Page 1

Com equipe reestruturada, HB volta ser destaque em transplante de fígado página 4 Ano VI / Nº 95 - Agosto de 2009

Dr. Tufik é homenageado por anos de dedicação à Residência de Radiologia no HB página 6

MC Dia Feliz 2009 em prol do Hospital da Criança página 7


Editorial

Premiar os bons e punir os maus Quando assumimos a coordenadoria de Departamento Pessoal e Recursos Humanos de forma provisória em outubro de 2008 e definitivamente em maio de 2009, o projeto de toda diretoria sempre foi de prestigiar nossos funcionários naquilo que fosse possível, dentro do orçamento da Fundação. Todos devem entender que este não é um hospital privado e, sim uma entidade filantrópica, situação esta que exige a destinação dos possíveis lucros em investimentos dentro da própria instituição, sem qualquer ganho pessoal a seus diretores e curadores. Poucos sabem que a nossa instituição cuida de cerca de 4.300 funcionários, entre HB, Hospital de Ilha Solteira, algumas unidades básicas de saúde do município, pronto-socorro de Mirassol, Hemocentro e Hemonúcleos. Claro que entre esse número imenso de funcionários, maior até que o número de habitantes de algumas cidades de nossa região, nem todos podem ser considerados bons colaboradores, principalmente porque o HB sempre foi relegado a segundo plano, para uma grande maioria de funcionários, por isso, no início de nossa gestão tivemos que tomar medidas drásticas com funcionários relapsos que até agiram de má fé, contaminando bons funcionários, em virtude da impunidade

que era reinante. A conduta rígida será sempre determinante nesta coordenadoria, porém também queremos premiar aqueles que consideram a Instituição como sua casa e fonte de sustento de sua família. Algumas medidas bastante benéficas já foram tomadas desde o início de nossa gestão. A primeira delas foi suspender qualquer desconto no ticket alimentação, independentemente de punição administrativa. Em seguida, tornamos gratuita a concessão de dois uniformes, complementada com a doação do “Kit Escolar”. Negociamos também o aumento salarial com o sindicato, que foi aplicado de imediato, um pouco acima da inflação e do que o sindicado havia solicitado; fato que não ocorria há vários anos, como também assumimos a contribuição social referente a esta negociação. Estendemos o prazo de entrega de atestados médicos e óbito familiar. Criamos normas para faltas compensáveis em certas situações não previstas em leis. Outro fato inusitado foi a determinação da ocupação de qualquer vaga, primeiramente a funcionários oriundos de recrutamento interno, permitindo o crescimento de nossos colaboradores. Mais recentemente, demos uma “anistia parcial” para certas faltas administrativas, concedemos férias mesmo fora de época a

gestantes no pico da epidemia do H1N1, e também a mães, cujos filhos estivessem em creches que estavam fechadas pelo mesmo motivo. Nosso projeto é reestruturar o plano de cargos e salários da instituição, pois o atual não premia os bons funcionários, adequando o salário as funções exercidas. Para conseguir tais objetivos e poder manter salários dignos a cada um dos funcionários, teremos que continuar rígidos nas atitudes administrativas, porém sempre visando o bem estar dos funcionários que merecem a consideração e respeito de toda a instituição.

Dr. Paulo Nakaoski Coordenador do Departamento Pessoal e Recursos Humanos

Solidariedade A assistente social Sônia Cancela é uma funcionária que põe a mão na massa. Vendo a necessidade de acomodação para os acompanhantes dos pacientes do SUS, entrou em contato com o empresário Alaor Cancela, seu irmão, e pediu para que ele e seus amigos se solidarizassem a doar cadeiras de descanso para os andares. O grupo não pensou duas vezes e conseguiu reverter em doação, 210 cadeiras de descanso que foram distribuídas nas alas do HB. Essa não é a primeira vez que o grupo ajuda a instituição, eles estão sempre dispostos a auxiliar no quer for preciso.

Expediente Informativo Fundação Faculdade Regional de Medicina Ano VI / Nº 95 Agosto - 2009 Diretor Administrativo: Dr. Jorge Fares Vice-Diretor Administrativo: Dr. Newton Antonio Bordin Júnior Produção Editorial: Intermídia Comunicação

2

Revista do HB - Agosto - 2009

Empresarial Fone: (17) 3353 2083 Site: www.intermidiariopreto.com.br e-mail: intermidia@intermidiariopreto.com.br Jornalista Responsável: Mtb 24.527 Fotos: Intermídia / Colaboradores Impressão: Gráfica Fotogravura Rio Preto Fone: (17) 3016-4000

Cartas Agradecimento Tenho muita gratidão pelo acolhimento dado ao meu filho por vocês. Sou mãe do Sebastião (Toninho ou Tatão). Agradeço muito a Dra. Andréia, Dr. César, assistentes sociais e todas as enfermeiras dos períodos. Foram todos de grande ajuda para ele e competência para com ele. Digo e repito, ele também gostava muito de todos. Peço a Deus que sempre os ilumine, nesta suas empreitadas. Gratas, Lourdes Porto de Abreu e Claudina


Mutirão DNA

HB confirma presença no II Mutirão Nacional de cirurgia pediátrica do SUS

Hemocentro e Imesc realizam mutirão de DNA em Rio Preto

O Hospital de Base de Rio Preto foi a única instituição privada do Interior Paulista a participar do mutirão nacional, com o objetivo de zerar três meses de fila de espera

Além do Mutirão de Cirurgia Pediátrica, realizado na quarta semana de agosto, o HB também se destacou no mutirão de DNA, realizado pelo IMESC (Instituto de Medicina Social e Criminologia de São Paulo), com a colaboração do Hemocentro. Estatísticas do Registro Civil indicam que cerca de 30% das crianças nascidas no Brasil não tem pai declarado, o que na maioria das famílias representam problemas emocionais, econômicos e sociais. “Todos envolvidos nos processos têm suas identidades mantidas em sigilo”, afirma Dr. Otávio Ricci, responsável pelo Hemocentro. Neste ano foram convocadas 1500 famílias, que pertencem à DRS XV (Divisão Regional de Saúde). Os exames são gratuitos e realizados com horários agendados. Para solicitar este tipo de exame é necessário que os interessados procurem o Fórum mais próximo ou a Defensoria Pública do Estado de São Paulo.

No dia 22 de agosto, o Hospital de Base de Rio Preto participou pela primeira vez do mutirão Nacional de cirurgia pediátrica. O mutirão é realizado pela segunda vez no país, comandado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Pediátrica. No ano anterior, a capital foi a única cidade do estado a participar do mutirão. Neste ano o interior conta com o HB, que é centro de referência em cirurgias pediátricas. Os pacientes são usuários do Sistema Único de Saúde e foram convocados para uma avaliação e, em seguida agendado o horário da cirurgia. As cirurgias eletivas são de pequeno e médio porte, na qual uma criança espera aproximadamente de 3 a 4 meses na fila. “Não são cirurgias que precisam ser realizadas de imediato. As cirurgias de emergência sempre têm prioridade. Assim as crianças são chamadas conforme vão surgindo vagas. Com o mutirão esperamos zerar três meses de fila de espera. Entre as cirurgias estão as de fimose, hérnia, cisto e hipospádia; que é uma má formação do

pênis”, afirma o cirurgião pediátrico Dr. Paulo Nakaoski. O evento contou com o apoio da equipe da Cirurgia Pediatria do hospital, anestesia e residentes. Todos foram voluntários, e contaram com a infra-estrutura do centro cirúrgico e enfermagem.

Corpo clínico do HB é destaque pelos bons serviços prestados Dr. Jorge Dib recebeu a equipe do SBT para um depoimento no quadro “Aconteceu Comigo”, que narra o episódio de um paciente que ficou entre a vida e a morte, após a queda de um touro. A matéria está prevista para ser exibida em outubro.

Revista do HB - Agosto - 2009

3


Transplantes de pâncreas e intestino fazem parte dos planos futuros do hospital e devem ser retomados em breve

Hospital de Base reativa Serviço de Transplante de Fígado

*PARALISADO

MEDULA De janeiro à agosto de 2008 para o mesmo período de 2009 houve aumento de 34% nos transplantes de medula De Janeiro à agosto 2008 = 29 transplantes De Janeiro à agosto 2009 = 39 transplantes

O Hospital de Base de Rio Preto reativou, em julho de 2009, o Serviço de Transplante de Fígado, após 10 meses de paralisação. Sob a chefia do cirurgião Paulo César Arroyo Junior, atuam 30 profissionais entre cirurgiões, clínicos, anestesistas, médicos intensivistas e enfermeiros. Três transplantes foram realizados nestes dois meses, o primeiro, ocorreu no dia 15 de julho,num homem de 58 anos, morador de Goiânia. O segundo transplante foi realizado, no dia 20 de agosto, na empregada doméstica R.R., de 30 anos, moradora de Belém - PA, com doença biliar. O terceiro foi realizado, no dia 28 de agosto, na dona-de-casa M.L.I.Z., de 58 anos, moradora de Matão - SP, com cirrose. Ambas estão bem e já receberam alta. Dr. Paulo Arroyo disse esperar que, nestes próximos 12 meses, o Serviço realize de 15 a 20 transplantes. Nos oito anos em que o Serviço esteve em atividade, o Hospital de Base realizou 279 transplantes de fígado. Em 2004, foram feitos 45 procedimentos, o maior número registrado em 12 meses. Segundo Dr. Paulo Arroyo, o Serviço possui hoje 218 pacientes cadastrados. O diretor executivo do Hospital de Base, Horácio Ramalho, afirmou que a equipe de transplante de fígado assim como as equipes das outras áreas de transplantes (rim, coração, córnea e medula) contam com a total retaguarda da instituição. “O Hospital de Base de Rio Preto é reconhecido em todo o Brasil como um centro de referência em transplantes. Em quase 20 anos de atividade nesta área, já realizamos quase 2.600 transplantes. A Diretoria do HB fará de tudo para que mantenhamos esta condição”, afirmou Dr. Horácio Ramalho. O Brasil tem o maior programa público de transplantes de órgãos e tecidos do mundo. Cerca de 95% dos transplantes são realizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), que também subsidia todos os medicamentos imunossupressores para os pacientes. A agilidade nos transplantes depende de vários fatores, como um diagnóstico rápido de morte encefálica, uma captação eficiente, maior compatibilidade entre doador e receptor, além do número de pacientes em lista de espera. Por esse motivo é tão importante aumentar o número de doadores.

RIM De janeiro à agosto de 2008 para o mesmo período de 2009 houve aumento de 9% nos transplantes de rim De Janeiro à agosto 2008 = 43 transplantes De Janeiro à agosto 2009 = 47 transplantes CORAÇÃO No período de janeiro à agosto de 2008 para o mesmo período de 2009 houve aumento de 100% nos transplantes de coração De Janeiro à agosto 2008 = 2 transplantes De Janeiro à agosto 2009 = 4 transplantes

4

Revista do HB - Agosto - 2009

Dr. Paulo Arroyo assume a chefia de transplante de Fígado


Mc Dia Feliz - 2009

Mc Dia Feliz - 2009 No último dia 29 de agosto, foi realizada mais uma edição do McDia Feliz, dia de comer Big Mac em todo o Brasil. Como acontece todos os anos, milhares de pessoas compareceram até um dos restaurantes da rede McDonald’s para contribuir na maior campanha de combate ao câncer infanto-juvenil. Neste ano a renda arrecada com a venda do Big Mac, em Rio Preto e Catanduva será revertida para a aquisição de uma brinquedoteca para o Hospital da Criança. A brinquedoteca será instalada no 4° andar da instituição, onde estarão concentrados os setores de oncopediatria, terapia ocupacional, nutrição, psicologia, dentistas e quimioterapia. O valor previsto para a obra é de R$ 60 mil reais. A unidade, que promete ser a maior do Brasil, totalmente direcionada para o

atendimento a pacientes do Sistema Único de Saúde, está sendo construída em uma área com mais de 22 mil metros quadrados, 201 leitos, sendo 64 para UTI Neonatal e Pediátrica, 120 para internação e centro de reabilitação e 17 para o berçário. O hospital será referência para 101 municípios paulistas e outros Estados brasileiros em atendimento, diagnóstico e tratamento de doenças infantis, dentro dos padrões internacionais de qualidade com vistas e, uma concepção integral de saúde. Além de poder contar com um anexo de 1.100 metros quadrados, onde será implantado o Centro de Reabilitação Dra. Lucy Montoro, responsável por proporcionar condições à pessoa com deficiência física de ser efetivamente inserida na sociedade, a partir do desenvolvimento de suas habilidades e potencialidades. O término da obra está previsto para março de 2010.

Confira alguns momentos do McDia Feliz:

Mc Dia Feliz foi sucesso absoluto com a colaboração da população de Rio Preto e Região. Além de receber uma camiseta autografada pela jogadora da seleção brasileira de Vôlei, Carol Gataz, a visita do comediante Santos animou os presentes Revista do HB - Agosto - 2009

5


Homenagem • Nascido em 11/05/50, em Nova Granada. CRM 22.858 • Graduado em 1974 pela Faculdade de Medicina de Rio Preto • Atuação Principal: Radiodiagnóstico e Tomografia Computadorizada • Especialização em radiologia na Felowship da University of Alabama in Birmigham (EUA) e Sholar - State University of New York • Professor-Doutor em Radiologia pela Faculdade de Medicina da USP • Membro do Inter-american College of Radiologia e da Sociedade Paulista de Radiologia

Reconhecimento

Radiologista Para se tornar um radiologista é preciso ser formado em medicina e fazer 3 anos obrigatório de residência médica na área. O mercado para o profissional de radiologia é muito vasto, sendo que existem muitas áreas e diferentes locais de atuação, além de ser uma especialidade médica que sempre se renova e avança; o que atrai muitos investimentos, ou seja, mais uma grande oportunidade para os profissionais. Hoje com o desenvolvimento tecnológico, os métodos de diagnósticos por imagem possibilitam ao médico a obtenção de informações sequer imaginadas há menos de dez anos, com rapidez e eficiência que valorizam muito o profissional.

Dr. Tufik recebe os cumprimentos da diretoria e amigos durante homenagem O coordenador da residência médica de radiologia, Dr. Tufik Bauab Junior, recebeu uma homenagem do HB, no dia 14 de agosto, pelos serviços prestados à instituição e as turmas de residência, que coordena desde 1991. Seu nome foi dado ao Anfiteatro de Radiologia do Hospital. “Ele como médico, professor e presidente da Sociedade Paulista de Radiologia merece esses e outros reconhecimentos por sua trajetória na medicina”, afirma o amigo Antonio Soares Souza. Como um amante do motociclismo, o médico foi presenteado por seus amigos

Equipe de radiologia é motivo de orgulho para professor Tufik

6

Revista do HB - Agosto - 2009

e residentes com uma caricatura de motoqueiro, desenhada por um dos maiores chargistas brasileiros. Seu professor de graduação, Dr. Leonardo Lania, esteve presente na cerimônia e demonstrou o orgulhou que tem do ex-aluno e disse que a frase que o faz lembrar sempre de Tufik é “crescer não é facultativo, é obrigação do homem”, pois Tufik está sempre nesta busca, sempre exigindo isto de seus alunos, ele tem uma verdadeira paixão por suas turmas de residência e, entristece se um aluno não está tão comprometido, quanto deveria


Perfil

Amizade de funcionários termina em casamento Tão perto, porém tão longe; essa era a realidade de Pauleci Elisabete Silva Rossigneli, secretária há 7 anos no HB e, Marcos Roberto Rossigneli de Oliveira, funcionário da Famerp há 15 anos. Os dois por muito tempo trabalharam tão perto, conversavam profissionalmente por telefone, mas nunca pensaram em algo mais envolvente. Ela viúva, ele separado. Ambos com muitas coisas em comum, segundo a noiva. Pra quem acredita em filme de romance, foi assim que aconteceu: O cupido Francisco, funcionário do SVO, resolver colocar as asas de fora e juntar o casal. Aos poucos, ele fez os pombinhos perceberem que a vida tem continuidade e sempre precisa de um amor. Em Janeiro deste ano, a façanha aconteceu, começou um namoro que 6 meses mais tarde resultaria em casamento. Sim, em 6 meses já estavam casados! “Um relacionamento maduro é diferente, a gente sabe o que quer. Não tivemos nenhuma briga e acho que vamos ficar velhinhos juntos e sem brigar”, afirma a nova Sra. Rossigneli. As amigas que acompanharam toda a história não seguram a emoção. “Apoiei muito esse casamento, sou muito amiga dela e sei que agora ela está muito feliz”, conclui a amiga e madrinha de casamento, Marlene Cardoso. E como diz a velha canção do grupo Jota Quest “Olhar só pra dentro, é o maior desperdício, o teu amor pode estar do seu lado”.

Famerp entre as melhores do País

A Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp) foi considerada a segunda melhor universidade pública do País, de acordo com o novo indicador de qualidade do Ministério da Educação (MEC): o Índice Geral de Curso (IGC). A avaliação examina o desempenho das instituições de ensino superior, públicas e privadas, e é divulgado anualmente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (INEP/MEC). Neste ano foram avaliadas 2.001 instituições, que foram pontuadas de 0 a 500 e receberam notas de 1 a 5. A Famerp recebeu 461 pontos e alcançou a nota máxima no IGC, ficando com nota 5. Segundo o diretor da Famerp, Dr. Humberto Liedtke Júnior, os resultados alcançados refletem o bom trabalho desempenhando por todos os envolvidos com a faculdade. “Todos contribuíram para o aprimoramento da instituição. Docentes, alunos e funcionários trabalharam para que a Famerp fosse reconhecida”, afirmou.

Ding Dow

Profissionais do HB lançam II Manual de apoio ao deficiente Down O Hospital de Base de Rio Preto é referência em Síndrome de Down e conta com o grupo Ding Down, formado por profissionais da Saúde que aproveitaram a data comemorativa de 11 de agosto para lançar o II Manual Informativo sobre a Síndrome A chegada de um bebê Down coloca os pais em um mundo cheio de informações, sentimentos, necessidades e adaptação a fatos novos. Não é por isso que deverá levar uma vida diferente das outras pessoas, mas alguns cuidados a mais deverão ser prestados no decorrer da vida dele e dos familiares. Atualmente a cada 700 recém-nascidos no mundo, 1 é portador da Síndrome de Down, o que muitas vezes traz desesperos para os pais que não sabem como atuar. A fonoaudióloga do Hospital de Base, Lana Cristina Bianchi passou por esta situação quando teve uma filha portadora da síndrome e não sabia como agir. Depois de passar por várias barreiras e pré-conceitos, ela reuniu profissionais da saúde que trabalham na Instituição e montaram o grupo Ding Down em 11 de agosto de 2000, composto por Psicólogos, Fonoaudiólogos, Terapeutas Ocupacionais, Fisioterapeutas, Geneticistas, Enfermeiros, Nutricionistas e profissionais do Serviço Social. “Os obstáculos surgirão, mas com amor,

afeto e respeito, seus limites serão superados e substituídos por conquistas muito positivas”, afirma Lana. Durante a comemoração de 11 de agosto, dia municipal de apoio ao portador de Síndrome de Down, o grupo realizou lançamento “II Manual Informativo sobre Síndrome de Down”, no plenário da Câmara Municipal, com o objetivo de oferecer conhecimentos e informações baseados em pesquisas e intervenções terapêuticas.

Revista do HB - Agosto - 2009

7


UpToDate

HB investe na atualização e capacitação médica Diretoria da Fundação Faculdade Regional de Medicina (Funfarme) adquire o direito de usar o UpToDate, um sistema de informação que beneficia médicos, alunos e docentes com informações de novos procedimentos e tratamentos atualizados Funcionando como uma espécie de “biblioteca virtual de pesquisas médicas”, este sistema une o que há de mais moderno no mundo da internet. Com a modernização dos sistemas de informação, a área da medicina também evolui em tempo real, e, neste espaço, médicos do mundo inteiro podem trocar experiências e discutir o que há de mais avançado nas terapias das áreas de endocrinologia, gastroenterologia e infectologia. Áreas essas em constantes discussões, como no caso da nova gripe, Influenza A (H1N1). Utilizado em mais de 40 hospitais de ponta, o UpToDate é considerado um avanço para a medicina, já que oferece mais de 79 mil páginas com informações atualizadas sobre tratamentos, pesquisas e estudos dos mais distintos casos clínicos e especialidades. Com uma atualização de 4 vezes ao

ano, essa fonte de informação eletrônica é prática e leva aos profissionais da saúde de maneira rápida e concisa as mais diversas formas de tratamentos. No Hospital de Base todo o conteúdo do site poderá ser acessado de qualquer computador da instituição, sendo uma ferramenta de trabalho no diagnóstico e auxiliando na conduta médica. Para o diretor-executivo da Fundação, Dr. Horácio José Ramalho, a implantação do sistema é uma conquista de todos. “Com essa nova aquisição o paciente passa a ganhar mais qualidade no atendimento. Esse é o principal objetivo do hospital”, completa o médico. Para o residente da nefrologia, Marcelo Lopes, esse novo mecanismo proporciona tudo o que há de novo no ramo da medi-

Marcelo Lopes, residente da Nefrologia aprova a iniciativa cina. “Essa aquisição do HB foi muito importante, é uma ferramenta que concentra todas as informações da área médica em um só programa, além de estar sempre atualizada”, enfatiza ele. Recomendado pelas principais sociedades americanas, tendo em média 114 acessos diários, esse mundo virtual de informações coloca o HB ao lado dos principais centros médicos do mundo, onde além do corpo clínico, os pacientes ganham em agilidade e tratamento de ponta.

Eleições Internas

Funcionários vão às urnas para escolher novos representantes da Comissão de Ética de Enfermagem e da CIPA A escolha da Comissão de Ética de Enfermagem aconteceu em junho, com importante papel dentro da Instituição, tem o objetivo de fiscalizar o exercício da profissão, discutir e divulgar o seu código de ética, além de ser órgão representativo do Coren. A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (CIPA) toma possa dia 24 de setembro e tem a função de verificar acidentes na instituição e preparar melhorias, projetos e modificações no hospital. A Comissão de Ética permanece na gestão 2009 à 2012, já a CIPA fica até setembro de 2010.

8

Revista do HB - Agosto - 2009

Maria Angélica Rosin, técnica superintendente do Coren SP, recebe nova equipe durante a cerimônia de posse

Revista hb agosto 2009  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you