Issuu on Google+

Nem só de pão vive o ser humano Eu penso que “nem só de pão vive o ser humano”, porque precisa de amor e carinho para se dar com as outras pessoas, porque se uma pessoa for muito odiada pelos outros, essa pessoa morre de ódio. Está aí o porquê de uma pessoa precisar de carinho e amor. O carinho traz felicidade, traz bem estar consigo próprio e o amor também traz muitas coisas boas. Uma delas é a forma como se vê o mundo. O homem também precisa da aprendizagem e do saber, mas não é a aprendizagem da escola nem o saber da cultura geral, mas sim precisa de saber como fazer as coisas. Por exemplo, tem que saber como se vai à caça, como se vai à pesca. Isto falando em tribos que vivam perto da natureza, porque se se falar numa pessoa do século XXI, aí sim, tem que saber, tem que ter uma aprendizagem para poder, aí sim, ser alguém na vida e ter o belo do seu curso, a sua bela casa, entre outras coisas. Em sociedade o homem precisa de comunicar para não dar em doido, é necessário ter respeito, sentido de justiça para consigo ou para com os outros: dar 2 coisas a uma pessoa que não merece e dar 1 coisa a quem merece, isso é injustiça. O homem também precisa de PAZ. Paz, uma palavra que ninguém respeita e que faz falta em todo o mundo. Quando há paz, não há guerras e não há todas as desgraças humanas que elas provocam. Mas o mais importante é que, quando há paz, existe um bem estar entre as pessoas que ninguém se apercebe da importância que tem, porque se as pessoas se apercebessem, não havia agora a guerra no Iraque e nem outras guerras que acontecem por esse mundo fora. E por uma coisa de nada, mas que é importante: o dinheiro. Mas, vendo bem, o pobre não tem dinheiro, mas está sempre alegre, canta, bebe e faz a sua festa mesmo sem dinheiro. Aí está um exemplo de que o dinheiro não traz felicidade, mas sim guerras e desordem.

Francisco Silva nº8| 9º2


Texto Livre - 3º Período