Page 1


IESB - FOTOGRAFIA NOTURNO FOTOJORNALISMO PROF. LOURENÇO CARDOSO FOTOS E TEXTO: FREDERICO GUIMARÃES PARREIRA


O CLUBE

A Associação dos Pilotos de Ultraleve de Brasília (APUB) é uma associação civil e particular que reúne 215 sócios. Cravada no coração da cidade, vizinha do Autódromo Internacional e do pátio do Detran, conta com duas pistas de pouso/decolagem, torre de controle, posto de abastecimento e 74 hangares que abrigam as 140 aeronaves inscritas no clube. Conta ainda com área social destinada a confratenizações e realizações de cursos relacionados à aviação civil. Desde os primeiros ultraleves convencionais, sem carenagem, no melhor estilo vento na cara e motor nas costas, se passou muito tempo. Ainda há desses modelos na APUB, propriedade de pilotos pioneiros e com muitas histórias pra contar. Mas hoje, por questões de segurança e eficiência, os modelos classificados pelo DAC (departamento de aviação


civil) como avançados são a maioria em todo o clube. Sinceramente para o olhar leigo não há como distinguí-los de um avião. É uma associação bem seleta devido ao alto custo de uma aeronave, que em alguns modelos pode ultrapassar U$100.000, bem como a sua rigorosa manutenção que segue os exigentes padrões do DAC.


Uma grande família aonde todos se conhecem de nome ou ao menos de prefixo da aeronave via rádio. Sempre dispostos a ajudar seus irmãos de asas, também cumprem importante função na identificação de focos de incêndio no período das queimadas, acidentes rodoviários e ocupação irregular dos terrenos públicos (invasões), notificando as autoridades competentes em cada caso. Essa parceria também se extende ao empréstimo de suas pistas de pouso/decolagem para treinamentos dos pilotos de helicópteros da Polícia Rodoviária Federal e dos Bombeiros.

O MESTRE

Em meio a esta incrível comunidade uma personagem ganha destaque. Trata-se de José Luíz Macedo Faraco, ou como irei mencioná-lo de agora em diante, Comandante Faraco. Há 10 anos o Cmte. Faraco dirige a escola de aviação Flyer nas dependências do clube aonde formou diversos pilotos. Também realiza vôos panorâmicos, mostrando a cidade por um ângulo que poucos conhecem. Sempre gentil e educado, quando assume a posição de professor não se furta em dar as mais ríspidas broncas nos alunos, lembrando-os que suas vidas dependem quase que exclusivamente de sua disciplina. Disciplina essa que começa mesmo antes do vôo, desde o abastecimento passando por um check list de diversos itens de segurança. Poucos associados, mesmo os mais antigos, podem se vangloriar de ter a experiência do Cmte. Faraco no quesito horas de vôo. Tamanha habilidade e prática já o livraram de situações de pane mecânica e lhe conferiram o necessário gabarito para o melhor treinamento possível dado a seus alunos.


O VÔO


FIM DA LINHA


Para maiores informações acesse na Internet a página da APUB em www.apub.com.br, ou da escola de pilotagem Flyer em www.escolaflyer.com.br.


AGRADECIMENTOS: - APUB - Cmte. FARACO

Grande Matéria_Fred Parreira  

Projeto final de fotojornalismo, foto aérea, Brasília, Brasil, ultraleve, Lourenço Cardoso, IESB

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you