Issuu on Google+

Relat贸rio de Gest茫o 2011/2013

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 1

01/04/2014 08:47:46


30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 2

01/04/2014 08:47:46


Relat贸rio de Gest茫o 2011/2013

Sesport Secretaria de Esportes e Lazer do Estado do Esp铆rito Santo

Vit贸ria-ES, 2014

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 3

01/04/2014 08:47:46


real MultiMidias

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 4

01/04/2014 08:47:48


Abertura

ESPÍRITO SANTO INVESTE NA QUALIDADE DE VIDA, NO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E NA FORMAÇÃO DE ATLETAS DE ALTO RENDIMENTO

Desenvolvimento social e esportivo O

Governo do Espírito Santo contribui para a melhoria da qualidade de vida e para o desenvolvimento social da população por meio

de políticas de inclusão ao esporte e de incentivo a atletas de base e de alto rendimento. Nos últimos três anos, a Secretaria de Estado de Esportes e Lazer (Sesport) investiu em ações esportivas voltadas à inclusão social, ao complemento à atividade escolar, ao alto rendimento esportivo e na geração de bem estar físico por meio do esporte de recreação e lazer. Com a preparação do Brasil para a Copa do Mundo de Futebol em 2014 e para as Olimpíadas do Rio em 2016, o Espírito Santo se antecipou e investiu na construção e na adequação de centros de treinamentos que podem abrigar delegações estrangeiras e que servirão de base para a formação do atleta e paratleta capixaba. Para garantir condições competitivas aos atletas locais foram ampliados os programas Bolsa Atleta Capixaba e Compete ES que já beneficiaram 3722 esportistas de várias modalidades. Com um conceito moderno de gestão, a Sesport implantou programas, projetos e parcerias para proporcionar suporte esportivo, educacional, técnico, médico, fisioterápico, nutricional, psicológico e social para o desenvolvimento do esporte. Foram mais de R$ 300 milhões em investimentos. Aliás, no Espírito Santo nunca se investiu tanto no esporte como nos últimos anos.

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 5

01/04/2014 08:47:50


Football Federation Australia

Relatório de Gestão 2011/2013 expediente Governador do Espírito Santo Renato Casagrande Vice-governador do Espírito Santo Givaldo Vieira

12

Copa do Mundo Com decisões acertadas e gestão profissional, a Sesport atraiu delegações e o Espírito Santo será a casa da Austrália e de Camarões para a Copa do Mundo

Secretário de Estado de Esportes e Lazer Vandinho Leite

Subsecretário para Assuntos Administrativos Anderson Falcão Assessor de Comunicação Leonardo Meira

Photocolor Pinheiros

Subsecretário de Estado de Esportes e Lazer Renato Oliveira

Edição do Relatório 2011/2013 Coordenação editorial, redação e revisão Assessoria de Comunicação Sesport Projeto gráfico e diagramação @FredColnago Publicidade e Design

22

Campo Bom de Bola Novos palcos da Bola para os Bons talentos dos gramados

Fotos de capa Leonardo Meira Conf. Brasileira de Voleibol Photocolor Pinheiros

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 6

01/04/2014 08:47:57


Sumário

13 Olimpíadas 2016

Estrutura e diferenciais posicionam o Estado na vanguarda para treinamentos pré-jogos olímpicos

16 Infraestrutura

Maior investimento da história garante formação de excelência para futura geração esportiva

20

26

Praça Saudável Muito além do social, praças oferecem opção de lazer cuidando da saúde

Alto Rendimento

Pool de Infraestrutura e incentivos diversos fortalecem atletas

30 Inclusão Social

Projetos sociais atendem toda população que busca prática esportiva

36 Jogos

Atividades esportivas e competições que integram atletas e comunidades

44 leonardo Meira

Eventos

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 7

Apoio e incentivo para inserção do Estado na rota das grandes competições

01/04/2014 08:48:01


Palavra do Governador

Novo tempo para o esporte capixaba

O

esporte e o lazer – atividades

aos programas estruturantes que

os órgãos do Estado e caracterizado

que no passado eram consi-

estão nos permitindo construir um

pela eficiência das iniciativas, quali-

deradas apenas complementares e

Estado mais desenvolvido, justo e

dade dos gastos públicos e compro-

muitas vezes relegadas a um plano

capaz de oferecer uma vida com

misso total com a redução das desi-

secundário, nas ações dos gover-

mais qualidade a todos os cidadãos

gualdades sociais e regionais ainda

nantes – recebem hoje, nos países

e às suas famílias.

existentes no Estado. Um modelo

mais avançados, uma atenção es-

De fato, o trabalho realizado pela

que deixou no passado a maioria

pecial, por seu papel relevante na

Secretaria de Esporte e Lazer tem

dos obstáculos burocráticos para

promoção da saúde, da educação,

sido dos mais relevantes, em todas

dar respostas concretas às aspirações

da convivência e do bem-estar do

essas dimensões do processo de

dos capixabas, em todas as regiões.

conjunto da população. E a maioria

mudança que o Espírito Santo está

Ainda há um longo caminho a

do povo capixaba há tempos vinha

vivendo nos últimos anos, como

percorrer, para que o Espírito Santo

manifestando sua aspiração de con-

se observa neste relatório. E os re-

alcance os índices de desempenho

tar com novos espaços e oportuni-

sultados desse trabalho podem ser

esportivo que todos desejamos e a

dades de cultivo e expressão do seu

vistos em todos os 78 municípios

qualidade geral de vida que é nosso

gosto pelos mais diversos esportes.

do Espírito Santo. São ações, proje-

maior propósito. Mas os resultados

Por esse motivo – e conscientes de

tos e investimentos que, de forma

já concretizados nos dão a certeza

que estávamos introduzindo uma

direta ou indireta, contribuem para

de que estamos na direção certa,

inovação importante na gestão

a redução da violência, abrem novas

ou seja, aquela que foi escolhida

do Estado – elegemos essa aspi-

perspectivas de inserção social para

pela maioria absoluta do nosso

ração coletiva, desde o primeiro

crianças e jovens, ampliam o acesso

povo. Vamos continuar nessa di-

instante, como uma das prioridades

a atividades físicas monitoradas, for-

reção, com a mesma firmeza que

do Governo.

talecem os mecanismos de incentivo

marcou nossa caminhada conjunta

Há quase três anos e meio, temos

à formação de atletas e produzem

até aqui. Pois só assim poderemos

atuado de forma coerente com essa

novas e modernas estruturas des-

fazer valer o talento, a qualidade e

decisão, que deu à Secretaria de Es-

tinadas à prática de esportes em

a competência dos nossos atletas e,

porte e Lazer um papel de destaque

todas as regiões.

ao mesmo tempo, dotar o Espírito

no esforço conjunto de transforma-

Essa atuação abrangente, com

Santo de condições concretas para

ção social que estamos realizando.

seus desdobramentos multisseto-

ocupar o lugar a que tem direito

Papel que ela vem cumprindo com a

riais, é decorrência direta do novo

nos diferentes circuitos esportivos

máxima eficiência e total integração

modelo de gestão adotado em todos

nacionais e internacionais.

Renato Casagrande

Governador do Estado do Espírito Santo

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 8

01/04/2014 08:48:01


Palavra do Secretário

Esporte e desenvolvimento

E

m um país em transformação, a cada dia, abrem-se as

Compromissos que cumprem o papel de inclusão so-

oportunidades para o surgimento de novos modelos

cial, promoção da saúde e prevenção da criminalidade

de entendimento e organização. Mais que nunca, a cidade

por meio do esporte.

se transformou no espaço de encontros e convivências.

Com os projetos “Bolsa Atleta”, “Compete ES” e “COES”

Atento às exigências deste novo tempo, colocamos em

estamos formando uma geração de atletas capazes

pratica o mais audacioso plano de apoio às atividades

de representar nossa gente e nossa força pelos quatro

lúdicas de esporte e lazer.

cantos do mundo. Colocamos o Espírito Santo no mapa

Junto com uma equipe aguerrida e comprometida,

da Copa do Mundo de 2014 trazendo as seleções de

conseguimos indicadores de resultados surpreendentes:

Camarões e Austrália para treinar no Estado e abrimos

uma obra a cada três dias no maior investimento da

as portas para atletas de todo o mundo que vêm ao País

história do esporte e lazer capixaba. As obras espalhadas

disputar as Olimpíadas 2016.

pelas cidades representam mais que equipamentos de

Contando com uma equipe motivada e talentosa,

esportes e lazer, mas a certeza da promoção humana

participamos, com trabalho e criatividade, deste mo-

em seus múltiplos desafios, além da determinação pes-

mento vitorioso da história do Espírito Santo. Atingimos

soal de nossos gestores em manter os compromissos

metas audaciosas e conseguimos, com muito esforço,

do Governo do Estado.

contemplar com nossos programas a totalidade dos

Construímos a cidadania com a energia de nossos jovens e um sem-número de competições e eventos

municípios capixabas. Mostrar o resultado desta obra é o que se propõe este documento.

esportivos. Plantamos a união e o exercício da convivência

Acreditar, trabalhar, superar. Foi assim, nos últimos

nos mais de 300 espaços dos projetos “Campo Bom de

três anos, à frente da Secretaria de Estado de Esporte e

Bola” e “Praça Saudável”, que estão espalhados pelos

Lazer. Convidamos você a ler este trabalho e viajar co-

78 municípios. São as cidades buscando o reequilíbrio

nosco no mundo de formas, cores e movimentos que

das oportunidades para todos: jovens, idosos e crianças.

levamos aos capixabas.

Vandinho Leite

Secretário de Estado de Esporte e Lazer

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 9

01/04/2014 08:48:02


10

s e s p o R T | Relatório de Gestão 2011/2013

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 10

conFederaÇÃo brasileira de voleibol

Copa do Mundo e Olimpíadas

01/04/2014 08:48:04


O Espírito Santo na vitrine do mundo O caminho para o pódio vai passar pelo Espírito Santo! Há três anos, temos planejado e investido para transformar o Estado em referência na preparação de atletas. O esforço para receber delegações que participarão da Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016 tem dado resultado. Em dezembro de 2013, as seleções de Camarões e Austrália confirmaram que treinarão para a Copa em terras capixabas. A Austrália também sinalizou positivo para o triatlon e a natação para as Olimpíadas de 2016, e estão estudando a possibilidade de inserir o atletismo e outras modalidades. As delegações de Nova Zelândia e da Grã-Bretanha também visitaram o Estado. Ao todo, 12 instalações esportivas na Grande Vitória estão preparadas para o treinamento dos atletas e paratletas das delegações estrangeiras no período pré-jogos Rio 2016. Parte delas, como os estádios Engenheiro Araripe e Kleber Andrade, servirá também como centro de treinamento para equipes que disputarão a Copa do Mundo. Nove dessas instalações já estão aprovadas pelo Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. Três consistem em novas opções que o Espírito Santo disponibiliza para as delegações. Em todas elas o atleta conta com a estrutura necessária para sua preparação. São quadras poliesportivas, ginásios, campos de futebol, pistas de atletismo, piscinas e espaços para a prática de tiro ao alvo, tiro com arco, remo e vela. Boa parte destes espaços já estão instalados em clubes e praças esportivas. Outra parcela está em fase de ampliação e de construção. No entanto, o investimento geral tem como finalidade principal criar uma herança esportiva para o Estado, visando o treinamento de futuros campeões, em ambientes preparados como nos maiores centros esportivos do mundo.

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 11

01/04/2014 08:48:05


Copa do Mundo e Olimpíadas

Copa do Mundo 2014 Football Federation Australia

E

m novembro de 2011, o Estado recebeu a

primeira visita da Austrália, com representantes da Embaixada e do Comitê Olímpico, visando às Olimpíadas de 2016. A Secretaria de Estado de Esportes e Lazer (Sesport) intermediou esse encontro e sugeriu também que a seleção de futebol australiana fizesse sua pré-temporada para a Copa do Mundo 2014 em território capixaba. Em 2012, uma comitiva da Sesport se reuniu em Londres com o Ministério do Esporte da Austrália e dirigentes esportivos. A partir daí, intensificaram visitas e trocas de informações até que a natação e

o triathlon confirmaram seus treinamentos em

para a seleção de futebol

terras capixabas para as

da Austrália.

Olimpíadas.

A Secretaria começou

Com os bons refe-

então uma série de ações

renciais que nosso Es-

para que o Espírito Santo

tado mostrou, o Comitê

recebesse seleções que

Olímpico Australiano e

eções

vão disputar a Copa do

a Embaixada recomen-

Mundo 2014.

daram o Espírito Santo

Em dezembro de 2013, as seleções de Camarões e Austrália confirmaram que vão treinar para a Copa em terras capixabas.

agenda da copa no es Austrália

Camarões Chegada ao Estado

29 de maio de 2014

7 de junho de 2014 Hospedagem

Hotel Ilha do Boi (Vitória)

Hotel Sheraton (Vitória) Treinamento

12

Arena Unimed Sicoob

Complexo Esportivo Kleber Andrade

(Estádio Engenheiro Araripe - Cariacica)

(Cariacica)

S E S P O R T | Relatório de Gestão 2011/2013

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 12

01/04/2014 08:48:12


saMuel vieira

Copa do Mundo e Olimpíadas

9

centros de treinamentos aprovados pelo Comitê Rio 2016

Olimpíadas 2016

O

Governo do Estado, por meio da

nossa infraestrutura hote-

Sesport, lançou o Guia

leira, hospitalar e logística.

ES 2016 apresentando

Neste período de visi-

o Espírito Santo para o

tação, o Espírito Santo foi

mundo durante as Olim-

disputado por dois gigan-

píadas de Londres.

tes do esporte olímpico

O guia mostrou o

mundial. A Austrália e a

grande pontecial local,

Grã-Bretanha, fortes rivais

com foco nas nove ins-

esportivos, que lutaram

talações capixabas que

pelo privilégio de aqui

foram aprovadas para

aportarem com seus

serem Centro de Treina-

melhores atletas para am-

mento para delegações

bientação e aclimatação.

se preparem no período

Neste duelo particular, os

Pré-Jogos Olímpicos e

australianos chegaram

Paralímpicos Rio 2016.

na frente. Países como

CeNtro de treiNameNto

modalidade

Associação Esportiva e Recreativa Tubarão (AERT)

Futebol de Campo

Centro Olímpico do Espírito Santo (COES)

Ginástica Rítmica e Artítisca, Badminton, Handebol, Basquete, Vôlei, Pólo Aquático, Natação, Nado Sincronizado, Judô, Taekwondo e Vôlei de Praia

Clube de Natação e Regatas Álvares Cabral

Vôlei de Praia, Tênis, Natação, Remo e Tiro Esportivo

Clube Ítalo Brasileiro

Tênis (Saibro)

Complexo Esportivo Kleber Andrade

Futebol de Campo, Rúgbi e Atletismo Vôlei, Basquete e Handebol

Assim, várias de-

França, Nova Zelândia e

legações estrangeiras

Holanda também foram

Ginásio Jones dos Santos Neves

contataram o Estado, e

municiados de informa-

aqui estiveram em visi-

ções sobre o Estado.

Iate Clube do Espírito Santo

Vela

Estação Conhecimento Serra

Atletismo

Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes)

Tiro com Arco

Arena Esportiva e Cultural Riviera

Vôlei, Basquete e Handebol

Centro Esportivo Presidente João Goulart (Tartarugão)

Basquete, Boxe, Handebol, Judô, Taekwondo, Tênis de Mesa e Vôlei

Centro Esportivo Tancredo Neves (Tancredão)

Vôlei, Basquete, Handebol e Remo

tas aos nossos Centros

Os equipamentos

de Treinamentos, onde

chancelados pelo Co-

também aproveitaram

mitê Rio 2016 e que

para conhecer de perto

receberam visitas de dirigentes e treinadores estrangeiros foram:

23

modalidades disponíveis

Relatório de Gestão 2011/2013 | s e s p o R T

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 13

13

01/04/2014 08:48:17


Photocolor Pinheiros

Infraestrutura

14

s e s p o R T | Relat贸rio de Gest茫o 2011/2013

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 14

01/04/2014 08:48:30


Priorizando o esporte Entre os investimentos na formação e preparação do atleta capixaba, a construção de duas estruturas se destacam: o Centro de Treinamento Jayme Navarro de Carvalho, em Bento Ferreira, fruto de convênio entre a administração estadual e o Ministério do Esporte, e o Complexo Esportivo Kleber Andrade, em Cariacica. Além disso, estão sendo entregues para população mais de 500 obras, entre elas: Campos Bom de Bola, Praças Saudáveis, Quadras Poliesportivas, Campos de Futebol e outras intervenções que buscam oportunizar a prática esportiva e a promoção da saúde e do lazer.

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 15

01/04/2014 08:48:34


Infraestrutura

Centros de Treinamento Centro de Treinamento Esportivo Jayme Navarro de Carvalho Everton Nunes/COES

C

onhecido atualmente como Centro

Olímpico do Espírito Santo (COES) se apresenta como primeiro complexo esportivo do Brasil, feito em parceria com o Ministério do Esporte, destinado à formação de atletas de alto rendimento para participação em Jogos Olímpicos, tendo como objetivo inicial a participação das competições do Rio de Janeiro em 2016. As instalações estão em reforma e ampliação. Estão sendo investidos mais de R$ 16 milhões no projeto, que contará com ginásio de ginástica rítmica e artística; ginásio para

handebol e badminton; quadras para vôlei de praia; ginásio para lutas, acomodando taekwondo, judô e boxe; parque aquático com piscina olímpica; centro médico; academia de musculação e estacionamento

578

medalhas conquistadas *Dados de Jan/2013 até Mar/2014

privativo. A previsão até 2016 é de que 610 desportistas façam parte do Centro, sendo 420 da escola de base e 190 do alto rendimento.

R$

16

milhões

em investimento 16

S E S P O R T | Relatório de Gestão 2011/2013

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 16

01/04/2014 08:48:42


Infraestrutura

610

atletas até 2016

SuPortE Cada modalidade pertencente ao Centro Olímpico do Espírito Santo tem à sua disposição um técnico, um auxiliar, um preparador físico e um profissional da categoria de base. Os atletas contam ainda com o suporte de médicos, psicólogo, fisioterapeuta, nutricionista, assistente social, massoterapeuta, enfermeira, além de avaliações físicas, exames cardiológicos e vacinações.

A partir de dezembro de 2013, todos os atletas vinculados ao COES passaram a contar com vale-transporte, fornecido pelo Governo do

ricardo buFolin

Estado, em um investimento de R$ 1 milhão até 2016. O benefício é mais uma forma de contribuir para que os atletas possam frequentar os treinamentos e, consequentemente, evoluir em suas modalidades.

modALidAdES ContEmPLAdAS - Badminton; - Boxe; - Ginástica Artística; everton nunes/coes

- Ginástica Rítmica; - Handebol; - Judô; - Natação; - Taekwondo; - Vôlei de praia.

Relatório de Gestão 2011/2013 | s e s p o R T

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 17

17

01/04/2014 08:48:48


Infraestrutura

Complexo Esportivo Kleber Andrade A OBRA

O

Estádio Estadual

Luta Olímpica, Esgrima,

Kleber Andrade é

Atletismo, Tênis de mesa

o primeiro grande com-

e Futebol Feminino.

plexo esportivo/Arena

Este espaço será uma

multiuso do estado do Espírito Santo e está sendo construído a partir de estudos de viabilidade e implantação de projetos, estes vinculados a convênios federais, e elaborados pela SESPORT. A obra do estádio, especificamente, está sendo desenvolvida de forma conjunta ao Instituto de Obras do Espírito Santo (IOPES).

moderna arena multiuSituado no município de Cariacica e ocupando uma área superior a 85.000 m², o estádio que durante anos foi à casa do Rio Branco Atlético Clube, se prepara não

so, e servirá para grandes eventos, jogos de futebol e competições oficiais de atletismo – uma vez que contará com pista oficial com

capacidade de público para os jogos é de mais de 21 mil lugares. Os autores do projeto pensaram ainda num “espaço verde”, que valorize o meio ambiente evitando desperdícios, com a reutilização da água proveniente das chuvas.

padrão internacional. A

apenas para ser o palco principal do futebol no Estado, mas ainda para servir de equipamento esportivo abrigando, pelo menos, outras (seis) 6 modalidades esportivas, quais sejam: Judô,

Modalidades Olímpicas Atletismo Judô Luta Olímpica Esgrima Tênis de Mesa Futebol

R$

150 milhões

em investimento 18

S E S P O R T | Relatório de Gestão 2011/2013

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 18

01/04/2014 08:48:53


Infraestrutura

hiStÓriCo do EStádio No início da década de 70, o senhor Kleber Andrade, então presi-

sua homenagem. No ano

dente do Rio Branco Atlético Clube, idealizou

tória com o objetivo de

um estádio para todos os

construir um estádio para

clubes. Com essa ideia,

todo o Espírito Santo.

Kleber visitou o Estádio

Depois de sua morte,

Serra Dourada - um dos

em 1978, o estádio do Rio

mais modernos do país à

Branco recebeu o nome

época - situado em Goiâ-

de Kleber Andrade, em

de 1983, a equipe capapreta conquista o título do Estadual de futebol, ficando com a taça que levava o nome de Kleber Andrade. Em 7 de setembro de 1983, foi realizada a inauguração

nia (GO). Voltou para Vi-

parcial do Estádio. Em 2008, o Governo do Estado do Espírito Santo comprou o ainda inacabado estádio do Rio Branco Atlético Clube por R$ 6 milhões, com a mesma ideia de construir um espaço para todos os torcedores capixabas e para todos os clubes.

Pista de atletismo padrão internacional

21.185

Flavio soeiro

assentos

Relatório de Gestão 2011/2013 | s e s p o R T

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 19

19

01/04/2014 08:49:03


Infraestrutura

Praça Saudável contém balança, fita de

O

portuniza de forma gratuita aos cida-

dãos, a prática de atividade física em ambiente de convivência familiar (primeira à terceira idade e pessoas com mobilidade reduzida), disponibilizando equipamentos modernos, de fácil utilização e adequados a cada condição física.

• Construção (PSC); • Adequação (PSA);

lho para aferir a pressão

A categoria do projeto PSC prevê, na primeira etapa, a construção de 45 praças com investimento total de R$ 32 milhões. As praças estão sendo construídas nos tamanhos de 1.500, 2.000 e 2.500 m², de acordo com a área disponível de cada município beneficiado. Em cada unidade foi

O Projeto “Praça Saudável” é dividido em duas categorias:

medição física e apare-

Construção de Praças

destinado um espaço para convivência infantil com equipamentos de primeira idade selecionados principalmente por estimularem as capacidades motoras fundamentais. E mais: um ambiente de prática de atividade física orientada para adul-

arterial. Os alunos que que para atendimento com avaliações físicas e prescrição de exercícios; uma pista multiuso para práticas de atividades aeróbias com possibilidade de formação de grupos de caminhada e corrida;

participam das atividades recebem uniformes e fichas de prescrição e avaliação física individualizadas, montadas pelos profissionais de Educação Física que farão o atendimento gratuitamente.

e, por fim, uma quadra de areia disponível a comunidade para uso no lazer, na realização de torneios diversos e nos projetos sociais do governo como Esporte Pela Paz e Campeões de Futuro. Além da construção de uma praça esportiva,

construção de

45

praças

o município recebe um kit de avaliação física que

tos com equipamentos de sobrecarga; um quios-

R$

32

milhões

em investimento

20

S E S P O R T | Relatório de Gestão 2011/2013

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 20

01/04/2014 08:49:12


Infraestrutura

AdEQuAção dE PrAçAS Na categoria PSA, os espaços públicos são leonardo Meira

revitalizados com a instalação de um conjunto de 17 equipamentos de uma academia ao ar livre, sendo 10 com sobrecarga para todas as faixas etárias, dois para pessoas com mobilidade reduzida e cinco para crianças, tendo como diferencial a orientação do profissional de educação física.

Este modelo de gestão comtempla: a capacitação dos profissionais de educação física que atuarão nos projetos, fichas padronizadas de avaliação física e prescri-

121 praças

contempladas

R$

7,9

milhões

em investimento

ção dos exercícios, kit de avaliação física e uniforme para os praticantes.

70

inauguradas no Estado

Alambrados

A

poiar melhorias em todos os equi-

pamentos esportivos, e também com atenção especial aos campos de futebol espalhados pelas comunidades e pelos distritos de todos os municípios capixabas é uma das premissas do Governo do Estado.

Novos alambrados, vestiários e iluminação são estruturas fundamentais para essa nova

83

campos

contemplados

realidade que a Sesport busca oferecer a comunidade esportiva. Nessa primeira fase, antigos campos de futebol estão recebendo alambrados renovados e com melhorias estruturais.

Relatório de Gestão 2011/2013 | s e s p o R T

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 21

21

01/04/2014 08:49:18


Infraestrutura

76

campos entregues

Campo Bom de Bola

C

ampo de grama sintética que pos-

sui alambrado e iluminação, permitindo sua utilização 24 horas por dia, sete dias por semana, além do uso ininterrupto do campo por grandes períodos, sem a parali-

sação da unidade para manutenção. Pode abrigar projetos de inclusão social, sendo sede de atividades direcionadas a todas as idades. Já foram entregues em todo o Estado 76 Campos Bom de Bola, totalizando um investimento de mais de R$ 18,1 milhões.

R$

18,1

LEONARDO MEIRA

milhões

Campo Bom de Bola II

A

tendendo à exigências da Confederação

Brasileira de Futebol 7, o Campo Bom de Bola em sua nova versão é com-

construção de

100

em investimento

Campos

Bom de Bola II

posto de grama sintética, alambrado, iluminação, drenagem e bancos de reservas para os jogadores, permitindo desta forma a inclusão do espaço e consequentemente da comunidade em campeonatos municipais, estaduais e nacionais. A grama sintética permite o uso contínuo durante as 24 horas do dia pela resistência e fácil manutenção. Todos os munícipios capixabas estão sendo beneficiados com o projeto. 22

S E S P O R T | Relatório de Gestão 2011/2013

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 22

R$

31,4 milhões

em investimento

01/04/2014 08:49:22


Infraestrutura

mais de

500 obras em todo o estado

O esporte tratado como política pública reflete no maior investimento em obras da história:

leonardo Meira

Obras Campo Bom de Bola

76

Campo Bom de Bola II

100

Praça Saudável Construção

45

Praça Saudável Adequação

121

Alambrados

83

Centro de Treinamento

2

Outras obras*

76

TOTAL

503

* Construção, ampliação, reforma e cobertura de quadras poliesportivas, iluminação de campos de futebol, contrução e reforma de vestiários, construção e reforma de praças e plantio de gramados.

Relatório de Gestão 2011/2013 | s e s p o R T

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 23

23

01/04/2014 08:49:25


divulGaÇÃo

Alto rendimento

24

s e s p o R T | Relatório de Gestão 2011/2013

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 24

01/04/2014 08:49:29


Estado de campeões O rendimento de destaque dos atletas capixabas nas Olimpíadas de Londres, entre os brasileiros que mais conquistaram medalhas na competição, é reflexo, em parte, de um projeto que vem se fortalecendo no Espírito Santo: dar infraestrutura e condições adequadas, inclusive com incentivo financeiro, para quem tem potencial para o esporte competitivo. Assim, a Sesport ampliou os investimentos em instalações esportivas e centros de treinamento e em ação de fortalecimento, incentivando o crescimento dos projetos Bolsa Atleta e Compete-ES que, como prioridade de nossa política pública, já atenderam milhares de atletas e paratletas capixabas.

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 25

01/04/2014 08:49:30


Alto rendimento

Bolsa Atleta Valorizar os resultados esportivos em forma de incentivo financeiro

O

programa Bolsa Atleta 2013 em sua

quarta edição, recebeu o investimento históri-

conquistou a medalha

co de R$ 2 milhões com

de prata, enquanto seu

127 bolsas mensais ofe-

irmão Yamaguchi Falcão

recidas. Desde que foi

(até 81 kg) ficou com o

lançado, o Bolsa Atleta

bronze; no vôlei de praia

Capixaba já beneficiou

mais duas medalhas

387 atletas e paratletas

capixabas: prata com

de alto rendimento,

Alison Cerutti, e bronze

em um investimento

com Larissa França; nos

de aproximadamente

Jogos Paralímpicos, o

R$ 5 milhões.

atleta Daniel Mendes

Em 2012, com a

ganhou a medalha de

participação de nossos

prata no paratletismo,

atletas nos Jogos Olím-

nos 200 metros rasos,

picos de Londres, foi

categoria T11.

criada a Bolsa Olímpica, que premiou cinco atletas capixabas: no boxe Esquiva Falcão

Bolsa Olímpica

(categoria até 75 kg)

5 atletas Olímpicos/Paralímpicos Ouro: R$ 5 mil/mês Categoria

Número

Valores

Estudantil

40 atletas

R$ 500 mensais

Nacional

70 atletas

R$ 1.500 mensais

Internacional

12 atletas

R$ 2.000 mensais

Prata: R$ 4 mil/mês Bronze: R$ 3 mil/mês

R$

5

milhões

em investimento

26

S E S P O R T | Relatório de Gestão 2011/2013

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 26

01/04/2014 08:49:32


divulGaÇÃo

Alto rendimento

Compete Espírito Santo

O

Compete ES oferece condições ao atleta

e paratleta capixaba de participar de competições nacionais e internacionais, por meio do custeio de passagens aéreas. Este ano, entra na quinta edição, com a incrível marca de 3.335 atletas de várias modalidades já beneficiados. Com previsão de investimento de R$ 1,2 milhões para 2014, cerca de 2.000 atletas serão contempla-

3.335

atletas

beneficiados

R$

3,6

milhões

dos para participarem de várias competições pelo Brasil e pelo mundo.

Para ser beneficiário do programa, o atleta ou paratleta de alto rendimento deve participar do edital de seleção e atender a todos os requisitos. As solicitações para o processo seletivo podem ser feitas por entidades privadas esportivas como Federações, Associações e Clubes. O Compete ES, que já emitiu 4.355 bilhetes e cerca de R$ 3,6 milhões em quatro anos, vai continuar incentivando o esporte capixaba.

4.355

passagens emitidas

em investimento

Relatório de Gestão 2011/2013 | s e s p o R T

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 27

27

01/04/2014 08:49:34


assessoria sesPort

Inclus達o social

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 28

01/04/2014 08:49:37


Esporte para quem precisa Para vencer o desafio de melhorar a vida da população capixaba em situação de risco social, a Sesport implantou projetos que estimulam crianças e adolescentes à prática do esporte e da recreação, bem como idosos e pessoas com mobilidade reduzida, promovendo assim, melhoria na saúde e na vida social. Esses projetos não descartam a descoberta de novos talentos para o esporte, mas o norte principal é a busca da cidadania, da inclusão social e prática de atividades que viabilizam bem estar à população. Os projetos são oferecidos gratuitamente, orientados por profissionais de educação física e com material esportivo de qualidade.

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 29

01/04/2014 08:49:38


Inclusão social

Esporte pela Paz Prevenção às drogas e à violência: essa é uma das principais metas do Esporte pela Paz.

O

projeto promove a inclusão social por

meio do esporte, oferecendo atividades esportivas e complementares para crianças e adolescentes com idade entre 6 e 17 anos, atuando prioritariamente em áreas de grande vulnerabilidade social, mapeadas pelo Programa Estado Presente buscando a redução da criminalidade através de parcerias com entidades públicas e privadas.

Iniciado em agosto de 2011, o Projeto atende, no contraturno escolar, aproximadamente 5 mil crianças e adolescentes moradoras de 45 bairros da Grande Vitória. Um dos principais objetivos é a prevenção às drogas e à violência. Para isso são oferecidas 16 modalidades em 51 núcleos. Além do técnico, os núcleos contam com estagiário e agente so-

Modalidades

cioesportivo para melhor atender aos alunos. Todas

Bodyboarding

as ações são planejadas

Boxe

pela equipe da Sesport,

Capoeira

composta por coordena-

Futebol de areia

dores geral, pedagógico,

Futebol de campo

de atividades comple-

Futsal Ginástica artística Ginástica rítmica Handebol Jiu-jitsu

mentares e supervisores setoriais, responsáveis em monitorar a qualidade de execução das atividades dos núcleos. Em parceria com o

Judô

Ministério do Esporte, o

Karatê

Projeto recebe recursos

Kickboxing

incentivados da Empre-

Tae-kwon-do

sa Vale S/A por meio da

Vôlei de praia Voleibol

30

Lei Federal de Incentivo ao Esporte.

5 mil

crianças atendidas

S E S P O R T | Relatório de Gestão 2011/2013

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 30

01/04/2014 08:49:41


assessoria sesPort

Inclusão social

estado Presente

45

bairros

O programa do Governo do Estado foi criado para levar às comunidades menos favorecidas ações de cidadania

Bairros CoNtemPlados Vitória: Santo Antônio, São Pedro, São José, Nova Palestina, Santo André, Redenção, São Benedito e Ilha do Príncipe; Vila Velha: Jabaeté, Terra Vermelha, Barramares, Barra do Jucu, Cidade da Barra, João Goulart, Ilha das Flores, Soteco, Cristóvão Colombo, São Torquato, Boa Vista, Vale Encantado, Guaranhuns; Cariacica: Vale Esperança, Alto Laje, Nova Rosa da Penha, Castelo Branco; Viana: Areinha; Serra: Jardim Carapina, Porto Canoa, Jacaraípe, Nova Almeida, Feu Rosa, Vila Nova de Colares, Serra Dourada, Eurico Salles, Carapina Grande, Central Carapina, Mata da Serra, Cidade Continental, Costa Bela, Novo Horizonte, Eldorado, Planalto Serrano e Balneário de Carapebus; Guarapari: Santa Mônica e Olaria.

e combate à violência e criminalidade. O foco é concentrar esforços de todas as secretarias de governo em áreas como educação, saúde, cidadania, esportes, lazer, cultura, segurança, qualificação

profissional e novas oportunidades de emprego e renda. O objetivo é desenvolver respostas rápidas e permanentes para redução dos índices de criminalidade e democratizar o acesso aos serviços públicos em parceria com municípios, ONGs e iniciativa privada.

Relatório de Gestão 2011/2013 | s e s p o R T

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 31

31

01/04/2014 08:49:45


Inclusão social

Campeões de Futuro

C

om o objetivo de fomentar a inclusão social por meio do esporte educacional, a Ses-

port investe na garotada com idade entre 6 e 17 anos, nas 18 modalidades oferecidas dentro dos 219 núcleos esportivos pelo Estado. Nos últimos anos o projeto, que é desenvolvido em parceria com municípios e entidades esportivas, atende cerca de 30 mil crianças e adolescentes em todo Espírito Santo.

30 mil crianças atendidas

todos os

78 municípios contemplados

32

S E S P O R T | Relatório de Gestão 2011/2013

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 32

01/04/2014 08:49:58


Inclusão social

219

núcleos

NúCleos

Futsal

28

Ginástica Rítmica

37

Judô

11

Bodyboarding

4

Vôlei

22

Futebol de campo

40

Capoeira

10

Badmington

1

Luta olímpica

1

Handebol

13

Atletismo

10

Natação

7

Basquete

6

Xadrez

4

Taekwondo

2

Jiu-Jítsu

8

Karatê

8

Futebol de areia

7

vitor noGueira

existentes

modalidade

Relatório de Gestão 2011/2013 | s e s p o R T

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 33

33

01/04/2014 08:50:12


GasPar nÓbreGa

Jogos

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 34

01/04/2014 08:50:15


Programa ES Olímpico Poderoso instrumento de detecção de talentos e de inserção social por meio do esporte, o programa contribui na formação do cidadão, no fortalecimento das relações sociais e tem a missão de democratizar o acesso ao esporte. O ES Olímpico reúne os Jogos Escolares do Espírito Santo – JEES, os Jogos Abertos do Espírito Santo - JOABES, os Jogos dos Servidores Públicos Estaduais – JOSERV e os Jogos dos Idosos – JEI’s.

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 35

01/04/2014 08:50:16


Jogos Evolução do número de participantes

Jogos Estaduais

960

496

C

onsciente de todos os valores que o esporte é capaz

249

1.705

de transmitir aos cidadãos, o Governo do Espírito

Santo vem ampliando seus investimentos na realização dos Jogos Estaduais com o objetivo de reforçar os ideais

2011

2012

2013

participantes

do movimento olímpico, fortalecer as relações sociais e promover lazer, saúde e cidadania. Competições estaduais direcionadas para cada público estão sendo realizadas pela Sesport, gerando benefícios a idosos, estudantes, servidores e à população em geral.

JEI’S – Jogos Estaduais dos Idosos A competição tem por finalidade motivar a participação dos atletas da melhor idade em

idosa e a informação cada

atividades esportivas e

vez mais democratizada

promover o intercâmbio

do valor da prática da ati-

sócio esportivo-cultural

vidade física, do esporte

entre os municípios do

e do lazer como suportes

Espírito Santo.

para uma melhor integra-

A decisão de promo-

ção e qualidade de vida.

ver os JEI’s leva em consideração a evolução e a longevidade da pessoa

o número de atletas chegou a 249, com 11 muDesde o seu lançamento em 2009 a participação dos municípios e de atletas tem crescido consideravelmente. Realizada em Vila Velha, a primeira edição contou com seis municípios, num total de 78 atletas. A segunda edição,

nicípios representados. Em 2012, o número de participantes cresceu para 508, com 12 municípios. O ano de 2013 foi o grande destaque. O número de participantes saltou para 960 e contou com 21 municípios envolvidos.

em 2010, aconteceu em Santa Teresa, com a participação de nove municípios e 119 atletas. A partir da terceira edição, em 2011, o evento passou a ser realizado no município de Guarapari, e

modalidades 11 modalidades, divididas em masculino e feminino: atletismo, bocha, buraco, coreografia, dança de salão, dama, dominó, natação, vôlei, xadrez e tênis de mesa.

36

S E S P O R T | Relatório de Gestão 2011/2013

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 36

01/04/2014 08:50:20


Jogos

3.121

assessoria sesPort

atletas

JoABES – JoGoS ABErtoS do ESPírito SAnto

46

Destinado a atletas com idade acima de 18 anos, os Jogos Abertos do Espírito Santo (JOABES), realizados anualmente pela Secretaria, tem como objetivo principal a promoção do intercâmbio esportivo dos atletas participantes nas modalidades de atletismo, basquetebol, futsal, handebol, judô, natação e voleibol.

municípios

participantes em 2013

Além de promover a integração dos atletas de diferentes regiões do Estado, os Jogos promovem a qualidade de vida e a inserção dos participantes à prática de esporte e lazer. Ao final da competição estadual, os vencedores em cada modalidade

representam o Espírito Santo nos Jogos Abertos Brasileiros (JAB’s). Em 2012, pela primeira vez o Espírito Santo foi sede dos JAB’s. Na ocasião, o Estado mostrou que tem capacidade técnica e gerencial, além de infraestrutura, para a realização de grandes even-

tos esportivos. Foram registrados aproximadamente 1.300 participantes de nove estados, são eles: Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Espírito Santo e São Paulo. As provas foram promovidas simultaneamente em Vitória, Vila Velha e Serra.

Relatório de Gestão 2011/2013 | s e s p o R T

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 37

37

01/04/2014 08:50:23


Jogos

JEES – Jogos Escolares do Espírito Santo Com a proposta de

mo daquelas que já são

aumentar a participação

destaques históricos. So-

das escolas do Estado em

mente em 2013, o Estado

atividades esportivas e

Nos Jogos Escolares,

mobilizar a juventude

os atletas são divididos

estudantil capixaba em

nos em categorias mas-

torno do esporte e do

culino e feminino, e em

lazer, a Sesport realiza

duas faixas etárias: infantil,

os Jogos Escolares do

para alunos de 12 a 14

Espírito Santo.

anos, e juvenil para es-

A competição envol-

tudantes de 15 a 17 anos.

ve instituições públicas

A competição é di-

municipais, estaduais,

vidida em três etapas:

federais e privadas, de

municipal, regional e fi-

todos os municípios ca-

nal estadual. A Sesport

pixabas, em disputas de

organiza as duas últimas

atletismo, badminton,

etapas, oferecendo aos

basquetebol, ciclismo,

participantes, além de

futsal, ginástica rítmica,

premiação, em ambas

handebol, judô, natação,

as etapas, hospedagem,

tênis de mesa, voleibol,

alimentação e transporte

vôlei de praia, luta olím-

interno na final estadual.

pica e xadrez.

Os campeões do

A partir de 2010, os

Estado, em cada mo-

jogos passaram a ter um

dalidade, representam

significado ainda maior:

o Espírito Santo na etapa

por meio dos resultados,

nacional – os Jogos Es-

os atletas estudantis

colares da Juventude –

podem ser beneficia-

maior evento escolar

dos com o programa

do país, organizado

Bolsa Atleta Capixaba,

pelo Comitê Olímpico

que oferece o incenti-

Brasileiro (COB).

vo de R$ 500 mensais,

Os resultados dos

durante 12 meses, para

atletas capixabas na

custear treinamentos e,

competição têm evo-

com isso, propiciar me-

luído a cada ano. As

lhores condições para

modalidades têm reve-

esses jovens representa-

lado novas promessas

rem o Espírito Santo em

e fortalecido o favoritis-

Em cada uma das etapas nacionais a delegação capixaba é com-

conquistou 36 medalhas.

posta por 180 membros,

Na etapa 15 a 17 anos,

entre atletas, técnicos e

disputada em Belém (PA),

dirigentes. Nesta etapa

foram 20 medalhas con-

as passagens aéreas de

quistadas no total, sendo

toda a delegação foram

15 nas modalidades indi-

custeadas pelo Gover-

viduais e cinco nas cole-

no do Estado, por meio

tivas, com o lugar mais

da Sesport.

alto do pódio alcançado nove vezes. Na etapa 12 a 14 anos, realizada em Natal (RN), o Espírito Santo trouxe para casa 16 medalhas, entre modalidades individuais e coletivas, duas a mais que em 2012, sendo sete

36

medalhas

conquistadas nas duas etapas nacionais, em 2013

de ouro, seis de prata e três de bronze.

14.112 atletas participantes

competições nacionais e internacionais.

38

S E S P O R T | Relatório de Gestão 2011/2013

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 38

01/04/2014 08:50:26


FlÁvio soeiro

Jogos

PArALimPíAdAS ESCoLArES Os paratletas capixabas também têm gerado grandes resultados para o Espírito Santo. Nas Paralimpíadas Escolares, maior competição paralímpica escolar do mundo, organizada pelo Cômite Paralímpico Brasileiro (CPB), somente em 2013, 44 medalhas foram conquistadas, sendo 24 de ouro, 13 de prata e 7 de bronze. Exemplos de esforço e dedicação ao esporte, os paratletas orgulham o Estado com os seus leonardo Meira

feitos e conquistas.

GasPar nÓbreGa

44

medalhas paralímpicas em nível nacional

Relatório de Gestão 2011/2013 | s e s p o R T

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 39

39

01/04/2014 08:50:32


Jogos

JOSERV – Jogos dos Servidores

Em comemoração à semana do servidor público, homenageado no dia 28 de outubro, a Sesport organiza os JOSERV - Jogos dos Servidores como forma de celebração e incentivo a atividade esportiva. A competição abrange todos os órgãos do Governo Estadual e por meio de várias modalidades esportivas objetiva integrar os servidores por meio do esporte participativo; desenvolver o intercâmbio sócio esportivo entre os

1.718 servidores

diversos órgãos e tam-

participantes

bém estabelecer uma união entre servidores e seus familiares com o Governo do Estado. Nessa competição as secretarias/órgãos se mobilizam para montar suas equipes e disputar as 10 modalidades esportivas.

Em 2012 os jogos foram disputados em categoria única, em ambas categorias, nas seguintes modalidades esportivas: natação, xadrez, bocha, dama, futebol soçaite, tênis de mesa, bisca, dominó e voleibol.

Já em 2013 foram 625 servidores inscritos e além das competições esportivas, foi oferecido no encerramento dos jogos um domingo de lazer extensivo às famílias dos servidores, no clube Álvares Cabral, com atividades recreativas.

40

S E S P O R T | Relatório de Gestão 2011/2013

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 40

01/04/2014 08:50:40


Jogos

seCretarias/ÓrgÃos PartiCiPaNtes PROCON

assessoria sesPort

C.M

Instituto Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor Casa Militar da Governadoria do Estado

CBMES

Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo

CESAN

Companhia Espírito Santense de Saneamento

CETURB

Companhia de Transportes Urbanos

CREFES

Centro de Reabilitação Física do Espírito Santo

DER-ES

Departamento de Estradas de Rodagem do Espírito Santo

DETRAN

Departameno Estadual de Trânsito

DIO

Departamento de Imprensa Oficial

FAMES

Faculdade de Música do Espírito Santo

HINSG

Hospital Infantil Nossa Senhora da Glória

IASES

Instituto de Atendimento Sócio Educativo do Espírito Santo

IDAF

Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo

IEMA

Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos

IJSN

Instituto Jones dos Santos Neves

INCAPER

Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural

IOPES

Instituto de Obras Públicas do Espírito Santo

IPAJM

Instituto de Previdência dos Servidores do Estado do Espírito Santo

IPEM

Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Espírito Santo

PGE

Procuradoria Geral do Estado

PM

Polícia Militar do Espírito Santo

PRODEST SAMU SCV SEADH SEAG

Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do ES Serviço de Atendimento Móvel de Urgência Secretaria da Casa Civil Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos Sec. de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca

SEAMA

Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos

CEASA

Centrais de Abastecimento do Espírito Santo S.A.

SECONT

Secretaria de Estado de Controle e Transparência

SECULT

Secretaria de Estado da Cultura

SEDES

Secretaria de Estado de Desenvolvimento

SEDU

Secretaria de Estado da Educação

SEFAZ

Secretaria de Estado da Fazenda

SEG

Secretaria de Estado de Governo

SEGER

Secretaria de Estado de Gestão e Recursos Humanos

SEJUS

Secretaria de Estado da Justiça

SEP

Secretaria de Estado de Economia e Planejamento

SESA

Secretaria de Estado da Saúde

SESP

Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social

SESPORT

Secretaria de Estado de Esportes e Lazer

SEDURB

Sec. de Estado de Saneamento, Habitação e Desen. Urbano

TCE

Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo Relatório de Gestão 2011/2013 | s e s p o R T

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 41

41

01/04/2014 08:50:46


leonardo Meira

Eventos

42

s e s p o R T | Relat贸rio de Gest茫o 2011/2013

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 42

01/04/2014 08:50:48


Preparado para as grandes competições As ações e políticas públicas desenvolvidas pelo Governo do Estado objetivam qualificar nossos representantes do esporte, sejam atletas, clubes, associações ou federações, para que possam desempenhar bem suas participações em competições nacionais e internacionais. Deste modo, inserir o Espírito Santo na rota dos grandes eventos esportivos, além de proporcionar intercâmbio aos praticantes, também oferece ao público capixaba contato com suas modalidades de preferência, oportunizando nova forma de lazer. Assim, o apoio promovido pela Sesport aos mais diversos eventos esportivos, tem colocado o Espírito Santo como palco diferenciado, sobretudo pela diversidade e qualidade das competições aqui realizadas, onde certames estaduais, nacionais e internacionais, com atletas e equipes de destaque no cenário mundial em suas modalidades, desfilam técnica e talento por terras capixabas.

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 43

01/04/2014 08:50:49


Eventos

Grandes eventos

G

randes espetáculos

com ou sem fins lucrativos,

foram realizados

e um voltado a eventos

aqui no Estado, onde

Para viabilizar estas

realizados por municípios.

competições e desafios

oportunidades e dar maior

Um total de 185 pro-

trouxeram eventos de

participação a sociedade

jetos foram habilitados,

alto nível técnico, além

na indicação de ações a

contemplando grandes

de oferecerem ao público

Sesport lançou em 2013

competições e eventos

opção qualificada de lazer.

editais de chamamento

esportivos estaduais, na-

Como parte destes even-

público para selecionar

cionais e internacionais.

tos, clínicas esportivas e

projetos de apoio a even-

O apoio estadual a estes

intercâmbios levaram

tos, sendo dois voltados

eventos é formalizado por

atletas capixabas a treinos

a entidades particulares,

meio de termo de coope-

com os maiores especia-

ração técnica, contrato de

listas do mundo. Caso de

patrocínio ou convênio.

80 alunos de projetos so-

Arena Capixaba de Verão Ações para desenvolver atividades esportivas e culturais voltadas para capixabas e turistas durante o verão. Essa é a proposta da Arena Capixaba de Verão que aconteceu em duas edições: 2013 e 2014. Além de várias modalidades esportivas a Arena contou com atrações culturais e educacionais, em uma ação conjunta, inédita no Governo do Estado, entre

Dois tipos de edital para propostas ou projetos

diversas secretarias e prefei-

e Esporte pela Paz) que

- De apoio a eventos realizados por entidades

ficaram sob o comando

particulares, com ou sem finalidade lucrativa;

motocross, futsal, clínicas de

do treinador da seleção

- De apoio a eventos realizados por municípios;

brasileira de handebol

Ambos tem que ter relação com a área de

ciais do Governo do Estado (Campeões de Futuro

feminino, o dinamarquês

Esportes e Lazer.

Morten Souback. Seleções brasileiras de handebol feminino, futsal, futebol de campo (sub-

Inserção do Espírito Santo na rota dos grandes eventos

20), ginástica rítmica, futebol de areia estiveram por aqui, bem como seleções estrangeiras de futebol

turas municipais. Vôlei de Praia, beach soccer, modalidades esportivas, fisiculturismo, bodyboarding, handebol, basquete de areia e várias outras atividades foram atração das Arenas que foram montadas em nove municípios capixabas: Vitória, Guarapari, Aracruz, São Mateus, Conceição da Barra, Vila Velha, Piúma, Marataízes e Serra.

de areia (Uruguai), handebol (Áustria e Cuba), futsal (Polônia), ginástica rítmica (Chile, Rússia, Venezuela, Argentina), triatlon (Canadá, EUA e México). Se falarmos de modalidades individuais o Estado recebeu atletas dos cinco continentes.

44

S E S P O R T | Relatório de Gestão 2011/2013

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 44

01/04/2014 08:50:51


assessoria sesPort

Eventos

Principais competições realizadas no Estado 2011 - WGP –World Grand Prix Internacional de Kickboxing - XIII Campeonato Brasileiro de Futebol 7 Society - Campeonato Brasileiro de Capoeira 2011 - Campeonato Brasileiro Juvenil de Natação – Troféu Carlos Campos Sobrinho - 66º Campeonato Brasileiro de Boxe Masculino - 3º Campeonato Brasileiro de Boxe Cadete - Desafio Internacional de Futebol de Areia - Pan Americano de Sprint Triathlon - II Meeting Internacional de Ginástica Rítmica - 21º Campeonato Brasileiro de Kickboxing adulto e 15º sub 17 - Primeira Etapa do Campeonato Brasileiro de Parapente 2012 - Copa Brasil de Corrida de Aventura - Final CBCA 2012 - Amistoso Internacional Brasil x Cuba de Handebol - Amistoso Internacional Brasil x Polônia de Handebol - Campeonato Brasileiro de Handebol Infantil Masculino - Primeira Etapa do Circuito Mundial de Parapente - Taça Internacional Paulo Zorello de Kickboxing - Jogos Abertos Brasileiro – Jab’s - III Meeting Internacional de Ginástica Rítmica 2013 - Segunda Etapa do Circuito Mundial de Parapente - Primeira Etapa do Campeonato Brasileiro de Parapente - 3ª etapa do Circuito Nacional de Tênis de Mesa – Copa Brasil Vitória - Copa dos Campeões de Futebol de Areia - Final do Campeonato Brasileiro de Corrida de Aventura - Amistosos da Seleção Brasileira de Futebol Sub 20 - Copa Espírito Santo de Futebol 7 Feminino

- VI Campeonato Brasileiro de Seleções Estaduais de Futebol 7 - Campeonato Brasileiro de Handebol Cadete Masculino - 1ª Copa Brasil de Futevôlei 2013 - Campeonato Brasileiro de Ginástica Artítisca e Ginástica Rítmica (Juvenil) - Campeonato Brasileiro de Ginástica Artítisca e Ginástica Rítmica (Adulto) - II etapa do Circuito Caixa de Ginástica Artítisca e Ginástica Rítmica - Categoria Adulta - Campeonato Brasileiro de Karatê - Amistoso da Seleção Olímpica Feminina de Handebol Seleção Brasileira x Seleção Austríaca - Copa Nacional de Supercross 2013 - Meia maratona Internacional do ES - Desafio de Futebol de Areia: RJ x ES - Corrida da Penha 2014 - Circuito Capixaba de Volei de Praia - Corrida de Verão - Circuito Interestadual de Futebol 7 - Copa Brasil Arena Speed Way de Motocross Verão 2014 - Copa Vini de Tennis ES - Nocaute Muay Thai 2ª Edição - III Desafio Seleção Capixaba de Futebol de Areia X Seleção Capixaba de Futsal - Copa Rei da Praia 2014 de Fisiculturismo e Fitness - Campeonato Brasileiro Escolar de Handebol - Survivor Trip Trail - 1ª Taça Capixaba de Futsal - V Maratona de Remo - Corrida das Cores 2014 - Copa dos Campeões de Futebol de Areia

Relatório de Gestão 2011/2013 | s e s p o R T

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 45

45

01/04/2014 08:50:54


RICARDO BUFOLIN ASSESSORIA SESPORT

Melhores do Esporte O prêmio Melhores do Esporte é realizado anualmente pela Sesport, transformando-se em uma chancela da comunidade esportiva capixaba para reconhecer os destaques de cada modalidade, além de premiar em noite de gala para o esporte do Espírito Santo, o melhor atleta do ano. Um júri especializado, especialmente formado para a votação, se encarrega de eleger os melhores de cada modalidade, bem como o destaque do ano. Além disso, o público também participa escolhendo em votação paralela o seu atleta preferido.

2013 Melhor Atleta do Ano Eleito pelo Júri Especializado Bruno Xavier Da Silva Beach Soccer Melhor Atleta do Ano Eleito Pelo Voto Popular Pâmella Oliveira Triathlon

PETER FALCÃO

2012 Melhor Atleta do Ano Eleito pelo Júri Especializado Alison Cerutti Vôlei de Praia Melhor Atleta do Ano Eleito Pelo Voto Popular Pâmella Oliveira Triathlon

2011

SÉRGIO vitor

Melhor Atleta do Ano Eleito pelo Júri Especializado Alison Cerutti Vôlei de Praia

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 46

Melhor Atleta do Ano Eleito Pelo Voto Popular Drielly Daltoé Ginástica

01/04/2014 08:50:59


30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 47

01/04/2014 08:50:59


Relat贸rio de Gest茫o 2011/2013

30_Relatorio_Sesport_2011-2012.indd 48

01/04/2014 08:51:03


Relatório de Gestão 2011/2013 - Sesport