Page 6

NOROESTE

6

SEXTA-FEIRA, 07 DE ABRIL DE 2017

Momento de rever a

P

áscoa é passagem para uma situação melhor, da morte para vida, do pecado para graça, da escravidão para liberdade, baseado não em nossas forças, mas na fé em Jesus Cristo. E a Páscoa deve acontecer em cada instante da vida do homem em busca da terra prometida, da vida nova, da felicidade. Nas leituras bíblicas, percebe-se que Jesus se dá a conhecer, que Jesus ressuscita lá onde existe acolhimento, lá onde se presta serviço ao próximo. Ou seja, lá onde se vive o novo mandamento do amor, da caridade. Na opinião do Padre André Junges, da Paróquia Sagrado Coração de Jesus de Santa Rosa, para viver intensamente a Páscoa, o cristão precisa caminhar na busca de uma reaproximação com Jesus, como forma de resgatar quem é Cristo e o que Ele nos anunciou quando esteve em nosso meio. Segundo o religioso, seguir Jesus e viver na prática o que ele pregou: Justiça e Caridade. E a Semana Santa, segundo Pe. André, proporciona isso, um momento de reflexão, de reaproximação do Cristo, que muitos se distanciaram. “E Jesus Cristo ressuscita nos que andam a procura, nos que acolhem, servem e nos que sabem partir o pão. É preciso, a exemplo de Cristo, partir o pão e servir, isto é, colocar-se a serviço do próximo, tornando-se pão, alimento para a vida do mundo”, destaca. Para o Pastor Alexandre Ulrich, da Igreja Luterana São João, na Páscoa, cada cristão é convidado a se tornar presença do Cristo ressuscitado entre os irmãos, de tal sorte que os homens reconheçam a face de Jesus na caridade do irmão. E desta forma, e a exemplo de Cristo, amar o próximo como a si mesmo. “As pessoas precisam compreender o sentido deste Amar que Cristo pregou. Mas é preciso que as pessoas amem a si mesmas antes de tudo. Como está cada vez mais presente a baixa autoestima nos dias atuais, as pessoas se gostam menos, se amam menos e, desta forma, por consequência, amando menos o irmão, o outro”. O pastor recorda que Cristo quer ser a fortaleza nas horas das tribulações: “A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo. Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte” (2º Coríntios 12). E é isto, segundo o religioso, que o Cristão deve ter em mente neste período pascal, compreendendo assim que é na fraqueza que Deus se torna forte. “Que as pessoas reconheçam o Cristo como ele é”. “Este é um tempo para lembrarmos do amor e da misericórdia de Deus. É o momento de buscarmos uma mudança na maneira de pensar, agir e falar. Para isso, precisamos abandonar o pecado, a falta de fé e tudo que nos afasta do Senhor. Devemos crer nas promessas de Jesus: “Eu vim para que vocês tenham vida, e a tenham em abundância” (João 10:10)”, ressalta o pastor Isaias Strasser. O religioso, que preside a Assembleia de Deus de Santo Cristo, sugere que neste período o cristão reflita sobre quais áreas de sua vida precisam de ressurreição. “O que você deixou morrer que precisa renascer o quanto antes? Talvez você precisa ressuscitar a alegria de viver, a paz, a sua fé, os seus sonhos, a esperança, o otimismo, o perdão, o amor próprio e ao próximo. Ao responder essas perguntas, você estará dizendo a Jesus: - Senhor, agora eu entendo o verdadeiro motivo de Sua morte e ressurreição. Por favor, transforme a minha vida! Eu creio em Ti como meu único Salvador e agradeço por me dar a oportunidade de me tornar filho de Deus”, destaca o religioso.

Igreja Católica realiza intensa programação até a Páscoa

A

s comunidades católicas ligadas às três Paróquias de Santa Rosa realizam celebrações especiais a partir de domingo, dentro da programação que marca a Semana Santa. As atividades, em horários diferenciados, focam o Domingo de Ramos, onde os fiéis participam da celebração que, liturgicamente, lembra a entrada triunfal de Jesus Cristo em Jerusalém, montado em um jumento, símbolo da humildade, citado nos quatro evangelhos do Novo Testamento. Nesta celebração, como tradição, os católicos levam à igreja ramos para serem abençoados pelo sacerdote. Já na Semana Santa, os destaques são as celebrações do Lava Pés, que acontece na noite de quinta-feira, momento em que os fiéis relembram a instituição, por Cristo, da Eucaristia, através da Santa Ceia e a representatividade do servir, quando ministros lavam os

pés de 12 pessoas escolhidas na comunidade e que lembram o momento em que Jesus lava os pés dos seus discípulos. Na Quinta-feira Santa as comunidades não contam com a presença dos padres pois eles participam de retiro especial neste dia. Já na Sexta-feira Santa, os católicos realizam às 15h em suas capelas, a celebração da Paixão de Cristo. Em algumas comunidades estão previstas a realização da Via Sacra. Destaque para a Igreja Matriz Sagrado Coração de Jesus, que realiza às 19h na Praça da Independência, a encenação da Paixão de Cristo. A programação dos católicos encerra no domingo, com a Missa de Páscoa. Em algumas comunidades esta celebração ocorrerá na noite de sábado, quando ocorre a Vigília Pascal, a bênção do fogo novo, círio pascal e da água.

Páscoa Noroeste  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you