Page 40

MINI-TESTE

SEALSKINZ “MID WEIGHT MID LEGHT”

Pés bem quentinhos... ... e secos

TESTES: BRUNO PIRES, GONÇALO FREITAS , RUI FIDALGO E PAULO QUINTÃES FOTOS: MARCAS

Testámos as novas meias impermeáveis da Sealskinz, as “Mid Weight Mid Leght”. Uma meia de meio cano de altura, com um nível térmico 3, numa escala de 1 a 4, e ajustável junto ao tornozelo de modo a serem mais confortáveis. Em relação ao modelo anterior, foi melhorado e reforçado o sistema de aperto na canela. E se os modelos anteriores já eram completamente à prova de água, tinham o inconveniente de quando atravessávamos poças de água mais profundas, esta por vezes entrava por cima, fazendo com que se acumulasse no interior. Assim, a prestigiada marca inglesa resolveu melhorar o sistema de elásticos da própria meia evitando a entrada de água pelo cano e ao mesmo tempo, este modelo tem um cano maior, contribuindo também para diminuir as possibilidades de isto acontecer. Estas meias de cano médio, que embora sejam para utilização em várias actividades outdoor, em tempraturas mais frias e húmidas, são óptimas para a práctica do

ciclismo em alturas de muito frio ou com muita água, as meias Sealskinz são totalmente impermeáveis e respiráveis, ou seja, não deixam a água entrar mas deixam a pele respirar e o suor evaporar, deixando mesmo em condições muito adversas, os nossos pés completamente quentes e secos. Estas meias têm a grande vantagem de evitarem que sintamos a humidade provocada pela transpiração normal. Esta meia é constituída por três camadas, a interior em lã de merino woolinner, macia, confortável, quente e suave para a pele, uma segunda membrana em material totalmente impermeável e que não deixa penetrar o frio nem a água, e a terceira, exterior, resistente e durável para ultrapassar as condições de utilização mais extremas. Estas meias devem ser lavadas à mão a 30º para manter as suas características e como inconveniente têm só o tempo de

secagem, que é um pouco maior que o das meias normais. Excelente produto com um preço de venda ao público de 36,90 euros, disponível em três tamanhos distintos: S (36-38), M (39-42) e XL (43-46). É uma excelente compra para esta altura do ano e que permite a nossa habitual volta de bicicleta em situações de muita chuva, sem sentir aquela situação desagradavél de andar com os pés molhados. Mais informações sobre este produto, em www.lenamotos.pt ou em www.sealskinz.com.pt

CADEADO VACHETTE

Alarme para persuadir o ladrão

A Vachette é uma marca de referência no mercado de segurança (fechaduras, chaves, cadeados etc.) e inova agora com uma linha de cadeados equipados com alarme sonoro. Este sistema de alarme no cadeado é uma forma de dar um pouco mais segurança e descanso ao dono da bicicleta. Este cadeado está preparado para exteriores e é composto por um de cabo com um comprimento de 85 cm, entrelaçado por anéis de aço unidos e envolvidos por plástico. A cabeça do cadeado tem na lateral uma fechadura normal e na traseira os orifícios por onde é emitido o som. Na frente um pequeno orifício onde é activado o detector de movimento com a ajuda de 40

uma pequena chave de plástico que no momento da activação faz um rápido sinal sonoro. A confirmação de que o alarme está activo é também demonstrada por uma pequena luz que acende durante uns instantes. O alarme desencadeia-se se a caixa for manuseada com brusquidão. No teste realizado este material revelou-se muito prático de usar no dia-a-dia e com a vantagem de ter um peso de 400grs, bastante aceitável em comparação com as pesadas correntes. É claro que não se pode ter o melhor dos dois mundos e se por um lado, o alarme nos dá algum sucesso quando estamos relativamente perto da bicicleta para o ouvir, também é verdade que o cabo não é assim tão grosso que torne muito difícil o

seu corte quando estamos longe. O alarme é alimentado por duas pilhas de 1,5 V AAA fornecidas. O volume do alarme é de 110 dB. O cadeado tem um peso de 400grs e é fornecido com duas chaves de fecho normais e também duas chaves plásticas de bloqueio. Produto disponível nas lojas de bicicletas com um PVP de 35€. Pode obter mais informações em: www.biclas.pt

FREEBIKE

Freebike22.indd 40

11/12/20 15:10

Freebike22  

Revista de ciclismo com distribuição gratuita nas lojas de bicicletas

Advertisement