Issuu on Google+


Editorial

pág.

1

Conclusões Seminário

pág.

2/3

As Autarquias com responsabilidade

pág.

4/5

Instituições Solidárias

pág.

6

Empresários Solidários

pág.

6

Aprender a Conduzir

pág.

7

As Empresas ao Serviço da Mobilidade

pág.

8/9

As Empresas Transformadoras

pág.

10/11

Turismo Adaptado

pág.

12

As Empresas Adaptadoras

pág.

13

Ligações Úteis

pág.

14

Agradecimentos

pág.

15


Ficha técnica: Autoria: Associação Jovem Valor Coordenador: Francisco Pereira Grafismo: Associação Jovem Valor Maquetagem: Associação Jovem Valor Fotografia: Nuno Almeida e Farinho Lopes Digitalização e tratamento de imagem: Francisco Pereira Revisão: Florbela Silva Pereira Impressão: Associação Jovem Valor Encadernação: Associação Jovem Valor Copyright: Associação Jovem Valor Dez2006 Este GUIA foi integralmente concebido, maquetado, paginado e impresso por associados voluntários da Associação Jovem Valor -AJO V - no ano de 2006.

Este GUIA é propriedade da Associação Jovem Valor. É expressamente proibida a reprodução, fotocópia ou excerto deste GUIA, sem a devida autorização da Associação Jovem Valor.


Ficha técnica: Autoria: Associação Jovem Valor Coordenador: Francisco Pereira Grafismo: Associação Jovem Valor Maquetagem: Associação Jovem Valor Fotografia: Nuno Almeida e Farinho Lopes Digitalização e tratamento de imagem: Francisco Pereira Revisão: Florbela Silva Pereira Impressão: Associação Jovem Valor Encadernação: Associação Jovem Valor Copyright: Associação Jovem Valor Dez2006 Este GUIA foi integralmente concebido, maquetado, paginado e impresso por associados voluntários da Associação Jovem Valor -AJO V - no ano de 2006.

Este GUIA é propriedade da Associação Jovem Valor. É expressamente proibida a reprodução, fotocópia ou excerto deste GUIA, sem a devida autorização da Associação Jovem Valor.


1

tr nITO~I~[_ 01

TRANSPORTEI E

A

AUTONOMIA

A

utonomia,

escolha

de vida,

participação

activa

actividades

familiares,

SOCIaIS,

profissionais,

culturais,

desportivas

... Os

instrumento

transportes

Grande

nas

são

real de independência

um e de

parte

das

fase

autarquias

ainda,

em

de

parque

dos transportes

vezes

da responsabilidade

privadas. As Instituições,

está,

requalificação

do

urbanos,

tantas

de entidades

têm como prioridade

inserção, tanto ao transportar as pessoas com deficiência com o sendo elas a

a resposta aos seus utentes debatendo-se com um a escassez de meios hum anos e

conduzirem-nos.

materiais desenvolver

Na

seq uência

realizado

do Sem inário/Debate

em Março

último,

transmitidas

algumas

preocupações

dos

sua área de influência.

foram-nos

das

pela sua dimensão

maiores

Cidadãos

possibilitam

com

aos CNE's

tam bém

às

prestam Valor,

e suas famílias,

Organizações

apoio que a Associação com

Nacional

o apoio para

lntegração

a

do

lhes

Secretariado

Reabilitação

e

das Pessoas com Deficiência,

a nível nacional,

porquanto

foi nossa

foram muitas,

intenção

informar

com o maior rigor das capacidades Autarquias, Empresas básico

das

Instituições

para responder

que é o Transporte,

para Todos.

e

quem

gradual

a

elas

pontuais

registar

das Empresas

a

há, que, orgânica, recorra a

esta

preocupação

- apostando

na

qualidade - no transporte das pessoas com mobilidade condicionada, bem

Jovem

lançou mãos à obra para editareste Guia. A s d i fi c u Id a d e s p a r a co Ii g i r o existente,

Apraz-nos

mas

que

a

Outras

e estrutura

algumas respostas necessidade.

N ecess idades E spec iais, nesta matéria. Foi com o intuito de dar algumas respostas

que as incapacita de um trabalho social fora da

como

no

inovações

acompanhamento tecnológicas

dos transportes,

arranque

para

mais abrangente,

das

do

que se quer,

para a adaptação

sejam eles empresariais

ou pessoaIS. Se este Guia vier a servir de motor de

das

a este direito

das

Governo,

parceiros Valor

a concretização

com o alto patrocínio congregando

sociais, dá

empregue.

o

de um

seu

todos

a Associação esforço

Bem-Hajam!

os

Jovem por

bem


Conclusões "O'~ ~o"~n~

c

onscientes

da dificuldade

pessoas

com

mobilidade

os dias

para

básico

como

o de sair

Jovem

Valor

decidiu

durante

este

deficiência,

de casa,

levar

do corrente

Auditório

Jorge

Lisboa

em

incidindo

sobre a problemática tendo

CIDADE

lema

«OS

Estado

Governadora

Adjunta

e do Desporto,

Direcção

Nacional

da

Deficientes

das Forças

da Direcção

da Associação

da

e da

do Secretário

C ivil de Lisboa,

de

Associação

da

amplitude

uma breve pausa

aos trabalhos,

cumprindo

o programa

de cidadãos

proposto

a

a« M O BILIDAD

E UM DEVER»,

Ana Paula Lima

Honório,

por

com a participação

de

Moniz

(CEM/AJOV),

Martins

(AJOV),

José Pavoeiro

Ferreira Patrícia

(Montijo), Almeida

Lino (PAI),

Odete (APS)

no papel

João

de vida no espaço

e

re latadas

movem

por

Carla

(ACAPO),

e José Augusto

de oradores.

Paulo

(ADFA),

Fiuza

das experiências se

E

moderado

Nelson

Aqui,

Metelo através

onde habitam cada

da

servir

eficaz de

qualquer

de deficiência

soluções

e

quer

pontuais

de

destinadas posterior,

certas

da confrontação inerente

a

duma

a um grupo

com a sua vida social quotidiana.

sociedade aceitar

generalidade

de forma

desvantagem

a

que e lidar

a importância de raiz

de se pensar

esteja

com todo o tipo

qualquer

complicada

apenas

solução

condições

remediar torna a mais

para

todos.

sem restrições

é uma

fundam entais

e plena de qualquer

ao

muito

e ineficiente

que uma mobilidade

para

de diferença;

por si só, o que obviamente

de

uma

já preparada

invés de uma em que se procura

aplicação

Ou

para

a cidadania

pessoa.

início

saber:

- UM DIREITO

vezes

determ inada

das

para café, deu-se

O I painel ficou subordinado

muitas

geral

de

específica

resultantes

Sendo

Valor.

de

inadequações

activa Após

vez

ao

universal

mobilidade

demasiado

morosa,

dos

e do Presidente

Jovem

em

cada problema

da Senhora

do Presidente

Armadas

Isto,

seja, salientou-se

com a presença

do representante

da Juventude

E A

a

a

quer seja portador

resolver,

no Edifício

JOVENS

contou de

no

daAcessibilidade

de Abertura Secretária

não.

Sem ináriolDebate

Para Todos».

Reabilitação, Estado

um

Transportes

A Sessão Senhora

por

ano organizou

Maurício,

A DFA,

eficientemente

pelo

à

forma

alargado

modo

modelo

aplicável de

indivíduo,

debate dum

dum

sociedade,

públicos

reduzida,

sublinhou-se

acessibilidade

tão

um projecto

os transportes

com mobilidade

Coronel

direito

e consequente

necessidade

deparam

a Associação

a cabo

que em 29 de Março

Universal,

um

participantes auditório,

e/ou

se

exercerem

ano sobre

as pessoas

com que as

reduzida,

todos

para

~ a Ç;,dad~" - 'ii'RANSPOR'ii'IU PARA 'ii'ODCH

um

dos

Mais

especificamente,

discutiu-se

acessibilidade

universal

transportes,

nomeadamente

Fazendo-se fortes

uma rápida

e fracos,

pelos oradores

utentes.

Gerando-se

evidente

também forma

grande

citado

o consenso

espaço

especial).

:=

foi

da «primeira

de que apesar

da

utilidade,

para melhoramentos

de

se tornem

utilizadores. o

públicos.

que usualm ente deles são

incontornável

os seus

de

dos seus pontos

na óptica

que estes serviços

perante mais

e

ao sistema os

análise

avaliados

pessoa»

sua

aplicada

essa

da

Aqui

CARRIS

mais eficazes o exemplo (transporte


3 Sendo

que o problema

difícil

articulação

horários

entre

foi a

sistema

de marcações

dos utentes

serviço

apontado

o actual

e possibilidade

satisfação neste

mais

em geral,

um défice

de

com a

isto gerando

de eficácia

(na óptica

dos utilizadores). No

11

com

o

ACESSIBILIDADES

tema

NO

QUADRO

- DAS

REALIDADE»

participaram

CarJos

Moutinho

(Assessor

(SNRIPD),

Pedro

Mobilidade

da

CM

de

Lisboa), de

Inserção

Social

e Julieta

da CERCILIS), Lopes

reforçou-se

existente cada

entanto

a prática

realidade

não

referiu-se

ap resentação

a

nível

de

um

países

ISPA apresentado com

pariam ento

várias

leis.

video

Deficiência", mil

para

as

ênfase

Finalmente,

Julieta

entre

com

referiu

a legislação

à

o

Europeu

das

petição

ao com

DAS

painel

considerou

o

e a sua aplicação

sobre a temática

«O PAPEL

PROVEDORIAS

DOS

Artur

José

encontro

PÚBLICOS»,

Caldeira histórico

Vil ares, entre

moderado deu-se três

para

o dia

as suas condições

e em

para lhe dar todas as o cal!

De seguida, adequado

funcionário

da

e, no dia CP

para

utente. da CP para CNE's que são

cerca

aproveitou

de 95%

questões

ainda

das questões

relacionadas

a menção

que

com

o que não é responsabilidade

sim da Refer, deixando

Ao longo como

as

da CP mas

da necessidade

de

da Refer.

da sessão,

foram

o facto de as máquinas

elevadores

preparadas

plataformas

ou

abordadas de venda

Estado

avariados,

de

ainda

que não estão preparadas

e Integração

Deficiência

presenças

Direcção

da Federação e o Presidente

Provedores,

GeraldaAssociaçãoJovem

como

da Secretária

do

Nacional da Mesa Valor.

de

Nacional

das Pessoas

por

o inédito

existirem

para cadeiras

e da Secretária

para a Reabilitação

em

contou

com os representantes

e as

de os

adequada.

de Encerramento

dos Transportes

cegos,

frequentemente

de rodas ou que não têm sinalização

convidados

questões de bilhetes

para cidadãos

estarem

manutenção

Juvenis TRANSPORTES

bilhete

o departamento

Por fim, a Sessão

acessibilidades.

ape lando para o seu cum prim ento. No último

ligar e,

o comboio.

um

com

pode

está preparado

está

de Mobilidade,

reduzida um

todas

sobre

não estarem

ter

assinaturas

Sanches

que o operador

a CP

em que a pessoa

se criar a figura do Provedor a

referente

uma

comprar

explicando

estações,

Oliveira

que é

transportes

Sequeira

doze

à

CarJos

europeu,

exemplo,

recebem

no

de Barcelona

em 2003 "Ano

com

com

Rute

Integrado

e/ou mobilidade

O provedor

de todo

utilizando Arm énio

especial

dos

o SIM - Serviço

referir

Neves

para anunciarque

com a linha n.O 800746746,

para

do

com necessidades

comparecido

Neves aproveitou

acompanharo

de

(Provedor

Portugal).

seguinte,

mais

no acesso

corresponde

nas

acessibilidade

abismo

vez

acessibilidades,

à cidade

exemplo

Pessoas

Uma

é um

sobre

expressa

adaptados.

não tendo

center informa

moderados

da

António

especiais),

informações

Sanches

mais abrangentes

Portugal

legislação

um

Dias.

e em exemplos

melhor

Pereira

sendo

e

Lisboa),

da CP para clientes

por

(Provedor

Carlos

(Provedor

seguinte,

desta vez apo iada pela legislação

orador.

de

deficiência

para a

Reabilitação

a ideia da universalidade

à m ob ilidade,

Pereira

Arménio

(Departamento ISPA)

À

Quaresma

da Palma

Metropolitano

criou

EXPECTATIVAS

Sequeira

Manuel

Guilherme

António

«AS

LEGISLATIVO

por

Carris),

António

(Groundforce

painel

(Presidente

nomeadamente

com

Presidente das Associações da Assembleia

da


STUB

E

- autocarros

eléctricos da Câmara Bragança

Municipal

de

stes autocarros realizam o percurso denom inado por Linha Azu 1. Efectuam o trajecto dentro da cidade. Os autocarro são adaptados com ram pa de acesso.

A

Évora dispõe de um Câmara Municipal autocarro adaptado ede acessível a todos denom inado "Loja dos Sonhos", que se traduz num Centro de Recursos Itinerante, que tem com o objectivo colocar ao serviço da com unidade, um equipamento devidamente apetrechado, nomeadamente na área das novas tecnologias, para o desenvolvimento de projectos sócio-culturais e educativos.

A autarquia encontra-se em processo de aquisição de um autocarro adaptado a todos os cidadãos. Este autocarro destinarse-á a apoiar iniciativas próprias da autarquia e de agentes da com unidade, sem fins lucrativos e que desenvolvam acções nos dom ínios da Educação, Acção Social, Juventude, Cultura e Desporto e possuirá 2 lugares adaptados a cadeira de rodas.

No

transportes que existem para Pessoas concelho comde Mobilidade C oim bra os

Condicionada Serviços Urbanos

pertencem

M unicipalizados de Coimbra,

aos

SMTUC de Transportes

-

e consistem nos autocarros das carreiras regulares destes Serviços e em m ini autocarros adaptados para pessoas com mobilidade condicionada.

os

pedidos ser de feitos marcação transportes ocasionais deverão para para a Secção de Trafego: te!. 239 801100 (ext. 337) - ou para o Centro de Controle da Rede (SAE/CCR): te!. 239 441 964 - com uma antecedência mínima de 48 horas e com as seguintes indicações: Identificação, numero de telefone do utente, origem, destino, hora a que pretende atingir esse destino e se utiliza ou não cadeira de rodas durante o trajecto.

=

111


5

E

xiste um transporte municipal denom inado Transporte Escolar A daptado, que procura dar resposta às necessidades dos m unícipes portadores de deficiência residentes na cidade de Lisboa, assegurando diariam ente o transporte dos utentes casa/escola/casa, dando prioridade ao apoio das crianças e jovens estudantes (em idade escolar e maiores de 6 anos) no seu transporte diário. Para usufruir deste serviço deve ser feito um pedido por escrito para a Câmara Municipal de Lisboa - Departamento de Acção-Social , Edifício do Campo

Grande 25,1749-099 Lisboa. Funciona ainda o serviço de transporte especialm ente adaptado, denom inado "Porta a Porta", da responsabilidade da Carris, efectuado por M ini-Bus, com capacidade para 7 lugares sentados e 4 para cadeiras de rodas, que asseguram diariamente e apenas na cidade, um serviço ao dom icílio das 7H 00 às 22H 00. Circulam diariam ente três autocarros de manhã e três à tarde, em três percursos diferentes. As reservas têm de ser feitas com três a quatro dias de antecedência pelo telefone 21 3613141

A

..•..•

desde 2003, o serviço de transporte terrestre de passageiros em Câmara Ponta Delgada, tem concessionado, mini bus Municipal dentro dadecidade, que se desenvolve em três linhas/circuitos, que funcionam das07hOO às 19h30 . As viaturas em causa dispõem de espaço para transporte de pessoas em cadeiras de rodas, estando as mesmas equipadas com rampas de acesso.

oS

de Acesso Fácil", que dispõe possuem uma "Rede deSTCP 175 autocarros adaptados com ram pa para acesso de cadeira de rodas. Estas viaturas estão identificadas por autocolantes que indicam a perm issão de entrada das cadeiras e distribuem-se pelas seguintes linhas / destino nO1,5,6,7,20,26,34,37,38,39, 49,58,78,79 e ainda uma linha Zona Histórica. Para além destas viaturas os S TCP

A

~~

r

.PONT A DELGADA Câmara Municipal

dispõem de autocarros de piso rebaixado que circulam nas linhas 9,15, 19,24,35,36,41,45,46,51,54,59,71, 77,92,93 e 96. Os autocarros integram ainda de um novo sistema de aviso sonoro que informa os passageiros da próxima paragem e, quando estacionado na paragem, informa ainda a linha do autocarro e destino do mesmo, o que permite ás pessoas com deficiência visual um a melhor orientação.

assegurada pela APPACDM de Setúbal. Para além de assegurar o autarquia tem desde 2004, uma viatura adaptada, cuja gestão é

pedidos da comunidade, nomeadamente de munícipes com mobilidade condicionada. transporte de alunos do 1°, 2° e 3° Ciclos do Ensino Básico, nos percursos até aos estabelecimentos de ensino, assegurarde A autarquianecessários pretende promover acordos de colaboração para pode o transporte pessoas com mobilidade reduzida e contemplar na negociação com operadores de transportes públicos a sua acessibilidade para todos.

• "'.


A

na integração das pessoas com deficiência, coloca à disposição das mesmas, mediante APPACDM de Évora (Instituição Particular de Solidariedade Social), ciente do seu papel marcação prévia, com uma antecedência de, pelo menos, 72HOO (setenta e duas horas),

transporte

adaptado,

aquando

sempre

que a disponibilidade

o permita.

O pagamento

deverá

ser acordado

da reserva.

Preço: 0,60 €/Km Em caso de retenção da viatura porum período superior alho ra, a cresce a taxa de 50% sob re o va lor total. Contactos: - 266742997

Telefs.: 266731320

A horas),

Asscciação Portug~sa de Pais e Amigos do Cicúdãc Deficiente AlMtBl Df ÉVORA

F;tAPPACDM !mI3:!m

- Fax: 266735151

do seu papel na integração das pessoas com deficiência, coloca à disposição das mesmas, APPACDM de Viana do Castelo (Instituição Particular de Solidariedade Social), mediante marcação prévia, com uma antecedência de, pelo menos, 72HOO (setenta eciente duas

transporte

adaptado.

O pagamento

deverá

ser acordado

aquando

C 00 tacto: APPACDM Serviço

- Viana

de Transportes

da reserva.

Preço: 0,60 €/Km

do Castelo

E m c aso de reten ção da viatura por um período superior a 1 hora, acresce a taxa de 50% sobre o valor to ta 1.

e Viaturas

Responsável: Agostinho Silva Avenida de Além do Rio, 222 4900-036 Areosa Horário: stv@ appacdm -viana.pt 9:00h - 17:30h Te!.: +351 258806400 Fax: +351258806401

O preço inclui IVA à taxa legal em vigor.

o

O

@~~GO~~~O

Ue~~mo ~

~ ~

JoÃo TÁxis Sol POSTO

O

dispõem de 2 viat~ras com calhas empresário, João o Pereira, e rampa que permitem acesso a

pessoas

com mobilidade

condicionada.

Viaturas

5 e 9 lugares

Contactos: Telem.: 919 055799 - 962673610 - Fixo: 232958830 Residência: Loureiro de Silgueiros - 3500-538 VISEU


1a

Escola de Conduç10 CERTIFICADA em Usboa

A

I

I

EMPRESA (EmFICADA

:eiC: longo dos anos, aliada à forte componente social que a Escola de Condução Radical, com a experiência adquirida ao caracteriza, perm ite que as pessoas com deficiência possam

tirar a carta de condução em veiculo adaptado a todas as situações. Assegura êxito na aprendizagem, fruto de uma equipa jovem dinâm ica.

e

I U·"!·.-.I·I·n I I~~~

4t~

~

I ~Jr

OO«F~

~

Qualidade

~

~~

Contactos: Av· General Roçadas, n° 48-A - 1170-163 LISBOA (Perto de Sapadores, Graça e Jardim Paiva Couceiro) Tel.: 218 145210 - 218152971 - Fax: 218162574 e-mail: info@escolaradical.com - (pedido de informações) ma iI@ escola radical.com (m a iI geral)

s~ .~

"O SERAFIM GRANDE DE SOUSAPRÊMIO. E SILVA LDA"

Geral de Viação, a Escola de Condução

"O

ComGrande adaptações pela uma Direcção Prémio,homologadas Ida", possui frota alargada de veículos que permite deficiência o acesso à aprendizagem.

c

n tactos: Avenida D. João 1,877 4435-208 RIO TINTO Tel.: 224 890645 O

e-mail: grande.premio@mail.telepac.pt

à pessoa

I

~Ov=:~1 I~

com

I


Program a para a mobilidade dirigido a pessoas portadoras de deficiências motoras. Prevê equipamentos específicos de ajuda à condução, serviços de assistência rodoviária e serviço s financeiros, visando facili tar a mo bilidade e garantir o transporte nas melhores condições de conforto e segurança. C on ta ctos: - Fia tA uto Portuguesa Direcção de Frotas - Program a A u tonom y Av. José Gomes Ferreira, 15 EdifícioAtlas IV Miraflores 1495-139 Miraflores Tel:2l4l25400

AUIONOMY

e .I~9 Programa para a mobilidade

CI fi o H I~';vor': : 4.? j

~. •..•..vv'.

E-mail: vicente.goncalves@fiat.com Linhas gratuitas

de apoio ao cliente:

- Red e d e C oncessio ná rios Fia t - www.fiat.pt - Rede de C oncessioná rios Laneia www.laneia.pt - Rede de Concessioná riosAlfa Rom eo www.alfaromeo.pt

~LANCIA 11

1f"u5

livre movimento das pessoas, bem como com o das mercadorias e das ideias, é o pressuposto do desenvolvimento económico e cultural de todas as sociedades. A liberdade de movimentos é o mais importante dos direitos civis: trabalhar, estudar, exprim ir-se, passear são actividades que nascem da mobilidade individual. O automóvel representa desde o seu aparecimento, o instrumento privilegiado dessa liberdade. Também porque a presença de barreiras arquitectónicas inultrapassáveis nos meios de transporte públicos, eléctricos,

2 6 24 200

~ore 00 800~OOOO

autocarros e comboios, demonstra que o automóvel continua a ser o único meio capaz de assegurar um a com pleta mobilidade. Mas, nem todos podem desfrutá-lo.


9 responsabilidades sociais de um construtor de automóveis, está a de assegurar o direito à mobilidade individual também aos que até agora têm sido excluídos direito. N as

três

m arcas

que

do benefício representa

desse Fiat,

Lancia e Alfa Romeo - dispõe de uma vasta gama de viaturas que podem ser submetidas às modificações necessárias para a aplicação dos equipamentos auxiliares, acessórios e instrumentos que permitem a condução tam bém a pessoas com reduzida capacidade motora.

A

estima que no mundo existam Mundial dede pessoas Saúde mOrganização ais de 500 milhões com dificuldadesmotoras. A Fiat Auto

está convicta Grande

Assim, coloca à disposição do cliente as seguintes viaturas equipadas de fábrica com caixa automática.

de que, entre as Croma 1.31.9 Punto

C.A. C1.2 .A.20v 200cv 159 SW 200cv 2.4 159 JTOm 2.4 JTOm Musa 1.3 Mjet 60cv Marca Panda MModelo ultijet 20v150cv I

Romeo

I

OFN 70cv 159 1.9 JTO 16v

Idea 1.3 Multijet

90cv

A Fiat Auto Portuguesa - Direcção de Frotas Programa Autonomy e a sua Rede de Concessionários estão disponíveis para prestar todas as informações necessárias.


Transformações

em Veículos Especiais, Lda.

Estrada

Nacional 10 - Cruz das Almas 2615 ALVERCA TeI.: 219584544 - Fax: 219 576 073 e-mail: I.e.transformacoes@ioI.pt www.letransformacoes.com

ma empresa de profissionais altamente qualificados, nomeadamente nas áreas relacionadas com a transformação de viaturas, possuidores de uma larga experiência no mercado de transformações, apresentando um a variada gam a de transform ações.

s~ V~

"O GRANDE PRÉMIO, LDA"

SERAFIM DE SOUSA E SILVA

L is bo a

Porto - Sede R. das Perlinhas, 451/467 4435-393 RIO TINTO

Venda

do Pinheiro

Ava 9 de Julho,

nO 29 - Est. N ac. 8 2665-000 MALVEIRA/MAFRA Telem.: 965 025 565

Tel.: 224 899402/224 892 945 Fax: 224 800 683

TODO O TIPO DE ADAPTAÇÕES, TRANSFORMAÇÕES E LEGALIZAÇÃO EM VIATURAS PARA DEFICIENTES FISICOS.

A

TECNIDUPLO

os técnicos

adapta veículos automóveis para deficientes motores, caso a caso, tendo em conta as necessidades de cada indivíduo.

Um

sistem

a

personalizado que passa porum estudo detalhado do problema, entre o cliente e

da empresa,

pela apresentação implementação soluções mais eficazes.

e e das

Zona industrial

lote 45 B - Santarém

2000-831 Várzea Santarém Tel.: 243 351 647 - Fax:243 352089 e-mail:

tecniduplo@tecniduplo.net


11

A

4 anos de actividade. Tem a sua MOBILITEC uma empresamais com sede no éPorto, especificamente na localidade de Pedras Rubras, bem próximo do Aeroporto Francisco Sá Carneiro. O conceito da empresa é a venda de todo o tipo de material Ortopédico e Hospitalar apresentando qualidade e bons preços. Aposta também na assistência técnica dos produtos comercializados por si e por outras entidades. Para tal, tem material e, principalmente, técnicos especializados para todo o tipo de produtos, uma vez que considera importante salvaguardar as necessidades de todos os utentes. Fazem igualmente a distribuição de material de outras empresas, como vestuário aquecido; rampas e plataformas; cadeiras de rodas

MOBILlTEC, LDA Rua dos Verdes, 123 Pedras Rubras 4470-658 Moreira Maia Telef: 229436130 Fax: 229436139 www.mobilitec.net

manuais de verticalizar e de liga-leve; material anti-escara; sistem as de segurança para cadeiras de rodas em veículos automóveis; gruas de banho rotativas para transferência e acessórios; adaptação de veículos para condução em cadeiras de rodas; cadeiras de liga-leve; cadeiras de ligaleve; material de reabilitação, entre outros, satisfazendo sem pre os desejos do utente.


l2

A

Barraqueiro Transportes, S.A., empresa dedicada ao transporte rodoviário de passageiros, é - através .. das suas zonas operaclonals, Barraqueiro Alugueres e Estremadura - a única no País a

equipamento é em todo semelhante ao de qualquer autocarro moderno, capaz de proporcionar viagens com todo o conforto e segurança.

SEDE: Rua 28 de Setembro - Cruz da Pedra 2670-312 FRIELAS Tel.: 219 887 124 - Fax: 219 88S 241 LISBOA: Campo Grande, 5-B e C Tel.: 217 995 430 - Fax: 217 951 451 CASCAlS: Largo de S. Domingos de Rana, 225 Tel.: 214 523 644 - Fax: 214 537 747 E-mail: barraqueiro.alugueres@rodest.pt cascais@rodest.pt campo.gr ande@rodest.pt

www.barraqueiro-alugueres.pt

possuir na sua frota, autocarros adaptados ao acesso e transporte de pessoas com capacidade motora reduzida. Os veículos, equipados com

estremadura

rampa elevatória e cintos de segurança, têm lotação de 51 + 1 lugares e podem transportar até 12 cadeiras de rodas, ficando neste caso com 15

SEDE: Av. Santos e Castro, s/nu 1750-265 LISBOA Tel.: 217 511 600 - Fax: 217 511 670 SERViÇOSCOMERCIAIS Tel.: 217 511 631 - Fax: 217 511 671 SETERIOS Tel.: 217 265 377 - Fax: 217 265 380 E-maU: eSlremadura@rodest.pt

lugares

www.estremadura.com.pt

sentados.

O

restante

~e "-.\0

Coaster,

especialmente concebido para o transporte de mundialmente reconhecido Toyota este m iniautocarro foi criadochassis a pensar nas

Baseado no passageiros, necessidades nomeadamente adequado

de

transportar em cadeira

à imagem

de cada

pessoas de rodas,

de mobilidade reduzida, com o conforto e estilo

Instituição.

FÁBRICA 3885-100 Arada-Ovar Tel. 256 790 018 Fax. 256 790008

Concessionário

2580-595 Carregado Tel. 263 857220 Fax. 263 857202

Concessionário NORTE 4431-956 Vila Nova Gaia Tel. 227 867 015 Fax. 227 867 045

cscovar@salvadorcaetano.pt

C r.dm p.au tocarros@salvadorcaetano.pt

m iniautocarros.dm

SUL

p@salvadorcaetano.pt

--

-

==-=-

.:--:::-·M

--'-

•••.


Estrada Principal, nO78 - 2410-503 LEIRIA Telem.: 917331485 - Fax.: 244855 159

G~~ CarlosFruio T,'" ni( o In'ldl.ulor

e Addpldt,{"'"

AulomóVI"í,

A

ElECTRO

MECANICA

RUTILAR, lDA.

tip o de viatura acordo qualquer com

Adapta de

as condições impostas pela Direcção Geral de Saúde e dispõe de d iv erso s sistem as para o mesmo tipo de deficiência.

Rua Vitor Bastos, 7-A (Campolide) 1070-282 LISBOA Tet.: 213 885650 - Fax: 213 873 154

Rua Fundo da Vila, nO34 S. Miguel do Outeiro 3460-456 TONDELA

~Celso & Auto, Filhos ~ Reparações Lda.

Tet.: 232951853

- Fax.: 232951

CARROÇAR1AS ESTOf'AVTO FABRICAÇÃO E FABRICAÇÃO

DE CARROÇARIAS. DE COMPONENTES

REBOQUES

E SE •••• REBOOUES

E ACESSOAIOS

PARA VEICULOS

Est. Do Aeródromo - Campo Ap. 1078 - 3506 VISEU CODEX

~

718

E

transformações especificas, specializados em nomeadamente para viaturas Institucionais ou particulares que sirvam pessoas com deficiência ou mobilidade condicionada. Cada caso ... É um caso! Tet.: 232450611 /232 458 163 Fax: 232 450 090 www.estofauto.pt


http://www.snripd.pt http://www.ajudas.com http://www,dgaiec.m in-financas,pt http://www.dgv.pt http://www.carris.pt http://www.cp.pt http://www.ajudastecnicas.gov.pt Http://www.cm-Iisboa.pt/?id_

categoria

= 90&id_item

http://ec,europa,eu/index_pt,htm http://www.rehacare.de http://www.lvea.fr http://www.pimas.fr http://www.autonomic-expo.com http://www.handica.com http://www.okey.fr http://www.edf-feph.org/en/policy/transport/trans_news.htm http://www,ve hic u losaccesibles,c om http://www.gggreg.com Http://www,d ptac,gov,uk

= 3986


15

Agradecimentos A Associação Jovem Valor faz questão de agradecer a algumas das pessoas, Instituições, Autarquias e Empresas cuja disponibilidade, empenho e trabalho contribuíram decisivamente para a produção deste GUIA, e sem as quais ele ficaria mais pobre. Ente elas e correndo o risco de algumas omissões injustas salientamos as APPACDM's

de Viana do Castelo (Manuel Domingos e Júlio Viana) e

Évora (Silvino Costa). Nuno Almeida e Farinho Lopes pela cedência das fotografias, André Manzoni pela pesquisa, Nelson Moniz e Bruno Maria pelo elaboração das conclusões do Seminário e Filomena Beleza pela disponibilidade.


ASSOCIAÇÃO JOVEM VALOR

r

R. de Marte, n° 3 - Frente (endereço provisório) 2635-577 RIO DE MOURO e-mail: geral@ajov.org.pt http://www.ajov.org.pt Tel.: +351 916 157998


Com o apoio do:


Guia do Utilizador - Tansportes para Todos