Page 1


Giant Surf Wear e Street Wear As melhores marcas de Surf e Street Wear AndrĂŠ Guedes contato.giant@hotmail.com 37 - 3225 - 2594

Rua Frei Anselmo, 378 - Centro - Nova Serrana/MG


Eu Sou Frit’z Willian «PINGUIM», natural de Divinópolis/MG mostra seu estilo e ideias e sua responsabilidade sendo o presidente da ADS (associação de skatista de Divinópolis/MG)

Nome:WILLIAM SANTOS NEVES Nascimento: em 16/08/78 Tempo de Skate: 20 anos de skate Primeiro Skate: shape sem estampa, lixa em formato de setas, eixo sem marca, rodas de longboard torneadas, rolamentos mistos nsk e skf Skate Atual: lixa nacional, shape twister, eixo crail "shout" overall, rodas spitfire 63 mm 94d para vertical, rolamentos crail skf Playlist: mull Skatista em Destaque: qualquer skatista que ande de skate com criatividade e não siga a moda das manobras Influencias no Skate: mike vallely Depois do Role: eu como muito! Pico Perfeito: ruas de itauna O Skate Amanha: respeitado e pista pra todos Família: conturbada Amigos: poucos Viagem: pistas da zona sul do rio Fé, Crença, Religião: sem religião, muita fé, crença no certo Sonho: em não ter de fazer tudo sozinho Frase: "faça voce mesmo!"


Italo Johnn

Ss Fs Flip

16*

Ss Bs Tail


Off Frit’z

Texto: Rodrigo Otávio A. Faria

Skate uma evolução constante No inicio da década de 80, o skate foi muito marginalizado. Todos os praticantes tinham uma postura mais voltada para o estilo Punk. O som que a galera curtia eram músicas de protesto, narrando os problemas cotidianos vividos pela sociedade naquela época. Quase sempre protestando contra o sistema, que na verdade era e é ainda hoje o verdadeiro vilão de nossas vidas. Nesse mesmo período, os canais de TV exibiam filmes, que na sua esmagadora maioria, os vilões eram Punks e andavam de skate. No estado de São Paulo, que era o principal celeiro do skate nacional, vários atletas praticantes do skate iniciavam sua carreira como profissionais. Apesar de haver uma grande discriminação por parte da mídia. Em Minas Gerais, mais na região centro oeste, o skate foi tomando forma, crescendo dia a dia, ano a ano até atingir o patamar que hoje conhecemos. Foram muitos os empecilhos para que pudéssemos gozar da liberdade de praticar um “esporte” que até bem pouco tempo atrás não era visto como mesmo. Éramos muito discriminados e sofríamos várias manifestações de preconceito.


i b e r ta s Av. 7 de setembro 879, centro - Divinópolis (37)32161010 A galera hoje pode encontrar com facilidade, peças, roupas, tênis e todo tipo de aparato que se precisa ou não, para a prática de skate. Os iniciantes do skate não têm a mínima noção de como era foda para conseguir peças, principalmente peças de qualidade, a fim de podermos ter condições de praticar o nosso tão adorado skateboard. Já na década de noventa, o skate sofreu com o maldito plano COLOR, que da noite para o dia, confiscou a poupança da população gerando o maior desconforto possível. Pense, você trabalha, junta dinheiro e do nada vem um presidente, o que é pior, eleito pelo povo, e confisca todo o seu dinheiro impossibilitando-o de fazer aquisições de eleito senador pelo estado de Alagoas). Assim não só o skate como todo o território nacional, todas as famílias passaram por maus bocados. Foi a pior fase da história do skate brasileiro. Por outro lado, o skate persistiu em continuar, graças aos seus praticantes, que mesmo com a maior dificuldade, perseveraram em se manter praticando o que realmente gostavam e acreditavam. O skate cresceu com identidade própria, sem grandes marcas, nem patrocinadores, Foi tudo uma empreitada dos próprios praticantes do “Board”. Por isso, nunca se sintam constrangidos quando estiver na rua ou em qualquer lugar, portando ou não seu skate. Tenha orgulho de praticar uma modalidade esportiva, que para algumas pessoas ainda o consideram um brinquedo. A verdade é que nós divertimos fazendo o que gostamos e que para mim, skate não é apenas um esporte, e sim uma filosofia de vida.

19*


Pense e Repense... A anos o skate no Brasil vem se fortalecendo. As marcas de skate tem um papel fundamental neste crescimento do esporte nos dias atuais. O apoio a atletas tem ficado cada vez mais em evidencia e os atletas não tem desperdiçado a oportunidade! Cada vez mais os atletas tem representado as marcas através do rolê e do uso das peças, roupas e acessórios. Bem sabemos que os meios de comunicação são muito importantes para a divulgação dos assuntos presentes em nossa sociedade. No mercado de skate temos algumas revistas que tem circulação nacional, que são verdadeiros portas de boas oportunidades para atletas e marcas! As produções de videos de skate também estão cada vez melhores e mais atletas de várias partes do país começam a despontar no mercado nacional! O objetivo da Frit’z é movimentar a cena do skate no interior de minas! Procurando valorizar os atletas e marcas que circulam no interior. Com a benção de Deus, e com a capacidade que cada um que possui, que é o dom de andar de skate, o dom da convivência, da associabilidade! Que Deus nos dê saude pra enfrentar as goma do dia a dia. E que lá na frente, quem torceu pra que desse errado; posam aplaudir o nosso sucesso. Vida longa A Frit´z, que essa empreitada não termine aqui. Texto: Augusto Marques / Rodrigo Otávio A. Faria

25*


VENDA E ASSISTÊNCIA TÉCNICA ESPECIALIZADA EM NOTEBOOKS COMPUTADORES E IMPRESSORAS AUTOMAÇÃO COMERCIAL

RUA CEL. MARTINHO F. DO AMARAL, 246 LOJA 2 - CENTRO TEL:(37) 3227-2211


Frit'z Skate Mag  

Revista de skate do interior de minas

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you