Page 46

REPORTAGEM 8° DESAFIO INTERNACIONAL DE CICLISMO SESC TV GAZETA

UMA COMPETIÇÃO DE EXTREMA DUREZA, PARA POUCOS

No Domingo foi a vez de 69 ciclistas percorrerem trechos que misturavam barro e asfalto, cortando municípios como Arapiraca e São Miguel dos Campos, até cruzarem a linha de chegada, no bairro de Jaraguá em Maceió. Com partida na cidade de Jaramataia, no sertão alagoano, e passagens pelas cidades de Limoeiro de Anadia e Taquarana, na região agreste, os ciclistas dirigiram-se para a capital do Estado, num percurso com vento sempre contra, muitas subidas longas e pas46

sagem pela barragem da Usina Porto Rico. A parte mais difícil da competição, além dos dois pontos de cortes, onde seriam cortados do pelotão os atletas muito atrasados em relação aos primeiros. Na primeira parte, em asfalto, mais apropriada para aqueles que tinham bicicletas de estrada ou de ciclocrosse, ligando a cidade de Jaramataia a Limoeiro de Anadia, percurso esse somou quase 70 km, muito sprint para as disputas dos cinco prémios de metas volantes e mais de 1.500,00 reais em di-

nheiro. Estrategicamente o pelotão manteve-se distante dos 4 atletas em fuga, que arrancaram com bicicletas de Estrada e ciclocrosse, principalmente devido ao “pit stop” programado de 15 minutos que seria na cidade de Limoeiro, tempo suficiente para recompor o pelotão. Nessa parte do percurso brilhou a estrela do sprinter sergipano Nilton Soares, que ganhou a maioria das metas volantes. Após a largada em Limoeiro, a competição começou realmente de facto, com o iní-

FREEBIKE

Freebike22.indd 46

11/12/20 15:10

Freebike22  

Revista de ciclismo com distribuição gratuita nas lojas de bicicletas

Freebike22  

Revista de ciclismo com distribuição gratuita nas lojas de bicicletas

Advertisement