Page 1

AIG|ìEJA ALII',|ENTA.SE DAPALAVRA Fradelos/Vilarinho das Cambas No 146 - 1il Novembro2011 Responsabilidade: Pe. Delfim Afonso,smm pt Tlm. 9 18548504; Telef./Fax252493339 teixeiraafonso@sapo.

Solenidade de Jesus Cristo, Rei do Universo - 20 Novembro 1aLeit. Ez 34, 11-12.15-17 Eis o que Diz o Senhor Deus: "Eu próprio irei em busca das minhas ovelhase hei-deencontrá-la$". Safmo Responsorial:22 O Senhor é meu pastor: nada me faltará. 2' Leit. I Cor 15, 20-26.28 Depois será o Íim, quando Cristo entregaro reino a Deus seu Pai. Evang. Mt 25, Í4-30 Em verdade vos r1ígo:Quantas vezes deixastes de o fazer a um dosmeus irrnãosmaispequeninos, tambérna Mim o deixastesde fazer.

"Vinde, benditos de meu Pai""

UM POVO QUE PRODUZAFRUTOS profetizando A intençãode Jesusao proferirestediscurso(Evangelho), o futurofinal,nãoeradescrever os últimosacontecimentos em si. O ensinamentodo discursonãotemporalvoos acontecimentos extraordinários dos participante últimosdias.Jesus,comofilhodo seutempoe da mentalidade da suaépoca,tem-nosem contae partedelesparainculcarnoshomensa preparaçãoparasuperarem,com êxito,a provaçãofinal.Prenecessária tende,ao mesmotempo,realçaro significadocentralda sua pessoa.Os homensserãojulgadospelaatitudeque tiveremparacom Ele. A sentençadefrnitivabaseia-senos motivosde serviçocaritativoprestado Jesusquer realçara importânciapreponderante ao próximonecessitado. quetemparaEleo preceitodo amor,postoem práticaprecisamente através das obras.As obrasenunciadas têm o méritode ser feitasaos irmãosem nomedo próprioJesus.


ÇAI'NDÁgro DAS CEI-EBRAçOLS SEG.14,í8.30h Rosário,19hEucaristia DeolindaAugustaAzevedo e Cândido Ac. Gr. Beata Alexandrina e Nossa Ferreira Deolindados Santos Carneiroe Senhora marido Ad Mentem DeolindaMaríada Costa e filho Ana Santos e Sá JoaquimAlves da Silva e famitia Antonio Costa Ferreira Augusto Veioso de Araújo, espose e JoaquimArnaldo MartinsSilva ManuelAntónioMoreirados Santos e genro Manuel

JoaquimAzevedoSilva iesposa JoaquimOliveiraSilvaFonsecae mãe i MariaJoséSoutoRibeiro

Joaquim Pereirada Silva Xavier e neta Pe. José HermínioMarinhoPintoe Joaquina Ferreira dos Santos e genro família ValentimFerreirada Costa Adelino Josè do Jerónimoe esposa QUl. 17, Sta. lsabel da Hungria, José Maria dos Santos Martinse filhos Í8-30h Rosário, 19h Eucaristia Ad Mentem Júliada SilvaMartins Júlia GonçalvesSilva,maridoe filhos AlexandrinaRosa da Costae Silva MariaAntóniaAzevedoMoreirae marido AlziraAlice Loureiro Maria de FátimaCosta e Silva e sogros FlorindaSilva Pereira,maridoe filha JaselinoLoureiroe família MariaDias dos Santos TER. 15, Sto. Alberto Magno, 18.30h Joaquimda SilvaVila Neva,filhose esposa Rosário, 19h Eucaristia JoaquimFernandese farnília Ad Mentern José DominguesAzevedoCosta AdelinaSilva Pereirae marido ManuelDuarte AdelinoGonçalvesFerreirae esposa Mariade LurdesSilvaGomes,filha AntónioAraújoe família Elisabetee Íamília ArménioMacedo,frlhoe neto SEX. 18, Dedicação das Basílicas de Armindade Azevedoe Silva Fedro e S. Paulo, í8h, Adoração S. FernandoSilvaFerreira Eucarística e vésperas,19h Eucaristia ldalinoGonçalvese mãe Ad Mentem Joaquimda CostaGonçalvese família Joaquinada CostaGonçalvese família Ana da ConceiçãoË.Tão Cirne, maridoe filho José Pinto, José Torrese Joaquím Ana Domingues Azevedoe família Pinto Alberto Carlos Aze. Silvapaise sogros MarinhoPintoe ManuelJoaquim JorgeRicardoOliveiraAzevedoe família bisavós MariaAzevedo Costa. maridoe filha ManuelAntónioSousaAzevedo Rosina Peniche,maridoe famflia MariaBelémdos Santose Silvae pai ZulmiraAzevedo Costa e marido QUA. 16, Sta. Margarida da Escócia e Sta. Gertrudes, 18.30h Rosário, 19h Eucaristia Ad Mentem Camilo MirandaGonçalvese iamília CelestinoSilvaAzevedo,filha e genro

MariaCanilhas e marido Mariada SilvaLemos,maridoe genro VenturaGomesFeneira,esposae filho SÁ8.í9, í8.15hRosário,Í9h Eucaristia DOM.20,8hEucaristia ííh Eucaristia


AGflNDA Sacramento da Reconciliação: o pe. Horácio atende em confissãona Quinta-feira,das 18h ate à hora da Eucaristia. Atendimento - Sexta-feira:14h-18h.Sábado 9-10.30h. Encontro para Pais e Padrinhos - Todosos pais e padrinhosque têm criançaspara bap tizar durante os rneses de Novembro e Dezembro terão o encontro de preparação para o efeilo no Sábado,dia 20, às 17h. Obrigadopela atenção. Noivos que pretendem celebrara Matrimónio em 2A12I CPM - Os jovens que pretendern celebraro rnalrimónioao longo do próximoano ou, pelo menos,pondeÍamessa hipótese, quertenhamou nâo o casamentomarcado,devem inscrever-separaos encÕntrosde preparaçãoque a lgreja lhes oferece.Os encontrosde preparaçãoCFM decorrerãoao Domingo à tarde,entre os dias 22 de Janeiroe 11 de Março.As inscriçõespara arparticipaçãodevem ser feitas no cartórioate ao fim de Dezembro. Festa das Famílias - Decorrerá,como se disse,no dia I de DezembroAos casaisjubilados, os que celebram 1 ano, 25 ou 50 anos, a Paróquiaoferece o almoço nesse dia. Para tal, os casais devem inscrever-se.Se, por acãso, algum desses jubilados não pode almoçar, gostaríamosna mesma de os ter connoscona celebraçãoda Eucari:itiaàs 11h. Para tal, peço que se inscrevamo mais rápidopossível,no máxima alê 27 de ltlovembro.Todosos paroquianos,reunindoas suas íamilias,são convidadosa participarnessealmoço;para tal, deverão fazer a inscriçãodurante este fim-de-semanae no próximo,no Salão Paroquial, onde um casal aceitaráas inscriçõese receberáo correspondentecusto.€10 por pessoa. Intenções de Missa- Os impressosestãodisponíveis,porfavorpreencham-nos e entreguern na sactistiaou no cartóriomm as daias pretendldas.Quem tem inter,çõespara o mês de Janeiro,trate quantc antes de entregaros respectívospedidos.As intençõesserão depois mafcâdase os duplicadosentreguesno fim de Dezembro.Quem puder,maÍque todas as missaspossíveispara os dias de semana.Parliciparna Eucaristiaao l'irn-de-semana é um dever de amor para quantosamam a Deus; cada crislão,movido prelavontadede louvar a Deus,deveriaparticipar,sem ser paía rezaÍ por defuntos,na Eucaristiaao Íìm-de-semana. Se querem aplicarêssa Eucaristiapelos deÍuntos,então devem participarem duas Eucaristias,uma pelo defuntoe outra pela respeclivapessoa,que amandoa Deus gratuitamente O desejalouvar sem ser em modo interessado,por isto ou por aquilo. Compromisso dos membros dos grupos Apostólicos e Movimentos - Decidiramque se fará no Domingode Cristo Rei, dia 20, na Eucaristiadas 11h. Só tem sentidose todos os Movimentosse empenharem em estar presentes e assumirem com verdade esse compromissode servir e não de ser servidos, em comunhão com o Pastor da Arquidiocese o Sr. Arcebispo e o Pároco. Pedimos a todas essaspessoas para estarem presentes, em grupo, nos lugares da frente que lhes serão destinados. Com essa €lebração, façamos uma festa de Comunidade, na quel os vários Movimentos e grupos Apostólicos têm uma especialresponsabilidade.


Em vez de flores... "O Diáriodo Minho"de Domingopublícava,na página27, aparticipaçãode Íalecimentode José Malheirode Castro MirandaOliveirae o dia e hora do funeral.No fim, inseriaa segurntenota: "por vontadeexpressado falecido,a famíliaagradece que náo sejam oferecidasflorese, se assim entenderem,que o valor das mesmas seja entregueem instituiçõesde caridade", lsto vern mesrnoa calhar para o Dia de Fiéis Defuntos,que se aproxima,pensei eu. Cobrem-se as campas de flores. Será a melhor forma de homenageare de sufragaros mortos? Estou persuadidode que, entre a deposiçãode flores e a práticada caridade,é preferívelesta. Não sei se com as outras pessoas aconteceo mesmo, mas a verdade é que a memoria dos mortos me acompanha.No espaço que habito,tenho fotografÌas doentio,embora às vezes suas ern quantoé sítio.Não por um sentimentalismo as lágiimas me rclem pela face, mas sobretudopor um inesquecívelsentimerrto de gratidão.E é isso que me leva todos os anos, por esta altura, ao cernitéricde Gondar,onde foram colocadosos restos mortaisdos meus familiaresque me estão mais próximos.Vou lá dizerìhes que os não esqueço.Que procuroser digno deles.Que lhes estou muitogÍato por tudo quantofizerampor mim. Que têm urn espaçona minhaoração diária.Que acreditono valor da Oraçâo,onde ocupa lugar primordiala Eucaristia;da Penitência,expressano cuidadosocumprimentodos deveresde cada um; da esmola,concretizadanas diversasformasde caridade, oferecidasem favordos que já partirampara o outro lado que a vida tem. Sim, que, de harmoniacom a fé que professo,morrer não é acabar.A morte é simplesmentea curva da estrada.Morreré tão só deixarde se visto,diz-senum textoairibuídoa FernandoPessoa. Como proclamo,pelo menosao Dorningo,na Profissãode Fe, creio na ressurque há-devir. reiçãodos mortose na vrdado muncJo ''Creiona vida errrDeus,que a Deus regíessa; Creio no Dia,semprematutino, E não comoo do sol:ora menino. Lcgo de encontroá noite onde tropeça" Assim escíeveuCorreiade Oliveiraem "saudadeNossa" a sua forma de reagir,o seu modo de se Cada um tem a sua sensibilidade, expressar,que respeito.Mas que não gosto de os cemitériosconvertidosnuma espéciede feira de vaidades,lá isso não gosto. O amor que dedico aos que partiramleva-memaisà lgrejaou a um localondepossaestar recolhido(em oração) do que ao cemitério. Não me parece bem que o respeitopara com os mortos se limite a um dia (ou umas horas) por ano. Merecem muito mais. Bom seria que, onde se perdeu, se retomeem todasas famíliascristâso hábitodiárioda oraçãofamiliar.E que, nesse momento,haja uma prece especialpelos que partiram. Tambémtem a sua função pedagógica.Leva as geraçÕesmais novas a tomarem consciênciade que são um elo de uma cadeia.De que estão a beneficiardo que outros fizeram, às vezes com muito esforço. E é da mais elementarjustiça dar-lhescontinuidade. SilvaAraújo ln: Diáio do Minho, 27 Outubro 2011

Boletim Nº 146  

12 de Novembro de 2011