Page 1

Newsletter Digital . Julho | 2018 . Nº 74

ACONTECE HISTÓRIA DE VIDA: jovem deixou de vender água em semáforos para se tornar aprendiz do PET e hoje é funcionário da empresa Elmo Calçados (Págs. 2 e 3)

CONFIRA AINDA NESSA EDIÇÃO:

Capacitação para o mercado de trabalho para jovens da região do Barreiro

Repasse de donativos arrecadados em campanha do agasalho da CMI/Secovi-MG

Ação voluntária dos aprendizes do PET na Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte

(Pág. 4)

(Pág. 5)

(Pág. 6)

REPRESENTATIVIDADE EM EVENTOS ü Posse - Presidência do

Rotary Club ü Festa Junina CDL Jovem

Aprendizes do PET participam da Caravana Conapeti

Apoio à campanha ‘Todos pelo Caio’

(Pág. 6)

(Pág. 7)

ü Posse - Governadoria do

Lions Club (Pág. 8)


ACONTECE

Newsletter Digital . Julho | 2018 . Nº 74

HISTÓRIA DE VIDA Tierry Rodrigues Bomfim, 18 anos, ex-aprendiz do Programa Educação & Trabalho (PET), saiu da realidade de vendedor de água nos semáforos de Belo Horizonte, em uma situação de trabalho infantil, para se tornar aprendiz do PET e, hoje, graças a seu esforço e bom desempenho, conquistou o cargo de estoquista na Elmo Calçados. Tierry conta como o PET o ajudou em sua trajetória profissional e contribuiu para que ele pudesse chegar aonde chegou. Por Andressa Guimarães

Antes de ser contratado pela Elmo, você foi aprendiz do Programa Educação e Trabalho. Como foi essa experiência? Foi uma experiência única e uma oportunidade mais que especial. Foi a chance que eu tive de parar de vender água nas ruas. Quando eu vi essa oportunidade, eu a agarrei com todas as forças e foi a melhor coisa que eu poderia ter feito na vida. Com o PET, conheci várias pessoas diferentes e especiais, e cada um deles me marcou de alguma forma. Irei carregar essa experiência pelo resto da minha vida.

Como era a sua vida antes de ser aprendiz do PET? Porque você escolheu entrar no Programa? Eu sempre trabalhei vendendo algo na rua... Eu tinha até um plano de marketing para as minhas vendas, que era vender fantasiado de Zorro, mas chegou uma hora que não deu mais para eu continuar ali. O momento mais intenso e complicado foi quando alguns rapazes que vendiam paçoca em outro sinal vieram me agredir, me bateram e me deram socos pelo simples motivo de eu vender mais do que eles. Infelizmente, às vezes a felicidade e o sucesso da gente incomoda os outros. Até hoje não entendo isso, mas acredito que tudo tem seu sentido, porque hoje minha vida tomou um rumo que eu nunca imaginava.

Quais oportunidades o PET te proporcionou? Além de ter me proporcionado um grande conhecimento e a experiência profissional, o PET me fez ver a vida com outros olhos porque, com tudo que aconteceu, eu teria vários motivos para me tornar um jovem revoltado com a vida, mas Deus não deixou que isso acontecesse. Depois de uma semana que havia parado de vender a água na rua, eu recebi uma ligação da Fundação CDL Pró-Criança me convidando para participar de um processo seletivo, que é a semana das Oficinas Introdutórias para o Mercado de Trabalho. Eu sempre fui animado para fazer essas coisas, mas, depois do episódio da agressão, eu estava meio desanimado de tudo. Porém, mesmo desanimado, eu fui fazer o processo e, no decorrer daquela semana, algo despertou em mim a esperança de recomeçar e esquecer o que havia acontecido. Os exercícios que eram pedidos, eu fazia com maior amor, até Power Point eu montava. Me dediquei bastante e aí, depois de um tempo, recebi o retorno e soube que havia sido aprovado no processo seletivo, mas que eu deveria aguardar uma empresa que se interessasse pelo meu perfil e essa empresa foi a Elmo. No dia da entrevista, eu tentei ser bem espontâneo na entrevista, falei tudo o que me era perguntado e tentei ao máximo mostrar minha vontade de trabalhar. No final, deu tudo certo e eu conquistei a vaga de aprendiz na Elmo. Esse dia foi uma alegria imensa para mim, pois isso renovou minhas forças e minhas esperanças em novo caminho para a minha vida, um caminho que seria melhor, eu tinha certeza.


ACONTECE

Newsletter Digital . Julho | 2018 . Nº 74

Que aprendizado você pôde obter das suas experiências no PET e utilizar no atual emprego? Basicamente, tudo! Eu dava o meu melhor para aplicar no meu dia a dia na empresa tudo que os professores ensinavam durante o curso teórico. Com o PET, eu adquiri conhecimentos como oratória, informática, português e matemática, além de aprender como fazer um bom atendimento, como me comportar dentro da empresa e, principalmente, aprendi que devemos sempre tentar nos colocar no lugar do outro. Percebi que isso é algo essencial para termos um bom relacionamento no ambiente de trabalho.

Quais dicas você dá para os jovens que estão iniciando sua carreira? O principal que eu sugiro a eles é dar o seu melhor, sempre. Além disso, tentar ser proativo e procurar sempre ter uma boa relação com os colegas de trabalho. Quando somos aprendizes, o nosso contrato é por tempo determinado e, ao final dele, podemos ou não ser efetivados. Porém, eu destaco que, quando encontramos uma porta aberta, devemos sair e deixa-la aberta, porque nunca sabemos quando poderemos precisar dela novamente no futuro. Por isso que eu falo, é muito importante valorizarmos essa oportunidade que a vida está nos dando, tentar dar o nosso melhor, sempre, e criar bons relacionamentos dentro da empresa. Outra coisa que eu digo, sempre, é para os jovens nunca desistirem de seus sonhos e acreditarem no tempo de Deus, porque só Ele sabe das coisas. Quem diria que eu, que vendia água nas ruas, me tornaria um aprendiz e, hoje, um Estoquista.

No final das contas, hoje eu só tenho a agradecer, em primeiro lugar, a Deus, por ter aberto os caminhos da minha vida e me guiado até aqui. Além disso, agradeço muito a todos da Fundação CDL, que me acolheram, me orientaram e me ajudaram a chegar até aqui e agradeço, também, à minha equipe de trabalho na Elmo. Tenho uma equipe maravilhosa, sinto que eles gostam de mim e sempre estão lá para me ajudar. Enfim, gratidão resume bem tudo que sinto hoje!

É graças à parceria com as empresas que o Programa Educação & Trabalho (PET) transforma a vida de jovens como Tierry. E a sua empresa também pode ser um agente da transformação social. Entre em contato com a Fundação CDL Pró-Criança e contrate agora mesmo um aprendiz: (31) 3249-1885.


ACONTECE

Newsletter Digital . Julho | 2018 . Nº 74

FUNDAÇÃO CDL PRÓ-CRIANÇA PROMOVE CAPACITAÇÃO PARA O MERCADO DE TRABALHO PARA JOVENS DA REGIÃO DO BARREIRO Por Andressa Guimarães

No dia 31 de julho, a Fundação CDL Pró-Criança promoveu, em parceria com a Comissão Fé e Esperança, a cerimônia de certificação dos jovens capacitados nas Oficinas Introdutórias ao Mercado de Trabalho realizadas na instituição, cuja sede está localizada no bairro Vila Pinho (Barreiro). A cerimônia contou com a presença do presidente da Dumont Fomentos, Alexandre Dumont, que é um dos investidores sociais da Comissão Fé e Esperança; do presidente da Comissão, Paulo Eduardo de Almeida; e da supervisora de Recursos Humanos da Fundação CDL, Isabela Medeiros. De 23 a 26 de julho, o instrutor de treinamento da Fundação CDL, Felipe Marques, ministrou as Oficinas Introdutórias ao Mercado de Trabalho para 40 jovens residentes na comunidade da Vila Pinho. A atividade teve como objetivos capacitar os jovens da região para o mercado de trabalho e inseri-los no processo seletivo para as vagas de jovens aprendizes do Programa Educação & Trabalho (PET). Na ocasião, os jovens tiveram oportunidade de realizar diversas atividades nas quais foram trabalhados conteúdos e práticas importantes para o ambiente corporativo, como Inteligência Emocional, Gestão por Competência, Ética e Marketing Pessoal. As Oficinas contribuíram para ampliar a visão dos jovens em relação ao início da trajetória profissional e permitiram, ainda, o aprimoramento de algumas habilidades, como a proatividade e a comunicação.

Teia das Competências: instante em que cada jovem pôde apontar uma qualidade e um ponto a melhorar.

Pegadas: dinâmica que possibilitou o diagnóstico de um Projeto de Vida e do Trabalho em Equipe.

Questionário de Ética: momento de reflexão das ações humanas e suas possíveis consequências.

Dinâmica das Profissões: reconhecendo algumas alternativas no Mercado de Trabalho.


ACONTECE

Newsletter Digital . Julho | 2018 . Nº 74

FUNDAÇÃO CDL PRÓ-CRIANÇA REPASSA DONATIVOS ARRECADADOS EM CAMPANHA DO AGASALHO DA CMI/SECOVI-MG Por Andressa Guimarães

A Fundação CDL Pró-Criança realizou, no dia 31 de julho, o repasse de aproximadamente 150 quilos de doações contendo roupas e calçados, femininos e masculinos, infantis e adulto. As entidades beneficiadas foram a instituição de acolhimento Abrigo Irmão Fábio, onde residem crianças retiradas do convívio familiar por determinação do Poder Judiciário, e o Núcleo Assistencial Caminhos para Jesus, que presta assistência e amparo a crianças, adolescentes, adultos e idosos em situação de vulnerabilidade social. As doações foram provenientes da campanha do agasalho organizada pela Câmara do Mercado Imobiliário e Sindicato das Empresas do Mercado Imobiliário de Minas Gerais (CMI/Secovi-MG), que arrecadou cerca de meia tonelada de donativos, entre agasalhos, cobertores, roupas de cama, sapatos e roupas em geral. Cerca de 30 empresas do mercado imobiliário foram pontos de arrecadação das doações e, além da Fundação CDL Pró-Criança, outras três instituições também foram beneficiadas com os donativos arrecadados pela campanha: Cidade Refúgio, que abriga ex-moradores de rua e dependentes químicos, na área rural de Raposos; a Paróquia Bem-Aventurada Dulce dos Pobres, localizada no Aglomerado da Serra; e o Lar Senhor Bom Jesus, que acolhe idosos no bairro Aparecida. A presidente do Conselho Empresarial da Mulher da CMI/Secovi-MG, Patrícia Simões, destaca o alto índice de adesão à campanha deste ano: além dos profissionais do segmento, muitos clientes levaram seus donativos às empresas participantes. "Ficamos muito contentes de ver um engajamento tão grande por parte de tantas pessoas. Mas, muito além de arrecadar agasalhos, nosso objetivo principal foi de levar também amor e carinho a cada pessoa que foi beneficiada com uma peça de roupa, queremos que essa pessoa se sinta, de alguma forma, acalentada e lembrada pelas demais pessoas da sociedade que fizeram aquela doação".


ACONTECE

Newsletter Digital . Julho | 2018 . Nº 74

APRENDIZES DO PET REALIZAM AÇÃO VOLUNTÁRIA COM PACIENTES DA SANTA CASA Nos dias 25 e 26 de julho, 44 aprendizes do Módulo Mundo Jovem III, do Programa Educação & Trabalho (PET) realizaram uma ação voluntária com os pacientes internados no Hospital Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte. A atividade teve como objetivo principal promover o desenvolvimento humano e a sensibilização para diversas situações que a vida apresenta. Em pequenos grupos, todos se organizaram de modo a contribuir para tornar o ambiente mais humanizado e acolhedor. Com os pacientes infantis, foram desenvolvidas oficinas de balão e pintura facial e, com os pacientes adultos, os jovens realizaram limpeza de pele, maquilagem e spa das mãos. Um grupo de aprendizes alegrou a todos com música e violão. Os jovens demonstraram compreensão e entendimento das competências comportamentais que são fundamentais na formação profissional, como empatia, criatividade, controle emocional, respeito às diferenças e facilidade de trabalho em equipe.

APRENDIZES DO PET PARTICIPAM DA CARAVANA CONAPETI A convite do Fectipa/MG, no dia 9 de julho, 19 alunos do Módulo Introdutório, que estão iniciando sua trajetória no mercado de trabalho por meio do Programa Educação & Trabalho (PET) , participaram do encontro realizado pela Caravana Conapeti, promovida pelo Comitê Nacional de Adolescente na Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil. A Caravana que está rodando o país passou por Belo Horizonte com o objetivo de conscientizar os jovens a respeito do combate ao trabalho infantil e a exploração sexual do menor. O encontro foi realizado no Ministério Público do Trabalho (MPT), onde instuições formadoras e representantes do poder público realizaram um bate-papo com os jovens no intuito de trocar informações, gerando assim uma rede de conhecimentos sobre os direitos da Criança e do Adolescente. O palestrante Felipe Caetano, que faz parte da Caravana, relatou sua trajetória de vida e como conseguiu mudar suas perspectivas e passar de trabalhador infantil para um defensor da causa, tornando-se um personagem importante para conscientizar e trocar informações com o público mais jovem. Os aprendizes do PET tiveram a oportunidade de compartilhar suas experiências, expor suas ideias e visões sobre os temas abordados e perceberam que também podem se tornar protagonistas e fazer parte dessa rede de conscientização, defesa e mobilização social.


ACONTECE

Newsletter Digital . Julho | 2018 . Nº 74

FUNDAÇÃO CDL PRÓ-CRIANÇA APOIA CAMPANHA ‘TODOS PELO CAIO’ Por Andressa Guimaraes

No dia 20 de julho, a Fundação CDL Pró-Criança realizou o sorteio da Rifa Solidária em prol do exaprediz Caio Silva. O prêmio foi uma cesta de café da manhã composta por itens doados pelos próprios funcionários da Fundação e a ganhadora foi a colaboradora da Fundação CDL Pró-Criança, Luana Santos. Caio foi aprendiz da Fundação CDL no ano de 2014/2015. No final de 2016, ele sofreu um grave acidente e hoje encontra-se acamado e necessita de uma dieta especial, além de inúmeras sessões de fisioterapia e reabilitação. Para que o jovem pudesse se recuperar, a família criou a campanha “Todos pelo Caio” com o objetivo de arrecadar verba para que ele pudesse fazer um tratamento especial que atualmente só existe na Tailândia e custa em torno de R$120.000,00 (cento e vinte mil reais). Desde 2016, toda a família tem se mobilizado para conseguir arrecadar o valor necessário ao tratamento. A mãe de Caio, sra. Vanessa Pereira, já realizou bazares, almoços e jantares beneficentes, todas as formas possíveis para completar o valor para poderem ir para a Tailândia. Graças a toda essa mobilização da família e ao apoio de muitas pessoas, no início de 2018, estava faltando 'apenas' cerca de R$10.000,00 (dez mil reais) para completar o total necessário para a viagem e o tratamento. Esse tratamento é a única chance de recuperação para Caio. Diante disso, os colaboradores da Fundação CDL Pró-Criança se mobilizaram em torno da campanha em apoio ao ex-aprendiz e criaram uma rifa solidária. A monitora de acompanhamento, Dayana Coelho, que foi quem liderou a campanha internamente e organizou toda a rifa, conta como foi esse processo e porque decidiu ajudar o ex-aprendiz Caio com tanta dedicação. “Fiquei sensibilizada com a história do Caio porque foi um jovem que eu acompanhei na época em

que era aprendiz. A empresa gostava muito do trabalho dele e ele era muito responsável e comprometido. Quando soube do acidente e assisti a um vídeo de como ele estava, quis ajudar de todas as formas. Como já havíamos feito uma ação solidária e rifamos uma cesta numa outra ocasião, sugeri que fizéssemos novamente uma ação semelhante e muitas pessoas quiseram apoiar. Muitos colaboradores da Fundação e alguns amigos de fora contribuíram com dinheiro e itens para a cesta de café da manhã, que ficou linda e bem recheada. A rifa foi vendida durante um mês e cada bilhete custava R2,00. O setor de comunicação da Fundação CDL nos ajudou com a divulgação da campanha e contamos também com a ajuda dos outros colaboradores, algumas empresas parceiras, amigos, educadores e de muitos aprendizes que apoiaram a campanha e abraçaram a causa com muito amor. Foi muito gratificante ver o quanto as pessoas, especialmente os aprendizes, se empenharam para ajudar o Caio. Além da contribuição financeira, vários deles demonstraram preocupação, queriam saber notícias e estavam na torcida para que ele conseguisse realizar o tratamento. Graças a Deus deu tudo certo e conseguimos arrecadar um valor considerável, que com certeza será muito útil para o Caio e sua família. Recebemos a notícia de que ele já conseguiu ir para a Tailândia, já fez a aplicação com as célulastronco e agora irá entrar na fase de fisioterapia e reabilitação. Me sinto feliz e realizada quando tenho a oportunidade de fazer algo de bom em prol de alguém. É como se fosse uma missão de vida e isso traz alegria e paz para o meu coração!”, destaca Dayana.


ACONTECE

Newsletter Digital . Julho | 2018 . Nº 74

REPRESENTATIVIDADE EM EVENTOS

No dia 5 de julho, o presidente da Fundação CDL Pró-Criança, Vilson Mayrink, prestigiou o evento de posse do diretor da CDL/BH, Armando Santos Guimarães, como presidente eleito do Rotary Club para o biênio 2018/2019. O evento foi realizado na sede do Rotary e contou também com a presença dos diretores da CDL/BH: Marcelo de Souza, Marcos Innecco e José Ângelo de Melo. A Fundação CDL Pró-Criança renova os votos de sucesso na gestão do presidente, desejando-lhe um excelente mandato.

No dia 14 de julho, a Fundação CDL PróCriança esteve presente na festa junina da CDL Jovem. A participação no evento teve como objetivo captar recursos financeiros que serão destinados para a brinquedoteca comemorativa dos 30 anos da CDL Jovem. Entre as ações desenvolvidas, foram realizados o concurso Rei e Rainha da Pipoca (com a premiação doada pela Oraldent e pela Tetris Presentes), o leilão de uma cesta de chocolates doada pela Cacau Show e, ainda, o Correio Elegante Beneficente.

No dia 21 de julho, a Fundação CDL PróCriança prestigiou o evento de posse do governador do Distrito LC-4 da Associação Internacional de Lions Clubes, Leandro Raphael Nascimento, que vai liderar a entidade na gestão 2018/2019. O evento foi realizado no salão / auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A Fundação CDL Pró-Criança renova os votos de que essa parceria de sucesso com o Lions Club perdure na próxima gestão e que o governador exerça um excelente mandato.

AJUDE A MELHORAR A VIDA DE MILHARES DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES:

APOIE OS PROJETOS SOCIAIS DA FUNDAÇÃO CDL PRÓ-CRIANÇA! FAÇA SUA DOAÇÃO:

SEJA VOLUNTÁRIO:

Banco do Brasil

Caixa Econômica Federal

Agência 3494-0 | Conta 4639-6

Agência 0094 | Conta 501.875-4 | Operação 003

Envie um e-mail para marianne.policarpo@fundacaocdl-bh.org.br

Av. João Pinheiro, 495 / 7º andar - Funcionários F-Cdl Pró-Criança

@fcdlprocrianca

(31)

3249-1791

@FundacaoCDLBH

(31) 97362-1338

company/fundação-cdl-pró-criança

www.fundacaocdlbh.org.br Fundação CDL Pró-Criança

Profile for Fundação CDL Pró-Criança

Jornal Acontece - Julho / 2018  

Jornal Acontece - Julho / 2018

Jornal Acontece - Julho / 2018  

Jornal Acontece - Julho / 2018

Advertisement