Page 1

NOTÍCIA

NOROESTE

13

SEXTA-FEIRA, 14 DE JULHO DE 2017


NOTÍCIA

NOROESTE NOROESTE

A

generosidade e dedicação da população, aliado ao compromisso com a educação e a comunidade, são motivos que justificam muito bem um ‘Ecossistema’ voltado à inovação existente em Santa Rosa. É significativo o recente acontecimento de duas Indústrias do município - Biotechnos e Biotecno - conquistarem o Prêmio Nacional de Inovação, capitaneado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e Sebrae, com a participação dos Ministérios da Educação; da Ciência, Tecnologia, Inovações e Telecomunicações; da Indústria, Comércio Exterior e Serviços e das Instituições Finep, CNPq, EMBRAPII, ANPROTEC, CAPES, entre outras. São muitos os fatos que caracterizam a cidade como um “ecossistema de inovação”, entre os quais a consolidação de um sistema de ensino superior comunitário com o campus da UNIJUÍ e a Fundação Educacional Machado de Assis (FEMA), e mais recentemente o ensino público de nível superior com o estabelecimento do Instituto Federal Farroupilha (IFFar) e a Universidade da Fronteira Sul (UFFS) na região, além de inúmeras unidades de Faculdades a distância que encontram estudantes interessados. Há uma trajetória de desenvolvimento industrial que se destaca nesse cenário, através do potencial agrícola e da cadeia de necessidades tecnológicas que ensejam o caminho evolutivo para os sistemas e as transições econômicas do setor do agronegócio. A consolidação de duas Indústrias globais na região (AGCO e John Deere), tendo como fator histórico o surgimento da SLC Agrícola em 1945, na cidade de Horizontina e a implantação do ‘sistema de terceirização’, iniciado pela Iochpe Maxion em Santa Rosa na década de 90. Na área da alimentação, um dos aspectos relevantes foi a trajetória de desenvolvimento do frigorífico instalado no município (Prenda, atual Alibem) cuja parceria com Universidades do Brasil e Exterior possibilitaram maior tecnologia e melhor produção agrícola para a região. Conceitos como Arranjos Produtivos Locais e ‘aglomerações’ industriais são algumas das vantagens para as empresas estarem localizadas na proxi-

14 14

SEXTA-FEIRA,1414DEDEJULHO JULHODEDE2017 2017 SEXTA-FEIRA,

midade de outras empresas do mesmo setor, criando “blocos de desenvolvimento” que contribuem para o desenvolvimento econômico e a transformação industrial. Em 1990, a publicação de Michael Porter “A Vantagem Competitiva das Nações” introduziu o conceito de “clusters” como um veículo para o desenvolvimento econômico de indústrias, regiões e nações. Em síntese o ecossistema de inovação em Santa Rosa está baseado em exemplos bem sucedidos de aglomeração, seja em termos geográficos, econômicos, industriais ou empresariais. Como exemplo a AGCO, líder global na concepção, fabricação e distribuição de equipamentos agrícolas. Através de marcas bem conhecidas, incluindo Massey Ferguson e Valtra. Os produtos da AGCO são fabricados em todo o mundo, mas a organização de compras combina a experiência do mercado regional com uma perspectiva global para compartilhar as melhores práticas globais. Neste aspecto, a região de Santa Rosa, mantém seu ecossistema de inovação e produz façanhas como dispor entre 19 vencedoras, 55 finalistas e 3.987 inscritas no principal prêmio de Inovação do país, duas de suas Indústrias.


NOTÍCIA

NOROESTE NOROESTE

Inovação e empreendedorismo são conceitos que andam lado a lado

A

presidente da Acisap, Cicilia Liberali Paes, ao falar sobre empreendedorismo e inovação tecnológica, ressalta que estes são conceitos que andam lado a lado e que é preciso incentivar tanto empresas como empreendedores a investir em ferramentas para enfrentar os desafios do mercado e, desta forma, encarar a crise criando ciclos virtuosos. Cicilia aponta que a própria Associação Comercial aposta nisto para estar pronta a colaborar no desenvolvimento da cidade. Explica que a própria entidade precisou ter este olhar para si mesma. "Quando assumi a Acisap, renovamos a equipe em 50%. Desses, muitos membros estreantes eram pessoas não ligadas à entidade até aquele instante. A proposta foi justamente trazer a oxigenação de ideias e a inovação. Existiam diversos profissionais no mercado com excelentes perfis criativos que poderiam contribuir nesse quesito e estavam fora do circuito. Estávamos vivendo o prelúdio de uma crise longa e pesada que vinha se abater sobre nós. E em situações desafiadoras, precisamos ser criativos em todas as áreas, impondo um diferencial competitivo. Quem entrega igual, não cresce. Temos de ser melhores que nossos concorrentes, e para isso o desafio é a inovação. Inovar é um aprendizado para a desacomodação", destaca. Ela lembra que foi preciso criar um ciclo virtuoso, pronto a contaminara todos. "Trouxemos conosco os associados, a Agência de Desenvolvimento e demais entidades irmãs em parcerias em programas. Provocamos nossos palestrantes de todas as áreas, produzimos painéis de discussão, sacudimos nossos políticos". Cicilia reforça que a inovação surge através do conhecimento e que é preciso o conhecimento para o desenvolvimento. "Nos deparamos mais uma vez com a importância do ensino através das escolas e universidades aqui instala-

15 15

SEXTA-FEIRA,1414DEDEJULHO JULHODEDE2017 2017 SEXTA-FEIRA,

das consolidando um polo regional. Estão aí as incubadoras nas universidades, com nosso apoio em todos os segmentos empresariais que representamos. Nossos eventos sempre com grande participação e o aumento o quadro de associados demonstra o interesse dos empresários", declara. Explica ainda que a entidade tem apoiado e motivado as empresas a investir na tecnologia e na inovação por entender serem promotoras do desenvolvimento sócioeconômico do município. "Temos presente esses conceitos no dia a dia da nossa gestão como um "mantra". Elas têm sido as balizadoras de nossa caminhada. A Acisap por meio dos programas como o PGQP e Jovens Empreendedores, investe no desenvolvimento de projetos e parcerias de cooperação nas áreas de inovação e tecnologia", cita a presidente da Associação Comercial. Ela diz que através dos Jovens Empreendedores, está se preparando novos líderes e que, apesar da cidade estar no caminho certo, há ainda muito por se fazer pois, quanto mais se faz, mais percebe-se que é possível ir mais longe. "Todas as iniciativas só têm sido possíveis graças ao maior patrimônio da cidade: as pessoas. Há entre nós um forte espírito colaborativo pelo bem comum e crescimento de todos. Nos provocamos, saímos da zona de conforto pelo nosso desenvolvimento", finaliza Cicília.

para empreendedores  Manter permanentemente íntima ligação com os clientes. A velocidade das mudanças é tão alta e afeta tão rapidamente os negócios que a empresa tem que antever, discernir e se antecipar as necessidades dos clientes. Isso só é possível com o estabelecimento de pontes, e não erguendo muralhas.  A empresa deve utilizar todas as ferramentas e recursos da tecnologia da informação e de comunicação. O objetivo é manter conexões rápidas com seus clientes e fornecedores. A internet é uma da ponte de ligação imprescindível.  É preciso estabelecer relações de colaboração, sejam presenciais ou virtuais. As dinâmicas de criação de valor estão se tornando tão complexas que empresa alguma será capaz de dominá-las sozinhas. Neste caso, a internet também se apresenta como ponte entre as empresas nas suas relações de colaboração, sejam entre concorrentes, cliente/fornecedor ou empresas complementares.  Por menor que seja, a empresa deve aprender a comportar-se como grande para aproveitar com rapidez os instrumentos de colaboração, e poder avançar mais longe e depressa e com mais profundidade.  É necessário implementar inovações permanentemente, não só as tecnológicas, mas em todas as atividades internas e externas da empresa. Ousar novas maneiras de gerir, compartilhar o conhecimento e dividir o processo decisório na empresa, são ações que devem ser exploradas, e trarão bons resultados para o negócio.


NOROESTE

16

SEXTA-FEIRA, 14 DE JULHO DE 2017

Um sorriso

perfeito com a ajuda da inovação

A

tecnologia está cada vez mais presente em nossas vidas. E em todas as áreas, inclusive na saúde e medicina. Os avanços tecnológicos surpreendem, mas são um somatório de esforços que visam dar dinâmica e resultados a tudo o que se busca. Na odontologia, as mudanças são constantes e demonstram o quanto a inovação veio para somar e surpreender. Equipamentos de última geração podem transformar o resultado dos tratamentos, tornando-os eficazes e rápidos. Um deles, o Scanner Odontológico, já pode ser usufruído pelo paciente em Santa Rosa, através dos profissionais Luis e Leandro Venturini, da Implantodontia Venturini, que, através da Odontologia Digital ajuda na recuperação da autoestima. Ele tem como papel principal, reproduzir digitalmente, em 3 dimensões cada detalhe da boca do paciente. É o primeiro passo do processo de CAD/ CAM e o responsável por enviar à máquina que fará a fabricação da prótese, todas as informações recolhidas. Com tecnologia avançada, ele pode escanear até mesmo áreas de maior dificuldade. Com isso, a moldeira pode ser deixada de lado, assim como a sua alta taxa de erro. Isso porque não será mais necessária a preparação de material, a precisão da moldeira, a “imobilidade” do paciente diante do processo de fabricação do molde e nem mesmo a errônea interpretação dos dados enviados ou do molde já realizado. Com a Odontologia Digital, as informações coletadas são enviadas para um software específico, que recebe as informações, analisa as entradas de maneira autônoma e inicia a fabricação até mesmo de pequenas peças. Com a tecnologia, as “imagens” da boca dos pacientes são capturadas digitalmente, sem que nenhum outro processo seja necessário. As imagens são capturadas com a tecnologia odontológica 3D, o que faz com que seja possível realizar também uma simulação colorida completa do tratamento. Assim, o dentista consegue mostrar ao seu paciente uma reprodução fiel do tratamento final que será realizado. Ao identificar como ficarão seus dentes, a pessoa se sente mais segura. Além da comodidade, os pacientes ainda podem contar com outra vantagem, como ele envia os dados diretamente para a máquina de produção, os moldes são feitos mais rapidamente e não é preciso esperar dias até que o processo seja finalizado. Também não há a necessidade de realizar uma prótese provisória, já que o scanner odontológico é altamente preciso e eficaz. Trata-se da modernidade e dos avanços da inovação tecnológica a serviço de todos, e bem ao nosso alcance.


NOROESTE

17

SEXTA-FEIRA, 14 DE JULHO DE 2017

Empreender tendo a

inovação tecnológica como aliada

P

or meio da tecnologia muitos processos podem ser automatizados e padronizados, a fim de diminuir custos e alcançar melhorias. São vários os desafios que as pequenas e micro empresas enfrentam para inovar, acessar conhecimento e incorporar novas tecnologias. Muitas vezes a chave para a inovação é melhorar a gestão de pessoas ou capacitar a equipe, trazendo conhecimento para o negócio. A equipe é, sem dúvida, o maior capital que uma empresa dispõe para vencer os desafios. Os profissionais atuam, quando bem preparados e dirigidos, como agentes da mudança da cultura da empresa e aceleradores de inovações em produto, processo, marketing e gestão. Uma empresa pode ter recursos financeiros e tradição no mercado, mas se não tiver bons recursos humanos, o processo de inovação não ocorre. Interagir com fontes de conhecimento é outra condição importante para uma empresa inovar e incorporar novas tecnologias. Há uma série de possibilidades as quais a empresa pode acessar o conhecimento necessário para implementar a inovação. Isso é possível por meio de parceiras com centros e institutos de pesquisas e universidades, por exemplo. Conforme Claudiomiro Reis, Gestor de Políticas Públicas nas Regionais Noroeste e Centro, do Sebrae, procurar o órgão ou então universidades e instituições de pesquisa é um importante passo. Ele aponta que também são ambientes ricos em informações os Arranjos Produtivos Locais (APLs) e as incubadoras, assim como algumas organizações não governamentais e consultorias especializadas voltadas para a inovação. Feiras, congressos, palestras e artigos são outros recursos que o empresário pode usar para acessar o conhecimento. A organização da empresa deve atender às exigências do mercado e às necessidades dos clientes. “O empreendedor tem que

A

ser ágil nas decisões e implementações de modo a não perder o momento exato da inovação, sob risco de ser alijada do mercado. Deve ter ainda uma estrutura organizacional enxuta e recursos humanos multifuncionais, com isso terá flexibilidade para rapidamente atender o mercado na sua busca contínua pelo novo, mais barato e com melhor desempenho”, orienta. O próprio Sebrae, em seu site, destaca que, para enfrentar todos esses desafios, o papel da direção da empresa é fundamental. Ela deve criar e manter um ambiente propício à inovação, desenvolver e investir em recursos humanos, abrir contatos com fontes de conhecimento e estabelecer parcerias com clientes, fornecedores e concorrentes. A direção ainda deve ser empreendedora e ter visão de longo prazo, capacidade de lidar com o risco e clara percepção de ameaças e oportunidade do negócio. Com essas características, os donos de negócio poderão implementar melhorias nos seus produtos e serviços.

O que é cirurgia de cabeça e pescoço?

Cirurgia de Cabeça e Pescoço é uma especialidade cirúrgica que trata principalmente dos tumores benignos e malignos da região da face, câncer de pele, pálpebras, fossas nasais, seios paranasais, boca, faringe, laringe, traquéia, tireóide, paratireoides, glândulas salivares, cisto tireoglosso, tecidos moles do pescoço, nódulos cervicais e tumores do couro cabeludo. É uma especialidade regulamentada e reconhecida pela associação médica brasileira e dela também faz parte uma área de atuação (sub-especialidade) a Cirurgia CRÂNIOMAXILOFACIAL, a qual trata as doenças do esqueleto crânio-facial como o Lábio Leporino, Fenda Palatina, Distúrbios da ATM (Articulação Temporomandibular) e fraturas na região da face. Entre os procedimentos diagnósticos realizados pelo cirurgião de cabeça e pescoço está a faringolaringoscopia, que examina, avalia, e permite a realização de biopsias na laringe e faringe. Já entre as cirurgias mais comumente realizadas estão a tireoidectomia, tumores das glândulas, tumores de boca e da laringe; além da retirada de nódulos linfáticos no pescoço (ínguas) que são usados para o diagnóstico de linfomas entre outras patologias. O dia 27 de julho foi escolhido para ser o dia de prevenção e conscientização do Câncer de Cabeça e Pescoço. Sendo todo o mês de julho chamado de JULHO VERDE, para alertar e conscientizar sobre os de

risco da doença, seus sintomas e diagnóstico. Segundo o INCA (Instituto Nacional do Câncer) durante o ano de 2016 a estimativas das taxas brutas de incidência por 100 mil habitantes e do número de casos novos de câncer, segundo sexo e localização primária ( o local do inicio do câncer) foi: Cavidade oral 11.140 em homens e 4.350 em mulheres, Laringe 6.360 em homens e 990 em mulheres, Tireóide 1.090 nos homens e 5.870 nas mulheres; isto sem mencionar os cânceres em outras regiões da cabeça e do pescoço e os cânceres de pele melanomas ou não-melanomas. É um câncer com uma grande incidência e apesar dessa grande incidência ainda é pouco conhecido, o que dificulta o diagnóstico precoce e a cura, dificultando a qualidade de vida dos pacientes, pois muitas vezes eles já chegam ao consultório em estágio avançado da doença. Os maiores fatores de risco são tabagismo e alcoolismo, outros fatores são: a exposição a vírus como o HPV, a exposição ambiental sem uso de protetor solar, exposição a radiação, exposição ocupacional, má higiene oral, mal hábitos alimentares, chimarrão e bebidas muito quente, predisposição genética. Os principais sintomas e sinais são: nódulos que crescem rapidamente, associados a dor e ou rouquidão, alterações na voz, sensação de espinho e dor na garganta, dificuldade de engolir, aftas que não cicatrizam por mais de 15 dias, nódulos ou verrugas na língua que dói e não

somem, manchas brancas na mucosa oral, dores no ouvido, sangramentos nasais, manchas e pintas na pele. Ao aparecimento de qualquer um destes sinais e sintomas procure um cirurgião de Cabeça e Pescoço. Quanto mais cedo diagnosticar-se o câncer, maior a chance de cura e menores as sequelas do tratamento. O tratamento deve ser individualizado, levando em consideração o estágio, localização anatômica, tamanho do tumor, histologia e dados do paciente como: idade, condição geral, ocupação e hábitos. Em muitas vezes e dependendo o caso se descoberto cedo e realizado logo a cirurgia o paciente já tem a cura, em outros casos além da cirurgia pode haver a necessidade de quimioterapia e/ou radioterapia. Doutor Elvis Ricardo Pierre Dornelles, natural de Santa Maria, é medico cirurgião de Cabeça e Pescoço há mais de 20 anos, se formou na Universidade Federal de Santa Maria em medicina onde também realizou residência em Cirurgia Geral, após fez residência em Cabeça e Pescoço na Santa Casa da Misericórdia em Porto Alegre, já a especialização em Cirurgia Bucomaxilofacial em São Paulo e especialização em cirurgia da tireóide na Argentina, entre outros cursos no Brasil e na Europa. Durante anos vem se dedicando ao diagnóstico e ao tratamento do câncer de Cabeça e Pescoço, e há 8 anos está morando em Santa Rosa e atendendo toda a região Noroeste.


NOTÍCIA

NOROESTE NOROESTE

18 18

SEXTA-FEIRA,1414DEDEJULHO JULHODEDE2017 2017 SEXTA-FEIRA,

Cofundador da Apple, o americano Steve Wozniak esteve na última quinta-feira, 6, palestrando no Centro de Eventos da PUCRS em Porto Alegre. Não fez previsões para a próxima grande revolução tecnológica que impactará a vida de todos, mas falou em realidade virtual e aumentada, carros que se dirigem sozinhos e afirmou que ainda levará anos para que um computador possa pensar, sentir e resolver problemas como os humanos. Ao falar do que o motivou a fundar a Apple junto com Steve Jobs em 1976, ele destacou a vontade de ser capaz de fazer um computador, hardware e software, sozinho. “O mais importante é ter uma paixão. Com 10 anos decidi que minha paixão seria computador, mesmo que na época não existissem livros e revistas sobre o assunto”, declarou. Amante de tecnologia e gadgets, ele disse que costuma comprar diferentes modelos de celular e iPhone para fazer comparações e ver ideias interessantes que estão sendo desenvolvidas. Questionado do potencial do Brasil para a formação e líderes inovadores e transformadores, Wozniak garantiu que não importa onde a pessoa está, pois o conhecimento está disponível on-line, em livros e na forma como as pessoas pensam e solucionam problemas em qualquer parte do mundo. Apontou a liberdade intelectual como fator fundamental para criar grandes coisas capazes de mudar a vida das pessoas e garantiu que um dos momentos de maior orgulho da sua vida foi quando voltou à universidade e conquistou seu diploma. “Você sempre pode voltar a estudar. A educação está em todos os momentos da vida, mas você precisa se permitir liberdade intelectual.” Como segredo para o sucesso, indicou três grandes aspectos: motivação/paixão; conhecimento de marketing (saber julgar o que as pessoas querem); e saber construir a tecnologia. Ele também falou sobre o futuro, dizendo ser necessário pensar no desconhecido, coisas que ainda não existem, mas que são possíveis devido à tecnologia digital. Também exaltou a habilidade humana em organizar e encontrar formas de resolver problemas.

O

Ms. Tiago Seibel, Willian Baum, Anderson Mattheus Maliszewski, Ms. Samuel Camargo de Souza e Dr. Dalvan Jair Griebler

s formandos em Tecnólogo em Redes de Computadores (TRC) da SETREM, Anderson Maliszewski e Willian Baum, desenvolveram junto ao Laboratório de Pesquisas Avançadas para Computação em Nuvem (LARCC) pesquisa que objetivou caracterizar o desempenho de nuvens computacionais, com trabalho intitulado “Caracterização do desempenho das aplicações em nuvens privadas IaaS usando cargas de trabalho científicas e empresariais”. Segundo Maliszewski, foi utilizada a plataforma de nuvem CloudStack e para representar as tecnologias de virtualização foram implantadas as nuvens baseadas em KVM (virtualização completa) e LXC (virtualização em containers). “Além disso, as aplicações das suítes NPB-OMP, que são baseadas em álgebra linear e PARSEC, com diversos tipos de aplicações, foram testadas no ambiente nativo e nas nuvens baseadas. Os resultados obtidos foram comparados estatisticamente para descobrir se existem diferenças entre os ambientes, tanto na metodologia de alto desempenho, em que todos os recursos estão

disponíveis para as instancias, quanto na metodologia multitenancy - concorrência entre usuários, em que os recursos são divididos entre os usuários. Após isso, todos os ambientes foram caracterizados através de um baseline criada pelo monitoramento (trace) das aplicações”, destaca o acadêmico. O debate entre os membros do LARCC resultou em grande experiência aos pesquisadores, que desenvolveram seu TCC em língua inglesa. “Foram realizadas 42 configurações de ambientes de testes diferentes. Em estimativa, o tempo de execução de todos os testes foi de 37 dias ininterruptos. Como é um trabalho científico que se baseia principalmente na literatura atual, foram analisados cerca de 198 artigos de bibliotecas renomadas, sem contar a quantidade de livros. A análise estatística de todos os resultados gerou 182 tabelas que levaram o TCC a chegar a mais de 800 páginas”, explica Maliszewski. William Baum aponta que o objetivo principal foi alcançado, pois além da contribuição para os acadêmicos, foram caracterizadas e mostradas as diferenças apresentadas em cada ambiente, assim como no ambiente nativo, bem como a descoberta de questões relacionadas a implantação das que podem impactar consideravelmente no desempenho das aplicações no ambiente virtualizado pela nuvem.

Empreendedorismo Jornal Noroeste  

Mais do que nunca, a palavra de ordem na atualidade é Inovar. Empreendedores têm este conceito bem presente a fim de que possam enfrentar cr...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you