Page 1

Janeiro 2017

Ação Social

Edição n.º 1

Ação Educativa

Ação Ambiental


2

Algumas palavras para abrir Fica convosco o 1º número do “e-jornal”. Manter-se-á com este figurino, em “modo eletrónico”, e procuraremos dar-lhe uma periodicidade quadrimestral, a par com a newsletter com uma saída mensal e que apresenta genericamente a atividade/ação da Freguesia. Agora, o “e–jornal” vai passar a apresentar de forma mais detalhada a dinâmica da freguesia. Igualmente, vai dar “voz e imagem” ao trabalho associativo concretizado por muitos cidadãos que se voluntariam e corporizam projetos de desenvolvimento sócio comunitário. Com o “e–jornal” valorizamos o sitio eletrónico e queremos partilhar consigo o que agora apresentamos e, claro está, aperfeiçoá-lo com os seus contributos. Este primeiro número “revê a matéria” do ano de 2016 no que foi a intervenção da freguesia na sua diversidade sectorial mas, com particular enfase nas áreas social, educativa e ambiental.

Nesta edição: Assembleia de Freguesia

3

Ação Social

4

Ação Educativa

5

Ação Ambiental

6

Obras nos Fornos Comunitários

7

Recenseamento/Assembleias de Voto

8

Espaço do Associativismo

9

40 Anos do Poder Local

10

Edição 1— Janeiro 2017

DESTAQUE:


3

Assembleia de Freguesia A Assembleia de Freguesia é o órgão deliberativo das freguesias. A nossa Assembleia de Freguesia é composta por 19 eleitos, representando 4 forças político-partidárias: PSD, CDS, PS e CDU. Realiza ordinariamente 4 sessões em cada ano e tem as competências conferidas pela Lei 75/2013. A Assembleia de Freguesia é dirigida por uma mesa composta por um Presidente e dois Secretários. O Presidente da Assembleia de Freguesia da Guarda é o Sr. José da Fonte Currais, residente no Bairro da Luz. Numa das sessões da nossa Assembleia de Freguesia, foi deliberado por unanimidade, realizar as reuniões em locais diversos da sede da Freguesia, evocando também os 40 anos sob as primeiras eleições locais. Assim, e desde dezembro do ano passado, as sessões decorreram no Bairro da Luz, Alfarazes, Lameirinhas e Póvoa do Mileu nas sedes das respetivas Associações e abertas à participação do público. A última sessão decorreu na sede do Centro de Cultura e Desporto do Bairro do Pinheiro e analisou e votou a discussão e votação do Orçamento para 2017. Para além das obrigações estatuídas no texto legal – na sessão de dezembro analisa-se o orçamento e o plano para o ano subsequente e, em abril, discutem-se as contas do ano transacto – os membros da assembleia de freguesia, analisam, criticam, debatem e votam moções e apresentam propostas para futuras intervenções na Freguesia. Pode verificar aqui o decurso dos trabalhos das várias sessões bem como toda a documentação que é fornecida aos membros eleitos.

Edição 1— Janeiro 2017


4

Ação Social A área social na Freguesia da Guarda compreende uma intervenção múltipla e diversa constituindo-se como uma forte aposta politica.

Observámos uma maior adesão ao projeto da horta comunitária onde tivemos cerca de 35 cidadãos/ãs a cuidar cada um do seu talhão e ainda agora se podem ver as culturas de inverno a crescer. (ver aqui) Horta Comunitária

II Fórum “Ação Social nas Freguesias”

Concretizámos com maior participação e melhor enquadramento o II Fórum “Ação Social nas Freguesias”. Estiveram connosco cerca de 80 cidadãos que durante uma tarde puderam trocar boas palavras e ideias sobre a ação social nas freguesias. Veja aqui outras informações sobre esta segunda edição do Fórum.

Continuámos a entrega mensal dos cabazes alimentares, adotámos o fundo de apoio às famílias e desencadeamos dois novos projetos: a ginástica sénior e a 1ª sessão da Comissão Social de Freguesia. Registamos ainda que este trabalho beneficiou muito com o programa PEPAL porquanto tivemos a possibilidade de contratar uma técnica da área social.

Ginástica Sénior

Pode consultar mais informações clicando aqui. Comissão Social de Freguesia

Edição 1— Janeiro 2017


5

Ação Educativa A Junta de Freguesia pela importância estratégica que tem a educação para o desenvolvimento das crianças e jovens tem procurado prestar o apoio possível às direções dos agrupamentos de escolas e a cada uma das escolas e Jardins de Infância que se encontram na área administrativa da freguesia da Guarda. Aquele apoio tem sido concretizado em pequenos arranjos, na limpeza dos logradouros e realização de pequenas intervenções. Por vezes realizamos também transporte de material e equipamentos de umas escolas para as outras. Mas a nossa atenção desdobra-se no apoio pedagógico com o intuito de favorecer um melhor desempenho dos docentes, das crianças e jovens estudantes. Propusemo-nos e foi aceite pelos agrupamentos escolares apoiar nos Jardins-de-infância da rede pública existentes na Freguesia, a lecionação das áreas curriculares da educação física, expressão musical e expressão dramática. Mas a nossa preocupação não se esgota neste importante projeto e durante o ano letivo anterior ainda facilitámos a ida de duas peças de teatro aos jardins-de-infância e escolas do 1º CEB que quiseram aderir à proposta. E a adesão foi quase unânime tal como esteve cheio o auditório onde os atores ofereceram um espetáculo aos pais e familiares dos alunos. Outra iniciativa mais vocacionada para o 1º ciclo foram os ateliers temáticos. Os trabalhos realizados com o apoio de um técnico em educação ambiental foram realizados evocando momentos especiais, tendo tornado a “Páscoa Criativa”. Em novembro iniciámos um novo projeto em todas as turmas do 1º ano de escolaridade: “Estou atento, assim aprendo melhor”. Trata-se da contratação de psicólogos que semanalmente se deslocam a cada uma das turmas e desenvolvem um trabalho de apoio a uma melhor inserção daqueles alunos/crianças na vivência e exigência escolar.

Edição 1— Janeiro 2017

O Teatro foi à Escola

Páscoa Criativa


6

Ação Ambiental Recuperação das galerias ripícolas no rio Diz e Noéme

Está prestes a concluir-se um dos principais investimentos concretizados pela Freguesia da Guarda no decurso do presente mandato autárquico. E, este importante projeto filiase na área ambiental. Trata-se da candidatura realizada no âmbito do PRODER com o intuito de manter e recuperar as galerias ripícolas nos rios Diz e Noéme na área administrativa da nossa freguesia. Candidatura aprovada, concurso para a seleção da empresa que apresentou a melhor proposta, início e interrupção das operações e, agora, a conclusão da obra. É com manifesto regozijo que verificamos hoje, com o trabalho concluído, que valeu bem a pena o esforço em tentar o apoio do programa comunitário e, depois, com o profissionalismo da empresa vencedora já podemos percorrer mais agradavelmente aqueles dois importantes cursos de água. A lenha retirada pode ser aproveitada, depois o ambiente agradece porquanto fica recuperado o leito da enorme quantidade de resíduos que foram retirados facilitando a regularização dos caminhos que a água tem de percorrer e fá-lo hoje com maior fluência. As principais tarefas concretizadas e que integram o objeto principal da candidatura são essencialmente: promover a limpeza e desobstrução das linhas de água, remoção da vegetação excessiva, árvores mortas, desassoreamento de materiais do fundo e de plantas aquáticas que possam dificultar a capacidade de vasão. O investimento total ronda cerca de cento e vinte e oito mil euros suportados pelo orçamento nacional, da freguesia e em mais de cem mil euros pelo apoio comunitário. Não temos dúvida alguma em afirmar que este projeto foi um dos mais acarinhados pela Freguesia da Guarda.

Edição 1— Janeiro 2017


7

Obras nos Fornos Comunitários O forno comunitário é uma marca identitária das comunidades rurais que se dispersam por montes e vales. Como a própria designação evidencia o forno é o local de pertença, o local do qual cada cidadão residente era também proprietário, porquanto se trata de um dos "serviços públicos" mais importantes no quotidiano das comunidades residentes nas múltiplas aldeias que gravitam em redor dos maiores aglomerados urbanos. Os tempos alteraram radicalmente este modo de produção do pão mas por todos os pretextos, desde logo, manter viva a memória dos nossos antepassados, o poder local e as associações das nossas terras têm procurado realizar obras de recuperação e manutenção dos fornos comunitários. A freguesia da Guarda não foge a essa regra e empenhou-se, até porque o legado é vasto, em requalificar os fornos comunitários ainda existentes na mancha rural da freguesia. Apresentamos com dignidade que baste os fornos da Sequeira e Carapito de São Salvador. Depois, e mais à frente, o forno de Alfarazes terá também uma requalificação mais qualificadora do que hoje encontramos. Nos Coviais de Baixo a intervenção ocorrerá a curto prazo e concluímos a obra no Telheiro, com forno comunitário da Cabreira. Reconhecemos que a duração da obra foi muito prolongada, cerca de 3 anos, tendo-se iniciado ainda na ex-freguesia de São Miguel e concluído na atual freguesia da Guarda num investimento total de oito mil euros. Salientamos que, excetuando a feitura do forno e da caixilharia com vidros, toda a obra que envolveu a construção do telheiro ficou a cargo dos trabalhadores, mais ou menos permanentes da freguesia da Guarda, e está lá para perdurar nos tempos vindouros. Aceitamos boas ideias para a maior valorização do conjunto dos 5 fornos da freguesia...

Forno da Sequeira

Forno do Carapito

Edição 1— Janeiro 2017

Forno da Cabreira


8

Recenseamento/Assembleias de Voto A nova freguesia da Guarda, à data de setembro de 2013, tinha em funcionamento 27 assembleias/mesas de voto. Já nesse ato eleitoral, fundador da freguesia, deparámo-nos com a sobrelotação de algumas das assembleias de voto.

Mas, apenas em 2016, e nas eleições presidenciais, foi possível aumentar o número de mesas de voto. Passamos agora a contar com dois novos locais de voto. Assim, tanto no Bairro da Luz como no Bairro do Pinheiro passam a ter em funcionamento duas assembleias de voto nas respetivas escolas do 1º. Ciclo. Posteriormente, à criação das duas mesas, foi necessário procedermos à colocação em cada uma das mesas de voto cidadãos recenseados e residentes na proximidade de cada um dos locais mencionados. E remetemos comunicações individuais a cerca de 3.500 cidadãos para que tivessem conhecimento da alteração do “seu” local de voto. A partir de agora, e havendo apenas uma freguesia na cidade da Guarda, cada uma das pessoas pode optar por se inscrever na assembleia de voto mais perto da sua habitação permanente e que tenha menos de mil inscritos. Recorda-se também que quem tira ou renova o Cartão de Cidadão, e em função da residência que inscreve, o próprio sistema informático gera um número de eleitor e, ao mesmo tempo, coloca o cidadão em causa na mesa de voto mais próximo do endereço mencionado. Se tiver dúvidas, se pretender um novo local para exercer o seu direito/dever de votar pode dirigir-se aos serviços administrativos de um dos balcões da freguesia e trazer consigo os documentos pessoais. No entanto qualquer alteração desta natureza só é possível se for realizada até 60 dias antes do dia das eleições.

Edição 1— Janeiro 2017


9

Espaço do Associativismo A nossa Freguesia é rica em número e diversidade de propostas associativas, que importa divulgar, promover e incentivar… A escolha não foi fácil!... Decidimos pela Delegação da Guarda do Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC), quer pelos objectivos nobres que assume, quer pelo trabalho de voluntariado em que se baseia e que tanta população consegue envolver nas suas actividades… Referimos apenas duas: outubro, mês da prevenção do cancro da mama, começou com a caminhada “pequenos passos grandes gestos” do MVV (Movimento Vencer e Viver), que encheu a cidade de caminhantes solidários; e, no fim desse mês e início de novembro, teve lugar o peditório anual, organizado pelo Grupo de Voluntariado Comunitário (GVC) que, para além das Juntas de Freguesia envolveu muita gente no peditório de rua, angariando valores que, são sempre record: cerca de 19.700€. Por outro lado, apesar de existirem na Guarda, o GVC desde 1973 e o MVV há mais de uma década, só em 2016, abriu uma sede na Guarda para a Delegação, em instalações cedidas pela ULS. Mais uma vez, os voluntários asseguram o funcionamento da sede: segunda-feira das 14h30 às 16h30 e quartas-feiras das 9h30 às 11h30, o MVV; o GVC assegura a primeira quarta-feira de cada mês, das 15h às 17h. As voluntárias coordenadoras na Guarda, do GVC e do MVV, La Salete e Olga Brás Pereira, respectivamente, acederam ao nosso pedido de entrevista e deram-nos a conhecer melhor o funcionamento destes dois tipos de voluntariado da LPCC. Vejam os vídeos…

Edição 1— Janeiro 2017


40 Anos do Poder Local A Assembleia de Freguesia e a Junta de Freguesia construíram um programa de ações comemorativas das 1as eleições locais que ocorreram no dia 12 de dezembro de 1976. O conjunto de atividades propostas prolonga-se desde o mês de novembro de 2016 e o mês de abril de 2017. Em novembro iniciámos com uma conferência pública sobre o tema “Da Paroquia à Freguesia – um percurso pela história político-administrativa portuguesa” que encheu a sala do Café-Concerto do TMG. Foi no dia 29 daquele mês e pode aqui ter mais conhecimento sobre o desenrolar da iniciativa. Já no mês de dezembro lançámos os 1os Jogos Florais da Freguesia e também a 1ª edição do Orçamento Participativo. Numa e noutra atividade o tema é precisamente os “40 anos do Poder Local”. Veja aqui os regulamentos e faça o favor de divulgar e participar… Janeiro fica marcado por duas iniciativas; o lançamento de uma revista e a Gala dos 40 anos do Poder Local onde se insere a sessão de homenagem aos autarcas. Depois, e a finalizar, o programa de ações temos a comemoração do dia da Liberdade no mês de abril bem como a entrega dos prémios referentes aos concursos dos Jogos Florais e do Orçamento Participativo.

Apresentação da Revista 40 anos do Poder Local

Sessão pública “Da Paróquia à Freguesia”

JUNTA DE FREGUESIA DA GUARDA Sede Executiva: Rua General Póvoas,nº3, 6300-714 Guarda

Contactos: 271 213 150 / 967 460 904

Sede Deliberativa: Avenida da Igreja s/n, 6300-839 Guarda

Contactos: 271 239 563 / 969 511 862

E-mail: geral@freguesiadaguarda.pt

Site: www.freguesiadaguarda.pt

Facebook: facebook.com/freguesiadaguarda

Horário de Funcionamento: segunda a sexta-feira, 8h30 - 17h30

Propriedade: Junta de Freguesia da Guarda Coordenação, layout, recolha de informação e tratamento: Gabinete de Comunicação e Imagem Fotografia: Arquivo da Junta de Freguesia da Guarda

Projetojornal  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you