Revista Funfarme - Maio 2021

Page 1

Maio/2021 | Ano XVII | nº 229

Funfarme recebe R$ 4 milhões de destinação solidária do imposto de renda de empresas O apoio ocorreu por meio de renúncia fiscal em favor de projetos que foram habilitados e certificados junto aos Conselhos dos Direitos da Criança e do Adolescente e Direitos dos Idosos de Bady Bassitt. No ano passado, graças aos repasses da destinação solidária do imposto de renda foi possível iniciar as atividades do serviço de transplante de medula óssea infantil, antes somente feita em São Paulo. A contribuição também possibilitou consultas médicas de 12 mil idosos na ala da geriatria. Leia mais na página 4

Funfarme Notícias - Maio 2021 1


Editorial

Destinações que salvam vidas Recentemente grandes grupos empresariais brasileiros aprovaram e garantiram repasse de mais de R$ 4 milhões a importantes projetos desenvolvidos pelo HB. O apoio destas instituições ocorreu por meio de renúncia fiscal da pessoa jurídica. A ajuda ocorre no momento mais desafiador dos 50 anos de história da nossa instituição. No final de maio também terminou o prazo de declaração do imposto de renda da pessoa física. A expectativa é que o repasse destinado ao Conselho Municipal do Idoso e ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente possa contribuir com novos projetos do complexo. Os recursos captados serão investidos futuramente na modernização e adequação do nosso Setor de Geriatria do HB para manter o atendimento de qualidade. Já o dinheiro do contribuinte destinado através do Fundo da Criança e do Adolescente será empregado em melhorias e investimentos da nossa UTI Neonatal e de diversos tratamentos pediátricos do HCM. É importante destacar que, no ano passado, os repasses da destinação possibilitaram o início das atividades do serviço de transplante de medula óssea infantil. Com quatro quartos de enfermaria e oito leitos, a ala é equipada com aparelhos de última geração para receber os pacientes pré e pós-transplante. O repasse também possibilitou consultas médicas de 12 mil idosos na ala da geriatria. Em meio ao atual cenário de pandemia ações como estas são fundamentais, pois, hoje vivemos o momento mais desafiador desde a fundação de nossa instituição. Juntos somos mais fortes.

Funfarme Nossa Missão Transformar a saúde regional por meio da integração de assistência, ensino e pesquisa.

Nossa Visão Ser reconhecido como complexo hospitalar de assistência, ensino e pesquisa de excelência até 2021.

Nossos Valores - Humanismo - Responsabilidade social e ambiental - Meritocracia - Integridade absoluta

- Inovação - Qualidade e segurança - Respeito

Expediente Informativo da Fundação Faculdade Regional de Medicina (Funfarme) Ano XVII / Nº 229 - Maio - 2021 • Presidente dos Conselhos da Funfarme: Dr. Francisco de Assis Cury • Diretor Executivo da Funfarme: Dr. Jorge Fares • Vice-Diretor Executivo da Funfarme: Dr. Wagner Vicensoto • Diretora Administrativa do HB: Dra. Amália Tieco R. Sabbag • Vice-Diretor Administrativo do HB: Dr. João Fernando Picollo de Oliveira • Diretor Clínico do HB: Dr. Renato Ferreira da Silva • Vice-Diretor Clínico do HB: Dr. Emerson Quintino de Lima

2 Funfarme Notícias - Maio 2021

• Diretora Técnica do HB: Dra. Maria Regina Pereira de Godoy

• Diretora Clínica do HCM: Dra. Ana Luiza A. Silva

• Diretor do Hemocentro: Dr. Octávio Ricci Junior

• Diretora Técnica do HCM: Dra. Fernanda Del Campo Braojos Braga

• Diretora Técnica do Hemocentro: Dra. Andreia Aparecida G. Guimarães

• Vice-Diretor Técnico do HCM: Dr. Gustavo Henrique de Oliveira

• Diretor do Ambulatório: Dr. Carlos Eduardo Miguel

Produção Editorial: Intermídia Comunicação Empresarial

• Diretora do Lucy Montoro: Dra. Regina Chueire

Telefone: 17 3011-5435

• Diretor Técnico do Instituto do Câncer: Dr. Carlos Eduardo Miguel

Jornalistas: Fernanda Martinazzi, Alex Pelicer e Alexandre Souza

• Diretora Administrativa do HCM: Dr. Antônio Soares Souza • Vice-Diretora Administrativa do HCM: Dra. Maria Lúcia Luiz Barcelos Veloso

Jornalista responsável: MTB 24.527

Diagramação: Intermídia Comunicação Empresarial


Relações Institucionais

Fundação retoma visitas de lideranças políticas, empresariais e sociais A Funfarme retomou, no dia 14 de maio, os encontros com nomes de relevante expressão nos cenários políticos estadual e nacional, dispostos a conhecerem os mais diversos projetos da instituição, com o intuito de entender qual a melhor maneira de apoiar o maior complexo hospitalar do interior do estado de São Paulo e referência estadual no tratamento de casos graves de síndromes respiratórias (SARs, MERs e Covid-19).

Deputado estadual Arthur do Val é o primeiro a encontrar-se com lideranças do complexo O primeiro a confirmar presença na instituição neste novo ciclo de visitas oficiais foi o deputado estadual Arthur do Val (Patriota). O parlamentar buscou se atualizar sobre as demandas do HB e HCM para que possam oferecer atendimento e serviços ainda melhores à população. “Resolvemos retomar estes atendimentos presenciais, cumprindo todas as medidas de segurança determinadas para a pandemia, pois após um ano de toda esta crise sanitária, nossos hospitais necessitam de mais investimentos para continuar oferecendo atendimento de qualidade ao paciente do Sistema Único de Saúde (SUS). Nosso hospital é geral, com 62 especialidades e precisamos manter o trabalho de excelência, atendendo a todos, sem exceção”, explica a diretora administrativa do HB, Dra. Amália Tieco. Para o superintendente financeiro da Fundação, Robson Ribeiro, a expansão dos atendimentos no complexo precisa

O deputado Arthur do Val (o quarto a partir da esquerda) ouviu as solicitações das lideranças do hospital

deste olhar diferenciado dos líderes nacionais. “Em um ano, aumentamos em quase 20% nosso número efetivo de colaboradores; Somente de profissionais de enfermagem, foram 851 novos contratados, entre março de 2020 a março de 2021. Nosso número de leitos de UTI

mais que duplicou, passando de 117 para 269, neste mesmo período. Então, o financiamento de todo esse aparato e capital humano também deve contar com a ajuda das políticas públicas e da solidariedade de empresários e sociedade”, ressaltou.

Parlamentar Junior Bozzella, pela primeira vez, vai à Funfarme O Deputado Federal Junior Bozzella (PSL) visitou, pela primeira vez, o complexo hospitalar, no dia 14, e reuniu-se com lideranças da Funfarme e HB. Durante o encontro, os gestores apresentaram diversos índices da produção do maior complexo hospitalar do interior de São Paulo. O parlamentar federal afirmou que irá analisar os projetos da instituição para indicar emendas no futuro.

O parlamentar (ao centro) visitou o complexo pela primeira vez e irá analisar futuras emendas para projetos da Fundação

Funfarme Notícias - Maio 2021 3


Imposto de Renda

Grandes empresas brasileiras apoiam projetos do HB e HCM com a destinação solidária Grandes grupos empresariais brasileiros aprovaram e garantiram mais de R$ 4 milhões a importantes projetos desenvolvidos pelo Hospital de Base e Hospital da Criança e Maternidade. A ajuda vem no momento mais desafiador dos 50 anos de história da instituição. O apoio ocorreu por meio de renúncia fiscal em favor de projetos que foram habilitados e certificados junto aos Conselhos dos Direitos da Criança e do Adolescente e Direitos dos Idosos de Bady Bassit, um dos 102 municípios da área de referência do Hospital de Base. Dentre as empresas que passam a ser “Parcerias do Bem”, título conferido pelo HB aos seus benfeitores, destacam-se: Citibank, Banco Sofisa, Andritz, Usina Colombo, Ideal Energia, Bayer, Falconi, Havan, White Martins, CPFL, Banco Toyota, Facchini, Qualicorp, Teleperformance, BB Consórcios, Usebens, Cozimax, Tiete Veículos, Tivit Serviços, Dassoler Agronegócios e Banco Luso Brasileiro. Detentor de todos os selos que garantem gestão, governança e transparência, o HB registrou apoio empresarial no valor de R$ R$ 3.009.166,27, por meio de projetos habilitados junto ao Conselho Municipal do Idoso (CMI), e mais R$ 1.083.482,34 em projetos certificados pelo Conselho Municipal dos Direitos da

O serviço da Unidade de Transplante de Medula Óssea Pediátrica do HCM pode ser iniciado após à Destinação Solidária em 2020

Criança e do Adolescente (CMDCA). O diretor executivo da Funfarme, Dr. Jorge Fares, destacou a importância de parcerias com empresas e com cidades da área de influência do HB, como Bady Bassitt. “Uma parte (5%) desses recursos captados pelo HB ficam para Bady Bassitt impulsionar projetos municipais de proteção às crianças e aos idosos”, destaca Fares, ao elogiar o alcance das Leis de Incentivo Fiscal. O prefeito de Bady Bassitt, Luiz An-

Neste ano, essa verba será investida na adequação do Setor de Geriatria HB e na UTI Neonatal do HCM

tonio Tobardini, incentivador da parceria com o HB, destacou o momento em que os recursos chegam ao Hospital de Base. “O HB é hoje a maior referência do interior paulista para tratamento de casos graves de síndromes respiratórias e toda essa união de esforços, entre Poder Público e iniciativa privada, salva muitas vidas”, afirma Tobardini. A diretora administrativa do Hospital de Base, Dra. Amália Tieco, ressalta o impacto positivo das doações para a instituição. “A pandemia de Covid-19 tem revelado a importância da solidariedade e todos os nossos 7.500 colaboradores sentem-se orgulhosos pelo reconhecimento do trabalho desenvolvido pelo Hospital de Base em favor da vida”, afirma, em tom de agradecimento. No ano passado, graças aos repasses da destinação solidária do imposto de renda foi possível iniciar as atividades do serviço de transplante de medula óssea infantil. Com quatro quartos de enfermaria e oito leitos, a ala é equipada com aparelhos de última geração para receber os pacientes pré e pós-transplante. O repasse também possibilitou consultas médicas de 12 mil idosos na ala da geriatria.

Toda ajuda é bem-vinda! Para ajudar o HB, basta entrar em contato com a equipe de Captação de Recursos, pelo telefone: (17) 3201-5189; (17) 99622-6614 ou pelo e-mail: doehb@hospitaldebase.com.br Cada cidadão também pode colaborar com o Hospital de Base de Rio Preto por meio de doações espontâneas no site www.hospitaldebase.com.br/quemdoatransforma 4 Funfarme Notícias - Maio 2021


Investimento

HB é um dos primeiros centros de saúde no país a receber aparelho capaz de promover estímulos na musculatura de pacientes sedados e intubados

Funfarme adquire aparelho que estimula musculatura de pacientes graves em UTI Covid A Funfarme adquiriu, no dia 13 de abril, equipamento de estimulação neuromuscular para ser usado em pacientes graves na UTI Covid. O Hospital de Base (HB) está entre os primeiros centros de saúde no país a receber aparelho capaz de promover estímulos ativos na musculatura de pacientes sedados e intubados. “A eletroestimulação nestes pacientes, principalmente os que estão sedados, intubados e imobilizados, é fundamental para que não tenham uma diminuição importante de massa muscular, o que prejudica a reabilitação pós-covid”, afirmou Lucas Lima Ferreira, fisioterapeuta da UTI Covid do HB. Com o novo equipamento, é possível estimular a musculatura de todo corpo com choques controlados, fazendo com que os músculos se contraiam. Para cada conjunto de músculos, é necessária uma descarga elétrica específica. Antes desta aquisição, era usada a terapia de mobilização passiva. “A técnica usada anteriormente era a chamada mobilização passiva, quando o fisioterapeuta movimenta braços e pernas do paciente. Essa técnica não melhora o atrofismo muscular, mas melhora a articulação como um todo. Além disso, usamos posicionamento funcio-

Para cada conjunto de músculos, é necessária uma descarga elétrica específica

nal, mudando o paciente de posição para evitar lesões e, quando possível, mobilização fora do leito em poltronas ou prancha que reclina, para que o doente consiga se manter em pé”, completa Lucas Ferreira. Criado pelo fisioterapeuta Prof. Dr. Paulo Eugênio Silva, o RECARE, como é conhecido, foi desenvolvido nos últimos 15 anos e possui homologação da ANVISA. No mundo, existem equipamentos similares, porém nenhum com a mesma

tecnologia embarcada como estímulo de grupos musculares específicos, programação da intensidade do estímulo elétrico, capacidade de realizar exame eletrodiagnóstico, além de acesso à internet. A Funfarme iniciou os estudos internos com os primeiros cinco pacientes e, após protocolos de atendimento estabelecidos na instituição, pretende ampliar o uso do aparelho para todas as UTIs Covid e não-Covid do complexo. Funfarme Notícias - Maio 2021 5


Tecnologia

Funfarme lança aplicativo ‘Meu HB Rio Preto’, plataforma que permite ao paciente acompanhar e gerenciar seus exames e consultas

A Funfarme lançou no dia 10 de maio, aplicativo que permite ao paciente acompanhar e gerenciar sua agenda ambulatorial, em todas as unidades da instituição. Desenvolvido pela Fundação, em parceria com a empresa Licitec Software, a plataforma agiliza o processo de agendamento de exames, consultas e retornos. Conhecido como ‘Meu HB Rio Preto”, o aplicativo unifica: monitoramento das consultas em fila de espera, agendadas e histórico de consultas, confirmações de agendamentos, solicitação de cancelamentos, e oferece notificações sobre horários de funcionamento, avisos de consulta, entre outras funcionalidades. Para o gerente administrativo da Funfarme Fernando Batista, a nova ferramenta permite a gestão ativa do paciente e aproxima o hospital dos usuários, conversando diretamente com eles. “Com esse novo app, o próprio paciente tem a liberdade de acompanhar suas consultas, confirmar seus retornos ou fazer o cancelamento. Hoje, o paciente só consegue realizar estas atividades e obter estas informações diretamente nas unidades de saúde

A plataforma contribui no processo de agendamento de exames, consultas e retornos

do município de origem. Agora, com o aplicativo, ele terá mais autonomia sobre todos estes processos”, afirmou Fernando. Atualmente, o gerenciamento da agenda do paciente é feito de forma presencial e as solicitações de retorno por telefone ou WhatsApp, por conta da pandemia, evitando aglomerações e respeitando as normas da Organiza-

Como se cadastrar no Meu HB Rio Preto

Acessibilidade

Os pacientes serão orientados após a primeira consulta a baixarem o aplicativo e como usá-lo. Para ter acesso às informações pessoais, o usuário deverá ir pessoalmente à unidade do complexo e autorizar a publicação de dados, respeitando a Lei Geral de Proteção dos Dados (LGPD).

Pensando nos idosos, pacientes com deficiência intelectual ou doenças incapacitantes, o Meu HB Rio Preto permite que familiares, cuidadores ou responsáveis legais destes pacientes acessem informações e gerenciem o aplicativo, mediante a concessão de acesso do aplicativo para outra pessoa.

ção Mundial de Saúde e Ministério da Saúde. Com o novo aplicativo, a comunicação poderá ser feita também via chat dentro da plataforma pela função “fale conosco”. De forma específica, na especialidade escolhida, o usuário poderá tirar suas dúvidas em tempo real com um dos atendentes e receber todo o suporte necessário.

Baixe o aplicativo!

Para baixar o Meu HB Rio Preto basta acessar a loja de aplicativos Google Play clicando aqui! Para usuários da plataforma IOS, o app estará disponível nas próximas semanas.

6 Funfarme Notícias - Maio 2021


ICA

Com câncer no colo do útero, mãe realiza tratamentos para poder dar à luz Ao ver a pequena Lorena, de cinco meses, nos braços de Morieli não é possível imaginar a batalha enfrentada por mãe e filha durante a gravidez. Com mais de 18 semanas de gestação, durante um exame pré-natal de rotina, a jovem foi diagnosticada um carcinoma no colo do útero. Se o tratamento de câncer tivesse início, colocava a vida do bebê em risco. Se nada fosse feito, a gestação prosseguiria, porém a doença poderia avançar. A paciente recebeu atendimentos e foi encaminhada para o Instituto do Câncer do Ambulatório de Especialidade do HB. “Realizamos exames de imagens e ressonância. Com os resultados em mãos, verificamos que a cirurgia não teria benefícios e a melhor alternativa seria tratamento com a radioterapia. Porém, com 18 semanas de gestação, significaria um grande risco, com altas possibilidades de óbito fetal” explica o médico ginecologista Dr. Guilherme Accorsi. “Fiquei bastante receosa com tudo o que estava acontecendo. Saber que existia os tratamentos, porém, poderiam interromper a gestação causava enorme angustia”, afirma Morieli. Após analisar as possibilidades de tratamentos, as equipes médicas se reuniram com a paciente e optaram por não iniciar radioterapia. “Conversamos com

Dr. Guilherme Accorsi ao lado de Dr. João Daniel Cardoso Guedes, ambos oncologistas responsáveis pelo tratamento da paciente

a Morieli e optamos pela quimioterapia. Apesar dos riscos de um parto prematuro, existia a possibilidade de evoluir com a gestação, impedindo o avanço da doença. Após o parto então iniciaríamos o tratamento com tratamento planejado” explica o médico. Lorena nasceu no dia 7 de janeiro, com 35 semanas, no HCM. Após o perío-

do de recuperação da cirurgia cesariana, a paciente iniciou o tratamento com a radioterapia. O procedimento terminou no final de abril. “Foram seis sessões de quimioterapia e 25 de radioterapia. Hoje, eu e a Lorena estamos bem, graças a Deus. Somos muito gratas a todos que dedicaram seu tempo para cuidar de nós”, afirma Morieli.

Prevenção

Morieli fez seis sessões de quimioterapia durante e 25 de radioterapia após o parto

O câncer de colo de útero é o terceiro tumor maligno mais frequente nas mulheres – atrás apenas do de mama e do colorretal – e a quarta causa de morte por câncer entre a população feminina no Brasil, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA). A doença, entretanto, pode ser descoberta durante exame de rotina e atinge altas taxas de cura quando detectada e tratada no início. “A recomendação é que mulheres, com idade entre 25 e 64 anos, realizem os exames preventivos, como Papanicolau ou citopatológico, para detectar as lesões precursoras. Antes desta faixa etária não é necessário a realização dos exames, porém, a visita ao ginecologista deve ser constante” afirma Dr. Guilherme. Outro método de prevenção é a vacina contra o HPV. “Ela é indicada para meninas de 9 a 14 anos. Esta vacina é oferecida pelo SUS nos postos de saúde”, complementa o médico.

Funfarme Notícias - Maio 2021 7


Ambulatório

Setores da Funfarme prestam homenagens para pacientes no Dia das Mães No dia 7 de maio, setores da Funfarme prestaram homenagens para todas as mães que estavam como acompanhantes na instituição ou passando por tratamento. No Instituto do Câncer (ICA), a equipe multidisciplinar surpreendeu a todos com uma apresentação de violino, violão, além de distribuírem lembrancinhas para todas as mães. Para a psicóloga do ICA, Loiane Santos, ações humanizadas como estas são fundamentais para melhoria da autoestima das pacientes. “O que percebemos é que as mães possuem uma força a mais para lutar e enfrentar o tratamento e que a humanização por parte de todos nós, enquanto equipe, faz com que

8 Funfarme Notícias - Maio 2021

essa jornada fique mais leve e que elas sintam que não estão sozinhas”, afirmou Loiane. Voluntárias do ICA há três anos, Natália Carvalho de Oliveira e sua mãe Lilian Aguiar Carvalho encantaram todos que aguardavam na recepção da instituição tocando violino e cantando. Para elas, a comunicação com as mães foi diferente, através das notas musicais. “É uma forma de homenageá-las, não com palavras, mas com as notas musicais e assim tentar passar um pouco mais de esperança para cada uma delas. Sempre que recebo o convite para vir ao Instituto, faço questão de vir”, afirmou Natália. Outros setores do complexo como diálise do HB, enfermaria oncológica, quimioterapia e radioterapia também fizeram ações no Dia das Mães com distribuição de lembrancinhas, além de contarem com a participação de voluntários tocando músicas ao vivo.


Prevenção

A síndrome é caracterizada pela hipermobilidade articular generalizada

Ehlers-Danlos, a síndrome do corpo elástico A síndrome de Ehlers-Danlos, conhecida também como doença do homem elástico, caracteriza-se por um grupo de distúrbios genéticos que afetam o tecido conjuntivo da pele, das articulações e das paredes dos vasos sanguíneos. Esta síndrome, que é hereditária, não tem cura, mas deve ser tratada para diminuir o risco de complicações. Em média são registrados 150 mil novos casos por ano. Os sinais e sintomas geralmente são uma maior extensibilidade das articulações, como explica a professora Dra. Neuseli Lamari, responsável pelo Ambulatório de Hipermobilidade do HB. “A síndrome é caracterizada pela hipermobilidade articular generalizada, com pontuações diferentes para cada faixa etária. É necessária muita atenção, pois é uma doença muito silenciosa e evolui lentamente. Por isso, o acompanhamento profissional é de extrema importância devido às graves complicações possíveis que possam aparecer no futuro”, explica. Nos recém-nascidos, com histórico familiar, os pediatras podem detectar a síndrome através de frouxidão nas articulações por meio de uma avaliação física. “É muito importante estes primeiros exames e que os profissionais fiquem atentos aos primeiros sinais da síndrome. Outros sinais claros da síndrome em crianças são pés chatos, facilidade para torcer os pés ou quedas com muita frequência. Mas, tudo isso pode ser confundido com coisas corriqueiras, por isso os pais precisam estar atentos a todos estes sinais e buscar ajuda de especialista”, afirma.

Causas

Complicações

A síndrome é causada por um defeito genético no colágeno, proteína que dá sustentação aos tendões, ligamentos, músculos, ossos e vasos. Em casos mais graves, as crianças podem sofrer atraso neuropsicomotor. Alguns portadores da síndrome podem ter comprometimento, mas é raro. A maioria delas tem intelectualidade normal, com algumas nuances como déficit de atenção, concentração, dislexia, disgrafia, prejuízo na escola.

Além do aparelho locomotor a síndrome pode afetar também a função de alguns órgãos. “A síndrome de Ehlers-Danlos pode causar também disfunção gastrointestinal e até prolapso da valva mitral, doença caracterizada pelo desalinhamento desta válvula do coração”. Por não ter cura, a fisioterapia é de extrema importância, já que ajuda a fortalecer os músculos, estabilizar as articulações e evitar complicações da doença. A expectativa de vida é geralmente normal para a maioria dos tipos.

Diagnóstico - Avaliação de um médico ou fisioterapeuta especializado - Exames genéticos - Biópsia da pele - Exames de diagnóstico por imagem Funfarme Notícias - Maio 2021 9


Pesquisa

O virologista Dr. Maurício Lacerda Nogueira, está a frente dos estudos no Centro Integrado de Pesquisa

CIP participará de testes clínicos de nova vacina contra a gripe desenvolvida pelo Butantan O imunizante tetravalente é produzido com quatro tipos do vírus Influenza; pesquisa incluirá mais de 6,5 mil voluntários, entre crianças, adultos e idosos, em centros de pesquisa pelo Brasil O Centro Integrado de Pesquisa (CIP) do Hospital de Base participará dos estudos clínicos em humanos de uma nova vacina tetravalente contra a gripe desenvolvida pelo Instituto Butantan. O imunizante inclui quatro cepas do vírus Influenza, sendo duas cepas A (H3N2 e H1N1) e outras duas cepas B (B Victoria e B Yamagata). O objetivo dos ensaios clínicos será avaliar a imunogenicidade e a segurança do imunizante. A pesquisa incluirá crianças de 3 a 8 anos, crianças e adolescentes de 9 a 17 anos, adultos de 18 a 59 anos e idosos de 60 anos ou mais. Os interessados em participar dos ensaios clínicos poderão acessar o site do Hospital de Base [https:// www.hospitaldebase.com.br/voluntario-influenza] “Este estudo é muito importante, pois poderá trazer uma nova vacina para o Sistema Único de Saúde (SUS). O intuito é empregar esta vacina tetravalente nas campanhas futuras de imunização contra a influenza. E mostra mais uma vez o reconhecimento, a expertise do Hospital de Base para fazer ensaios de validação da vacina. Além deste estudo de influen10 Funfarme Notícias - Maio 2021

za, novos estudos serão conduzidos pelo CIP no futuro com vacinas contra covid, chikungunya e vírus sincicial respiratório”, o virologista Dr. Maurício Nogueira. Atualmente o Butantan fornece ao Ministério da Saúde uma vacina trivalente para uso na rede pública de saúde, que protege contra três tipos do vírus Influenza, sendo dois da cepa A e um da B. O novo imunizante desenvolvido no instituto inclui mais uma cepa do tipo B. Neste ano o Butantan vai entregar ao governo federal cerca de 80 milhões de doses para a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. Por incluir mais uma cepa do vírus, acredita-se que ela ampliará a imunização contra os vírus influenza B e a proteção, especialmente em populações consideradas de risco para o agravamento da doença, como crianças, adolescentes, idosos e gestantes, por exemplo. O estudo contará com cerca de 6,5 mil participantes em onze centros de pesquisa do Brasil. Além de Rio Preto, participarão dos estudos as cidades de Ribeirão Preto, São Paulo, Serrana, São Caetano do Sul, Belo Horizonte, Porto Alegre, Pelotas,

Fortaleza, Recife e Laranjeiras. A fábrica de vacinas contra a gripe do Butantan é a maior do hemisfério sul e acaba de receber pré-qualificação da OMS (Organização Mundial da Saúde), certificação que reafirma o reconhecimento internacional pela produção de vacinas contra a gripe sazonal e a possibilidade de o instituto fornecer o imunizante para outros países.

Não poderão participar do estudo: - Indivíduos com hipersensibilidade (alergia) às proteínas do ovo ou frango ou qualquer um dos constituintes da vacina; - Mulheres grávidas; - Indivíduos portadores de doenças crônicas descompensadas.


Ações no Complexo

Funfarme distribui kits para comemorar o dia internacional da enfermagem Em comemoração ao Dia Internacional da Enfermagem, dia 12 de maio, o Complexo Funfarme realizou ações internas e nas redes sociais com objetivo de destacar a importância destes profissionais que zelam pela segurança e cuidado com os pacientes. “É um dia que ajuda a gente a refletir na profissão e pensar em qual o nosso papel, pois a enfermagem desempenha um papel fundamental em todos os níveis de assistência à saúde, atuando sempre para levar conforto e cuidado aos pacientes e familiares com dedicação e respeito. Durante a pandemia, ressalta-se ainda mais o papel fundamental da enfermagem pela atuação corajosa, efetiva e ininterrupta em nossa instituição”, destaca a gerente de enfermagem Samantha Vaccari. Neste ano, a temática da ‘Semana da Enfermagem’ foi ‘O trabalho em enfermagem no contexto de crise’. “A enfermagem ficou ainda mais em evidência durante a pandemia. Pois, além de o cuidado clínico, também existe uma maior empatia pelo próximo, já que os pacientes estão no isolamento e longe da família. Isso faz com que o profissional dedique mais tempo aos enfermos e um atendimento diferenciado, mais humanizando visando diminuir a solidão e os medos de cada enfermo” explica a enfermeira Luciana Tirelli. A data lembra e homenageia o nascimento da britânica Florence Nightingale uma pioneira da enfermagem moderna,

A enfermagem ficou ainda mais em evidência durante a pandemia

que nasceu em 12 de maio de 1820. Nightingale foi uma jovem que se rebelou contra o papel submisso que as mulheres exerciam na sociedade de sua época, destinadas ao casamento e à maternidade. Por isso, ela se tornou enfermeira (profissão normalmente exercida por freiras). No Brasil, entre 12 e 20 de maio, comemora-se a Semana da Enfermagem, relembrando outra mulher que foi pioneira e dedicou sua vida à profissão: a baiana Ana Néri (Ana Ferreira Justina Néri). Nascida em 13 de dezembro de 1814, falecida em 20 de maio de 1880, ela deixou de lado uma vida tranquila e de posses para servir como voluntária na Guerra do Paraguai (1865-1870) cuidando dos soldados brasileiros na frente de batalha.

No dia 12 de maio colaboradores da enfermagem receberam ‘mimos’

Higiene das mãos Os profissionais da enfermagem também se empenharam em uma grande ação realizada nas redes sociais para conscientizar sobre a importância da higienização das mãos. A iniciativa contou com fotos e vídeos descontraídos, mas sem perder o foco da campanha. A higiene eficaz das mãos não é apenas uma medida chave para prevenir a disseminação do novo coronavírus, mas também reduz o fardo das infecções associadas aos cuidados de saúde e a disseminação da resistência antimicrobiana. Por isso, anualmente o Complexo Funfarme ressalta a importância desta ação. Desde 2007, a Organização Mundial da Saúde (OMS) instituiu 5 de maio como o Dia Mundial de Higienização das Mãos.

Ações realizadas no dia 5 de maio destacando a importância da higienização das mãos Funfarme Notícias - Maio 2021 11


Conscientização

Profissionais do Hemocentro promovem ação no Dia Mundial da Hemofilia No dia 17 de abril foi celebrado o Dia Mundial da Hemofilia. Em comemoração a esta data, profissionais do Hemocentro prepararam um kit de higiene oral contendo fio dental, creme dental e escova de dentes, que foi entregue durante todo o mês de abril aos pacientes ambulatoriais. Os kits foram doados pelo HB Saúde e pela empresa Met Life. Além da doação, também foi realizada uma live pelas redes sociais com a participação da hematologista do Hemocentro Dra. Andrea Aparecida Garcia, sobre os benefícios da atividade física para pessoas com hemofilia. Os primeiros presenteados com os brindes doados foram: Weslei Freitas, Maicon Alexandre Medeiros, Rafael Amario e Vitor Hugo da Costa.

Maicon Alexandre Medeiros

Rafael Amario

Vitor Hugo da Costa

Weslei Freitas

O que é Hemofilia? Hemofilia é uma doença hemorrágica hereditária ligada ao cromossomo X, caracterizada pela deficiência ou anormalidade do fator VIII (Hemofilia A) ou do fator IX (Hemofilia B). É caracterizada por sangramentos intra-articulares (hemartroses), hemorragias musculares ou em tecidos moles ou cavidades. Os episódios hemorrágicos podem surgir espontaneamente ou após trauma, variam de acordo com a 12 Funfarme Notícias - Maio 2021

atividade residual coagulante do fator e podem ser classificados como leves, moderados ou graves. O tratamento tem como principal objetivo a reposição do fator deficiente e pode ser realizado para prevenir ou tratar os sangramentos. A hemofilia é uma doença rara com prevalência de 1 caso a cada 5.000 a 10.000 nascimentos do sexo masculino para a hemofilia A e de 1 caso a cada 30.000 a 40.000 nasci-

mentos do sexo masculino para hemofilia B. O Hemocentro de São José do Rio Preto atende atualmente 95 pacientes portadores de hemofilia, sendo 77 portadores do tipo A e 18 do tipo B. A instituição possui uma equipe interdisciplinar com hematologistas, enfermeiro, assistente social, psicólogo, fisioterapeuta, farmacêutico, além de um laboratório especializado em coagulação.


Solidariedade

Campanha do Sindicato dos Empregados do Comércio atraem novos doadores ao Hemocentro No dia 1º de maio, o Sindicato dos Empregados do Comércio, em parceria com o Hemocentro deu início a campanha ‘Sangue Comerciário’, com objetivo de atrair novos doadores de sangue. Durante todo o mês, associados que fizeram a doação ganharam uma cesta básica do sindicato. Para a presidente da entidade, Márcia Caldas, essa iniciativa ajuda tanto os pacientes quanto os trabalhadores. “Esta ação solidária é um gesto humanitário de todos do Sindicato. Por meio dela, conseguimos unir o que é bom e o que é necessário, como o sangue e a cesta básica, ainda mais em um momento tão delicado como o que estamos passando nesta pandemia. Assim, podemos fazer o bem duas vezes”, afirmou Márcia.

Soldados do Tiro de Guerra de Mirassol doam sangue e fazem cadastro no banco de medula óssea Durante o mês de maio também aconteceu a doação dos militares do Tiro de Guerra de Mirassol. Ao todo, 100 atiradores estiveram na instituição para doar sangue e se cadastrarem no Registro de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome). Para a enfermeira líder da Captação do Hemocentro, Bárbara Cabrera, as doações vieram em um momento importante. “Esta mobilização acontece em uma boa hora, pois as doações espontâneas caíram e esta ação ajuda recuperar em parte o estoque de sangue. E também cadastrar novos doadores de medula óssea. Com isso conseguimos aumentar as chances do paciente que aguarda pelo transplante encontrar seu doador compatível. Com a pandemia, o número de doações diárias necessárias para manter os estoques em dia subiu de 80 para 100 doações”, disse Bárbara.

Funfarme Notícias - Maio 2021 13


Doações

A Captação de Recursos da Fundação teve um mês cheio de gratidão. Foram muitas doações em diversas frentes. Cozimax arrecada R$32 mil para o complexo em feirão solidário No dia 15 de maio, o superintendente financeiro da Funfarme, Robson Ribeiro, recebeu cheque simbólico de R$ 32 mil arrecadados no terceiro Feirão Solidário realizado, em abril, pela fábrica de móveis Cozimax.

Ex-paciente doa tablets e pendrives ao HCM em agradecimento por tratamento oncológico que recebeu na infância No dia 3 de maio, o engenheiro agrônomo Lucas Pelarim foi mais um morador da região que demonstrou carinho e gratidão aos profissionais do HCM e HB. Nascido em Nhandeara, morador de Rio Preto, ele doou cinco tablets e pendrivers para serem utilizados pelas crianças que se tratam no Setor de Oncologia do HCM. Os equipamentos permitem aos pequenos pacientes se divertirem, já que a pandemia limitou as atividades lúdicas e recreativas no hospital. O ato de solidariedade do engenheiro é, na verdade, de agradecimento aos profissionais e à instituição que, há 17 anos, o trataram e o ajudaram a curar-se de um câncer.

Concessionária de caminhões doa aparelho de ultrassom oftalmológico à Fundação A concessionária de caminhões Escandinávia, de Rio Preto, entregou para a diretora administrativa do HB, Dra. Amália Tieco, um Ultrassom US-15 da Apramed, específico para exames oftalmológicos. A doação, feita no dia 12 de maio, veio por meio de parceria entre a Captação de Recursos da Funfarme e a empresa.

14 Funfarme Notícias - Maio 2021


Doações Sementes da Alegria Doação superior a R$2 mil

Myrallis Doação de 220 mil comprimidos de Vitaminas D

MedLevensohn Doação de 20 colchões pneumáticos

Bola de Neve Doação de 140 cartinhas para profissionais da linha de frente Covid-19

Fundação Mokiti Okada Quase duas toneladas de alimentos

Engenho Dom Tápparo Uma tonelada de alimentos

Funfarme Notícias - Maio 2021 15


Doações Kodilar Aproximadamente 60 quilos de alimentos

Siamar 300 quilos de alimentos

Cleonice Rodrigues de Souza Oliveira 50 naninhas

Banco Municipal de Alimentos 250 quilos de alface

Setpar 432 litros de leite

Voluntária Priscila - Mirassol Brinquedos e três tablets ao HCM

Centro Espírita Alan Cardec - Santa Fé do Sul 50 naninhas, 50 palhacinhos de fuxico e 50 porta-máscaras, com máscaras

Se também quiser ajudar, basta entrar em contato com o setor de Captação de Recursos pelos números: (17)

16 Funfarme Notícias - Maio 2021

3201-5189 (17) 99622-6614


Prevenção

Equipes do Bombeiro, Sesmt e engenharia civil da Funfarme promovem série de treinamentos de combate a incêndio No final de abril, as equipes de Bombeiros, do Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (Sesmt), e da engenharia civil da Fundação iniciaram uma série de treinamentos em todas as unidades da Funfarme de combate a incêndios. O intuito é avaliar o desempenho dos brigadistas de cada unidade com simulados e verificar possíveis falhas, propondo soluções a elas. O calendário de treinamentos começou no final de abril, com simulações e orientações pós-treinamento. “Por se tratar de uma instituição de saúde, não conseguimos fazer um treinamento direcionado a todos ao mesmo tempo, já que existem pessoas debilitadas ou que não podem ter seus atendimentos parados no meio, por serem de urgência. Por isso, fracionamos as ações por unidades e vamos orientando aos poucos. Essas atividades, mesmo que não inteiramente verdadeira, são importantíssimas para dar mais noção aos colaboradores do que fazer em casos reais de incêndio até a chegada dos bombeiros”, explicou o bombeiro civil da Fundação, Evandro Andrade Silva. As ações vão até o final de 2021.

Bombeiros Civis têm ramal exclusivo de atendimento 24h Os bombeiros civis do complexo têm um ramal específico na Fundação. Em caso de urgência, para esclarecimento de dúvidas ou para apontar situações que podem gerar algum risco de incêndio ou problemas técnicos, basta ligar no ramal 2282 Funfarme Notícias - Maio 2021 17


RHC

Mieloma

Múltiplo O mieloma múltiplo é um câncer sanguíneo de um tipo de célula da medula óssea chamada de plasmócitos, responsáveis pela produção dos anticorpos que compõem o sistema de defesa do organismo, provoca enfraquecimento dos ossos, anemia e problemas diversos. O mieloma múltiplo raramente aparece na infância, adolescência ou em adultos com menos de 40 anos. É uma doença que afeta mais os homens do que as mulheres entre 50 e 70 anos de idade, com pico de incidência por volta dos 60 a 65 anos.

SINTOMAS Dores ósseas, especialmente no peito, nas costelas e nas costas; Fraturas espontâneas; Predisposição a infecções; Anemia, cansaço, fraqueza e palidez; Insuficiência renal; Confusão mental; Fraqueza e entorpecimento dos braços e das pernas.

TRATAMENTO Embora ainda não tenha sido encontrada a cura definitiva para o mieloma múltiplo, as possibilidades de tratamento tem evoluído. Basicamente, o objetivo é aliviar os sintomas, evitar complicações e retardar a progressão da doença de tal forma que o doente possa desfrutar boa qualidade de vida. Quimioterapia e radioterapia, isoladamente ou combinados, são outros recursos importantes para o tratamento. Atualmente, o transplante autólogo de células estaminais (células-tronco embrionárias) representa uma conquista expressiva no tratamento do mieloma múltiplo. No entanto, ele costuma ser indicado para pacientes com menos de 65 anos e que não apresentem outros problemas de saúde associados. O procedimento consiste em substituir a medula óssea doente por outra saudável.

Hospital de Base Com base nos dados registrados nos últimos 5 anos no HB, foram atendidos 283 pacientes com mieloma múltiplo, uma média de 57 casos novos da doença por ano, 58% do sexo masculino e 42% do sexo feminino. A faixa etária em que ocorreu o maior pico da doença foi entre 60 e 69 anos. Distribuição dos casos novos por faixa etaria Período jan/2015 a Dez/2019

RECOMENDAÇÕES Atividade física: O mieloma múltiplo é uma doença que tem origem nas células do sangue, mas pode afetar os ossos. Por isso, é necessário fazer ajustes no tipo de exercício de acordo com o comprometimento ósseo de cada doente. O importante é que ele volte a praticar atividade física tão logo suas condições de saúde permitam. A prática de exercícios moderados, como caminhada e natação, por exemplo, é sempre benéfica para manter a capacidade funcional. Dieta: Não existem alimentos proibidos para o portador de mieloma múltiplo. O importante é que a dieta seja saudável, variada e equilibrada, rica em grãos, frutas e verduras. Sempre é bom pedir a opinião do médico sobre o uso de suplementos vitamínicos e fitoterápicos junto com outros medicamentos e durante a quimioterapia. As interações medicamentosas são comuns e podem proporcionar efeitos adversos. Sono: Quem tem dificuldade para dormir, deve procurar ajuda. O sono repousante tem efeitos benéficos sobre o sistema imunológico. Fumo e álcool: São contraindicados em qualquer fase da doença. 18 Funfarme Notícias - Maio 2021


Espaço ASFF

| NOVOS CONVÊNIOS ASFF

Brasaria Emporio e Grill

Clinica Dra Ziló

Vacina da Gripe para Associados com desconto

PARCERIA ASFF ANHANGUERA

Associado ASFF tem 20% de desconto nas mensalidades (acesso para dependentes também)!

‘Live’ Premiada para Comunidade Hospitalar Anhanguera A Universidade Anhanguera – Campus de São José do Rio Preto – promove no dia 8 de junho a ‘live’ “Saúde Premiada”, com a participação da dupla sertaneja Tonny & Kleber, dirigida aos profissionais das Comunidades Hospitalares e Profissionais da Área da Saúde.

ATUALIZE SEU CADASTRO Atualize seu cadastro conosco e fique sempre por dentro dos acontecimentos! Ligue nos ramais 1512 ou 1516 ou mande uma mensagem (17) 99631-3380 este é o whats da ASFF!

PRÊMIOS: Show com a dupla sertaneja Tonny e Kleber. Bolsas de estudos de 1 ano 100% enfermagem e 100% em pós-graduação. Jantares, Happy Hours, Café da Manhã e Combustível. Serão mais de 25 empresas do setor de bares e restaurantes , presenteando e homenageando os profissionais da área da saúde.

Associados ASFF devem preencher o formulário no link para concorrer: CLIQUE AQUI E PARA PREENCHER Canal para a Live: Canal Anhanguera Campus Rio Preto

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades! (17) 99631-3380

@asffoficial

asff.funfarmeefamerp Funfarme Notícias - Maio 2021 19


NHE

SIM-P: Síndrome inflamatória multissistêmica em crianças e adolescentes provavelmente associada à Covid-19 A Organização Mundial da Saúde (OMS) emitiu um alerta mundial aos pediatras sobre a identificação de uma nova condição clínica em crianças, possivelmente associada à Covid-19, caracterizada pela Síndrome Inflamatória Multissistêmica (SIM-P)¹ ² . A maioria das crianças confirmadas com a Covid-19 é assintomática ou apresenta sintomas leves da infecção, no entanto, foram identificados casos que desenvolveram uma resposta inflamatória grave e sistêmica, associada ao novo coronavírus (Sars-CoV-2) )¹ ². As características clínicas da SIM-P são semelhantes à Síndrome de Kawasaki, à Síndrome de Ativação Macrofágica e à Síndrome de Choque Tóxico. Geralmente ocorre em crianças maiores, escolares e adolescentes, com elevados marcadores inflamatórios e lesão cardíaca. Entre os sintomas mais frequentes estão: febre persistente, hipotensão, conjuntivite, manchas no corpo, diarreia, dor abdominal, náuseas, vômitos e comprometimento respiratório. ¹ ² Situação epidemiológica No Brasil, de abril de 2020 a 13 de março de 2021, foram notificados 813 casos confirmados de SIM-P temporalmente associada à Covid-19 em crianças e adolescentes de 0 a 19 anos, sendo que, 51 evoluíram para óbito (letalidade de 6,3%). ¹ O Estado de São Paulo, no período de janeiro de 2020 a 24 de abril de 2021, confirmou 166 casos de SIM-P, sendo 108 casos com evolução a alta/cura, 11 com evolução ao óbito e 47 permanecem com desfecho em aberto. O município de São José do Rio Preto registrou 16 casos, sendo 15 com evolução de alta/cura, um caso em investigação e nenhum óbito¹. Com relação às crianças de 0 a 14 anos, o Complexo Funfarme registrou, de março/2020 a maio/2021, 511 casos de Síndrome Gripal por Covid-19 (casos leves). Com relação aos casos graves, foram registrados 52 casos de SRAG (pacientes internados) e, destes 24 foram classificados como SIM-P pelo SARS-CoV2. Figura 01 – Distribuição de casos de SIM-P, segundo evolução e semana epidemiológica do início de sintomas. Estado de São Paulo, SE 01/2020 a 16/2021.

Tabela 1. Doenças e Agravos de Notificação Compulsória, notificados na FUNFARME no ano de 2020 e janeiro a abril de 2021 2020

DNC

jan a abril 2021

Doenças compulsórias

not

conf

not

conf

AIDS HIV+ AIDS < 13anos Botulismo Coqueluche Criança exposta HIV Dengue Doença de Chagas Doença de Creutzfeldt‐Jakob Doença Neuroinvasiva‐arbovírus Esquistossomose Eventos Adversos pós vacinação Febre Amarela Febre Chikungunya Febre Maculosa Febre Tifóide Febre ZiKa Gestante HIV Hanseníase Hantaviroses Hepatites Virais Infecções sexualmente transmissíveis Leishmaniose Tegumentar Leishmaniose Visceral Leptospirose Malária Meningites ‐ Outras Doença Meningocóccica Paralisia Flácida Aguda Pneumoconiose Sarampo Sífilis Adquirida Sífilis Congênita Sífilis Gestante Síndrome Gripal por COVID‐19 Síndrome Respiratória Aguda Grave* Toxoplasmose Congênita Toxoplasmose Gestante Agravos compulsórios Tuberculose Varicela

64 54 1 0 6 34 1.493 0 4 41 0 10 3 35 7 2 45 5 9 8 276 40 4 61 49 10 67 3 6 0 12 58 35 8 29.471 5.137 47 32 not 89 1

64 54 1 0 0 34 713 0 0 7 0 10 0 1 0 0 0 5 9 0 276 40 4 9 0 9 58 3 0 0 1 58 34 8 4.924 2.724 44 31 conf 89 1

22 27 0 0 1 11 2.019 2 2 15 2 677 2 10 1 0 52 2 1 2 57 4 0 21 22 3 45 0 0 0 2 14 16 3 37.677 3.309 11 4 not 33 0

22 27 0 0 0 11 1.142 0 0 0 2 677 0 0 0 0 0 2 0 0 57 4 0 1 0 1 40 0 0 0 0 14 16 3 7.175 2.551 0 4 conf 33 0

Agravos compulsórios

not

conf

not

conf

Atendimento Antirrábico Humano Acidente de Trabalho Acidente Material Biológico Acidente por Animais Peçonhentos Intoxicações Exógenas Violência interpessoal/autoprovocada

44 562 197 383 391 407

44 562 197 383 267 407

17 337 110 177 164 161

17 337 110 177 109 161

Fonte: REDCap/MS, dados até 27/04/2021, sujeito a alteração.

Notificação A notificação da SIM-P deverá ser realizada pelo profissional médico, incluídos os dados clínicos, epidemiológicos e/ou laboratoriais, conforme a Nota Técnica-N. T.16/2020 CGPNI/ DEIDT/SVS/MS. Além disso, o profissional deve reportar o caso ao NHE (ramal: 1380). Secretaria de Estado. Vigilância Epidemiológica da Síndrome Inflamatória multissistêmica pediátrica, temporariamente associada à Covid-19. São Paulo. Abril, 2021. Ministério da Saúde. Nota técnica n°16/2020. CGPNI/ DEIDT/SVS/MS: Orientações sobre a notificação da Síndrome Inflamatória multissistêmica pediátrica (SIM-P), temporariamente associada à Covid-19. Ofício circular n° 133/2020/SVS/MS DE 24 de julho de 2020.

• Em caso de suspeita de SIM-P, entre em contato com a equipe do Núcleo Hospitalar de Epidemiologia (NHE) para notificação. • O formulário de notificação deverá ser preenchido pelo profissional médico e encaminhado ao NHE.

Doenças de Notificação Compulsória! - NOTIFIQUE NHE/FUNFARME - Ramais do NHE/HB – 1380 e 1837. Segunda a sexta-feira, das 08h00 às 17h00. À noite, nos finais de semana e feriados, no NHE ou no telefone do plantão do Grupo de Vigilância Epidemiológica do Estado de SP (17) 3227-8814. 20 Funfarme Notícias - Maio 2021