Page 1

Festa Julhina: Setores do HB realizam o melhor do banquete caipira página 3

Ano VI / Nº 94 - Julho de 2009

Funcionários do HB acompanham apresentação do novo Sistema Hospitalar páginas 4 e 5

Perfil: Sônia Regina luta e superação página 7


Cartas

Editorial

ERRO MÉDICO: A prevenção é o melhor remédio “A responsabilidade individual do médico não é maior nem menor do que a dos demais profissionais liberais. Apenas está mais exposta, porque trabalha intimamente ligado à dor humana. Daí sua grandeza e, paradoxalmente, o seu calvário.” Jurandir Sebastião Uma das primeiras referências ao assunto erro médico é do ano 2400 a.C. e encontra-se descrita no Código de Hamurabi: “O médico que mata alguém livre no tratamento ou que cega um cidadão livre terá suas mãos cortadas; se morre o escravo paga seu preço, se ficar cego, a metade do preço”. Isto nos mostra como é antigo o tema que sempre está em destaque no nosso meio nos dias de hoje. Erro médico é o mau resultado ou resultado adverso decorrente de ação ou da omissão do médico. O erro médico pode se processar por três vias fundamentais: imperícia, imprudência e negligência. Percebemos que nos últimos anos em que desempenhamos a atividade de Diretor Clínico no complexo Hospital de Base e Ambulatório da FUNFARME, a quantidade de ações judiciais relativas a erro médico tem aumentado significativamente, tanto em nossa instituição, como no país de uma maneira em geral. Esse aumento decorre de vários fatores que abordaremos em outra oportunidade. Para prevenir as implicações legais do erro médico, principalmente as previstas no artigo 186 do Código Civil de 2002 que diz: “Aquele que, por ação ou omissão voluntária, negligência ou imprudência, violar direito e causar dano a outrem, ainda que exclusivamente moral, comete ato ilícito” e no artigo 951 do mesmo código que diz: “O disposto nos arts. 948, 949 e 950 aplica-se ainda no caso de indenização devida por aquele que, no exercício de atividade profissional, por negligência, imprudência ou imperícia, causar a morte

do paciente, agravar-lhe o mal, causarlhe lesão, ou inabilitá-lo para o trabalho”, as pessoas que atendem pacientes na instituição devem atuar com perícia, prudência e diligência. Objetivando evitar os dissabores de uma ação judicial e como fatores de prevenção, alguns procedimentos básicos devem sistematicamente ser realizados por todos os membros do Corpo Clínico que prestam assistência aos pacientes. A saber: 1. Elaboração do consentimento informado para a realização de qualquer procedimento, tanto diagnóstico como terapêutico. 2. Preenchimento detalhado do prontuário médico com todas as anotações pertinentes ao paciente em relação ao seu quadro clínico, evolução, procedimentos diagnósticos e terapêuticos. 3. Manter boa relação médico-paciente. 4. Manter boa relação com familiares do paciente. 5. Atualização científica permanente. Se exercermos nossa profissão adotando os preceitos acima como parte rotineira e obrigatória de nossa atividade diária, muitos problemas e aborrecimentos, com certeza, serão evitados.

Dr. Jorge Adas Dib, Diretor Clínico do Hospital de Base

Expediente Informativo Fundação Faculdade Regional de Medicina Ano VI / Nº 94 Julho - 2009 Diretor Administrativo: Dr. Jorge Fares Vice-Diretor Administrativo: Dr. Newton Antonio Bordin Júnior Produção Editorial: Intermídia Comunicação

2

Revista do HB - Julho - 2009

Empresarial Fone: (17) 3353 2083 Site: www.intermidiariopreto.com.br e-mail: intermidia@intermidiariopreto.com.br Jornalista Responsável: Mtb 24.527 Fotos: Intermídia / Colaboradores Impressão: Gráfica Fotogravura Rio Preto Fone: (17) 3016-4000

Uma carta à Dra. Sônia Amigos oram e comemoram a vitória da advogada e companheira dos funcionários do HB e ASFF. Após meses na UTI, ela mostra a garra que sempre teve e sai sorrindo como se nada tivesse acontecido. Hoje me coloquei a recordar minhas amizades. Sou uma pessoa feliz, pois tenho “amigos”. É o que Deus me deu. Conheci a Drª. Sônia Luiza Figueiredo dentro da Instituição como advogada da ASFF, após algum tempo tive o privilégio de conhecê-la melhor e nos tornamos mais próximas e não foi por acaso, pois ela além de uma profissional exemplar, também se destaca pela qualidade que consegue transmitir a todos que lhe rodeiam, pela determinação, coragem, superação, vontade de servir ao próximo, seja em qualquer situação. Por isso fiz o que todo amigo deve fazer: orei, rezei, pensei... Não importa o nome que se dê, o importante é que parei e pensei em você. Era uma prece de carinho e gratidão por sua força aguerrida de lutar pela vida. Hoje posso dizer: “Somos amigas”. Não se preocupe com o lugar que você tem no meu coração, nem eu com o lugar que tenho no seu. Sei que você está ai e sei que Deus te deu a vida de presente para que complete a tua missão e jornada aqui na Terra. O profeta Isaías, ao se referir à grandeza de Deus e à confiança que nele deve ter o homem, diz: “Os que esperam no Senhor, adquirirão sempre novas forças, tomarão asas de águia, correrão e não fatigarão, andarão e não desfalecerão”, e foi essa força que fez você estar hoje entre nós. Solimar de Oliveira Dourado, Comissão de Revisão de Prontuários


Festa Julhina

Faturamento do SUS

EmergĂŞncia SUS

Predinho

Hemocentro

Instituto do Câncer

Equipe da DIP

Equipe da Nefrologia

Revista do HB - Julho - 2009

3


Qualidade e Eficiência

HB investe em Sist

Wilomar Sales, Diretor de Projetos da MV

No dia 3 de agosto, o Hospital de Base deu início a um processo que resultará na implantação de um dos mais modernos sistemas de gestão hospitalar existentes no Brasil. Ao final dos 10 meses previstos para o sistema entrar em operação, o HB inicia uma nova fase em sua história que, a julgar pela apresentação do sistema feita a chefes de Departamentos e lideranças em meados de julho, irá consolidar o hospital

não só como referência em medicina, mas também em gestão interna e eficiência. Para conduzir este importante processo, a Diretoria do HB foi buscar a MV, uma das mais conceituadas empresas de softwares para instituições de saúde do Brasil (veja quadro abaixo). Na verdade, serão implantados três sistemas: o MV2000i (de gestão hospitalar), o MVCustos (de custos e resultados) e o MVPortal (que engloba BI / Portal / Portal Lite / Balanced Scorecard / Bússola Gerencial). Com estes novos instrumentos, o HB pretende melhorar significativamente os processos administrativos, de apoio, assistenciais e de gestão, implantando uma nova visão de trabalho orientada a processos, na qual estejam integradas pessoas, atividades, tecnologia e setores. Embora o processo esteja sustentado num software, o diretor-executivo da Funfarme, Dr. Horácio Ramalho, fez questão de ressaltar: “Este importante projeto é

O grande desafio para o desenvolvimento desta nova ferramenta estará nas mãos dos nossos colaboradores. Eles serão os responsáveis em converter esta massa de informações em conhecimento estratégico, ajudando nas decisões e aumentando a competitividade.

Paulo Ricardo Góes Superintendente Geral do HB

Sairemos do século XX para o século XXI , ou seja, estamos avançando, progredindo. A partir do novo sistema teremos aumento nos valores de faturamento e agilidade. Acabaremos com retrabalhos e desperdícios. É o que tem de mais moderno, sairemos de um processo praticamente manual para um sistema interligado. Meu grupo está muito motivado

4

Revista do HB - Julho - 2009

Maria de Lourdes Benvenut Assessora Administrativa de Convênio

70% pessoas e 30% máquinas e sistemas.” Esta foi a tônica das apresentações do Dr. Horácio e do Diretor de Projetos da MV, Wilomar Sales, diante de dezenas de chefias e lideranças, no auditório Fleury. Os novos sistemas vão permitir ao HB gerenciar, com precisão cirúrgica, todos os seus processos internos, ganhos e custos. “Se saiu uma caixa de medicamento da farmácia, saberemos para onde foi. Tudo dentro do hospital estará estreitamente integrado”, afirmou Wilomar Sales. Mas para que os três sistemas funcionem, algo é fundamental, imprescindível: O COMPROMETIMENTO DOS MAIS DE 4.000 FUNCIONÁRIOS DO HB. E o empenho já está sendo exigido desde o dia 3 de agosto, quando o processo de implantação do sistema iniciou-se com a composição dos Comitês do Projeto e da definição de regras e processos por seus integrantes. “Ao longo dos 10 meses de trabalho, vamos interagir seguramente com mais de 85% dos funcionários do hospital”, declarou Wilomar Sales. O projeto irá envolver, além dos consultores da MV, profissionais de TI (Tecnologia da Informação) e colaboradores

MV: a maior do mercado A MV é a maior empresa de softwares para hospitais e instituições de saúde do Brasil. Atuando há 20 anos no mercado, possui mais de 500 clientes, entre eles, grandes centros médicos de referência nacional, como o Hospital Nove de Julho, Hospital Santa Catarina, Santa Marcelina e Santa Casa de Santos, entre outros. A empresa tem sede no Recife, filiais em sete Estados, 200 consultores em vários Estados, num total de mais de 600 colaboradores.


istema de Gestão Hospitalar de cada setor do hospital. Em cada setor, dois colaboradores serão preparados para multiplicarem o conhecimento sobre os sistemas para seus colegas. “Os desafios serão gigantescos”, lembra Dr. Horácio Ramalho. “Se atualmente o dia-a-dia do Hospital de Base já é árduo, imaginem durante a implantação destes sistemas, que deverá acontecer sem que nosso hospital interrompa suas atividades.” Com base na experiência de ter implantado

em dezenas de outras instituições de saúde, Wilomar Sales adianta também que o novo sistema de gestão vai promover uma mudança de cultura entre os 4.000 funcionários. “Eles perceberão que, mais do que nunca, cada funcionário é cliente do outro funcionário, ou seja, se um não faz seu serviço direito, irá comprometer toda uma cadeia de processos”, explica o Diretor de Projetos. Enfim, mudanças de processos, sistemas, padronizações já começam a ocorrer

em cada canto do HB. “Não há mais espaço para a acomodação. Desafios existirão todo dia, mas, em futuro próximo, faremos parte de um hospital reconhecido pela gestão eficaz, moderna, que, temos certeza, resultará em aumento de faturamento com a conseqüente melhoria do ambiente de trabalho, de investimentos em nossos profissionais, tecnologia e serviços”, afirma Dr. Horácio Ramalho. “No final, nós, funcionários do HB, e a população seremos beneficiados.”

Tive uma boa impressão do novo sistema, por ocasião da visita aos hospitais Santa Marcelina e Santa Catarina. Trabalhar pautado em processos é o mais importante hoje em dia em todas as áreas, e na enfermagem também, pois ajuda a prevenir erros, otimiza o tempo dos colaboradores gerando maior eficácia na assistência.

Após a realização de um diagnóstico na área de TI verificamos que o sistema utilizado não era integrado, o que gerava muito trabalho manual e retrabalho entre os setores. Além disso, havia a dificuldade na obtenção de informações gerenciais, falta de controles internos e de rastreabilidade dos materiais/medicamentos utilizados na instituição.

A enfermagem está envolvida e faz parte de muitos processos dentro do hospital, pois está interligada aos demais setores. Assim acredito que iremos ter maior agilidade e menos retrabalho nos processos administrativos, como solicitação de medicamentos e insumos, entre outros.

Com a implantação de um sistema que integra todas as áreas do hospital, desde a Portaria até a Contabilidade, a expectativa é de aumento na produtividade, redução de custos com os desperdícios, redução do estoque de material/medicamento, otimização dos processos internos, maior controle sobre os indicadores hospitalares, disponibilidade de informações gerenciais para a tomada de decisão e até o aumento do faturamento. Roberto Miguel Freddi Coordenador de TI

Maria Regina Lourenço Jabur Gerente de Serviço de Enfermagem do Hospital de Base

Revista do HB - Julho - 2009

5


Solidariedade

Noite solidária em prol do HB

Pelo terceiro ano consecutivo, o Hospital de Base foi beneficiado com a primeira noite do Rodeio Country Bulls. Neste ano as duplas João Victor e Ricardo, Gian e Giovani e César e Paulinho, animaram as mais de 10 mil pessoas que lotaram a arena do Recinto de Exposições. Assim como nos anos anteriores, toda a renda arrecadada no evento, promovido pelo empresário Paulo Emílio, foi destinada para o progresso no atendimento a usuários do SUS. “Foi muito divertida a noite. Compareci como nos anos anteriores, pois acredito que é muito importante prestigiar um evento, no qual o retorno será para a Instituição”, afirma a secretária Bruna do Pronto Atendimento. Nos anos anteriores, a renda foi revertida na melhoria da infraestrutura do hospital. Este ano a diretoria investirá na compra de um equipamento de Retinografia Digital, utilizado pelos principais centros oftalmológicos do mundo, que proporciona ao paciente um exame de excelente qualidade, permitindo estudar com mais profundidade as doenças retinianas. Veja as fotos da primeira noite do Rodeio Country Bulls.

Humaniza SUS

Governo investe em Seminário na busca de melhorias na Saúde Funfarme e Departamento Regional de Saúde (DRS XV) realizam o II Seminário Regional de Humanização Em parceria com a DRS XV, a Funfarme realizou no último dia 3 de julho o II Seminário Regional de Humanização, no Auditório da Faculdade Unilago, com o objetivo de melhorar o atendimento prestado aos usuários do SUS (Sistema Único de Saúde). O seminário faz parte do programa “Humaniza SUS”, que deverá acontecer em todo o Brasil com o intuito de humanizar ainda mais os serviços prestados à população além de discussões sobre como agilizar o atendimento. Durante o encontro, 102 municípios da região, mais os hospitais referência no

6

Revista do HB - Julho - 2009

atendimento a usuários do Equipe do HB durante o Seminário de Humanização SUS estiveram presentes e apresentaram dados importantes para a área da Saúde. Temas como a política nacional de que necessitamos na área da saúde púhumanização da gestão e atenção à Saúde, blica”, afirma Eder Pinhabel, membro do envolvendo a diminuição de filas de espera, Grupo de Trabalhadores da Humanização acolhimento ao paciente, classificações de do Hospital de Base. risco e saúde do trabalhador foram debatiAinda segundo Eder Pinhabel, o saldo dos na expectativa de melhorias contínuas. deste encontro foi totalmente positivo, “Esse encontro é muito importante, já que muitos municípios participantes pois, através dele, é divulgada a política da adotaram medidas de humanização e Saúde, que muitos desconhecem, além de acolhimento, que resultaram em melhorias sensibilizar os funcionários, para os ajustes na qualidade do atendimento.


Perfil

VIVER um

DIA de

cada vez Folhas caem, o dia está calmo, é abril de 2002, época de outono, nada está diferente. Num canto uma mulher chora, ela pensa como será sua vida agora, como conversará com seu filho. Seu esposo acabara de

Sônia Regina

falecer, depois de nove dias internados na UTI do HB, devido a um acidente de moto. Ela sente que seu chão se foi. Sua paz interior está abalada. Seu emprego está ameaçado, já que ela não tem mais forças para continuar. Após três meses de choro, sua estrutura

“Eu aceito que falem mal de minha família, mas não admito que falem mal do HB”

volta a ser abalada, seu irmão que fazia tratamento com a equipe do fígado veio a falecer, prestes a receber um órgão. Sônia Regina Grego Barbosa, uma mu-

tratamento psicológico, me auxiliou com

trabalhar aqui. No hospital estão meus

lher que sempre manteve um semblante

médicos e medicamentos. Na volta ao

amigos, tenho uma chefe muito huma-

feliz, não consegue mais sorrir, para ela, a

serviço, me manteve em horários flexíveis,

na, que é uma verdadeira amiga. Eu

vida não tinha mais sentido. Aquela guerrei-

que permitiam que eu acompanhasse o

aceito que fale mal de minha família,

ra que lecionava e teve a coragem de largar

desenvolvimento do meu pequeno e, o mais

mas não admito que fale mal do HB”,

tudo pelo amor ao HB sentia-se esgotada

importante, nunca cogitou minha demissão!

afirma ela.

e sem forças para nada, só para chorar.

Nunca esquecerei esse importante apoio

Após tantas barreiras, Sônia ainda

que a instituição me deu”, comenta Sônia.

enfrentou um tumor de tireóide, mas

Na instituição ela fez muitos amigos,

desta vez encarou de peito aberto.

o que faz questão de ressaltar a todo o

Operou e teve como conseqüência

momento. Sempre que está triste é nestes

um ganho de peso de 25 quilos, mas

As palavras do filho soaram como a voz

ombros que ela chora. Afirma que eles fo-

as amigas estavam ao lado dela e não

de um anjo – Anjo Gabriel - e fizeram Sônia

ram seu alicerce ao longo de sua carreira

deixaram a depressão abalar mais uma

repensar a vida. Voltou a trabalhar, voltou a

no HB, que completará 11 anos em outubro,

vez essa guerreira. Hoje ela já eliminou

viver e percebeu que o filho que ela tanto

tendo passado por todos horários e setores

22 quilos e faz planos para começar a

ama é um pedacinho do esposo que se foi!

da Emergência.

praticar esportes. Agora sabe a impor-

- Mãe, você sente saudade do meu pai? - Sim, respondeu. - Pois é, eu também, porém preciso de sua ajuda para continuar.

“O HB me deu muito apoio, me manteve

“Amo o HB, não estou aqui só pelo di-

afastada durante todo o tempo do meu

nheiro e sim pela satisfação que tenho de

tância de dar valor a cada minuto de sua vida e viver um dia de cada vez.

Revista do HB - Julho - 2009

7


SIPAT

SIPAT 2009 Membros da diretoria durante a abertura da SIPAT 2009

Acima, colaboradores em uma das palestras; abaixo funcionários com Dr. Domingo Braile

INTO

Dentre os vários setores considerados referências no HB, um que merece destaque é a Cirurgia do Trauma, especializada na atuação de todos os tipos de traumas e politraumas oriundos de quedas, ferimentos, principalmente, acidentes de trânsito, responsáveis pelo maior volume de atendimentos e cirurgias realizados pelo serviço. À frente de muitos serviços, a equipe da Cirurgia do Trauma vive em constantes treinamentos em suporte avançado de vida e técnicas de reanimação. Assim como o INTO (Instituto de Traumatologia e Ortopedia), órgão do Ministério da Saúde vinculado à Secretaria de Atenção à Saúde, responsável

A XVI SIPAT (Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho) da Funfarme, realizada de 22 a 26 de junho no Anfiteatro Fleury, na Famerp foi além do que já era normalmente apresentado em palestras e treinamentos internos. Dentre os vários temas abordados durante a semana, mostrou-se como a segurança reflete no bolso do trabalhador: mais segurança, melhor qualidade de vida, empresa mais competitiva, maior lucratividade e melhores oportunidades de carreira. No total foram cinco médicos-palestrantes que levaram esse conhecimento a mais de 600 colaboradores. Com o tema: “Sua vida e a do próximo depende de você. Previna-se!”,a semana não foi só de palestras. Música ao vivo, dança de salão, sorteio de brindes e muita descontração marcaram a SIPAT de 2009 que mostrou a importância do pensamento coletivo. Segundo o engenheiro de segurança do SESMT, Jocimar Trevisan, a semana atendeu a todas as expectativas dos organizadores. “Abordamos o tema da prevenção em prol do próximo, destacando que uma agulha descartada incorretamente pode lesar um funcionário da manutenção durante a separação ou coleta de materiais. Então é preciso pensar na saúde coletiva”.

HB: Centro de Excelência em Traumatologia pela normatização de procedimentos em ortopedia no país, o HB é um centro de excelência no tratamento de doenças e traumas ortopédicos, de média e alta complexidades. Nos anos de 2007 e 2008 foram realizados mais de 21 mil atendimentos no setor de ortopedia, adulto e infantil, e cerca de 7 mil cirurgias. Esses números mostram a demanda do setor e o qualificam como referência para os Municípios da Região de São José do Rio Preto.

Equipe do Pronto Atendimento em treinamento com novo respirador: equipamento enviado à instituição pelo INTO

Diretores do HB recebem bispo da Diocese de Rio Preto O bispo de Rio Preto Dom Paulo Mendes Peixoto esteve no HB para fortalecer os laços entre a instituição e a Diocese. Em conversa com a diretoria foram apresentadas idéias e propostas. Entre elas, mudanças no paisagismo da capela. O bispo finalizou a reunião, colocando-se à disposição do hospital para futuros projetos.

8

Revista do HB - Julho - 2009

Jornal hb julho 2009  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you