Page 1

AIü|ìEJA OAPALAVRA ALII'4ENTA-SE Fradelos/Vilarinho das Cambas No 169 - 13 Maio 2012 Pe. DelfimAfonso,smm Responsabilidade: ptTlm. 918548504;Telef./Fax 252493339 teixeiraafonso@sapo.

Sofenidade da Ascenção do Senhor - 20 Maio ía Leit Actos 1,1-11 Um dia em que estavacom eles que não se à mesa,mandou-lhes Jerusafém, masque afastassem de esperassem a promessado Pai. SalmoResponsorial:46 Porentreaclamações e ao somda trombeta,ergue-SeDeus,o Senhor. 2r Leit.Et 1,17-23 Conservemosfirmementea espelde por todo o mundo e rençaqueprofessamos,poisAquele quefaza promessaé fiel. pregai o Evangelho. Evang.Mc 16, 15-20 lde e ensinaitodas as nações, a cumprirtudoo que ensinando-as vos mandei.

UM POVOQUE PRODUZAFRUTOS Os Actos A 1aleiturafalada Ascensãode Jesus,em termosgrandiosos. de Jesusdurantequarentadiase são o únicolivroque faladas aparições que faz a encenação da subida. Na 2" leitura,S. Pauloprefereacentuara gfóriade Jesuse os seusefeitos em nós cristãos:a corageme a alegriade ser discípulode um vencedor absoluto. Rigorosamente, a Ascençãoé a outraface da Páscoa.No credofazemos que Jesus"ressuscitou dos mortos'o e que "subiuao as duas afirmações: duas faces são inseparáveis e direita do Pai". As está à céu,onde sentado quer dosmortos,a lgreja Ao proclamarqueJesusressuscitou simultâneas. acentuara vitoriade Jesussobrea mortee o pecadoe a transformação do seu corpohistórico;ao proclamara ascensãoaos céus,quer pôr em peloPaie marcao termodas apariçõesde Jesus relevoa sua glorificação ressuscitado.


cAti,NDÂRIO DA,SCEIã8RÂçOLS Maria Asenção Tones e íamília SEG.14,S. Maüas, Maria de Fátima Costa e Silva, pais e irmão 20h30Eucaristia,2íh Rosário Ac. Gr. BeataAlexandrina e N. Sra.Fátirna Maria Machadoda Silva e marido Ac. Gr. N. Sra. Fátima Pais e sogros de ÁfuaroAlves AdãoCameiroOliveirae esposa RicardoGonçalvese tia Alice AdelinoCostaFeneira,esposae família SEX. 18, S. João l, 20h30 Eucarisüa, 21h GamiloSalgadoe esposa Rosário CarlosAlbertoA. e Silva,paise tia Alzira Adelinoda Silva Reis e família DellïnaCostaCampinhoe familia Camilo Xavier e filho Joaquim JoaquimJosédos Santos Famí]iade Filomenae João JoaquimOliveiraSilvaFonsecae família JoaquimJosé Gomes Carneiroe mãe JoaquimPereirada SilvaXaviere família Lino da Costa Santos, esposa e neto Josédo Jerónimoe esposa Maria da Silva Lemos, maridoe genro Linodos SantosAzevedoe família Maria da Silva Moreirae marido ManuelPereirados Santos Maria Emília Rosa Sá e família MariaDiasdos Santos Rui Duarle da Costa Ferreira.tio e avô OlindinaConeiaSilva VenturaGomes Ferreira,esposae filho TER.í5, 20h30Eucaristia,2lh Rosário Máriodo Reis Torres Ac. Gr.N. Sra.Fátima 19,19hEucaristia,20h Rosário Ac.Gr.N. Sra.Fátimâ Araújo marido Adelina Santos e Ac.Gr.N. Sra.Fátima AlmerindaRosa, maridoe Íilha AlziraAliceda SilvaPadrãoLoureiro Ana Santos Sá, maridoe filho AnaPereiraSantos,ÍilhoAdelinoe neto António Feneira Araújo, pais e sogros Maurício António Lopes da Silva,pais e irmãos AntónioAraújo e í amilia BeatrizGonçalvesda Silva e marido Balazeiro e familia AntónioRodrigues Familiaresde Dulce Macedo ArmindaAzevedoe Silva Joaquim Paixão,esposa e filhos Custódioda CostaRamalhoe filha Jorge Ricardo Oliveira Azevedo e bisavós JosePintoe JoséTores José da Cos. Carneiro,esposae cunhadas Raimundo e sobrinhoFernando QUA.í6, 20h30Eucaristia,21h Rosário Maria Amélia Azevedo Santos e família Maria Rosa da Silva e famílía Ac. Gr.N. Sra.Fâtíma Vitor Hugo FerreiraLeitão AntóniaFerreirada Cunha ArmandoManuelFurtadoe esposa 20,th Eucaristia CamiloMirandaGonçalves CarlosAlbertoAzevedoe Silva e pais DeolindaSantosCarneiroe marido FelisbelaLeitugae família JoséFerreiraCruzLoureiroe esposa JoaquinaFerreirados Santos e familia Jovensfalecidosde Fradelos José GonçalvesAzevedo MarialsabelSantosAbreu MariaAlice Ferreirade Almeida e família MariaJoseSoutoRibeiro,maridoe Íilho MariaAmélia da Costa Ferreira Pe.JoséHerminioMarinhoPintoe família Mariada Conceiçãoda Silva Ferreira PelasAlmasdo Purgatório Maria da Silva e pais QUl.í7, 20h30Eucarisüa, 21h Rosário Maria lnês Lima de Carvalhoe marido ArturMoreirae irmãAugusta Pais e sogros de Alberto G. Furtado FlorindaSilvaPereira,maridoe Íilha Rafael Campos Júnior JoaquimAzevedoSilva SeraÍim Gonçalves Lima e sogra JoseDomingues de AzevedoCostae filho í{h Eucaristia JoséPereiraLopese esposa 15.30h Rosário ManuelDuarte


AGENDÃ. Atendimento/ cartório- Quarta-feira: 16-19.30h. Sábado:9.30-10.30h. Confissões- O Pe.Horácioatendena Quintra-feira, a partirdas 19h;o Pe.Delfim na Sexta*Íeira, a partirdas 19h. Catequistas-Agradeçoa presençade todosna proximareuniãodia 17.Começa como Rosáriona lgrejae continuana salaàs 21.30h. Reuniãopara os pais das criançasque vão iazer a Festada Eucaristia- Vai realizar-se no dia 20, às 9.30h.Desdejá o meuobrigadoaos paise mãesgue se dignemestarpresentesjuntamentecomos seusfilhos. Visitaaos Doentes- Os do ladode baixoserãovisitadosna Quinta-feira, dia 17. Doentesque vão participarno Retiroem Maio-Aos doentesquevãoparticipar no retirode Maioem Fátima,deverãoestaràs 8.15hjunto à lgrejaou junto ao CaféPirolita.A todosé pedidoparase fazeremacompanhar de agasalhos,mediidentidade saúde. camentos,cartãode e cartãode Peregrinação do Movimentoda Mensagemde Fátima- seránosdias14e 15 de Julho.Os interessados deemo nomea algumapessoado Movimento. Recolhados Anuais da Confrariado SantíssimoSacramento- Deconeráà portada fgrejanosÍins-de-semana19-24e 26- 27 de Maioe no primeirofimde-semanade Junho,2-3. Figuradasparaa Festado EspíritoSanto- NesteDomingo, dia 13,estará,das no SalãoParoquial, 10 às '12.30h, a pessoaencarregue de Íazeras medidasa quantospretendem figurar-se. Familiar" "lnstabilidade "No mundocontemporâneo, em gue se vão difundindoalgumasconcepçÕes equívocassobreo homem,a liberdadee o amor humano,nuncanos devemos cansarde apresentar semprede novoa verdadesobrea instituição familiaçcomo porDeusdesdea criação.Infelízmente, foidesejada continuaa aumentaronúmero de separaçÕes e divórcios,quefragmentam a unidadefamiliare criamnãopoucos problemas aosfilhos,vítimasinocentesde taissituações.Hojeem dia,a estabilídadeda famíliaestáparticularmente em perigo;garaa salvaguardar é necessário ir com frequênciacontraa correnteem relaçãoà culturapredominante, e isso paciência, incessante de compreensão mútua. exige esforço,sacrifícioe busca e conservar-se fiéis Mastambémhojeos cônjugespodemsuperaras dificuldades à sua voca@o,reconendoao auxíliode Deusatravésda oraçãoe participando de maneiraparticularna Eucaristia. assiduamente nos sacramentos, Papa BentoXVI ln: Pensamentos


DEVOçAOA VIRGEMem São Luís de MonfoÉ A VERDADEIRA e no SegundoConcíliodo Vaticano

Há300anos- 1712-2012-escrevia SãoLuÍsde Monforto seu'Tratadodaverdadeiradevo(VD). Nesse livrose inspirouJoãoPauloll e numerososcristãos. à Santíssima Mrgem' ção 'O Crudfxo na Sâo LuísMariaGrignionde Monforl(í6731716)é umafiguraÍascinante. mâodireita,o Rosário,na esquerda;os sagradosnomesde Jesuse de Mariano coração,a mortificação de JesusCristoemtodoo seuporte"- assimo descreveo Manualda Legiãode Maria.Prega,calequiza,confessa,escreve,canta,grita:'FogolFogolAcudam! Fogonacasa verumdosApóstolos'-dizia de Deus!Fogonasalmas!"'Parecia-me umseucondíscipulo. A sua vida foi isso:fogo contrafogo.Apagou-secomotochaardente,aos 43 anos.A sua existênciagravitavaemtornodetrêseixos:a Sabedoria,a Cruze a MrgemMaria.Trêselos da sua uniãocom Deuse do seuapostolado. A Sabedoriaé outramaneirade dizerJesusCristo.Sabedoriaincriada,se contemplarmos o Verbode Deusno seio do PaÍ.Sabedoriaencarnadapela acçãodo EspiritoSantonas entranhasda VugemMaria.Sabedoriaque é o Espíritodo SenhorRessuscitado; esse julgare agirsegundoo Evangelho. Espíritoque nosfaz pensar, Depois,a Cruz.Porondequerquepassava,Monfortlevantavacruzese calvários,em honra dosquaisfaziacãnticos.A Cruzê a marcada sua vidae o objectoda sua pregação.Como São Paulo,anunciavaCristocrucificado,que é escândaloparauns e krucuraparaoutros (cÍ 1 Cor 1, 23)."ASabedoria é a Cruze a Cruzé a Sabedoria'. Oulrapaixãodominante,Maria.Portodaa partefaziaflorira devção à Mãede Deus.'As almashão-derespirartantoMariacomoos corposrespiramo af . Parachegarmosa Jesus Cristo,Mariaé meiofácile seguro,caminhocurtoe semperigo,via imaculadae semimperfeição.Eebeua devoçãomarianacomo leitematemo.NãofazianadasemconsultarMaria. Oravaaos pésdas suasimagens,reclamavaa suaprotecção,dedicava-se ao seu serviço, combatiaapostolicamente sobo seuestandarte.'À suasombra,procurorefugio"- diz num cânticoa NossaSenhoradas Sombras. Mariaé Senhora,Donade Casa,RainhadosCora@es, Rainhado Céue daTena,Senhora Masé, sobretudo, Mãe:a Mãede Deus,a do BomSocorrooudaVitória,Mrgempoderosa... minhaMãe,a boaMãe,a queridaMãe,a amadaMãe,a gloriosaMãe,a MãeSantíssima... Convémacentuarestepontoparanão nos deixarmosenganarpor algumasexpressões "escravidão que nos roçámo ouvido:"escravidão mariana", a Jesuspor meiode Maria', "Grignion, escravoindignode Jesusem Maria"ou 'escravode Jesusvivendoem Maria". cheiraa jansenismo, mas São Luísde MonÍorteslavanos antípodasdos Tal linguagem jansenistase foi ferozmenteatacadopor eles. duro,implaeivel,prontoa julgar-nos com severidade Adoravamum Deuslonginquo, ea nãoeraa"doçuradeDeus",asuaDivindade castigar-nos.OpróprioJesus,Verboencarnado, pelasua Humanidade, nãochegavaa nósfiltradasuavemente masdardejavacegando-nos comoo sol no zénite.Nãose podiacomungarsenãoraramente.EntreElee nósera preciso colocarumanúvem- Maria.O inferno@ntavamaisdo queo céu,o medomaisdo queo amor,o pecadomaisdo quea graça,a mortemaisdo quea vida. de Monfort!Deusé Pai:o "meuPai",o "PaidasMisericórComoeradiferenteo pensamento A suaespiritualidade nascede amoÍe nãode medo.As suascarlas dias',o "Paiceleste". eramencimadaspelafrase:'O puroamorde Deusreineem vossoscorações".Pregavaa evitandoo excessivo misericórdia divina,as temurasde Maria.Eradoceno confessionário, rigore a excessivafroixidão. Pe. Pina Ribeiro

Boletim Nº 169  

13 de Maio de 2012

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you