes, sendo

3 do HCM e 19 do HB 1.641

agasalhos arrecadados, doados à Avohb

6.146

produtos de higiene, também doados à Avohb

O comportamento dos profissionais também influencia na segurança do paciente. Um vídeos sobre o assunto foi passado aos colaboradores pela equipe do Serviço de Psicologia, do dia 26 a 30 de maio. Um grupo caracterizado com camisetas amarelas e vermelhas passou em todos os setores da Funfarme, explicando as maneiras corretas de usá-los. O intuito era chamar a atenção dos profissionais para a segurança na medicação, por meio de uma cartilha com cinco passos na recepção e administração dos itens.


Funfarme

Mães e enfermeiras, o mesmo carinho, o mesmo amor! No mês de comemoração da Semana de Enfermagem e o Dia das Mães, o Hospital de Base aproveita para homenagear todas as mamães e enfermeiras da instituição. Confira os depoimentos de nossas colaboradoras sobre maternidade e o trabalho. Márcia Venâncio de Carvalho - Enfermeira Quimioterapia Ser mãe e enfermeira é um desafio constante. Uma emoção, com muita responsabilidade, compromisso, aprendizado contínuo e amizade. Enfim, não saberia ser outra coisa. Faço com gosto e carinho e a contribuição com a semana de enfermagem foi espetacular, mais uma experiência. Andrea Ranucci de Oliveira Enfermeira CME Amor de mãe é o maior amor do mundo. Nós como enfermeiras temos o mesmo cuidado e carinho com os pacientes, assim como se fossem com nossos filhos. Como mãe eu me encontrei.

Samantha Vaccari Grassi Melara - Enfermeira da Gerência de Enfermagem Ser mãe, enfermeira e ajudar na semana de enfermagem, é difícil mais é possível e gratificante! Andreia Cristina Prado Volpe Auxiliar de enfermagem É complicado, mas é gostoso. Fazemos nosso trabalho com o mesmo amor e carinho que damos aos nossos filhos.

Kátia Luciana Franca Pereira Enfermeira do Centro de Educação Permanente (CEP) Ser mãe é um presente de Deus, e ser mãe pela segunda vez é uma alegria em dobro. O trabalho do CEP já faz parte da organização da Semana de Enfermagem, portanto é um prazer realizá-lo.

Funfarme sorteia dez vale-presentes em comemoração ao Dia das Mães

Contempladas

Em celebração ao Dia das Mães, a Funfarme contemplou dez colaboradoras mamães, com um vale-presentes no valor de R$250. Elas foram escolhidas através de um sorteio, que aconteceu no dia 12 de maio. Confira as ganhadoras:

• Darlene caldorin Furlan – enfermeira do Centro obstétrico • Eliane dos Santos - Altimari – fisioterapeuta da UTI do HB • Jane Carla Tomazeli – técnica em farmácia da emergência do HB • Luana Gonçalves de Lima – téc. em enfermagem da emergência do HB • Luci Nari Zorzim Marcon – farmacêutica do HCM • Melissa Christina de Araujo – biomédica do laboratório central • Natália Zamfolini Silva de Oliveira – administração do HLab • Regina de Azevedo Correia – aux. Enfermagem UTI Neo • Santa Mora Scarmelote Cardoso – monitora do ambulatório • Silvia Lopes Moreira Kawata – enfermeira da Hotelaria

“Ainda não sei como vou utilizar o vale, mas adorei! Pretendo comprar algo para mim, já que o presente é em comemoração ao dia das mães”. Natalia Zanfolini de Oliveira, do setor administrativo do laboratório HLab

Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014

25


Hospital de Base

Colaboradores e filhos:

orgulho de conquistar um espaço na universidade pública O colaborador Roberto Belusi entrou na faculdade e se formou junto com seu filho João Roberto. E Thiago, o mais novo, conseguiu o feito de ser aprovado em medicina, em 5 instituições públicas. Ter um filho aprovado em instituição referência pública já é uma alegria. Ter dois então! Pois esta experiência indescritível Thiago, 20 anos, e João Roberto, 26, proporcionaram ao pai, José Roberto Belusi, técnico do Setor de Engenharia da Funfarme. O feito de Thiago foi ainda mais significativo. Ele foi José Roberto (à esquerda), com João Roberto (óculos) e Thiago

aprovado no vestibular

de 5 instituições públicas – Famerp, USP, Unicamp, Ufscar (Federal de São Carlos) e Federal de Minas. Optou por medicina na USP. “Sempre tive muito incentivo da minha família. Meu tio, que fez

matemática na Unesp, e meu pai sempre estudaram muito. Eles me incentivaram a estudar em primeiro lugar, antes mesmo de trabalhar”, lembra Thiago.

João Roberto concluiu, em julho de 2013, o curso de tecnólogo em informática e gestão

de negócios na disputada Fatec, e – o que é melhor! – junto com o pai.

Como o irmão, ele faz questão de destacar o exemplo e apoio da família. “Ele me permitiram concentrar esforços apenas no objetivo de conquistar uma vaga na universidade pública. Saber que aqueles que são próximos dão suporte e torcem por você é fundamental para o bem-estar e segurança do estudante diante da luta que é o vestibular”, declarou. O pai José Roberto sabe o valor destas conquistas. “Somos produtos do meio em que vivemos. Temos sempre que querer melhorar”, afirmou.

E Também conquistaram suas vagas

Camila, filha do superintendente financeiro da Funfarme, Robson Pádua Ribeiro

Caroline, filha da coordenadora da Hemodinâmica do HB, Maria Lourdes Benvenuti

“Foi igual ganhar na loteria!” A frase do superintendente financeiro da Funfarme, Robson Pádua Ribeiro resume a felicidade de ver a filha Camila Fernandes Ribeiro passar para o curso de biologia da Unesp de Rio Preto, UNIFESP – Universidade Federal de São Paulo e UFU – Universidade Federal Uberlândia. Optou pela primeira. Camila conta que desde pequena foi incentivada pelos pais a ler, escrever e estudar o que, acredita, foi importante para esta conquista. “Estudei em boas escolas públicas, como Oscar Pires e SESI, que me ajudaram muito. Os professores eram rígidos e isso foi uma boa influência. Não tive tantas dificuldades, pois desde cedo procurei alternativas para complementar o meu estudo e as escolas eram muito boas”, diz. Precoce, ainda no 6º ano do fundamental, ela já se interessou pelo universo dos vestibulares. “Comecei a procurar provas para me preparar melhor.” Tanto interesse e empenho foram recompensados. Robson viu sua filha conquistar o 11º lugar para o curso da Unesp, que tinha oito candidatos por vaga. “Eu quase tive um ataque cardíaco”, lembra, enquanto ressalta a importância dos pais nesta trajetória de sucesso. “Se não fossem eles, não teria chegado onde estou.” 26

Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014

Para seguir os passos da mãe, a coordenadora da Hemodinâmica do Hospital de Base, Maria Lourdes Benvenuti, Caroline Benvenuti trilhou caminho que muito orgulhosa a família. Ex-aluna da Escola Estadual Miziara, passou nos vestibulares da Unicamp e Famerp, optando por aqui se formar em enfermagem e ter como hospital escola um lugar que fez parte de sua vida. “Vivi muito de minha infância no HB acompanhando minha mãe. Estou muito feliz por estar aqui e dizer que sou aluna de uma das melhores faculdades públicas do país. Um dos incentivos para ingressar na Famerp foi acompanhar o trabalho da minha mãe”, afirma Caroline, ao lado de uma Lourdes emocionada. “Não tenho como descrever o orgulho e a felicidade. Ela sempre gostou do HB.” Aos que consideram desvantagem estudar em escola pública, Caroline responde: “Temos que buscar nossos sonhos, por mais difíceis que pareçam. Se você se esforçar e se dedicar, chega lá.”


Funfarme

Intranet

Novo visual traz facilidade e agilidade para os colaboradores

A partir de junho, entra no ar a nova Intranet do complexo Funfarme. A mudança ocorre após quase 1 ano de testes, sugestões e muito trabalho da equipe de TI e o Departamento de Comunicação do Hospital. A nova Intranet vem para facilitar a vida dos 5 mil colaboradores da Funfarme. Luís Fernando Neves, chefe do Departamento de Comunicação fala sobre como a mudança da Intranet vai beneficiar a todos. “A nova Intranet terá uma série de mudanças que foram sugeridas pelos próprios colaboradores. Agora vai ficar mais fácil de mexer e visualizar”, afirma. Ele explica também que os informativos ganharam destaque já que estão na página inicial da intranet. A parte dos classificados ficará mais visível e com um atalho de acesso logo na página principal. Além disso, todos os comentários sobre os produtos que estão a venda ficarão centralizados no post daquele produto, facilitando assim a comunicação entre anunciante e interessado.

Conheça o novo visual nas duas próximas páginas

Fique atento!

A Intranet será o meio de comunicação oficial de toda a instituição. Então avisos de oportunidades, recrutamento e todas as medidas da diretoria serão feitos diretamente através da nova Intranet.

“O grande diferencial são as informações na página inicial”

Luís Fernando Neves, Responsável pelo Departamento de Comunicação da Funfarme

Reclamações e sugestões Luís Fernando do Departamento de Comunicação comunicação@hospitaldebase.com.br

Problemas técnicos ou solicitações de inscrição na Intranet Miguel Freddi da TI miguel.freddi@hospitaldebase.com.br ou no ramal 1401 ou 1402

Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014

27


Funfarme

Confira as mudanç

Sugestões, elogios e reclamações Solicitações Ramal, nome, departamento e e-mail Arquivos das circulares Documentos da instituição Pratos do dia atual e do dia seguinte Reserva de sala Agenda pessoal Notificações do setor

* uso exclusivo da enfermagem

Anúncios para fins comerciais

Link para livros disponíveis em nossa biblioteca

28

Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014


Funfarme

ças da nova intranet Data

Previsão do tempo Banner rotativo

Dica do dia ou semana

Para cadastrar eventos enviar e-mail para comunicacao@ hospitaldebase.com.br

Aniversariantes do dia Informativos

Classificados

Notícias Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014

29


Funfarme

Os porteiros são orientados a solicitar o uso do crachá para o acesso à instituição

O crachá é sua identidade dentro da Funfarme

“Aqui é uma instituição de atendimento externo, muitas pessoas passam por aqui diariamente. Quando o profissional não se identifica com o uso do crachá, ele impossibilita que o porteiro filtre a entrada, já que pelo mesmo local onde passam os funcionários, médicos, docentes, residentes e alunos também entram pacientes e acompanhantes”.

Para alguns uma identificação, para outros uma segurança. Fato é que de uma forma ou de outra, o uso do crachá é indispensável dentro das corporações. E na Funfarme não é diferente. Composta por 5.729 colaboradores, além dos médicos, docentes, residentes e alunos, o fluxo de pessoas que circulam pelo complexo é grande e aqui o crachá é sua identidade. Renata Teixeira, secretária da diretoria, está há 27 anos na instituição e nunca precisou pedir uma segunda via do crachá. Para ela não existe segredo quando à pontualidade com o documento: “basta ser organizado e atencioso, guardar o crachá na bolsa ou na carteira, dessa forma, é mais difícil esquecer ou perder”.

“Cerca de 250 colaboradores começam a trabalhar na instituição todo mês, o que torna o controle de entrada e saída impossível sem o uso da identificação pessoal.” Emerson Rodrigues da Silva, responsável pelo setor de cartão de ponto.

Alex Correa de Souza, responsável pelo setor da Emergência SUS

COMUNICADO

Renata Teixeira está há 27 anos na instituição e nunca precisou de uma segunda via do crachá 30

Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014

Atenção! Colaboradores, docentes, médicos, residentes e alunos. Com o objetivo de garantir a segurança dentro da Funfarme, fica proibida a entrada na instituição sem o uso do crachá. Aqueles que não estão em dia com o documento devem comparecer ao controle de frequência ou a coreme/coaprimo para regularizar.


r a d n 2º a

Hospital de Base

s o m a t , Es a em breve m r o f e r m e tudo novo! Com o objetivo de melhorar suas instalações e acomodações, o HB inicia em breve mais uma reforma, desta vez, do 2º andar do bloco B, que já foi desocupado. Enquanto a reforma acontece, o atendimento e serviços foram transferidos para o 4º andar do mesmo bloco. A engenheira civil, Maria José, detalha as melhorias pelas quais vai passar o 2º andar: “Toda a estrutura física será reformada e o andar receberá pintura, revestimento e piso novos.” Esta obra, como todas que vêm sendo realizadas, integram o plano da Diretoria de padronizar o hospital segundo o conceito de excelência em qualidade e bom atendimento. Uma das responsáveis pelo atendimento dos pacientes no segundo andar, a enfermeira Mariana, vê com entusiasmo as mudanças. “Sem dúvida, os pacientes terão mais conforto e um ambiente mais agradável, o que contribui para sua recuperação. Com a reforma, nós, profissionais, teremos melhores condições e mais conforto no atendimento aos pacientes”, disse Mariana.

Foto representa local destacado em amarelo no mapa, onde será realizada a reforma

Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014

31


Funfarme

FUMO ZERO A Funfarme iniciou, em maio, uma série de ações para coibir ao máximo o fumo dentro do complexo hospitalar. A iniciativa visa não só cumprir a lei estadual de antitabagismo nº 13.541, mas também garantir um ambiente limpo, saudável, essencial sobretudo numa instituição de saúde. As ações pretendem sensibilizar colaboradores, pacientes, acompanhantes, visitantes, terceirizados e fornecedores.

Veja as principais ações antitabagismo

- fixação de cartazes em toda a fundação (foto ao lado) - maior eficácia na fiscalização ao cumprimento da lei - distribuição de panfletos informativos sobre a lei a pacientes na internação Para que as ações cheguem ao conhecimento de todos, no dia 14 de maio, as chefias e líderes de setores reuniram-se para discutirem as ações e proporem novas ideias. “Somos uma instituição de saúde e temos o dever de promovê-la. Esperamos a colaboração e auxílio de todos”, ressaltou Dr. Jorge Fares, diretor administrativo do HB. A Funfarme disponibilizou aos colaboradores que desejam largar o cigarro o apoio do ambulatório de fumantes, sob a responsabilidade da psicóloga Laura Lemos Cury César, no ramal 1215. Já aos pacientes que, sensibilizados, decidirem parar de fumar, os profissionais da Funfarme vão orientá-los a procurar o atendimento médico. Fumar só é permitido, por enquanto, nos estacionamentos, até que a cultura antitabagista seja incorporada definitivamente, o que todos esperam seja logo.

DADOS MUNIDAIS O Fumo é a segunda causa de mortalidade no mundo 1 em cada 10 óbitos de adultos advém do uso contínuo de cigarro Um bilhão de pessoas devem morrer por uso e exposição ao fumo até o final deste século

Fumar pode causar câncer e outros problemas de saúde O hábito de fumar leva ao desenvolvimento de problemas cardiorrespiratórios como infarto, derrame e alteração da pressão, além de câncer. Veja abaixo os números de atendimentos de câncer na Funfarme:

Câncer de pulmão

2012 2013 CASOS NOVOS 173 125 64 54 ÓBITOS * * 31% dos óbitos diagnosticados em anos anteriores

Câncer de boca e garganta

2012 2013 79 CASOS NOVOS 84 60 54 ÓBITOS * * 49 % dos óbitos diagnosticados em anos anteriores Fontes: CIP e Registro de Câncer (Funfarme).

Diretores e colaboradores no encontro em que se definiram as novas normas implementadas na instituição contra o fumo 32

Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014


Funfarme

Entre em contato

O grupo da psicologia que trabalha com pessoas que querem deixar de fumar funciona semanalmente de terça das 14h às 15h e de quarta das 7h30 às 8h30, no Ambulatório de Especialidades. Informamos que todas as solicitações de Visitas técnicas ao complexo FUNFARME devem ser feitas via site do HB, em www.hospitaldebase.com.br no campo Visita técnica (conforme imagem anexa). Esta solicitação será direcionada ao CEP que fará o devido encaminhamento.

O que é visita técnica?

É quando outro serviço de saúde/escola de cursos da saúde solicitam uma visita para conhecer determinado setor/procedimento/serviço que prestamos.

Mais informações: CEP ramais: 1888/ 1889 Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014

33


Hospital da Criança e Maternidade

3 DIAS

60

Mutirão de Amígdala e Adenoide

cirurgias de amígdala e adenoide em

Parte da equipe multiprofissional que participou do mutirão

Mas, afinal, o que são as amígdalas e adenoides??? As amígdalas (estruturas localizadas na parte posterior da boca, em ambos os lados da garganta) e os adenoides (estruturas que existem na parte posterior do nariz) são compostos por tecido linfoide, rico em linfócitos, plasmócitos e macrófagos que são células do organismo importantes no combate às infeções. Se, por um lado, as amígdalas e os adenoides são parte fundamental do sistema de defesa do organismo, são também focos habituais de problemas (infeções, obstrução).

Um dos 60 pacientes recebe anestesia em centro cirúrgico do HB

34

Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014

“Oba! Vou fazer a cirurgia e nunca mais ter problema para respirar!” A menina Yasmin Eduarda, de 10 anos (foto ao lado), não conseguia conter a alegria. Ela foi uma das 60 crianças e bebês beneficiados pelo mutirão de cirurgias de amígdala e adenoide, realizado pelo HCM, no Hospital de Base, e a Secretaria de Estado da Saúde nos dias 16, 17 e 18 de maio. As cirurgias mobilizaram uma equipe de 25 pessoas, entre médicos cirurgiões e anestesistas e profissionais de enfermagem, ocupando 3 salas cirúrgicas do Hospital de Base. “Esta iniciativa em parceria com a Secretaria de Saúde do Estado é muito importante para agilizarmos o atendimento à população”, afirma Dr. Jorge Fares. Que o diga a auxiliar de produção Vanderlini Gothischark, moradora de Guapiaçu (foto abaixo), que comemorou o fim da espera de um ano para a cirurgia de sua filha, Evellyn, de 3 anos. “Ela vivia gripada. O hospital nos deu um grande presente. Espero que ela tenha uma vida mais saudável agora.” Segundo o diretor administrativo do Hospital de Base, Dr. Jorge Fares, as 60 cirurgias correspondem ao movimento de três meses na instituição.


Mutirão de Cirurgia Pediátrica

Hospital da Criança e Maternidade

HCM recebe seu primeiro Mutirão de Cirurgia Pediátrica

Diretores e professores da Funfarme e Famerp e autoridades da Secretaria de Saúde do Estado, durante a cerimônia de início do mutirão

Logo em seu primeiro ano de funcionamento, o Hospital da Criança e Maternidade mostrou, mais uma vez, o prestígio que desfruta na comunidade ao ser escolhido pelo presidente da CIPE Nacional – Sociedade Brasileira de Cirurgia Pediátrica, Dr. José Roberto Baratella para daqui liderar o 8º Mutirão de Cirurgia Pediátrica, realizado em todo o Brasil. Foi a 4ª edição em que a Funfarme participa, mas a primeira do HCM, inaugurado em outubro passado. Coordenado pelo Dr. Paulo Nakaoski, cirurgião pediatra da Funfarme, o mutirão mobilizou 31 profissionais, que operaram 16 crianças, no dia 10 de maio. Enquanto acompanhava, do HCM, a mobilização em todo o país, Dr. Baratella falou sobre a importância das atividades. “Visamos diminuir as filas no país, além de fomentar o aprendizado com a participação dos residentes e aprimorandos/aperfeiçoandos da enfermagem.” Responsável pela criação da disciplina de cirurgia pediátrica da Famerp, Dr. Humberto Liedtke Junior foi homenageado pelos serviços prestados, durante a solenidade de início do mutirão.

“Meu filho tem um cisto e, possivelmente uma hérnia. Se não fosse o mutirão, teríamos de arranjar um dinheiro que não temos. Foi realmente um presente para o Dia das Mães.” Andréia Watanabe, mãe de Vítor, na foto, com o pai Cirurgia de fimose realizada em um dos pacientes do mutirão Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014

35


Hospital da Criança e Maternidade

COELHINHOS DA SOLIDARIEDADE

Para comemorar a Páscoa, diversos grupos de amigos e de voluntários uniram-se para tornar a data mais alegre para os pequeninos pacientes do Hospital da Criança e Maternidade.

Ação entre amigos

Incitados por uma ação solidária da qual participaram no final do ano passado, os quatro amigos, Andressa Gonzaga, José Carlos Ribeiro, José Alexandre Peral e Silvia Saes reuniram algumas dezenas de ovos e passaram distribuindo os chocolates às crianças do HCM, no dia 12 de abril.

Da dir. à esq., Silva, Andressa, Carlos, José Alexandre, e a voluntária da AVOHB, Maria do Carmo

O coelhinho da Páscoa visitou todas as crianças do HCM

Ação em Família Ao ver reportagem sobre as crianças que iriam passar a Páscoa internadas, o professor de matemática Marcelo Marconi sensibilizou-se, juntou alguns amigos e familiares e combinou com a namorada, Maria Eugênia, técnica em farmácia da Funfarme, de fazer uma visita surpresa ao HCM. O sorriso estampado nos rostos de todos (à direita) revela a quem foi a recompensa maior.

“Vivemos uma Páscoa inesquecível, proporcionada pela alegria destas crianças. O importante é perceber que todas têm o apoio e carinho dos familiares e dos profissionais do hospital.” Rose Marconi, mãe do professor Marcelo Marconi

Voluntariado Há 20 anos é assim. Em todas as datas comemorativas, as voluntárias da Avohb estão presentes transformando o dia em pura alegria. Na primeira Páscoa do HCM, elas arrancaram sorrisos e gargalhadas das crianças ao presenteá-las com ovinhos e outras guloseimas. “Faz toda a diferença. Ele fica

mais alegre e brinca mais!”

As voluntárias já atuam na Funfarme há 20 anos 36

Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014

Aline Pricila Alves, mãe do pequeno Sérgio


Biblioteca

Aculpa é das estrelas De Jhon Green

Hazel é uma paciente terminal. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos — o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.

Funfarme

Obrigada, Aurora,

pelos anos de dedicação! Uma linda e justa despedida foi realizada no dia 30 de abril para a colaboradora Aurora Gasparini, em seu último dia de trabalho na Funfarme, após 26 anos dedicados ao Setor de Lavanderia. Diretores da fundação, do HB e colegas de Aurora reuniram-se no anfiteatro de radiologia para surpreendê-la e entregar uma placa de homenagem pelo carinho e dedicação. “Lembro-me até hoje do dia em que entrei

nesse hospital. Pude acompanhar o crescimento da instituição. Minha vontade é percorrer os corredores abraçando todos os companheiros, tamanha a alegria”, declarou, emocionada. “É uma honra para a instituição ter uma pessoa tão dedicada. Agora, uma nova fase se inicia em sua vida, mas saiba que as portas estarão sempre abertas para você”, declarou Dr. Horácio José Ramalho, diretor executivo da Funfarme.

Autenticidade Bill George

Bill George revela como a liderança autêntica pode ser poderosa e, o mais importante, como é possível conquistá-la. O livro mostra de onde vêm as inspirações dos líderes e como eles surgem, a partir de crises pessoais e outras experiências de vida, trazendo também todo o tipo de sabedoria profunda e prática da qual todo aspirante a líder precisa.

Diário de um banana De Jeff Kinney

Não é fácil ser criança. E ninguém sabe disso melhor do que Greg Heffley, que se vê mergulhado no ensino fundamental, onde fracotes subdesenvolvidos dividem os corredores com garotos que são mais altos, mais malvados e já se barbeiam. Em “Diário de um banana”, o autor e ilustrador Jeff Kinney nos apresenta um herói improvável. Como Greg diz em seu diário: “só não espere que eu seja todo ‘Querido diário’ isso, ‘Querido diário’ aquilo”. Para nossa sorte, o que Greg Heffley diz que fará e o que ele realmente faz são duas coisas bem diferentes.

Diretores e colegas da Funfarme fizeram questão de despedir-se de Aurora

Agradecimentos “Quero agradecer, em meu nome e de minha família, à recepção que tivemos durante nossa permanência para o tratamento de Angelo Batista Marin. Também agradeço a toda equipe da UTI, aos enfermeiros (as), funcionários da limpeza e da copa pela compreensão, pois se não fosse isso, talvez, a dor não tivesse passado. Quero agradecer à equipe médica, de quem tivemos o mesmo carinho. Que Deus lhes pague com muito sucesso na vida profissional e que a cada dia, vocês obtenham êxito em cada tratamento dos pacientes. Só Temos que parabenizar a todos, por tudo o que foi feito por nós. Muito Obrigada!” Marlene Ribeiro Louzada Marin Valentim Gentil -SP

“Foi a primeira vez que fui atendida em um hospital com tanta presteza e cordialidade. Onde moro, isso não é comum. Parabenizo a equipe do Hospital da Criança e Maternidade, espero que nunca falte humanidade àqueles que procuram pelos serviços da instituição. Tive excelente atendimento, pelos funcionários, em todos os setores onde passei. Nota 10!” Otavio Alves Chaves – Frutal - MG

“Quero elogiar a equipe de enfermagem do 2º andar pelo excelente atendimento. Deixo um grande abraço a todos. PARABÉNS!” Aparecido Pereira Martins – S. J. Rio Preto - SP

Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014

37


Funfarme

PERFIL

Paixão sobre duas rodas Logo de manhazinha ele já monta em sua moto. É sobre duas rodas, paixão que descobriu desde cedo, que Luciano Perpetuo de Souza, o Luciano da gráfica, inicia suas atividades diárias. Colaborador da Funfarme há 20 anos, ele aprendeu ainda na adolescência, aos 13 anos, o que é responsabilidade, quando passou a fazer parte do quadro de funcionários da instituição, como menor aprendiz. No trabalho, ele é responsável pela gráfica (atual xérox), mas já passou pelo setor de compras e pela portaria. Natural de Rio Preto, ele se lembra de quando começou a atuar na instituição. “À época, eu era chamado de guardinha, devido ao uniforme da Arprom, que era semelhante ao dos militares. A empresa era rígida, exigia sapato engraxado e blusa por dentro da roupa. Mas esse período foi crucial para minha formação”, afirma. Outro xodó de Luciano é o futebol, mas só por apreciação. Corintiano roxo, ele não perde um jogo

quando o time do coração entra em campo. E assim como no esporte, ele driblou várias dificuldades na vida, sempre com a característica de brincalhão herdada do pai e com a serenidade da mãe. Por fim, mas não menos importante, Vinicius Figueira de Souza, completa a lista de amores do funcionário. Fruto de um casamento, o filho tem hoje 10 anos e assim como o pai é apaixonado pela adrenalina proporcionada pela moto. “Sempre levo meu pequeno aos encontros automobilísticos, ele fica fascinado. É como dizem: tal pai, tal filho”, pontua.

Justamente conciliado

A “raspa do tacho” de uma família de cinco irmãos, Dr. Luiz Loraschi, responsável pelo setor jurídico da Funfarme, inspirou-se na irmã mais velha para seguir carreira no Direito. Natural de Colina, no interior de São Paulo, o advogado assumiu o cargo na instituição em 2010. Luiz se diz satisfeito com as escolhas que fez. Na adolescência, ficou dividido entre a medicina e a advocacia e, hoje, encontra no trabalho na Fundação a realização profissional nas duas áreas. “O Direito é minha vocação e consegui envolver-me com a saúde, que também é uma paixão. São poucos que têm a oportunidade de conciliar os gostos”, conta. Aqueles que têm uma relação mais próxima a ele garantem que, apesar da timidez inicial, Luiz é divertido e tem um humor inteligente. São nas reuniões familiares em sua cidade de origem, aos finais de semana, onde consegue relaxar e se abrir mais. “O mais bacana é que tenho uma família grande, tenho nove sobrinhos, inclusive alguns quase na mesma faixa etária que eu. O almoço em família aos domingos é meu tempo de descanso”, finaliza. Além de atuar na Funfarme, o advogado é professor regular na graduação e na pós em uma faculdade de Rio Preto.

38

Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014


Funfarme

MEU SETOR

Ajudar é o lema dos operacionais da Funfarme Direcionar pacientes para internações e altas, auxiliar no transporte de cadeirantes e acamados, transportar medicações e vacinas de um lugar ao outro dentro da instituição... Essas são algumas, das muitas tarefas atribuídas aos chamados “funcionários operacionais”, da Funfarme. Criado há mais de 15 anos, o setor tem o objetivo de agilizar os serviços dentro da

Para refletir Um dos maiores desafios dos que lutam hoje pelo seu sustento é se permitir e garantir o próprio prazer e a alegria de viver. Todos estão correndo contra o relógio. E para vivermos com prazer, precisamos reservar e cobrar muito tempo para nós. A principal força motivadora de todo o ser humano é a busca pelo significado de sua vida. O homem sempre procurou dar um sentido à sua existência. A frustração dessa necessidade gera o vazio existencial e uma crise de identidade. Ao contrário, quando “nos encontramos”, mesmo que sem certezas absolutas, vivenciamos o prazer. O prazer renova as ideias, a vitalidade e a quantidade de energia disponível para o dia-a-dia. Ajuda a ativar o sistema parassimpático e representa o grande protagonista quando o assunto é autoestima. Quanto menos pra-

Fundação e orientar todas as pessoas que passam por aqui, sejam elas acompanhantes ou pacientes. Gerenciado pela superintendência de enfermagem, a área conta hoje com 65 profissionais, que são fundamentais para a equipe multiprofissional. Eles atuam no Hospital de Base, Hospital da Criança e Maternidade, Lucy Montoro, Instituto do Câncer, Ambulatório e Hemocentro. Se comparado ao corpo humano, eles poderiam ser considerados como o sistema nervoso, já que tem a função de interligar todas as alas da instituição. Tão importantes são os trabalhos desempenhados pelos operacionais, que o setor funciona 24 horas, de segunda a segunda-feira. José Orny Neto integra a equipe há nove anos. Para ele, responsabilidade, sensibilidade e dedicação são alguns dos atributos fundamentais para desempenhar a função. “Gosto do que faço e penso que essa é a principal condição para desempenhar qualquer função. Para ser um operacional também é preciso ter caráter em primeiro lugar e educação, já que lidamos com atendimento direto ao paciente”, pontua.

Prazer contagiante zer, maior a percepção que muitos relatam como “viver sem sentido”, sem beleza, sem encantamento pela vida e por si próprio. A valorização e a coragem de viver passam pelo prazer. Não apenas o prazer sexual,

mas o prazer de experimentar diversos tipos de sensações: “um viver sensorial”. O mais importante é escolher o primeiro passo desta longa caminhada de mudança de hábitos e de estilo de vida. Pode ser caminhar descalça na areia ou numa grama macia, fazer cócegas

numa criança e gargalhar junto, acordar tarde e tomar um belo café da manhã numa mesa bem arrumada, que não custam muito. Um tratamento médico pode sair bem mais caro! E sobre o tempo necessário para sentir mais prazer na vida, é uma questão de abrir mão do mito de que temos que dar conta de tudo, diariamente... Esse pode ser outro grande desafio – a ser gradativamente alcançado. Sua saúde e seu amor agradecerão por essa nova forma de viver. Cada um, acredite, pode exercer poderosa influência sobre sua existência. O prazer é contagioso, e quem sente uma vez sempre quer mais!... LENY GONÇALVES FERREIRA Psicóloga Nefrologia - Especialista em Gestão de Pessoas e em Terapia Cognitivo Comportamental

Esta coluna dedica-se a ideias e informações que nos tornem pessoas e profissionais melhores. Para participar, envie e-mail a imprensa@hospitaldebase.com.br e imprensa2@hospitaldebase.com.br.

Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014

39


Funfarme

Sabendo um pouco mais sobre Vacinas NÚCLEO HOSPITALAR DE EPIDEMIOLOGIA NHE/FUNFAME/FAMERP

Quando devem ser aplicadas as VACINAS? A seguir, apresentam-se os “Calendários de Vacinação para o Programa de Imunização do Estado de São Paulo”, conforme o Ministério da Saúde pela Portaria GM/MS - 1498, de 19 de julho de 2013 e a Resolução SS - 129, de 3-12-2013 da Secretaria da Saúde de São Paulo.

Calendário de Vacinação para Adultos entre 20 e 59 anos 1

Calendário de Vacinação em crianças do nascimento a 7 anos 1. Caso a pessoa apresente documentação com esquema de vacinação incompleto, é suficiente completar o esquema já iniciado. 2. Indicada para as pessoas nascidas a partir de 1960 e mulheres no puerpério. Caso a vacina não tenha sido aplicada na puérpera na maternidade administrá-la na primeira visita ao serviço de saúde. 3. Para pessoas que residem ou viajam para regiões onde houver indicação, de acordo com a situação epidemiológica. 4. Disponível na rede pública para pessoas até 49 anos de idade. 5. Em caso de gravidez e na profilaxia do tétano após alguns tipos de ferimento, deve-se reduzir este intervalo para cinco anos. 1. Caso a vacina BCG (contra Tuberculose) não tenha sido administrada na maternidade, aplicar na primeira visita ao serviço de saúde. 2. A vacina hepatite B deve ser administrada preferencialmente nas primeiras 12 horas de vida, ainda na maternidade. Caso não tenha sido administrada na maternidade, aplicar na primeira visita ao serviço de saúde. Se a primeira visita ocorrer após a 6ª semana de vida administrar a vacina Pentavalente (DTP-Hib-HB) 3. Vacina inativada poliomielite 4. Idade máxima para a primeira dose é de 3 meses e quinze dias. 5. Idade máxima para a segunda dose é de 7 meses e vinte e nove dias. 6. Vacina Oral poliomielite 7. Para pessoas que residem ou viajam para regiões onde houver indicação, de acordo com a situação epidemiológica. Reforço a cada dez anos. 8. A vacina tetraviral deverá se administrada para crianças que já receberam uma dose de Sarampo-caxumba-rubeola.

Calendário de Vacinação para crianças maiores de sete anos e adolescentes 1

Calendário de Vacinação para Adultos com 60 anos ou mais de idade1 1

1. Caso a pessoa apresente documentação com esquema de vacinação incompleto, é suficiente completar o esquema já iniciado. 2. Para pessoas que residem ou viajam para regiões onde houver indicação, de acordo com a situação epidemiológica e avaliação do benefício da vacina. 3. Disponível na rede pública durante períodos de campanha 4. Na profilaxia do tétano após alguns tipos de ferimento, deve-se reduzir este intervalo para cinco anos. Nota: Vacina pneumocócica 23-valente – indicada durante as ‘campanhas nacionais de vacinação para pessoas com 60 ou mais anos’ para indivíduos que vivem em instituições fechadas como: casas geriátricas, hospitais, asilos, casas de repouso.

Calendário de Vacinação para Gestantes e Puérperas11

1. adolescência – período entre 10 e 19 anos de idade (OMS, SBP). Caso a pessoa apresente documentação com esquema de vacinação incompleto, é suficiente completar o esquema já iniciado. Ressalte-se que a adolescência é o período apropriado para a verificação e complementação de esquemas vacinais iniciados na infância. 2. As vacinas BCG e poliomielite são indicadas, prioritariamente, para pessoas com até 15 anos de idade. Havendo disponibilidade utilizar a vacina poliomielite inativada. 3. Para pessoas que residem ou viajam para regiões onde houver indicação, de acordo com a situação epidemiológica. 4. O intervalo mínimo entre a segunda e a terceira dose é de dois meses desde que o intervalo de tempo decorrido entre a primeira e terceira dose seja, no mínimo, de quatro meses. 5. Em caso de gravidez e na profilaxia do tétano após alguns tipos de ferimento, deve-se reduzir este intervalo para cinco anos.

NÚCLEO HOSPITALAR DE EPIDEMIOLOGIA NHE/FUNFAME/FAMERP

40

1. Caso a gestante apresente documentação com esquema de vacinação incompleto, é suficiente completar o esquema já iniciado. 2. Em caso de gravidez e na profilaxia do tétano após alguns tipos de ferimento o intervalo para reforço, previsto a cada dez anos, deve-se reduzir para cinco anos. 3. O intervalo mínimo entre a segunda e a terceira dose é de dois meses desde que o intervalo de tempo decorrido entre a primeira e terceira dose seja, no mínimo, de quatro meses. 4. Disponível na rede pública nos meses de outono/inverno. Administrar no puerpério se a mulher não recebeu uma dose durante a gestação daquela sazonalidade. 5. Caso a vacina não tenha sido aplicada na puérpera na maternidade administrá-la na primeira visita ao serviço de saúde.

“ Os profiss ionais de sa úde da FUN vacinados FARME e FA contra a G MERP fora ripe nos dia 13 de maio m s 6 e 7 de na FAMERP. maio no HB Maiores in e dia formações Andressa n no NHE com o ramal=1 Enf 380

Ramais do NHE/HB – 1380 e 1837 – http://www.hospitaldebase.com.br/nhe Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30. À noite, nos finais de semana e feriados, o telefone do plantão da Vigilância Epidemiológica municipal está disponível com a telefonista do Hospital de Base.

Funfarme Notícias - Abril / Maio 2014

Revista hb abril maio 2014  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you