Issuu on Google+

Revista

A revista de negócios do natal www.feiranatalshow.com.br

6ª edição - SETEMBRO 2012

Conheça os cuidados necessários na hora de ir às compras

Saiba o que não pode faltar nas gôndolas

Confira os artigos que vão bombar neste Natal

Bons negócios

e alta rentabilidade na Natal Show 2012


2

Setembro de 2012 • Revista Natal Show


Editorial

Divulgação / Francal Feiras

Excelência por hábito e vocação! O sucesso da Natal Show 2012 é a prova concreta de que perseverar no empenho e no trabalho duro é a melhor ferramenta para se chegar à excelência. Entretanto, todo este sucesso não é mero fruto do acaso ou exclusivamente resultado do nosso intenso trabalho e dedicação. A cada nova edição, observamos o fortalecimento de uma parceria extremamente profícua para o setor: aquela firmada entre a Francal Feiras, as empresas expositoras e os compradores de todo o Brasil, que apostam na Natal Show, fazendo dela um divisor de águas no segmento de decoração natalina.

Abdala Jamil Abdala

Nascida há quatro anos, em curto espaço de tempo, a Natal Show não apenas ganhou vida própria, como caminhou a passos largos para o lugar central que hoje ocupa no mercado da decoração natalina. Principal evento do setor, a feira marca o calendário de negócios do ano, já que a partir dela o mercado começa a se aquecer para as vendas de Natal. Assim, é com grande satisfação que constatamos este ano uma mudança de comportamento do visitante. Se nas edições anteriores o lojista escolhia a Natal Show como cenário para iniciar as negociações, em 2012 ele manifestou maior poder de decisão, fazendo do evento o palco de conclusão de suas compras, dando um passo fundamental, não apenas no fortalecimento da Feira, mas do segmento como um todo. E é em nome deste sucesso, fruto de uma história baseada em muito empenho e dedicação, que saúdo a todos que vestiram a camisa junto à Francal Feiras. Em 2013, a Natal Show será realizada mais cedo - de 05 a 08 de junho. Após uma longa negociação com o Expo Center Norte, conseguimos antecipar a data da feira para início de junho, já prevendo a realização da Copa do Mundo, para evitar a coincidência de datas em 2014. Obrigado uma vez mais. Sucesso e bom trabalho a todos. Abdala Jamil Abdala Presidente da Francal Feiras.

Setembro de 2012 • Revista Natal Show

3


Índice

6 Capa

Tendências

O sucesso da Natal Show 2012

Os Looks do Natal 2012

E AD ID AL QU

10

16

PO NT UA LI DA DE

PR EÇ O

20

Fornecedores

Atividades da Feir a

Cuidados na hora ir às compras

Detalhes que fizeram a diferença

12

22 Varejo

Lançamentos

Estoque garantido

As novidades da Natal Show 2012

14 Artigo Quais produtos são obrigatórios nas gôndolas

Expediente REVISTA NATAL SHOW Publicidade: Targets Eventos e Comunicação - Tel. (11) 2936-8788 Revista

Produção Editorial: Primeira Página Assessoria de Comunicação e Eventos Editor Responsável: Luiz Carlos Franco - MTB 10.993

A revista de negócios do natal

Redação: Gabriela Potti Fotos: Agência Riguardare/Divulgação, Imagens da capa: Shutterstock Projeto Gráfico e Diagramação: House Agency Francal Feiras Impressão: Hrosa Serviços Gráficos e Editora Ltda

Uma publicação Francal Feiras. Distribuição Gratuita. Direitos autorais reservados. Francal Feiras: Av. Zaki Narchi 500, torre III – 1º andar. CEP 02029 000 - São Paulo SP. www.francal.com.br

4

Setembro de 2012 • Revista Natal Show


Quarta a Sรกbado

www.feiranatalshow.com.br

Setembro de 2012 โ€ข Revista Natal Show

5


Fotos: Shutterstock

Capa / Natal Show 2012

6

Setembro de 2012 • Revista Natal Show


Natal Show

abre maratona de negócios em grande estilo Com visitação recorde, a principal vitrine do segmento inaugurou o calendário do setor com negociações em alta do primeiro ao último dia. Ao todo foram 22 mil profissionais, sendo 60% deles compradores. Em comum tinham uma característica em especial que fez toda a diferença: o maior poder de decisão.

Mais que dar o pontapé inicial nos negócios do setor, abrindo a temporada de vendas ao varejo, a Natal Show este ano foi palco de muitos negócios fechados durante a feira mesmo. Sinalizando uma mudança de comportamento, os lojistas em 2012 se demostram mais decididos a garantir suas encomendas durante o próprio evento, em vez de estender as negociações para o pós-feira. Realizada numa área de 19 mil m2, a Natal Show reuniu 120 empresas que juntas anteciparam aos lojistas de todo o Brasil os hits da temporada de decoração de festas de fim de ano, cujas vendas começam cada vez mais cedo. Nesse embalo, para garantir seus produtos nas lojas já a partir de agosto, os comerciantes desta vez foram

empenhados a bater o martelo, conforme observa o presidente da Francal Feiras, Abdala Jamil Abdala: “A Natal Show se consolidou este ano tanto em termos de expositores quanto de visitação. Tivemos expostos produtos que, mais do que nunca, primaram pela qualidade. E o comprador que veio ao evento, por sua vez, se mostrou decidido a fechar negócio. Este último aspecto se refletiu diretamente no resultado das vendas dos expositores”, analisa. Endossando a percepção dos organizadores, uma das empresas fornecedoras que já está contabilizando os primeiros impactos positivos em seus negócios é a Cromus. No embalo do crescimento de 20% em relação à participação na edição passada da

Setembro de 2012 • Revista Natal Show

7


Capa / Natal Show 2012

Natal Show, o diretor Comercial da empresa, Fernando Hachul, observa o papel singular desempenhado pela feira, num contexto em que não há outro evento dedicado ao mercado que se equipare ao promovido pela Francal. “Esta é a principal feira para vendas do setor natalino. No caso da Cromus, como realizamos workshops, se trata do principal evento externo”. Logo no primeiro dia, a Cromus atingiu a projeção feita para toda a Natal Show 2012: “Nesta edição a feira cumpriu o seu papel, que foi de nos ajudar a vender”, comemora o diretor da empresa. No ano que antecede a comemoração de três décadas de existência da sua empresa, a diretora-presidente da

8

Setembro de 2012 • Revista Natal Show


Fabiamce, Janice Cecílio Tambury, no terceiro dia já adiantava: “A feira atendeu a todas minhas expectativas. Estamos satisfeitos com os negócios realizados”. Outra empresa que nos primeiros dias tinha conseguido deixar os números da edição de 2011 no esquecimento foi a NSW Importados. “Em termos de negócios, tivemos crescimento de 15% a 20% em relação à participação passada”, comemorava o gerente de Vendas da empresa, Leandro Maciel.

Fotos: Divulgação / Francal Feiras

Participando ano após ano do evento, a Buquê atingiu sua melhor marca em três anos, ultrapassando as vendas de 2011 em mais de 20%, segundo a proprietária,

Thereza Cristina Dib, que apostou no conceito de sustentabilidade associada ao Natal em sua linha de produtos: “Procuramos inserir em nossos bonecos a mensagem de proteção ao planeta e ao meio-ambiente, mesmo nos papaisnoéis”, comenta a dona da empresa, que já garantiu participação no evento ano que vem, com expectativa, inclusive, de aumentar o tamanho do seu estande. E por falar nisso, essas e muitas outras grandes grifes do setor que fazem da Natal Show a principal vitrine de tendências e termômetro desse mercado já têm data e local para voltarem a se reunir: 5 a 8 de junho de 2013, no Expo Center Norte, em São Paulo.

Setembro de 2012 • Revista Natal Show

9


Fornecedores

O que o lojista precisa saber antes de ir às compras Quando o assunto é escolher fornecedor, alguns cuidados são fundamentais para garantir o sucesso dos negócios e evitar surpresas desagradáveis no meio do caminho.

“Qualidade, pontualidade e preço. Esses são aspectos fundamentais aos quais o lojista deve atentar na hora de escolher de quem comprar”, afirma a empresária, que aponta esses três pilares como uma demanda do próprio mercado: “O mundo hoje é muito competitivo e é isso que o cliente exige de nós”.

10

Setembro de 2012 • Revista Natal Show

Divulgação / Arlene Decorações

Na hora de preparar os estoques para a época de vendas ao consumidor, alguns critérios na escolha dos fabricantes e importadores podem fazer toda a diferença para o lojista. Com experiência de mais de 15 anos nesse segmento, a proprietária da Arlene Decorações, Arlene Ferraz, em entrevista exclusiva à Revista Natal Show, elegeu três pontos pelos quais o comprador deve zelar antes de fechar negócios com um novo fornecedor.

Arlene Ferraz Proprietária da Arlene Decorações


E AD ID AL QU

PO NT UA LI DA DE

Segundo Arlene, a questão da qualidade é primordial e um risco que o comprador pode correr é ater-se demais à apresentação visual do produto que está comprando e deixar de lado a preocupação com o material com o qual ele é feito e detalhes no acabamento: “Não é só beleza, tem que ter qualidade. Às vezes, você vê no catálogo o material de um jeito e na hora da entrega recebe o produto danificado”, exemplifica. Verificada a qualidade do produto, o próximo passo é checar as referências da empresa em relação à pontualidade na entrega, num contexto em que o varejista se programa a partir daquilo que comprou, seja numa feira, showroom ou qualquer outro canal que o tenha colocado em contato com o novo fornecedor. Para a proprietária da Arlene Decorações, esse é um ponto tão crucial para o lojista quanto para o decorador: “Muitos profissionais da decoração trabalham em cima de projetos, de modo que temos que

PR EÇ O

ter referências dessas empresas, elas devam primar nesse aspecto”. Tendo em vista que atrasos na entrega podem comprometer as vendas de um ano inteiro, aconselha-se o cliente a uma sondagem prévia da idoneidade do fornecedor no mercado, por meio de pesquisas, até mesmo consultando outros lojistas. Verificar se a empresa já tem boa parte da encomenda em estoque também é uma forma de o lojista se precaver. O preço, por fim, fecha o tripé dos três cuidados elementares na escolha de fornecedores. Sobre esse aspecto, em especial, cujos critérios variam conforme o perfil do lojista e de seu estabelecimento, Arlene elege um ponto de convergência apenas: “Todo lojista sabe com que tipo de produto trabalha e mais lhe agrada. E é tendo isso em mente que ele deve conduzir sua negociação, respeitando seu próprio padrão estabelecido”, finaliza.

Setembro de 2012 • Revista Natal Show

11


varejo

Varejo 100% abastecido

Shutterstock

Lojistas de todo o Brasil que lotaram os corredores da Natal Show este ano saĂ­ram da feira jĂĄ com os estoques garantidos.

12

Setembro de 2012 • Revista Natal Show


Se depender das compras feitas na Natal Show 2012, o varejo já está mais que preparado para a temporada de vendas ao consumidor final. Entre os comerciantes que estiveram no evento e foram ouvidos pela reportagem da Revista Natal Show, a maioria garantiu 100% das compras para a temporada de decoração de festas de fim de ano exclusivamente na feira. “Todas as minhas encomendas foram feitas na Natal Show. Tudo que eu precisava comprei lá, desde a mercadoria mais básica até a mais sofisticada. Foi a melhor feira que visitei este ano.” Assim a proprietária da Dualle Decorações, de Vila Velha (ES), Alessandra Plotegher, resume sua participação. Do Espírito Santo para o interior de São Paulo, outra comerciante especializada no segmento de decoração natalina, Regina Maura Lorenzo, da Três Marias, de São José do Rio Preto (SP), conta que além de garantir 100% do seu estoque na Natal Show, a última edição se destacou em especial por conta da variedade do mix, cuja abrangência facilitou e otimizou o tempo despendido na visita: “Fizemos boas compras e observamos que a feira reuniu uma ampla gama de produtos diferenciados. Nós tínhamos várias compras a fazer e ficamos surpresos ao perceber que concluímos tudo em menos de dois dias”, revela. Para a proprietária da Arlene Decorações, loja pioneira no segmento de decoração natalina no Acre, Arlene Ferraz, o derradeiro diferencial foi o Projeto Comprador, promovido pela Francal Feiras, que trouxe compradores de todo o País para o evento: “Proporcionar ao lojista de outras regiões a oportunidade de visitar a feira com despesas de hospedagem e transporte pagas foi realmente de grande valia. Isso edificou a feira”, elogia.

Divulgação / Francal Feiras

Mas o sucesso da Natal Show não é só unanimidade entre os lojistas. Há mais de três décadas acumulando experiência neste mercado, o empresário do ramo de entretenimento e decoração, Leandro Rajão, das empresas Recreart e Artefesta, conta que garantiu todo o material que vai usar na decoração de seus clientes na feira. Com uma cartela formada pelas principais empresas de Minas Gerais, ele chega a ser responsável pela ornamentação de dezenas de festas corporativas de uma mesma empresa: “Eu fiz muitas compras na Natal Show e este ano ela superou as outras edições”, conta o decorador que, entre uma compra e outra, arrematou uma árvore gigante de 8 metros de altura da empresa Wanda Hauck. Quando questionado sobre os aspectos que pesam na hora de se fazer um investimento desses, Rajão foi enfático: “O importante para todo o decorador é arriscar ou você nunca vai surpreender o cliente”. Para quem teme escolhas mais ousadas, ele explica: “Como decorador eu aposto em coisas fora do padrão, busco o novo. Você não é lembrado por aquilo que é comum, mas pelo detalhe. É isso que faz o diferencial e garante a compra do outro ano”, conclui.

Setembro de 2012 • Revista Natal Show

13


artigo

Natal das

LUZES Fotos: Divulgação / Francal Feiras

Por Lúcia Cristina de Buone*

14

Setembro de 2012 • Revista Natal Show


Divulgação / Francal Feiras

* Lúcia Cristina de Buone Gerente de Negócios da Francal Feiras

À parte o espetáculo proporcionado por uma rica cartela de cores e estamparias, enfeites inspirados nas mais variadas formas talhadas em materiais que vão da matéria-prima reciclada à sofisticada, a Natal Show 2012 teve entre suas grandes vedetes aquelas que costumam dar o toque final à decoração, mas nem sempre são lembradas: as luzes. Quem caminhou pela feira este ano percebeu que mais do que nunca elas vêm assumindo papel de destaque, seja na ornamentação das árvores seja dando vida a cenários mais elaborados, mostrando que são uma opção ainda a ser muito explorada. Isso foi visível não apenas na infinidade de estandes especializados no segmento, mas principalmente na utilização desse adereço em praticamente todos os estandes da feira, dando requinte inigualável aos cenários natalinos. Nesse sentido, a Natal Show proporcionou para o lojista autêntico roteiro com valiosas ideias de combinação de luzes e cores que merecem ser resgatadas, ainda que brevemente. Logo ao entrar na feira,

lembro-me de já ter sido impactada pelo belíssimo cenário da Fabiamce, composto por três ambientes. Nele, a combinação precisa de luzes distribuídas com mais intensidade nas extremidades e de forma mais sutil na parte central, onde foi montado um presépio em tamanho real, produziu um efeito visual fascinante logo na entrada. E não há dúvidas de que tal ideia com certeza cairá muito bem se adaptada para um ponto de venda, funcionando como uma espécie de convite para o cliente entrar e conhecer mais a loja. Ao passar pelo estande da Cromus, o espetáculo das luzes adornando cenários inteiros que iam do tradicional vermelho ao estilo fashion das estamparias inspiradas em peles de animais africanos traduziu toda a essência do aconchego característico da data. Tanto é que quem passava pelo local em diferentes períodos do dia se deparava sempre com a mesma visão de lojistas tirando fotos, na tentativa de registrar toda aquela atmosfera natalina que quem viu ao vivo e de perto jamais haverá de esquecer. O conceito de requinte aliado ao uso das luzes, por sua vez, ganhou expressões variadas nos diversos ambientes da Decorville, a começar pelo cenário todo trabalhado em branco adornado com uma belíssima árvore suspensa no teto iluminada por luzes brancas. A sofisticação na iluminação seguiu presente até mesmo nos cenários mais coloridos, a tradicional combinação de vermelho e verde ganhou nova roupagem por meio do contraste entre o intenso tom de vermelho e o suave verdelimão. Combinação por si só requintada, mas que teve na leveza das lâmpadas brancas o realce que faltava. Para mostrar que não houve ambiente onde as luzes não fizessem sucesso, até à decoração de árvores recicladas elas deram charme inigualável. A Kazari, especializada em criações com garrafas pet, expôs vários modelos que uma vez iluminados, proporcionaram espetáculo de cores. E, diante desse mosaico de cenários que saltaram aos olhos de todos os visitantes que passaram pela Natal Show, é impossível negar que no Natal 2012 as luzes definitivamente vão ser a cereja do bolo.

Setembro de 2012 • Revista Natal Show

15


TendĂŞncias

16

Setembro de 2012 • Revista Natal Show


Os looks do Natal 2012 Feira que dita o que vai estar em alta na decoração natalina aposta nas famosas candy colors da moda em vestuário como a grande tendência na composição de ambientes. Inspirações no rústico clima da fazenda também estarão em evidência, ao lado da sofisticação dos brilhos e pedrarias.

Fotos: Divulgação / Francal Feiras

Quem visitou a Natal Show entre 15 e 18 de junho constatou: a forte referência das Candy Colors – que vieram dar um descanso para o color blocking neste inverno – promete estender a temporada em terras brasileiras até o Natal. Além de figurar na cartela de cores suaves e adocicadas que marcaram presença em diversos cenários, elas inspiraram coleções inteiras desenvolvidas dentro do conceito do universo lúdico dos doces e guloseimas. Miniaturas de sorvetes, cupcakes, pirulitos, brigadeiros, biscoitos e uma infinidade de doces açucarados em forma de bonequinhos que remetem ao universo acolhedor do mundo infantil foram a tônica das grandes grifes da decoração natalina este ano. Pelos corredores, ingredientes

que fazem a alegria de qualquer criança – como chantilly, marshmallow, algodãodoce e confetes de chocolate – deram os detalhes que faltavam a personagens típicos do Natal, como bonecos de neve, papais-noéis e até anjos. Na Coisas de Aninha esses mesmos protagonistas foram destaque em outras tendências. Do tema sofisticado ao rústico, passando pelo tradicional, ursos, renas e outras pelúcias ganharam ar fashion em estampas em xadrez, patchwork, oncinha e tonalidades assorvetadas. A suavidade também deu um ar mais lúdico ao estande da Regina Festas, que chamou a atenção dos visitantes com sua árvore nevada adornada com bolas e enfeites que exploravam toda a vivacidade do lilás revestido de diferentes nuances.

Setembro de 2012 • Revista Natal Show

17


Tendências

A moda da serra também apareceu em coleções inspiradas nas decorações das casas de campo, lembrando o ideal tradicional de Natal. Nessas ambientações, predominaram enfeites com muita lã, detalhes em tricô, veludo, feltro, algodão e linho. O requinte, por sua vez, pediu passagem tanto nos enfeites sofisticados em que predominou a combinação de tons de platino e branco trabalhados em materiais como veludo brocado e aplicações de pedra, quanto nas criações inovadoras e, ao mesmo tempo, simples de alguns expositores. Essa foi a tônica das estrelas, bolas e árvores cônicas que deram um toque de sutileza e charme ao estande da IM Streck. Confeccionados em materiais rústicos, esses adornos decorativos ganharam uma roupagem totalmente diferente por meio da combinação de diferentes gradações do bege incrementadas com aplicações de brilho.

18

Setembro de 2012 • Revista Natal Show


O Empório das Flores, por exemplo, aproveitou a parte externa do estande para apresentar sua linda linha de guirlandas, que inovam em versões estampadas por bonecos de neve, passarinhos, Papai Noel, urso e até pierrôs. Laços com diferentes estampas, guirlandas aéreas e bolas transparentes completam as opções entre as quais combinações de vinho e verde-limão ditam o toque suave e sofisticado da decoração.

que fez sucesso entre os lojistas este ano: a árvore de Led. Essas novidades, segundo o diretor comercial da empresa, Rodrigo Magalhães, são reflexo das próprias tendências do universo prêt-àporter: “Produto de Natal é igual moda, se renova, mas a partir de conceitos passados, agregando o diferencial tecnológico. As coisas vão e voltam, um pouco mais estilizadas; com uma cor diferente, o antigo vai passando por atualizações”, explica.

A feira que recriou o clima de Natal em pleno mês de junho fechou com chave de ouro sua vitrine de tendências com o charme das flores, fitas e uma inovação da Natália Christmas

Diante dessa rica cartela de cores, texturas e formas apresentadas em primeira mão durante o evento, charme é definitivamente um ingrediente que não há de faltar às decorações de Natal em 2012.


Atividades da Feira

Detalhes que fizeram a diferença Projeto Comprador

Divulgação / Francal Feiras

A fim de estimular a realização de negócios na Natal Show 2012, a Francal Feiras patrocinou a vinda de compradores vindos de todos os Estados brasileiros e indicados pelas próprias empresas expositoras. Além destes convidados, a feira recebeu a visita de milhares de outros compradores, entre lojistas, supermercadistas, condomínios, hotéis e resorts, clubes e bufês – assim como decoradores, paisagistas e demais profissionais da área – que comparecem para conhecer as novidades e fazer negócios.

20

Setembro de 2012 • Revista Natal Show


Divulgação / Francal Feiras

Presépio Vivo Inspirada no clima de festas, em pleno mês de junho, a Natal Show estreou atração inédita este ano. Logo ao chegar à feira, o visitante se deparava com a performance de cinco estátuas vivas, interpretando a chegada do menino Jesus. Com duração de 40 minutos, três vezes por dia, as apresentações traziam as estátuas das personagens Maria, José e os três reis Magos, que cantavam e encantavam o público com canções da época. Num contexto em que a ambientação sensorial fez toda a diferença, além das músicas que remetiam ao clima de fim de ano, o viés sinestésico do Natal como uma festa povoada pela atmosfera de aconchego ganhou o toque que faltava com um suave aroma de baunilha a perfumar a recepção e os corredores da feira diariamente.

Serviços Com uma ampla gama de serviços no pavilhão, um dos destaques desta Natal Show foi a praça de alimentação, que além de maior este ano contou com mais opções para refeições. Estabelecimentos especializados em lanches dos mais diversos, almoços e até doces proporcionaram mais conforto e facilidades ao visitante. O expositor, por sua vez, teve mais uma vez à sua disposição um restaurante exclusivo, que além de ser fundamental na troca de turnos de suas equipes, contribuindo consequentemente para um melhor atendimento aos lojistas no período de almoço, facilitou o acesso de compradores à praça de alimentação nos horários de pico.

Setembro de 2012 • Revista Natal Show

21


Lançamentos

As vedetes do Natal 2012 Papais Noéis inusitados, presépios de todos os tamanhos e um catálogo de árvores que vai das que cabem na palma da mão às gigantes de mais de 8 metros. Quem estava em busca de variedade e opções encontrou na Natal Show o endereço certo.

Nessa edição, a Natal Show resgatou o clima de fim de ano em cada detalhe e, a julgar pela diversidade e originalidade dos lançamentos apresentados, eles fizeram a diferença. Mais uma vez a feira mostrou que na principal celebração sazonal do ano sempre é possível inovar com estilo, oferecendo opções para todos os gostos e bolsos.

22

Setembro de 2012 • Revista Natal Show

Além de aparecer em sua configuração original supervisionando os duendes de uma fábrica de presentes na versão animatrônica da Automação e Arte, o bom velhinho assumiu as mais criativas roupagens durante a Natal Show 2012. Na Matsumoto, ele ganhou um ar mais arrojado encarnando o motociclista. Mais moderno do que nunca, posou de surfista e fotógrafo na Issam. E na Buquê, ganhou versão afro que encantou o público. Com o propósito de adaptar a identidade cultural do “bom velhinho” a diferentes povos, a empresa lançou o “Black Noel”, prometendo deixar o personagem natalino com um contexto mais universal ainda.

Fotos: Divulgação / Francal Feiras

As várias faces do Papai Noel


Setembro de 2012 • Revista Natal Show

23


Lanรงamentos

24

Setembro de 2012 โ€ข Revista Natal Show


Árvores em cena Se o Papai Noel é o personagem que não pode faltar na decoração, os pinheiros são itens obrigatórios no cenário onde ele reina. Mostrando que a Natal Show é vitrine de tendências, os estandes do evento primaram pela inventividade. Na Fika, por exemplo, a tendência foi apostar em adornos grandes e distribuídos com generosidade pelas árvores. Além do charme de uma versão toda enfeitada com lanternas de metal em branco envelhecido, uma outra árvore repleta de pelúcias em forma de animais como ursos, porcos, macacos, sapos e até tigres deu atmosfera lúdica ao velho pinheiro natalino.

pinheiro era todo feito com mini rosas. Os pinheiros em formato cônico, aliás, também fizeram sucesso na IM Streck, que apresentou linha composta por materiais rústicos que, revestidos com brilhos aplicados à pintura em gelo antigo, conferiram requinte singular à decoração. Das miniaturas para as novidades gigantes, a Wanda Hauck literalmente chamou a atenção levando a maior árvore presente na Natal Show 2012, com 8,40 metros de altura.

Na Matsumoto, a árvore Snowflocked Mont Blanc, com sua aparência nevada, parecia ter saído diretamente dos Alpes, reproduzindo o ambiente rústico característico da montanha com naturalidade impressionante. O requinte das versões invertidas das árvores natalinas seguiu em alta em estandes como o da Cromus e da Decorville. No primeiro, um par de pinheiros incrementou a mesa de ceia; já no segundo, a árvore suspensa proporcionou efeito surpreendente ao look natalino.

Fotos: Divulgação / Francal Feiras

Se a sofisticação marcou presença nas sedas, brilhos e tonalidades metálicas de algumas decorações, as versões sustentáveis de árvores confeccionadas pela Kazari, em material 100% reciclado, deixaram o visitante impressionado. Foi difícil esconder a surpresa ao descobrir que os enfeites em forma de maçãs e as bolas agrupadas que dão o formato cônico aos pinheiros são na verdade partes de garrafas pet. Já na Fitas Regina as pequenas, porém vistosas, árvores confeccionadas com lascas de madeira conferiram clima acolhedor e ao mesmo tempo sofisticado ao cenário, dando a impressão de que o

Setembro de 2012 • Revista Natal Show

25


Lançamentos

Festival de animatrônicos Por falar em gigantes, nesta edição do evento as inovações da robótica mostraram não ter limites. Na Automação e Arte, um Coral de Ursos encantou o público dançando de forma sincronizada. No mesmo estande um pinguim falante, um urso escondido na árvore e um cachorro a roer osso deixaram o mundo animal bem mais animado. Na Buquê, os Bonecos Cozinheiros finalizavam os preparativos para o Natal a todo vapor. Enquanto isso, um Papai Noel em tamanho real (1,80m) confeitava um bolo vestido a caráter com seu chapéu de confeiteiro e a Mamãe Noel se dedicava à culinária, mexendo uma calda de chocolate. Já o duende ajudante tirava uma bela fornada de bolachas. Ainda na Buquê, o clima lúdico entrou em cena com um circo formado por personagens bem incomuns: os ursos. Lá, eles sopravam bolhas de sabão e movimentavam sua varinha de condão.

Fotos: Divulgação / Francal Feiras

26

Setembro de 2012 • Revista Natal Show


Natal para todos os bolsos A feira este ano reuniu desde enfeites de R$ 2 até Papai Noel de R$ 35 mil, mostrando que as opções foram ao encontro das necessidades do freguês. Quem caminhou pelos corredores do evento não precisou andar muito para encontrar desde enfeites pequenos, em tecido, até árvores gigantes e versões mais sofisticadas. Na Fabiamce, por exemplo, a variação de preços ia de R$ 4, cobrados por uma bola decorativa, a R$ 4 mil, preço de um dos presépios mais bem elaborados da feira. Em meio a tanta variedade, o célebre personagem do Natal não poderia ficar fora das cotações, enquanto alguns estandes tinham versões do bom velhinho custando menos de R$ 20, houve quem encontrasse Papai Noel de até R$ 35 mil, numa versão gigante em fibra de vidro que salta aos olhos de quem vê.

Setembro de 2012 • Revista Natal Show

27



Revista Natal Show - Setembro 2012