Page 1

oBeato Nº 300 / MAIO 2013

Boletim Informativo da Junta de Freguesia do Beato – Cidade de Lisboa. Distribuição gratuita. www.jf-beato.pt

Lutei para o Beato ter mais competências e para se manter como Freguesia!

pág. 7

Entrevista com o Presidente da Junta de Freguesia do Beato Hugo Xambre Pereira

Beato Solidário: ajudar quem precisa pág. 4 Um espaço verde cuidado em cada bairro pág. 5 Beato…uma freguesia dos 0 aos 99 anos pág. 12 Passeio Fluvial no rio Tejo: dia 6 de julho Inscrições na Junta de Freguesia

oBeato . 1


Hugo Xambre Pereira Eleito pelo Partido Socialista

Presidente da Junta de Freguesia do Beato PELOUROS Espaço Público; Espaços Verdes; Coordenação Geral; Segurança. Horário de Atendimento: Quintas-feiras das 17h às 19h ATENDIMENTO ONLINE via MSN Inclua nos seus contactos: presidente_junta_beato@jf-beato.pt HORÁRIO DE ATENDIMENTO 5ªF das 16H às 17H e das 19H às 20H

Editorial pessoas, o diálogo sem interlocutores.

Boletim Informativo “O Beato” leva-me a

Uma das coisas que mais motiva en-

fazer um balanço sobre a forma como a

quanto Presidente da Junta de Freguesia

Junta de Freguesia comunica nos dias de

do Beato é alguém fazer uma reclama-

hoje. Esta tem sido uma grande aposta

ção ou pretender transmitir-me uma in-

do atual Executivo e que considero que

formação, e eu poder deslocar-me até

é uma tarefa onde se tem que fazer sem-

a determinada rua e falar pessoalmente

pre mais e melhor. Hoje existe um con-

com a pessoa. A isto chama-se proximi-

junto de meios ao dispor da população

dade com a população que confiou em

para que esta esteja permanente infor-

nós. Quero reafirmar a minha total dis-

mada do que se faz e do que se vai fa-

ponibilidade. Não hesite em contactar os

zer, e para que tenham conhecimento do

serviços da Junta de Freguesia do Beato

vasto conjunto de atividades e serviços

e solicitar a minha presença. Da mesma

ao dispor de cada um. Temos procurado

forma nunca se iniba de me interpelar na

inovar e diversificar. A Junta de Freguesia

rua quando me vir passar. Este é o meu

do beato além do seu Boletim Informa-

dever. Escutá-lo, pensar numa solução e

tivo, comunica com mensagens escritas

decidir. Uma junta de freguesia não é um

através do SMS Beato. Recentemente lan-

órgão político, é um órgão de comunida-

çámos uma aplicação para smartphone

de, para que unidos possamos melhorar

com um vasto conjunto de informação.

passo a passo essa comunidade, mesmo

Está presente na internet através do seu

tendo em conta as enormes limitações

site, e interage recorrendo às tecnologias

que uma junta de freguesia tem. É uma

de informação enviando newsletters e

oportunidade única para fazer o bem no

atualizando diariamente a sua página do

sítio onde vivemos, crescemos, e temos

facebook, com tudo o que se vai fazendo

ligações fortes. Como tal queremos que

na freguesia.

esse sítio, a nossa freguesia, possa ter

Por muito que possamos comunicar o

melhor qualidade de vida. Não seria justo

que fazemos, temos pessoas que por ve-

deixar de referir todas as mulheres e ho-

zes, não captam essa informação e ficam

mens que tornaram este Boletim Infor-

tristes por não participarem em ativida-

mativo possível. Sejam os responsáveis

des ou não saberem o que se pode pas-

pela decisão de conceber este projeto,

sar em algumas zonas. É por isso que não

quando saiu o primeiro número na dé-

vamos deixar de inovar nas formas como

cada de 90, sejam todos os que estive-

comunicamos com a população do Bea-

ram envolvidos desde o primeiro dia no

to. Queremos chegar a todos. Sendo ino-

seu planeamento e execução, sejam por

vadores e persistentes na forma de co-

fim, todos os que se têm disponibilizado

municar, conseguiremos chegar a todos

para dar o seu contributo sobre a forma

os públicos-alvo com os interesses que

de entrevistas, fotos ou artigos. O Boletim

BEATO SOLIDÁRIO: PÁG. 4

possam ter. Muitas vezes as pessoas na

Informativo “O Beato” está ao serviço de

INVESTIMENTO NO ESPAÇO PÚBLICO PÁG. 6

rua questionam-me sobre determinada

todos os que vivem, trabalham e sentem

ENTREVISTA PRESIDENTE DA JUNTA PÁG. 7

atividade ou posição da junta de fregue-

a freguesia do Beato. Bem hajam.

SECRETÁRIA

Escrever o editorial da 300ª edição do

TESOUREIRO

LUCÍLIA CHARNECA Eleito pelo Partido Socialista PELOUROS Higiene Urbana e Resíduos Sólidos; Acção Social; Protecção Civil. ATENDIMENTO (com marcação prévia) 3F das 18h às 19h

VOGAL

VÍTOR MARQUES Eleito pelo Partido Socialista PELOUROS Tesouraria e Finanças; Habitação e Reabilitação Urbana; Recursos Humanos ; Espaço Saúde; Rede Viária e Trânsito. ATENDIMENTO (com marcação prévia) 5F das 17h às 19h

VOGAL

PEDRO NUNO MENDES Eleito pelo Partido Socialista PELOUROS Desporto; Movimento Associativo; Juventude. ATENDIMENTO (com marcação prévia) 2F das 18h às 19h

SILVINO CORREIA Eleito pelo Partido Socialista PELOUROS Educação; Cultura ATENDIMENTO (com marcação prévia) 4F das 18h às 19h

Por motivos pessoais e profissionais, o Vogal Bruno Inglês pediu a exoneração das suas funções, tendo sido escolhido para o seu lugar, e após votação na Assembleia de Freguesia, Silvino Correia.

ÍNDICE FREGUESIAS PÁG. 3

UMA FREGUESIA DOS 0 AOS 99 ANOS PÁG.12 A VOZ DO POVO PÁG.14

sia, porque tiveram conhecimento através de um dos meios como comunicamos. São esses momentos que me fazem sentir que a nossa aposta na comunicação vale a pena. Mas tudo isto são formas de comunicar indiretamente. Continuo a

oBeato . 2

privilegiar a comunicação direta com as

HUGO XAMBRE PEREIRA

Presidente da Junta de Freguesia do Beato

hugo.xambre.pereira@jf-beato.pt


300ª Edição do Boletim

Presidente da CML felicita boletim “O Beato” As juntas de freguesia darem a conhecer às suas populações aquilo que fazem ou que pretendem fazer, os serviços e atividades que têm disponíveis, e todo um conjunto de informação útil, é algo que considero muito positivo. Se esta comunicação for feita tendo por base meios e ferramentas diversas, chegando a diferentes destinatários, consegue-se uma comunicação eficiente e abrangente. Se para além de tudo isto, a junta de freguesia em causa desenvolver um trabalho que se reflita na qualidade de

vida dos seus fregueses, e se este trabalho for inequivocamente reconhecido, então estamos um excelente exemplo de boas práticas que merece ser analisado e replicado. É o caso da Junta de Freguesia do Beato. E é por isso que ao ser convidado para escrever umas breves palavras alusivas à 300ª edição do Boletim Informativo “O Beato”, quis enfatizar não só o facto de se ter uma estratégia de comunicação com a população, mas sobretudo que o conteúdo dessa comunicação não é mais do que o bom trabalho realizado pela

Junta de Freguesia do Beato. Estão de parabéns por isso todos os que conceberam o Boletim Informativo “O Beato” ao longo das suas trezentas edições, todos os que deram o seu contributo e todos

os fregueses do Beato, que são a razão de existir desta publicação.

António Costa Presidente da Câmara Municipal de Lisboa

JÁ CONHECE A NOSSA APLICAÇÃO MÓVEL? DESCARREGUE-A HOJE E FIQUE A PAR DE TODA A ATIVIDADE DA JUNTA DE FREGUESIA DO BEATO NO SEU ANDROID OU IPHONE/IPAD.

Se tem iPhone/iPad descarregue aqui

Se tem Android descarregue aqui

oBeato . 3


Beato Solidário

Beato Solidário:

ajudar quem precisa O projeto Beato Solidário tem envolvido cada vez mais pessoas da freguesia, que dão um pouco de si,

aqueles que nada têm. Este projeto de índole social é a faceta mais visível de uma linha de orientação que

tem sido seguida pelo Executivo da Junta de Freguesia ao longo deste mandato. As diversas valências e

programas do projeto Beato Solidário pretendem de uma forma inequívoca… ajudar quem mais precisa.

Espaço Saúde O Espaço Saúde tem vindo a ter uma função social extremamente importante, oferecendo cuidados gratuitos de enfermagem, assegurando desta forma que cada vez mais pessoas possam ter acesso a serviços básicos de saúde. Nas restantes especialidades (como clinica geral ou dentistas), os valores praticados são feitos a um preço acessível. Fica no Bairro do Grilo, na Rua Nova do Grilo n.º 7-A.

Transporte Solidário É um meio de transporte focado na população mais sénior e na população que tenha dificuldades de locomoção motora. Serve para que de uma forma fácil, as pessoas possam ir a serviços públicos como bancos, correios e hospitais, garantindo que ninguém falta a uma consulta por causa de não ter dinheiro para os transportes. Tem sido um sucesso, com o número de utentes a aumentar de mês para mês.

Fundo Emergência Social Em estreita colaboração com o Banco Alimentar Contra a Fome, temos apoiado com alimentos muitas famílias do Beato. Até agora foram distribuídos 6800 quilos de alimentos por muitas famílias que necessitam. Continuamos aptos a apoiar quem mais precisa, naturalmente, fazendo um controlo muito apertado para chegar a quem verdadeiramente precisa. Para isso, solicitamos comprovativos de rendimentos.

oBeato . 4

Programa Beato Consigo A Junta de Freguesia cede materiais (tintas, placas de pladur, cimento, entre outros) e encaminha voluntários para que possam fazer pequenas reparações nas residências da população mais idosa e com maiores carências económicas. As pequenas reparações só podem ser feitas em residências que não estejam na alçada da Gebalis (ou seja não podemos intervir nos bairros municipais) com bastante pena nossa, pelo conhecimento que temos.


Espaços Verdes

Um espaço verde cuidado em cada bairro! F

ruto do trabalho da Junta de Freguesia do Beato no anterior e no atual mandato, existe hoje um espaço verde cuidado em cada bairro. Só no decorrer do presente mandato foram requalificados 19

novos espaços verdes. Na grande parte destes espaços foi instalado um sistema de rega automática. Este é um trabalho bastante exigente em termos de recursos técnicos, humanos e financeiros,

Mata da Madre de Deus – Um Parque Urbano de Qualidade. É o espaço verde de excelência da freguesia do Beato e onde têm sido feitas

Equipamento de ginástica sénior

diversas intervenções que tornaram este espaço num local de convívio entre famílias. Muito foi feito pela Junta de

mas que a Junta de Freguesia acredita ser um investimento acertado para a melhoria da imagem da freguesia e para que a população do Beato disfrute de momentos de lazer. As requalificações têm pro-

Freguesia do Beato e pela Câmara Municipal de Lisboa, para transformar um espaço que estava ao abandono, no grande pulmão verde da freguesia,

Entrada da Mata da Madre de Deus

dotado com diversos equipamentos e infraestruturas. É uma requalificação profunda e que ainda não está

curado manter espaços sustentáveis ao nível da manutenção, para podermos manter com qualidade os espaços que temos e poder construir mais, para chegar a toda a freguesia, o que ainda falta fazer.

terminada. A Junta de Freguesia do Beato ambiciona transformar a Mata da Madre de Deus num local onde se possam fazer exposições, feiras, espe-

Entrada pela Quinta do Ourives

táculos, mantendo o espaço público cuidado e nunca deixando de servir as famílias do Beato.

Canteiros Comunitários – Beato Florido Em vários bairros, onde existiam espaços expectantes, a Junta de Freguesia do beato lançou o projeto Canteiros Comunitários, convidando a população a plantar as flores que mais gostam e a cuidar dos respetivos canteiros. A iniciativa Beato Florido para zonas sem espaços verdes, tem perdurado ao longo dos anos, continua, com a Junta a fornecer sempre que solicitado sementes, terra e material para embelezar as floreiras. oBeato . 5


Espaço Público e Habitação

Beato… investimento no espaço público

F

azendo uma gestão rigorosa dos meios financeiros disponíveis, a Junta de Freguesia do Beato tem vindo a apresentar um conjunto de intervenções, que contribuem para a melhoria do espaço público da freguesia.

Diariamente trabalha-se para mudar a freguesia A Junta de Freguesia do Beato sempre que solicitada pela população, continua a colocar diversos equipamentos como sejam bancos e mesas, totens de dejetos caninos e aposta na transformação de espaços expectantes em lugares de lazer para a população. As necessidades de autorização por parte da Câmara Municipal, atrasam um pouco alguns processos, mas com paciência tudo conseguimos.

Parques Infantis Até ao final do presente mandato a totalidade dos parques infantis existentes na freguesia do Beato terá sido alvo de intervenções, ao nível da melhoria dos equipamentos e reparações várias, cumprindo aquela que foi uma promessa eleitoral.

Parque da Vila Dias

Parque da Rua Aquiles Machado

Esforços conjuntos com moradores têm dado resultados O trabalho conjunto entre a Junta de Freguesia do Beato, a Associação de Moradores “Viver Melhor no Beato”, o GABIP e a CML, através da Vereadora Helena Roseta, tem dado bons oBeato . 6

frutos para os moradores

Esforços conjuntos dos moradores têm dado resultados

Diversos projetos vão finalmente avançar Projetos que estavam num impasse vão finalmente ser realizados pela Câmara Municipal de Lisboa e pela Unidade de Intervenção Territorial Oriental. É o caso do reperfilamento da Rua Actor Augusto de Melo, da construção de um passeio na Azinhaga da Bruxa, na ligação da Rua da Quinta do Ourives com a Rua D. Tomás Melo Breyner, de um projeto para a Rua Faustino José Rodrigues, da requalificação do Largo Marquês de Nisa e do repavimentação e requalificação dos espaços verdes na entrada do Alto dos Toucinheiros. Entretanto, começaram as obras de requalificação na Rua Marquês de Olhão, em frente à Escola EB 2,3 Luís António Verney.

Sabemos bem o que queremos em cada espaço

Habitação: trabalho em rede tem produzido frutos dos prédios das co- Beato. Ao nível do edificaoperativas existentes na Rua Nascimento Costa e no bairro da Carlos Botelho. Foi estabelecida a meta de até 2015, o edificado ser todo requalificado, sendo que a CML vai começar a intervir faseadamente no arranjo das coberturas. Por outro lado, alguns prédios destas cooperativas têm sido pintados pelos moradores, com tinta oferecida pela Junta de Freguesia do

do municipal, foi aprovado através da proposta de Câmara 120/2013, o contrato programa entre a CML e a Gebalis para esta fazer obras no edificado do bairro municipal da Quinta do Ourives, que há tantos anos precisa.

Moradores estão a começar obras com o apoio de matérias cedidos pela Junta


Entrevista

Hugo Xambre Pereira lidera a equipa do Executivo da Junta de Freguesia do Beato. Gosta de percorrer diariamente as ruas da freguesia e de ir pessoalmente verificar cada problema, sempre que é alertado por um popular. E quer andar sempre mais na rua, apesar do ritmo frenético das reuniões não o deixarem tanto como gosta. O balanço que faz destes anos é que tem sido uma tarefa intensa, uma experiência de vida única, e uma missão que tenta cumprir com sucesso, apesar do conjunto de dificuldades. Tem sempre presente a forma como iniciou o primeiro mandato, com a necessidade de por cobro a situações de dívidas enormes que a Junta de Freguesia tinha. Para o Presidente da Junta de Freguesia do Beato, é ponto de honra deixar para quem o suceder uma herança positiva, com controlo de gestão, sem dívidas a ninguém e prazo médio de pagamento a menos de 15 dias. Situação muito diferente da que herdou. Apontado como o grande responsável pela freguesia do Beato ter permanecido com o mesmo nome e com as mesmas fronteiras, após a reforma administrativa, aposta no reforço da marca “Beato” como fator de dinamização e de união, no voluntariado e na imagem de coesão da freguesia para atrair investimento, usando com criatividade todos os recursos disponíveis.

Lutei para o Beato ter mais competências e para se manter como Freguesia…

Balanço do atual mandato e expetativas para o futuro: a entrevista a Hugo Xambre Pereira, Presidente da Junta de Freguesia do Beato

Como sente que tem corrido o mandato até agora? Este mandato tem corrido bem, mas é obviamente um mandato marcado por bastantes

dificuldades provocadas pela diminuição de receitas e a enorme crise social e económica em que estamos mergulhados. A Junta de Freguesia depende muito

das receitas provenientes da Câmara Municipal de Lisboa e do Estado. Nos últimos anos essas receitas têm vindo a baixar, estando neste momento no mesmo oBeato . 7


nível que se registava no final da década de 90. Com a agravante de que hoje, as necessidades que temos são maiores, sobretudo porque temos um vasto conjunto de atividades para oferecer à população. No entanto, naquilo que alguns veriam como um obstáculo, eu falo de ver como uma oportunidade de melhoria. Tenho por hábito apelar à nossa capacidade de ultrapassar as dificuldades sendo criativos. Temos de fazer o nosso trabalho e a população sente que todo o país está com menos recursos e por isso várias obras não podem ser feitas ao ritmo que gostaríamos. O que entende por marca Beato? Refiro-me à capacidade que temos de ter enquanto comunidade, de valorizar para fora aquilo que de melhor a nossa freguesia tem. As pessoas têm orgulho em morar no Beato, o bairrismo é algo que nos identifica. Eu vejo isto como algo positivo, pelo que na qualidade de Presidente da Junta, tenho tentado que a nossa comunidade reforce os seus laços e o seu sentimento de pertença. Isto tem sido alcançado através de um trabalho contínuo que começou a dar os seus frutos. Algumas empresas investem a pro-bono e apoiam pequenas obras que servem toda a comu-

oBeato . 8

António Costa, Presidente da CML, numa das visitas que fez à freguesia

nidade. Ao mesmo tempo temos uma vasta equipa de voluntários que tem permitido que façamos muito em prol de quem precisa, com recursos escassos. A população dá ideias de obras necessárias e discutimos projetos com os moradores. Como eu costumo dizer, temos de fazer omeletes para muitas pessoas com poucos ovos. Esta expressão popular é uma boa imagem do que temos vindo a fazer enquanto junta de freguesia. Este mandato é marcado pela reforma administrativa da cidade de Lisboa. Qual é a sua opinião sobre o conjunto de mudanças que esta acarreta? A reforma administrativa, com tudo aquilo que representa, era algo que eu defendia desde que tomei posse. A grande mais-valia desta reforma são as

novas competências que as juntas de freguesia vão passar a ter, e que são ainda da responsabilidade da CML até ao fim de 2013. Para que as pessoas percebam melhor o meu entusiasmo com a reforma administrativa, dou o meu exemplo como autarca. Sou Presidente da Junta de Freguesia porque gosto do que faço. Porque sinto que todos nós devemos dar algo à comunidade onde estamos inseridos. Para mim, ser autarca numa junta de freguesia, não é um cargo político. É fundamentalmente um cargo de espirito de comunidade, onde se mistura a vontade e a habilidade de fazer com poucos recursos humanos e materiais. Eu como autarca já tive que fazer de tudo, desde projetos de obras, a delinear estratégias de comunicação e marketing ou desenhar planos finan-

ceiros. Ora, muitas vezes somos confrontados com as queixas das pessoas, seja por causa da higiene urbana, buracos no asfalto ou parques infantis, e pelo facto de não sermos autónomos, de não termos competências para resolver esses problemas, temos que pedir a solução a terceiros e aguardar pela resposta. Essa resposta por vezes demora meses, o que é desesperante para quem está no terreno com vontade de resolver, sentindo a freguesia como parte de si. Por este motivo, sempre lutei para que a Junta de Freguesia do Beato tivesse mais competências próprias, com mais meios financeiros, porque é algo que a experiência do dia-a-dia me ensinou ser a forma mais rápida e eficiente de resolver os problemas. SSente-se de alguma forma o responsável pelo facto de o Beato, como freguesia, ter mantido o seu nome e fronteiras, enquanto outras juntas viram o seu nome extinto ou tiveram que se juntar? Sinto que tive um papel importante, mas fundamentalmente o grande responsável pelo facto da freguesia ter mantido a sua identidade é o forte espirito de comunidade que foi visível para os responsáveis da CML. Quem vê de fora o que vê? Vê uma freguesia que tem uma vida intensa, uma


população unida, onde existem atividades extremamente variadas para toda a população e que faz tudo isto com uma grande autonomia, devido a uma grande rede de trabalho e parcerias que potenciam a utilização dos recursos da e para a freguesia. No meio de tantos estudos, de tantas opiniões e decisões, o que acabou por prevalecer foi a identidade forte que a freguesia do Beato tem, e que não valia a pena quebrar. Acho que é uma vitória muito grande de toda a população da freguesia, o Beato ter ficado como freguesia, com a mesma identidade e área para as próximas décadas. É uma opinião unânime que a freguesia do Beato tem uma grande oferta ao nível de atividades. O que está pensado para o futuro? Eu considero que as juntas de freguesia, como órgãos de poder local de grande proximidade, e com uma sensibilidade muito grande para perceber as expetativas das pessoas, deve ser multifacetada nas suas ações. O Beato tem áreas onde o investimento é constante. Sejam as obras no espaço público, as intervenções nos espaços verdes ou a diversidade dos programas para os jovens e para os mais seniores. Dois bons exemplos, em áreas diferentes, são o Espaço Jovem OTL10+

com atividades para os jovens dos 10 aos 14 anos vocacionados para o apoio escolar que queremos em breve alargar para outras idades. O Teatro Ibérico tem agora uma programação cultural regular, onde é possível inclusive de assistir a um bom concerto de ópera. Temos não só uma grande oferta ao nível de atividades, mas sobretudo uma oferta de qualidade feita com a “prata da casa”, com as pessoas de forma humilde mas sustentável para o futuro. Por uma questão de boa gestão, a Junta de Freguesia exige um número mínimo de inscritos para cada atividade. Por exemplo, anunciámos aulas de aeróbica, mas encontram-se em standby porque não alcançámos o número mínimo de inscritos. Temos capacidade para promover muito mais, desde que as pessoas se inscrevam. Tudo o

que pode ser feito dentro das nossas competências, nós fazemos. Mas, muitas vezes as pessoas pedem à junta que intervenha em áreas para as quais não temos competências nenhumas. Falo por exemplo de obras ao nível da reabilitação urbana, de trânsito ou comércio local. Ou seja: ainda há muitas áreas onde não temos capacidade de intervenção, porque saem fora do âmbito das competências de uma junta de freguesia, e são onde as pessoas mais reclamam. Infelizmente, no nosso país as juntas de freguesia são o parente mais pobre do Estado. Dentro das áreas onde a Junta de Freguesia do Beato não pode intervir, quais é que acha que seriam mais importante desenvolver? Não tenho dúvidas nenhumas de que faz falta um plano de reabilitação

urbana estruturado para várias zonas da freguesia, e penso que ao nível da CML já se percebeu que se deve aproveitar o quadro de apoio comunitário Lisboa 2020, para conseguir fazer isso. É algo que é fundamental ser feito. Um projeto que nunca ninguém fala dele, e que é muito importante, o Plano de Pormenor do Casal do Pinto, que vai permitir a construção imobiliária e de espaços verdes e públicos, numa zona da Picheleira que neste momento está sem nada, que está abandonada. Ao mesmo tempo vai permitir fechar a malha urbana do bairro, melhorando as acessibilidades, integrando todo o bairro da Picheleira na cidade de Lisboa. Acho que é uma zona com potencial de construção e que com aquilo que está previsto ao nível do plano é importante. Acho também que a ligação da Picheleira com a Estrada de Chelas e depois à Madre de Deus é fundamental, e que estava prevista sem a nova ponte (3ª Travessia do Tejo). Perdemos muito porque estavam previstas imensas obras para a nossa zona, que acabaram por não se realizar, algumas delas estamos a pressionar a CML para conseguir recuperar, mas perdeu-se a vantagem dessas obras serem pagas em cerca de 80% em fundos comunitários. Acho que foi cometido um erro

oBeato . 9


enorme. Qual é a sua opinião sobre o atual mandato da Câmara Municipal de Lisboa? Só por má-fé não consideraria este mandato como muito positivo. Conseguiram-se alcançar marcos muito importantes, não os vou enunciar a todos, porque não é o tempo nem o local para o fazer. Mas tenho que destacar alguns para além da reforma administrativa que referi anteriormente. É claramente positiva a gestão financeira da autarquia. É bom não esquecer que a cidade de Lisboa antes da chegada de António Costa, estava nas capas de jornal por dívidas e incumprimentos. Foi uma página negra da história da nossa cidade. Hoje as coisas mudaram para melhor. A amortização da dívida foi uma boa notícia. Infelizmente os resultados, ou seja dinheiro para investir na cidade, só apareceram este ano. Eu acho notável, até porque sou um defensor do mais absoluto equilíbrio financeiro, que numa altura de grandes contenções, a CML tenha reduzido o seu passivo em cerca de 48%. António Costa é dos poucos presidentes de câmara em Portugal, que vai chegar ao fim do mandato a poder dizer que com ele, a dívida não aumentou mas baixou. Isso é a forma correta de fazer política. Não é fazer tudo e mais alguma coi-

oBeato . 10

sa e deixar para os outros pagarem. Faz-se aquilo que é possível ser feito. As pessoas têm que compreender que por vezes não é possível fazer tudo. Há que gerir com rigor e com capacidade para obter equilíbrios financeiros. E o mesmo que se passa com a Junta de Freguesia do Beato? Ao nível da Junta de Freguesia do Beato é o mesmo. Neste momento temos uma dívida zero. Não temos dívidas a fornecedores, temos um prazo médio de pagamento de 15 dias, temos as finanças da Junta de Freguesia equilibradas. É óbvio que gostávamos de ter mais meios finan-

ceiros para fazer obras. Tenho 9 intervenções no espaço público pensadas, com projetos e orçamentos feitos, e que não avançam porque não temos dinheiro para conseguir pagar. Há um ponto de honra que eu acho que representa uma forma diferente de fazer política: não lançamos nenhuma obra que não tenhamos dinheiro para a pagar. Ou seja, há dinheiro fazemos a obra, não há dinheiro não se faz, nem que se tenha que esperar mais um ano ou dois e ir poupando, como acontece em qualquer família portuguesa. Isso é a forma de gestão que seguiremos até ao último minuto em que estivermos à frente dos destinos

da Junta de Freguesia. Ao nível de despesas de funcionamento, estamos com o nível mais baixo de sempre. Quem me conhece, e eu tenho fama de forreta, sabe que eu tenho feito um esforço descomunal para conseguir cortar tudo aquilo que eram excessos que existiam. Posso dizer que a média de gastos que as juntas de freguesia de Lisboa têm com os recursos humanos ronda os 42%, e nós estamos com 27%. Isso é a prova do controlo que temos conseguido ter, para conseguir canalizar verbas, para fazer projetos, para dar apoios e para fazer obra.


Serviços disponíveis

Uma Junta de Freguesia do seu dispor… 24 horas por dia A Junta de Freguesia do Beato oferece hoje um conjunto de serviços que reforçam o seu desígnio enquanto órgão de poder local de grande proximidade com a população.

Em contato permanente com as pessoas A Junta de Freguesia do Beato tem hoje uma sólida presença na internet com um site atualizado regularmente e com um conjunto de serviços que poupam tempo e evitam incómodos por parte da população. A presença nas redes sociais é feita da página do facebook, que tem uma forte componente informativa, e na qual pode ficar a conhecer o dia-a-dia da freguesia e as atividades que a Junta de Freguesia

vai organizando e disponibilizando. Esta filosofia de comunicação é reforçada com o envio de uma newsletter, com edição do Boletim Informativo “O Beato”, distribuído gratuitamente por toda a freguesia nas caixas de correio e expositores em cafés, e também disponibilizado em formato digital. Verdadeiramente inovador é o serviço SMS Beato, ou ainda a nova aplicação para smartphones, que permite saber tudo o que é feito para si pela Junta de Freguesia.

Mais eficiência…mais proximidade Muitos ainda se recordam dos tempos em que um atestado demorava 48 horas a estar pronto. Hoje são feitos na hora, para comodidade da população. Em 2006, a Junta de Freguesia do beato abria às 14 e fechava às 20 horas. Alargámos o horário de funcionamento, depois de ouvida a população, estando hoje os serviços da Junta de Freguesia disponíveis das 10 às 19 horas, e à 2ª feira até às 20 horas. De forma a diminuir a distância entre a sede da Junta de Freguesia e o bairro da Picheleira, foi inaugurado o Polo de Atendimento que funciona nas instalações do Mercado da Picheleira. Ao nível de espaços, a Junta de Fregue-

Site da Junta de Freguesia do Beato

sia tem vindo a aproveitar imoveis que se encontravam sem uso, e colocado os mesmos ao serviço da população. É o caso do Espaço Saúde, do Espaço Fazeres, do Espaço Ideias na sede da Associação de Moradores na Picheleira, que se tornaram centros de atividade interageracionais e que são aproveitados pelas pessoas, e que consideramos ainda que têm de ser melhor aproveitados e terem mais vida. Ainda ao serviço da população, a Junta de Freguesia do Beato tem o Gabinete do Cidadão, com apoio jurídico, ou prestado auxílio no preenchimento do IRS, serviço onde só este ano afluíram 400 pessoas. Polo de Atendimento no Mercado da Picheleira

QUER ESTAR A PAR DE TUDO O QUE A NOSSA JUNTA FAZ? ADIRA AO SMSBEATO E NEWSLETTERBEATO. É GRÁTIS! E RECEBE INFORMAÇÃO REGULAR SOBRE AS NOSSAS ATIVIDADES, INICIATIVAS E EVENTOS. MAIS DE 1000 POR ANO1. ENVIE O SEU NOME, Nº DE ELEITOR, TELEMÓVEL E E-MAIL PARA GERAL@JF-BEATO.PT PARA ADERIR A 100% AO BEATO. O serviço SMSBEATO apenas é disponibilizado para recenseados na freguesia. 1 Um estudo realizado pelo projeto “Mais Poder Autárquico” da Universidade Lusíada à J. F. Beato, conclui que houve 1092 atividades, iniciativas e eventos organizados pela Junta de Freguesia do Beato (individualmente e/ou em colaboração com outras instituições), durante todo o ano de 2011.

oBeato . 11


Freguesia dos 0 aos 99 anos

Beato…uma freguesia dos 0 aos 99 anos Uma oferta cultural diversificada Com a Gala do Beato, a Junta de Freguesia conseguiu tornar um evento na maior festa da população do Beato. Recorrendo unicamente à “prata da casa”, ano após ano, as magníficas instalações do Convento do Beato enchem-se numa grande demonstração de orgulho e bairrismo saudável. O fado tem também sido destacado com o ciclo “Beato dá Voz ao Fado”, realizado em conjunto com o movimento associativo da freguesia. Através do Teatro Ibérico, a população da freguesia do Beato tem hoje ao seu dispor uma programação regular e diversificada, que passa por espetáculos de ópera, fado ou teatro. E continuando na oferta ao nível de espectáculos teatrais temos que dar enfase à peça de teatro de revista “Cheira a Vitória” concebida pelo Vitória Clube de Lisboa, ou à homenagem que foi feita ao saudoso Raúl Solnado, com a história peça “Há Petróleo no Beato” levada a cena na Manutenção Militar, no passado dia 6 de abril e que atualmente percorre todo o país. E na continuidade do que tem sido feito em anos tran-

Comemorações do Dia Mundial da Criança

Gala Anual do Beato

Uma das atividades do Projeto Gerações

Iniciativa “Todos à Praia

satos, a Junta de Freguesia do Beato continuará a apoiar a sua Marcha Popular. Apoios para os mais novos e para os mais séniores A aposta na educação tem sido contante. Este é o resultado de se acreditar que a educação é um dos pilares fundamentais para uma vida de sucesso e cidadania plena. Nos últimos anos, na nossa freguesia, foram criadas 4 novas salas de jardim-de-infância, que correspondem a 80 novas vagas. Todas as escolas do 1º Ciclo possuem CAF/ ATL em funcionamento a partir das 8 horas, dando

desta forma um grande apoio às famílias. Foram feitas diversas intervenções para requalificar os estabelecimentos de ensino um pouco por toda a freguesia, mas faltam ainda obras para melhorar as nossas escolas, sendo o caso mais visível a Luís António Verney. Já se encontra aberto ao público o Espaço Jovem OTL 10+, uma valência ao dispor de todos com actividades lúdicas e pedagógicas e acompanhamento ao estudo, destinado a jovens que frequentem o 5º e 6º ano de escolaridade. Existem hoje projetos educativos extremamente interessantes como por exemplo a Horta Co-

munitária da Escola 28. A oferta ao nível lúdico é variada e tem sido mantida ao longo dos anos, com os programas Praia Campo Infância, a iniciativa Todos à Praia, o Beato Disco Party, ou a Semana da Juventude que se realiza ao longo deste mês de Maio. Beato: uma freguesia com vida! Oferta desportiva: Escolinha FutBeato, Ginástica Moderada, Andebol, Aeróbica, Krav-Maga, Ténis, Artes Marciais,… Oferta Cultural: Guitarra Clássica, Violinos, Teatro, Ballet, Pintura, Hip-Hop, Informática,…

Que outras atividades gostaria de ter na nossa freguesia? Sugira! Dê ideias! O seu contributo é bem-vindo! Tudo isto só é possível com uma forte ligação de todos às entidades locais, como associações, coletividades, escolas e voluntários. Trabalho em rede é o caminho! oBeato . 12


CONSELHO LOCAL DE SEGURANÇA A sua segurança para nós é prioritária. Participe. Colabore. Ajude-nos a viver numa freguesia mais segura Dia 3 de Junho – 18:00H – Vitória Clube de Lisboa Dia 5 de Junho – 18:00H – Junta de Freguesia do Beato Com a presença de diversas forças de autoridade

PRAIA CAMPO SÉNIOR 22 A 26 DE JULHO TODOS À PRAIA 29 DE JULHO A 10 DE AGOSTO INSCRIÇÕES A PARTIR DE 11 DE JUNHO

oBeato . 13


Opinião

A voz do povo… a sua opinião interessa NA 300ª EDIÇÃO DO BOLETIM INFORMATIVO “O BEATO” FOMOS PARA A RUA SABER QUAL A OPINIÃO QUE AS PESSOAS TÊM SOBRE…O PRÓPRIO BOLETIM. O QUE ACHA DO BOLETIM “O BEATO”? “A existência de um Boletim Informativo é positiva porque informa as pessoas, no entanto deveriam também noticiar mais as coisas menos positivas que existem no dia-a-dia. O Boletim está sempre disponível aqui no meu estabelecimento e as pessoas levam-no consigo” Adelina Nunes

“Tenho uma opinião muito favorável da revista da Junta de Freguesia do Beato. É boa porque informa as pessoas de tudo aquilo que se passa na freguesia. Eu conheço pessoas que só leem este tipo de publicações. Eu faço questão de ler tudo o que é publicado na revista. Eu faço sempre questão de dar um exemplar a todas as minhas clientes” Maria do Céu Sá Velho

“O Boletim Informativo é uma publicação que informa bem a população. Considero mesmo que é um elemento essencial para fazer a ligação entre a Junta de Freguesia do Beato e os eleitores. Muitas vezes, por falta de tempo, não temos conhecimento de tudo o que se passa na freguesia, e o Boletim cumpre a sua missão de informar” Guilherme Soeiro

“Eu gosto. Gosto de tudo o que vem no Boletim porque traz tudo aquilo que é feito na freguesia. Gosto de ler as opiniões das pessoas, embora às vezes não se faça tudo aquilo que se diz. É importante o Boletim manter as pessoas interessadas. Gostava que as iniciativas com disponibilização de bilhetes fossem melhor divulgadas” Maria Madalena Ribeiro

“É bom. Gosto de tudo. É importante haver informação e dar conhecimento de tudo aquilo que é feito e dos problemas que existem. O Boletim Informativo também é útil porque tem muita informação institucional” Maria Isabel Teixeira

“Gosto muito porque mostra tudo o que é feito nos bairros. E noticiam tudo aquilo que se irá fazer. É bom ler tudo aquilo de bom que tem vindo a ser feito pela freguesia” Teresa Oliveira

oBeato . 14


Informações

www.jf-beato.pt geral@jf-beato.pt https://www.facebook.com/freguesiabeato Junta de Freguesia do Beato Rua de Xabregas, 67 – 1º // 1900-439 Lisboa T. 218681107 / 218687524 / F. 218686480 Horário de Atendimento - Dias úteis: 10:00H às 19:00H, excepto à 2ª feira que se prolonga até às 20:00H Pólo de Atendimento da Junta de Freguesia na Picheleira Mercado da Picheleira // Rua Eng.º Maciel Chaves T. 218491389 Horário de Atendimento - Dias úteis: 08:30H às 13:00H Atendimento da Junta de Freguesia no Balcão Único Municipal Oriental Loja do Cidadão Oriental Empreendimento do Hipermercado Pingo Doce na Bela Vista - Atestados - Informações - Marcação de Atendimento Técnico 2ª a 6ª Feira das 9:00H às 19:00H, Sábado das 10:00H às 13:00H

RECLAMAÇÕES COM ESPAÇO PÚBLICO, HIGIENE URBANA OU ESPAÇOS VERDES? NÃO HESITE! CONTACTE-NOS! espacopublico@jf-beato.pt higieneurbana@jf-beato.pt espacosverdes@jf-beato.pt

O BEATO . Propriedade Junta de Freguesia do Beato COORDENAÇÃO EDITORIAL . Hugo Gaspar PROJECTO GRÁFICO . Inês Nuno . IMPRESSÃO . Socingraf DISTRIBUIÇÃO . Junta de Freguesia do Beato TIRAGEM . 8000 exemplares N.º DEPÓSITO LEGAL . 56722/92 geral@jf-beato.pt

Espaço Saúde (Posto Médico da Junta de Freguesia do Beato) Rua Nova do Grilo n.º7-A T. 218650150 Horário de Atendimento - Dias úteis: 10:00H às 19:00H Período de almoço: 13:00H às 14:00H

Informações Úteis

Centro de Saúde de S. João Av. Afonso III – Lt 16 1900-039 Lisboa T. 218101010 Horário de Atendimento Dias úteis: 8:00H às 20:00H Santa Casa da Misericórdia (Assistentes Sociais – Zona oriental) T. 218554100 PSP – 12ª Esquadra Olaias T. 218414250 PSP - Equipa de Proximidade de Apoio à Vítima Agentes Elisabete Silva e Bruno Martins T. 969 894 189 - Equipa de Proximidade Escola Segura Agentes Ana Fernandes e Mário Frazão T.969 893 926

Policia Municipal T. 217825200 Bombeiros Voluntários do Beato T. 218681095 / 968688139 Regimento Sapadores Bombeiros T. 213963141 Lisboa Gás (fugas de gás) t. 808277277 EDP (falhas de energia) T. 800506506 EPAL (faltas de água) T. 800222425 CML Recolha de Animais Abandonados / Mortos T. 213617700 Iluminação Pública T. 808 20 32 32 Brigada de Colectores T. 217988000 oBeato . 15


a i s e u g e r f a d s a t s e f eus d e d e r d a m a d a t a m se! a t ir iv d ! o ig m a m u apareça! Traga

Dia 25 – sábado 15h00 às 19h00 XIX Festival de Folclore

Dia 1 – sábado 15h30 às 17h00 Dia da Criança Atividades Lúdicas

Maio Junho

Dia 2 – domingo 15h30 às 18h30 Concurso “O Beato tem Talento”

Dia 26 – domingo 17h00 às 20h00 Missa Campal em Honra de Nossa Senhora Dia 16 – domingo 15h30 às 18h00 Dança Tarde de Zumba Dia 23 – domingo 15h30 às 17h30 Teatro “Entre Este e o Outro” 17H00 Desfile da Marcha Popular em vários pontos da freguesia

Dia 8 e 9 – sábado e domingo 10h00 às 19h00 Feira de Produtos Regionais

Dia 30 – domingo 15h30 às 17h00 Grupo Companhia Lda “Anos de Ouro”

- Ciclo de Cante Tradicional Alentejano - 19 Maio a 30 Junho - Ópera “A Kate e o Skate” – 1 Junho a 30 Junho oBeato . 16

Peça o seu convite na Junta de Freguesia. Apenas para recenseados


Edição 300 Boletim JF Beato  

Edição comemorativa do 300º número do Boletim Informativo da Junta de Freguesia do Beato

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you