Page 35

As pílulas anticoncepcionais, a injeção mensal ou trimestral e a contracepção ou anticoncepção de emergência (pílula do dia seguinte) devem ser usadas com orientação do profissional da saúde, pois alteram a ação dos hormônios no organismo. Se não usadas corretamente, podem produzir problemas de saúde e alterar o ciclo menstrual. A contracepção ou anticoncepção de emergência só deve ser usada em situações de emergência, como: Relação sexual forçada (estupro); ► Ausência de método contraceptivo e desejo de não ter filhos; ► Falha do método usado. Por exemplo: a camisinha não foi bem colocada, estourou ou a mulher esqueceu a pílula por mais de dois dias seguidos. ►

A anticoncepção de emergência está disponível nos serviços de saúde. Os métodos de esterilização definitiva feminina (da ligação das tubas ou ligação tubária) e masculina (vasectomia) são permitidos pela Lei de Planejamento Familiar, nas mulheres e homens, desde que tenham pelo menos dois filhos e mais de 25 anos. Também nos casos de risco à vida ou à saúde da mulher ou do futuro filho. As duas cirurgias são feitas no SUS. Antes de decidir pela cirurgia, a pessoa tem o direito de ser informada sobre todos os outros métodos que ela pode utilizar para evitar uma gravidez e é preciso assinar um documento.

34 Ministério da Saúde

Livro da Parteira tradicional - book traditional midwifery  

Toda Obra aqui veículada foi encontrada na Internet, a proposta é colocar toda a literatura Brasileira em um só lugar, para que todo leitor...

Livro da Parteira tradicional - book traditional midwifery  

Toda Obra aqui veículada foi encontrada na Internet, a proposta é colocar toda a literatura Brasileira em um só lugar, para que todo leitor...

Advertisement