Page 1

Ano X / Nº 141 - Setembro 2013

HB e Famerp conscientizam funcionários e população sobre o câncer de mama. Páginas 8 e 9 Hospital da Criança e Maternidade é inaugurado já como referência do Estado de São Paulo. Página 3


Editorial

HCM reafirma Funfarme como referência em medicina

EDITORIAL

A Funfarme vive, em outubro, um dos grandes momentos de sua bela história. No dia 11, com a presença do governador do Estado, Geraldo Alckmin, e do secretário de Estado da Saúde de São Paulo, David Uip, inauguramos o Hospital da Criança e Maternidade, cuja gestão nos foi confiada. Acreditamos ser o reconhecimento por parte do governo estadual à competência e aos bons resultados que nossa fundação obtém na administração do Hospital de Base, Ambulatório de Especialidades, Instituto do Câncer, Hemocentro e da unidade do Instituto de Reabilitação Lucy Montoro. O Hospital da Criança e Maternidade já inicia as atividades na condição de um dos mais modernos e bem estruturados hospitais do Brasil, referência em diversas especialidades pediátricas e em obstetrícia. Em nome da Diretoria da Funfarme, agradeço o empenho de todos os funcionários para que o HCM estivesse pronto para sua inauguração. A mudança dos serviços para o prédio do HCM ocorre de modo a não prejudicar nenhum atendimento e tudo seja realizado da forma mais organizada e estruturada possível. A exemplo do que é hoje o Hospital de Base, temos absoluta certeza de que o Hospital da Criança e Maternidade será referência no Brasil em assistência humanizada e de qualidade, importante centro formador de profissionais altamente capacitados e produtor acadêmico-científico, em estreita parceria com a Famerp.

A Funfarme e seus funcionários, mais uma vez, se engajam fortemente nas ações para dar mais visibilidade ao câncer de mama e sua prevenção. Em vários pontos do complexo hospitalar, funcionários do hospital e estudantes da Famerp distribuíram panfletos e orientaram a população que aqui esteve. Uma palestra e evento científico estão programados para o final de outubro. A fundação voltou os olhos para seus funcionários e os convidou a realizarem exames preventivos e atender imediatamente os que apresentarem algum sinal suspeito. Diretoria Funfarme/HB

Ajude-nos a fazer a Revista do HB Se você tem ideia de reportagem a ser feita pela Revista do HB, por favor, envie sua sugestão para comunicacao@hospitaldebase.com.br e/ou imprensa@hospitaldebase.com.br ou fale com a Assessoria de Imprensa do Hospital de Base pelos ramais 1838 e 1496. A sugestão será analisada pela Área de Comunicação e a Diretoria da Funfarme.

02 Revista do HB - Setembro - 2013

n

Hospital da Criança e Maternidade

03

n

Dia da Secretária

04

n

Primeira turma de medicina

05

n

Recertificação Funfarme

06

n

Meu setor: Farmácias

07

n

Outubro Rosa

n

Perfil do Funcionário

10

n

Coluna Refletir

10

n

Cápsula do Tempo

11

n

Dia Nacional de Doação de Órgãos

12

n

Novo escore de risco

13

n

Profissionais do mês

n

Cartas e Agradecimentos

08 e 09

14 e 15 16

Expediente

OUTUBRO ROSA

hospitaldebase.com.br

Sumário

HospitaldeBaseRioPreto

Informativo da Fundação Faculdade Regional de Medicina (FUNFARME) Ano X / Nº 141 - Setembro - 2013 • Diretor Executivo da Funfarme: Dr. Horácio José Ramalho • Vice-Diretor Executivo Funfarme: Dr. José Luís E. Francisco • Coordenador de RH e DP: Dr. Paulo Nakaoski • Diretor Administrativo do HB: Dr. Jorge Fares • Vice-Diretora Administrativa do HB: Dra. Amália Tieco R. Sabbag • Diretor Clínico: Dr. João Fernando Picollo de Oliveira • Vice-Diretor Clínico: Dr. William José Duca • Diretor Técnico: Dr. Paulo Nogueira • Diretor do Hemocentro: Dr. Octávio Ricci Júnior • Diretor do Ambulatório: Dr. Aldenis Borim • Diretora do Lucy Montoro: Dra. Regina Chueire Produção Editorial: Intermídia Publicações Telefone: 17 3353-2083 Jornalista responsável: MTB 24.527 Estagiária: Daiane Oliveira Diagramação: Roger Goulart Impressão: Fotogravura Rio Preto Tiragem: 2000 exemplares


Hospital da Criança e Maternidade

Funcionários se empenham para deixar HCM pronto para a inauguração Dia 11 de outubro, é inaugurado o Hospital da Criança e Maternidade de São José do Rio Preto, uma das maiores instituições desta especialidade no Brasil. Várias equipes empenharam-se para deixar tudo pronto. São móveis, equipamentos, ajustes finais... Confira algumas fotos dos bastidores desta grande mobilização:

Revista do HB - Setembro - 2013

03


Dia a dia no HB

Motivos para ser uma secretária As secretárias da Funfarme receberam, no dia 30 de setembro, um presente especial para comemorar o Dia das Secretárias. Elas participaram de uma palestra motivacional com o consultor empresarial Marilam Sales. Intitulado “A secretária e o atendimento A+” o tema da conversa foi o comportamento do profissional no trabalho e a luta para vencer o desânimo. Após uma bate papo divertido, Marilam deixa o palco que é substituído por um de seus personagens. A secretária Kátia não deixou ninguém parado. Quem participou da dinâmica ganhou brindes. No final do evento, a Comissão de Eventos, que organizou a atividade, sorteou vários presentes para as secretárias. As participantes Ivanir Rosa da Silva (8° transplante) e Nelita Dam (2° SUS) aproveitaram a oportunidade e elogiaram o evento. “Eu até fui sorteada com um brinde”, comenta Ivanir. A abertura foi feita pelo Diretor Adjunto de Departamento Pessoal e Recursos Humanos Dr. Paulo César Nakaoski, que aproveitou o momento para elogiar o trabalho das profissionais.

No sábado, 14 de setembro, corintianos se reuniram no Hemocentro de Rio Preto para mais uma edição da campanha “Sangue Corinthiano”. Dos dez torcedores que compareceram ao local, oito puderem fazer a doação, somando cerca de 3,6 litros de sangue coletados. A campanha tem três edições ao longo do ano. A chefe do setor de captação do Hemocentro, Luciana Ferreira diz que mobilizações assim são fundamentais como forma de incentivo a novos doadores. Fernando César Bello (foto), bancário e corintiano fanático, foi um dos que trouxe o movimento para Rio Preto. “A gente sabe que os torcedores fazem coisas loucas pelo time. Então, por que não usarmos a bandeira do Corinthians para incentivá-los a fazer essa boa ação?”, questiona Fernando. Os organizadores explicam que o objetivo da campanha é mostrar que as torcidas, mesmo as de outros times, estão unidas em prol de uma ação social. O palmeirense Jhonis de Souza é um exemplo. Está já é a quarta vez que participa da campanha. “A rivalidade fica nos campos. E o mais legal disso tudo é que você não sabe se seu sangue vai para um corintiano, palmeirense ou são-paulino, só sabe que vai ajudar”, pontua Jhonis.

04 Revista do HB - Setembro - 2013

Hemocentro recebe torcedores do Corinthians em campanha de doação


1ª Turma de Medicina

40 anos depois...

A primeira turma de medicina da Famerp comemorou, nos dias 20 e 21 de setembro, os 40 anos de sua formatura. A ocasião foi celebrada com um jantar em um restaurante da cidade e um churrasco no Clube dos Médicos de Rio Preto. Veja depoimento de alguns dos que estiveram presentes na reunião.

“Foi um encontro maravilhoso. É muito bom poder rever os amigos, compartilhar histórias, relembrar como era a escola antes e como é hoje. Somos irmãos para toda vida”. Dr. Antônio Spotti “O encontro foi motivo de renovação. Jovialidade é a palavra que definiu a reunião. Ainda que agora muitos tenham os cabelos brancos, parecia que estávamos voltando no tempo”. Dr. Moacir Borges “Éramos 69 alunos com esperança num mundo melhor, e acho que realmente melhorou. A medicina realmente melhorou muito. Rever a nossa turma é extremamente prazeroso”. Dia da Colação de Grau dos graduandos em Medicina, em 1973

Dr. Irineu Luiz Maia “Foram tantas as mudanças nestas quatro décadas na estruturação do Hospital de Base e na FAMERP, deixando para mim um gosto muito agradável de importantes conquistas. Essas instituições fazem parte indiscutivelmente da minha vida. ‘TODA BOA DÁDIVA E TODO O DOM PERFEITO VEM DO NOSSO DEUS’”. Dr. José Francisco Gandolfi “40 anos se passaram e foi uma alegria poder reencontrar os colegas com quem convivemos por seis anos”. Dr. João Gomes Netinho

Turma celebrando reencontro, após 40 anos de formatura

Profissionais do HB ministram palestra em congresso da SBTMO A equipe do Transplante de Células Tronco Hematopoéticas do Hospital de Base participou, nos dias 28 e 29 de agosto e 1° de setembro, do 17° Congresso da Sociedade Brasileira de Transplante de Medula Óssea, realizado em São Paulo. Os serviços de nutrição e serviço social da TMO foram convidados a ministrar palestra sobre o trabalho de cada área dentro da TMO. Durante o evento os participantes puderam trocar experiências em mesas redondas, adquirir novas informações por meio de Workshop Dech, conferências, cursos e bate papo com especialistas da ASBMT/SBTMO. Esta é a segunda vez que a equipe do HB é convidada para conduzir palestra. Segundo a assistente social Rodriani Vian este intercâmbio profissional promove o aperfeiçoamento do conhecimento de cada participante e isto é benefício para a instituição HB e para seus pacientes. Luciana Tirelli (enfermeira), Dr. João Victor Feliciano (TMO), Lea Bueno (bióloga), Vanessa Lourenção (psicóloga) e Rodriani Vian (serviço social). Não estão na foto mais participaram do evento também Dra. Patricia (pediatra da TMO) e Silvia (nutricionista)

Revista do HB - Setembro - 2013

05


Dia a dia na Funfarme

Representantes dos Ministérios da Saúde e da Educação visitam Hospital de Base para recertificação da Fundação como hospital de ensino O Hospital de Base recebeu um grupo técnico de certificadores dos Ministérios da Saúde e da Educação para recertificação da Funfarme como Hospital de Ensino, nos dias 17 e 18 de agosto. No primeiro dia, a equipe do Ministério se reuniu com a diretoria do HB e analisou a documentação e parte da estrutura física do hospital. Já no segundo dia, o restante das dependências do HB foi apresentado aos avaliadores. A visita foi acompanhada pelo Diretor Administrativo do Hospital de Base, Dr. Jorge Fares e a Superintendente de Enfermagem, Maria Regina. Todos os itens avaliados estão sendo examinados e resultado será enviado à Diretoria do HB. O processo de recertificação acontece em todo país, em hospitais que mantêm programas de residência médicas e de ensino prático em enfermagem e medicina. A ideia é garantir que estes hospitais tenham condições estruturais para receber os estudantes.

Vistoriadoras dos Ministérios da Saúde e da Educação são acompanhados pelo Diretor Administrativo, Dr. Jorge Fares, e a Superintendente da Enfermagem, Maria Regina

Famerp/Funfarme recebe equipe do MEC para recredenciamento de 29 programas de residência

Drs. Jane Bonilha, Emerson Quintino, Regina Chueire, Fernando Molina, Fábio Leite, Newton Bordin Jr., Maria Gabriela de Lucca e Maria Regina Godoy, junto com o avaliador do MEC (de camisa beje)

Nos dias 17 e de 18 de agosto, três examinadores do Ministério da Educação vistoriaram as instalações do cenário prático e a documentação de 29 dos 61 programas de residência da Famerp/Funfarme. Os programas restantes têm prazos diferentes de avaliação e serão examinados daqui cinco anos. O recredenciamento faz parte de um procedimento realizado pelo Ministério da Educação em diversos hospitais do país que mantêm cursos de residência médica. Um encontro com médicos e docentes foi realizado para discutirem o trabalho desenvolvido em cada área e especialidade. Os alunos também participaram da programação, fazendo uma análise da qualidade de ensino, de todas as pesquisas desenvolvidas pelos estudantes, das apresentações em congressos, das parcerias com postos de Saúde/UBS e dos serviços prestados à comunidade. Os doutores Emerson Quintino, Coordenador da Comissão de Residência Médica (Coreme) e Fabio Leite, coordenador do programa da cancerologia clínica, acompanharam os avaliadores durante a inspeção do Hospital. Depois de analisadas todos os aspectos, o resultado será enviado à Coreme.

06 Revista do HB - Setembro - 2013

Intercâmbio entre hospitais

A diretora de Desenvolvimento em Saúde da Fundação Hospital Amaral Carvalho, de Jaú, Dra. Cristina Moro, esteve no Hospital de Base para conhecer o trabalho e a estrutura do instituição. A fundação de Jaú tem tradição de quase 100 anos de existência e é especializada em tratamentos oncológicos. A ideia do encontro foi trocar experiências administrativas e médicas entre as fundações. Reunidos na diretoria do HB, os doutores José Luis Esteves, Dulcimar de Souza, Horácio Ramalho, Jorge Fares e Dionei de Morais com a Dra Cristina Moro, de Jaú


Dia a dia no HB

Farmácia Ambulatorial garante atendimento eficaz a mais de 11 mil pacientes A Farmácia do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica (Alto Custo), inaugurada em 2004, e a Farmácia do Componente Estratégico (antiga sala 47/DIP), inaugurada na década de 90, são uma parceria entre Secretaria Estadual de Saúde e HB. Juntas, formam a Farmácia Ambulatorial. Os dois locais contam com 17 profissionais, sendo 12 técnicos em farmácia, três farmacêutico-bioquímicos e dois auxiliares administrativos. Todas elas atendem pacientes do sistema público e privado, preferencialmente àqueles que passam pelo Ambulatório de Especialidades do hospital, e ainda prestam serviço ao município, por meio do sistema de malote. Desta forma, o paciente não precisa sair de sua cidade para receber o medicamento. Por mês, são realizados aproximadamente 11.000 atendimentos. A farmácia do CEAF visa garantir, no âmbito do SUS, o acesso ao tratamento medicamentoso de doenças cujas linhas de cuidado estão definidas em Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas – PCDT, publicados pelo Ministério da Saúde – MS. O intuito é assegurar remédios a portadores de doenças que configuram problemas de saúde pública. Já a Farmácia de Medicamentos Estratégicos oferece atendimento a pessoas com doenças endêmicas como, por exemplo, DST/AIDS e Hepatites Virais, Hanseníase, entre outras. Além destes programas, o lugar também dá tratamento a quimioterápicos, portadores de glaucoma, dispensa imunossupressores e medicamentos por meio do Programa NASE – Núcleo de Avaliação e Solicitações Especiais (HB) e finalização de tratamento domiciliar pós-alta Hospitalar (HB).

Segurança no tratamento de vacinas e soro é tema de palestra

Da esquerda para a direita, as farmacêuticas Franciselli da Silva Moreira, Helga Tamara Agostinho, Lilian Ferraresi do Prado Peléskei, Luci Nari Zorzin Marcon, Daniela Costa Prates e Vivian Cássia Miron Carolino Teixeira com a palestrante (ao centro), a enfermeira Michela Dias Barcelos

A gerente de Imunização da Secretária Municipal de Saúde de Rio Preto, Michela Dias Barcelos, esteve no Hospital de Base no dia 27 de setembro para dar uma palestra aos funcionários e colaboradores das farmácias. O tema do encontro, que reuniu cerca de 100 profissionais no anfiteatro do mezanino, foi Imunização e Rede de Frio - Uma abordagem técnica e terapêutica. O assunto aborda as maneiras corretas de se transportar, armazenar e manusear imunobiológicos, como vacinas e soros, trazendo mais segurança e produzindo o efeito esperado no paciente. “Estes medicamentos necessitam permanecer em temperaturas entre 2°C e 8°C. É importante garantir que o produto estará com a mesma qualidade e terá a mesma eficácia terapêutica de quando ele foi produzido”, explica a gerente. A Coordenadora do Serviço de Farmácia do HB, Helga Tamara Agostinho, participou da reunião e afirma que foi “um momento único para o serviço de farmácia, no qual teve a participação de todos os colaboradores e farmacêuticos, integrando as equipes de trabalho e proporcionando a educação permanente e transformação de práticas técnicas, trazendo melhorias para o atendimento das medicações, enfatizado na rede de frio”. Ao fim do evento, a palestrante deu oportunidade aos funcionários do HB de esclarecerem suas dúvidas e de fazer considerações finais.

Equipe da Farmácia Ambulatorial Revista do HB - Setembro - 2013

07


HB e a comunidade

Hospital de Base/Funfarme e Famerp u campanha deprevenção e combate ao câ Pelo terceiro ano consecutivo, o Hospital de Base promove ações para a campanha do Outubro Rosa, movimento internacional de luta contra o câncer de mama, entre o dia 1º e 4 do mês(veja nas fotos). Esta é a primeira vez que a Fundação se une à Faculdade de Medicina de Rio Preto para a realização do evento. No total, 35 alunos e professores da Famerp orientaram a população quanto aos riscos e à importância do diagnóstico precoce da doença. Além disso, panfletos explicativos e adesivos foram distribuídos em todo complexo da Funfarme como forma de alertar, principalmente, mulheres acima de 40 anos a se autoexaminarem e a fazerem a mamografia regularmente. “O HB tem essa função educativa

de orientar, mas os exames são feitos de acordo com a rede pública de saúde”, explica a coordenadora do Instituto do Câncer e uma das organizadoras do evento, Solange Fernandes Cunha. “Este tipo de câncer é o que mais mata mulheres no país. A maneira mais eficaz de se reduzir o número de mortes em decorrência desta doença é o diagnóstico precoce do problema”, ressalta o Dr. José Luis Esteves Francisco, mastologista e vice-diretor executivo do HB e integrante da comissão organizadora do Dia Rosa. Além do público externo, 12 profissionais do hospital atenderam às funcionárias da instituição. Dos mais de 4000 trabalhadores do hospital, 800 são do sexo feminino com mais de 40 anos.

OUTUBRO

ROSA

08 Revista do HB - Setembro - 2013


HB e a comunidade

unem-se em âncer de mama

Revista do HB - Setembro - 2013

09


Nossos funcionários

Exemplos de força e perseverança na luta contra o câncer

Cleide Francisquini, 57 anos – auxiliar administrativa – Famerp

Exames de rotina são tão importantes que mudaram o rumo da vida de duas funcionárias. Cleide (Famerp) e Zilda (Funfarme) descobriram que tinham câncer de mama. Em 2008, Cleide foi ao médico, como qualquer outro ano, fazer exames de rotina, como qualquer mulher deve fazer. Durante o procedimento, o médico detectou algo anormal no seio da paciente e após uma biopsia veio a confirmação: era câncer. O mundo de Cleide desabou. Apesar do histórico da doença na família, ela acreditava nas chances de que problema poderia não se manifestar nela. Com fé, enfrentou a doença de cabeça erguida e com ânimo. As colegas de trabalho da secretaria de enfermagem formaram um grupo de apoio essencial na caminhada deste novo desafio. O diagnóstico não trouxe só mudanças físicas na vida de Cleide. Ela perdeu os cabelos, mas ganhou motivação para alcançar novos objetivos. Venceu o medo de dirigir e tirou carta. Começou a fazer aulas de dança. “Redescobri a vida”, afirma Cleide.

A correria do dia a dia tirou Zilda dos consultórios por 3 anos. Este longo período sem passar por exames de rotina poderia ter sido determinante na vida dela, mas felizmente, não foi. Depois de passar por uma cirurgia de redução das mamas, uma dor a acompanhou por muito tempo. Ela procurou um médico, pois achou estranhou a dor insistente. Foi então que descobriu o câncer. Para Zilda a pior parte não foi saber o diagnóstico e sim comunicar aos filhos e irmãos sobre a doença. “Não gosto que ninguém sofra por mim”, diz. Zilda quis enfrentar o problema sozinha, mas acabou trombando nos cuidados de suas colegas de trabalho e dos residentes do ambulatório, que ela carinhosamente chama de filhos. “Eles me cobram o tempo todo. Se estou usando a medicação corretamente, se estou descansando e me alimentando bem”, conta. A força de Zilda está na sua vontade de viver e de servir. Focada no trabalho, a auxiliar de enfermagem garante que está pronta para enfrentar qualquer situação. Zilda Aparecida Lulio, 56 anos auxiliar de enfermagem Ambulatório

10 Revista do HB - Setembro - 2013

Para refletir

SONHAR É PRECISO...

Todos nós temos sonhos. Uns maiores, outros menores. Outros mais importantes, outros, nem tanto. Alguns ficam adormecidos por um longo tempo esperando a oportunidade de ser realizado. Outros acabam se desfazendo ao longo da vida. Porém, o que nos move são os sonhos que habitam em nós. Vivemos um momento em que as pessoas são muito individualistas e cada um só pensa em si e no seu próprio sonho. Mas devemos sempre nos lembrar de que o ser humano não é uma ilha, ou seja, ele não vive sozinho. Precisamos sempre de alguém ao nosso lado para nos incentivar, estimular e motivar a realizar estes sonhos que nascem em nossos corações todos os dias e muitas vezes, nem nos damos conta disso. Afinal, sempre que conquistamos algo de bom, sempre que realizamos algum sonho, queremos imediatamente compartilhar com as pessoas que amamos. E isso é natural, faz parte da essência humana. Ao longo da vida iremos encontrar pessoas negativas e pessimistas que estarão sempre dispostas a atrapalhar nossos planos e matar nossos sonhos. Às vezes, achamos que somos incapazes de realizá-los. Ou até mesmo que não somos merecedores deles. Mas, na verdade, todo ser humano tem essa capacidade. Só depende de cada um. E a tarefa não é fácil. É preciso muita disciplina, muita luta e muita persistência. Sonhar é um passo para a realização pessoal. Por isso, nunca desista de seus sonhos. Por mais impossível que possa parecer, nunca deixe de tentar. Busque forças dentro de você. Peça a Deus inspiração. Tenha fé e principalmente, acredite em você e na sua capacidade de realizar seus mais belos e impossíveis sonhos. Acredite no seu potencial. E lembre-se: nunca deixe de sonhar. Pois o sonho é o combustível da vida! Maria de Fátima – registradora do RHC Esta coluna dedica-se a ideias e informações que nos tornem pessoas e profissionais melhores. Para participar, envie e-mail à imprensa@hospitaldebase.com.br e imprensa2@hospitaldebase.com.br.


HB e a comunidade

Cápsula do Tempo é enterrada com objetos do HB, Famerp e Serviço de Cirurgia Cardíaca Pediátrica No dia 14 de setembro, o jornal Diário da Região enterrou 37 objetos em uma Cápsula do Tempo. Dentre eles, estão itens que representam o HB, a Famerp e o Serviço de Cirurgia Cardíaca Pediátrica. A Cápsula será aberta em 2050, quando o Diário completa 100 anos. A ideia partiu do jornal, que pretende, com esta iniciativa, congelar informações atuais da cidade para as futuras gerações. Após um mês de votação, foram contabilizados 47.484 votos pela internet. A Famerp foi o sexto candidato mais votado, o Hospital de Base, o 20º, e a cirurgia cardíaca pediátrica, a 26ª. Dr. Nakaoski depositou na cápsula um texto que traça o perfil do hospital, fotos da instituição e um estetoscópio, representando a classe médica; Dr. Dulcimar colocou um jaleco, bordado com o brasão da instituição, e um livro com a história dos 40 anos da Famerp, com dedicatória escrita pelo diretor e Dra. Lilian Beani, um coração de plástico.

Seis novas chefias de serviços são eleitas no Hospital de Base Foram realizadas, no dia 23 de setembro, as votações para os chefes de serviços de seis diferentes áreas do Hospital de Base. Cada eleitor colocou na urna o nome de um dos profissionais de seu próprio campo de atuação. Para o voto ser válido, o funcionário escolhido deve ter completado, pelo menos, dois anos de contratação. Pode haver reeleição. Os três nomes mais votados em cada área serão analisados pela diretoria de cada serviço. A partir da avaliação, um desses nomes será indicado como o novo chefe de seu setor. O resultado sai na segunda quinzena de outubro e o eleito assume o cargo imediatamente.

Ana Maria Ferreira Rondina, do Serviço Social, elegendo seu(sua) candidato(a)

Chefias que participaram da votação

•Fisioterapia •Psicologia •Fonoaudiologia •Nutrição •Terapia •Serviço Dr. Dulcimar Donizeti de Souza (diretor geral da Famerp), Dra. Lilian Beani (pediatra) e Dr. Paulo César Nakaoski (Diretor Adjunto de Departamento Pessoal e Recursos Humanos)

e Dietética Ocupacional

Social

Como prêmio por vencer o concurso fotográfico do mês da Humanização, a equipe de Quimioterapia saboreou um delicioso e descontraído jantar em uma churrascaria da cidade. A proposta da foto vencedora foi mostrar que o paciente deve ser tratado da mesma maneira que os funcionários gostariam de ser cuidados. A diretoria da Funfarme e o Grupo de Humanização agradecem novamente a participação de todos e parabeniza a equipe vencedora.

Premiação

Revista do HB - Setembro - 2013

11


HB e a comunidade

1° Salão de Humor sobre doação de órgãos

Do dia 27 de setembro ao dia 4 de outubro, o Rio Preto Shopping recebeu o 1° Salão Nacional de Humor sobre Doações de Órgãos. A exposição teve como objetivo chamar a atenção da comunidade sobre a importância da doação por meio de divertidas charges. “Desenhos chamam a atenção das crianças e consequentemente dos pais que param para ver a exposição e acabam levando essa reflexão para cara”, explica a presidente da ONG Gabriel, Maria Inês de Azevedo Carvalho. O HB, o Rio Preto Shoppings e a ONG foram parceiros na organização do evento. O diretor executivo da Funfarme Dr. Horácio Ramalho, durante a abertura da exposição, reforçou a importancia da ação e elogiou o trabalho da equipe do Serviço de Procura de Órgãos. Estiveram presentes também na cerimônia de abertura, o di-

retor clínico do HB, Dr. João Fernando Picollo, a presidente da ONG Gabriel Maria Inês, a primeira dama de Rio Preto, Eliana Lopes, o hepatologista Dr. William Duca, a residente do transplante Gabriela Rodrigues de Souza, a assistente social Ana Rondina e a assistente social Isabela Gomes. Alem disso, marcaram presença na exposição os transplantados Teo Ferreira, Viviclei Albanês e Valdir Garcia. Eles são exemplos da importancia da doação de órgãos. “Espero que esta mostra possa ajudar as pessoas a refletirem sobre o ato de doar que é tão importante”, afirma Viviclei que recebeu um rim de, nada mais nada menos, seu marido.

Médico s e pacie ntes qu órgãos e receb disputa eram m Em com partida e pacien emoração ao de futsa Dia Nac tes do H ion B l e

m que to disputar al de D am, no d dia 26 d oação de Órgã aqui a vid os saíram venc e os, méd edores. a, icos “O placa setembro, um dem, inc a vitória destes jo r g não imp lus pa or ta. Co o de futsal diretor e ive, praticar ativ cientes que rec memora ida eb xe mos de Trans cutivo da Funfar de espor tiva”, a eram um órgão firmou D plantes d me e mé e hoje p oe d r. ic R H o nefrolo im. Robson orácio R gista da amalho, anos, são Nunes da Silva e q uipe do ,d dois dos Ser viço esperar milhares e 42 anos, e R 4 anos e o de pacie b e r to S 11 mese é imensa s por um ntes transplanta antos Lopes, d d e dos. Rob rim, rece com ou e poder bater b er to tev 46 bido no tras pes o la c o e a m q soas que no passa o disse. do. “A a ue passaram s médicos que le s g a r pela me Já Robso sma ago lvaram minha vid ia nia e ho a e na fila d n recebeu, nov je estão e meses e aqui”, atrás, um aguarda espera. “Quero m um fígado, a ser vir d pós u e exem No time órgão; para qu p lo para ou m ano e meio e Dr. Pic dos médicos, e e não desanime tras pes m s ollo, dir soas qu etor clín teve Dr. William .” e Órgãos. ico e co Jo “Sabem s é Duca, vic ordenad os o qu Como parte da programação do Dia Nacional rido, ma e diretor c or do S anto é d s er viç línico olor de Doação de Órgãos, os pacientes transplantados que pod familiares e am igos pre osa a perda de o de Captação em salva c de u r is m ente do HB e seus acompanhantes assistiram a um teao perm muitas v am lem quebrar idas itir atrinho educativo com fantoches. As assistentes a doaçã o” afirm , sociais Cristina Serrano e Ana Claudia Santos ou Dr. Pico encenaram, na pele dos bonecos Maria e João. llo. Os personagens explicaram a importancia da C o m o par te doação. “O projeto lúdico é uma maneira de d a program transmitir uma mensagem. Ela chama a atenação, um bin ção e por ser um processo de aprendizado go r ealizado foi dinâmico fixa melhor na memória do indiví. O evento duo”, explica Cristina. contou também A apresentação de pouco mais de 20 micom a p ar ticipaç nutos discutiu as razões pelas quais muitas ão da bateria pessoas ainda se negam a doar órgãos. Na da Fam erp. maioria das vezes a falta de conhecimento sobre o processo e o medo de são as principais causas.

Teatro com fantoches anima o dia dos transplantados

Revista do do HB HB -- Março Setembro - 2013 - 2013 12 12 Revista


Dia a dia no HB

Classificados movimentam a intranet; quase 12 mil tópicos já foram criados na rede Desde que foram criados, em 2010, até setembro deste ano, os Classificados da intranet do Hospital de Base já tiveram 11875 tópicos lançados em sua página. A intenção é estimular os acessos à rede interna do HB. O biólogo do Laboratório Central do hospital, Flávio Augusto dos Santos, já teve uma experiência de compra e venda na rede. Dessa forma, encontrou uma maneira de complementar os ganhos de sua companheira. “Já anunciávamos na intranet os doces e bolos que minha namorada faz. Um dia, mexendo nos classificados, vi um anúncio de venda de materiais para decoração de festas”, conta o biólogo. Depois de conversar com os familiares, o profissional fechou o negócio. “Hoje, portanto, além dos doces, também alugamos estes artigos pela rede”, afirma. Todas as transações devem ser feitas diretamente com o contato, fora do hospital e do expediente. Um tópico novo permanece por um mês na rede. Se for necessário retirar um anúncio antes deste prazo, o funcionário deve entrar em contato com a Consultoria de Sistemas do HB, no ramal 1401, e pedir a remoção do item.

Flávio dos Santos já está familiarizado com o sistema de Classificados da intranet

HB participa de estudo que irá formular novo escore de risco em cirurgias cardíacas no Estado de São Paulo O CIP do HB recebeu, no dia 16-09, os doutores Omar Mejía e Luiz Lisboa, do Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. O intuito dos pesquisadores é reunir informações demográficas e clínicas de pacientes com doenças cardiovasculares que necessitam de procedimentos cirúrgicos, como cirurgia valvar ou coronariana. Os dados serão utilizados em um estudo financiado pela FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), com o objetivo de remodelar o escore de risco “InsCor” e também criar o SP-SCORE (São Paulo System for Cardiac Operative Risk Evaluation). Esta visita foi acompanhada pela Dra. Gislaine Fares, Coordenadora de Faturamento do Hospital de Base. O HB é um dos oito hospitais do estado de São Paulo escolhidos para coletar informações e fomentar esta pesquisa. O Dr. Marcelo Nakazone, Diretor Científico do CIP, explica que o HB foi selecionado, pois “além de ser

uma referência regional em cirurgia cardíaca, pertence aos Núcleos de Avaliação de Tecnologias em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo (NATSs-SES-SP).” Depois de finalizado, o estudo permitirá compreender a complexidade dos pacientes operados, os recursos necessários e o desempenho cirúrgico local. “A importância da pesquisa está em avaliar aspectos que possam contribuir com a melhoria das intervenções cardíacas realizadas em nossa Instituição”, aponta Dr. Marcelo. As informações serão consecutivamente colhidas por dois anos para a formulação do SP-SCORE. A expectativa é de que os resultados ajudem na manutenção e no financiamento da assistência geral em cirurgia cardíaca, principalmente na região e no estado de São Paulo.

Dr. Marcelo Nakazone, Dr. Mauricio Machado, Dr. Domingo Braile, Enfermeira Ana Paula Martins, Dra. Gislaine Fares, Dra. Lilia Maia, Dr. Luiz Lisboa, Dr. Omar Mejía. Revista Revista do do HB HB -- Setembro Fevereiro - 2013

13


Profissionais do mês

A Funfarme parabeniza os médicos pelo seu Dia (18 de Outubro) e outros profissionais pelo empenho e dedicação em prol da qualidade dos serviços oferecidos à população.

13 de Outubro Dia do Fisioterapeuta

13 de Outubro Dia do Terapeuta Ocupacional 14 Revista do HB - Setembro - 2013


Profissionais do mês

Biblioteca

Um Dia

De David Nicholls

17 de Outubro Dia do Eletricista

Dexter Mayhew e Emma Morley se conheceram em 1988. Ambos sabem que no dia seguinte, após a formatura na universidade, deverão trilhar caminhos diferentes. Mas, depois de apenas um dia juntos, não conseguem parar de pensar um no outro. Os anos se passam e Dex e Em levam vidas isoladas. Incapazes de esquecer o sentimento muito especial que os arrebatou naquela primeira noite, uma relação extraordinária surge entre os dois. Ao longo dos vinte anos seguintes, flashes do relacionamento deles são narrados, um por ano, todos no mesmo dia: 15 de julho. E, conforme o verdadeiro significado desse dia crucial é desvendado, Dexter e Emma precisam acertar contas com a essência do amor e da própria vida.

Para Sempre

De Kim e Krickitt Carpenter

19 de Outubro Dia do Profissional de Informática

18 de Outubro Dia do Pintor

A vida que Kim e Krickitt Carpenter mudou completamente no dia 24 de novembro de 1993, dois meses após o seu casamento, quando a traseira do seu carro foi atingida por uma caminhonete que transitava em alta velocidade. Um ferimento sério na cabeça deixou Krickitt em coma por várias semanas. Quando finalmente despertou, parte da sua memória estava comprometida e ela não conseguia se lembrar de seu marido. Ela não fazia a menor ideia de quem ele era. Essencialmente, a “Krickitt” com quem Kim havia se casado morreu no acidente, e naquele momento ele precisava reconquistar a mulher que amava.

O Silêncio dos Amantes

De Lya Luft

O livro mostra a incomunicabilidade e o silêncio entre pessoas que se amam ou deviam se amar, os conflitos familiares, a busca de um sentido da vida, rancores, incompreensão, mas também magia e amor nos relacionamentos. os temas abordados no livro são superação de dores do passado, mágoa e a revolta, preconceito, superficialidade e morte. Revista do HB - Setembro - 2013

15


Segurança do Trabalho

XX SIPAT - FUNFARME

Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho

De 21 a 25 de outubro de 2013

TEMA: “SAÚDE, SEGURANÇA E SUCESSO” Dia 21/10/2013 (Segunda-feira) • Horário: 09:30h • ABERTURA: Presença da Diretoria FUNFARME • Palestra: “NO TRABALHO NÃO SE BRINCA” • Palestrante: Marilan Sales - (Ator, Consultor, Professor, Escritor e Diretor de Teatro e TV) • Local: Anfiteatro Fleury – FAMERP

Dia 22/10/2013 (Terça-feira) • Horário: 10:00h e as 14:00h • Evento: “DANÇATERAPIA” • Palestrante: Fernando Bonvino • Local: Clube dos Médicos • Horário: 19:30h • Evento: “DANÇATERAPIA” • Palestrante: Fernando Bonvino • Local: Anfiteatro do Mezanino

Dia 23/10/2013 (Quarta-feira)

Dia 24/10/2013 (Quinta-feira) • Horário: 09:30h e as 14:00h • Palestra: “CARINHO É ESSENCIAL – Viva bem com as pessoas que você se relaciona” • Palestrantes: Eliane Lucania e Tânia Mari (Psicólogas da Medicina do Trabalho) • Local: Anfiteatro Fleury - FAMERP

Dia 25/10/2013 (Sexta-feira) • Horário: 10:00h EVENTO DE ENCERRAMENTO • Peça Teatral: “MULTIPLICANDO CAMPEÕES” • Companhia Teatral: Toque de Areia • Local: Teatro Municipal “Humberto Sinibaldi Neto”

• Horário: 09:30h e as 13:30 h • Palestra Show: “SAÚDE, SEGURANÇA E SUCESSO” • Palestrante: Leonardo Souza • Local: Anfiteatro Fleury - FAMERP

Teatro itinerante nos setores INSCRIÇÕES: ramal 1379 Apoio:

PARTICIPEM

HB e você - Agradecimentos

“Esse hospital é nota MIL. Os funcionários daqui são maravilhosos e cuidam de seus pacientes com muito carinho. Quero agradecer a toda equipe de médicos, enfermeiros, faxineiros e copeiros do 3° andar pela atenção e carinho no atendimento da minha irmã que está internada. Desejo prosperidade à instituição e que sejam todos bem sucedidos. Beijos para todos.”

Nair Turioni de Carvalho - Votuporanga/SP “Gostaria de deixar um agradecimento especial a equipe do trauma que atendeu meu esposo entre os dias 12 e 22 de agosto em que ele ficou internado por causa de um acidente de trabalho. Somos gratos a

16 Revista do HB - Setembro - 2013

toda equipe da plástica, clinica geral e enfermeiros pela educação e respeito com que nos trataram. “ Aparecida Francisquini Restani - Magda/SP

“Venho, por intermédio deste, elogiar e agradecer o comprometimento e a pró-atividade dos funcionários, no atendimento do ambulatório no pós consulta. Pela rápida eficiência do trabalho realizado devido a gravidade do problema de minha irmã Nilza Natalina de Souza.” Célia Maria de Souza - São José do Rio Preto/SP “Meu pai Sylvio Candido de Oliveira, 78 anos, fez no dia 02/09/2013 cirurgia no calcanhar. Quero agradecer em meu nome e no dele toda atenção, carinho e dedicação da equipe médica ortopédica, enfermagem, recepção, atendentes, os que cuidam da limpeza, da copa, em geral fomos muito bem cuidados. Agradeço a Deus por colocar em nosso caminho pessoas tão competentes e generosas. Obrigado Hospital de Base!!! Cleide Candido de Oliveira Ferreira - Mirassol/SP

“A família de Antonio de Pádua agradece a todos os profissionais médicos e enfermeiros em por cuidaram dele em sua recuperação. Deixo meu sinceros agradecimentos como pai, pelo excelentíssimo zelo dispensado a ele.” Sr. Morais - pai de Antonio - São José Rio Preto/SP “Venho através deste em meu nome e de toda a família agradecer de coração o atendimento dispensado por este hospital a minha neta Milena Gabrielly R. Lima, que apesar de todos os esforços da equipe a mesma veio a óbito no ultimo dia 9. Temos a certeza que cada um fez o seu máximo para sua recuperação. Gostaria de agradecer a todos os médicos e toda equipe da UTI por terem feito de tudo para salvá-la. Que DEUS continue a dar-lhes força para poderem continuar nesta função honrosa de cuidar da saúde das pessoas.” José Carlos de Melo - São José do Rio Preto/SP

9 revista hb setembro 2013  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you