Page 32

NOTÍCIASCOMPETIÇÃOBTT MTBfoto

CLÁUDIO LOUREIRO TRIUNFA COM AUTORIDADE

Cláudio Loureiro conquistou a Taça de Portugal de Downhill (DHI) Vodafone. O piloto de Felgueiras partiu na dianteira da classificação geral e provou, em Tábua, por que foi o mais forte ao longo de todo o troféu, estabelecendo a melhor marca da qualificação e da final. Cláudio Loureiro fez a descida decisiva em 1m59,190s. Apesar da superioridade de Loureiro, a concorrência não lhe facilitou a vida. O madeirense Emanuel Pombo (Liberty Seguros/Speciliazed) ficou apenas a 380 milésimos. O terceiro foi Joel Ferreira (RG/Centro Óptico de Fafe), a 560 milésimos. Na geral da final da Taça de Portugal Vodafone, Loureiro terminou diante de Pombo, que foi o segundo. No sector feminino, Ana Martins (Team Biking/Sram) foi a mais rápida em Tábua, mas Dina Amaral (MCF/Xdream/S. Brás Alportel), que liderava neste escalão, sagrou-se vencedora da Taça de Portugal. Carlos Castro (Team Bike Zone) chegou a Tábua com o triunfo na Taça matematicamente garantido, na categoria de juniores. Marcelo Dias (Penacova DH/UD Lorvanense) ganhou a Taça em cadetes e fê-lo em grande estilo, não se atemorizando perante os adversários mais experientes. Além de ser o melhor cadete em Tábua, conseguiu o segundo melhor registo global na manga de qualificação e o quinto tempo da geral absoluta na final. Ricardo Ribeiro (ADAR/Ofimoto) venceu a prova de veteranos A, confirmando a conquista da Taça de Portugal, desempenho semelhante ao de José Salgueiro (Quadra/Avalanche/Vitória de Janes) na categoria de veteranos B+C. 32

PORTUGUESES SALTAM PARA O COMANDO EM MIRANDELA

Os campeões nacionais de Ciclocrosse, Celestino Pinho (Louletano/Loulé Concelho) e Isabel Castro (CSM Epinay), venceram, em Mirandela, a terceira etapa da Taça de Portugal de Ciclocrosse, assumindo a liderança da geral masculina e feminina, respectivamente. Celestino Pinho, que partiu como segundo classificado na geral da Taça, aproveitou da melhor forma a ausência do galego Mauro González (CC Lugo), líder e vencedor das etapas anteriores. Sem a concorrência de González, o campeão luso arrancou a fundo, distanciou-se logo nas primeiras pedaladas e venceu com autoridade numa pista muito endurecida pela lama. O segundo classificado foi Tiago Ferreira (BTT Seia) e o terceiro José Alonso (CCSpol/Novacaixagalicia).

Na geral, Pinho comanda com 65 pontos, mais cinco do que Mauro González. Isabel Caetano, campeã nacional feminina, teve um desempenho semelhante ao do seu homólogo masculino. Isolouse pouco depois da partida e dominou a prova. A galega Lucia Vázquez (Candibyke/Interdesign /Metal Trigueira) cortou a meta na segunda posição e a compatriota Maria Jesus Barros (CC Spol/Novacaixagalicia) fechou o pódio da jornada. Na geral da Taça, Isabel Caetano saltou para a frente, somando 50 pontos. Seguem-na duas galegas, Isabel Castro (Aquagest), com 40 pontos, e Lucia Vázquez, com 39. Roberto Ferreira (Candibyke/Interdesign/Metal Trigueira) impôs-se entre os juniores, diante do colega de equipa Francisco Sousa e do galego Anxo Segade (CC Padrones/Aluminios Cortizo). Manuel González (CC Spol/ Caixanova) segurou a liderança da geral, mas agora em igualdade pontual com Roberto Ferreira. A corrida de cadetes foi ganha

Cláudio Loureiro em Tábua, onde conquistou a Taça de Portugal de Downhill

pelo galego Cristian Mota (CC Ponteareas Expert/Aguas de Mondariz), mas a geral mantémse encimada pelo compatriota Ivan Conde (Academia Postal /Actyon/Merida). O veterano A David Rodríguez (Vigo Master Club-Mapfre) defendeu a liderança no respectivo escalão batendo toda a concorrência em Mirandela. Mario Castro (CC Padrones /Aluminios Cortizo) triunfou entre os veteranos B, mas o terceiro classificado na corrida transmontana, António Sousa (Candibyke/Interdesign/Metal Trigueira), garantiu a vitória na Taça de Portugal desta categoria. A Taça de Portugal de Ciclocrosse termina no dia 8 de Janeiro.

FREEBIKE

Freebike22.indd 32

11/12/20 15:10

Freebike22  

Revista de ciclismo com distribuição gratuita nas lojas de bicicletas

Advertisement