Page 1

Dezembro/2020 | Ano XVII | nº 224

HB, HCM E AMBULATÓRIO CONQUISTAM A CERTIFICAÇÃO

PLENO - NÍVEL 2 Resultado do empenho e profissionalismo de todos os seus colaboradores, a Funfarme avança para o nível 2, o que demonstra para a sociedade que suas Unidades primam pelo cuidado e a segurança dos pacientes e possuem gestão integrada dos processos, promovendo ações de melhorias entre todas as áreas deste que é um dos maiores complexos hospitalares do Brasil. Páginas 4 e 5 Funfarme Notícias - Dezembro 2020 1


Editorial

Gratidão e otimismo, palavras que definem o trabalho deste ano “Disposição, natural ou adquirida, para ver as coisas pelo bom lado e esperar sempre uma solução favorável das situações, ainda que as mais difíceis”. “Sentimento experimentado por uma pessoa em relação a alguém; agradecimento; reconhecimento”. Estas são as definições de otimismo e gratidão, segundo o Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa e não poderiam traduzir melhor o ano de 2020, marcado por meses exaustivos da pandemia da Covid-19, lidando com o desconhecido, com o medo e com a distância. Ainda assim, existiu espaço para o amor ao próximo, para histórias surpreendentes de inúmeros pacientes que se recuperaram desta doença. Obrigado a todos os colaboradores que aguentaram firmes, exemplos no cuidado com seus familiares e alertaram a população sobre os riscos reais do que presenciavam no dia a dia em nossa instituição. E, em meio a uma das maiores pandemias da história e todos os seus imensos desafios diários, buscamos forças e administramos nosso tempo para aprimorar nossos processos, nos integrarmos ainda mais e realizarmos as mudanças exigidas para conquistar, ao final de 2020, o nível 2 da Acreditação ONA. Conseguimos! Sabemos, no entanto, que os desafios não terminaram aí. Aliás, o que é normal no complexo hospitalar da Funfarme. Temos em nosso horizonte alcançar o nível 3 - Acreditado ONA com Excelência, porque nossa fundação e todos os nossos profissionais estão à altura desta certificação. Nas páginas 4 e 5, mais informações sobre a conquista do nível 2. 2021 se inicia trazendo a esperança e o otimismo com a chegada de vacinas eficazes e acessíveis a todos os brasileiros. Enquanto não debelarmos esta pandemia, a luta continua, a dedicação e o cuidado com os nossos pacientes continuam para que resgatemos em 2021 o “novo normal”. Que cada um de nós ampare, conforte, fortaleça o outro para que mantenhamos as energias para enfrentarmos as adversidades e enxerguemos o lado bom. 2021 com muitas alegrias, realizações e saúde!

Funfarme Nossa Missão Transformar a saúde regional por meio da integração de assistência, ensino e pesquisa.

Nossa Visão Ser reconhecido como complexo hospitalar de assistência, ensino e pesquisa de excelência até 2021.

Nossos Valores - Humanismo - Responsabilidade social e ambiental - Meritocracia - Integridade absoluta

- Inovação - Qualidade e segurança - Respeito

Expediente Informativo da Fundação Faculdade Regional de Medicina (Funfarme) Ano XVII / Nº 224 - Dezembro - 2020 • Presidente dos Conselhos da Funfarme: Dr. Dulcimar Donizeti de Souza • Diretor Executivo da Funfarme: Dr. Jorge Fares • Vice-Diretor Executivo da Funfarme: Dr. Luiz Sérgio Ronchi • Diretora Administrativa do HB: Dra. Amália Tieco R. Sabbag • Vice-Diretor Administrativo do HB: Dr. João Fernando Picollo de Oliveira • Diretor Clínico do HB: Dr. Alceu Gomes Chueire • Vice-Diretor Clínico do HB: Dr. Valdeci Hélio Floriano

2 Funfarme Notícias - Dezembro 2020

• Diretora Técnica do HB: Dra. Maria Regina Pereira de Godoy

• Diretor Clínico do HCM: Dr. Wagner Vicensoto

• Diretor do Hemocentro: Dr. Octávio Ricci Junior

• Vice-Diretora Clínica do HCM: Dra. Ana Luiza A. Silva

• Diretora Técnica do Hemocentro: Dra. Andreia Aparecida G. Guimarães

• Diretora Técnica do HCM: Dra. Fernanda Del Campo Braojos Braga

• Diretor do Ambulatório: Dr. Eumildo Campos Júnior

• Vice-Diretor Técnico do HCM: Dr. Gustavo Henrique de Oliveira

• Diretora do Lucy Montoro: Dra. Regina Chueire

Produção Editorial: Intermídia Comunicação Empresarial

• Diretor Técnico do Instituto do Câncer: Dr. Carlos Eduardo Miguel

Telefone: 17 3011-5435

• Diretora Administrativa do HCM: Dra. Leila Neves Bastos Borim

Jornalistas: Fernanda Martinazzi, Alex Pelicer e Alexandre Souza

• Vice-Diretora Administrativa do HCM: Dra. Maria Lúcia Luiz Barcelos Veloso

Jornalista responsável: MTB 24.527

Diagramação: Intermídia Comunicação Empresarial


Solidariedade

Campanha do HB e HCM incentiva destinação de imposto de renda a projetos sociais de crianças e idosos Com o objetivo de sensibilizar empresários e pessoas físicas a destinarem parte do imposto de renda (IR) a projetos de assistência, o Hospital de Base (HB) e o Hospital da Criança e Maternidade (HCM) lançaram a campanha “Transforme seu I.R. em Solidariedade”. Referência nacional em procedimentos de média e alta complexidade em mais de 60 especialidades médicas, o HB conta com projeto de atendimento à pessoa idosa. Os recursos captados por meio do Fundo do Idoso serão utilizados na modernização e adequação de setor de Geriatria do hospital, com objetivo de manutenção do atendimento de excelência. No HCM, as doações podem salvar vidas por meio do Fundo da Criança e do Adolescente, permitindo investimentos e melhorias na UTI Neonatal e em diversos tratamentos pediátricos. O contribuinte pessoa física que faz a declaração do imposto de renda pelo modelo completo pode abater até 6% do valor do imposto a pagar ao fazer a desti-

Arrecadação pode ser muito maior

No Brasil, apenas 2,5% do volume de dinheiro que poderia ser destinado para instituições filantrópicas é doado pela população, estimam os especialistas na área. Eles calculam que mais de R$ 7,5 bilhões poderiam ser doados via renúncia fiscal, com enorme impacto positivo na área da saúde do Brasil. A destinação é feita de forma fácil e sem custos, e não importa se o cidadão tem imposto a pagar ou a restituir e pode ser feita até o dia 30/12/2020.

Para mais informações: Captação de Recursos Telefone: (17) 3201-5189 ou pelo e-mail: parcerias@hospitaldebase.com.br

nação para o Fundo Municipal da Criança e Adolescente ou para o Fundo do Idoso de Bady Bassit. Já o contribuinte com imposto a restituir recebe até 6%, acrescidos no valor total que têm a receber. Para a pessoa que deixou para fazer a declaração este ano, o valor da destinação foi reduzido, chegando a, no máximo, 3% e deve ser feito pelo programa da Receita Federal. Os empresários podem destinar até 1% do imposto devido sobre a renda das pessoas jurídicas (IRPJ), tributado sobre o lucro real da empresa. Por serem referências nacionais, o HB e HCM já receberam apoio de grandes empresas do país como Banco Toyota, Volkswagen, B3 S.A, Brasil Cap, Havan, Raízen, EMS, entre outras. Segundo Dr. Jorge Fares, diretor executivo da Funfarme, mantenedora dos hospitais, nos últimos anos, as doações via renúncia fiscal de pessoas físicas e jurídicas têm se tornado uma fonte importante de recursos financeiros para as organizações filantrópicas.

“No atual cenário de pandemia, com a necessidade de investimentos constantes no enfrentamento à Covid-19, a destinação de parte do imposto de renda (IR) pode ajudar a amenizar o déficit dessas instituições”, explica Dr. Jorge. A Funfarme registrou aumento das despesas de até 400% devido à necessidade de compra de equipamentos de proteção individual (EPIs) e pela alta de preços desses materiais que, em alguns itens, ultrapassou 1.000% durante a pandemia. “Diante dessa realidade, o apoio da sociedade, de empresas socialmente responsáveis e da parceria com a prefeitura de Bady Bassitt, é possível fazer a diferença e garantir a manutenção das rotinas diárias da instituição”, acrescenta Robson Ribeiro, superintendente financeiro da Funfarme. “Com a pandemia do coronavírus, o complexo vive um dos momentos mais desafiadores de seus 50 anos de história”, finaliza a diretora administrativa do HB, Dra. Amália Tieco.

Como doar Pessoa Física

A pessoa física que entregar a declaração do imposto de renda no exercício 2021 (ano calendário 2020) com opção pelo modelo completo pode destinar ao Fundo Municipal da Criança e Adolescente (FMDCA) e/ou Fundo Municipal do Idoso (FMDI) até 6% do imposto de renda devido. Para beneficiar o HB e o HCM, é importante que seja aos fundos do município de Bady Bassitt.

Pessoa Jurídica

A pessoa jurídica tributada com base no LUCRO REAL pode destinar ao FMDCA ou ao FMDI até 1% do imposto devido, sendo: - Lucro real trimestral: destinação no trimestre; - Lucro real anual: destinação do ano-calendário.

Serviço Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Bady Bassitt:CPNJ: 18.064.0090001-21 Banco do Brasil Conta Corrente: 7.250-8 Agência: 7013-0

Fundo Municipal de Direitos do Idoso de Bady Bassitt: CNPJ: 32.089.797-0001-31 Banco do Brasil Conta Corrente: 35.460-0 Agência: 7013-0 Funfarme Notícias - Dezembro 2020 3


Excelência na Saúde

HB, HCM e Ambulatório conquistam o certificado ONA nível 2 - Acreditado Pleno A instituição, que recebeu nível 2 de acreditação, atende aos padrões e requisitos de segurança do paciente e gestão integrada em todas as áreas O Hospital de Base (HB), Hospital da Criança e Maternidade (HCM) e Ambulatório de Especialidades, de São José do Rio Preto, receberam no dia 15 de dezembro a acreditação ONA nível 2, Acreditado Pleno - que além de avaliar os critérios de segurança, também exige da organização uma gestão integrada dos processos, promovendo ações de melhorias entre as áreas. O anúncio da certificação foi feito em reunião virtual com a participação de lideranças e dezenas de colaboradores da fundação, que comemoraram com muitas palmas, cartazes e até balões de festa (fotos nesta e na próxima página). Com foco na segurança do paciente e melhoria contínua dos processos, a instituição passou por uma avaliação detalhada, através de uma IAC - Instituição Acreditadora Credenciada e também uma equipe de avaliadores habilitada pela ONA. Eles buscaram evidências de conformidade com os padrões do Manual Brasileiro de Acreditação nas diversas áreas, incluindo a gestão organizacional, a qualidade e a segurança na assistência prestada e gestão integrada entre os processos. De acordo com o Superintendente Técnico da ONA, Dr. Péricles Cruz, a certificação de uma organização de saúde através da acreditação é um reconhecimento de que a instituição atende aos rigorosos padrões que a metodologia exige. Em mais de 20 anos de atuação, a ONA já certificou várias Organizações de saúde. “A acreditação do Hospital de Base, Hospital da Criança e Maternidade e Ambulatório de Especialidades é válida por dois anos e será acompanhada por nossos avaliadores por meio de visitas periódicas de manutenção. O processo de acreditação é de caráter voluntário e educativo, não configurando uma fiscalização. No decorrer da avaliação todas as áreas da instituição são visitadas e mais de 1,7 mil requisitos verificados antes da homologação da acreditação”, explica.

4 Funfarme Notícias - Dezembro 2020


Excelência na Saúde

“Nós estamos muito satisfeitos com a acreditação recebida, o que nos motiva para alcançar a acreditação em excelência, nível 3. Nossos funcionários continuam trabalhando para desenvolver e implementar ações de melhoria contínua em toda a instituição, visando primordialmente a segurança do paciente.” Dr. Jorge Fares, diretor executivo da Funfarme

Funfarme Notícias - Dezembro 2020 5


Pandemia

Fundação cria serviço de drive-thru para coleta de exames PCR que detecta a Covid-19 Desde 14 de dezembro, a Fundação Faculdade Regional de Medicina, Funfarme, mantenedora dos Hospitais de Base (HB) e da Criança e Maternidade (HCM), oferece mais um serviço para os usuários particulares, o drive-thru de exame do coronavírus. O cliente tem a comodidade de fazer, dentro de seu carro, a coleta do exame de PCR, o do cotonete, que detecta a presença do novo coronavírus nas mucosas do nariz e faringe. Há duas opções de exames, o convencional e o Xpert, cujos valores são R$ 150 e R$ 250, respectivamente. A diferença entre eles são os insumos usados e o prazo de entrega; o resultado do convencional sai em 24 horas e do Xpert, em 6 horas. O serviço funciona de segunda à sexta-feira, das 8h30 às 16h, e sábado, das 7h30 às 12h, em duas tendas montadas no estacionamento em frente ao Hospital de Base. “O cliente não precisa nem descer do carro. Nossos profissionais do laboratório garantem agilidade e segurança, desde a coleta até a extração do material e obtenção do resultado”, afirma a assessora executiva de diagnóstico e terapêutica da Funfarme, Marilza Guerra. “Esta é mais uma comodidade que oferecemos aos nossos usuários. Tudo

6 Funfarme Notícias - Dezembro 2020

A partir da esquerda, Dra. Maria Gabriela de Lucca, chefe do Laboratório Central do HB, Marilza Guerra, assessora executiva de diagnóstico e terapêutica da Funfarme, Adele Betum, enfermeira do laboratório, e a auxiliar de enfermagem Rafaela

feito com a qualidade, credibilidade e segurança dos serviços realizados pela fundação”, afirma o diretor executivo da Funfarme, Dr. Jorge Fares. Os laboratórios da instituição têm condições de atender esta demanda a mais. “Em julho, adquirimos o robô extrator de material genético, cedido pelo Instituto Butantã, além de, há pou-

co tempo, a Funfarme ter investido em um outro equipamento novo deste tipo, o que possibilitou agilizar ainda mais a entrega do resultado. Assim, a demanda criada pelo drive-thru é absorvida tranquilamente”, afirma Dr. Maurício Nogueira, chefe da Biologia Molecular da Funfarme e médico-pesquisador virologista da Famerp.


Segurança do paciente

HB, HCM e Hemocentro passam a contar com Serviço Multidisciplinar de Odontologia Hospitalar pelo SUS O HB, o HCM e o Hemocentro contam com o novo Serviço Multidisciplinar de Odontologia Hospitalar, oferecido pelo SUS desde outubro passado. Reúne uma equipe multiprofissional que atua para diagnosticar e sanar possíveis focos de infecções nos dentes, gengiva, palato (céu da boca) e língua, que podem desencadear outras doenças oportunistas em pacientes internados, entubados ou não. O novo serviço foi idealizado pela cirurgiã-dentista Stela C. V. Baldin Aguiar, coordenadora da Odontologia Hospitalar, com base em seus estudos e experiências durante os cursos de capacitação e pós-graduações em outros hospitais, como o Albert Einstein e o Sírio Libanês. A diretoria da Funfarme aprovou o projeto apresentado por Dra. Stela e viabilizou toda a infraestrutura para que os profissionais tenham condições de realizar ampla gama de tratamentos, que vão desde extrações dentárias até terapias com laser. “Tudo o que fazemos é com consentimento do familiar, objetivando impedir que novas doenças apareçam, o que pode agravar o quadro clínico do paciente”, ressalta Dra. Stela. “Por exemplo, se o paciente tem cárie muito extensa, pode desenvolver infecção que, quando cai na corrente sanguínea, pode chegar ao coração e ele adquirir uma endocardite, colocando sua vida em risco. Atuamos justamente para eliminar estes problemas”, completa.

Cirurgiã-dentista do novo serviço examina paciente para verificar se há possível foco de infecção nos dentes e boca

O serviço não se limita a receber pacientes. Quatro profissionais de Odontologia fazem busca ativa nas UTIs e semi-intensivas dos hospitais, inclusive as especializadas na Covid, para diagnosticar possíveis focos de infecções nos dentes de seus pacientes. Outras áreas de atuação dos profissionais são o Hemocentro e o Serviço de Transplante de Medula Óssea (infantil e adulto). “Junto aos médicos, os profissionais da odontologia buscam tratar sangramentos e outras alterações nas funções bucais, como infecção na gen-

giva por causa de quimioterapia ou de origem das doenças do sangue, como a hemofilia, por exemplo”, acrescenta a coordenadora. Para este ano, a diretoria da Funfarme avalia a construção de uma sala odontológica, com todos os equipamentos necessários para receber pacientes internados, mas não acamados. “Com este novo espaço, vamos oferecer conforto ainda maior no atendimento, bem como dispor de instrumental e equipamentos em um único lugar, agilizando ainda mais o tratamento”, conclui Dra. Stela. A partir da esquerda, Dras. Luciene Della Libera, Fernanda Bortolotto, Stela C. V. Baldin Aguiar e Débora E. M. Lopes

Funfarme Notícias - Dezembro 2020 7


Parcerias com a comunidade

Deputado Capitão Derrite visita complexo e assina plano de saúde exclusivo para família militar No dia 28 de novembro, durante visita oficial do deputado federal Capitão Guilherme Derrite (PP-SP) ao HB, consolidou-se uma sugestão que o parlamentar apresentou 18 meses atrás para o desenvolvimento de um convênio médico voltado à família militar. O deputado federal reiterou a importância de parcerias como estas. “Conheço o complexo do HB e sei que os policiais militares terão atendimento de excelência, pois esta, certamente, é uma das instituições de saúde mais capazes do país”, afirmou o parlamentar. Dr. Jorge Fares, diretor executivo da Fundação ressaltou que “a família militar merece estar bem amparada na área da saúde por tudo o que representa para a sociedade brasileira”. O superintendente Robson Ribeiro relembrou o processo que culminou na parceria, destacando a reunião inicial entre a diretora administrativa do HB, Dra. Amália Tieco, e o deputado Capitão Derrite, logo no início de seu mandato parlamentar. “Ambos concordaram da necessidade de ampliar o atendimento aos policiais militares, quando o deputado sugeriu estudos para o desenvolvimento de plano de saúde exclusivo e diferenciado.” “Fico muito feliz com a parceria entre o Comando da Polícia Militar e a empresa HB Saúde, que conseguiu aprovar o plano CPI-5 junto à ANS em um ano de grandes desafios para a saúde pública e a suplementar”, finalizou Dra. Amália.

Diretores e lideranças da Funfarme recebem o deputado Capitão Derrite e representantes da Polícia Militar e do HB Saúde para assinatura da parceria

Após a assinatura do contrato, o parlamentar e demais convidados visitaram a Radioterapia do HB

Deputado diz que atuará para obter recursos para a Oncologia Durante visita à Radioterapia, o deputado federal afirmou que se empenhará para obter recursos para a Funfarme adquirir um novo acelerador linear. “Vamos ampliar a Radioterapia do HB, serviço reconhecido em nível nacional, e vamos voltar a Rio Preto para inaugurar uma das maiores estruturas oncológicas da América Latina”, declarou o Capitão Derrite. Após a assinatura, os líderes e o parlamentar visitaram a Radioterapia da Fundação

8 Funfarme Notícias - Dezembro 2020


Oncologia

Dermatologista do HB orienta sobre prevenção e diagnóstico do câncer de pele Dezembro “ganha” a cor laranja para marcar a campanha nacional que tem por objetivo conscientizar a população sobre a importância de prevenir e diagnosticar precocemente o câncer de pele. Em todo os anos, o Serviço de Dermatologia do HB realiza ações de conscientização e orientações dentro e fora da instituição. Em 2020, no entanto, foram suspensas devido à pandemia do novo coronavírus. Centro de referência em tratamento de câncer no interior paulista, o complexo da Funfarme, no entanto, buscou divulgar a campanha nas redes sociais e em seus canais digitais e convencionais.

O câncer de maior incidência no Brasil

O que é o câncer de pele ?

O câncer da pele é o mais incidente entre os brasileiros, com cerca de 180 mil novos casos ao ano. A doença corresponde a 27% de todos os tumores malignos no país, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca). Por isso, em 2014 a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) criou a campanha “Dezembro Laranja” para conscientizar a população sobre a importância de se prevenir e de buscar o diagnóstico precoce do câncer de pele.

Ele ocorre devido ao crescimento anormal das células que compõe a pele e, por isso, podem originar diversos tipos de câncer. “Existem três tipos principais de câncer da pele. O carcinoma basocelular, o carcinoma espinocelular e o melanoma. Se descoberto na fase inicial, com a retirada precoce e total, existe a possibilidade de praticamente ter 100% de cura”, explica Dr. João Roberto Antonio, responsável pelo Serviço de Dermatologia do Hospital de Base.

A pessoa pode identificar o possível câncer em sua pele Dr. João Roberto Antonio ressalta que a pessoa, ainda que leiga, pode identificar sinais que possam indicar o desenvolvimento de câncer na pele, a partir da observação das características de manchas e pintas para verificar se há sinais que correspondam ao câncer. “Uma pinta preta ou castanha que muda sua cor, textura, torna-se irregular nas bordas e cresce de tamanho, uma lesão na pele de aparência elevada e brilhante, avermelhada, castanha, rósea ou multicolorida, com crosta central e que sangra facilmente ou uma mancha ou ferida que não cicatriza, que continua a crescer apresentando coceira, crostas, erosões ou sangramento são os primeiros sinais e não devem ser ignorados”, alerta Dr. João Roberto Antonio.

Ao constatar estes sinais, a pessoa deve procurar o dermatologista, que fará biópsia para diagnosticar se é ou não câncer. Além das visitas aos dermatologistas com frequência, outra maneira de se prevenir é a proteção contra os raios UVA e UVB. É importante ressaltar que a proteção solar deve ser feita tanto em momentos de lazer quanto de trabalho sob o sol. “Evite os horários de maior incidência do sol, das 10h às 16h, protegendo-se em ambientes cobertos. A frequência de aplicações de protetor solar a cada 2 a 3 horas. Mas isso se altera quando existe transpiração intensa ou a pessoa dá um mergulho, o que requer que a pessoa passe o protetor de novo após se enxugar”, orienta o dermatologista do HB.

Uso de protetor solar deve ser diário mesmo nos dias nublados “Tanto nos dias de sol forte, nublados ou chuvosos, quando a incidência solar pode ser imperceptível, ainda assim o uso de protetor solar é necessário, pois, mesmo com o tempo fechado, o que não ultrapassa as nuvens são os raios luminosos, mas os raios ultravioletas atingem a nossa pele e podem causar sérios danos, como queimaduras solares e potencialização do envelhecimento precoce e lesões pré ou cancerosas da pele”, conclui Dr. João Roberto Antonio.

Funfarme Notícias - Dezembro 2020 9


Lições de 2020

Ressignificação para um ano completamente atípico As festas de fim de ano sempre representaram momento de reflexão para os colaboradores da Funfarme. Como acontece há anos, a Fundação fecha o ciclo anual com o Culto Ecumênico e a tradicional festa de fim de ano. Em 2020, porém, tudo foi diferente. Foi um ano inteiro de ressignificações. Desde o início da pandemia do novo coronavírus, os profissionais tiverem de se adaptar, se reinventar e criarem novas rotinas. O mundo e Funfarme emergiram no “novo normal”. Aglomerações foram evitadas, o distanciamento social virou obrigação e contato físico tornou-se proibitivo, no máximo, raro. Uma das consequências foi o cancelamento dos tradicionais eventos ao longo do ano. O final do ano, época tão importante, de revisão da vida, não poderia passar em branco. Não no complexo hospitalar onde o que dita o ritmo de todos é superação. Através de inúmeras ações, a fundação criou o ambiente para que seus profissionais vivenciassem esta época de renovação. Foram produzidos e veiculados quatro vídeos (fotos nesta página) para a comunidade Funfarme: um sobre a força de todos na pandemia, outro com apresentação musical de colaboradores, um terceiro em homenagem aos parentes dos colaboradores que faleceram e o último com o agradecimento da supervisora das UTIs do HB, a enfermeira Débora Valverde.

Funfarme presenteia com flor parente de colaborador falecido

Colaboradores se reuniram para apresentar canção em um dos vídeos

Cena do vídeo de final de ano da Funfarme

Enfermeira Débora Valverde presta homenagem

Repercussão Foram dezenas de mensagens de agradecimento e milhares de visualizações na internet. Clique para assistir ao vídeo.

10 Funfarme Notícias - Dezembro 2020


Recursos Humanos

Projeto do RH que promove a readaptação do profissional Funfarme ganha prêmio nacional O projeto “Readaptação Profissional na Funfarme”, desenvolvido pelo Recursos Humanos da Funfarme, foi o vencedor do 10º Prêmio Gestão do Absenteísmo e Reabilitação Profissional, na categoria Parceria Público - Privado. O Prêmio Baldur Oscar Schubert, como é nominado, foi entregue durante o 13º Congresso Gestão do Absenteísmo e Reabilitação Profissional, em dezembro. A readaptação profissional trata-se do processo no qual o Recursos Humanos da Funfarme promove a reintegração e a adaptação de um colaborador a novas atividades. “Até 2017, quando havia necessidade, o colaborador afastado era encaminhado para Programa de Reabilitação Profissional do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A partir de 2018, desenvolvemos e implantamos o nosso próprio programa de readaptação profissional”, diz a coordenadora do RH, Cristiane Midori. Quando existe a necessidade de readaptação, o colaborador apresenta a solicitação médica para a mudança de atividade e um laudo. O caso é analisado pela

Medicina do Trabalho, que emite parecer para a terapia ocupacional. Esta avalia quais as atividades que podem ser exercidas pelo colaborador e apresenta as opções ao Setor de Recursos Humanos. Em seguida o colaborador é orientado pelo RH sobre as novas mudanças, dando-lhe

o suporte necessário. “A Funfarme se preocupa com a saúde, o bem-estar e a qualidade de vida de seus colaboradores. Nosso objetivo é ser reconhecido como complexo hospitalar de assistência, ensino e pesquisa de excelência até 2021”, afirma Midori.

Equipe multidisciplinar da Semi-UTI do HB transmite o carinho em forma de laços para pacientes com Covid-19 A equipe multidisciplinar da Semi-UTI do HB decidiu se unir para transmitir o carinho e promover um cuidado especial para os pacientes internados na unidade. Cada paciente ganhou um laço confeccionado à mão pela técnica de enfermagem Cláudia do Amaral Serafim, além de maquiagem e até tranças no cabelo, tudo para que elas se sintam melhores no dia a dia da internação. “Poder observar a superação de cada paciente nos enche de alegria. A Covid-19 foi uma oportunidade de aproximar ainda mais todos profissionais, cada um com sua experiência aprendeu algo para melhor. Assim, podemos acolher da melhor forma, ofertar um cuidado maior e proporcionar um bem-estar”, afirmou Cláudia. O trabalho artesanal dos colaboradores envolve toda a equipe e muita união, ressalta Cláudia. “Nosso incentivo é graças à Dra. Andrea Regina Lopes Cunha, coordenadora de Unidade Semi-In-

tensiva do HB, que nos ensina, motiva e mantém a equipe unida. Ela sempre nos ensinou que devemos cuidar dos pacientes como se fosse nós que estivéssemos no lugar dele, da forma com que gostaríamos de ser cuidado”,

completa a técnica de enfermagem. Esse time especial de profissionais da Semi-UTI é formado pela gerente de enfermagem, cinco técnicos, uma enfermeira, três fisioterapeutas e uma fonoaudióloga. Funfarme Notícias - Dezembro 2020 11


Capacitação

Programa Jovens Profissionais se adapta ao “novo normal” da pandemia e forma mais uma turma de aprendizes e estagiários De forma virtual, devido à pandemia, a Funfarme realizou, no dia 1° de dezembro o encerramento der mais uma turma do Programa Jovens Profissionais, na qual 12 aprendizes e 26 estagiários atuaram em 23 setores da instituição, entre agosto e novembro de 2020. Durante o ano, oito estagiários foram efetivados. Resultado da parceria da fundação com o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) e a Associação Riopretense de Promoção do Menor (Arprom), o Programa tem como objetivos desenvolver e estimular a formação do estagiário/aprendiz, além de promover o melhor relacionamento interpessoal e o bom convivo social. “O término das atividades do ‘Programa Jovens Profissionais’ é motivo de satisfação para nossa instituição. Aqui os

jovens têm a oportunidade de adquirir conhecimento e desenvolver o lado pessoal e o profissional. Muito destes jovens destacam-se, tornando-se grandes profissionais na fundação ou no mercado de trabalho” afirma Dr. Jorge Fares, diretor executivo da Funfarme. Devido à pandemia, a Funfarme valeu-se das plataformas online para transmitir conhecimento e os encontros aconteceram quinzenalmente através de vídeo. “Acompanhamos a evolução e o progresso destes jovens na instituição. Muitos deles, chegam ao complexo sem experiência, mas são capacitados e adquirem experiência profissional. Este é também o papel de nossa instituição: contribuir para a formação de jovens e sua inserção no mercado de trabalho”, afirmou Cristiane Midori supervisora do Recursos Humanos

da fundação. Este papel relevante da fundação é reconhecido pelo parceiro CIEE. “Queremos parabenizar a Funfarme pelo excelente trabalho desempenhado por seu RH. Sabemos o quanto é importante não só a ocupação técnica dos aprendizes e estagiários, mas também este cuidado extra com orientações de como está mercado neste novo momento”, disse Daniela Sandrini, supervisora no CIEE.

Premiação Todos os anos, o Programa sorteia brindes entre os estagiários e aprendizes. Este ano, por causa da pandemia, a Funfarme decidiu premiar com brindes os jovens que cumpriram mais tarefas online.

Passado e presente

Ex-estagiário e atual falam da importância do Programa

“Há 17 anos, tive a grande chance de estagiar na Funfarme, então um jovem de 16 anos. Desde o primeiro momento, tracei meus objetivos e estudei, me capacitei e sempre busquei me especializar para assumir novos desafios. Esta mensagem que espero os aprendizes e estagiários de agora aproveitem, um incentivo para que sonhem alto.”

“Completei 17 anos e não sabia como ingressar no mercado do trabalho. Procurei o CIEE, que me encaminhou para o HB. O estágio contribuiu para o desenvolvimento do meu comportamento, ter noção de responsabilidades e cumprir compromissos. Além disso, aqui conhecemos diversas profissões e setores o que ajuda a escolher nossa futura profissão.”

Hélber Mateus da Siva, assessor administrativo da Funfarme

Juan Felipe, estagiário no Hemocentro

12 Funfarme Notícias - Dezembro 2020


Solidariedade

Colegas prestam homenagem à Silvia Ângelo, falecida em novembro, e realizam ação solidária que ela liderava em todo Natal Os colaboradores de vários setores de todas as unidades da Funfarme arrecadaram 143 kits de Natal, que fizeram a alegria das crianças atendidas pelo Centro Espírita Francisco Xavier, de Rio Preto. Cada kit continha brinquedos, materiais escolares e doces. A mobilização em si já é revestida de humanidade, mas ela também foi a homenagem prestada pelos colaboradores da fundação à colega Silvia Ângelo, que faleceu no dia 30 de novembro, após lutar 30 dias contra a Covid-19. No Natal, Silvia sempre “arregaçava as mangas” e mobilizava os colegas do complexo hospitalar em torno desta ação solidária. “Esta é a maneira mais linda de honrar a memória da nossa colega de trabalho. A alegria estava estampada no rosto das crianças que receberam os presentes. A gente pretende continuar com esta atitude tão solidária e amorosa que a Silvia já promovia há anos”, disse a gerente de enfermagem do HB, Samantha Vaccari.

Funfarme Notícias - Dezembro 2020 13


Solidariedade

Para celebrar o Natal, Lucy e HCM promovem várias ações voltadas aos pacientes e familiares A pandemia não foi obstáculo para que colaboradores da Unidade do Instituto Lucy Montoro e do Hospital da Criança e Maternidade realizassem ações envolvendo pacientes e familiares através das quais se evidenciasse o espírito do Natal. As crianças em reabilitação no Lucy participaram de uma oficina na qual enfeitaram bolinhas de Natal que integraram a decoração de Natal do Instituto. Nas paredes dos corredores do Lucy, foram colocadas árvores natalinas com as bolinhas multicoloridas. Na Unidade Canguru do HCM, profissionais da enfermagem e de outras especialidades fizeram uma sessão de fotos com os pacientes. Lucimara Perpétua Furlan da Silva, não conteve as lágrimas ao acompanhar a filha Nicoly sendo

14 Funfarme Notícias - Dezembro 2020

fotografada. “Este hospital é uma benção. Todos se empenham demais pelos nossos bebês. O carinho e a dedicação que eles têm com as crianças me deixa

muito emocionada. Gratidão e esperança são palavras que definem este hospital, mesmo em um momento de tanta apreensão no mundo”, agradeceu a mãe.


Solidariedade

Profissionais e voluntários distribuem panetones e cantam para os pacientes do ICA em ação de Natal “Meu pai fazia tratamento no ICA e sempre tive o desejo de trabalhar aqui. Como coordenadora dos voluntários do instituto, meu intuito é levar amor, uma mensagem de fé, nesse momento tão delicado na vida de cada um dos nossos pacientes, principalmente em épocas festivas como o Natal”, afirma Geane Prado de Souza, voluntária há quatro anos na instituição. Geane, juntamente com profissionais da equipe multidisciplinar do Instituto do Câncer, distribuiu panetones para pacientes e acompanhantes que estavam aguardando na recepção do ICA. A surpresa foi ainda mais emocionante com as canções natalinas interpretadas na sanfona pelo músico voluntário Márcio Patrizio.

A coordenadora dos voluntários do ICA se comove mais, principalmente, em datas comemorativas como o Natal, uma vez que foi diagnosticada com câncer na medula e em sua segunda sessão de quimioterapia, testou positivo para o vírus da Covid-19 e ficou internada no HB. “Fiquei internada na UTI, tive uma parada cardíaca, arritmia, meus rins paralisaram e os médicos me deram 48 horas de vida. Poder retribuir todo o carinho que recebi dos profissionais daqui é fundamental para mim”, disse a voluntária.

Um exemplo de gratidão é o da acompanhante Flávia da Silva Ribeiro, cuja mãe Lielza Maria faz tratamento contra um câncer no pulmão. “Minha mãe ficou muito animada, dançou e até se emocionou. Ações como essas deixam eles mais animados, se distraem e isso faz com que se sintam melhores. Só tenho a agradecer ao instituto pelo tratamento excelente, apoio psicológico e suporte prestado”, agradeceu Flávia.

Funfarme Notícias - Dezembro 2020 15


Funfarme e a comunidade

VÍDEOS DA FUNFARME VIRALIZAM NAS REDES SOCIAIS

Este foi o impacto de nove vídeos publicados pela Funfarme, em dezembro, nas redes sociais em que colaboradores e pacientes alertam a população sobre os riscos de aglomeração nas festas de fim de ano. Os números impressionantes abaixo retratam como os vídeos ‘viralizaram’ nas redes sociais. Foram produzidos pela fundação nove vídeos, dos quais, sete com colaboradores, inclusive da linha de frente Covid (veja ao lado), e dois com pacientes atendidos na UTI da instituição. As publicações, feitas entre os dias 19 a 31 de dezembro, tiveram mais de 58 mil compartilhamentos. Além do destaque nas redes sociais, a campanha foi noticiada pelos principais veículos de comunicação da região.

9

vídeos produzidos pela Funfarme

6.490.775 pessoas alcançadas

58.121

compartilhamentos

22.053 reações

16 Funfarme Notícias - Dezembro 2020

Clique sobre cada imagem para assistir o vídeo.


Funfarme e a comunidade

Fachadas do HB e Ambulatório ganham iluminação especial em apoio ao Novembro Azul Assim como foi na campanha do “Outubro Rosa”, a fachada do HB e do Ambulatório Geral e de Especialidades ganharam iluminação especial, desta vez em tons azuis. A iniciativa foi uma referência à campanha “Novembro Azul”, ação para que os homens se conscientizem sobre a importância da prevenção do câncer de próstata e realizem os exames anualmente. A equipe multidisciplinar da Oncologia Clínica do HB distribuiu kits com máscara de proteção, folheto com orientações de prevenção ao câncer de próstata e um laço azul a cerca de 60 pacientes dos setores de enfermaria, quimioterapia e radioterapia. Ações de prevenção também aconteceram nas redes sociais, destacando a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata.

Empresa Yakult doa produtos em agradecimento ao empenho dos profissionais de saúde Como forma de agradecer o empenho de todos os colaboradores Funfarme no combate à pandemia, a empresa Yakult doou, em dezembro, 36.000 frascos do leite fermentado para os profissionais da instituição.

Rubens Lamaro Junior, subgerente da Yakult, fez questão de vir ao HB acompanhar a entrega os produtos destinados aos colaboradores

Se também quiser ajudar, basta entrar em contato com o setor de Captação de Recursos pelos números: 3201-5189 (17) 99622-6614 (17)

(17) 99609-2081 (17) 99633-6438 Funfarme Notícias - Dezembro 2020 17


RHC

Registro Hospitalar de Câncer completa 20 anos de atividades no HB

Da esquerda para direita, Marco Antonio, Dra. Luiza Alexo, Maria Adelia e Maria de Fátima

O Registro Hospitalar de Câncer (RHC) iniciou suas atividades em agosto de 2000 com o objetivo de registrar dados estatísticos de todo paciente do complexo Funfarme portador de câncer atendido, desde o diagnóstico inicial da doença até seu mais recente acompanhamento. O RHC é um centro de coleta, armazenamento, processamento e análise, de forma sistemática e contínua de informações de pacientes atendidos na unidade hospitalar, com diagnóstico confirmado de câncer. A informação produzida pelo RHC permite o monitoramento da assistência prestada ao paciente. Sua principal função é clínica, sendo um recurso para acompanhar e avaliar a qualidade do trabalho realizado nos hospitais, incluindo os resultados no tratamento do câncer. Nestes 20 anos, houve melhorias importantes nos prontuários eletrônicos na Fundação, o que faz com que o banco de dados do HB se destaque entre os demais RHCs de hospitais do Estado de São Paulo. A análise de dados do RHC contribui também para a reorganização da assistência oncológica. Sendo assim o Hospital de Base, passou a integrar no sistema as informações dos pacientes com diagnóstico de câncer aqui atendidos, dados estes que são compilados num banco geral com as demais 75 instituições habilitadas em RHC do Estado, em seguida estes são encaminhados ao INCA. 18 Funfarme Notícias - Dezembro 2020

Ter o RHC permite que o hospital conheça bem o perfil dos pacientes tratados, possa avaliar com critério o atendimento e tratamento prestados e ainda dispor de vários indicadores de qualidade. Desta forma, as informações dos RHC auxiliam os profissionais do hospital a ter em evidência o estado do paciente e avaliar as medidas tomadas para tratá-lo adequadamente.

Papel importante em pesquisa Através das pesquisas coletadas na instituição foram produzidos inúmeros levantamentos de câncer para fins de estudo, projetos e pesquisas, o que resulta em benefícios não só na área epidemiológica, mas também na qualidade de atendimento na área de Oncologia. O RHC destaca-se também pelo suporte a diversos trabalhos científicos para defesas de tese de mestrado, trabalho de conclusão de cursos, graduação e de pós-graduação, abrangendo de um modo geral todas as áreas, medicina, enfermagem, psicologia, farmácia, serviço social e nutrição, além de trabalhos para informações da imprensa, jornais e revistas. Durante 19 anos, o RHC funcionou no 3º andar do HB. No final de 2019, foi transferido para a sala 25 do ICA, onde se encontra à disposição dos profissionais interessados para o fornecimento dos dados que ali são diariamente coletados.


Espaço ASFF

FELIZ NOVO CICLO! Nossa vida não muda tanto com a virada de um ano, mas devemos mudar a forma que vamos viver deste momento em diante. Comece agora a ser quem você deseja daqui para frente! Conte sempre conosco!

ELEIÇÕES ASFF!

DEZEMBRO

Aproxima-se mais um período de eleições de chapa para Diretoria ASFF. Diante do momento de pandemia, o Departamento Jurídico da Associação, representado pelo Dr. Airton Rego, está providenciando os trâmites para o adiamento do processo eleitoral. Esta ação baseia-se nas legislações federal, estadual e municipal da Vigilância Epidemiológica. O mecanismo de votação é realizado todo manualmente, desde a confecção dos elementos até a mesa receptora de votos. Então, com este breve adiamento, acreditamos que estaremos em um momento mais favorável, em breve, para o processo eleitoral. A Diretoria é composta por presidente, vice-presidente, primeiro e segundo tesoureiros, primeiro e segundo secretários e conselho fiscal. Tais cargos não são remunerados. Acompanhe os comunicados que enviaremos para todos! A atualização pode ser feita pelos ramais 1512/1516 ou pelo WhatsApp (17) 99631-3380.

NOVOS CONVÊNIOS: Empório By Baby Rua Floriano Peixoto, 1043 – Boa Vista. Loja especializada em roupa de 0 a 8 anos. (17) 99109-0505 @emporiobybaby @emporiobybaby

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades! (17) 99631-3380

@asffoficial asff.funfarmeefamerp

ATUALIZE SEU CADASTRO! Mudou de telefone ou endereço? Atualize seu cadastro na ASFF e esteja sempre por dentro das notícias e novidades da ASFF. A atualização pode ser feita através dos ramais 1512/1516 ou pelo WhatsApp (17) 99631-3380. Funfarme Notícias - Dezembro 2020 19


NHE

É possível a reinfecção pelo vírus que causa a Covid-19? Alguns pontos importantes a serem considerados em relação a esta preocupação “ter tido Covid e dar positivo novamente para o vírus SARS Cov-2”: 1- Com o avanço da doença Covid-19, causada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, e a ocorrência crescente dos casos ao longo do tempo, novos achados têm desafiado os pesquisadores e a saúde pública no enfrentamento da pandemia;

Tabela 1. Doenças e Agravos de Notificação Compulsória, notificados na FUNFARME no anos de 2019 e 2020 DNC Doenças compulsórias

2019 not

2020

conf

not

conf

2- Uma das dúvidas que surgiu é esta: “quem teve Covid-19 pode ter novamente?”. No passado, foram documentadas reinfecções por outros coronavírus, por isso, a ocorrência de reinfecções por SARS-CoV-2 não pode ser descartada; 3- Investigar as características e a frequência de reinfecção pelo SARS-CoV-2 é muito importante, pois permite a compreensão em relação a imunidade adquirida após a infecção natural, ou seja, se quem já teve a infecção pode ser infectado novamente; Com base nos documentos elaborados pelo Ministério da Saúde (MS)- Nota Técnica No 52 /2020/MS, Nota da Secretaria de Estado da Saúde (dezembro/2020), pela Organização Panamericana de Saúde (OPAS), pelo European Centers for Disease Prevention and Control (ECDC), pelo Centers for Diseases and Controls and Prevention (CDC) e em artigos publicados até agora, os quais orientam estratégias para a investigação de possíveis casos de reinfecção, tem-se que: Definição de caso suspeito de reinfecção (reinfection) pelo vírus SARS-CoV-2: Indivíduo com dois resultados posivos de RT-PCR em tempo real para o vírus SARS-CoV-2, com intervalo igual ou superior a 90 dias entre os dois episódios de infecção respiratória, independente da condição clínica observada nos dois episódios. A confirmação da reinfecção será com comprovação laboratorial desde que disponível as amostras da infecção e da reinfecção. As precauções, a duração do isolamento, o manejo clinico do indivíduo suspeito de reinfecção e de seus contatos devem ser iguais ao orientado para o primeiro episódio da Covid 19.

Agravos compulsórios

not

conf

not

conf

Observação: re-detecção (long-term RNA positives) se for detectado antes de 90 dias. Podendo ser fragmentos do vírus detectado pela 1ª vez

4- Na suspeita de reinfecção na Funfarme, notificar o Núcleo Hospitalar de Epidemiologia no ramal 1380; 5- A preocupação com a confirmação de casos de reinfecção reforça a necessidade de manter as medidas de prevenção, como a necessidade da adoção do uso contínuo de máscaras, higienização constantes das mãos com sabão ou uso de álcool em gel 70%, manter distanciamento social e evitar aglomerações. Nota: No dia 10 de dezembro de 2020, o Ministério da Saúde confirmou o primeiro caso de reinfecção por SARS-CoV-2 no Brasil.

Fonte: SINANnet-SINANweb-FIN-FII-NHE/FUNFARME Dados provisórios, investigações em andamento, levantamento até dia 04/01/2021 *Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG): confirmados por Influenza, COVID-19 e outros vírus respiratórios

Distribuição dos casos confirmados com a COVID-19 notificados no HB/HCM-FUNFARME, por mês de notificação, no período de março/20 à 2 de janeiro/21*

Evitar mais casos de COVID 19 é um compromisso de todos! Se dúvida consulte as Referências bibliográficas a seguir: 1- Organização Pan-Americana da Saúde / Organização Mundial da Saúde. Orientações provisórias para detecção de casos de reinfecção pelo SARS-CoV-2, 27 de outubro de 2020, Washington, DC OPAS/OMS.2020. Disponível em www.paho.org 2- Brasil. Ministério da Saúde. Orientações preliminares sobre a conduta frente a um caso suspeito de reinfecção da covid-19 no Brasil. Nota técnica Nº 52/2020–GPNI/DEIDT/SVS/MS. 3- Brasil. Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo. Nota informativa – Dezembro de 2020 Reinfecção, recorrência ou redetecção de COVID-19.

20 Funfarme Notícias - Dezembro 2020

Doenças de Notificação Compulsória! - NOTIFIQUE O NHEFUNFARME - Ramal 1380. Segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. www.hospitaldebase.com.br/nhe À noite, nos finais de semana e feriados, no ramal do NHE ou no telefone do Grupo de Vigilância Epidemiológica – GVE XXIX (17) 3227-8814


Millions discover their favorite reads on issuu every month.

Give your content the digital home it deserves. Get it to any device in seconds.