Issuu on Google+

BRIGHT Bussaco´s Recovery of Invasions Generating Habitat Threats Colóquio “As invasoras e a Malta” – MONTIS ACN


!"#$%$"&$'()*$+",)"-./$')" !!"#"$%&%"'%()*+%,"-*"./0%(*"1$'.2"" •! 345"6%"-7"8%&9):;+)*"+%&/9%,"7"(/,&/9%," •! <"=+)-%-7>"-7"8%)>%?7:" •! @*+%" -7" &9%+>)0A*" B)*(,):CD(%" 1:7-)&799E+)(*" F" %&,E+D(*2G" "


O ADERNAL


Mata Climácica: Habitats naturais constantes da DireAva Habitats

:: Matagais arborescentes de Laurus nobilis (5230) Louriçais (ou loureirais) (5230pt1) :: Carvalhais galaico-portugueses de Quercus robur e Quercus pyrenaica (9230) Carvalhais de Quercus robur (9230pt1) :: Matos termomediterrânicos pré-desérDcos (5330) Medronhais (5330pt3) :: Habitat não descrito na DireDva Habitats uma variação não descrita do Habitat 5330, Matos termomediterrânicos pré-desérDcos - ADERNAL


0"!,:5*$+" !!"J*+&9%9)%:7+&7"%*>"$7-9*+6%)>Q"7R)>&7" /:%"(,%9%"-*:)+E+()%"-*>"%-79+*>" 112*++0$-"&+"34(+*"2"-7"B)5%:"$5@C5:)" DEFGHFFIJQ"%,?/+>"+*&CK7)>G" " !!"S:"%,?/+>",*(%)>"*"8*K*%:7+&*"-7" %-79+*>"N"B5$A'$<:*%:"B.5)Q"T*9:%+-*"/:" B*>U/7"(*:"(*8%-*"-7+>*Q"*+-7"+A*" *(*997:"*/&9%>"7>8N()7>"%9B;97%>G"" " !!"O%B)&%&":K%5:<$<:*%:"5:6(+(:*%:":" :6%=8:+" " #-79+*"""112*++0$-"&+"34(+*"2""


2+:8$,$",(8:56(,$,:"L$.*M6A'$" >>"R:5%:@5$,)6>":%)>"-7"354"7>8N()7>G" 7+$66:"

&N":6BO'(:6" !<:$/$,)6 :*,:<(6<)6" PB5)%:Q(,)6"

V7)R7>"

W"

H"

<"

#+XB)*>"

34"

H"

<"

YN8&7)>"

3<"

3"

3"

#K7>"

ZW"

M"

L"

$%:[T79*>"

IW"

W"

H"

>>"S*8:5%:@5$,)6>":%)>"-7"W44"7>8N()7>G"


FLORA EXÓTICA INVASORA

UMA AMEAÇA PARA O ADERNAL


Y$%5(<C*()"*$%.5$+"G"T+)5$" !<:$/$6"$)"!,:5*$+""G"":6BO'(:6":KCA'$6"(*8$6)5$6""

$):*>%"15.".*"&6-"+)"7"2""

#/>&9C,)%"15.".*"&8-+"'(90+('2""

_%,>*L)+(7+>*"11*:(%/($#8&#'6#+"7#82""

S9K%L-%LT*9&/+%"1;$"6-%."'3"&<#8*'-'%*%="


PROTECÇÃO DO ADERNAL •  ReacDvação/ Operação de Viveiro e Beneficiação de Autóctones •  Controlo e Irradicação de Flora ExóDca Invasora •  Acções de sensibilização e envolvimento de públicos • 

Empresas

• 

Escolas

• 

Público em geral


3:$'A8$/;)",:"8(8:(5)":"@:*:Z'($/;)",:"$.%C'%)*:6"


Controlo de flora exóAca invasora


Invasoras herbáceas Tradescan.a fluminensis


Metodologias de intervenção aplicadas :: Realizados vários ensaios piloto


Cobertura e abafamento de รกreas invadidas com tela


! Tradescan3a fluminensis resultado de cobertura com tela após 2 anos Tratamento eficaz mas de logísDca diXcil quando as áreas são grandes


;$"6-%."'3"&<#8*'-'%*%& S+9*,%:7+&*"-7"&%87&7>"


Tradescan3a fluminensis Criação de pilhas sem tratamento adicional As pilhas tornam-se focos de reinvasão


Tradescan3a fluminensis Criação de pilhas de material removido, que são reviradas regularmente com aplicação local de herbicida


!

Tradescan3a ďŹ&#x201A;uminensis resultados em parcelas com controlo seguido de plantação de vinca e controlos de seguimento, em 2014

!


i)&/%0A*"%8;>"%"97:*0A*"-7";$"6-%."'3"&<#8*'-'%*%&7:"C97%>"-7"(*+>79K%0A*"


j97%"-7"(*+>79K%0A*"(*:")+&79K7+0A*"7:"&9%-7>(%+D%"k"7>U/79-%Q"7">7:" )+&79K7+0A*"k"-)97)&%Q"7:"H435"


Y7?7+79%0A*"+%&/9%,"%8;>"%"97:*0A*"-7";$"6-%."'3"&<#8*'-'%*%&7:"C97%>"-7" (*+>79K%0A*Q"7:"H435"


Y7?7+79%0A*"+%&/9%,"%8;>"%"97:*0A*"-7";$"6-%."'3"&<#8*'-'%*%&7:"C97%>"-7" (*+>79K%0A*Q"7:"H435"


Invasoras lenhosas Acacia dealbata, Acacia melanoxylon, Pi9osporum undulatum, Ailanthus al.ssima


Metodologias de intervenção aplicadas :: Exemplares de pequeno porte: Arranque :: Exemplares de médio porte: Descasque, descasque + herbicida, perfuração e injecção de herbicida :: Exemplares de grande porte: descasque + herbicida, perfuração e injecção de herbicida, corte com pincelagem imediata de herbicida


Descasque


!

Descasque de Pi:osporum undulatum no adernal, em intervenção conjunta com remoção de Tradescan3a fluminensis


P7>(%>U/7"-7"%(C()%>"-7"?9%+-7"8*9&7"


Perfuração e injecção de herbicida sistémico, em áreas de conservação – á a única técnica com resultados significaAvos na espécie Ailanthus al.ssima

!

!


Controle inicial


Controle de seguimento


7)*%5)+:",:"6:Q.(<:*%)"


O Descasque ĂŠ um trabalho minucioso, que tem que ser realizado de forma detalhada e consistente.


Parcelas com elevadas taxas de invasão, após intervenções iniciais tendem a: •  Ter uma elevada germinação do banco de sementes, sobretudo quando há pouco ensombramento •  Apresentar rebentações de touça/ raíz de árvores onde a aplicação do fitocida ou o descasque não ficou bem feito


Rebentação de Raiz


Resultados que demoram tempos diferentes a terem o efeito pretendido. A eficiência obAda depende muito da qualidade da execução do trabalho.


Trabalhos de beneficiação com plantação de autóctones


j97%"-7"97(*+K79>A*"7:"B*:"-7>7+K*,K):7+&*"7"(*+>*,)-%0A*"


H43I"


2014


H435"


H43W"

#(&/%,:7+&7!" " •! #89*R):%-%:7+&7"<Z"6%"-7"C97%"(*:")+&79K7+0f7>" -7"(*+&9*,*b")99%-)(%0A*"-7"n*9%"7R;D(%")+K%>*9%" •! #89*RG"<4G444"8,%+&%0f7>"-)>&9)B/[-%>"87,%>"C97%>" )+&79K7+()*+%-%>"


Monitorização de resultados do projecto


Flora -  -  - 

Resultados posiDvos ao nível de habitats degradados Aumento significaDvo da regeneração natural pela remoção de Tradescan3a fluminensis Em suma verifica-se um controlo eficaz das principais espécies intervencionadas pelo projecto

Fauna -  -  -  - 

A comunidade de aves foi beneficiada com o projecto BRIGHT, nomeadamente em áreas de reconversão Os anXbios, peixes e répteis não parecem significaDvamente afectados com os resultados do projecto Os micromamíferos foram beneficiados pelas intervenções, nomeadamente em áreas de reconversão Prevê-se um impacto/ evolução posiDvos nos quirópteros e carnívoros a médio prazo, em áreas de reconversão


Bussaco‘s Recovery of Invasions Generating Habitat Threats Colóquio “As invasoras e a Malta” – MONTIS ACN


Colóquio as invasoras e a malta