__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

Ano XXVI - # 242 - Março/Abril de 2021

É NECESSÁRIO EQUILIBRAR

NESTA EDIÇÃO A INEVITÁVEL NECESSIDADE DE TER LOJA ONLINE JUNTO COM LOJA FÍSICA

REUNIÃO DA FRENTE PARLAMENTAR DE COMÉRCIO E SERVIÇOS

CERTIFICADO DIGITAL: AGORA SEM SAIR DE CASA

VEJAM ALGUMAS DAS NOSSAS POSTAGENS NOS CANAIS DIGITAIS NO MÊS DE MARÇO


EDITORIAL É NECESSÁRIO EQUILIBRAR Voltamos a viver um momento crítico em nossos negócios. Fomos novamente obrigados a fechar os estabelecimentos que não se enquadram nos ditos essenciais, por uma imposição da “onda roxa” estabelecida em nossa cidade. Acreditamos que seja um grande erro atribuir ao setor econômico o ônus pelo crescimento da contaminação pelo Coronavírus, tendo em vista que estudos já mostraram que o fechamento total das empresas não é a solução para resolver o problema. Nosso embasamento dá-se em pesquisa realizada por especialistas da Universidade de Stanford e da Universidade de Northwest, nos Estados Unidos, de março a abril do ano passado, perfeitamente adaptável a realidade brasileira, cuja proposta defende que desenvolver estratégias mais direcionadas para cada tipo de estabelecimento, com quantidades estipuladas de deslocamentos das pessoas pela cidade, pode ser mais eficaz do que adotar o fechamento generalizado de comércios. A principal conclusão da pesquisa revelou que limitar a ocupação de 20% dos estabelecimentos pode reduzir em 80% novas infecções pelo Coronavírus. De maneira alguma estamos questionando a gravidade do problema que enfrentamos, ao contrário, em premissa, defendemos a manutenção da vida e temos feito a nossa parte cumprindo com todas as medidas de segurança impostas pelos órgãos responsáveis. Não há que se questionar o uso de máscaras, álcool gel e distanciamento social, como condições paliativa para frear o vírus, todavia, sabemos da importância que representamos para a economia local. O varejo e os serviços em nossa cidade representam um percentual considerável de gerador de divisas e impostos, por várias vezes fomos o motor da economia, financiando em boa parte o sistema público com os recolhimentos que fazemos. Porém, como poderemos continuar com esse fluxo, se nossas empresas estão fechadas e impossibilitadas de atender os consumidores. Sabemos que algumas empresas conseguiram vencer este momento de dificuldade investindo no e-commerce, mas, tem aquelas que não puderam se adaptar a essa realidade, e que se viram obrigadas a

encerrarem suas atividades em função desse novo lockdown. Os auxílios emergenciais disponibilizados pelo Governo Federal para a população foram possíveis porque a arrecadação com os impostos das micro e pequenas empresas, as que são mais penalizadas com o fechamento, sustentaram em alguma medida a ação pública, já que a carga tributária é considerada alta. Enquanto em atividade, sempre arcamos com a responsabilidade de cumprir com as obrigações que se volta para o varejo, porém de portas fechadas, sem vender, ou seja, sem faturamento, tal condição poderá não se sustentar por muito tempo. Assim, vivemos duas crises: uma que coloca em risco a vida das pessoas e a outra que coloca em risco a vida das empresas. O ideal é que haja políticas para manutenção das duas perspectivas. Muitas empresas já estão operando com o orçamento enxuto em 2021, e essa realidade deu-se ao fato de demissão de funcionários e redução dos demais custos de operação. Aqui, estamos preocupados com o sufoco financeiro que está sendo imposto às atividades econômicas, com o risco elevado do número de falências e demissões. Acreditamos que é preciso uma conscientização geral da população para as medidas de segurança em relação à pandemia e não somente o setor econômico deve ser fiscalizado com tamanho rigor. É preciso voltar o olhar para a atividade comercial nesse momento, reconhecendo a sua importância para a economia local e para a manutenção dos empregos, para o fim do lockdown e para a manutenção da vida das empresas, que têm sofrido muito com os efeitos da crise. Portanto, mantemos a nossa positividade e esperança em dias melhores e acreditamos que o melhor será feito para voltarmos a operar com toda a nossa capacidade, porque equilibrar é necessário, lembrando que os empresários não suportam mais carregar o mundo nas costas.


CDL E SEBRAE REALIZARAM O EVENTO “MULHERES EMPREENDEDORAS” Aconteceu no dia 09 de março deste ano, o evento “Mulheres Empreendedoras”, numa promoção da CDL em parceria com o SEBRAE. O evento aconteceu de forma totalmente online, num primeiro momento contando com as presenças das empresárias de Montes Claros, Elizângela Soares Ramos Lopes (Shopping da Limpeza) e Priscilla Gusmão (Oralcenter), que apresentaram suas histórias de vida enquanto empreendedoras, os percalços, desafios, mas, sobretudo, os sucessos e vitórias que obtiveram em suas trajetórias profissionais. Conversa mediada pela técnica do SEBRAE, Andreza Capelo. No segundo bloco do evento ouviu-se a palestra “Tecendo Prosa do Empreendedorismo” com a humorista Concessa. Na oportunidade, de uma forma leve e cômica, a artista falou um pouco sobre o seu empreendimento “Casa de Concessa”, um espaço de entretenimento localizado em Paracatu-MG, demonstrando, além do seu talento para o humor, a sua visão empreendedora ao abrir uma empresa que reune restaurante, teatro, arte e cultura. Considerado um grande sucesso pelo Presidente da CDL, Ernandes Ferreira, o evento contou com mais de 230 inscrições, demonstrando que mesmo num tempo de crise provocada pela pandemia, observa-se a integração e inserção da mulher em momentos como este. “A mulher desempenha um papel relevante para o sucesso das organizações, porque além da sua competência e dinamismo, possui uma sensibilidade peculiar para compreender de uma forma ampliada os negócios e como melhorá-los cada dia mais”. A CDL agradece a participação de todas as mulheres inscritas nesse evento e a parceria que se solidifica com o SEBRAE para a realização do evento da mulher, cuja proposta principal é valorizar e reconhecer o seu papel nos segmentos empresariais.


A INEVITÁVEL NECESSIDADE DE TER LOJA ONLINE JUNTO COM LOJA FÍSICA Integração Loja Física e Loja Virtual

A evolução dos meios de comunicação alterou o ritmo e o padrão de vida das pessoas. Além disso, os avanços permitiram que as empresas ampliassem a cobertura de seus negócios, diversificando produtos, serviços e a forma de ofertálos ao público potencial. O século 20 é uma referência para as mudanças que ocorreram no mundo. As duas guerras mundiais, a corrida espacial, a busca pelas armas para proteger fronteiras levam ao exponencial investimento dos países em ciência e tecnologia, acarretaram um extraordinário desenvolvimento dos variados recursos tecnológicos que evoluiram aceleradamente. O ápice das mudanças deu-se a partir da década de 1990, período em que a internet começou a se popularizar e potencializar os processos de globalização. Nessa linha, as distâncias entre tempo e espaço não só encurtaram, como também alteraram o ritmo e o padrão de vida das pessoas. No Brasil desde os anos 90, ou seja, a mais de 20 anos, a internet vem se massificando e com ela as vendas online, o

chamado “e-commerce” deu as caras em 1995, quando foi criada a Booknet, loja de livros que foi comprada pelo Submarino em 1999, devido à sua notoriedade no mercado. Em 1996, surgiram a Brasoftware (loja de softwares) e o Ponto Frio. Porém, muitas lojas só se consolidaram após o início da popularização da Internet discada no país, em 1999. Atualmente não se consegue imaginar o mundo sem internet e o celular, ou melhor, não se consegue pensar na sociedade sem as mídias sociais. Mais importante do que isso, porém, é entender os impactos que criaram e vão criar nos negócios, por interferir diretamente no comportamento dos clientes contemporâneos, esta compreensão é necessária para dimensionar a importância das tecnologias da informação nas empresas. As mídias estreitam os caminhos entre o varejo e os clientes, gerando assim uma infinidade de oportunidades para novos negócios, mas em compensação gera uma enorme concorrência que os empreendedores precisam estar atentos.

No mundo dos negócios a evolução dos meios de comunicação trouxe incontáveis benefícios, tanto para as empresas quanto para os clientes, e uma das principais mudanças consiste nos recursos de contato direto entre ambas as partes, para tanto as ações de marketing tornaram-se mais customizadas. Além disso, os avanços permitiram que as empresas ampliassem a cobertura de seus negócios, diversificando produtos, serviços e a forma de ofertá-los ao público potencial. Em uma análise geral, podemos constatar que tal desenvolvimento privilegiou as empresas, mas pela dualidade das formas o empreendedor precisa estar ciente de que para abrir um negócio hoje, tanto como era essencial uma linha telefônica fixa nas décadas de 80 e 90, ele precisa abrir uma loja online no momento da abertura das portas da loja física. E apesar da possibilidade da personalização do marketing, do contato direto com o cliente, este, tem inúmeras ferramentas à sua disposição e a primeira é mais arriscada para quem não está no mundo digital, é que na posse do celular com internet, com apenas alguns clicks, o consumidor pesquisa: produtos, preços, compra, paga e recebe em sua residência, assim todo empreendedor que tem, ou pretende abrir uma loja física, precisa da loja online e utilizar todos os canais digitais disponíveis. A boa notícia é que os custos de uma loja online, que poderia ser uma espécie de filial, a princípio são menores que de uma loja física, pois não possue custos com aluguel, com instalações físicas, etc., mas possue o custo do impulsionamento da marca para gerar confiança, credibilidade e atrair negócios. Agora é planejar a sua loja física e online expandindo os horizontes.


CNDL DEFENDE QUE É POSSÍVEL MANTER COMÉRCIO ABERTO COM RESPONSABILIDADE E SEGURANÇA tem seguido e investido rigorosamente nos protocolos sanitários listados pela OMS, como a exigência do uso de máscaras, limitação de entrada de pessoas nos estabelecimentos, disponibilização de álcool em gel, higienização e demais recomendações, com isso garantindo o funcionamento de suas atividades de forma segura e consciente.

José César da Costa Presidente da CNDL Conscientes da necessidade de um esforço mútuo para conter o avanço da contaminação da COVID-19 no país, a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) vem manifestar-se a respeito das novas determinações para o fechamento do comércio como forma de prevenção da disseminação do vírus. Convictos da essencialidade do funcionamento do comércio e serviços, setor responsável por 73% do PIB nacional, e o que mais gera empregos no Brasil, repudiamos que as consequências e as medidas punitivas decorrente de aglomerações irresponsáveis e das exceções que descumpriram os protocolos de saúde pública, pelas quais levaram às recentes decisões de lockdown, recaiam sobre aqueles que, de maneira responsável, contribuem para o desenvolvimento social e econômico. É importante lembrar que a maioria dos estabelecimentos comerciais

Estamos certos de que o fechamento do comércio abruptamente sem critérios claros e pré-determinados não é o melhor caminho para o enfrentamento da crise sanitária no atual cenário, uma vez que junto a ela reside um problema social. A medida só contribuirá para o agravamento da crise econômica do país e consequentemente para o aumento do desemprego. Diante do exposto, a CNDL propõe a adoção de medidas fundamentais e eficientes de combate à pandemia como: ampliação do número de leitos, uma vez que em muitos estados vimos o fechamento de centenas de leitos de atendimento à COVID-19 que não foram reabertos; intensificação da fiscalização; realização de campanha nacional de conscientização do Ministério da Saúde, reiterando a necessidade e a importância das medidas de proteção contra a disseminação do vírus; aumento das frotas de transporte público; agilidade na vacinação; diálogo com a sociedade civil organizada, para que os governos estaduais e municipais mantenham um canal aberto e construtivo

com as entidades representativas em busca da construção de alternativas conjuntas para o enfrentamento à crise. Lembramos ainda, que o quadro fica ainda mais agudo para o setor de comércio e serviços quando as medidas emergenciais do governo, como Auxílio Emergencial, implementado para suavizar o choque inicial da crise, já não se apresentam no mesmo formato de quando foi implementado em 2020. Os empresários brasileiros estão cientes de suas responsabilidades e têm demonstrado compromisso com a implementação em seus negócios dos protocolos sanitários de prevenção da Covid-19, prezando principalmente pela saúde e sobrevivência das pessoas físicas, mas também das pessoas jurídicas. São as atividades da iniciativa privada que garantem a manutenção dos postos de trabalho e ajudam a equilibrar as contas públicas com seus impostos, tão importantes nesta hora. Neste sentido, também se faz necessária a manutenção das medidas de socorro e amparo aos empregadores, empregados e negócios impactados pela pandemia, uma experiência que se mostrou eficiente na primeira fase da doença no Brasil. Seguimos confiantes no Plano Nacional de Vacinação e na imunização ampla da população, no nosso entender a principal arma contra a Covid-19.

MEDIDAS PARA REDUZIR O IMPACTO DA PANDEMIA NA ECONOMIA O Senador Izalci Lucas destacou a necessidade de prorrogar as medidas adotadas em 2020 para socorrer a população e a atividade econômica, inclusive um novo Refis, e de acelerar as vacinações. A deputada federal Paula Belmonte denunciou as situações humilhantes que os comerciantes estão vivenciando atualmente no país. Já o deputado federal Alceu Moreira fez duras críticas ao lockdown. “De

nada adianta fechar o comércio, lojas e shoppings, enquanto houver encontros sociais em casa e transportes públicos lotados e precários”, avaliou o Alceu Moreira. Em sua fala, o deputado federal Otávio Leite (PSDB-RJ) defendeu a reedição das medidas emergênciais trabalhistas adotadas em 2020 e o estabelecimento do Pronampe como política pública

permanente de incentivo ao empreendedorismo e proteção dos negócios de micro e pequeno porte. “Esta é uma medida fundamental para o setor econômico brasileiro. O requerimento para o PL 5575 tramitar em caráter de urgência atingiu as assinaturas necessárias, e com isso, vamos interceder junto ao presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, para pautar o projeto”, contou Otávio Leite.


REUNIÃO DA FRENTE PARLAMENTAR DE COMÉRCIO E SERVIÇOS

Na reunião, também foi apresentado o manifesto da Frente, no qual o grupo conclama pela adoção de medidas que socorram os pequenos negócios e garantam a manutenção dos empregos. Na quarta-feira (24/3), o presidente da União Nacional das Entidades de Comércio e Serviços (UNECS) e da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL), José César da Costa, participou da reunião da Frente Parlamentar de Comércio, Serviços e Empreendedorismo (FCS), que teve o objetivo de debater as pautas prioritárias do setor em tramitação no Congresso Nacional e de tratar sobre as medidas urgentes para combater os impactos na economia da pandemia da covid-19. O presidente da CNDL e da UNECS destacou a importância da FCS para a defesa do setor de comércio e serviços. “A força do nosso setor é muito bem representada pela FCS e pelos parlamentares que atuam incansavelmente pelo desenvolvimento desse setor, que é o maior do país e ao mesmo tempo o mais impactado pela pandemia da COVID-19. O momento é delicado e

mais do nunca precisamos unir nossas ações em busca de medidas que possam ajudar os lojistas de todo o país”. José César da Costa defendeu ainda a adoção de medidas que garantam a sustentabilidade dos negócios de comércio e serviços, neste momento de pandemia. “A crise sanitária e econômica do país tem levado a um cenário crítico, elevando a cada dia os números de vítimas da doença, de fechamento de empresas e do desemprego. É preciso implementar, de maneira célere e efetiva, medidas eficazes de suporte aos Estados mais impactados e que garantam a sustentabilidade das empresas brasileiras”, ressaltou José César da Costa. ENCONTRO Realizado pela internet, o encontro foi conduzido pelo presidente da Frente, deputado Efraim Filho (DEM-PB). Participaram da reunião os representantes das entidades que compõem a UNECS: Leonardo Miguel Severine (ABAD), João Carlos Galassi (ABRAS), Glauco Humai (ABRASCE), Paulo Solmucci Júnior (ABRASEL), Paulo Eduardo Guimarães (AFRAC), Nabil Sahyon (ALSHOP), Geraldo

Defalco (ANAMACO) e George Teixeira Pinheiro (CACB). O encontro também contou com a presença dos deputados federais Tiago Dimas (Solidariedade-TO), Paula Belmonte (Cidadania-DF), Darci de Matos (PSD-SC), Chritino Aureo (PP-RJ), Sanderson (PLS/RS), Da Vitória (Cidadania-ES), Joaquim Passarinho (PSDPA), Marco Bertaiolli (PSD-SP), Alceu Moreira (MDB-RS), Júlio César Ribeiro (Republicanos-DF), Otávio Leite (PSDB-RJ), Domingos Sávio (PSDB/MG), Weliton Prado (PROSMG) e do senador Izalci Lucas (PSDBDF). Na reunião, também foi apresentado o manifesto da Frente, no qual o grupo conclama pela adoção de medidas que socorram os pequenos negócios e garantam a manutenção dos empregos. “Consciente da necessidade de um esforço mútuo para conter o avanço da contaminação da COVID-19 no país, a Frente Parlamentar do Comércio, Serviço e Empreendedorismo (FCS), conclama por ações urgentes de socorro à população e às empresas brasileiras, tão afetadas pela pandemia”, diz a Carta Aberta.


NÚMERO DE IDOSOS QUE ACESSAM A INTERNET CRESCE DE 68% PARA 97%, APONTA PESQUISA CNDL/SPC BRASIL Nos últimos anos, houve forte avanço do número de idosos com acesso à internet: o percentual de pessoas com mais de 60 anos no Brasil navegando na rede mundial de computadores cresceu de 68%, em 2018, para 97%, em 2021. É o que mostra pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com a Offer Wise Pesquisas. Entre os idosos conectados, a principal motivação é se informar sobre economia, política, esportes e outros assuntos (64%). Também utilizam a web para manter o contato com outras pessoas (61%) e buscar informações sobre produtos e serviços (54%). O principal meio de acesso é o smartphone, citado por 84% dos idosos que usam a internet, um crescimento de 8 pontos percentuais em relação a 2018, enquanto 37% usam notebook e 36% computador desktop. O presidente da CNDL, José César da Costa, destaca o impacto da pandemia no aumento de idosos que acessam à internet. “A pandemia acelerou ainda mais o processo de transformação digital, e com os idosos não foi diferente. Muitos passaram a utilizar redes sociais e videoconferências para manter contato com familiares e se informar. Sem contar a necessidade de fazer as compras de forma mais segura”, afirma Costa. Redes sociais são os aplicativos mais utilizados De acordo com a pesquisa, os aplicativos que os idosos mais usam no celular são as redes sociais (72%); de transporte urbano (47%); e bancários (45%). O Whatsapp é a rede social mais utilizada (92%), seguida do Facebook (85%) e Youtube (77%). Os idosos conectados também utilizam a internet para realizar compras.

Entre os produtos que costumam comprar pela internet, destacam-se os eletroeletrônicos (58%); remédios (49%, com um aumento de 21 pontos percentuais em relação a 2018); e eletrodomésticos (47%). “É fundamental que a gente direcione o nosso olhar para essa parcela da população, que está incluída digitalmente, e isso representa oportunidade de negócios para nosso setor. Além disso, a tecnologia – fundamental para terceira idade, principalmente no momento atual, quando o isolamento social se faz necessário – é um dos caminhos para o conhecimento, entretenimento, transformação e consumo”, destaca o presidente da CNDL. 94% dos idosos relataram mudanças na vida cotidiana e 81% fizeram cortes nos gastos por causa da pandemia A pandemia alterou o dia a dia das pessoas e esse impacto é ainda maior entre os idosos, principalmente por ser a faixa etária para a qual a Covid-19 apresenta maior risco de agravamento. No que diz respeito aos efeitos da pandemia, 94% dos idosos relataram mudanças na vida cotidiana, sendo as mais citadas: o uso de máscara sempre que não está em casa (73%), o aumento da frequência da higienização das mãos (67%) e o distanciamento de outras pessoas (59%). Os gastos e consumos dos idosos também foram impactados pela pandemia, os itens mais afetados foram as viagens (37%), as saídas para bares e restaurantes (36%) e as compras de roupas, calçados e acessórios (36%). Em relação aos impactos emocionais, os principais sentimentos despertados pela pandemia foram o medo de perder as pessoas amadas (86%); a insegurança de ser contaminado pelo coronavírus (75%); o medo de realizar atividades diárias (71%); e a angústia e ansiedade (63%).

As alterações comportamentais mais citadas pelos idosos foram o aumento do otimismo e da confiança de que coisas boas vão acontecer (78%); o isolamento de outras pessoas (74%); a menor vontade de sair (71%); o sedentarismo (65%); e as alterações no sono (51%). “A pandemia afetou diretamente o comportamento social e psicológico das pessoas, e o cuidado com a saúde mental da população é parte importante nesse processo. A internet possibilita que esses idosos, muitas vezes isolados de seus familiares, possam manter um contato com a família e amigos”, afirma Costa. 79% planejam se vacinar para ficar protegido do coronavírus A insegurança diante da pandemia se mostra presente entre os idosos entrevistados. Segundo a pesquisa, 95% manifestaram alguma preocupação com a crise sanitária, sendo que as mais citadas foram o risco de contaminação (40%) e a demora em ser vacinado (35%), seguida pela preocupação com a instabilidade econômica (30%). No que diz respeito à vacinação, 79% dos idosos planejam se vacinar para ficar protegido do coronavírus, enquanto 12% ainda se mostram indecisos e 8% afirmam que não pretendem se vacinar. O presidente da CNDL destaca a importância da vacinação para o fim da pandemia e para a retomada econômica do país. “A vacinação da população brasileira contra a Covid-19 é a única forma segura e eficaz de conter a proliferação do coronavírus e retomar com segurança o crescimento da economia. O aumento dos casos em todo o país reforça a necessidade da ampla e urgente vacinação da população brasileira, além da manutenção dos cuidados de distanciamento social, uso das máscaras e de higiene das mãos”, afirma Costa.


PRESIDENTE JAIR BOLSONARO PARTICIPA DO 1º ENCONTRO DA FRENTE PARLAMENTAR DA MPE EM 2021 O presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), José César da Costa, participou na tarde desta quinta-feira (11/3) do primeiro encontro da Frente Parlamentar Mista da Micro e Pequena Empresa em 2021. O evento foi transmitido pela internet e contou com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, que destacou as medidas de seu governo para enfrentar a crise econômica e sanitária causada pelo novo coronavírus. Para o principal mandatário do Brasil, a saúde e a economia têm que andar de mãos dadas. “Desde o primeiro momento, o nosso governo se preocupou e tomou medidas para enfrentar o coronavírus. Já em junho do ano passado, assinamos o primeiro acordo com a AstraZenecaOxford. Em agosto, assinamos uma medida provisória destinando R$ 2 bilhões para a compra de 100 milhões de doses de vacina (contra a Covid-19) da FioCruz. Em dezembro, assinamos uma medida provisória liberando crédito de R$ 20 bilhões para também comprar vacinas”, elencou Jair Bolsonaro.

Segundo o presidente da República, já receberam a vacina da Covid-19 mais de 10 milhões de pessoas, além disso, o governo já contratou 400 milhões de dose da vacina, que serão entregues até o fim do ano. Devem ser entregues ainda este mês 20 milhões de doses. “Nós não estamos à margem do que está acontecendo. Estamos no caminho certo e faremos todo o possível para zerar o número de mortes no Brasil”, disse o presidente da República. Com o esforço do Governo Federal para vacinar a população, Bolsonaro criticou o lockdown nos estados e municípios, defendendo o funcionamento das empresas brasileiras. “Com medidas como o Auxílio Emergencial, evitamos que o caos se instalasse no Brasil. Lockdown não é o remédio. Até quando aguentaremos esta irresponsabilidade do lockdown?”, questionou o presidente da República. Frente Parlamentar O senador Jorginho Mello (PL/SC), presidente da Frente Parlamentar, coordenou o encontro, realizado para

discutir os projetos de lei prioritários para os pequenos negócios no Brasil e atualmente em tramitação no Congresso. O evento contou com as presenças do Ministro da Economia, Paulo Guedes; do presidente do Sebrae, Carlos Melles; do secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa; e do secretário especial da Previdência e Trabalho Bruno Bianco. Entre os parlamentares presentes, os senadores Izalci Lucas (PSBD/DF) e Soraya Thronicke (PSL/MS); e os deputados Carmem Zanotto, Otávio Leite (PSDB/RJ), Paulo Ganime (Novo/RJ). O secretário Especial de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco, afirmou que o governo irá retomar o Benefício Emergencial de Manutenção do Emprego e Renda (BEm), que permitia a redução proporcional de carga horária e salário de trabalhadores da iniciativa privada. “Dentro dos próximos dias, se tudo caminhar como esperamos, lançaremos novo BEm, e isso é fundamental para todos os empresários do Brasil”.


Bianco listou outras medidas essenciais para retomada do crescimento pelas micro e pequenas empresas que estão na mira do Governo de Jair Bolsonaro. É o caso da MPV 927, que trata de medidas trabalhistas de desburocratização, e da antecipação do 13º salário. “Faremos com que dois mil atos normativos sejam transformados em 12, para continuarmos no caminho da desburocratização do Brasil. Também continuaremos com a revisão das Normas Regulamentadoras (NRs), fundamental para todos os empresários. Enfim, uma luta grande, mas que estamos certamente sendo exitosos”. Pronampe permanente Os participantes do encontro da Frente Parlamentar comemoraram a aprovação, no Senado Federal, nesta quarta-feira (10), do Projeto de Lei (PL) 5.575/20, que torna o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) uma política oficial e permanente de crédito. O texto autoriza a União a aumentar sua participação no Fundo Garantidor de Operações (FGO) para a concessão de garantias no âmbito do Pronampe. Foram 73 votos a favor e nenhum contrário. O projeto segue agora para a Câmara dos Deputados. “Com o Pronampe, mais de 10 milhões de empregos foram preservados”, afirmou Jair Bolsonaro. O Pronampe foi criado em maio do ano passado para auxiliar financeiramente os pequenos negócios e, ao mesmo tempo, manter empregos durante a pandemia de Covid-19. O texto aprovado esta semana prevê que os recursos reservados ao programa sejam usados de forma permanente para a tomada de crédito das empresas de pequeno porte. Segun-

do o autor da lei que criou o Pronampe e também deste PL, senador Jorginho Mello (PL-SC), o caráter permanente do programa já estava previsto na lei aprovada no ano passado, e o Projeto 5.575 apenas regulamenta as formas como isso deverá ser feito. O presidente da UNECS e da CNDL, José César da Costa, parabenizou aos parlamentares da Frente Parlamentar por sua rápida e efetiva ação em defesa aos negócios de micro e pequeno porte, neste momento de pandemia. “Em nome de meio milhão de associados da CNDL e das noves instituições da UNECS, agradeço à Frente Parlamentar que tem atuado de forma efetiva em favor dos microempreendedores individuais e das micro e pequenas empresas. A recente prorrogação do prazo de carência do Pronampe e os demais projetos propostos pela Frente são essenciais para estes empreendedores enfrentarem a pandemia”, destacou José César da Costa, que reafirmou o apoio da CNDL e UNECS ao trabalho do grupo. Desde maio do ano passado, os empréstimos no âmbito do Pronampe injetaram R$ 37,5 bilhões na economia brasileira. Já foram concedidas mais de 516 mil operações de crédito, abrangendo mais de 440 mil empreendedores. Além disso, as micro e pequenas empresas beneficiadas pelo programa assumiram o compromisso de preservar o número de funcionários. Segundo as regras do programa, os beneficiados podem utilizar os recursos para financiar a atividade empresarial, como investimentos e capital de giro para despesas operacionais. O PL prorrogou ainda o prazo de seis meses de carência do empréstimo, a

partir do dia em que a empresa tomou dinheiro. O teto da taxa de juros fixada será a taxa Selic + 6% ao ano e a linha de crédito continuará sendo 30% do faturamento do ano anterior da empresa. MEI Caminhoneiro O senador Jorginho Mello, também destacou o Projeto de Lei (PLP) 147/2019, de sua autoria. O objetivo do PLP é estender a 1 milhão de caminhoneiros autônomos os benefícios de atuarem como microempreendedores individuais (MEI). “Com a lei, esses trabalhadores, que são responsáveis por manter o Brasil em movimento, terão finalmente a chance de conquistar sua cidadania como empreendedores”, escreveu o parlamentar em artigo publicado no mês passado. De acordo com a proposta, em tramitação na Câmara dos Deputados, os caminhoneiros autônomos enquadrados no MEI poderiam ter CNPJ, emitir nota fiscal e usufruir de direitos previdenciários, além de uma série de outras vantagens, como o acesso a financiamentos. Como grande parte da receita bruta dos fretes refere-se a insumos necessários à própria prestação dos serviços, a exemplo de combustíveis, pneus e pedágios, o PLP propõe a presunção de receita efetiva de 20% do total das receitas da atividade. O projeto também prevê alíquota da contribuição previdenciária de 11% do salário mínimo para os caminhoneiros. “Esse percentual é menor do que a alíquota normal de 20%, mas é compensado, em parte, pela ausência do direito à aposentadoria por tempo de contribuição, mantendo-se os demais benefícios previdenciários”, explicou o parlamentar.


CORONAVÍRUS: COMO DIMINUIR A INADIMPLÊNCIA DOS CLIENTES? Diminuir a inadimplência é um desafio, ainda mais agora. Atualmente, estamos passando por uma crise financeira e, inevitavelmente, tendo problemas com o grande número de pessoas que estão ficando inadimplentes. E sabemos que essa é uma grande dificuldade das empresas, pois se trata de um momento delicado, ocasionado por uma pandemia. Mas o que fazer em uma situação como esta? Como diminuir a inadimplência? Pensando sobre esse tema, resolvemos fazer este post para ajudar o seu negócio a enfrentar a inadimplência neste momento tão difícil, mas, ainda assim, mantendo saudável seu fluxo de caixa e seus clientes. Como a inadimplência pode afetar a sua empresa? A inadimplência pode afetar muito o seu negócio e, por isso, é importante estar atento a todo momento, já que quanto mais clientes devedores, menos dinheiro entra no caixa. Essa redução de receita, pode acabar resultando em mais despesas, pois a sua empresa não terá o dinheiro necessário para cumprir com todas as obrigações, podendo se tornar inadimplente a qualquer momento. Ou seja, a inadimplência se torna um grande problema para o consumidor, que corre o risco de ter seu nome registrado em banco de dados negativos e ainda ficar sem crédito no mercado, e para a sua empresa que pode adquirir dívidas. Portanto, é imprescindível que a sua empresa adote medidas de prevenção e, também, de contenção para tentar minimizar os impactos da inadimplência no cotidiano. Dicas que vão ajudar a prevenir a inadimplência A sua empresa pode contar com algumas medidas que vão ajudar a prevenir a inadimplência. Claramente, elas não anulam a possibilidade de haver ina-

dimplência no seu negócio, mas podem diminuir bastante as possibilidades de isso vir a acontecer. Então, confira as dicas que separamos para você: 1 - Incentive os seus clientes a pagarem à vista ou com cartão de crédito Uma empresa que oferta diversas formas de pagamento para seus clientes, automaticamente, está à frente dos seus concorrentes no mercado. Porém, é necessário analisar se essa ação está beneficiando o seu negócio. As vendas a prazo tendem a chamar a atenção dos consumidores, mas elas também demandam maior atenção da área de cobrança, pois o risco de não receber o pagamento acaba sendo um pouco maior. Logo, a sua empresa pode dar preferência para parcelamentos no cartão de crédito, já que com ele o pagamento estará assegurado. Mesmo que o cliente deixe de realizar o pagamento da fatura deste cartão, a sua empresa vai receber o dinheiro do produto ou serviço prestado. Contudo, é necessário analisar se a sua empresa tem o capital de giro necessário para suportar vendas como essas e se as operadoras de cartão de crédito possuem taxas acessíveis. Aproveite para incentivar os seus consumidores a pagarem à vista também, oferecendo desconto nesse meio de pagamento. 2 - Utilize lembretes para informar o seu cliente Existem muitos tipos de cobrança que a sua empresa pode utilizar em seus processos, mas uma muita eficaz é a cobrança preventiva. Você pode enviar um E-mail, WhatsApp ou mesmo SMS para lembrar o cliente de que o vencimento de uma determinada dívida está próximo. Esse é um método que vai ajudar aquelas pessoas que são mais esquecidas e

que muitas vezes não possuem suas contas bem organizadas no cotidiano. Para que essa dica funcione, você precisa entender que se trata de um lembrete mesmo, e não de uma cobrança. Por isso, utilize uma linguagem mais amigável e simpática para não constranger seus clientes. Exemplo: Olá José! A fatura do seu cartão de crédito, no valor de xx reais, vence no dia xx. Para realizar o pagamento, acesse a sua fatura em xxx. 3 - Tenha benefícios para os seus clientes que pagam em dia Sabemos que pagar as contas é uma obrigação, mas você pode estreitar as relações com os seus clientes que sempre pagam em dia, oferecendo um benefício para que eles sejam motivados a continuar dessa maneira. Neste momento de crise, é muito importante que a sua empresa possa contar com consumidores que quitam suas dívidas antecipadamente ou no dia do vencimento. O benefício pode ser um desconto para quem pagar as contas com antecipação ou você pode ter um sistema de pontos, cartão fidelidade. Ações que incentivem o seu cliente cada vez mais. E não pense que somente os seus clientes ganharão com isso, pois manter os seus bons pagadores é um grande benefício para a sua empresa também. 4 - Faça negócios, mas com contratos Para empresas que trabalham com produtos ou serviços que custam mais caro, essa é uma ótima dica. Fechar negócios através de contratos, faz com que o seu cliente não queira ficar inadimplente, pois custará ainda mais para o bolso dele. Ao redigir um contrato, deixe bem claro qual terá multa por falta de pagamento, pois, ao concordar em adquirir o seu produto ou serviço, seu cliente estará ciente e isso fará com que ele cumpra com o acordo e pague a dívida em dia.


E, além de tudo isso, o contrato se torna um comprovante, ou seja, caso o cliente não pague, fica mais fácil cobrar essa dívida na Justiça, se for necessário.

inadimplência na sua empresa. E, sendo assim, temos algumas dicas que vão ser muito eficazes no momento de cobrar de um cliente em tempos de crise como esse. Veja só:

5 - Mostre para o seu cliente o quanto você é importante para ele Quando a situação fica difícil, ainda mais com uma crise financeira, muitas pessoas precisam optar por quais serviços elas vão continuar utilizando, quais produtos serão mantidos em seus cotidianos.

1 - Negocie com seus clientes para diminuir a inadimplência Em tempos de crise, será muito comum que os clientes falem sobre a falta de condições para honrar com seus compromissos.

E, por isso, é essencial que você faça os seus clientes perceberam o quanto a sua empresa é importante para cada um deles. Isso vai fazer com eles priorizem o seu produto ou serviço, e mantenham o seu negócio em suas listas de pagamentos. De maneira personalizada, você pode enviar um e-mail demonstrando o valor do seu produto ou serviço, quais os diferenciais, ter preços exclusivos para esse período, pedir para que o seu time entre em contato e converse com eles. Explore a sua criatividade para demonstrar o seu potencial. Dicas para diminuir a inadimplência Cobrar de um cliente nunca é uma tarefa fácil. A sua empresa precisa estabelecer métodos que sejam eficazes, mas que também reforcem o elo com seus clientes, mantendo a fidelização. Além de utilizar excelentes técnicas para cobrar de um cliente, você também pode escolher se irá realizar uma cobrança empresarial extrajudicial ou judicial e utilizar um bom sistema de cobrança. Enfim, existem muitas ações que podem ser utilizadas para diminuir a

Tenha em vista que também será necessário preparar margens de preço para casos em que haja contestação. Prepare o seu time para as possíveis desculpas e os deixe cientes de que condições poderão ser ofertadas para que o pagamento seja realizado e o cancelamento evitado. Também é importante conversar com a sua equipe em que casos a tabela de preços especiais deverá ser utilizada. Sabemos que todo o processo de recuperação de dívidas pode contar com descontos/abatimentos, mas é preciso estabelecer em quais situações esses recursos serão usados. Quanto ao atendimento desses clientes, oriente as pessoas a serem mais empáticas, já que seu time de cobrança vai acabar ouvindo histórias tristes e problemas. Uma conversa amigável e empática pode ajudar a aumentar a eficiência e resultar no pagamento da dívida, sem gerar problemas. E, além de tudo isso, os oriente a nunca ofertar de primeira as novas condições de descontos ao cobrar de um cliente. Essa atitude fará com que o cliente pense que a sua empresa está só querendo receber e ignorando o relacionamento que vocês possuem.

2 - Não existe cobrança sem dados atualizados Muitas são as vantagens de um sistema de cobrança, não é mesmo? Várias operações já contam com uma rotina de atualização dos dados cadastrais e muitos pontos de contato com o cliente. Contudo, é muito importante que a sua empresa conte com ferramentas de alta tecnologia para apoiar o processo de enriquecimento e higienização das informações encontradas em sua base, principalmente quando for o momento de localizar os devedores. 3 - Utilize diferentes canais para cobrar de um cliente Um canal muito usado entre as operadoras de cobrança é a ligação telefônica, mas o seu negócio pode fazer uso de outros canais. Ao utilizar apenas o contato telefônico, a sua empresa diminui muito as chances, já que as pessoas não costumam atender. Utilizar o SMS pode fazer o seu negócio ter uma taxa de entrega bem mais alta e eficiente. A sua empresa pode utilizar o WhatsApp para começar o processo de negociação com seus clientes. Essa ferramenta já vem sendo muito utilizada por facilitar o relacionamento e a interação, além de ajudar a tornar o contato mais humanizado. Porém, deve-se ter um pouco de atenção, pois uma boa prática, para manter a qualidade em sua rotina de cobrança, é realizar o registro e manter um histórico de negociação. Esperamos que todas as dicas ajudem a sua empresa a diminuir o índice de inadimplência e que o seu negócio passe a ter excelentes resultados na área de cobrança.


ANÁLISE DE CRÉDITO: O SUCESSO DO SEU NEGÓCIO A Análise de Crédito é essencial para o bem-estar de uma empresa, pois esse é um processo extremamente importante para se conseguir bons negócios e evitar os famosos calotes. Quando se realiza uma boa análise de crédito, você evita que diversos transtornos aconteçam em seu cotidiano, como aumento do índice de inadimplência, baixo fluxo de caixa, aumento do número de cobranças. Pense que ao chegar no nível de realizar mais cobranças, você coloca em risco o bom relacionamento com seu cliente, já que a maioria dos consumidores não gostam de ser cobrada e gostam menos ainda de receber aquelas mensagens genéricas, encaminhadas em massa. E como a sua empresa pode evitar tudo isso? Realizando boas análises de crédito! Nesse post vamos explicar o que é e qual a importância de se realizar análises de crédito. O que é a análise de crédito? A análise de crédito é um processo realizado por empresas, em que é verificado se o cliente vai ter condições de arcar com o compromisso que ele assumiu, pois, ao analisar o crédito, é possível identificar o perfil desse cliente usando informações básicas e financeiras. Todas essas informações, verificações e análises permitem que a empresa possa estipular um valor mínimo de compra, a taxa de juros que poderá ser aplicada e o prazo de pagamento, por exemplo. E, a análise, pode ser realizada quando o cliente é uma pessoa física ou uma pessoa jurídica, pois empresas também precisam passar por esse processo ao solicitar crédito. Seja qual for o seu cliente, é muito importante que o processo seja concluí-

do para acordar o negócio e manter um relacionamento saudável entre empresa e cliente. Por que a análise de crédito é tão importante? Esse processo é primordial para que a sua empresa não caia em fraudes, calotes, falcatruas, já que essa análise permite identificar os riscos contidos em negociações. Então, podemos afirmar que a análise de crédito é fundamental para o bemestar da sua empresa, pois ela auxilia na sua decisão de abertura de crédito, deixando suas transações mais seguras e com menor probabilidade de inadimplência. Para que tudo isso seja possível, são usados diversos critérios e pontuações diferentes, que tornam possível a identificação potencial de um cliente se tornar inadimplente ao longo do tempo. Quando a sua empresa faz uso adequado desse processo, ela só tem a ganhar. Por isso, resolvemos listar 3 benefícios conquistados ao realizar uma boa análise de crédito. Confira: 1 - Diminuição de inadimplentes Quando a sua empresa faz uma análise de crédito eficiente, ela conta com uma ferramenta chamada score, ou seja, uma pontuação que permite analisar o risco desse cliente ficar inadimplente ao longo do tempo. Essa pontuação varia de 0 a 1000, sendo 0 o pior e 1000 nível de excelência. Sendo assim, se você for analisar um consumidor e o resultado dessa pontuação for considerada ruim, maior será a probabilidade da sua empresa não receber o pagamento, visto que esse cliente está sendo considerado um mau pagador. Portanto, a análise de crédito é um processo confiável, que traz maior segurança para a sua empresa, pois visa diminuir os riscos de um cliente se tornar inadimplente. Vamos combinar que esse é um grande benefício, não é mesmo?! 2 - Estabilidade em seu fluxo de caixa Tudo vai bem, quando o fluxo de caixa está bem, visto que ele mostra como está a saúde financeira do seu negócio. Quando analisado por determinado período, a sua empresa consegue ver

quanto entrará e quanto será gasto com despesas. Mas onde entra a análise de crédito? Quando a sua empresa trabalha bem a análise de crédito, consegue-se identificar os clientes que possuem maiores chances de ficarem inadimplentes e, com isto, você deixa de conceder crédito aos mesmos, ou seja, garante um fluxo de caixa saudável. Mas vamos dizer que a sua empresa deixe a análise de lado. O seu negócio concedeu crédito para vários clientes e espera receber uma certa quantia, porém alguns desses clientes deixaram de fazer o pagamento e ficaram inadimplentes. Sendo assim, a conta não fecha e o fluxo de caixa fica comprometido, deixando a sua empresa em uma situação complicada. E o que pode acontecer depois de um certo tempo? O efeito bola de neve, onde talvez seja necessário realizar empréstimos, financiamentos e o que for preciso para que a sua empresa não chegue à falência. 3 - Negociações mais seguras Conhecimento nunca é demais e poder conhecer os seus clientes é algo fundamental para o sucesso da sua empresa. E mais uma vez, a análise de crédito é importante nesse momento, porque ela vai permitir que as vendas a prazo sejam aprovadas com segurança, de maneira confiável. Ao eliminar os riscos de inadimplência, tendo uma carteira de clientes considerados bons pagadores, o seu negócio pode estreitar o elo de relacionamento com eles e aproveitar as oportunidades que vão surgir, como conceder crédito mais vezes, taxas de juros mais baixas, entre outras. Tudo isso para que ambos sejam beneficiados, pois ao conceder vantagens aos bons pagadores, a sua empresa fideliza mais, vende muito mais e passa longe dos calotes. Como a minha empresa tem acesso a análise de crédito? AS CDLs, em conjunto com o SPC Brasil, contam com a estrutura necessária para que a sua empresa possa realizar análises mais seguras e eficientes, pois dispõem da maior base de dados da América Latina e do compartilhamento de informações dos mais de 450 mil associados.


ORGANIZAÇÃO FINANCEIRA: CONHEÇA O MODELO 50-15-35 A principal regra de organização financeira é conhecer bem sua rotina financeira para conseguir se planejar mês a mês – ou por que não, ano a ano? Ter organização financeira é importante para levar uma vida mais equilibrada. Quem se organiza tem mais facilidade para manter o padrão de vida dentro do orçamento, faz uma reserva para compras à vista e poupa para o futuro. Para te ajudar com sua organização financeira, apresentamos o modelo 5015-35. Mas avisamos: é preciso adaptálo para sua realidade! Esse modelo foi criado para ajudar as pessoas que buscam mais equilíbrio financeiro, mostrando um caminho prático a ser seguido.

O que são gastos essenciais? São as contas fixas, com valores médios pré-estipulados que permitem um planejamento mais eficaz, como conta de água, luz, condomínio, impostos, telefone, aluguel ou prestação da casa própria, escola, faculdade, alimentação, transporte. Liste todas essas contas e descubra o seu valor. A regra dos 50-15-35 estipula que metade do seu orçamento, ou seja, 50%, seja destinada a esses gastos. Para personalizar e criar sua própria regra, verifique qual porcentagem de sua renda seu valor calculado equivale. Se for menos de 50%, ótimo – remaneje a porcentagem restante para as outras categorias.

• 50% para os gastos essenciais; • 15% para as prioridades financeiras; • 35% para o estilo de vida.

Se, por outro lado, ele for maior do que 50%, talvez seja o momento de reconsiderar seu padrão de vida: que tal mudar o plano do celular? Ou considerar se mudar para uma casa cujo aluguel seja menor? Ou ainda reduzir seus gastos com transporte, usando meios alternativos, como a bicicleta?

Esse modelo oferece um norte para quem não consegue desenvolver um sistema próprio de controle, mas cada família deve criar suas próprias proporções, considerando a realidade em que vive.

O que são as prioridades financeiras? Essa categoria que, segundo a regra 5015-35, recebe 15% do orçamento total, é voltada para a quitação de dívidas e para investimentos. Segundo os especi-

Os números se referem à porcentagem da renda que será destinada a cada um dos seguintes objetivos:

alistas, se você está negativado, por exemplo, limpar seu nome (e parar de pagar juros) deve ser um objetivo tão importante quanto os gastos essenciais. Você pode descobrir se seu CPF está negativado e o valor de suas dívidas: consulte online no SPC Brasil através da loja online ou do aplicativo SPC Consumidor. Caso não esteja endividado, é hora de criar uma reserva financeira de longo prazo. É importante ter, ao menos, um valor base de comprometimento mensal. Pode ser os 15% da renda ou até mais. Procure cortar de outras categorias para aumentar a porcentagem dessa, assim, você quita suas dívidas e se planeja para o futuro o quanto antes. Estilo de vida também é importante? Por último, a regra dos 50-15-35 estipula que 35% da renda deve ser direcionada para seu estilo de vida. Essa categoria envolve seu lazer e outros tipos de consumo, como as despesas com roupas, sapatos, perfumes, presentes, livros. Por ser a categoria mais flexível, em caso de imprevistos financeiros, é mais fácil fazer cortes no estilo de vida. Por isso, se a situação estiver apertada, você pode reduzir a porcentagem dessa categoria e direcionar a verba para as outras. Quando todas estiverem mais bem resolvidas e estáveis, você volta a direcionar uma parte maior para seu estilo de vida. Personalize! A regra dos 50-15-35, indica, na verdade, uma nova forma de pensar, na qual você se compromete com valores fixos mensalmente para cada categoria. Mas a quantidade direcionada para cada uma só você poderá determinar, conforme sua realidade. É necessário entender suas despesas e as suas prioridades para poder desenvolver ou encontrar o método que funciona melhor.


CERTIFICADO DIGITAL: AGORA SEM SAIR DE CASA Desde que foi lançado o Certificado Digital por videoconferência, essa modalidade vem ganhando bastante destaque devido ao processo ser totalmente online, permitindo ao cliente a comodidade na emissão do certificado sem precisar sair de casa. Antigamente, só era permitido a emissão do Certificado Digital de maneira presencial, ou seja, o requerente precisava comparecer ao Posto de Atendimento localizado na CDL. Com a Instrução Normativa nº 05 de 22 de fevereiro de 2021, aprovada em reunião extraordinária do Comitê Gestor da ICP-Brasil (CG ICP-Brasil), a AR CDL Montes Claros passou a atender aos seus clientes com base nos parâmentos de acordo com a nova metodologia. A emissão é permitida para clientes que já tem suas biometrias cadastradas no banco de dados da ICP-Brasil, os quais já tenham adquirido a sua identidade digital anteriormente ou clientes que tenham CNH. Essa emissão é válida para Certificados e-CPF e e-CNPJ, modelo A1 e Safe ID (nuvem), ambos com validade de 1 ano. Caso queira um produto com validade superior a 12 meses será necessário realizar a valida-

ção presencial, junto a um Agente de Registro.

recomendado devido ao Coronavírus (COVID-19).

A emissão online ocorre remotamente por meio videoconferência, sendo classificada em etapas: solicitação, pagamento, importação de documentação e a videoconferência.

Ter um certificado Digital, além de facilitar o processo de assinatura de documentos, ainda evita a ação de fraudadores. Não perca tempo e já garanta o seu certificado com quem conhece.

Com o compromisso de modernizar, simplificar e agilizar o processo da emissão com tempo estimado de 5 a 15 minutos o processo ainda garante a segurança do cliente já que o isolamento social é

Entre em contato com a CDL Montes Claros pelo (38) 3690-1923 ou 984068090 e garanta o seu certificado digital sem precisar sair de casa.


AÇÕES DA ENTIDADE EM DEFESA DOS SEUS ASSOCIADOS

REUNIÃO COM O GOVERNADOR Os presidentes das CDLs mineiras e das Associações Comerciais do Estado (ACEs) tiveram na tarde da última segunda-feira (29/03), reunião virtual exclusiva com o governador de Minas, Romeu Zema. O encontro foi uma oportunidade de promover o diálogo aberto com o governador, reforçando a necessidade de equilíbrio das medidas restritivas, principalmente após o anúncio da prorrogação da onda roxa no estado até o dia 04 de abril. Os mais de 180 dirigentes de ambas as entidades que participaram do encontro, reforçaram a necessidade de equilíbrio nas medidas restritivas, já que o setor de comércio e serviços é o que mais vem sofrendo os impactos da pandemia. Na opinião do presidente da FCDL-MG, Frank Sinatra, o diálogo com o poder público é importante, mas o varejo não pode mais esperar e precisa de socorro imediato. Os empresários mineiros estão cientes de suas responsabilidades e têm demonstrado compromisso com a implementação em seus negócios dos protocolos sanitários de prevenção, prezando principalmente pela saúde e sobrevivência das pessoas físicas, mas também das pessoas jurídicas. São as

atividades da iniciativa privada que garantem a manutenção dos postos de trabalho e ajudam a equilibrar as contas públicas com seus impostos, tão importantes nesta hora. A ação conjunta da Federação das CDLs e da Federaminas reflete a necessidade de unir os esforços para estabelecer um diálogo sólido e construtivo, ecoando a voz do empresariado mineiro que clama por socorro em meio à pandemia.

CARTA PARA DIVERSAS AUTORIDADES No dia 19 de março foi encaminhada uma carta aberta ao poder público, assinada pelas entidades de Montes Claros, que na união de esforços, solicita do poder público (Municipal, Estadual e Federal) por meio de um projeto de Lei de autoria do Deputado Federal Delegado Marcelo Freitas, na Câmara de Deputados, que os bancos oficiais de fomento prorroguem as dívidas por, pelo menos, o dobro do prazo do vencimento para, de modo que essas empresas possam continuar com suas atividades essenciais. E buscam ainda, junto ao Tribunal de Justiça do Estado, o alongamento das dívidas pelo dobro do prazo pendente, reduzindo as parcelas para a faixa de 50 a 60% do valor atual e possibilitando um alívio financeiro para a utilização dos

valores em capital de giro, pagamento de folha e, inclusive, pagamento de impostos. Sendo que, praticamente todas as empresas se endividaram com empréstimos bancários tomados para investimento antes e durante a pandemia para fazer frente às dificuldades financeiras.

PEDIDO DE PARCELAMENTO E PRORROGAÇÃO DE TRIBUTOS MUNICIPAIS A União das Entidades de Montes Claros e do Norte de Minas, que representa as diversas classes produtivas do município de Montes Claros, encaminhou um ofício ao Prefeito Humberto Souto no dia 12 de março, solicitando a repactuação de todos os impostos e taxas municipais vencidos e a vencer, certos de que estamos vivenciando um momento atípico desde o ano de 2020 e se torna indispensável para que as empresas e os cidadãos possam manter-se ativos, gerando emprego e renda, contribuindo efetivamente para o desenvolvimento de nosso município. E com este fechamento das portas das micro, pequenas e médias empresas, compromete terrivelmente a situação


financeira das mesmas, impossibilitando-as de honrar seus compromissos.

CARTA COM PEDIDO DE LIBERAÇÃO PARA ENTREGA DE MERCADORIAS NAS PORTAS DAS LOJAS A CDL Montes Claros, externa sua preocupação com os impactos sociais e econômicos que a crise provocada pela Covid-19 tem sido intensificada na nossa cidade, sobretudo no reflexo do comércio local, já fragilizado com a recessão dos últimos anos, tem sentido, e muito, com as novas medidas adotadas pelo município e pelo estado. Com intuito de tentar amenizar os impactos causados pelas normas impostas, a CDL encaminhou no dia 23 de março um ofício ao Prefeito Humberto Souto, solicitando, pelo menos, que seja autorizado a possibilidade dos setores que não estejam incluídos no funcionamento pre-

sencial possam entregar ao consumidor os seus produtos no local de venda, tal qual preconiza o inciso II do artigo 3º da Deliberação nº 130 que instituiu o “Protocolo Onda Roxa em Biossegurança Sanitário Epidemiológico – Onda Roxa”. Destacou que tal autorização é oportuna, pertinente e necessária.

ZEMA ATENDE REIVINDICAÇÃO DA FCDL-MG E ENCAMINHA PROPOSTA DE NOVO REFIS À ASSEMBLEIA O governador Romeu Zema, atendendo ao pedido da FCDL-MG, CDLs Mineiras e seus associados, dentre elas a CDL Montes Claros, anunciou que já enviou à Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) uma proposta que garante às empresas que aderirem ao Programa de Recuperação Fiscal (Refis), descontos de até 90% nos juros e multas de suas dívidas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e

Serviços (ICMS). Ela alcança todos os débitos do Imposto, em aberto ou parcelados, inscritos ou não em dívida ativa, ocorridos até dezembro de 2020. O parcelamento poderá ser de até 84 vezes, sendo um respiro em meio a tantas preocupações!

REUNIÃO COM A FRENTE PARLAMENTAR DO EMPREENDEDORISMO No dia 01 de março, o Presidente da CDL Ernandes Ferreira, se reuniu na CDL com a Frente Parlamentar do Empreendedorismo, que contou com a participação dos parlamentares Valdecy Contador, Maria Helena, Gildeon Durães, Wilton Dias e Marcos Nem. Esteve presente também Alex Bicalho, empresário e Diretor da CDL. Foi tratado sobre a desburocratização nos processos de abertura e ampliação e buscar incentivos para criação de novas empresas e sobre a flexibilização e planejamento de reabertura do comércio e serviços durante a pandemia.


VEJAM ALGUMAS DAS NOSSAS POSTAGENS NOS CANAIS DIGITAIS NO MÊS DE MARÇO, FACEBOOK, INSTAGRAM E WHATSAPP, E LEMBREM-SE: JUNTOS SOMOS MAIS FORTES.

Atenção associados!

Como é o atendimento em sua empresa? Seus vendedores estão preparados para interagir e convencer os clientes da maneira correta? O auxílio ao cliente é a oportunidade que a empresa tem de causar uma boa impressão e estabelecer um vínculo com o seu público.

A partir de hoje, estará liberado os insumos opcionais para que você consiga tornar as suas consultas ainda mais completas. Em caso de dúvidas, fale conosco: (38) 3690-1919. Aproveite!

O atendimento humanizado é, portanto, uma maneira diferente de estabelecer o contato entre o cliente e a empresa. A ideia é transformar esse momento em uma oportunidade para conhecê-lo melhor e estabelecer um vínculo de confiança. Essa nova demanda de mercado deve ser bem avaliada pelas empresas. Afinal, o simples fato de dar mais atenção ao contato com o cliente pode se transformar em um diferencial competitivo e ser decisivo para a concretização de uma venda. #CDLMontesClaros #AtendimentoHumanizado #Varejo #AmigoDaCidadeCompraAqui

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES.

[#IMPORTANTE] Com a ocupação de leitos da UTI no limite, estamos atravessando um dos piores momentos da pandemia em nossa cidade. Pedimos a atenção e apoio de todos, para que redobrem os cuidados, respeitem os protocolos de higiene e distanciamento, organize suas compras, saia só quando necessário e apenas 1 membro da família, dê prioridade a compras online através do nosso site "Compre Em Moc", e, principalmente, evitem festas e aglomerações. Precisamos do apoio de todos para compartilhar e levar informação para a população. A pandemia não acabou, não diminua os cuidados. Ajude-nos a manter nosso comércio aberto, garantindo emprego e renda para milhares de famílias.

Na rua, no condomínio, no trabalho e no comércio! Se cuidar não tem hora e nem lugar. #CDLMontesClaros #Covid19 #Comércio #Saúde #FCDLMG #JuntosPeloSeuNegócio #SomandoForças #SeguimosJuntos


Flores, roupas, livros... a lista presentes para mulheres das grande!

Confira nas imagens como se proteger dos principais golpes no Brasil.

perfumes, joias, de sugestões de homenagear as nossas vidas é

#CDLMontesClaros #EducaçãoDigital #Proteção

Aproveite o momento para relembrar o seu cliente sobre o Dia Internacional da Mulher, invista nas suas redes sociais e apresente sua loja, selecione produtos, sugira presentes, faça promoções, e não se esqueça de caprichar na decoração da vitrine! Lembrando sempre que não é hora de relaxar nos cuidados, evite aglomerações e só saia de casa quando necessário, use sempre máscara de proteção e não se esqueça do álcool em gel. #CDLMontesClaros #ComércioLocal #AmigoDaCidadeCompraAqui #UseMáscara

Com o novo decreto, vamos ter um período de maior restrição de circulação de pessoas, uma medida muito importante no combate à COVID-19. Para evitar sair de casa, dê preferência ao delivery que vai continuar funcionando e aproveite para conhecer a nossa vitrine empresarial, "Compre Em Moc", que reúne as suas lojas favoritas em um só lugar! (https://www.compreemmoc.com.br/) Atenda seus pedidos de máscara, dessa forma você se protege e também protege o entregador, e lembre-se de sempre higienizar suas compras! #CDLMontesClaros #ComércioLocal #AmigoDaCidadeCompraAqui #SomandoForçasParaSuperar

Estamos passando pelo pior momento da pandemia em nossa cidade.

Orgulhe-se de ser quem você é. Feliz Dia Internacional da Mulher!

#DiaInternacionalDaMulher #CDLMontesClaros #MulheresEmpreendedoraa #SistemaCNDL

Se todo mundo cooperar, logo tudo voltará ao normal.

Precisamos continuar seguindo as medidas de segurança sanitária a risca. Por você, pela sua família, pelo nosso comércio, por Montes Claros!

No mês das mulheres, queremos mostrar que você tem companhia nessa jornada. A CDL e todo o Sistema CNDL estão aqui para valorizar a força que existe dentro de você, a mulher que faz acontecer todos os dias, criando coisas incríveis e reinventando o futuro.

Participe do nosso evento em comemoração ao Dia Internacional das Mulheres: https://www.sympla.com.br/mulheresempreendedoras-online__1146749

[#IMPORTANTE]

Fazemos um apelo, para que nesse momento tão complicado na saúde do município, empresários e consumidores, redobrem os cuidados e previnamse!

Mulheres carregam histórias de vida inspiradoras e trazem dentro de si uma força única, que as tornam poderosas de diversas maneiras.

A educação digital do usuário é fundamental para que o usuário entenda como funcionam os processos de compra e venda online e claro, ajuda a ter mais conhecimento para se proteger de possíveis armadilhas.


Mulheres que inspiram.

(38) 3690-1913 / (38) 99961-8001

#CDLMontesClaros #DiaInternacionalDaMulher

Associe-se e aproveite essas e outras vantagens!

Pela saúde e estabilidade de milhares de famílias brasileiras, respeite as medidas de segurança. Não esqueça do principal: A VIDA.

#CDLMontesClaros #AssessoriaJurídica #JuntosSomosMaisFortes

Estamos juntos mais uma vez contra a Covid-19 e contamos com a sua ajuda para fazermos um Comércio mais Seguro. - Evite aglomerações; - Mantenha o distanciamento social; - Use máscara; - Higienize as mãos com frequência. Estamos fazendo a nossa parte, faça você também a sua! #CDLMontesClaros #ComércioSeguro #AmigoDaCidadeCompraAqui

Se todo mundo cooperar, logo tudo voltará ao normal. Vencer o coronavírus depende de todos nós! #CDLMontesClaros #Covid19 #Comércio #Saúde #JuntosPeloSeuNegócio #SomandoForças #SeguimosJuntos

O # D i a D o C o n s u m i d o r, q u e acontece dia 15 de março, é uma grande oportunidade de vendas. Por isso, aproveite a data para programar ações que podem e vão aumentar seu faturamento nos canais de vendas. Confira algumas dicas que separamos! #CDLMontesClaros

Já ouviu falar no termo “manterrupting”? A palavra descreve o que acontece quando homens interrompem falas de mulheres, que são, em geral, interrompidas o dobro de vezes.

A atual relação comercial, pode trazer muitas dúvidas ao empresário e entendê-las pode evitar ainda mais transtornos.

Então, a dica é: deixe que as mulheres concluam as suas falas.

Os associados CDL recebem, gratuitamente, todo o amparo jurídico necessário para esclarecer estes tipos de dúvidas relacionadas aos decretos e às relações comerciais em geral.

Além disso, você pode interromper outros homens que interrompem suas colegas mulheres. É simples, basta dizer "Ei, deixa ela concluir!". Conversas saudáveis acontecem quando todos têm a oportunidade de participar.

O nosso jurídico está preparado para ajudar e orientar nossos associados, sempre que necessário.

Vamos fazer assim: eu cuido de você e você cuida de mim!

#CDLMontesClaros #EspecialMêsDasMulheres


Siga todas as orientações que você já conhece. Proteja-se. A pandemia não acabou! #CDLMontesClaros #CovidTôFora #VarejoContraACovid

Seja olhando uma vitrine, percorrendo nossos corredores, no caixa ou por trás de um clique, você está sempre ao nosso lado nos motivando a continuar, independente do que aconteça. Você é a razão de tudo! Agradecemos por sua confiança, parceria e, principalmente, pela fidelidade. Feliz Dia do Consumidor! #CDLMontesClaros #AmigoDaCidadeCompraAqui #DiaDoConsumidor

Empresário, sabia que o Governo Federal prorrogou por mais três meses o prazo de carência dos empréstimos concedidos por meio do Pronampe? Então, se você precisa de uma prorrogação de prazo, procure a instituição financeira com a qual firmou o seu contrato de crédito. PRONAMPE: o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte foi criado em maio do ano passado para auxiliar financeiramente os pequenos negócios e, ao mesmo tempo, manter empregos durante a pandemia da Covid-19. #CDLMontesClaros #Pronampe #JuntosPeloSeuNegócio

Os empresários brasileiros estão cientes de suas responsabilidades e têm demonstrado compromisso com a implementação em seus negócios dos protocolos sanitários de prevenção da #Covid19, prezando principalmente pela saúde e sobrevivência das pessoas físicas, mas também das pessoas jurídicas. Leia o posicionamento completo no site da CNDL: http://bit.ly/3vh5VEQ #CDLMontesClaros #ComércioSeguro #VarejoContraCovid #CovidTôFora #SistemaCNDL

Com a vitrine empresarial, Compre Em Moc, você tem as suas lojas favoritas na palma da mão. Além de valorizar e estimular o comércio local, você garante as suas compras sem precisar sair de casa, de maneira rápida e fácil! Compre a t r a v é s d o l i n k : https://www.compreemmoc.com.br/ Você empresário, que deseja ampliar a visibilidade do seu negócio, mas ainda não se cadastrou, entre em contato agora mesmo e não perca mais tempo! (38) 3690-1915

Não reduza os cuidados! O retorno às atividades diárias, a dinamização do consumo e a geração de empregos no país depende de um ambiente seguro para todos.

#CDLMontesClaros #ValorizaçãoDoComércioLocal #CompreEmMoc #AmigoDaCidadeCompraAqui


Seguimos juntos e somando forças para superar! #CDLMontesClaros #JuntosSomosMaisFortes

classe varejista, que foi encaminhado ao Governador Romeu Zema e ao Secretário Adjunto de Desenvolvimento Econômico, Sr. Fernando Passalio, reafirmando algumas medidas que acreditamos serem pertinentes e necessárias frente ao cenário atual. Como representantes da classe empresarial, em âmbito municipal, saiba que a nossa entidade não medirá esforços para continuar ao lado dos empresários, buscando todas as alternativas possíveis para a retomada segura das atividades.

Precisamos somar forças para garantir a saúde e emprego de todos! Siga todas as recomendações necessárias para retornarmos as nossas vidas com segurança. #CDLMontesClaros #Covid19 #Comércio #Saúde #FCDLMG #JuntosPeloSeuNegócio #SomandoForças #SeguimosJuntos

Seguimos juntos com você somando forças para seguir em frente.

Quanto mais presença feminina, melhor. Mulheres são mais propensas a falar em reuniões quando outras estão presentes. Além disso, elas sempre têm ideias excelentes, não acha? #CDLMontesClaros #EspecialMêsDasMulheres #SistemaCNDL

Seguindo os protocolos da Onda Roxa, a CDL MONTES CLAROS está trabalhando exclusivamente para atender os associados autorizados a funcionar conforme o decreto 4.188 do Município de Montes Claros: • Assim, para informações sobre crédito e desbloqueio de código, falar no (38) 98414-0229, através de ligação ou Whatsapp. • Em caso de necessitar da emissão e ou renovação de Certificado Digital, agendar horários pelos WhatsApp (38) 98406-8090 ou (38) 99141-8900. Contamos com a sua compreensão.

Entendemos que o atual contexto é extremamente delicado e, por isso, mais uma vez estamos buscando o equilíbrio das medidas que são impostas às nossas atividades sem perder o compromisso com as exigências oriundas dos decretos e protocolos atuais. Atendendo propostas das CDLs Mineiras, entre elas, associados e diretoria da CDL MONTES CLAROS, a FCDL-MG consolidou em um único ofício, propostas com reivindicações da

Leia o posicionamento completo no s i t e d a F C D L - M G : http://bit.ly/3txkv9s #PosicionamentoCDl #Comércio #OndaR oxa #GovernoDeMinas #MinasGerais #Comércio #FCDLMG #CDLMontesClaros #EstamosJuntosPeloSeuNegócio #SomandoForçasParaSuperar

Enfim uma boa notícia! O governador Romeu Zema, atendendo a pedidos da FCDL-MG, CDLs Mineiras e seus associados, dentre elas a CDL Montes Claros, anunciou que já enviou à Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) uma proposta que garante às empresas que aderirem ao Programa de Recuperação Fiscal (Refis) descontos de até 90% nos juros e multas de suas dívidas do Imposto


sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). O parcelamento pode ser de até 84 vezes. Um respiro em meio a tantas preocupações! Seguiremos incansavelmente com nosso diálogo junto ao poder público reivindicando socorro para nosso setor. Confira detalhes no site da FCDL-MG: http://bit.ly/3r9tcFy #Representatividade #MovimentoPeloComércio #MinasGeraisi #Refis #FCDLMG #CDLMontesClaros #SistemaCNDL #JuntosPeloSeuNegócio

Só o BDMG tem condições exclusivas para você ser protagonista de sua própria história. Com o crédito BDMG você pode: > Reorganizar dívidas; > Equilibrar o fluxo de caixa; > Comprar equipamentos e insumos; > Fazer uma reforma ou investir em uma unidade nova.

Você pode consultar a instituição cadastrada da sua cidade e como d o a r a t r a v é s d o s i t e : https://pascoasolidariaunificada.sco .org.br/ Precisamos de você. Juntos somos mais fortes!

Mulheres empreendedoras: mais oportunidades, menos desigualdade. Faça uma simulação! (38) 98419-8182 #CDLMontesClaros #BDMG #EmpreendedorasDeMinas

Representatividade é tudo! Em tempos desafiadores, incentivar a valorização do Comércio Local é um dos principais objetivos da CDL. Seja representado por uma entidade forte que busca resultado e melhorias para seus associados dia a dia, sem cessar.

Esse não é o momento de relaxar nas medidas de prevenção. Comércio fechado não é a solução e, juntos podemos superar esse desafio e continuar garantindo o sustento de milhares de famílias. O nosso comércio conta com você! Estamos todos juntos contra o COVID! #CDLMontesClaros

Faça parte dessa união, associe-se a CDL Montes Claros! É Tempo de União e Solidariedade! Estamos vivendo na região os piores momentos da pandemia de COVID-19 até aqui. Com isso, as pessoas mais vulneráveis precisam muito do apoio das Organizações da Sociedade Civil e você pode participar desta ação.

(38) 3690-1915 # J u n t o s S o m o s M a i s Fo r t e s #CDLMontesClaros #Representatividade #Associativismo #ValorizaçãoDoComércioLocal #CDLMontesClaros #JuntosSomosMaisFortes

Acreditamos no poder da sinergia entre aqueles que fazem o bem, por isso Organizações Religiosas, Instituições de Apoio, Clubes de Serviços e Entidades de Classe, como a CDL, estão juntas na campanha Páscoa Solidária Unificada, trabalhando em cooperação para apoiar organizações que estão na linha de frente. Assim, como conhecedoras da realidade dos territórios onde atuam, elas poderão servir melhor às pessoas mais necessitadas.

O BDMG acredita no empreendedorismo feminino!

As doações serão destinadas para organizações cadastradas, que serão responsáveis pela distribuição.

Me diga, você realmente conhece o seu público?


Acontece que muitas empresas ainda trabalham com aquele modelo antigo, em que são listadas apenas características simplistas como faixa etária, classe social e gênero, por exemplo. Porém, para ter um público-alvo bem definido, precisamos ir muito além disso. Hoje, o importante é entender as particularidades de cada possível cliente e descobrir como eles se comportam no dia a dia, ou seja, quais são suas maiores dificuldades, seus maiores medos, objetivos e muito mais. Se coloque no lugar de quem compra o seu produto, pense no que ele faria e entenda seus anseios, suas vendas estão associadas ao fato de conhecer, de verdade, o seu cliente. Gostou da dica? Encaminhe para um amigo(a) empreendedor(a) Atenção micros e pequenos empresários! O Comitê Gestor do Simples Nacional (CGSN) aprovou no dia 24 a prorrogação dos prazos relativos aos parcelamentos dos tributos no âmbito do Simples Nacional (Federais, Estaduais e Municipais), incluindo o Microempreendedor Individual (MEI). A medida pode beneficiar 17.353.994 contribuintes.

Confira como fica o calendário agora:

com vencimento em 22 de novembro e a segunda vencendo em 20 de dezembro de 2021. • Importante: as prorrogações não implicam direito à restituição ou compensação de quantias eventualmente já recolhidas. #SimplesNacional #ProrrogaçãoSimplesNacional #SistemaCNDL #FCDLMG #CDL

• Período de apuração de março de 2021, com vencimento original em 20 de abril de 2021, poderá ser pago em duas parcelas iguais, sendo a 1ª em 20 de julho e a 2ª em 20 de agosto de 2021; • Período de apuração de abril de 2021, com vencimento original em 20 de maio de 2021, poderá ser pago em duas parcelas iguais, em 20 de setembro e 20 de outubro de 2021 • Período de apuração de maio de 2021, com vencimento original em 20 de junho de 2021, poderá ser pago em duas parcelas iguais, sendo a primeira

A responsabilidade de conter a Covid-19 é de todos. Faça sua parte! #CDLMontesClaros #ComércioSeguro #JuntosSomosMaisFortes

Tem uma frase que diz: ‘uma imagem vale mais que mil palavras’. E na venda de produtos pela internet essa máxima tem ainda mais valor. Confira algumas dicas de como conseguir boas imagens do seu produto.


Nossa cidade precisa de você! Seja consciente em todas as suas ações. A onda agora é redobrar os cuidados e respeitar as medidas de segurança. As lojas do comércio estão com as portas fechadas, mas continuam o atendimento nas modalidades delivery e retirada no balcão. Então, continue apoiando as empresas locais! Se precisar de algo, entre em contato com o estabelecimento e realize suas compras com toda a comodidade e segurança. A sua motivação é o que nos faz continuar! Aproveite e indique aqui suas lojas preferidas.

ATENÇÃO ASSOCIADO! Aproveitando, seguem 3 stories para interação e divulgação dos serviços de delivery da cidade, compartilhe com os seus clientes e contatos

É claro que a gente vai trazer dicas para sua loja faturar mais nessa #Páscoa também!

comer um chocolate especial e presentear com produtos que remetam à esta data terá um sabor mais que especial.

renda e está economizando. Portanto, pense em estratégias diferentes e adequadas para essa realidade.

Com o isolamento social e o distanciamento dos amigos e da família, poder

Para faturar, é preciso planejamento e ter em mente que muita gente perdeu

Aposte em produtos mais acessíveis e use as redes sociais a seu favor.

Com a Onda Roxa prevalecendo em todo o estado de Minas Gerais, vários estabelecimentos precisaram optar pelo delivery como

forma de manter as vendas. Entenda o que é importante saber quando se trabalha com este tipo de serviço.

#CDLMontesClaros #VendasOnline #Delivery #AmigoDaCidadeCompraAqui

Profile for Franklin Ruas

Revista CDL Março e Abril 2021  

Revista CDL Março e Abril 2021

Revista CDL Março e Abril 2021  

Revista CDL Março e Abril 2021

Profile for frankuras
Advertisement