Page 1

Ano IV - nยบ12 - outubro de 2011

Inf rme


O nosso Hospital oferece atualmente os equipamentos mais sofisticados no mercado para o tratamento de oncologia, mas ainda assim, acreditamos que a melhor forma de curar pessoas é com pessoas. Para garantir que todos, sem distinção, recebam um atendimento digno, mantemos o foco em duas palavras: Ser humano. É a partir dessa visão, que lembramos que nosso objetivo principal não é somente combater uma doença e sim salvar vidas, cuidar de pessoas. As duas palavras também nos recorda que além de um profissional eficiente e capacitado, precisamos oferecer amor e carinho, e por mais que nos preocupemos com a técnica e ofícios da profissão, acima de tudo, eles precisam que nós sejamos humanos. Caro leitor, nesta edição você poderá comprovar que Atendimento Humanizado no Hospital do Câncer de Muriaé, da Fundação Cristiano Varella além de um diferencial, é também uma questão de princípio. Em cada editoria, é possível identificar ações que foram desenvolvidas nos diversos setores, a fim de garantir qualidade de vida aos nossos pacientes. Boa leitura.

Av. Cristiano Ferreira Varella, 555 - Bairro Universitário - Muriaé/MG CEP 36880-000 Tel.: (32) 3729-7000 www.fcv.org.br

Sérgio Henriques Diretor da Fundaçao Cristiano Varela Hospital do Câncer de Muriaé

Esta é uma publicação do Hospital do Câncer de Muriaé Diretor Administrativo Sérgio Henriques Coordenação Marketing Dulce Silvestre Reportagem: Larissa de Assis Colaboração: Nathan Lima Produção Gráfica: Larissa de Assis Tiragem: 3.000 exemplares

SUMÁRIO MEIO AMBIENTE

3

Sistema de Gestão Ambiental supera meta de reciclagem

HUMANIZAÇÃO

4 2

Terapia através da musica ajuda a amenizar estresse do combate ao câncer

6QUALIDADE

Hospital conquista Acreditação Nível II concedida pela ONA

7CIÊNCIA

Instituição realiza Jornada de Cirurgia Geral em parceria com o Colégio Brasileiro de Cirurgiões


Meio Ambiente

Tendo como um de seus pilares a sustentabilidade, o Hospital do Câncer de Muriaé, da Fundação Cristiano Varella (FCV), prova que o assunto é levado a sério dentro da instituição e que seus colaboradores estão cada vez mais conscientes de sua responsabilidade ambiental. Com a implantação do projeto “Recicla Mais”, criado pelo Sistema de Gestão Ambiental (SGA), a instituição faz o descarte correto do lixo e ainda passou a reciclar alguns materiais. A meta de reciclagem de lixo é de 25% do total produzido, mas no mês de setembro o Hospital conseguiu reciclar 34% dos insumos. A conquista é resultado do trabalho realizado pelo SGA, mediante suas ações e treinamentos com os colaboradores. O programa que integra a reciclagem e reutilização deve garantir a destinação ambientalmente adequada dos resíduos, conforme está previsto na lei. Além disso, também atua na sensibilização dos pacientes e acompanhantes para a separação de resíduos recicláveis, diminuindo assim, o volume de resíduos enviado ao aterro

controlado. Para isso, os acompanhantes são instruídos semanalmente em reuniões das enfermarias clínicas/cirúrgicas, ambulatório de quimioterapia e "in loco", para a correta segregação de resíduos recicláveis. A supervisora do SGA, MS. Claudine Silvestre, diz que a conquista é reflexo da colaboração de todos os funcionários e parcerias estabelecidas pelo setor. “Toda ação que beneficia o meio ambiente é resultado de um trabalho em conjunto, e em nosso Hospital não foi diferente. Desta forma, estamos mostrando para a sociedade que a nossa preocupação vai além de garantir o melhor tratamento, como também qualidade de vida ao meio em que estamos inseridos”. Parceiros na reciclagem: Papel / papelão: Muriaço Plástico / papel: Demsur Resíduos orgânicos: Fazenda Bougainville Lâmpadas: HC Metais Yaloés Plástico: Químico

73


Humanização

MUSICOTERAPIA Melodia que faz bem a alma e ao corpo

O remédio agora tem som, acordes e melodia. No lugar do estetoscópio, o violão é o instrumento utilizado. Desta vez, ninguém fala, simplesmente canta e a medicação agora vai do ouvido para o coração. Essa descrição, por mais que seja incomum, define um pouco de como o tratamento com musicoterapia é aplicado no Hospital do Câncer de Muriaé da Fundação Cristiano Varella. Em janeiro de 2011 a terapia através da música foi implantada na instituição com o objetivo principal de reduzir a ansiedade e estresse dos pacientes e acompanhantes durante os períodos de tratamento e internação. Inicialmente o serviço foi aplicado às enfermarias de quimioterapia e clínica, atendendo a solicitação do Núcleo de Cuidados Paliativos e agregando mais um serviço à equipe multidisciplinar. Os atendimentos na Enfermaria Clínica acontecem no próprio quarto e são oferecidas músicas à escolha dos pacientes, acompanhadas ao violão e voz, pela musicoterapeuta Simone Soares Corrêa. Já na Enfermaria de Quimioterapia acontecem atendimentos em grupo, sendo um com crianças e outro com

4

adultos. O que parece ser simples, na verdade, está fazendo a diferença na vida de muitos pacientes. A musicoterapeuta relatou que certa vez atendeu uma senhora (52 anos, câncer pulmonar e com metástase cerebral) que quase não interagia com as pessoas devido o agravamento da doença, mas graças às “visitas musicais” começou a se expressar. “No primeiro atendimento ela respondeu sussurrando que preferia MPB, mas o que me emocionou foi ver que ela se esforçava para acompanhar o ritmo das músicas batendo os dedos levemente no colchão”. Cantar pode até não espantar todos os males, como apregoa a sabedoria popular, mas a utilização de sons, ritmos e melodias ajuda a restabelecer a saúde de alguns pacientes. Simone explicou que a música atua diretamente sobre os sentimentos dos pacientes, aliviando tensões e proporcionando descontração, prazer e bem-estar através das canções. “As respostas à música, muitas das vezes, são imperceptíveis, mas o que marca são as expressões, os olhares, sorrisos e a demonstração de gratidão pela experiência vivida ”, disse.


Projetos

Humanização

Como importante ferramenta de humanização, a musicoterapia também é realizada na brinquedoteca da instituição, onde foram adquiridos alguns instrumentos musicais. O local foi criado para entreter e trazer um pouco de lazer para as crianças que estiverem em tratamento. Além de uma terapia para as crianças, que com o ]s instrumentos acabam se entretendo e esquecendo um pouco do ambiente hospitalar, a musicoterapia também ajuda no desenvolvimento e coordenação motora. Mas os adultos também estão tão envolvidos quanto as crianças. Estão previstos mais dois projetos envolvendo a música como terapia: o primeiro deles é a redução de ansiedade e alteração de humor em pacientes internados em cuidados paliativos. O segundo projeto é levar as sessões de musicoterapia à Casa de Apoio.

úsica para

colaboradores

Além dos pacientes os colaboradores do Hospital do Câncer de Muriaé também se relacionam com a música. Assistentes administrativos, enfermeiros, atendentes de telemarketing, nutricionistas e dentre outros profissionais também se tornaram “cantores”. Há quatro meses foi criado o Coral FCV que tem por objetivo amenizar o estresse dos funcionários e incentivar atividades sócio-culturais dentro da instituição. O grupo se apresenta nos eventos realizados pela instituição e recebe acompanhamento de uma professora de música durante os ensaios, onde também aprendem sobre técnica vocal e teoria musical. Com o objetivo de atender a todos os públicos, contam com um repertório bem eclético, desde músicas religiosas, populares e eruditas.

5


Qualidade/Humanização

Qualidade à vista Hospital busca Acreditação Nível II

O Hospital do Câncer de Muriaé busca nesse segundo semestre de 2011 certificar as boas práticas de gestão de qualidade, por meio da Acreditação Hospitalar Plena Nível II, concedida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA).No mês de setembro, o Hospital recebeu a equipe de avaliadores do Instituto Qualisa de Gestão (IQG) para uma visita de manutenção do Nível I de Acreditação, conquistado em 2008. Durante a visita também foram avaliados requisitos relacionados à pré-certificação Nível II, já que nos dias 19, 20 e 21 de outubro está previsto a avaliação definitiva. De acordo com a coordenadora da Qualidade do HCM, Andreza de Souza e Silva a certificação avalia a interação entre os processos que refletem na eficácia do atendimento e tratamento do paciente. “O paciente é o nosso foco de atenção e com a Acreditação, eles podem contar com serviços controlados, que conferem mais segurança e qualidade, além da melhoria contínua na gestão hospitalar”. Na edição de abril deste ano da revista “Melhores Práticas em Saúde, Qualidade e Acreditação” foi divulgado um mapa de acreditação nacional, no qual comprova que são poucas as instituições que possuem esses títulos. Dos aproximados sete mil hospitais públicos e privados registrados, somente cerca de 200 deles possuem certificação em qualidade ONA.

rupo de Trabalho da Humanização Gé apresentado em Congresso Brasileiro O Congresso Brasileiro de Humanização da Saúde em Ação é o evento que, desde 2001, reúne agentes de transformação para a discussão, aprimoramento e disseminação da humanização. Com o intuito de possibilitar uma reflexão aprofundada sobre esse conceito e aprimorar as técnicas que já são realizadas na instituição, é que as coordenadoras do Grupo de Trabalho da Humanização (GTH) do Hospital do Câncer de

NIZAÇÃO H GUTM HA

HUMANIZAÇÃO

SALVADOR

LVADOR FCV SALVG SAC R F AD TOH V GTH

SALVADOR

6

Muriaé, Rose Duarte e Cynthia Avelino, participaram da sétima edição do evento em Salvador, Bahia. Durante o Congresso, foram apresentados novos projetos, casos de sucesso como do e principais tendências do setor. O tema deste ano foi “Comunicação e Liderança na atenção e gestão de saúde” decorrente de pesquisa realizada em 2010 junto a um universo de 2200 profissionais e estudantes de saúde em 11 cidades do Brasil. Além de assimilar novos conhecimentos e interagir com outras instituições, as representantes de Muriaé ainda fizeram apresentação em uma mesa redonda, durante um dos mini-cursos que estava sendo realizado. Empolgada por terem extrapolado o número de participantes por sala, a coordenadora Rose Duarte diz que o Hospital do Câncer de Muriaé despertou curiosidades e impressionou aos presentes. “ O que sentimos com a apresentação é que havia uma curiosidade por parte das pessoas em conhecera instituição que apesar de nova, já está trabalhando com a humanização desde que foi construída e incutindo essa prática em todos os setores”.

FCV

HUMANIZAÇÃO SALVADOR

GTH FCV

SALVADOR

GTH FCV


Ciência

Serviço de fisioterapia é reconhecido em congresso nacional

Nos dias 3 e 4 de setembro, em Santos, São Paulo, aconteceu o IV Congresso Brasileiro de Fisioterapia em Cirurgia de Cabeça e Pescoço. O evento é realizado a cada dois anos, e reúne os melhores profissionais de fisioterapia de todo o país. Na edição deste ano O Hospital do Câncer

de Muriaé marcou presença com uma de suas profissionais, a fisioterapeuta, Benelize Milani, como palestrante. Foram abordadas várias técnicas reabilitativas, apresentação de resultados e discussão de seus trabalhos em mesa aberta para debate. Segundo Benelize os serviços do Hospital estão muito avançados. “Nosso processo de reabilitação é bem mais rápido do que o de outras instituições. Estamos bem com os parâmetros nacionais, se comparado com hospitais de grandes centros. Na verdade, existem casos em que nossos índices são melhores do que outros de referência nacional”. O serviço de fisioterapia atua na prevenção e no suporte aos pacientes que evoluem com complicações clínicas devido ao tumor ou durante o seu tratamento.

I Jornada de Cirurgia Geral em parceria com o CBC

Conhecimento e crescimento. Esse é o intutuito da I Jornada de Cirurgia Geral do Colégio Brasileiro – Capítulo de Minas realizada nos dias 7 e 8 de Outubro em parceria com o Hospital do Câncer de Muriaé da Fundação Cristiano Varella. O evento contou com a presença de profissionais locais, de Belo Horizonte, Juiz de Fora, Cataguases, Viçosa e Manhuaçu. Além disso, houve apresentação do Coral da FCV. A Jornada tem por objetivo promover a interação entre os profissionais para discutir e obter progressos na cirurgia em todo Estado através da própria experiência dos médicos. O reconhecimento que a instituição tem no Estado foi a razão principal de terem trazido o evento para Muriaé. Segundo o Primeiro Secretário do Colégio Brasileiro de Cirurgiões (CBC), Agnaldo Soares Lima, o órgão tem como meta realizar constantemente eventos em Minas Gerais. Geralmente e essas parcerias acontecem com hospitais, grupos de médicos e demais

instituições. “A Fundação Cristiano Varella é muito bem vista pela sua capacidade instalada, capacidade física como profissional e quando idealizamos a Jornada tínhamos certeza que certamente teria muito a contribuir para essas discussões”, disse. O Hospital do Câncer de Muriaé se tornou referencia na promoção de eventos como estes, já que até o mês de outubro foram realizados 15 ao todo. A instituição tem como responsabilidade promover ações que integram a sociedade científica, a fim de promover conhecimento, aprendizado e qualificação profissional.

7


FUNDAÇÃO

H O S P I TA L D O C Â N C E R D E M U R I A É

REDES SOCIAIS Agora ficou mais fácil interagir com a nossa instituição. Acesse as nossas redes sociais e fique por dentro de todas as ações que envolvem o Hospital e principais notícias sobre o combate ao câncer.

DEPOIMENTOS Feliz presença aqui, União em benefício de tantos, Norte és de muitos, Dádiva benquista, Através de ti tanto bem, Çaber de ti é descanso Anseio contemplas, sempre, Olhar-te é confiar.

Como agradecer-te? Reconheço o teu valor, Inspiro-me ao ver-te, Satisfaço-me com teu cuidado, Tenho-te, sempre, Internamente contemplo-te, Amo teus colaboradores, Nunca desejo algo além de ti, Oro ,a Deus,sempre,por tI

Originalmente publicado no mural de Fundação Por: Stela Dalva Abreu Silva Fonte: Facebook

Venho dizer-te: Adotas, Recuperas, Entendes, Laboras, Livras, Amas. Obs: Saber-te é com s,mas fiz uso do fonema /s/.

INFORME OUTUBRO 2011  

Informativo do Hospital do Câncer de Muriaé da Fundação Cristiano Varella. Asscom: Larissa de Assis E-mail: lassis@fcv.org.br

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you