Page 1

Blog de Inaldo Sampaio - PE 26/12/2012 - 15:27 Política

Prefeito de Jaboatão não ficou com raiva por ter sido preterido para a vaga de vice Elias se elegeu prefeito em 2008 com apoio de apenas quatro partidos: PMDB, PSDB, DEM e PPS Inaldo Sampaio Divulgação

O ex-vice de Jaboatão e atual prefeito Edir Pinto Peres (PPS) disse hoje à Rádio Folha que não guarda mágoa do ex e futuro prefeito Elias Gomes (PSDB) por não ter sido mantido na chapa como seu vice nas eleições de outubro passado. Ele reconhece que o prefeito precisou da vaga para acomodar o PSB, que foi para a chapa majoritária após “sacrificar” a candidatura do deputado estadual João Fernando Coutinho (PSB). Elias se elegeu prefeito em 2008 com apoio de apenas quatro partidos: PMDB, PSDB, DEM e PPS. Este último indicou o vice da chapa que foi justamente Edir Pires Peres. Semana passada, para prestar uma homenagem ao seu vice, Elias renunciou ao mandato para que possa receber a faixa nas mãos dele no próximo dia 1º de janeiro. Edir Pinto Peres continuará na equipe do futuro prefeito como Controlador Municipal.

Folha de Pernambuco Digital - PE 26/12/2012 - 15:59 Cidades

Sertão terá mais dois novos aeródromos Terminal do arquipélago será o primeiro a passar por intervenções em sua estrutura. Já em janeiro, serão iniciadas as obras para a ampliação da pista do aeródromo de Fernando de Noronha Kleber Nunes O ano de 2013 promete ser decisivo para o desenvolvimento das cidades do Interior. Isso porque, além dos investimentos do Governo Federal nos chamados aeródromos ou aeroportos regionais, o Estado está tentando acelerar a construção de novos terminais e preparando uma lei para estimular a competição da aviação nesses municípios. Até maio, a Secretaria de Transportes de Pernambuco espera ter o terreno para a construção de um aeródromo em Salgueiro, Sertão do Estado. A Agência de Desenvolvimento de Pernambuco (AD Diper) já iniciou a desapropriação da área que fica junto à plataforma logística da cidade. Também será feito o aeroporto regional no município de Arcoverde, que junto com os do Recife, Fernando de Noronha, Caruaru, Serra Talhada, Garanhuns, Araripina e Afogados da Ingazeira receberão investimentos da União.


O terminal do arquipélago será o primeiro a passar por intervenções em sua estrutura. Já em janeiro, serão iniciadas as obras para a ampliação da pista do aeródromo de Fernando de Noronha. Além disso, a secretaria aguarda a aprovação do projeto de reforma do terminal de passageiros do aeroporto. A obra está estimada em R$ 5 milhões e só está aguardando a aprovação do Comando Aéreo Regional do Recife, para ser aberto à licitação. No primeiro semestre de 2013, a Assembleia Legislativa deve receber um projeto de lei que prevê a desoneração tributária no combustível das aeronaves que operarem nos aeroportos regionais. “É como fazemos com o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) para a captação de indústrias. A lei vai garantir que um posto de tancagem em Serra Talhada, por exemplo, possa ter um custo de combustível que se tem no Recife”, explicou o secretário de Transportes, Isaltino Nascimento. Para ele o estímulo e o desenvolvimento dos aeródromos é estratégico para a economia de Pernambuco. “Os aeroportos ajudarão a aprimorar o desenvolvimento nas cidades polos e nos municípios próximos”.

JC Online - PE 26/12/2012 - 16:24 Política

Mais avanços, mais Metropolitana Sul

desafios

nos

municípios

da

Região

No terceiro dia da série do JC sobre os desafios dos prefeitos eleitos e reeleitos do Grande Recife, a reportagem mostra as principais dificuldades das cidades da Região Metropolitana Sul Eduardo Machado Divulgação

Carlos Santana é prefeito de Ipojuca

O Produto Interno Bruto bilionário de Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes e Cabo de Santo Agostinho não impede que essas três cidades tenham problemas semelhantes a Moreno, com um PIB bem mais modesto. Os moradores dos quatro municípios da área sul da Região Metropolitana do Recife viram o desemprego cair e a renda aumentar nos últimos anos, mas os avanços sociais ainda estão longe

de alcançar a maioria. Para o prefeito eleito de Ipojuca, Carlos Santana (PSDB), a saúde é a questão mais urgente a ser equacionada no município. Santana é deputado estadual atualmente e já governou Ipojuca outras três vezes. O tucano diz que vai focalizar seus esforços na recomposição da rede hospitalar da prefeitura. “Vamos recuperar os três hospitais (Centro, Camela e Nossa Senhora do Ó), reabrir a maternidade, instalar três Upinhas e redistribuir os postos do Programa de Saúde da Família. Como a área rural do município é muito grande, provavelmente deveremos ampliar o número de PSFs”, avaliou o prefeito eleito de Ipojuca. Reeleito, o prefeito Elias Gomes (PSDB) pretende concluir a sistematização do plano de mobilidade de Jaboatão. “Na gestão atual, fizemos algumas intervenções que já melhoraram o trânsito em Jaboatão Centro e em Piedade. Temos um diagnóstico sobre esse tema e faremos outras mudanças a partir do ano que vem”, assegurou Elias Gomes. INTEGRAÇÃO - Elias Gomes destacou ainda que pretende investir em projetos integrados com os municípios vizinhos. “Estamos concluindo o processo de engorda da nossa faixa de praia. Está prevista nessa intervenção uma ciclovia que será conectada às ciclovias da Avenida Boa Viagem e da Praia do Paiva. Com isso, as pessoas poderão ir com segurança do Pina (no Recife) até Itapuama (no Cabo) de bicicleta”, explicou o prefeito. Para equalizar a ausência crônica de saneamento básico em Jaboatão, o prefeito optou pela parceria público-privada proposta pela Compesa. “Nos próximos quatro anos queremos atingir 30% da cidade saneada.”


Em Moreno, a prioridade do prefeito Adilson Gomes Filho (PSB) será melhorar a oferta de transporte público para a população. As deficiências são apontadas pela população tanto para circular dentro da cidade, quanto para chegar a outros pontos da Região Metropolitana do Recife. “A integração hoje é com o sistema de Jaboatão dos Guararapes. Isso aumenta a quantidade de baldeações que as pessoas precisam fazer para atingir seus destinos. Por outro lado, há no município uma dependência do transporte alternativo. Vamos organizar essas Kombis, vans e motos para elevar a qualidade do serviço prestado”, prometeu o prefeito eleito. Já para o transporte intermunicipal, Adilson Gomes aposta em novas concessões para que mais empresas possam oferecer opções à população. “Essa foi uma das questões mais recorrentes durante o período de campanha”, finalizou. O prefeito eleito do Cabo de Santo Agostinho, Vado da Farmácia (PSB), não foi localizado para falar sobre sua expectativa para a gestão de 2013 a 2016.

Diario de Pernambuco - PE 27/12/2012 - 07:33 Colunas

Diario Político Marisa Gibson Lafepe Ainda sem data marcada, o deputado Daniel Coelho (PSDB) já tem aprovada para o início do próximo ano legislativo a realização de audiência pública sobre a crise do Lafepe. Há muitas queixas da população sobre a falta de medicametos nas farmácias.

Diario de Pernambuco - PE 27/12/2012 - 07:21 Economia

GNV deve ser mais barato em 2013 Combustível terá isenção de ICMS, em projeto do governo enviado para a Assembleia Mirella Falcão Fábio

Cortez

Diante do anúncio de novos reajustes da gasolina e dos altos preços do etanol, um alento para o consumidor em 2013: o Gás Natural Veicular (GNV) será isento da alíquota de 17% do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). O projeto do governo do estado já foi Quando isenção encaminhado à Assembleia Legislativa para votação. Quando entrar valer, o preço do em vigor, o preço do metro cúbico do combustível deverá cair nas metro cúbico do bombas de R$ 1,69 para R$ 1,50. Estima-se que há uma frota de 40 mil combustível deverá veículos rodando a gás no estado. Para incentivar novas conversões, a cair nas bombas de Companhia Pernambucana de Gás (Copergás) vai reeditar campanha R$ 1,69 para R$ que oferece subsídio de R$ 500 na instalação dos cilindros nos veículos. 1,50 O presidente da Copergás, Aldo Guedes, conta que inicialmente o projeto só iria beneficiar os taxistas. “Mas fizemos a proposta para o governo do estado ampliar


para todos os consumidores e ela foi aceita. Com a isenção do imposto, o preço do GNV vai ficar ainda mais competitivo. Isso também está inserido no conceito de sustentabilidade pretendido para a Copa”, relata ele. A expectativa da companhia é elevar o consumo do GNV em 25% através desta medida. “Hoje o consumo veicular corresponde a 15% do nosso mercado não-térmico, com um volume de 165 mil metros cúbicos. Queremos voltar aos patamares de consumo antes da crise de 2008, quando foi priorizado o abastecimento do gás para a geração térmica. Nesta época, o veicular tinha um consumo de 205 mil metros cúbicos. Hoje, não temos mais problema com a oferta de gás natural”, destaca o presidente. Segundo ele, a previsão é que a lei entre em vigor em janeiro. A Copergás também vai continuar oferecendo o subsídio de R$ 500 na conversão dos veículos a gás. A relação das empresas instaladoras credenciadas à campanha está no site da empresa (www.copergas.com.br). Outro segmento que a companhia pretende atacar em 2013 é o residencial. Em 2012, o número de consumidores subiu de 6 mil para 10 mil e, segundo a companhia, existem 8 mil clientes cadastrados aguardando a ampliação da rede para serem atendidos pela empresa. “Nossa meta é crescer a quantidade de clientes em 40%, fechando 2013 com 15 mil unidades residenciais”, diz Guedes. Para isso, a companhia vai investir cerca de R$ 9 milhões na ampliação da rede na Zona Sul e na Zona Norte. “Já atendemos do Paiva à Ilha do Leite e vamos chegar na Rua da Hora, no Espinheiro, e na Beira Rio, do estádio do Sport até a Torre”, detalha o presidente. Ao todo, a companhia vai investir R$ 39 milhões em 2013. O maior aporte será na duplicação do Ramal Norte. A obra, que tem 40 km de extensão no trecho Recife-Goiana e custo total de R$ 60 milhões, receberá R$ 23 milhões no próximo ano para ser concluída. “Nos próximos quatro anos, o consumo nesta área vai subir de 60 mil para 1 milhão de metros cúbicos diários”, comenta Guedes. Dentre os novos clientes, estão as fábricas da Companhia Brasileira de Vidros Planos (130 mil), Nissin (20 mil, com possibilidades de ampliação), Ambev (40 mil), Itaipava (40 mil), Schin (40 mil), Fiat (130 mil metros cúbicos por dia) e seus sistemistas. Ainda serão investidos R$ 3 milhões no reforço da rede de Suape e R$ 4 milhões na interiorização do gás, no município de Caruaru.

Diario de Pernambuco - PE 27/12/2012 - 08:12 Colunas

João Alberto Caras novas O PTB aposta em dois novos nomes para disputar uma cadeira de deputado federal em 2014: Sílvio Costa Filho e Zeca Cavalcanti.


Folha de Pernambuco - PE 27/12/2012 - 07:26 Economia

Governo amplia isenção de ICMS sobre GNV Benefício será expandido para toda a frota do Estado Juliana Sampaio Hesíodo Góes/Arquivo Folha

Em meados de agosto, o governador Eduardo Campos e o presidente da Companhia Pernambucana de Gás (Copergás), Aldo Guedes, anunciaram que os taxistas do Estado que tenham em seus veículos o kit de Gás Natural Veicular (GNV) iriam ganhar uma cota diária de abastecimento com isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Ontem, durante o balanço do ano da Aldo Guedes Copergás, Guedes confirmou que o benefício fiscal será expandido informou que para toda a frota de Pernambuco que utilize o GNV. expectativa é De acordo com a Secretaria da Fazenda de Pernambuco (Sefaz-PE), o aumentar as vendas em 25% percentual do tributo que incide no GNV é de 17%. A novidade deve começar a vigorar já no inicio de janeiro. A única pendência é a espera da sanção do Projeto de Lei (PL) pela Assembleia Legislativa (Alepe), o que, segundo o presidente, deve acontecer nos próximos dias. Com isso, o valor do metro cúbico (m³) do combustível diminuirá dos atuais R$ 1,69 para cerca de R$ 1,50. Ou seja, um desconto de R$ 0,19 no preço da tarifa, de acordo com as estimativas da Copergás. “Estamos indo na contramão da crise do setor de combustíveis, que vem sofrendo risco de alta, como no caso da gasolina. A isenção é uma forma de incentivar o consumo de GNV no Estado, para termos uma Copa do Mundo mais sustentável”, comentou Guedes. Atualmente, Pernambuco tem uma frota de mais de 2,1 milhões de veículos tributáveis. Destes, cerca de 40 mil rodam com o kit gás. Segundo a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), em Pernambuco, existem 2.530 postos revendedores de combustíveis no Estado. De acordo com a Copergás, 70 dispõem do GNV. A medida, evidentemente, também será boa para a receita da Copergás. Isso porque a expectativa da empresa mista é aumentar as vendas em 25%, para que o saldo fique no mesmo patamar dos anos que antecederam a crise de 2008. “A nossa perspectiva é de que o consumo salte dos 165 mil m³/dia para 205 mil m³/dia”, prevê Aldo Guedes. O setor automotivo representa 14,73% do volume médico comercializado neste ano pela Copergás. Além da redução no preço, o consumidor continuará contando com o bônus no valor de R$ 500 para a conversão do cilindro. O programa funciona da seguinte maneira: o cliente instala o kit em uma das instaladoras credenciadas pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Após a regularização do equipamento junto ao Inmetro e ao Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran), o consumidor retorna à instaladora para receber o valor oferecido pela Copergás.

Folha de Pernambuco - PE 27/12/2012 - 07:34 Colunas

Fogo Cruzado Inaldo Sampaio A posse - É a humildade em pessoa o prefeito eleito de Macaparana, Paulo Barbosa (PMDB), o “Paquinha”, que após 32 anos na oposição impôs a 1ª derrota ao grupo político do deputado Maviael Cavalcanti (DEM). Ele pediu a um assessor do deputado Antonio


Moraes (PSDB), seu aliado, para fazer o discurso de posse que deverá ser, segundo sua orientação, simples e curto. A troca - Daniel Coelho (PSDB) avalia que o vereador eleito Rodrigo Vidal (PDT) não fez um bom negócio ao trocar a cadeira na Câmara Municipal do Recife pela Secretaria Executiva de Defesa dos Animais. “Ele prestaria muito mais serviços à sociedade se ficasse na Câmara”, diz o deputado tucano. Sem herdeiro - O deputado e prefeito eleito de Garanhuns, Izaías Régis (PTB), nega estar preparando uma filha para substituí-lo na Assembleia Legislativa a partir de 2015. “Graças a Deus, nenhum dos meus cinco filhos querem saber de política! Todos estão em outros ramos”, garante o parlamentar.

Jornal do Commercio - PE 27/12/2012 - 07:12 Colunas

Pinga-fogo Da Redação Poupança programada Assim como o Ministério Público e o Tribunal de Justiça, a Assembleia Legislativa também paga a parcela autônoma de equivalência salarial a parlamentares. Quem exerceu mandato entre 94 e 97 recebe por mês uma parcela de até R$ 6 mil. A indenização é calculada com base em um benefício que os deputados federais incorporaram ao salário: o auxílio-moradia. Ipojuca Carlos Santana anuncia equipe hoje. Mais da metade dos cargos será ocupado por mulheres. Entre elas, Margareth Zaponi, que foi do Estado.


Alepe Notícias - CLIPPING 27 12 2012  

Alepe Notícias - CLIPPING

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you