Page 1

QUE ANO! Ano X / Nº 144 - Dezembro-2013

Festa de confraternização à altura de um ano de muitas realizações e conquistas pela Funfarme

Inauguração do Hospital da Criança e Maternidade e nota 5 dada à Famerp/HB, pela terceira vez consecutiva, na rigorosa avaliação do Ministério da Educação, são alguns dos muitos fatos a se comemorar. Conquistas de toda a comunidade Funfarme! Editorial e página 10 a 20


Editorial

Sumário

2013 – muito a se comemorar

EDITORIAL

A comunidade do complexo Funfarme/Famerp comemorou numa grande festa, em dezembro, o Natal e final de mais um ano. Estamos certos de que para todos 2013 não foi, absolutamente, mais um ano para nossa instituição. Ao contrário. Ficará na história de nossa fundação. Entregamos à população da região o Hospital da Criança e Maternidade, um dos melhores centros especializados do Brasil em pediatria e obstetrícia, com foco no atendimento de complexidade, entre os quais, gestação de alto risco e nas áreas de neonatologia, ortopedia, cardiologia, cirurgia cardíaca pediátrica, nefrologia e neurologia. No Hospital de Base, foram inúmeros investimentos na aquisição de equipamentos de última geração, em treinamentos e capacitação dos funcionários e na inauguração de novas áreas, inclusive com justa homenagem a colegas falecidos que desempenharam fundamental papel na história da fundação. Em fevereiro, inauguramos a nova Unidade de Radiologia Vascular e Hemodinâmica, que recebeu o nome do cirurgião vascular do HB e professor da Faculdade de Medicina de Rio Preto, Dr. Adinaldo Adhemar Menezes da Silva, pioneiro em cirurgia vascular e responsável pela introdução do serviço de hemodinâmica no Hospital de Base. Em abril, foram entregues as novas instalações do Ambulatório de Pediatria e Cirurgia Pediátrica “Dr. Hélder Chaves”, reconhecimento ao cirurgião pediátrico e professor da Famerp. Em 2013, nosso Centro Integrado de Pesquisas (CIP) completou dois anos, consolidando-se como um dos principais da América Latina, prestígio traduzido pelo expressivo aumento do número de estudos científicos realizados (de 70 para mais de 160 casos) e de pesquisadores (de 13, antes da inauguração do CIP, para quase 40, envolvendo 30 especialidades médicas). 2013 também foi um ano especial para o Hemocentro de Rio Preto que, após enorme empenho e dedicação de seus funcionários, obteve a certificação internacional de qualidade ISO 9001, tornando-se uma das primeiras instituições de saúde da região a ter reconhecimento da Rede Internacional de Certificação (IQNet – The International Certification Network). No campo do ensino, a Funfarme também tem se firmado cada vez mais como instituição de excelência, cobiçada por estudantes de todo o país e até do exterior. Pela terceira vez consecutiva, a Famerp e o HB como hospital escola receberam a nota 5 na rigorosa avaliação do Ministério da Educação (MEC). Ano passado, de nossos 366 residentes, 110 eram provenientes de 20 Estados diferentes. Relatamos acima apenas alguns das muitas razões para comemorarmos. Claro, como sempre enfatizo, sempre teremos o que melhorar, pela própria dimensão e importância que o nosso complexo hospitalar e de ensino representa para a nossa região. Antes um problema, vemos nisso um estímulo para que busquemos a cada dia sermos melhores profissionais, em benefício de todos. Desejamos um 2014 de muita saúde e realizações! Diretoria Funfarme/HB

Reformulação da Revista A Revista do HB está passando por um processo de reestruturação. O periódico ganhará novo nome, projeto gráfico e identidade visual. Aguarde!!! hospitaldebase.com.br 02 Revista do HB - Dezembro - 2013

HospitaldeBaseRioPreto

n

CIPA tem nova diretoria

03

n

HB investe em moderno ultrassom

04

n

AVOHB completa 20 anos

05

n

Perfis

06

n

Profissionais do mês

07

n

HB promove feira de combate à Aids

08

n

Funfarme realiza culto ecumênico

09

n

HCM e HB têm Natal solidário

10 e11

n

Confraternização de final de ano

12 a 20

Expediente Informativo da Fundação Faculdade Regional de Medicina (FUNFARME) Ano X / Nº 144 - Dezembro - 2013 • Diretor Executivo da Funfarme: Dr. Horácio José Ramalho • Vice-Diretor Executivo Funfarme: Dr. José Luís E. Francisco • Coordenador de RH e DP: Dr. Paulo Nakaoski • Diretor Administrativo do HB: Dr. Jorge Fares • Vice-Diretora Administrativa do HB: Dra. Amália Tieco R. Sabbag • Diretor Clínico: Dr. João Fernando Picollo de Oliveira • Vice-Diretor Clínico: Dr. William José Duca • Diretor Técnico: Dr. Paulo Nogueira • Vice-Diretor Técnico: Dr. Maurício de Nassau Machado • Diretor do Hemocentro: Dr. Octávio Ricci Júnior • Diretor do Ambulatório: Dr. Aldenis Borim • Diretora do Lucy Montoro: Dra. Regina Chueire • Diretoria de Transição do HCM: Dr. Antônio Carlos Tonelli Gusson e Dra. Eloísa Galão Produção Editorial: Intermídia Publicações Telefone: 17 3353-2083 Jornalista responsável: MTB 24.527 Jornalista: Fernanda Martinazzi Estagiária: Juliana Elias Diagramação: Roger Goulart Impressão: Fotogravura Rio Preto Tiragem: 2000 exemplares


Segurança do trabalho

Nova gestão da CIPA assume e convida colegas a se mobilizarem para reduzir ainda mais acidentes

Os 36 novos membros da CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) tomaram posse, no dia 12 de dezembro, empenhados em vencer o desafio, que sabem ser grande: “influenciar decisivamente nos ambientes, transformando-os em lugares agradáveis e seguros para se viver e trabalhar”, resumiu Renata de Paula Suttini, técnica em segurança do trabalho, há 12 anos na instituição e presidente da Comissão, por indicação da Diretoria da Funfarme. “Vamos agir constantemente na busca pela melhoria das condições de trabalho a fim de mi-

Juceléa e Renata, com os Dr. Paulo Nakaoski, Dr. Horácio Ramalho e Dr. Jorge Fares

nimizar situações que interfiram na saúde e/ou limitem a qualidade de vida de todos”, completou a secretária executiva Juceléa Soares da Silva, a vice-presidente da CIPA. Dr. Horácio ressaltou a atuação fundamental da CIPA não só como promotora de ações que objetivem a prevenção de acidentes, mas também como autora de sugestões de melhorias em todos os setores, auxiliando a gestão da Funfarme. “Este papel é fundamental, afinal, é aqui que passamos a maior parte do nosso tempo”, disse o Diretor Executivo.

Novos membros da CIPA Presidente - Renata de Paula Garcia Fleming Suttini Vice-presidente - Juceléa Soares da Silva Secretário - André Luis Marquezan Simonato Membros eleitos efetivos Gilberto Eleodoro da Silva Juceléa Soares da Silva Vilma Lucia Vieira Ana Márcia Sanches de A. Vianna Anderson Moreira Gonçalves Ligia Regina Camargo dos Reis Edevã de Carvalho Eliana Aparecida Guerin

Antonia Sulani Oliveira da Silva Arlete Ap. Alexandre Camacho Representantes efetivos da insituição André Luis Marquezan Simonato Andreza Francisca Ferreira Rocha Claudia Carlos Fernandes Imbá Claudiomar Soldeira Denise Ap. Muniz Masson Fátima Ap. Teixeira Marcos Collazante Reinaldo Dalur de Souza Wesley Ramos Lourencin Membros suplentes eleitos Joze Mara Masson Samuel André Alves

Diego Cardozo Lairton Nisi Dutra Roberto Gonçalves Fernandes Sandra Guerreiro Dalur de Souza Elizete Ap. Leonel Duarte Souza Luciano Perpétuo de Souza Representantes suplentes da instituição Claudia Aparecida Alves Fábio de Oliveira Graziella Andreza da Silva Paula Kleber Ap. de Oliveira Solange C. Fernandes Cunha Thatiana Cristina Soldeira Caldeira Valéria Cristina Wesley Morais dos Santos Revista do HB - Dezembro - 2013

03


Investimentos

HB adquire um dos mais modernos aparelhos de ultrassonografia do mundo O HB adquiriu um dos mais modernos aparelhos de ultrassonografia do mundo para o diagnóstico de doenças mamárias. “É uma aquisição muito importante, sobretudo considerando que o câncer de mama é o que mais atinge as mulheres no Brasil”, declarou Dr. José Luis Esteves Francisco, vice-diretor executivo da Funfarme e responsável pelo Setor de Mamografia. Um dos grandes diferenciais do novo aparelho de ultrassonografia em relação aos anteriores é a possibilidade de realizar o exame de elastografia, que detecta nódulos malignos e benignos. É um exame inócuo, em que o médico faz Dr. Alexandre Mansur Biscaro realiza exame em novo ultrassom pequenas pressões com o transdutor no local de interesse do exame (normalmente nódulos). Estas pressões sequenciais geram uma deformação nos tecidos, que trazem de volta a informação se aquele nódulo é mais duro ou mole. A elastografia age como a palpação no exame médico. A paciente Mara Regina de Marchi, de 45 anos, foi uma das primeiras pacientes a realizar exame no aparelho. “Fico feliz em saber que o HB oferece esse tipo de tecnologia para nós e que pode dar informações mais claras sobre a doença. O exame foi tranquilo e não teve desconforto algum”, disse. O equipamento custou R$ 300 mil, verba de convênio com o governo federal, através do Programa de Prevenção ao Câncer de Mama, do Ministério da Saúde. Além da ultrassonografia, um aparelho de mamografia também foi adquirido, através do mesmo convênio, pela instituição e está previsto para chegar em janeiro. Cerca de 200 exames, entre ultrassonografia mamária, biópsia e PAF’s (punção aspirativa com agulha fina de nódulo mamário), são realizados por mês no HB.

Hospital da Criança e Maternidade recebe raios X móvel com tecnologia digital A Funfarme adquiriu um novo aparelho de Raios X móvel digital que será usado no Hospital da Criança e Maternidade. O equipamento é um dos mais modernos do país e o único na região. A tecnologia é o grande diferencial. Durante a realização do exame, a imagem aparece no visor do próprio equipamento, possibilitando diagnóstico médico imediato. “Antes o exame era realizado e a imagem era revelada em outro aparelho. Este novo equipamento permite termos o laudo mais rapidamente, beneficiando o paciente”, explica Jorge Palma, supervisor técnico da radiologia do HCM.

04 Revista do HB - Dezembro - 2013


Dia a dia no HB

AVOHB: 20 anos de solidariedade e muito carinho a pacientes e acompanhantes

Reunindo atualmente o expressivo contingente de 169 integrantes, a Avohb – Associação das Voluntárias do Hospital de Base completa 20 anos de atividades assistenciais que beneficiam pacientes e, consequentemente, suas famílias. Nestes 20 anos, a Avohb também provocou impactos extremamente positivos nas vidas dos voluntários. A cabeleireira Neide Panzarini Bertelli, por exemplo, aos 69 anos, teria todos os motivos para desfrutar da vida de aposentada. No entanto, escolheu continuar a trabalhar, mas pelos outros, integrando a Associação já em seu primeiro ano de atividade. Para ela, os serviços prestados são um “santo remédio”. “Tive de mudar-me de São Paulo para Rio Preto e entrei em depressão. Vim cortar os cabelos dos internados no HB e acabei ficando até hoje. Por conta disso, venci a depressão sem tomar remédio. A Avohb é minha vida.” Desde sua criação – com apenas quatro voluntários – a Avohb promove festas em todos os setores do HB e, agora, no Hospital da Criança e Maternidade, envolvendo pacientes e acompanhantes. Realiza também brechós e outros eventos para obter mais recursos, revertido em benefícios aos pacientes. Além disso, os voluntários também colaboram. “Cada um de nós contribui com três reais mensais e contamos, hoje, com cerca de 20 colaboradores fixos, entre pessoas físicas e entidades”, explica Heloísa, presidente da Associação. Outra atividade importante é a confecção de 140 mil fraldas/ano, cuja matéria-prima é fornecida pela Funfarme. As fraldas destinam-se aos pacientes da pediatria e da geriatria, atendidos pelo HB e HCM.

Apenas uma entre milhares de histórias emocionantes As voluntárias relatam histórias que preencheriam facilmente um livro de pura emoção. Certa vez uma paciente, que havia acabado de dar à luz, veio transferida ao HB em estado grave. O recém-nascido, ainda com o cordão umbilical, foi colocado nos braços de uma voluntária, que cuidou dele enquanto a mãe permanecia na UTI. Ao saber que mãe melhorara, a voluntário correu ao leito para tranquilizá-la: “Não se preocupe. Seu filho está bem cuidado. Mesmo não estando sob o nível ideal de consciência, a mãe não se conteve e seus olhos encheram-se de lágrimas”, lembra a voluntária. Dois meses depois, o bebê foi entregue à mãe, que o batizou Márcio. Revista do HB - Dezembro - 2013

05


Perfis

Rochele e Vanessa: duas belas

histórias, em que se evidencia o amor de mãe Prem pegara iada pela Fu m nfa mento livros na bibli rme por ser em o R t guarda ochele Klunk eca do HB, e as funcioná m ria e m 2013 , a aux s que mais Funfarm coincidência a auxiliar de il s em s ia e e há q r de fa n fe rmag uas Como m uatro a turauita nos, as histórias de em Vanessa 3 3 Y v duas d anos, Van s protagonistas d ecidiram ida. Funcioná llana e livro, e essa já te vem aind rias da m muita co em situ ser mã a , h d istória pa m apenas eixou a fa e, aç Oriente, r a m gem pa ões distintas, ainda que contar. Jo ília e os a terra de como ra uma migos pa s e u p m D r nova fa a a morar arido, de urante o n se da v ssas c p o e e nd ríodo em era dedic ida. Se a vid que ficou ente de japonês. ado quas a de R n o Jap e ras diária que inteir o ginas, s s. O que amente a ão, seu tempo eria um chele ganhas influencio o trabalh ao Brasil se de su a hero uo o, 12 hofoi pe ína, ex pámorando a chegada do peq casal na decisão d emplo quando ração. Há ueno Edu e voltar no país d quatro foi con ar e marido q me e, anos, ueríamos scobri que estav do. “Após 5 anos por tan tratada pela ag de Fun seria pos to, e prom sível no Ja dicar tempo ao n rávida. Eu e meu issores vislumbrava farosso filho pã per to da n v filha nu , o que n família, po o. Também existi m acid entos, ela pe ovos ão a o dese r isso dec ente de rdeu a continu perda H o je jo id V de criá-lo anessa se imos volt carro. que dil ar enca ar”, expli longe pa ac A a r E para ca. ra desen utodefine patrio convive ando-a com mostrou forç era a vida, R nte à ta v d a o , rc oc “Meu filh et lver o s decidiu in o tem mu entimento mas teve que fic justam om a ausência erminação e explicável e d hele ar ita ent ale mesmo s de amor ela deu ecidiu d ó se for p vontade de conh b a luz à e gerar uma a filha, sempr gria. r a s il e iro. ecer o Jap ra pa e irrep nova v da mãe bela e A auxilia ão, mas v ará ida gr q r de en ssear”, afirma. o lt ar uma das meu te uando se ded aciosa Ana C . Há um ano vel, Rochele fe rmagem premiada lara, co mpo é e nove ica à le fo i s it m p todo p no últim meses, ura. “Q sempre panheir o mês p ela instituição ara ua q a or ser u funcionár tirá-lo ue pego um li a família e a ndo não esto inseparável ma das ias de un leit vr na Bibliote que mais retirou e falo: mim. Então, o na mão, min ura. Gosto m o trabalho, liv ca do HB faz do ha u , Dr. José ros Cipullo. degust igual à mam u-lhe uma re pequena An ito de ler e “ P E aulo ar 40 o n ãe.” A a v c is ontro-me Clara t ta ou li Desde p bras da paixão enta sado e v n a r o le e q it in B u u p fa ibli re ela leit ler, semp ena tenho o háb ra. ura lev ntil pra ela livraria. ceber da Fun oteca Dr. Jos it r e o ou Roc far éP “G nha mãe fui incentivada pe de hele a conta R osto de ler me o vale de aulo Cipullo , qu la midesde n R ochele o ano pa livros. Ho e me comprava pequen $ 100 em c , conclu rido é s gibis e je sou eu ompra a, leio indo co ‘As Bru r num até quem inc meu filho mas de m entivo ”, pontua Avallon uma sugestã bula de remé a . o: “Me dio”, ’.” u livro prefe-

Para refletir

O Bem-Te-Vi e o Sabiá O Bem- Te- Vi do peito amarelo me falou Que o amor está aqui, bem aqui Esperando para entrar, ele espera eu convidar, mas eu digo: hoje não. E o Bem-Te-Vi volta todo dia, a mesma hora... Com o solzinho lá no fundo se abrindo num profundo tom de ouro cor do mundo, vem e para pra cantar. “Teu amor está aqui, ele espera o Sabiá que chora na porteira e não para de chamar este velho coração que se rejeita a aceitar” Eu digo: hoje não!

06 Revista do HB - Dezembro - 2013

Ele insiste, vem e vai, bate as asas, até mais! Bem-Te-Vi, Bem-Te-Viu... Eu digo: hoje não! Somos dois apaixonados nessa luta se, razão,separados, mas unidos pelo adeus. Cada dia a mesma coisa, ele vem e eu epero, o Bem –Te- Vi e o Sabiá. Bem-Te-Vi, Bem-Te-Viu.

Pés cansados Somos escravos da rotina, servos do acaso, Soldados do imprevisto, do improvável, Vagueamos alertas a alarmes falsos, Um passo, um recuo, sempre ali parados.

Somos os reis do mundo, o nosso mundo, Pertencente a tudo e a todos! Vivemos nossa eternidade a cada minuto, Um segundo para a vida sem fim... O nexo? Está no vazio que cada um de nós deixamos... ... ao darmos o primeiro passo. Yuri Khauan Simonini Pessoa

Esta coluna dedica-se a ideias e informações que nos tornem pessoas e profissionais melhores. Para participar, envie e-mail à imprensa@hospitaldebase.com.br e imprensa2@hospitaldebase.com.br.


Coluna-Biblioteca

Biblioteca

A Casa das Orquídeas De Lucinda Riley

Quando criança, a pianista Júlia Forrester passava seu tempo na estufa da propriedade de Wharton Park, onde flores exóticas cultivadas pelo seu avô nasciVam e morriam com as estações. Agora, recuperando-se de uma tragédia na família, ela busca mais uma vez o conforto de Wharton Park, recémherdada por Kit Crawford, um homem carismático que também tem uma história triste. No entanto, quando um antigo diário é encontrado durante uma reforma, os dois procuram a avó de Júlia para descobrirem a verdade sobre o romance que destruiu o futuro de Wharton Park... E, assim, Júlia é levada de volta no tempo, para o mundo de Olívia e Harry Crawford, um jovem casal separado cruelmente pela Segunda Guerra Mundial, cujo frágil casamento estava destinado a afetar a felicidade de muitas gerações, inclusive da de Júlia.

Profissionais do Mês

Dia do Farmacêutico 20 de janeiro

Parabéns aos nossos farmacêuticos pelo trabalho de excelência realizado na Funfarme!

Eu sou mensageiro

De Markus Zusak

Seu emprego: taxista. Sua filiação: um pai morto pela birita e uma mãe amarga, ranzinza. Sua companhia constante: um cachorro fedorento e um punhado de amigos fracassados. Sua missão: algo de muito importante, com o potencial de mudar algumas vidas. Por quê? Determinado por quem? Isso nem ele sabe. Markus Zusak, autor do best seller “A Menina que Roubava Livros”, nos fornece essas respostas bem aos poucos neste incomum romance de suspense, escrito antes do seu maior sucesso. O que se sabe é que Ed, um dia, teve a coragem de impedir uma assalto a banco. E que, um pouco depois disso, começou a receber cartas anônimas. O conteúdo: invariavelmente, uma carta de baralho, um ou mais endereços e...só.

O quadro de farmacêuticos da Funfarme é formado por 19 profissionais, distribuídos em 11 unidades. Cinco delas ficam dentro do HB, outras três no Hospital da Criança e Maternidade, uma no setor de Quimioterapia e mais duas, localizadas no bairro da Redentora.

Mulheres inteligentes, Relações Saudáveis De Augusto Cury

O livro aborda tipos de mulheres, as observadoras, as analíticas, as mulheres casulos dentre outras, trazendo o lado positivo e negativo de cada comportamento. O autor afirma que é necessária a identificação do tipo de mulher que cada uma é, permitindo uma reflexão ponderada e um trabalho de mudança, além da necessidade de ela reconhecer seu real valor, se valorizando, deixando a culpa e a autopunição de lado. Cury aborda também outros temas muito importantes ao universo feminino: a ditadura do ciúme, a generalização da crítica, o excesso de trabalho, o medo da perda etc. Como identificar os erros? Como transformar as atitudes? Como manter uma relação saudável através do controle dos pensamentos e das emoções?

Revista do HB - Dezembro - 2013

07


Combate à Aids

DIP promove campanha de combate à Aids HB realiza IV Simpósio

Para lembrar o Dia Mundial de Combate à Aids, celebrado em 1º de dezembro, o Departamento de Doenças Infecto-parasitárias (DIP) do Hospital de Base realizou uma feira de artesanatos feitos pelos seus pacientes e distribuiu para funcionários, pacientes e acompanhantes preservativos e laços vermelhos alusivos à síndrome de imunodeficiência adquirida (sida ou aids, na sigla em inglês).

de Segurança do Paciente

A feira vendeu quadros, crochês, chaveiros, tapeçarias, entre outros artesanatos feitos pelos pacientes do DIP. “O dinheiro da venda é revertido para a compra de matéria-prima para que novos artesanatos sejam feitos por eles”, explicou a terapeuta ocupacional do DIP Adriana Marini.

Na entrada da emergência do SUS, outra equipe da DIP também abordou funcionários e pacientes para dar orientações sobre a aids e entregou fitinhas e preservativos. Este é o 11º ano consecutivo que o Hospital de Base promove esta ação de prevenção.

Número de pacientes com Aidis atendidos triplica De 2012 para 2013, o número de novos pacientes com Aids que iniciaram tratamento com medicamentos no HB triplicou, passando de 6 para 18, em média, por mês. Das pessoas atendidas na Funfarme, 30% têm entre

20 e 30 anos e 70%, entre 31 e 41 anos. No ano passado, uma criança foi atendida, infectadas por meio de transmissão vertical. Em 2012, foram duas. Quando a mãe é soropositiva, o tratamento inicia-se no pré-natal, com o

objetivo de evitar a transmissão do vírus para o bebê. A farmácia entrega medicamentos a cerca de 1.000 pacientes por mês e disponibiliza preservativos masculinos e femininos gratuitamente.

Registro oncológico da Funfarme participa de Encontro Nacional As colaboradoras do serviço de registro oncológico da Funfarme, Maria Adélia Vasconcelos e Maria de Fátima Fernandes participaram, em outubro, de um curso de atualização na área, oferecido pela Fundação Oncocentro de São Paulo, Fosp, na capital(foto a esquerda). Já em novembro, as duas funcionárias e mais a enfermeira Luana Bertolazzi apresentaram um banner no Encontro Nacional dos Registradores de Câncer, em Bauru (foto a direita). O evento é bienal e o tema do trabalho foi “Prevalência de Diabetes em pacientes com neoplasias malignas de trato intestinal em um hospital de ensino”. 08 Revista do HB - Dezembro - 2013


Eventos

Funfarme realiza culto ecumênico de Natal na Emergência do HB Como ocorre há anos, a Funfarme recebeu lideranças do Grupo Espírita André Luiz (GAEL) e das igrejas Missão da Fé e Menino Jesus de Praga para realizarem o culto ecumênico em celebração ao Natal e para agradecer o ano de 2013. O culto aconteceu no saguão da Emergência do HB, com a presença das diretorias da Funfarme e da Famerp, de colaboradores, pacientes e acompanhantes. “Que tenhamos um Natal de muita paz e um próspero 2014”, desejou Dr. Horácio. “Precisamos ser mais humanos. É isto que realmente é válido no Natal”, completou Dr. Jorge Fares. A primeira a falar foi a pastora da Missão da Fé,

Amanda, que ressaltou o sentimento de gratidão. Depois, a líder Sandra, do GAEL, abordou a renovação da força, da luz e do espírito cristão. Padre Silvio concluiu as mensagens, destacando o amor ao próximo.

Bispo celebra missa no HCM No dia 18 de dezembro o Hospital da Criança e Maternidade realizou sua primeira missa, celebrada pelo Bispo de Rio Preto, Dom Tomé Ferreira da Silva, a convite da Funfarme. A celebração reuniu, no anfiteatro do HCM, cerca de 100 pessoas, entre diretores, funcionários e pacientes. Em seu sermão, Dom Tomé relembrou alguns ensinamentos de Jesus Cristo, agradeceu pelo convite para realizar a primeira missa da história do HMC e abençou a instituição e seus funcionários. “Foi mais um momento muito especial, para elevar os nossos pensamentos a Deus, agradecer e pedir proteção às crianças, a seus familiares e a todos os profissionais envolvidos com o hospital”, disse Dr. Antônio Carlos Tonelli Gusson, diretor de transição do Hospital da Criança e Maternidade.

“Que a missa realizada ilumine todo o hospital e que traga paz ao ambiente de trabalho”, desejou Drª Eloisa Galão, diretora de transição do HCM.

Revista do HB - Dezembro - 2013

09


Eventos da Funfarme

NATAL rima com carinho, HB recebe Coral da Unesp – Ibilce e brinda pacientes, acompanhantes e funcionários com músicas natalinas Abrindo as comemorações de Natal, o Hospital de Base recebeu no domingo, 1º de dezembro, 15 integrantes do Coral da Unesp de Rio Preto – Ibilce. A formação, que é regida pela maestrina Zuleica Moreira, percorreu os 8º, 6º, 3º, 2º andares e o subsolo, cantando músicas natalinas. No repertório, músicas tradicionais de Natal, como Hallelujah, Holy Night (Noite Feliz), Pinheirinho de Natal, Ding Dong!, Boas Festas, We Wish You a Merry Christmas, entre outras. A professora Dra. Lúcia Beccaria, da Famerp, organizou a vinda do Coral. “A intenção é abrir o mês de dezembro e as celebrações de Natal na Instituição, prestando uma homenagem aos pacientes do HB”, pontua.

Visita do Papai N HCM encanta as c

Às vésperas do natal, Hospital da Criança e M visita bastante especial.

Coral percorre os corredores do HB e HCM levando alegria aos pacientes Dezembro é mês de esperança e renovação. E com o objetivo de levar alegria aos pacientes internados no Hospital de Base e Hospital da Criança e Maternidade, o Coral da Igreja São Francisco, em parceria com a AVOHB, percorreu os corredores das instituições interpretando diversas canções como “amigos para sempre”, “então é natal” e “noites traiçoeiras”.

Pacientes do ICA ganham surpresa de natal e recebem bolos e refrigerante A voluntária Cristiane Ismael uniu-se a amigos para distribuir bolo e refrigerante no Instituto do Câncer de Rio Preto (ICA), em comemoração à data. Foram arrecadados cerca de 40 bolos e 80 litros da bebida, que foram distribuídos no Instituto, durante toda manhã do dia 17. “Quis contribuir com o tratamento dos pacientes, trazendo um pouco do espírito das festas de fim de anos a eles”, pontua Cristiane.

10 Revista do HB - Dezembro - 2013

Pequenos recebem presentes da família Noel e de voluntários Tinha brinquedos para todas as idades. Desde os menorzinhos até os mais velhos receberam presentes da ONG Estrela Guia. No dia, vieram Papai Noel, Mamãe Noel, uma dupla de duendes e auxiliares.


Eventos da Funfarme

, alegria e solidariedade

Noel ao crianças

as crianças, internadas no Maternidade, tiveram uma A Associação dos Amigos da Criança com Câncer ou Cardiopatia (AMICC) estiveram na unidade entregando presentes. Os olhos dos pequenos brilharam ao receber brinquedos das mãos do Papai Noel.

Mamães e gestantes recebem kits para complementar enxoval dos bebês A coordenadora do Serviço Social da Redentora, Angelita Marquez, esteve no Hospital da Criança e Maternidade entregando kits às grávidas. As mamães demonstraram alegria a receber roupinhas, mantas e mamadeiras doadas a seus bebês. A Paciente Carina Botassim Cochito completou 20 semanas de gestação. Ela espera a chegada de três meninas. “Fiquei muito contente com a visita. Sou mãe de primeira viagem e logo de cara vão vir três garotinhas. Os gastos com a gravidez são muitos, por isso o kit veio em boa hora. Será muito útil”, declara.

CIP e AVOHB trazem apresentação de coral e festa de fim de ano a pacientes Em comemoração ao fim de ano, a Associação de Voluntários do Hospital de Base (AVOHB) e o Centro de Pesquisas Integradas (CIP) prepararam atrações aos pacientes do setor. O coral do Centro Espírita Francisco de Assis (CEFA), formado por 12 vozes, encantou as cerca de 140 crianças e adultos que estiveram presentes na sala de espera do segundo andar, na manhã do dia 18 de dezembro. O conjunto cantou músicas que celebravam a amizade e passavam mensagens de união e esperança, como uma versão em português da canção “Imagine” do ex-Beatle John Lennon. Também foi servido um café da manhã aos colaboradores, pacientes e acompanhantes.

Fisioterapeutas e estudantes doam brinquedos a crianças e mães do HCM Profissional de fisioterapia do HB, professora e alunos de uma faculdade particular de Rio Preto também alegraram as crianças, distribuído brinquedos nas alas neonatal, UTI pediátrica e pediatria do Hospital da Criança e Maternidade.

Revista Revistado doHB HB- -Dezembro Fevereiro - 2013

13 11


Confraternização de final de ano

Festa impecável! A cada ano, os funcionários da Funfarme e suas instituições são surpreendidos. Em 2013 não foi diferente. Realizada em um novo espaço – no belo salão de um buffet recém-inaugurado –, a festa de confraternização foi um sucesso em todos os sentidos. Cardápio delicioso e um show especial da banda Madre Santo cuja qualidade foi tamanha que aproveitou para gravar o seu DVD. Mas nada disso faria sentido sem a já tradicional alegria dos cerca de 1.000 funcionários

Revista do do HB HB -- Dezembro Março - 2013 - 2013 12 12 Revista

e familiares, que se confraternizaram, cantaram e dançaram sem parar. A festa foi prestigiada pela diretora adjunta de Extensão de Serviços à Comunidade da Famerp, Dr. Lúcia Beccaria, representando a diretoria da faculdade, os deputados Eleuses Paiva e Orlando Bolçone, o membro do Conselho Nacional de Saúde, Julio Caetano, e o presidente do Conselho Municipal de Saúde de Rio Preto, Rogério Vinicius dos Santos, entre outras autoridades. Destaque também para os voluntários da Avohb que, a convite da Diretoria da Funfarme, participaram do evento.


Confraternização de final de ano

Revista Revistado doHB HB- -Dezembro Fevereiro - 2013

13


Confraternização de final de ano

14 Revista do HB - Dezembro - 2013


Confraternização de final de ano

deu-n

no im de a ção de f grante do HB.” a iz n r te nfra inte s par te ta de co r da fes te somo a AVOHB a n e ip c lm ti a r a d “P ente que re teza de Siqueir a, presid os a cer ísa Helo

Revista do HB - Dezembro - 2013

15


Confraternização de final de ano

ar, r confraterniz prazer pode de venciar o vi an s, gr do um to fora com “É sempre sa er nv co sco.” r ga cadeira cono ontrair e jo tram na brin da TI brincar, desc en s re to re di sta. Até os oso, analista de sistemas espírito da fe Fr ag r

Thiago Sole

16 Revista do HB - Dezembro - 2013


Confraternização de final de ano “Realmente foi uma grande festa. Local amplo, de visual bonito. Cardápio de muito bom gosto. As pessoas estavam felizes! Parabéns pela organização, pois nossos funcionários merecem.” Edna Castro, enfermeira

Revista do HB - Dezembro - 2013

17


Confraternização de final de ano

Os sortudos... A confraternização de 2013 teve recorde de prêmios. Entre os artigos sorteados estão: duas motos, um iPhone, cinco TVs, dois condicionadores de ar, cinco tablets, um videogame Xbox, uma filmadora, um GPS, duas máquinas digitais fotográficas e uma diversidade de eletrodomésticos. A diretoria da Funfarme, mais a comissão organizadora e autoridades subiram ao palco, espalharam os cupons no chão e, dali, fizeram os sorteios. Confira nas fotos os ganhadores! “Senti-me muito emocionada com a premiação, estou muito agradecida por ter ganhado uma moto. Este prêmio me ajudou muito.” Klitia Rosana Oliveira, funcionária da oftalmologia

18 Revista do HB - Dezembro - 2013


Confraternização de final de ano

ade de qualid ndimento te os a id b s, e e c liz re fomos essoas fe e p u q l, ve im á d ss agra ! Foi a “Ambiente da muito animada o do HB.” n a b a ternizaçã rmeir a do CEP a m fr n eu o c e d enfe na festa Pereir a, nca

ciana Fr a

Kátia Lu

Revista do HB - Dezembro - 2013

19


Confraternização de final de ano

20 Revista do HB - Dezembro - 2013

12 revista hb dezembro 2013  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you