Revista Funfarme - Agosto 2021

Page 1

Agosto/2021 | Ano XVII | nº 232

NOVO ACELERADOR LINEAR O ministro da Saúde, Dr. Marcelo Queiroga, em visita à Funfarme, assinou a liberação de verba para a compra um novo acelerador linear, avaliado em R$ 10,6 milhões, para o complexo hospitalar. O equipamento irá se somar a outro já em operação na instituição, permitindo duplicar o atendimento aos pacientes da região que necessitam de tratamento radioterápico para combater o câncer. Leia mais nas páginas 4, 5 e 6

Funfarme Notícias - Agosto 2021 1


Editorial

Desenvolvimento da Saúde pública de qualidade Tendo como missão transformar a saúde regional por meio da integração de assistência, ensino e pesquisa, o Complexo hospitalar da Funfarme, que é referência em diversas especialidades, recebeu durante o mês de agosto importante investimento do Ministério da Saúde com a assinatura do convênio para adquirir um novo Acelerador Linear, no valor de R$ 10,6 milhões para o tratamento de câncer, feita pelo Ministro da Saúde Marcelo Queiroga em cerimônia na instituição. Ocasião esta que mostra a relevância e importância da Funfarme no cenário nacional e internacional para o desenvolvimento da Saúde pública de qualidade no Sistema Único de Saúde (SUS). O amplo apoio de diversos agentes políticos de inúmeros partidos mostra que estamos no caminho certo, comprometidos com cada palavra de nossa missão e realizando grandes investimentos em nossa estrutura. Concomitante a isso, comemoramos os 10 anos de sucesso do nosso Centro Integrado de Pesquisas (CIP), que desde sua inauguração, em 2011, já realizou 496 estudos clínicos, sendo 17 somente relacionados à Covid-19, como estudos sobre vacinas e medicamentos para combater o vírus, entre eles vacinas da Janssen, vacina (CP-PRO-CoVLP-021), além da CoronaVac. Durante o mês de agosto também comemoramos muito com a paciente Cilene, alta de números 5 mil pela Covid-19. Desde o início da pandemia nossos colaboradores da linha de frente da fundação estão empenhados em salvar vidas sem medir esforços. Chegar a uma marca tão importante quanto essa é extremamente gratificante. Por isso, para que possamos continuar nos desenvolvendo enquanto instituição de saúde de excelência, aumentando nossos investimentos e capacitando ainda mais nossos profissionais, o apoio político na destinação de emendas parlamentares ao nosso hospital é extremamente importante, além do apoio dos voluntários que, desde o começo da pandemia, se unem para realizar o bem em prol de toda a sociedade.

Funfarme Nossa Missão Transformar a saúde regional por meio da integração de assistência, ensino e pesquisa.

Nossa Visão Ser reconhecido como complexo hospitalar de assistência, ensino e pesquisa de excelência até 2021.

Nossos Valores - Humanismo - Responsabilidade social e ambiental - Meritocracia - Integridade absoluta

- Inovação - Qualidade e segurança - Respeito

Expediente Informativo da Fundação Faculdade Regional de Medicina (Funfarme) Ano XVII / Nº 232 - Agosto - 2021 • Presidente dos Conselhos da Funfarme: Dr. Francisco de Assis Cury • Diretor Executivo da Funfarme: Dr. Jorge Fares • Vice-Diretor Executivo da Funfarme: Dr. Wagner Vicensoto • Diretora Administrativa do HB: Dra. Amália Tieco R. Sabbag • Vice-Diretor Administrativo do HB: Dr. João Fernando Picollo de Oliveira • Diretor Clínico do HB: Dr. Renato Ferreira da Silva • Vice-Diretor Clínico do HB: Dr. Emerson Quintino de Lima

2 Funfarme Notícias - Agosto 2021

• Diretora Técnica do HB: Dra. Maria Regina Pereira de Godoy

• Diretora Clínica do HCM: Dra. Ana Luiza A. Silva

• Diretor do Hemocentro: Dr. Octávio Ricci Junior

• Diretora Técnica do HCM: Dra. Fernanda Del Campo Braojos Braga

• Diretora Técnica do Hemocentro: Dra. Andreia Aparecida G. Guimarães

• Vice-Diretor Técnico do HCM: Dr. Gustavo Henrique de Oliveira

• Diretor do Ambulatório: Dr. Carlos Eduardo Miguel

Produção Editorial: Intermídia Comunicação Empresarial

• Diretora do Lucy Montoro: Dra. Regina Chueire

Telefone: 17 3011-5435

• Diretor Técnico do Instituto do Câncer: Dr. Carlos Eduardo Miguel

Jornalistas: Fernanda Martinazzi, Alex Pelicer e Alexandre Souza

• Diretora Administrativa do HCM: Dr. Antônio Soares Souza • Vice-Diretora Administrativa do HCM: Dra. Maria Lúcia Luiz Barcelos Veloso

Jornalista responsável: MTB 24.527

Diagramação: Intermídia Comunicação Empresarial


Pandemia

HB celebra a marca de 5.000 altas de pacientes com Covid-19 Uma importante marca foi registrada na manhã do dia 3 de agosto no HB. Cilene Aparecida da Silva deixou a enfermaria Covid-19 após 11 dias internada. Ela pôde reencontrar os familiares que aguardavam ansiosamente do lado de fora do hospital. Ao passar pela porta da Urgência Respiratória, Cilene foi a paciente de número 5 mil a receber alta na instituição. A paciente foi homenageada pelas equipes multidisciplinares e diretores da instituição com faixas e balões. Cilene trazia consigo um cartaz com a frase ‘Vencedor não é aquele que sempre vence, mas sim aquele que não desiste de lutar’. “É muito emocionante voltar para casa e estar ao lado da minha família. No hospital temos o cuidado médico, mas estar ao lado de quem amamos é sem dúvidas, o melhor remédio” disse emocionada. “Voltar com minha mãe para casa é algo indescritível. Agora é cuidar da recuperação dela e aos poucos, vamos retomando nossa vida”, disse Richele Cristina da Silva, filha da paciente. A diretora administrativa do Hospital de Base, Dra. Amália Tieco, destacou a importância deste momento. “Desde o início da pandemia nossos colaboradores da linha de frente estão empenhados em salvar vidas sem medir esforços. Chegar a uma marca tão importante quanto essa, de tantas vidas salvas, é extremamente gratificante. A dona Cilene é o símbo-

Ao deixar a enfermaria, a paciente foi homenageada pelas equipes multidisciplinares e diretores da instituição

lo para a instituição e a força extra para continuarmos lutando contra a Covid-19” disse Dra. Amália. A enfermeira supervisora do setor da Covid-19, Cristina Murad, afirma que a sensação é de missão cumprida. “Cada vez que um paciente recebe alta e pode retornar ao convívio da família, temos a sensação de dever cumprido. Houve e ainda haverá uma grande dedicação por parte de toda nossa equipe”, afirma. “Atingimos esta marca histórica. São 5

mil vidas salvas. Apesar deste momento, não podemos deixar de enfatizar que a pandemia não acabou. Estamos vivenciando uma queda expressiva nas taxas de ocupações, mas não podemos baixar a guarda. Ainda é necessário manter todos os cuidados como antes. O uso da máscara, higienização das mãos e distanciamento social ainda são fundamentais para vencermos esta batalha”, finaliza o diretor executivo da Funfarme, Dr. Jorge Fares.

Ao deixar a ala Covid, paciente disse que estava ansiosa para reencontrar a família

Funfarme Notícias - Agosto 2021 3


Governo Federal

Dr. Jorge Fares discursando durante cerimônia no Centro de Convenções da Famerp

Ministro da Saúde assina convênio para instalar novo acelerador linear no Hospital de Base para tratamento de cânceres O ministro da Saúde, Dr. Marcelo Queiroga, em visita à Funfarme (Fundação Faculdade de Medina de Rio Preto) no dia 23 de agosto, assinou a liberação de verba para a compra de um novo acelerador linear para o complexo hospitalar. O equipamento, que tem o valor previsto de R$10,6 milhões, irá se somar a outro já em operação na instituição, permitindo duplicar o atendimento aos pacientes da região que necessitam de tratamento radioterápico para combater o câncer, passando de 11 mil sessões anuais para 22 mil. “Vocês promovem saúde pública de qualidade; não só na assistência, como no ensino e na pesquisa. Assim, vocês da Fundação são exemplo para o Brasil e para o mundo, principalmente quando compartilham este conhecimento e a Saúde de qualidade que desenvolvem aqui com outras instituições. Por isso, temos a certeza de que este investimento que firmamos hoje será gerido com comprometimento e responsabilidade, além de beneficiar milhares de pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS)”, elogiou o ministro, Dr. Marcelo Queiroga, durante a assinatura da verba para a aquisição do novo equipamento. O Presidente dos Conselhos da Fundação, Dr. Francisco de Assis Cury, ressaltou a importância do complexo para o país. “A relevância que nossa instituição filantrópica tem para a Saúde é destaque e muito motivo de orgulho”, disse o presidente, que também é diretor geral da Faculdade Regional de Medicina e Enfermagem de Rio Preto, Famerp. “A boa gestão em todos os aspectos de governança, social e ambiental que pra4 Funfarme Notícias - Agosto 2021

ticamos desde que a Fundação foi instituída, é resultado do trabalho de todos os profissionais da assistência, médicos e administrativos do complexo, que gerenciam com a mesma qualidade os 900 leitos de SUS, que mantemos atendimentos de convênio e particular”, emendou o diretor executivo da Funfarme, Dr. Jorge Fares. A deputada federal Carla Zambelli também esteve na cerimônia e afirmou que “sempre que enviamos uma emenda a este complexo, temos certeza de que serão absolutamente bem aplicados na saúde pública. A gente acredita na medicina e na assistência que praticam aqui”, pontuou a parlamentar. Dr. Queiroga esteve acompanhado na vista ao complexo hospitalar da Dra. Maíra Botelho, diretora do Departamento de Atenção Especializada e Temática. A cerimônia, realizada no anfiteatro da Famerp, contou também com a presença do prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo, prefeitos de cidades da região,

autoridades do Ministério, deputados estaduais e federais, lideranças da Saúde no Estado e município, diretores e demais lideranças da Funfarme. Durante o cerimonial, o ministro Dr. Marcelo Queiroga recebeu o certificado de ‘Parceiro do Bem’ do Hospital de Base. A homenagem foi entregue pelo Dr. Jorge Fares. A cardiologista Dra. Lilia Nigro Maia, coordenadora do Centro Integrado de Pesquisa (CIP), entregou um buquê de flores para Dra. Simone Araújo Lopes, esposa do ministro. A diretora administrativa do HB, Dra. Amália Tieco, entregou um arranjo de rosas para Dra. Maíra Botelho, diretora do Departamento de Atenção Especializada e Temática. Após o anúncio, o ministro, sua comitiva e diretores da fundação visitaram o Serviço de Oncologia, o Centro Integrada de Pesquisa (CIP), CardioPedBrasil e o Serviço de Transplante de Medula Óssea (TMO) Pediátrica.

Ministro da Saúde, Dr. Marcelo Queiroga, assina a liberação de verba para a compra do novo acelerador linear


Governo Federal

Novo acelerador linear Atualmente o Setor de Radioterapia da Funfarme conta com um Acelerador Linear Trilogy STX. Em 2020, foram realizadas 11 mil sessões e foram tratados 1.400 pacientes pelo Sistema Único Saúde (SUS). Com o novo aparelho, a instituição poderá dobrar o atendimento e diminuir a fila de espera. Os aceleradores lineares são equipamentos com a mais alta tecnologia desenvolvida para emitir radiação em tratamentos para combater ou diminuir o desenvolvimento do câncer. O novo equipamento anunciado pelo ministro da saúde, avaliado em cerca R$11 milhões, é equipado com mesa robótica, o que dá mais precisão durante os procedimentos.

Ministro da Saúde, Dr. Marcelo Queiroga recebe o certificado ‘Parceiro do Bem’

Dra. Amália Tieco entrega buquê de flores para Dra. Maíra Botelho

Dra. Lilia Nigro Maia entrega buquê de flores para Dra. Simone A. Lopes

Funfarme Notícias - Agosto 2021 5


Governo Federal

Ministro da Saúde em visita à sala de Radioterapia

Ministro acompanhado da Deputada Federal Carla Zambelli e do Prof. Dr. Ulisses Alexandre Croti durante visita a UTI da CardioPedBrasil

Equipe da TMO do HCM reunida com o Ministro da Saúde

Dra. Amália Tieco e o Ministro da Saúde, Dr. Marcelo Queiroga

Colaboradores do HB Onco junto com o Ministro 6 Funfarme Notícias - Agosto 2021


Visitas Institucionais

Visitas Institucionais Vereadora de São Paulo Janaína Lima visita HB e HCM No dia 9 de agosto, a Funfarme recebeu a visita oficial da vereadora de São Paulo Janaína Lima (Novo-SP). Recepcionada por diretores e lideranças da instituição, Janaína conheceu as dependências da unidade materno infantil da instituição, o Hospital da Criança e Maternidade (HCM). Na Câmara Municipal de São Paulo, ela é a vice-presidente da Comissão Extraordinária Permanente de Defesa dos Direitos da Criança, do Adolescente e da Juventude.

Guilherme Boulos conhece projeto institucional da Fundação No dia 13 de agosto, diretores da Funfarme receberam o candidato ao governo do Estado de São Paulo Guilherme Boulos. Em um café da manhã com a diretoria o candidato pôde conhecer a dimensão do complexo hospitalar por meio de um vídeo institucional. Boulos também se interessou no projeto Sopa Solidária do HB e se prontificou a ajudar o projeto.

Deputado Roberto Alves conhece projeto que atende crianças e adolescentes vítimas de abuso sexual Também no dia 13 de agosto, o HB recebeu a visita oficial do deputado federal Roberto Alves (Republicanos-SP). Recepcionado por diretores e lideranças da instituição, Roberto conheceu as dependências da unidade materno infantil da instituição, o Hospital da Criança e Maternidade (HCM), e se emocionou com o projeto Acolher II, que atende crianças e adolescentes vítimas de abuso sexual. Idealizador e presidente da Frente Parlamentar Contra o Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, que está completando seis anos de atividades em 2021, Roberto Alves destinou emenda no valor de R$ 1 milhão para o HB ampliar o projeto, que a partir deste ano pretende alcançar também crianças

e adolescentes vítimas de negligência, abandono, violência física e/ou psicológica. Ao receber o certificado de ‘Parceiro do Bem’ do HB Roberto Alves afirmou que vai organizar uma audiência pública no Congresso Nacional para apresentar

as ações em São José do Rio Preto como modelo de política pública para o Brasil. O parlamentar quer reunir profissionais de saúde, Ministério Público, a ministra Damares Alves e a primeira-dama Michele Bolsonaro na atividade.

Funfarme Notícias - Agosto 2021 7


CIP 10 anos

Diretores da Funfarme e lideranças do CIP

Centro Integrado de Pesquisas do Hospital de Base completa 10 anos O CIP do HB é um dos maiores institutos de pesquisa da América Latina e tem participação em pesquisas nacionais e internacionais No dia 12 de agosto o Centro Integrado de Pesquisas (CIP) do HB celebrou 10 anos de avanços tecnológicos na medicina e pesquisa em prol dos pacientes. Desde sua inauguração, em 2011, o CIP já realizou 496 estudos, sendo 17 somente relacionados à Covid-19. O Centro de Pesquisa conduz estudos clínicos e pesquisas básicas nacionais e internacionais, nas mais diversas especialidades. A instituição conta com equipe multiprofissional com 150 pesquisadores, sendo 36 investigadores principais e mais de 100 sub-investigadores. Além disso, conta com diversos profissionais como: enfermeiros, técnicos de enfermagem, farmacêuticos, equipe administrativa, financeira e jurídica. O CIP tem participação ativa da população que se voluntaria para contribuir em processos de pesquisas. Ao todo, já são 4.315 pacientes que participaram ou ainda estão participando de algum dos estudos da instituição.

8 Funfarme Notícias - Agosto 2021

Equipe de Cardiologia do Centro de Pesquisas

Principais especialidades

Parcerias internacionais

A instituição tem um vasto campo de atuação em diversas especialidades e tem como áreas estratégicas a Oncologia, Cardiologia, Terapia Intensiva, Nefrologia, Vacinas e, mais recentemente, a pandemia da Covid-19. Além destas, também realiza estudos em outras 12 áreas como: Neurologia, Psiquiatria, Dermatologia, Urologia, Hematologia, entre outras.

O Centro Integrado de Pesquisas atua em diversos estudos em conjunto com grandes universidades no mundo, nos chamados estudos multicêntricos (quando envolve vários países). Entre as principais instituições destacam-se: Harvard, Duke University, McMaster, Mayo Clínic e John Hopkins.


CIP 10 anos Principais especialidades O médico e pesquisador do HB Dr. Maurício Nogueira ressalta a importante colaboração do CIP nos estudos de vacinas contra o coronavírus. “Nossa principal contribuição são nos estudos em andamento das vacinas de Covid-19. Tivemos a oportunidade de participar dos estudos da Coronavac e da Janssen. Hoje, temos muito orgulho de saber que estas vacinas são usadas na população e prevenindo mortes. Continuamos testando novas vacinas para Covid e outros vírus, porém, a alegria que as pessoas mostram a serem vacinadas no SUS, nos enche de orgulho, tanto da nossa equipe como as centenas de voluntários que acreditaram em nosso trabalho”, afirmou Dr. Maurício Para diretora e pesquisadora do CIP, a cardiologista Dra. Lilia Nigro Maia, um dos estudos mais marcantes da Cardiologia nos últimos tempos foi o do DAPA-HF, que avaliou o medicamento empagliflozina. Depois de muitos anos sem novidades no tratamento para a insuficiência cardíaca, o medicamento teve resultados muito positivos para “a doença do coração fraco”. “A relevância dos resultados do DAPA-HF é tão grande que a apresentação de seus resultados foi aceita na última hora pelo Congresso Europeu de Cardiologia, fato que jamais acontecera. O nosso entusiasmo se justifica pelos grandes benefícios que o novo medicamento oferece aos pacientes, beneficiando milhões em todo o mundo”,

Equipe de Oncologia do centro de pesquisa

conta a cardiologista. Para o Dr. Gustavo Girotto, um dos mais importantes estudos conduzidos pela Oncologia do CIP foi o MonarchE, que levou à aprovação do medicamento Abemaciclib pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). “Nos pacientes com câncer de mama inicial RH+ e HER2-, que receberam quimioterapia, o Abemaciclibe combinado à hormonioterapia, demonstrou benefício clinicamente significativo em sobrevida livre de doença invasiva, aumentando a taxa de cura nesta população com câncer de mama de alto risco” diz o oncologista. Em meados de 2012, o Complexo Funfarme, sob a coordenação do Dr. Mar-

celo Nakazone, foi oficialmente inserido em uma ampla rede de serviços de cirurgias cardíacas do Estado de São Paulo, aumentando a visibilidade da Instituição perante a Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo e o Ministério da Saúde. Assim, com a sua participação em projetos financiados pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e pelo Conselho Nacional do Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o Hospital de Base contribuiu efetivamente com a elaboração de uma curva referencial preditiva do impacto da estrutura e de recursos disponíveis para os programas de cirurgias cardíacas no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

Atuação na pandemia Durante a pandemia da Covid-19, o CIP do HB teve participação atuante em importantes estudos sobre vacinas e medicamentos para combater o vírus. Entre eles, estão os estudos de vacinas da Janssen (a divisão farmacêutica da Johnson-Johnson), vacina (CP-PRO-CoVLP-021), produzida pela biofarmacêutica Medicago, além da CoronaVac, do laboratório Sinovac. O CIP está apto a desenvolver o que há de mais atual no campo do desenvolvimento sinérgico da pesquisa e sua aplicação clínica, configurando-se no que foi consagrado como Medicina Translacional. E tem papel fundamental para ampliar a participação da Instituição e dos pesquisadores no cenário nacional e internacional, colaborando para o desenvolvimento das estratégias definidas pelo Ministério da Saúde.

Equipe de Terapia Intensiva do CIP

Funfarme Notícias - Agosto 2021 9


Celebração

HB promove ação de conscientização do combate à violência contra a pessoa idosa Há dois meses, o HB celebrou o junho Violeta, campanha de conscientização do combate à violência contra a pessoa idosa. Agora, quando se celebra o agosto Lilás, que alerta para a violência doméstica, a equipe da geriatria do hospital preparou uma manhã de ações chamando a atenção para os cuidados com as pessoas da terceira idade. “Promovemos campanhas como essa, pois somos uma instituição certificada com o Selo Intermediário Amigo do Idoso, e buscamos oferecer uma melhor qualidade de vida e de saúde a todos eles. Assim, neste caso, a mensagem principal é a de debater o tema. Em qualquer lugar do Brasil, aqueles que desconfiam de maus tratos de qualquer tipo devem ligar para para o disque 100. O canal é exclusivo para este tipo de denúncia e tudo é feito de maneira anônima. A partir do relato, os órgãos responsáveis, sejam do serviço social ou polícia, investigarão o caso. Aqui

no HB, este tipo de violação tem notificação obrigatória”, explica a médica geriatra do hospital, Dra. Andréa Saurin. A médica ressalta ainda que existem diversos tipos de agressões. “A violência pode ser física, emocional, financeira, sexual, de preconceito e negligência. As

corporais são mais fáceis de se identificar, já as emocionais e psicológicas podem ser vistas na mudança de comportamento deste idoso. Geralmente eles acontecem com quem está próximo à vítima e tem convivência quase que diária”, alerta Dra. Andréa.

Enfermeira Márcia Camilo é homenageada após 27 anos de dedicação ao HB Enfermeiros e lideranças da Funfarme se reuniram para homenagear a enfermeira Márcia Camilo. A colaboradora se despediu dos colegas de trabalho após 27 anos de dedicação ao Complexo Funfarme. Márcia Camilo ingressou na instituição no dia 1º de agosto de 1994 como auxiliar de enfermagem na UTI Geral. Em 2000, foi convidada ao cargo de supervisora clínica médica, considerado por ela, o maior desafio de sua carreira. Em decorrência da pandemia do coronavírus, a unidade do quarto andar tornou-se ala Covid, setor que Camilo atuou até sua aposentadoria. “Eu agradeço à Deus de coração, sentirei muitas saudades. Só tenho a agradecer a todos 10 Funfarme Notícias - Agosto 2021

que fizeram parte da minha equipe de trabalho. Estou feliz por ter participado do processo de crescimento do HB, lu-

gar que eu realmente me sinto em casa. Obrigada a todos”, disse a enfermeira Márcia.


Certificação

A instituição recebeu certificado de ‘Selo de Reconhecimento’ e ‘Gestão de Indicadores de Qualidade e Desemprenho’

Desempenho e Gestão dos Serviços de Medicina Intensiva do HB são reconhecidos entre os melhores do Brasil As equipes das UTIs do 7º andar do HB, tanto as gerais, Covid-19, quanto da Neurocirurgia, receberam, no dia 18 de agosto, dois certificados de empresa que mantém uma plataforma nacional de indicadores e gestão de medicina de alto risco, chamada Epimed. As taxas apresentadas por estas Unidades do HB, com destaque para as que atendem exclusivamente pacientes do SUS, são tão boas quanto às de UTIs de grandes hospitais privados. Para o diretor executivo da Funfarme, Dr. Jorge Fares, este é um motivo de orgulho. “Estão todos fazendo um trabalho excelente, principalmente para a saúde pública, pois, muitas vezes, sabemos que os pacientes já chegam em condições clínicas graves para nós; diferentemente de outros serviços privados, que fazem a própria regulamentação e podem praticar a internação antecipada e preventiva. Ainda assim, nossas taxas de mortalidade são tão baixas quantos destas instituições e mantêm-se no mesmo patamar”, elogia o diretor. A chefe da Medicina Intensiva do hospital, Dra. Suzana Lobo, atribui a qualidade na prestação dos Serviços

ao esforço conjunto e comprometimento de todas equipes médicas e multiprofissionais. Os líderes das unidades receberam dois diferentes certificados, que fazem parte de diferentes projetos da Epimed e reconhecem a gestão e o desempenho de todas as UTIs do Brasil: “Selo de Reconhecimento” e “Gestão de Indicadores de Qualidade e de Desempenho”.

O cenário pandêmico alterou a rotina das UTIs, ainda assim, cruzando informações por meio da Epimed, conseguimos manter índices duas vezes melhores do que os das médias nacionais. Estamos, enquanto instituição pública, muito mais próximos da qualidade oferecida nos maiores e melhores hospitais privados do país. Temos certeza que isso é resultado de uma dedicação por parte de todos para que o paciente tenha o melhor desfecho possível Dra. Suzana Lobo, chefe do Serviço de Medicina Intensiva do HB.

Funfarme Notícias - Agosto 2021 11


Voluntariado

Cabelegria doa perucas a pacientes do Hospital de Base Foi realizada, no dia 16 de agosto, a ação do Cabelegria no Instituto de Câncer (ICA) do HB. Durante o evento, a ONG doou perucas para pacientes que perderam o cabelo durante o tratamento de câncer. Voluntários também doaram mechas de cabelos. Para o Chefe da Oncologia Clínica do HB, Dr. Daniel Vilarim Araújo, ações como da Cabelegia contribuem diretamente na autoestima das pacientes. “Esta é uma iniciativa importante e muito positiva. A perda do cabelo é algo estigmatizante e um momento difícil para a mulher. A possibilidade da paciente poder sair de casa com a peruca, sem o receio de atrair a atenção, faz com que a autoestima aumente e contribui também no tratamento”, afirmou Dr. Daniel. A psicóloga Sandra de Oliveira recebeu uma das perucas doadas pela ONG. “Ao saber do diagnóstico é um momento delicado e difícil para as pacientes. Porém, durante o tratamento quando acontece a queda do cabelo, é ainda mais complicado. Meu cabelo era

A psicóloga Sandra de Oliveira recebeu uma das perucas doadas pela Ong

bastante comprido e, com 15 dias de quimioterapia, os fios já começaram a cair. E, desde então, estava usando lenços, mas volto para casa com cabelo e é muito boa essa sensação. Elevou muito a minha autoestima, sem dúvidas”, explicou Sandra. A voluntária da ONG, Juliana de Sou-

O Truck do Cabelegria é todo customizado e equipado como se fosse um salão de beleza

za Joaquim fala sobre a sensação em poder ajudar o próximo. “Não tem como descrever este sentimento, é único, mágico e especial. Ver o sorriso nos rostos destas mulheres é muito gratificante. Ainda mais para mim, que já estive neste lugar não como voluntária, mas sim para retirar uma peruca durante meu tratamento. Hoje venci o câncer e estou aqui para contribuir com bem-estar destas pacientes”, disse a voluntária. Pacientes que não puderam ir até o HB no dia da ação podem solicitar uma peruca pela internet. Basta acessar as redes sociais da Cabelegria ou enviar um e-mail para cabelegria@gmail.com com os documentos digitalizados (laudo médico, RG, CPF, comprovante quimioterápico e comprovante de residência). Durante a ação no Ambulatório, foram doadas oito perucas e a ONG recebeu muitas doações de cabelo para confecções de novas perucas. Uma das doações foi feita pela Dra. Mariana L. Buka. “Fui encarregada de fazer a logística. Minha prima fez a doação das mechas e eu trouxe até o truck. Sabemos o quanto estas doações podem contribuir”, afirmou Dra. Mariana.

Como ajudar A ONG Cabelegria recebe doações por caixa postal. Todos os tipos de cabelo, com mais de 20 cm, podem ser enviados para: Caixa Postal: 75207 São Paulo/SP CEP: 02415-972 Dra. Mariana L. Buka trouxe a doação de mechas feita pela prima 12 Funfarme Notícias - Agosto 2021


Homenagem

HCM realiza 1º parto de quadrigêmeos em sua história O HCM realizou, em julho, o primeiro parto de quadrigêmeos de sua história. Até então, este tipo de parto só tinha sido feito antes de 2013, quando tanto maternidade, quanto pediatria ficavam no HB. A descoberta da gravidez da mãe, Amanda Pulsoni, foi bastante assustadora para ela e para o pai, Vinícius, já que ela tinha dificuldades para engravidar. Já na primeira tentativa do casal, veio a notícia de que não só seriam pais de um, mas sim de quatro crianças. Depois de passado o susto de saber que seriam quadrigêmeos, os pais comemoraram a chegada e o desenvolvimento tranquilo dos filhos Maria Clara, Heloísa, Nicolas e Antonella. Vinícius afirmou que tiveram quase nove meses para entenderem e se prepararem. “Tive muito medo, pelos bebês, pela minha esposa e por criar quatro filhos. Nos nossos planos, iríamos experimentar ser pais e, se a gente achasse

que dava conta, iríamos tentar outros filhos futuramente. Mas, Deus não quis assim e, aos poucos o medo foi dando lugar ao amor e hoje, não faríamos nada de diferente”, finaliza o pai. A história da família é rara, uma vez

que a taxa de natalidade de trigêmeos ou mais múltiplos no Brasil em 2012 era de apenas 0,05%. Por isso, a instituição convidou carinhosamente Vinícius e os filhos para tornaram-se representantes da campanha do Dia dos Pais do hospital.

Equipe multidisciplinar do ICA faz ação em homenagem ao Dia dos Pais A equipe multidisciplinar do Instituo do Câncer (ICA) preparou uma homenagem emocionante para o Dia dos Pais, celebrado dia 8 de agosto. Todos que estiveram na recepção da instituição puderam prestigiar e se emocionar com músico Abner Tofanelli tocando violoncelo. Teve também apresentação do Ronaldo Batista, porteiro recepcionista da instituição, que é pai de primeira viagem, e também fez uma bela homenagem tocando violão.

Funfarme Notícias - Agosto 2021 13


Aprimoramento

Equipe de cirurgia pediátrica apresentou o hospital ao Dr. Nicanor Araruna Macedo

Médico do Rio de Janeiro realiza cirurgia-aula para médicos e profissionais da saúde do HCM No dia 30 de julho, o médico Dr. Francisco Nicanor Araruna Macedo, chefe do Serviço de Cirurgia e Urologia Pediátrica do Hospital da Criança do Rio de Janeiro e professor da Universidade Federal daquele estado, realizou cirurgia de abaixamento de cólon em um paciente de um ano e meio, que tem megacólon congênito, também conhecido como Moléstia de Hirschsprung, um problema no intestino grosso que dificulta a passagem das fezes. A técnica consiste em retirar o segmento de intestino doente, sem a necessidade de fazer cortes no

abdômen. O procedimento foi assistido por médicos de diversas especialidades, profissionais da enfermagem e multiprofissionais. “Como hospital-escola, o ensino e o aprendizado são pilares de nossa instituição. Esta troca de experiências agrega conhecimentos e é absolutamente importante para o desenvolvimento profissional de todos”, afirma o chefe do Serviço de Cirurgia Pediátrica do HCM, Dr. Adriano Luís Gomes. A cirurgiã da mesma especialidade, Dra. Danielle L. Teixeira Ferdinando,

participou da operação com o professor do Rio de Janeiro. “Temos como pilar da nossa instituição o ensino de qualidade e excelência, estas trocas são fundamentais para a melhoria da medicina praticada no país, ainda mais quando falamos do SUS. Certamente, a aula do Dr. Nicanor foi enriquecedora”, pontua a cirurgiã Dra. Danielle Teixeira. O procedimento foi um sucesso e a criança passa bem. A estimativa é que o paciente não precise de novas operações e, ao longo do tempo, tenha uma vida próxima do normal.

O tratamento cirúrgico do megacólon congênito é realizado em 3 tempos, limpeza mecânica do cólon, colostomia acima da zona de transição e abaixamento de cólon, com ressecção da zona aganglionar, havendo diversas técnicas para o último. A partir da esquerda, Drs. Adriano Luís Gomes, chefe do Serviço de Cirurgia Pediátrica do HCM, Dr. Nicanor, do Rio de Janeiro e Dra. Danielle Teixeira

14 Funfarme Notícias - Agosto 2021


Solidariedade

HB será beneficiado por financiamento coletivo realizado por projeto solidário de redes de drogarias O HB, por meio de sua mantenedora Funfarme, será beneficiado em projeto de financiamento coletivo (conhecido como crowdfunding), em uma ação solidária promovida pelas redes de farmácias Droga Raia e Drogasil (RD). A campanha intitulada “Matchfunding Todo Cuidado Conta”, prevê que a RD doará dois reais a cada real doado por benfeitores no crowdfound. Para participar, basta acessar https:// benfeitoria.com/hospitaldebase e fazer a doação até o dia 15 de setembro de 2021.

Principais especialidades Em meio ao cenário de pandemia, e sendo uma das referências no Estado de São Paulo para o tratamento da Covid-19, os colaboradores do complexo da Fundação perceberam que o único acesso à comida de seus pacientes atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) era durante a internação nas Unidades. A partir desse olhar, os colaboradores da rede entraram em contato com as diretorias da Fundação e do HB e, assim, nasceu o projeto “Alimentação também é Saúde”. “Com o apoio da comunidade e empresários, o maior complexo hospitalar do interior paulista, irá preparar sopas para serem distribuídas em instituições beneficentes da região de Rio

Preto, ajudando centenas de pessoas a enfrentar a maior crise sanitária dos últimos 50 anos de história. E assim, garantir saúde em forma de alimentação”, conclui o diretor executivo da Fundação, Dr. Jorge Fares. “A ação partiu dos colaboradores, em conjunto com a diretoria e lideranças da Funfarme/HB, para atender comunidades carentes que têm passado por muitas dificuldades, especialmente, nesse momento de isolamento social. Sabemos que muitas pessoas estão desempregadas e entendemos a alimentação como uma questão de Saúde Pública”, explica a diretora administrativa do HB, Dra. Amália Tieco.

Edital Matchfunding Todo Cuidado Conta O projeto foi selecionado no âmbito do “Edital Matchfunding Todo Cuidado Conta”, que estimula ações sociais. Assim, para cada real arrecadado na campanha, a RD entra com mais dois reais, triplicando os recursos até atingir a primeira meta, de R$ 75.000,00. Mas a regra é TUDO ou NADA: se essa meta não for atingida, o valor arrecadado é devolvido e o projeto não acontece. Portanto, todas as pessoas atendidas nesta ação, o que corresponde a 50 mil porções de sopas distribuídas, depende da solidariedade da comunidade e de empresários. “Vale lembrar que o Fundo Todo Cuidado Conta é colaborativo na sua essência, pois é formado pelo troco que os clientes das farmácias Droga Raia e Drogasil optam por doar, no ato da compra e pelo aporte direto da RD”, explica o superintendente administrativo da Funfarme, Robson de Pádua.

Funfarme Notícias - Agosto 2021 15


Captação de Recursos

Parceiros do Bem promovem grandes eventos em prol do HB no mês de agosto! No mês de agosto, a Funfarme recebeu inúmeras doações de nossos parceiros do bem. A Polícia Rodoviária Federal (PREF) contribuiu com a doação de 51 cestas básicas, mantimentos arrecadados durante a campanha Estrada Solidária. Também recebemos a doação de 671 quilos de alimentos e produtos de higiene arrecadados durante a live em comemoração aos 84 anos do município de Pedranópolis. Mais uma vez contamos com a Empresa Constroeste, que realizou a limpeza do estacionamento do nosso complexo hospitalar. E o Banco Municipal de Alimentos contribuiu doando mais 500 quilos de verduras. Recebemos também a doação de 500 unidades de sabonete líquido hipoalergênico para bebês prematuros do HCM.

A enfermeira especialista em produtos Jane Grecco e o representante comercial Leonardo Martins da Rioquímica fizeram questão de vir ao hospital para a entrega. HCM recebe doações de brinquedos em

sacolinhas e a Funfarme recebeu a doação de dez cadeiras de banho, cinco cadeiras de rodas, cinco andadores e cinco muletas do Projeto Ciranda do Instituto Unimed Rio Preto.

Polícia Rodoviária Federal 750 kg de alimentos

Banco Municipal de Alimentos 500 kg de alimentos

Constroeste Limpeza do estacionamento do Complexo

Instituto Unimed Rio Preto Dez cadeiras de banho, cinco cadeiras de rodas, cinco andadores e cinco muletas

16 Funfarme Notícias - Agosto 2021


Rioquímica 500 sabonetes

Pedranópolis 671 kg de alimentos

Max Victor Guarinier Brinquedos em Sacolinhas

A quinta doação de verduras do Sr. Antônio Duas vezes ao mês, o Sr. Antônio Geraldo Prado deixa sua propriedade rural, em Mirassol, para trazer doações de hortaliças ao HB. As verduras fresquinhas são plantadas por ele e a família. O comércio das hortaliças é o sustento da família. Mas Sr. Antônio opta por plantar mais do que o necessário para a comercialização, para doar o remanescente. “Colhemos o que vamos vender na feira e alguns dias, coletamos acima do necessário, assim levo o restante para instituições de caridade de Mirassol e ao Hospital de Base” diz. O que chama atenção nas hortaliças é a qualidade e seu Antônio conta o segredo. “É plantado e colhido com amor e carinho, o resultado são verduras que nascem mais bonitas. Amor, dedicação, nada de agrotóxico, não utilizamos nem

mesmo água de torneira, é direto do poço”, afirma. Desde que conheceu a ação ‘Parceiros do Bem’ do Complexo Funfarme, o agricultor já fez cinco doações, a última feita no dia 24 de agosto, 40 quilos de couve-manteiga e 57 quilos de alface. “Enquanto Deus permitir, e eu tiver saú-

de e condições, vou continuar doado”, finaliza Sr. Antônio. Todas as verduras doadas são servidas juntamente com as refeições oferecidas aos nossos colaboradores, pacientes e acompanhantes. nosso muito obrigado! Sr. Antônio é um dos nossos parceiros do bem!

Se também quiser ajudar, basta entrar em contato com o setor de Captação de Recursos pelos números: (17)

3201-5189 / (17) 99622-6614 Funfarme Notícias - Agosto 2021 17


RHC

Diagnóstico de câncer

e tratamento

durante a pandemia

O câncer é um dos principais problemas de saúde pública do mundo e a segunda causa de mortes, sendo responsável por um em cada seis óbitos, mundialmente. No Brasil, são esperados 650 mil novos casos da doença a cada ano, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA). Desta forma, estima-se que, ao menos 100 mil brasileiros, deixaram de ser diagnosticados com câncer devido a não realização de exames eficazes para identificar a doença neste período de pandemia do coronavírus até o momento. A pandemia afetou todas as áreas de atividade humana e a necessidade do isolamento e distanciamento social

ocasionou uma grande demanda reprimida de diagnóstico de câncer, assim como retardo no tratamento destes pacientes que serão tratados com estágio mais avançado, além de afetar também os pacientes que já estavam com o diagnóstico oncológico no sistema de saúde e tiveram seus tratamentos adiados. Uma estimativa das Sociedades Brasileiras de Patologia (SBP) e de Cirurgia Oncológica (SBCO) aponta que, apenas no mês de abril 2020, 70% das cirurgias oncológicas foram adiadas. Além disso, pacientes oncológicos têm mais chances de se infectarem pelo coronavírus, devido às condições imunológicas, maior frequência de visitas aos hospitais

e clínicas, e tratamentos instituídos. Mesmo tendo o Ministério da Saúde incluído o câncer no rol de doenças cujo tratamento não pode ser considerado eletivo, desde o início da pandemia há registros que mostram índices preocupantes de adiamento de cirurgias e de exames diagnósticos, o que afetou diretamente as chances de cura. A situação não é diferente globalmente. Nos Estados Unidos e Europa, houve declínio de 44% nos pacientes atendidos por semana durante o pico de infecção da pandemia. Portanto, a interrupção dos tratamentos e dos procedimentos para o diagnóstico do câncer representam uma grande preocupação.

Dados estatísticos sobre diagnóstico de câncer no Hospital de Base Os registros de 2020 para casos novos de câncer ainda estão em andamento, porém, já é possível verificar que o primeiro semestre do ano da pandemia teve uma queda brusca em registros se comparado ao mesmo período de 2019, conforme demonstrado no gráfico (01) abaixo. No primeiro semestre do ano de 2020 identificamos que mais de 30% dos pacientes não conseguiram realizar os exames para concluir o diagnóstico histológico do câncer levando a doenças mais avançadas ao início do tratamento. Ao mesmo tempo, identificamos que 67% das cirurgias oncológicas deixaram de ser realizadas gerando impacto negativo nos resultados de seus respectivos tratamentos. Distribuição dos casos novos de câncer nos anos 2019 e 2020

18 Funfarme Notícias - Agosto 2021

Distribuição de tratamentos cirurgicos em pacientes com câncer nos anos 2019 e 2020


Espaço ASFF | Reabertura e flexibilização da Sede Social a partir do dia 15 de setembro Prezados associados, considerando o anúncio pelo Governo do Estado de São Paulo, regulamentando sobre as fases e possibilidades de flexibilização, seguindo as regulamentações da OMS, Ministério da Saúde e demais órgãos Municipais, Estaduais e Federais, bem como a publicação do Decreto Estadual n° 64.994, de 28 de maio de 2020 e alterações posteriores; Considerando a publicação do Decreto Municipal nº 19.001, de 18 de agosto de 2.021, seguindo o Plano e determinações do Governo do Estado de São Paulo; Considerando os protocolos sanitários de cumprimento obrigatório anexo ao Decreto Municipal n° 19.001, do Comitê Gestor de Enfrentamento ao Coronavírus, publicado pela Prefeitura de São José do Rio Preto-SP; Considerando que houve um aumento de pedido dos associados para que haja uma flexibilização e reabertura da sede social; Resolvemos flexibilizar e reabrir a sede social de forma gradativa; além de expressamente seguir todas as restrições e determinações impostas pelo novo Decreto Municipal e seus anexos, bem como determinações Estaduais, nos termos do quanto exposto a seguir. Ressaltamos que essas medidas poderão ser revogadas se não houver cooperação dos associados e dependentes quanto ao cumprimento individual das regras: Nosso horário de funcionamento será de quarta a domingo, das 11h às 18h.

Convites

Está proibida a venda de convites e a entrada de visitantes de qualquer idade. O clube só poderá ser frequentado por Associado e seus Dependentes (Cônjuge e Filhos até 21 anos) devidamente cadastrados, portando carteirinha social e comprovante das 02 doses de vacina ou a dose única da vacina contra a Covid-19, dependendo do imunizante utilizado.

Capacidade permitida por dia no Clube:

A Capacidade de frequentadores no clube ao dia, será o total de 50 (cinquenta pessoas). Havendo público maior do que o permitido, a portaria só liberará a entrada quando algum associado/ dependente sair. Portanto, ao sair das dependências do Clube (por qualquer motivo) estará ciente que a sua entrada será permitida desde que a capacidade do clube permita.

Regras e Orientações para permanência no clube:

Portaria: Apresentação obrigatória de Carteirinha do Clube e Documento Pessoal com Foto; Apresentação da Carteirinha de Vacinação comprovando as 02 doses de vacina ou a dose única da vacina contra a Covid-19, (dependendo do imunizante utilizado) e computado o prazo de 15 dias da data da aplicação do imunizante; Aferição de temperatura (Pessoas com temperatura acima de 37,5º não poderão entrar juntamente com seus acompanhantes); Será necessário fazer uso do álcool em gel disponibilizado na portaria e também responder o questionamento sobre gripe, febre e outros assuntos relacionados à Covid-19; caso tenha sintomas ou contato com quem teve Covid no prazo de até 14 dias fica impossibilitada a entrada no clube, juntamente com seus acompanhantes) Quanto à circulação às Áreas Comuns: A circulação dos associados e seus dependentes nas dependências do clube devem obedecer ao uso de máscara facial com cobertura total do nariz e boca, excetuadas as crianças menores de 03 (três) anos e pessoas com deficiência; Continuam proibidas aglomerações. Quiosque: A utilização do quiosque está suspensa para qualquer tipo de evento e/ ou reuniões, ou mesmo trânsito e ou para passeio. Não será locado o espaço para nenhuma atividade. Esta condição permanecerá por prazo indeterminado. Lanchonete: Na lanchonete, será necessário que todas as pessoas que estiverem utilizando o referido espaço permaneçam sentadas durante o lanche, inclusive permanecendo com a utilização da máscara de proteção, sendo possível retirá-la (apenas e exclusivamente) no momento da refeição. A disposição e espaçamento das mesas de modo a permitir o distanciamento mínimo de 1 metro entre as pessoas ou grupo familiar, inclusive, proibido “juntar mesas” ou “mudar as disposições” previamente instaladas. Bebedouros: Os bebedouros existentes na sede social estarão lacrados. Recomendamos que tragam sua água ou adquiram na lanchonete para seu uso individual.

Piscinas: Funcionamento de quarta a domingo das 11h até às 18h. Na piscina todos deverão permanecer com o distanciamento mínimo de 1 metro entre as pessoas ou grupo familiar. As espreguiçadeiras não estarão disponíveis para uso, sendo assim é necessário que cada usuário traga sua toalha ou canga para repouso. Para entrar ou sair da área de piscina o uso de máscaras e chinelo é obrigatório. Ressaltamos, que CONTINUEM os cuidados necessários para evitarem contrair ou propagarem o novo Coronavírus (Covid-19), inclusive permanecendo obrigatório a utilização da máscara de proteção nas áreas comuns e na área seca da piscina, bem como a higienização individual de cada associado/dependente em todos as áreas comuns da sede social. Campo de futebol: Apresentação da Carteirinha de Vacinação comprovando as 02 doses de vacina ou a dose única da vacina contra a Covid-19, (dependendo do imunizante utilizado) e computado o prazo de 15 dias da data da aplicação do imunizante. O horário dos jogos deverá ser previamente agendado. Está proibido: 1. Acompanhantes; 2. Trânsito de atletas sem máscara, salvo durante o jogo; 3. Rodas de aquecimento, confraternizações, cumprimentos físicos; 4. Uso de churrasqueira para confraternizações; 5. Uso de coletes de identificação de time; 6. Uso de vestiários para banho. Deve ser medida temperatura dos participantes; pessoas com temperaturas corporais maiores do que 37,5°C ou com sintomas gripais não podem participar do racha. A Escolinha de Futebol permanecerá suspensa até que a imunização das crianças seja completa. Contamos com a atenção e compreensão de todos, sendo necessário seguir as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e demais órgãos Municipal, Estadual e Federal, pois este é um momento importante para garantirmos a integridade e saúde das pessoas.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades! (17) 99631-3380

@asffoficial

asff.funfarmeefamerp Funfarme Notícias - Agosto 2021 19


NHE

Evento adverso de interesse especial (EAIE) relacionado à vacina Covid-19 O Complexo Funfarme foi escolhido como um dos seis hospitais do Brasil para vigilância de Eventos Adversos de Interesse Especial pós vacina Covid-19, em uma parceria com o Ministério da Saúde e a Organização Panamericana da Saúde (OPAS). O Programa Nacional de Imunizações define que todo evento clínico temporalmente após aplicação da vacina da Covid-19 (até 30 dias), leve ou grave deverá ser notificado à vigilância, independente de possuir outro diagnóstico diferencial ou de comprovação de causalidade. ESPECIAL ATENÇÃO e BUSCA ATIVA devem ser dadas à notificação de eventos adversos graves, raros e inusitados, óbitos súbitos inesperados, erros de imunização (programáticos), além dos Eventos Adversos de Interesse Especial (EAIE). Os EAIE são eventos clinicamente significativos com potencial de ter uma relação causal com uma vacina, sendo previamente identificados e definidos pelas autoridades sanitárias. Com base nos EAIE elencados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em parceria com a Brighton Collaboration, iniciou-se uma vigilância ativa dos eventos: Síndrome Inflamatória Multissistêmica, Síndrome de Guillain-Barré, Encefalomielite Disseminada Aguda, miocardite, pericardite, trombocitopenia, encefalite/meningoencefalite, trombose e tromboembolismo. Portanto, solicitamos aos profissionais do Complexo Funfarme que comuniquem ao Núcleo Hospitalar de Epidemiologia (NHE) toda suspeita de EAPV e EAIE, para que possamos garantir a oportuna investigação do caso.

Referência: BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Imunizações e Doenças Transmissíveis. Manual de vigilância epidemiológica de eventos adversos pós-vacinação. Brasília: Ministério da Saúde, 4 ed., 2021.

Tabela 1. Doenças e Agravos de Notificação Compulsória, notificados na FUNFARME no ano de 2019 e janeiro a agosto de 2021 2020 jan a ago 2021 DNC Doenças compulsórias

not

conf

not

conf

AIDS HIV+ AIDS < 13anos Botulismo Coqueluche Criança exposta HIV Dengue Doença de Chagas Doença de Creutzfeldt‐Jakob Doença Neuroinvasiva‐arbovírus Esquistossomose Eventos Adversos pós vacinação Febre Amarela Febre Chikungunya Febre Maculosa Febre Tifóide Febre ZiKa Gestante HIV Hanseníase Hantaviroses Hepatites Virais Infecções sexualmente transmissíveis Leishmaniose Tegumentar Leishmaniose Visceral Leptospirose Malária Meningites ‐ Outras Doença Meningocóccica Paralisia Flácida Aguda Pneumoconiose Sarampo Sífilis Adquirida Sífilis Congênita Sífilis Gestante Síndrome Gripal por COVID‐19 Síndrome Respiratória Aguda Grave* Toxoplasmose Congênita Toxoplasmose Gestante Tuberculose Varicela

64 54 1 0 6 34 1.493 0 4 41 0 10 3 35 7 2 45 5 9 8 276 40 4 61 49 10 67 3 6 0 12 58 35 8 29.471 5.137 47 32 89 1

64 54 1 0 0 34 713 0 0 7 0 10 0 1 0 0 0 5 9 0 276 40 4 9 0 9 58 3 0 0 1 58 34 8 4.924 2.724 44 31 89 1

30 40 0 0 3 19 2.804 1 3 72 5 1.027 6 12 4 2 69 5 1 6 142 5 1 28 30 5 80 1 1 0 2 42 30 8 59.947 4.983 27 23 69 0

30 40 0 0 0 19 1.533 0 0 0 1 1.027 0 0 0 0 0 5 0 0 142 5 1 1 0 4 64 1 0 0 0 42 30 8 9.865 3.832 0 23 69 0

Agravos compulsórios

not

conf

not

conf

Atendimento Antirrábico Humano Acidente de Trabalho Acidente Material Biológico Acidente por Animais Peçonhentos Intoxicações Exógenas Violência interpessoal/autoprovocada TOTAL

44 562 197 383 391 407 39.211

44 562 197 383 267 407 11.071

32 577 173 271 271 257 71.116

32 577 173 271 180 257 18.232

Doenças de Notificação Compulsória! - Notifique NHE/Funfarme - ramais do NHE/HB – 1380 e 1837. Segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. À noite, nos finais de semana e feriados, no NHE ou no telefone do plantão do Grupo de Vigilância Epidemiológica do Estado de SP (17) 3227-8814. 20 Funfarme Notícias - Agosto 2021