Page 1

obeato

oBeato distribuição gratuita . www.jf-beato.pt . cidade de lisboa



JULHO’09 . Boletim Informativo da Junta de Freguesia do Beato

Rotunda das Olaias: Solução À vista...Finalmente! pág. 4 e 5

Maio - Mês de Muita Actividade pág. 11

PS Vence Europeias no Beato pág. 13

Marcha do Beato: O Orgulho da Freguesia


Atendimento Presencial 5ªF das 17H às 19H ATENDIMENTO ONLINE via MSN Inclua nos seus contactos: presidente_junta_beato@jf-beato.pt

SECRETÁRIO

Horário de Atendimento ONLINE 5ªF das 15H às 17H e das 19H às 20H

TESOUREIRO

ANA LUÍSA JERÓNIMO (PSD) PELOUROS Prevenção Primária da Toxicodependência; Iluminação Pública; Segurança; Trânsito e Rede Viária. ATENDIMENTO (com marcação prévia) 4F das 18h às 19h

VOGAL

ANA MIRA FEIO (PS) PELOUROS Finanças e Orçamento; Cultura; Actividades Económicas. ATENDIMENTO (com marcação prévia) 2F das 19h às 20h

ANTÓNIO PITO (PS) PELOUROS Desporto; Colectividades; Espaços Verdes; Protecção Civil. ATENDIMENTO (com marcação prévia) 3F das 18h às 20h

Hugo Xambre Pereira . Eleito pelo Partido Socialista Presidente da Junta de Freguesia do Beato

A

recente tentativa de aproveitamento político por parte de algumas forças partidárias na Freguesia do Beato, no que diz respeito à Rotunda das Olaias, causou-me alguma perplexidade. Quando leio certos comunicados ou ouço determinadas posições públicas, pergunto-me, se as posições que hoje defendem, e que são totalmente contrárias às que defenderam no passado, se deve a lapsos selectivos de memória, ou ao mais engenhoso e imoral populismo. Bem sei que em breve teremos eleições autárquicas, e que muitas vezes a ambição pelo poder, leva a que se entre no jogo do vale tudo, e se caia na tentação de seguir pelos caminhos do populismo e das inverdades crónicas. Não considero que seja esse o melhor caminho, mas compreendo que à falta de ter onde criticar, nada como lançar um boato aqui, acrescentar um ponto acolá e exagerar por ali. Será que em tempo de eleições valerá tudo? Inclusive iludir a população com informações que se sabe serem falsas? Quem tem a ganhar ao lançar a confusão nas gentes do Bairro da Picheleira? A população? Não creio. O radicalismo nunca foi bom conselheiro, e eu sempre defendi e continuarei a política do diálogo, da convergência, da opção pelas soluções em detrimento das confusões. Foi seguindo esta filosofia, que um problema que se arrastava desde 2004,

VOGAL

obeato

PELOUROS Espaço Público; Habitação; Informação; Juventude; Modernização Administrativa; Recursos Humanos;  Educação; Espaço Saúde.

LUCÍLIA CHARNECA (PS) PELOUROS Acção Social, Higiene Urbana ATENDIMENTO (com marcação prévia) 3F das 18h às 19h

e que este Executivo herdou, tem finalmente uma solução à vista. Uma solução diga-se que vai de encontro aos interesses da população. Não deveriam todos, independentemente da sua filiação partidária ficar felizes? Não deveria ser o contentamento da população o sentimento maior a nortear a prática de quem faz política nesta Freguesia? Para mim, sim. Este Executivo não se esquivou ao diálogo. Promoveu sessões públicas de esclarecimento. Pessoalmente, com a vantagem de ser morador no Bairro e conhecido de muitas pessoas do Bairro, ouvi e conversei com muitas pessoas. Aceitamos sugestões. Foram importantes os mais variados contributos e opiniões enviadas para a Câmara Municipal e com os técnicos aquando da sua visita. Reafirmo o que digo muitas vezes: Só com uma forte união entre a População e a sua Junta de Freguesia é possível obter resultados e obras para melhorar a nossa freguesia. Eu quero isso por dois motivos: Como presidente e como morador 24 horas por dia na freguesia do Beato.

Hugo Xambre Pereira Presidente da Junta de Freguesia do Beato

presidente_junta_beato@jf-beato.pt

INDICE

2 Mensagem do Presidente

7 Parabéns Onze Unidos!

3 Junta de Freguesia do Beato tem novo PORTAL

8 Rotunda das Olaias: Solução à vista!

4 Beato. Uma Freguesia viva!

10 Demolição de zonas

devolutas no Beato 11 Continua o vandalismo incompreensível no Beato! 12 Câmara Municipal reuniu no Teatro Ibérico


obeato



Aposta na comunicação de proximidade continua

Junta de Freguesia do Beato tem novo PORTAL

A

poiado na mais actual tecnologia, o novo site do Beato está ao seu dispor, com mais funcionalidades, melhor informação e serviços directos que lhe permitem, por exemplo, preencher qualquer documento a partir de formulários em linha. O objectivo foi dotar a Junta de Freguesia de um instrumento moderno e mais fácil de navegar, útil para todos

Junta de Freguesia do Beato:

Uma relação de proximidade a pensar no futuro.

Visite a sua Junta em: www.jf-beato.pt os que moram na Freguesia. Por exemplo, agora é possível saber qual a farmácia de serviço disponível e, ao mesmo tempo, calcular o percurso da sua casa até ao estabelecimento. Isto é feito com recurso a tecnologia fornecida pelo portal Google, o maior do Mundo. Também o acesso a infor-

mações históricas e turísticas foi melhorado, com textos expostos de forma mais simples e clara. Outra das novidades é a mensagem vídeo do Presidente da Junta, que irá informar, mensalmente, os eleitores, sobre as principais actividades da Junta. O livro de visitas foi melhorado, bem como a galeria de imagens.

O site está preparado ainda para apresentar toda a informação institucional da Junta de Freguesia, como actas, editais, anúncios, entre outros. Também os contactos de linhas de apoio aos cidadãos foram revistas e melhoradas, bem como existe agora um directório da maior parte das colectividades do Beato. Uma zona de notícias locais e outra que agrega as mais recentes notícias dos meios nacionais de comunicação social foram adicionadas.


obeato



Abril e Maio foram meses marcados por muita animação e actividades na Freguesia do Beato

Beato. Uma Freguesia viva!

O

s meses de Abril e Maio foram meses onde se registou um assinalável número de actividades, que comprovam que esta é uma Freguesia viva, com uma ampla oferta desportiva e cultural, e onde as colectividades têm vindo a assumir um notável protagonismo. Importa acima de tudo salientar o aspecto mais importante de todas as actividades que se realizaram: a adesão espectacular que estas tiveram por parte da população, o que é extremamente gratificante e encorajador. Grande adesão nos torneios organizados pela Junta em conjunto com as colectividades! A Junta de Freguesia organizou diversos torneios, e contou com a adesão de várias colectividades. Foram realizados torneios de snooker, malha, petanca, matraquilhos, bilhar, dominó belga, futsal, sueca e dardos. A diversidade fez com que estes torneios fossem ao encontro do gosto e preferência de todos. O sucesso registado nestes torneios leva a que esteja a ser ponderada a realização de mais uma ronda de mini-torneios, com a escolha de 3 a 4 modalidades. Aguardemos. Esta foi também uma forma de levar a população ao encontro das colectividades que existem na nossa Freguesia. As colectividades existem para servir a população, e a sua sobrevivência, depende do apoio e incentivo que cada um de nós dá, nas mais variadas formas: tornando-se

pelos momentos de diversão e convívio que proporcionaram a todos os presentes. A presença surpresa de um rancho folclórico animou a tarde, e incentivou muitos a mostrarem os dotes de dançarino. Almoço aberto à População na Mata da Madredeus com a actuação de Toy! No dia 23 de Maio o cantor Toy esteve presente na Mata da Madre de Deus, no âmbito das comemorações do Mês da Freguesia. O concerto deste popular cantor, que encantou com a sua simpatia e boa disposição foi o culminar de um dia que teve um almoço aberto à população. Os comes e bebes distribuídos gratuitamente foram bastante apreciados pelas centenas de pessoas que afluíram à Mata da Madre de Deus.

associado, participando nas actividades, praticando desporto, convivendo, até bebendo um simples café. Só assim as colectividades do Beato poderão sobreviver e continuar a trabalhar para si.

tal deve-se ao facto de não haver sócios que queiram assumir as responsabilidades da gestão das mesmas. A existência de colectividades no Beato depende da participação de todos! Participe!

A Junta de Freguesia do Beato tem vindo a apoiar as colectividades sempre que solicitado, dentro das suas capacidades, e com um rigoroso critério, sustentado principalmente no facto, de considerar que devem ser apoiados os projectos e actividades que tenham como público-alvo a população em geral. Se existem colectividades que encerram portas e dão como terminada a sua acção,

Passeio de Idosos: repetiu-se o sucesso! Este ano o passeio que já se tornou uma tradição entre aqueles que estão agora na melhor idade, foi até à Quinta do Castro em Pragança. Participaram no total 550 recenseados na Freguesia do Beato, o que prova que os mais idosos, só não participam nas actividades, se estas não forrem feitas. Momentos como o almoço e o lanche foram inesquecíveis,

XVII Festival Nacional de Folclore Mais uma vez, a Freguesia do Beato acolheu um Festival Nacional de Folclore, que se realizou no passado dia 30 de Maio, na Mata da Madre de Deus. Tudo começo com a concentração dos Ranchos e Convidado junto à residência de Exmo. Sr. General António Ramalho Eanes, tendo posteriormente sido realizado um desfile dos Ranchos pela rua D. José de Bragança até à Mata da Madre de Deus. Realizou-se uma sessão solene e foram entregues lembranças aos Ranchos. Os Ranchos participantes na edição deste ano foram o Grupo de Danças e Cantares “Ecos de Montemuro” – ASCRM Faifa – Lisboa, o Rancho Folclórico “Os Lobos da Serra” – Eiriz e


Procissões As procissões, que são já uma tradição no Beato, são um momento de demonstração de fé e de alegria, percorreram mais uma vez as ruas da nossa Freguesia. Contaram com o apoio da Junta de Freguesia do Beato. Dia 30 de Maio a Procissão em honra de Nossa Senhora, percorreu o Bairro da Picheleira, e no dia 31 de Maio, realizou-se a habitual Missa Campal na Mata da Madre de Deus. Ballet e Violinos actuam no Fórum Lisboa Decorreu no passado dia 31 de Maio a actuação da classe de ballet e violinos do Ateneu da Madre de Deus. O espaço deste evento foi o Fórum Lisboa, que a Junta de Freguesia conseguiu que fosse emprestado para este efeito. Assistiram a este espectáculo cerca de 500 pessoas, desde familiares dos pequenos artistas a habitantes da Freguesia do Beato. No final do evento, o Presidente da Junta de Freguesia do Beato e o Presidente do Ateneu da Madre de Deus homenagearam a professora da classe de ballet e o professor da classe de violinos, pelo mérito que

têm, na educação dos jovens do Beato, ao longo de todos estes anos. Tarde dançantes com baile aberto a todas as idades Uma das iniciativas com maior sucesso na Freguesia voltou a repetir-se: as Tardes Dançantes do Beato, que este ano se realizaram a 6 de Junho nos Onze Unidos e 28 de Junho no Vitória Clube da Lisboa. Clube de Pesca com a sua sardinhada anual O Clube de Pesca realizou a sua sardinhada anual na sua sede social na Rua da Manutenção. Este evento, aberto a todos os seus sócios, contou com a presença do Presidente Junta de Freguesia Hugo Xambre Pereira e os membros do Executivo Lucília Charneca, Ana Feio e António Pito. Associação Geração com Futuro faz arraial popular A Associação Geração com Futuro, que tem feito um excelente trabalho junto da população da Nascimento Costa, fez o seu arraial popular, no passado dia 26 de Junho, com muita festa, sardinha e febras assadas, contando com a participação de muitos populares. As receitas desta iniciativa reverteram para a Associação, de forma a que esta tenha fundos para continuar a realizar iniciativas que têm sido de grande importância no dia a dia da população da Nascimento Costa.

obeato

Outeiro, o Rancho Folclórico da Freguesia da Lapa – Cartaxo, o Rancho Etnográfico da Casa do Concelho de Castro Daire e o Grupo de Folclore da Casa do Concelho de Arcos de Valdevez.




obeato



Correio dos Leitores Sr. Presidente e restante Executivo da Junta, Venho através desta carta alertar para o facto de o bairro onde moro, Carlos Botelho, e zonas da Picheleira estarem a ser invadidas por uma praga de formigas. (…) Embora seja animais inocentes, acabam por causar um grande transtorno devido à sujidade que provocam (…). Os passeios encontram-se cheios de areia que as formigas trazem, pelo que apelo à vossa intervenção. Leitor devidamente identificado R: Obrigado pela sua carta. A situação que nos relata já foi comunicada à Câmara Municipal de

Lisboa, que se encontra neste momento a estudar a melhor forma de conseguir fazer uma intervenção profunda, de forma a controlar eficazmente a praga de formigas que tem vindo a afectar esta zona. O assunto encontra-se a ser analisado pelos técnicos da CML, a nosso pedido, uma vez que nas visitas frequentes a esta zona da Freguesia, diversos moradores já tinham alertado para esta situação.

Ao Presidente da Junta do Beato, Fui recentemente à Escola Luís António Verney, por causa de um familiar, embora seja morador nas Olaias. Há algumas coisas que não percebo (…). Esta escola tem o espaço público e o espaço dentro da própria escola muito mais cuidado que o da Escola das Olaias (…). Pedia a mesma atenção da sua parte, e que a Junta interviesse com o mesmo cuidado na Escola das Olaias, já que basta andar no passeio para ver que não existe o mesmo cuidado. Leitor devidamente identificado

ta. As escolas do 2º e 3º Ciclo não são da competência da Junta de Freguesia, pelo que embora possamos ajudar em projectos concretos (e temos feito isso) que sejam propostos pelos Conselhos Executivos. A competência da gestão do espaço público destas escolas é destas e da DREL, e não da própria Junta de Freguesia. Recebemos várias cartas de moradores sobre a questão já relatada neste número da Rotunda das Olaias. Vamos publicar o maior número possível na próxima edição do Boletim “O Beato”.

R: Obrigado pela sua car-

Quero perguntar / Eu quero dizer: Este espaço é seu!

Use-o para nos enviar as suas sugestões, ideias, elogios e reclamações! Envie este cupão para a Junta de Freguesia do Beato


obeato

Colectividade do Beato projecta nome da Freguesia a nível nacional



Parabéns Onze Unidos!

É

um motivo de grande orgulho não só para os Onze Unidos, mas também para toda a população da Freguesia do Beato, o facto de terem alcançado um duplo sucesso: a equipa sénior e a equipa infantil de futsal asseguraram a subida à I Divisão, nos respectivos escalões. A equipa sénior dos Onze Unidos, ao ter ficado em segundo lugar no Campeonato Nacional da II Divisão, realizou um feito único para os pergaminhos desta colectividade, subindo à I Divisão. Para o ano poderemos ver

Pela subida à I Divisão Nacional de Futsal e Título de Infantis os Onze Unidos a jogarem de igual para igual, com os colossos desta modalidade em Portugal, Benfica, Sporting, Beleneneses, Freixieiro, Fundação Jorge Antunes, entre outros. Uma equipa de gente humilde, com muitas pessoas nascidas e criadas na nossa Freguesia, sem as regalias e prémios monetários que usufruem atletas de outros clubes,

só pode deixar toda a população do Beato com um imenso orgulho. Fizeram um percurso notável, com a subida da I Divisão Distrital à III, da III à II e da II à I, apenas em 4 anos. Merecem o nosso apoio incondicional e a presença maciça em todos os jogos. A Junta de Freguesia do Beato tem feito uma aposta nas escolas de formação, dando o

apoio possível, e sem colocar em causa o grandioso feito da equipa sénior, é também de grande realce, o facto da equipa de infantis, se ter sagrado campeã da II Divisão, o que permitiu a subida à I Divisão. Saliente-se o facto do treinador da equipa de infantis, ser o José Carlos Sousa, que é o capitão da equipa sénior. É pois com imenso orgulho que o Boletim Informativo “O Beato” dá os parabéns a todos os atletas e dirigentes dos Onze Unidos, sentimento que sabemos partilhar com a população da nossa Freguesia.

José Carlos Sousa…o capitão! O que sentiu quando se apercebeu de que os 11 Unidos faziam parte do escalão principal do Futsal em Portugal? Foi um dos dias mais felizes que tive enquanto jogador, ao ver tanta alegria entre associados e colegas de equipa e levando o clube a estar entre os 14 melhores clubes de Portugal. Quais os momentos que o marcaram mais esta época? Para mim foi depois de termos perdido em vila verde por 7-3.Chegar a cabine e ver a equipa de braços dados com a cabeça levantada e acreditando na subida mesmo ficando a 8 pontos do 1º lugar.

Que impor tância acha que tem para a população da Freguesia do Beato a subida à I Divisão? Muita, porque é um feito inédito para alguns impossível e enriquece muito a freguesia. A s pessoa s

vêm ter consigo na rua? O que lhe dizem? Dão os parabéns a toda a equipa pela subida de divisão não esquecendo que foram 3 anos seguidos de títulos. (Campeão da Divisão de Honra, Campeão da III Divisão Nacional e 2º classifi-

cado na II Divisão Nacional série B). Para além de capitão da equipa sénior, é também treinador dos infantis. Estes foram campeões da II Divisão e subiram à I. Existe muito talento nos 11 Unidos? Claro que sim. São crianças humildes com grande talento e que tive muito prazer em treinar durante 2 anos. Merecendo o titulo conquistado. Obrigado pela sua colaboração. Quer acrescentar mais alguma coisa? Espero que toda a freguesia do Beato nos apoie neste ano de estreia na 1 divisão como tem sido até agora, que os Onze Unidos bem merecem.


obeato



Rotunda das olaia

a

população e a Junta de Freguesia conseguiram uma vitória perante a Câmara de lisboa: a entrada da Calçada da picheleira não será fechada – o espaço será arranjado ainda este verão. a entrada da Calçada da picheleira para a rotunda das olaias vai manter-se aberta, tal como está hoje, depois de um duro processo de negociação com a Câmara municipal de lisboa. a Junta de Freguesia do Beato promoveu durante cinco semanas reuniões públicas com a população, na tentativa de encontrar um projecto alternativo àquele que a Câmara queria – fechar a actual saída e criar duas vias laterais, de sentidos únicos. Depois de auscultar a população, o presidente Hugo Xambre pereira apresentou à Câmara, com sucesso, um projecto que passa pela manutenção da actual saída e o arranjo paisagístico da zona envolvente. Cria-se assim mais um espaço público útil aos habitantes. na proposta, o autarca do Beato pressionou ainda a Câmara para colocar semáforos na rotunda das olaias, com vista a acabar definitivamente com os graves problemas de tráfego. a obra de arranjo paisagístico deve arrancar ainda este verão, a rotunda não será fechada à população, como era desejo desta desde o primeiro momento. Recorde-se que o processo se arrasta desde 2002, quando a Câmara municipal de lisboa, durante o mandato da coligação pSD e CDS, decidiu autorizar que ali se construísse um prédio. esta proposta, aprovada à época pelo executivo que foi escolhido por pedro Santana lo-

pes, fechava completamente o bairro da picheleira. ao tempo a Junta de Freguesia do Beato, cuja gestão era da responsabilidade da CDu, protestou junto da Câmara, mas apenas depois do encerramento da rua, ocorrido em Dezembro de 2004. Durante estes dois anos os autarcas da cidade esconderam à população da picheleira a realidade que estava para acontecer. Depois de protestos populares directos ao então edil Carmona Rodrigues, este cedeu e reabriu a via de circulação, sem no entanto alterar o projecto de loteamento para o local. a solução depois encontrada era criar um túnel por baixo do prédio projectado, permitindo o tráfego. Solução que rapidamente foi descartada, quer pela Junta de Freguesia como pelos moradores do bairro. Foi ainda sugerido que se construísse um prédio em empena, solução mais consensual, mas impossível porque a dona dos terrenos, a empresa Sopol, não aceitava essa solução. Desde então, e já com o partido Socialista eleito na Câmara municipal, existiu uma pressão da Junta de Freguesia perante antónio Costa, presidente da Câmara, para que a entrada do bairro

voltasse a ser inteiramente de terrenos públicos e que se mantivessem abertas as vias de circulação. o grande problema dos técnicos de tráfego da Câmara municipal de lisboa foi a incapacidade de compreender a importância daquela saída para a população local. no entender dos arquitectos e técnicos de tráfego, uma rotunda com seis saídas é pouco eficaz e a proximidade destas saídas pode provocar acidentes. no entanto, a solução trazida à freguesia dia 4 de Junho, foi rejeitada em peso pela população, tendo logo então Hugo Xambre pereira, líder da autarquia do Beato, rejeitado a proposta camarária e sugerido alternativas, para discussão. o Boletim “o Beato” dada a sensibilidade desta matéria, decidiu ouvir o presidente da Junta de Freguesia, Hugo Xambre pereira, de forma a deixar de uma forma clara e sem margem para equívocos qual a posição do actual executivo. Hugo Xambre pereira começou por comparar aquilo que estava planeado para o local no passado e aquilo que este executivo, trabalhando em conjunto com a população, conseguiu assegurar: “a

Junta de Freguesia do Beato conseguiu assegurar em primeiro lugar o essencial, a não execução do projecto inicial. neste constava a construção de um prédio que tapava a Rotunda das olaias toda. ora o que nós conseguimos, foi a garantia da Câmara municipal de lisboa em como não vai ser construído esse prédio. mas alcançámos também uma grande vitória, que é a construção de um espaço verde na entrada do Bairro da picheleira, algo que a população há muitos anos reivindicava e com razão, porque a picheleira tem carências ao nível dos espaços verdes. poder criar um espaço verde raiz é de facto uma excelente notícia. a Junta de Freguesia do Beato foi sempre contra a construção do prédio e a favor do acesso à picheleira através da Rotunda! o presidente da Junta do Beato aproveitou também para fazer um apelo ao bom senso, rejeitando atitudes irracionais ou de puro populismo que causam mais barulho do que obtém resultados: “a Câmara municipal de lisboa mostrou uma abertura para o diálogo, motivada pelos esforços desta Junta e da população. o diálogo chegou ao ponto da Cml se mostrar disponível para inviabilizar a


construção do prédio, e iniciando uma nova permuta de terrenos com a SOPOL, que é a dona do terreno, com direitos de construção no mesmo. Assembleia de Freguesia do Beato, 26 de Junho de 2009. A Assembleia de Freguesia do Beato reunida em sessão ordinária no passado dia 26 de Junho de 2009, pelas 21:00h, na sede da Junta de Freguesia, contou com a presença de um elevado número de pessoas do público em comparação com as anteriores sessões. Embora a ordem de trabalhos compreendesse apenas dois pontos – apreciação da informação escrita do Presidente da Junta e votação da acta número dezoito – a verdade é que a elevada afluência da população, se justificou pela necessidade desta

Mas então q u e erros foram cometidos? Hugo Xambre Pereira é explícito: “Nunca deveria ter sido permitida a abertura da rua que sobe da Avenida Marechal

Costa Gomes. Nesta altura, o Executivo da Freguesia, deveria ter tido obviamente outro tipo de posição. O loteamento, decidido em 2002, e que fechava a rua, teve discussão pública. Só que a complexidade que a questão da Rotunda das Olaias envolve não se limita apenas a estes factos. Em 2005 e 2006, a Câmara Municipal de Lisboa apresentou uma proposta de construção do prédio, com um arco, onde a rua passaria para baixo. Recorde-se que na altura todos

em ver discutida em Assembleia, o problema da hipótese de encerramento do acesso directo da Calçada da Picheleira à Rotunda das Olaias. Não surpreendeu, por isso, que, no período de intervenção do público, a maioria das intervenções tivesse como pano de fundo o tema da Calçada da Picheleira e que unanimemente se considerasse inaceitável outra solução que não fosse a da manutenção do dito acesso. Houve até uma eleitora, afirmando-se portadora de um abaixo-assinado contendo mais de mil assinaturas provenientes do Bairro da Picheleira, expusesse o sentimento de revolta e insatisfação daqueles moradores

pela solução que parecia estar a desenhar-se em clara contradição com o sentimento dos fregueses do Beato. Intervieram também uma moradora da Vila Dias e um morador do Beco dos Toucinheiros, ambos queixando-se de determinadas situações que afectam actualmente os respectivos locais. No PAOD (Período Antes da Ordem do Dia), foram apresentadas à Mesa da Assembleia: um voto de louvor à Marcha Popular do Beato, duas moções sobre a Calçada da Picheleira e uma recomendação. Tanto o voto de louvor como a recomendação foram aprovados com 5 e 8 votos, respectivamente. Já

obeato

as: Solução à vista!



foram unânimes em rejeitar esta solução. Quisemos saber o porquê, e Hugo Xambre Pereira é peremptório ao afirmar que a questão fundamental sempre foi o prédio. O prédio seria construído na única zona onde é possível a construção de um espaço verde, e para além disso, seria um muro, que fechava o Bairro da Picheleira. “É isso que somos contra. Que sempre fomos contra. E que a população também sempre foi contra”, afirma o Presidente da Junta.

as duas moções tiveram destinos diferentes: a apresentada pelo grupo do PS foi chumbada com 8 votos; a moção conjunta apresentada pelos grupos do PSD, CDU e BE foi aprovada, ponto por ponto: ponto 1 com 5 votos a favor; ponto2 por unanimidade; ponto 3 com 9 votos a favor (aprovada no seu todo) sendo que a Assembleia de Freguesia aprovou também a publicação integral da referida moção no Boletim da Junta imediatamente posterior. Nestes termos e nos do regimento junto se publica a Moção n.º 2. Ana Brandão Duarte Presidente da Assembleia de Freguesia do Beato


obeato

10

Apelos insistentes da junta foram finalmente ouvidos

Demolição de zonas devolutas no Beato A Câmara Municipal de Lisboa demoliu o conjunto de antigas garagens que existiam no Campo dos TLP. Recorde-se que a Junta de Freguesia do Beato há largos meses que vinha insistentemente a pedir a demolição das mesmas. Estas constituíam um perigo, por se encontrarem devolutas e cheias de entulho e davam uma péssima imagem à zona. Este é um passo decisivo para a requalificação da zona, mas não é suficiente. A Junta de Freguesia do Beato tem um projecto para toda a zona do antigo Campo dos TLP, que como já foi noticiado por diversas vezes no Boletim Informativo “O Beato”, é constituído por uma zona de estacionamento, por espaços verdes e por uma zona de lazer. A execução deste projecto depende exclusivamente da disponibilização por parte da autarquia da verba necessária. A Junta de Freguesia tem feito uma grande pressão junto da CML, tendo esta assegurado que irá fazer obras, o quanto antes. No entanto, consideramos que este projecto para o referido local pode não ser único, estando disponíveis para ouvir sugestões de outras utilizações que sejam compatíveis com o espaço. Outra boa notícia para os habitantes das zonas vizinhas à Vila Leonor e Largo Marquês de Nisa, é que os prédios que eram ocupados por diversos sem-abrigo e toxicodependentes, foram recentemente demolidos pela CML. A intenção da Junta de Freguesia é aproveitar o espaço da Vila Leonor para a criação de um espaço público e espaços verdes, aproveitando a existência de outros prédios à volta, que estão na calha para serem demolidos.


obeato

Apesar dos constantes apelos ao civismo

11

Continua o vandalismo incompreensível no Beato!

A

Junta de Freguesia apresenta obra em diferentes locais do Beato, de forma a melhorar as infra-estruturas públicas para usufruto da população. Incompreensivelmente, muitos dos melhoramentos que tentamos fazer, e que apenas podem ser feitos com recurso a meios financeiros, têm sido continuamente vandalizados. É de todo incompreensível, e mostra uma falta de civismo e de normal convivência em sociedade perfeitamente atroz. Por exemplo, foram colocadas mesas na Mata da Madre de Deus e alguns brinquedos para crianças. Estes equi-

pamentos foram bem acolhidos pela população, só que passados alguns dias, foram partidos. É profundamente lamentável. Outro exemplo é o roubo constante das flores que colocamos nos espaços verdes. E pior que isso, o conjunto de temporizadores e controladores, que a empresa encarregue dos Espaços Verdes coloca no sistema de rega da Aquiles Machado e na Praça Sócrates da Costa foram roubados. Só neste sistema de rega, o prejuízo ascende a 1430€. São menos 1430€ que poderiam ser investidos noutros melhoramentos, mas que infelizmente têm que ser aplicados na recuperação dos anteriores.

A Junta de Freguesia considera, no mínimo muito estranho, que num altura em que se querem fazer (ainda) mais coisas, sejamos impedidos de investir noutras zonas devido a estes actos. Existem empresas que actuam na Freguesia do Beato e que actuam também noutras Freguesias, que não compreendem como este é um fenómeno que assola desta forma a nossa Freguesia. É estranho no mínimo. Apelamos à população que se testemunhar algum acto de vandalismo em relação à propriedade pública, ou seja de todos nós, que denuncie o sucedido às autoridades.

Europeias 2009, PSD ganha no país, PS ganha no Beato Os resultados das Eleições Europeias 2009 foram os seguintes a nível nacional, com o PSD a obter 31,7% o que permitiu eleger 8 eurodeputados, o PS elegeu

7 eurodeputados, o BE com 10,73% foi a 3ªforça politica. Segue-se a CDU e CDS-PP que elegeram 2 eurodeputados e obtiveram 10 e 8%, respectivamente.

Contrariando a tendência nacional, os eleitores da Freguesia do Beato, optaram por votar preferencialmente no Partido Socialista (PS), tendo tido mais de 29%, seguido

do PSD a 7% de distância, CDU com 16%, BE com 12%. Registe-se também a elevada abstenção na freguesia, 59%, apesar de abaixo da média nacional.


obeato

12

R

ealizou-se no passado dia 3 de Junho, nas instalações d o Te a t r o Ibérico, uma Reunião Pública Descentralizada da Câmara Municipal de Lisboa, tendo sido ponto único da ordem de trabalhos a “Audição dos Munícipes”. Esta reunião destinava-se preferencialmente os moradores das Freguesias do Beato e Marvila. O Presidente da Junta de Freguesia do Beato, Hugo Xambre Pereira teve a oportunidade de intervir nesta reunião, e abordou três temáticas, que são muito caras à Freguesia do Beato: Rotunda das Olaias, Terceira Travessia do Tejo e Reabilitação Urbana. No que diz respeito à Rotunda das Olaias, a intervenção do Presidente da junta fez uma retrospectiva histórica, desde a origem do problema, até à situação actual. Mostrou-se esperançado em que a população, Junta de Freguesia e Câmara Municipal possam chegar a um consenso sobre o melhor projecto para o local, para, mesmo que de forma faseada, se possa começar a obra de reconversão, transformando o que hoje é um terreno baldio no único espaço público e verde condigno da Picheleira, sem construção de nenhum prédio e mantendo a ligação viaria ao bairro. Em relação à Terceira

Para discutir problemas da população do Beato e Marvila

Câmara Municipal reuniu no Teatro Ibérico

Travessia do Tejo, Hugo Xambre afirmou que a população e a sua Junta de Freguesia querem ver este investimento como uma grande oportunidade de desenvolvimento e valorização da Freguesia, aumentando o investimento público e privado em várias zonas da mesma. Nesse sentido, e seguindo este raciocínio a Câmara Municipal terá de ser

um parceiro para reivindicar uma pequena percentagem do custo total da obra, que como todos sabem é enorme, em investimento directo na Freguesia. O Presidente da junta considera ter motivos para sorrir com a garantia da construção de novas vias rodoviárias que liguem a Madre de Deus / Quinta do Ourives à Estrada de Chelas e por sua

vez à Picheleira, permitindo ligar a parte alta da freguesia com a parte de baixo, sonho antigo e necessidade absoluta para um desenvolvimento mais homogéneo da Freguesia do Beato. Por fim e referindo-se à Reabilitação Urbana, e mais concretamente à profunda intervenção que está a ser realizada na Quinta do Ourives, salientou que passado um ano, todos os que não tenham cegueira politica podem ver as várias obras feitas. No entanto, voltou a reforçar, que o ritmo de obras nesse Bairro, com a recente obra da primeira fase de requalificação do espaço público e o inicio das obras de requalificação do edificado, nos lotes I e J, tem de ser mantido para que dentro de 2/3 anos este Bairro, esquecido pela CML, durante largos anos possa ser um referencial de qualidade nos Bairros geridos pelas Gebalis.

Faça compras no Comércio Local, no Comércio do Beato! É atendido com rapidez, simpatia e perto da sua casa.


obeato



diA dA criAnçA comemorAdo em grAnde nA FreguesiA do beAto. criAnçAs não lArgArAm A mochilA oFerecidA pelA JuntA de FreguesiA. FestA no teAtro cAmões Foi extremAmente divertidA. erro Atribui o 8º lugAr quAndo A clAssiFicAção verdAdeirA Foi o 3º!

marcha do Beato: Reposta a verdade!

u

m erro que foi detectado na classificação das marchas populares, levou a que tenha sido atribuído o 3º lugar à marcha do Beato, em vez do 8º, que tanta estranheza e sentimento de injustiça tinha provocado. no passado dia 1 de Julho, o ensaiador nuno lopes, que tem sido o responsável pela marcha do Beato nos últimos anos, esteve presente no levantamento das grelhas e relatório do júri, para tentar perceber a justificação do 8º lugar. Foi aí que detectou uma troca nos valores atribuídos aos bairros, sendo que ao Beato tinha sido atribuído um valor referente a outro bairro! Dos 94 pontos atribuídos originalmente, verificou-se que na verdade a marcha do Beato obteve 110, o que fez com que da oitava posição, passasse a ocupar um fantástico terceiro lugar. Depois de reposta a verdade, a marcha do Beato obteve a sua melhor posição de sempre,

que a marcha do Beato tem conseguido, e a ambição em obter cada vez melhores lugares. “muita gente este ano apontava a marcha do Beato como vencedora” afirmou, convicto que “fazemos sempre o possível para que as coisas corram sempre bem, e vão ser melhores para o ano. mais dois anos e vamos ser os primeiros!”. Revelando uma ambição salutar, é peremptório em afirmar que “faço tudo para ganhar. Se não for para ganhar não contem comigo”.

facto que nos enche de orgulho e nos faz acreditar em (ainda) melhores resultados para os próximos anos. a marcha do Beato deste ano tinha como tema “mares do tempo, conquista e descobrimento”, e era grande a expectativa depois do fabuloso 4º lugar obtido o ano

passado. a marcha do Beato ganhou o prémio para o melhor figurino e para a melhor letra original, com uma forte aposta coreográfica e nos figurinos. o ensaiador nuno lopes, em declarações ao Boletim “o Beato” mostrou-se satisfeito agora que foi feita justiça. Salienta a evolução

Fica o registo do magnífico espírito vivido por todos os que participaram na marcha e a forma honrosa com que representaram o Bairro. no dia 14 de Junho, domingo, ao final da tarde, os marchantes e o ateneu da madre de Deus deram uma prenda à população, com a marcha a desfilar pela freguesia, fazendo marcações em 5 locais diferentes para que todos pudessem ver a marcha.


obeato

14

Todos à Praia!

De 3 a 14 de Agosto Inscrições Abertas Documentos a apresentar: Bilhete de Identidade Cartão de Eleitor Declaração Médica

CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS ( EFA ) O Curso de Educação e Formação de Adultos - Curso EFA de nível básico - é uma oferta de educação e formação para adultos que pretendam obter o 9º ano de escolaridade.

30€/pessoa pagos no acto da inscrição A partir dos 40 anos Informações e Inscrições: Junta de Freguesia do Beato Rua de Xabregas 67 – 1º 1900-439 Lisboa Tel. 218681107 – 218687524 j.freg.beatolx@mail.telepac.pt

INSCRIÇÕES ABERTAS

DESTINATÁRIOS Idade mínima - 18 anos Escolaridade - 6º ano completo

ESCOLA BÁSICA 2,3 DE LUÍS ANTÓNIO VERNEY


Beato

www.jf-beato.pt j.freg.beatolx@mail.telepac.pt Rua de Xabregas, 67 – 1.º // 1900-439 Lisboa t. 218 681 107 / 218687 524 // f. 218 686 480 Secretaria De Junho a Setembro / 2ªF a 6ªF das 14H às 20H Casa da Juventude Rua João Nascimento Costa, Lote 6 – Piso -1 2ª a 6ªf das 14H às 20H t. 218 480 623 Espaço de Saúde Rua Nova do Grilo nº 7-A - Horário 2ªF a 6ªF das 10H às 19H t. 218 650 150

Horário da Junta de Freguesia

Segunda a Sexta das 10:00 às 20:00

Horário de Verão (Junho a Setembro) Das 14:00 às 20:00

INFORMAÇÕES ÚTEIS TELEFONES Centro de Saúde de S.João Avenida Afonso III - Lt 16 1900-039 Lisboa 2ª a 6ªF das 8H às 20H / Telefone: 218 10 10 10 Santa casa da Misericórdia (Assistentes Sociais – zona Oriental) – 218554 100

obeato

Junta de Freguesia do

Este projecto também é seu! 15

A Junta de Freguesia do Beato tem disponíveis diversos contactos por áreas especificas de intervenção, para que possa comunicar connosco. Diga a sua opinião, dê ideias, diga aquilo que pode ser melhorado. Queremos trabalhar cada vez mais próximo de si! Com a sua ajuda faremos do Beato uma Freguesia com futuro. Contacte-nos através dos seguintes endereços de e-mail: higieneurbana@jf-beato.pt espacosverdes@jf-beato.pt espacopublico@jf-beato.pt

PSP -12ª Esquadra (Olaias) – 218 414 250

Polícia Municipal

(24H/dia) – 217 825 200

Bombeiros Voluntários do Beato e Olivais 218 681 095 e 968 688 139 Regimento Sapadores Bombeiros (24H/dia) – 213 963 141 Recolha Animais Abandonados ou Mortos (CML) – 213 617 700 CML Serviço Alerta – 808 203 232

. Esgotos entupidos, recolha de entulho e monstros, limpeza urbana, buracos nas ruas e passeios, anomalias na sinalização, iluminação pública, etc.

O BEATO . Propriedade Junta de Freguesia do Beato Coordenação Editorial . Hugo Gaspar PROJECTO GRÁFICO . e-dzain.com . Inês Nuno Impressão . A TRIUNFADORA - Artes Gráficas, Lda. Distribuição . Junta de Freguesia do Beato Tiragem . 8000 exemplares N.º Depósito Legal . 56722/92 obeato@gmail.com


obeato

16

I GALA ANUAL DO Domingo

BEATO

06.SET.2009 | 21H30

Convento do Beato

Magnifico Espectáculo Musical - Fado e Canção Portuguesa Entrada Gratuita . Com várias surpresas Venha buscar o seu convite à Junta de Freguesia do Beato

"O Beato" Julho de 2009  

Edição de Janeiro/Fevereiro de 2009 do Boletim Informativo da Junta de Freguesia do Beato