Issuu on Google+

,&

ALil'4rf{ïA-S[ ilA PALAVRA AIü|ïI.JA F r a d e l o s / V i l a r i n i r cd a s C a n r b a s f , J o1 5 6 - 0 5 F e v e r e r i - o2 0 1 2 Responsabilidade: Pe. Delfim .Afonso,slnni teixeiraaíonso@sapo.ptTlm.918548504; Teleí.1Fax2524933:19

6o Donningo CoilÌurn - Í 2 Fevere;ro 1* l*eit"Lev 13, 1-2.44-46 O Senherfaloua Moisese a.AãrãCI. SalrnoResponsorial:3Í Soisa meu refugio,Senhcr,dai-rne a alegriada vossasalvaçãa. 2a Leit. í Cor 10, 3{ - 11,1 lrrnãos:Quer comais,quer bebais, ou façaisqualqueíoutracoisa,fazei turlo para Gloriade Deus.

I

I

I

I

Evang. ÍUlc1,4045 Jesus, compadecido,estendeu a mão. tocor.r-lhe e disse: "Quero: Íìca limpo".

UI1IE POVO QIJE PRODUZA FRTITOS A primeiraieituraapresenia-nosã legislaçãoque definiaa fornratJetsaiar com os leprosos.lmpressicnacorno,a partlrde uma inragerndeturpadade derdiscriminação Deus, os hornenssão capazescieirrventãrrÌìêcâr",ismcrs e de rejeiçãoem nome de Deus. A segundaleituraccnvidaos cristãosa terem oomo prioridadea gloriade Deuse o serviçodos irmãos.O exemplosupremodeve ser o de Cristo,que do Pai e fez da sua vida viveu na obediênciaincondicionalaos pro.lectos um dom de amor,ao serviçoda libertaçãodos homens. O Evangelhodiz-nos que, em Jesus, Deus desce ao enrcontrodos seus filhos vítimas da rejeição e da exclusão, compadece-Seda sua miséria, estende-lhesa mão com amor, liberta-osdos seus sofrimentos,convida-os a integrara comunidadedo "Reino".Deus não pactuacom a discriminação e denuncia como contráriosaos seus projectostodos os mecanismosde opressãodos irmãos.


CALINDARIC}DÀSÇElsf]&'eÇOss S E G . 6 , S . P a u l oM i k i e c o m p a n h e i r a s , l{a Capela de N. Sra. das l$eves 18h30Rosário. Í9h Eucaristia Ad Mentem I etreftae esposa AdelinoGrirtçaives Joequir*Araúja Couto, f?)nÍiliae Celesiin* Veloso JoaquinrAzevedcrCruz. mâe e esplsa Joaquirnire:'eirada SjilvaXãvicrç soqrüs LaurentinoGc.nçalvesSiiva MarruelCurtinhas Maiceiinoe fifhc Mar!ailda Pereira,p;.rise iarrtilia Virgiliroos SanïosMartrrrse ranrÍlia TER. 7, Cinco Chagas do Senhor,

e rnaridc Eva CarneiraC)irveira d* Joaurlinr SiivaCarnpose fanilia losÉÂr.;gusloAraCaCa:v;,rlho ValeniictFerreirada íi<lsia SËX. 10, ,5.Escctástica, tr8h30Rosário, 19h Eucaristia Aci foleritenr AiÍreocF.ive*.Azevedo e fiilra JoaquimCostae Srlvae Í;rrnílra JoaquineRosa da SiÍvae iamília lúanuelFerriandesda Costae Silçae espo-<ã tv'!anuel Ferrq:irc da Srlva MariaÂlice Costa Ruas e farailia PalnriraR,-rsaciaíJostae fiiho

18h3{,1 Rosár.io,19h Eucai'istia AtjelinaAzevedcCarneiroOliveirae maridoi 19.30ftAdoração Ëucaristlca DeolinrJaAugr.'staAzeve<Íoe pais SÁ8. 1í, N. Sra- cle Lurdes, Etvirada Ccsta Santos e lamília 18"15hRosârio. 19h Eucaristia JoaquimCostae Silvae familia AgostinhoDiasCcs Santos Reis,paise sogÍos ..loaquirn Ana Santos e $á e súgi'os JcsÉ iìcnçaives Ca Cqsla e esposa DelfimPereiraAraú1r: e espcsa Júiiada Siluatdarlinse rnariCo FrancrscccieAssrsXavier fuìarìe AiiceFeireirade Aimr:i<Ja e fan'iÍiia .iaselinoFerrr:il:a da CruzLqureilçe t'r+ra Maria Ca C1sta [:errei!.a.r,i-rarido e filhç tlon:eri .iosÉ: de A.lmeida e cuniradoicaJoaquirn quirnOliveire MárioAgcstinhoCarvaÌhosa lainilia Q U A . 8 , S " i e r o n i m o E m i ì i a n oe S . J o s e f i - Varia OtiiiEdos SantosCarnerroc '!9h Ëucaristia Pais e sogrosde íúária i/eiçso na Bakhita, 18h30Rosário, Ac. Gr. S. Bentoe N. Sra. Fátirna DOM. '!2, Sh Fucaristia Ac. Gr. S. Cristóvãoe Sta. Rila Acjelinoda Silva Rerse espcsa Ad Mentem AdelinoSá Camoose Íamília AdelinaCai'neiroOliveíra AlmerindaF{osa,maridoe Íilha Adélio Pereirada Silva,esposae filha CamiloXavier e ÍìlhoJoaouim DeolindaGomes SousaAraújoe marido JoaquimGonçalvesdos Santose esposa Manuelda Silva Feneira,esposae genro JoaquirnJosé Gomes Carneiroe máe ManuelSilva Santos Lino dos SantosAzevedoe íamÍlia Maria de OliveiraReis e marido Maria José Lopes Correia,maridoe Íìlho QUl. 9, 18h30Rosário, í9h Eucaristia Raulinoda Silva Barbosae esposa . CelesúinòFerrêiràVehSq filtio e,nbto' 1íh Eucaristia Paulo


&-GElUnA Alendimento I cartório - Quarta-feira:15-18h.Sálrado9-1C1.30h. ConÍissÕes- O Pe. Hor"ácio atendena ïer,;a-feira,a partirdasr18h.ü pe. Deifinn aten'Jena Sexta-Íeira, das 17 às i9h Festa da Eucaristia {Primeira Oornunhãc}- Como avìsacjono anteriorboleilm será no dia 3 de ..!unho. ern tradelos e e dia "!CI em Vilarinhc,pãri'ã ãs cri;r'rçasque na aitura se eneontrarempreparadaspara o efeito Serão tq:dars? podenrl*var;tat na saaì;;tia, Conselho Pastoral Paroquial- Esteíim-de-semana no dia 17. às Ílill a aEendade trabalhospâraa reuniãoe realio-ar Preparação paÍa ê Crisma - üs ãdülescentescue írequenta;n*'l ü$ arr,i 'ie catequese e os adultos com mais Ce 21 anos ia inscritosierrlç,u;r-:s!"ii:()r'rirí-l r:{-} Sìábado. dia 18. as 20h. Ëncontro Arciprestal para Consellros üçonómicos e tcrrselhos í3ast,i:rrais Faroquiais - vai asontecereÍïì Farnelicãoni: dra 25 de Fever"errc. às ?.i.15fi Semanade FsrmaÇãoBÍblica - Tema.A Cir:aresma à Luz cjaÊliblia" Varrealizar-se na semanaque vai desde 2'l de Favereiroaté 2 de Março,das 21" ;is ?l.3üh Marquejá na sua agendaeste impclÍtãnte ntcrnentode refiexão,pãra avivirrern si para as a consciêriciadesse tempo preciosoque é a Quaresrna,eín p,reparaçáo FestasPascats.Esperoque todas as pesscasenvolvidasern gruposapostóiícers. movimentcse muitosoutrossintama necessrdade de participar. Aproveitepara fazer missãocon'ridancjo algutimda sua casa, da sua rua ou das suas relações para participar,pois a urgéncia de ícrrnação entre es c:'istaicsé enorme.Lá estaÍemos. Çontribuiçãoanualdecada fam:liaparaa Paroquia:"DireitosFar*qr:ias""Cllnc: vem sendo habitua!,nr; prórirircr fim de-:rernane, :crdãgas farníii;:nleq:t;:erãcãri, para podereiï re enveiope enlrcqaicürn o spec'rivtr etrualpar;; casã L!ín contiiLuiç-r as despesasda paroquia.espe*ralnrenieË,arão que d:e respeitoi; c*ntribrriÇáo oue a Paroquiadá a quem nela trabaiha.Oi:rig:dr:peia coiab<.'íaÇàr-. Cinco sacerdotes presos na Chins - Cinc,osacerdotesda ciencrlinrda"rgle.;* clandestina"(lgrejaque se nraniémfiel ao Papa e não perten*entesà ÍgreiaF*peiasautoridadeschinesas),da dioceseCe Suivuan{Hohhot). triotrca,controlacia na Mcngoliainterior,foram presospela políciaa 30 de Janeirc.De asordocom fontes eclesÌásticas,citadas pela agèrrciaUcanews,as prisÕesÕcorreramem Eienhot,cidadeproximada fronteiracom a ÍtlongoliaAparentemente, haviam-se reunidoao anoitecerna casa de um fiel,para discutirassuntosparoquiais.Nesse momento,uns trintapoliciaise funcionáriosinvadiramo locale levarannos cinco sacerdotes.As autoridadesnão deram qualquer explicaçãoquanto à razão das prisões,dizem fontes locais,e os lideres leigos das comunidadesafectadastêm chamadoos fiéis a rezaÍ pelo rápido retornodos seus sacerdotes. Passeios.25 de Fevereiroa Sangalhose Curia;31 de Marçoa Santiagode Compostela. Csntactar: Alice Azevedo, tel 252458052 au 939444202


lgreia precisa de testenrunho dcis religiosos rJaComissãoËpiscopaldasVocaçÕes e Mir-risterios O presidente iCHVM)afirrncri rje institutcr. que a lgrejaCatolicaÍernun:a"necessidadeimperiosa'Cosrne-rmbr-*s religiosospa!-a"evançeiirarc mundo" "Ne Eui"opaou nos cutroscontinentes*m teÍnp]osrernr:tr:sou nos Ìernposnrais da lgre;a". proximos,os consagrêdosccnstituema grandeÍoça evangelizadora para mençagern a Sernana do na bispo de Cnimi:ra. escreveD Virgílio.Antunes. 2ü12,que decorreaté Dr:rnlngc. ConsagiarJo Segundoeste responsável,a prãs€ni:ade refigiosose reilgiosas,"tanio nc) produetusei'npre"írutcs apcstóíicos", silencioda clausuraccrno ncs dinanrisrne;s cie evangeiizaçâc". "A lgrga tem, por isso,muitoâ espeÍarda vida consãgrada,nestútsmpo ëm indica na acçãcevangelizaclora". que urgÊLlmnovogrdoÌ'eürfianovãn:etodologia p'úblieo pa:"4 tr:riaa o prelado.Os religiosose relÌgrosasasãumemurÍÌcompromissr vivendoerncontunidade vida,atravèsdosvatcsde pobreza.castidadee obediência, radicalde Cristo",c presidenteda CIEVMdiz que aos Falandonum "seguimento que optarampelavida consagradacompete"um estilode vida abertoaos outros". "O seu arnorpartillradoenl gestosquotidianosde caríciade íevaa marcailtconque que rnorreu por aqueles ama",assinala. fundivele inegáve!do Filhode Deus O bispode Coimbrarecordaque Êsteano a celebraçâoda Sernanado Consafrisando gradoacontece50 anos aposo iníciodo ConcílioVaticanoll {1962-1965), que "tociaa lgrejaé miesionária e se alegrapor levaro Evangelhoao niundo" Segundoos últimosdadosdlvulgaoospeloVaticano,existernem Portuga!972 padrespertencentes cievidaconsagrada,3lTreiigiosose 5695retigicsas a insututos D. VirgiiioAntunesdeixavotosde que se "dê a conheceresta vccaçáccomo de comunhãocom Crtsto*nt partelntegranteda vida da lgrej'à,rnei+privilegiado do riiundo". orriemà evangelização Os institutosreligiososrJalgrelaCatolicaerrrterritcrroportuguêscelebranrpelo terceiroano consecutivoa Semanada Consagrado,qt.rese inicioueste []oirringo 'A A iniciativatenrccrnoierna VidaConsagradano coraçãoda Ëvengelìzaçâo' , dos InsiitutosReiigiosos da Conferência anunciaa irmãLucíliaGaspar,presiciente de Portugal(CIRP),na apresentaçãodesta semana,disponiveina lilternetem rado2012. www ecclesia.pUsemanadoconsag ln. Ecciesia Recordoque a nossa paroquiaestá confiada a umâ CongregaçãoReligíosa, a CompanhiaMissionáriade Maria(smm).O que significaque os sacerdotesque aquitrabalhamnão dependenrdirectamentena vida pessoaldo BispoDiocesano, mas do SuperiorGeralda Congregação,com sede Geralem Roma,e do Superior local em Fortugal, com sede em Fátima. Esta CongregaçãoMissionáriaa que pertencemosfoi fundadaem Françapor S. LuÍs Mariade Montfort,canonizadoem 1947,e chegou a Portugalhá várias décadasatravésde sacerdotesholandeses. lnlploroa oraçãodos paroquianosparãesÌa t1òssdCongregaçãoem Portugale paraque sur.jamjovensdispostosa abraçaresta causamissionáriapelo Evangelho.


Boletim Nº 156