Issuu on Google+

ALII',|INTA-SE DAPALAVRA AI8|ïIJA Fradelos/Vilarinho das Cambas No 161 - 11 Março2012 Responsabilidade: Pe. DelfimAfonso,smm ptTlm. 9 18548504; Telef./Fax252493339 teixeiraafonso@sapo.

4" Domingo Quaresma- í8 Março Íâ Leit 2 Cr 36, 14-16"í9-23 Multiplícararn as suasinfidelidades. SalmoResponsorial: 136 Se eu não me lembrarde ti. Jerusalém,fiquepresaa minhalíngua. 2aLeit.Et 2,4-'lg Na verdade,nós somosobrasua, criadosern CristoJesus,em vista das boasobrasque Deusde antemão preparou, ccmocaminhoque devemosseguir. Evang.Jo 3, 14-2Í Todoaqueiequepraticamásacções odeiaa luze nãose aproxima dela, paraque as çuasobrasnãosejam çienunciadas.

Confiar

FRUTOS UM POVOQUE PRODI..IZA

A primeiraleituradiz-nosque,quandoo homemprescinde de Deuse escolhecaminhosde egoísmoe de auto-suficiência, estáa construirum íuturornarcadopor horizontes de dor e de morte.No entanto,diz o autordo LivrodasCrónicas,Deus dá sempreao seu Povooutrapossibilidade de recomeçar, de refazero carninho da esperança e da vidanova. A segundaleituraensinaque Deusamao homemcomumamortotal,incondicional,desmedido; é esseamorque levantia o homemda suacondiçãode finitudee debilidadee que lhe ofereceessemundonovode vidaplenae de felicidadesem fim que estáno horizonteÍìnaldanossaexistência. que Deusnosamoude talformaqueenviouo No Evangelho, Joãorecorda-nos seu Filhoúnicoao nossoencontroparanos oferecera vidaeterna.Somosconvidadosa olharparaJesus,a aprendercomElea liçãodo amortotal,a percorrer com Eleo caminhoda entregae do domda vida.É esseo caminhoda salvação, da vidaplenae definitiva.


cÀt ENDA.SIO DASCErEÍì&tçOtrS SEG. í2, 7h30 Rosário, th Eucaristia Ad Mentem Adão Cameiro OliveÍrae esposa Alzira Alice da Silva Padrâo Loureiro Antônio José Azevedo Andrade e família Carminda Dias Azevedo, marido e filho DeolindaAguiar e marido Dorningos Gonçalves Sousa e esposã Hilàrio da Costa Ferreira e neto Joaquim Azevedo Silva José OliveiraCarvalhoe pais LaurindoOliveiraDias Lino dos Santos Azevedo e Íamilia Padrinhos e avós de Jacinta TER. 13, 7h30 Rosário,8h Eucaristia CarmindaDias Azevedo,maridoe Íilho Celestino Veloso, Íilho e sogros FelisbelaSilva Leituga Joaquimde OliveiraMoreira JoaquirnSilva Campos e esposa José Gomes de Almeida LaurindoOliveiraDias Lúcia Xavier.maridoe famÍlia Manuel Costa Ferreira Manuel da Silva Alves e esposa Manuel Jorge Araújo Azevedo, avós e tíos Pais,irmão e sogrosde Amélia Delfim

1AntónioAraújo e íamilia I Arminda Azevedo e Silva I Custódio da Costa Ramalho e Íilha FlorindaSilva Pereira.marido e filha JoaquímJosé Gomes Cameiro e mãe Júlia GonçalvesSilva, marido,filhose neto Paulina Rosa da Costa e filho SEX. t6, í8.15h Via€acra, 19h Eucaristia Ac" Gr. S. Bento Ad Mentem AdelinaPereirade Campos e marido António Gonçalves Silva, esposa e filho AntonioOliveira,primose avós CamiloMirandaGonçalvese irmãos José Pinto e José ïones MariaAzevedoCosta e família Maria da Silva Moreirae marido Pe. José HermínioMarinhoPinto e Íamilia

SÁ8. tZ, S. Patrício,18.15h Rosário, 19h Eucaristia AlexandrinaSá Couto Reis e marido CamiloXavier e familia Familiaresde Dulce Maccdo JoaquimJúlio de Carvalhoe esposa José Dominguesde Azevedo Costa e filho Jose Oliveirae Silva,esposae filho ManuelJoaquimda Costa e Silva QUA. 14, í8.30h Rosário, 19h Eucaristia Maria da Cruz l-oureiroe mãe Maria de FátimaCostae Silva,pais e irmão Ac. Gr. S. Judas Tadeu Rita da SilvaCampos,maridoe Íilho Ad Mentem Clementinallhão, maridoe Íllhos DOM. Í8,8h Eucaristia Joaquim Azevedo e Silva e irmâo Antonio BeatrizGonçalvesSifuae marido Matias CamiloPereirada Silva,esposae Íilhos JoaquimOliveiraSilva Fonsecae avos DeolindaAraújoCosta e marido JoaquinaFeneirados Santose genroAdelino FemandoXavier e JoaquinaCancela José do Jerónimoe esposa Joaquimda Silva Campose íamilia José Joaquim Silva Carvalhoe pais ManuelFerreiraSantos,esposae Íilho Maria Dias dos Santos MariaAméliada Costa Ferreirae sogÍa MariaJosé Souto RibeiÍo.maridoe filho MariaAugustaFerreíraTones, maridoe Virgilio dos Santos Martins genro QUl. t5, 18h30 RGáÍio, í9h Eucarisüa Ac. Gr. S. Cristóvão e Sta. Catarina Alzira Alice da Sifua Padrão Loureiro Amarino Oliveira Veloso e familia Américo Feneira Campos e Íamilia

Mário Silva Costa e sogros Sobrinho e cunhado de Amândio Alves Ventura Gomes Ferreira, esposa e filho ííh Eucaristia í5h Via€acra


ACNNDÀ Atendimento / cartório - Quarta-feira:15-18.30h;2O-21h confissões - o Pe. Horácioatende na Quinta-feira,das 18 às 19h: o Pe. Delfirn na Sexta-feira,a partirdas 17h. Visita aos Doentes - Os do lado de baixo, serão visitadosna Quinta-feíradia 15. Reunião de Preparação para os baptismos - Todos os pais que têm crianças para baptizardurante os mese de Abril e Maio terão a reuniãode preparaçãono dia24 ás 20h e não no dia 31 como anteriormenteestava marcado. Reunião para os que vão integrar os grupos que farão a Visita Pascal - As pessoascontactadaspara integraros grupos que prestarãoá comunidadeesse serviço,terãouma reuniáode preparaçãoparao efeito,no dia 23, âs 21h.Agradeço desde já a disponibilidadee presençade todos nesse encontro" Reuniãodo Movimento da Mensagemde Fátima- Vai realizar-seneste Sábado d i a 1 0 ,á s 1 5 h . Primeira Caminhada do dia da Muher em Fradeloc-Será Donringodia 1'l de março pelas 9.45h.Partidana Escolade Valdossos.A inscriçãoé feita no rnomento, pagando€2.50, com direito a uma T-Shirte água. O valor reverte a favor da APEEEVF e Mundosde Vida. Distribuição de Roupa pela Conferência Vicentina - Da roupa nova que foi entregueá ConferênciaVicentina,vai ser feita uma distribuiçãoaos necessitados, será no día 25 no salão paroquialdepois da Via-Sacra. Peregrinação/Reflexãoa Fátimacorn os Missionários Monfortinos -Acontecerá no dia 28 de Abril, uma jornada de reflexãosobre a obra de Íi. Luis de Montfort: Tratadoda VerdadeiraDevoção á SantíssimaVirgern.Este ano ano celebramos os 300 anos em que este preciosolivro foi escrito.Quem estrverinteressadoem participar,com ou sem transportee almoço,pode inscrever-sejunto do pe. Delfim.

Familia: <A Bíblia não é estúpida>r,diz bispo de Lamego "A Bíblianão é estúpida. A Bíblianão mandaapaixonar-s,e, mas manda-nos ama/',sublinhouD.AntónioCoutona conferência sobrea evoluçáoda instituição familiarno Antigoe NovoTestamento, refereuma notade imprensada diocese aveirenseenviadaà AgênciaECCLESIA. O responsável alertouparaos riscosda falhade transmissâo das nanativasbíblicasde paisparafilhos:"No dia em que perdermos a músicae a toadafamiliarinscritana Bíbliaficaremossem sentidoe à deriva"."Numtempoem queos paisnâose encontram comos seusfilhoso que é que lhespodemdar a nãoser unsquantoseuros?",perguntouo presidente da ComissáoEpiscopatdaMissãoe NovaEvangelizaçâo.


Bispo do Forto lembra actualldade e urgência da evangelização Retomar os princípios do Evangelho e vivê-iosno dia-a-dia é o convitede D. ManuelClementeaoscatolícosquedevenrentregar-se ao quesharnade "quinta evangelização'. "A novaevangelização, afinalde contas,consistee consistirá em retomaraquiloque é própriona vidada igrqa,ou seja,que de temposa temposse retome tambérn o Evangelho naquiloqueeletenrde maisorigrnai e que,por e especíÍico vezes,se diluium tanto.Juigoqrreã nüvaevangelização é a quintae tem que quaresrnal, súmaio melhordasouti-as Íaciaç'.disçe,Nestamensagem o Bispo "Sãotão nsvosos do Portolembraa actualidade e a urgênciada evangeiização. - depaisde umcertosobressaito princfpios qüea nos"sa do Evangeiho tendência * é outravez traixarès coisascorrentes, rnasnãochega.O fulcroserãoas nosquesãoas duasatitudes sascornunidades cristãs,rïas quese traduzerll naquilc.n essenciais de Cristo:lou,rofe missão". Anaffabetisn'ro Religioso rÌã nossa Faróquia? parâ BentoXVI afìrrnouha.ieem RornaE,Jeos católicosdevemempenhar-se "superaraãnalfabetisma queciassrfcou prob{ernas religioso" cnmoum dosmaiares da sociedadeatual.A Papaçenirpua sua refrexãçnasieiturasbíbfr'casproferidas na celebnção,afirnandoque Deus"fiãoquera morte,rnasâ vida"e que cada pessoaestá"no coração"desseínesmÕDeus,que ofereceuo seufìlttcJesusâ "Ninguémnospoderâseparardo seuímensaarnaf, declar*u.Bento humanidade. XVt falouaindade urna"estrcdade amar luminosoeue venseas Íreyas",através do dam totaide srsrne-çrnc. Ao ler estaspaiavrasem ql;e o Fapacondenao a,qaifabetisrno religiosoe a penseina realidaCe necessidade da luz de tristo pâÍaa vidados hon'lens, das paróquias de que sou párclco. Foibomveralgumas dezenas de pessoas empenhadas emacompanhara Sepassada. quedeixararn duraniea sernana manaBibiica, Esposas, mães,maridos a casaparabuscarmaisconhecimentos e alimentoespiritual. Lamentonoentanto, quetantosoutrosparoquianos. a quema iniciativa tarnbémse destinavatenham ficadode fora: leigosligadosaos movimentos, especialmente os maisjovens, que pretendemrecebero Crismaesteano,tantos os crismandos catequistas, outrosquedeveriamestarna primeiralinhana buscada formaçãoe crescimento Alguempodedaro quenãotem?E o exemploquedamosaosoutros? espiritual. Continuemos a dedicar-nos ao folclorereligioso.A casamentos, baptismos e funerais,sem formaçáonemfé! Limitemo-nos a mandarcelebrarMissase a pelosdefuntos, nelasparticipar verse elasfazemo milagrede salvaros defuntos o desrespeito contraa sua vontade,porquedurantea vidao comodismo, e os próprios impedemde aderirás propostasdos pastoresque podem interesses o caminho do Céu! indicar-nos


Boletim Nº 161