Page 1


O jogo da vergonha: Sporting x Benfica Decorreu no passado dia 27 de Junho, na Academia Sporting/Puma, em Alcochete, aquele que se esperava ser o jogo decisivo na atribuição do título nacional de juniores, entre o Sporting Clube de Portugal e o eterno rival Sport Lisboa e Benfica. Para ser campeão, o único resultado que interessava ao Sporting era a vitória, pois qualquer desfecho que não fosse esse daria o título aos rivais. Devido à procura elevada de bilhetes para este jogo, a direcção do Sporting Clube de Portugal decidiu montar uma bancada extra, no lado oposto à única existente no campo onde se realizou o encontro. Com as bancadas praticamente cheias (exceptuando o sector destinado aos visitantes), o encontro começou com o Sporting em busca do golo. Logo aos 2 minutos, Diogo Rosado, após excelente jogada individual e depois de tabelar com Wilson Eduardo, remata em arco ao poste, naquele que seria um golo de antologia. Na recarga, André Martins, com o guarda-redes adversário Pedro Miranda fora do lance, rematou por cima da baliza. O Sporting exerceu maior domínio, tendo sempre o jogo controlado. A equipa adversária apenas criava perigo em lances de contra-ataque ou de bola parada, sendo que num desses lances o defesa central Roderick Miranda rematou de longe, com o guardaredes leonino Victor Golas a efectuar uma excelente defesa para canto. Antes da interrupção da partida, o Sporting ainda dispôs de uma boa oportunidade para 1

inaugurar o marcador, através de um cabeceamento de Amido Baldé, que saiu ao lado da baliza encarnada. Aos 26 minutos de jogo aconteceu o momento da tarde, que infelizmente será recordado pelos piores motivos.

A claque encarnada, mais concretamente uns indivíduos que se intitulam por “não terem nome” e que, citando um agente de autoridade, “são indivíduos que têm desprezo pela vida humana”, entrou na Academia e, indo a correr para detrás de uma das balizas, foram arremessando tudo o que apanhavam para a bancada amovível onde se encontravam os adeptos sportinguistas. Estes, para se abrigarem da chuva de pedras que decorria, invadiram o relvado, o que provocou a interrupção do jogo. Para além das pedras, foi também atirada uma tocha para dentro do relvado, para além de alguns petardos. A polícia foi obrigada a disparar tiros para o ar, numa tentativa de acalmar os ânimos. De salientar que esses indivíduos pertencentes à claque adversária, antes de entrarem no recinto, já tinham deixado a sua marca no exterior da Academia, ao


vandalizarem carros que estavam estacionados à entrada da mesma. O jogo acabou por não ser reatado, sendo que ainda não há uma decisão oficial sobre o que irá acontecer.

Para já, e segundo o que tem vindo a lume na imprensa, o cenário mais previsível será a atribuição de derrota às duas equipas o que, a confirmar-se, dará o título ao Benfica. Se tal vier a suceder, este será o campeonato da vergonha e da pedrada, que poderá abrir um precedente grave: será que na próxima época, e imaginando que tudo se volta a decidir na última jornada, a claque forasteira provocará desacatos de forma a conseguir os seus objectivos (isto é, o título na secretaria)? Esperemos que a decisão não seja esta e que, pelo menos uma vez na vida, as altas instâncias que decidiram este caso sejam isentas na avaliação dos actos que ocorreram neste dia. Espera-se uma posição firme da direcção do Sporting Clube de Portugal na condução deste processo. Esperemos que não se fiquem a rir na nossa cara, mais uma vez.

2


Entrevista a Ricardo Dias 1-De onde surgiu a paixão pela modalidade? O meu irmão já jogava andebol no Clube Vela de Tavira e como o meu sempre teve ligado ao desporto eles fizeram sempre desde cedo força para praticar alguma modalidade, e como o meu irmão jogava andebol experimentei, como gostei continuei a jogar, ainda experimentei o futebol mas não me seduziu tanto, ainda fiz atletismo e voleibol escolar, ,as nada me cativou tanto como o andebol. 2-Qual o melhor jogador que já viste jogar (da modalidade)? Para mim foi o espanhol naturalizado, TALANT DUISHEBAEV era um jogador que decidia os jogos quando e como queria, tecnicamente muito bom, perto da perfeição e sabia conduzir a equipa dele a própria selecção espanhola como ninguém. 3-Qual o treinador que mais te marcou e qual o que mais admiras? O treinador que mais admiro a nível internacional é o Valero Rivera, actual seleccionador espanhol e extreinador da super equipa do Barcelona que ganhou 5 ligas dos campeões seguidas e ganhou durante muitos anos tudo em Espanha, fazer o que ele fez no Barcelona não é fácil. Em relação ao treinador que mais me marcou, todos eles me marcaram por razões diferentes, por exemplo o Prof. Hélder Leal, lançou-me na segunda divisão com 17 anos de idade numa equipa para subir á antiga 1ª divisão, naquela altura era muito mais difícil um jogador ter oportunidades de jogar mesmo que

3

fosse na 2ª divisão, hj em dia já muitos jogadores têm oportunidades de jogar na Liga muito cedo, O Prof Tomaz apostou em mim no Sporting e aprendi muito com ele, não só de andebol mas também coisas para a vida, a estes dois senhores tenho muito a agradecer, O Fran Teixeira também me marcou pela sua forma de trabalhar, isto é pela chamada Fúria Espanhola pelo espírito que ele dava á equipa e por fim e não memos importante também o Paula Faria é um treinador que não exige menos que o máximo de um atleta e isso é bom para nós porque faz-nos e obriga-nos a estar sempre a alto nível. 4-Qual o sentimento de vestir a camisola do Sporting, e mesmo assim, mesmo lutando mais que os jogadores de futebol, e tentando honrá-la, não ver por vezes o seu trabalho reconhecido, ou tão bem reconhecido? Nós lutamos o que podemos e conseguimos e tentamos sempre isso mesmo que as coisas corram mal, porque nem sempre pode correr tudo bem, em relação ao reconhecimento do trabalho, nós não ligamos muito ao reconhecimento público é claro que gostamos tal como todos gostam, mas o verdadeiro prazer que temos é o reconhecimento dos nossos colegas e das pessoas que nos apoiam, quer seja a família, os amigos ou os adeptos e isso sim faz-nos felizes, sentir que as pessoas que nos rodeiam estão felizes connosco. O sentimento de vestir a camisola eu vejo-o como um grande orgulho em poder fazer parte deste grande clube, já cá estou faz oito anos e este orgulho


de dia para dia vem sempre a crescer. 5-Como é a vida de um desportista amador/semiprofissional/profissional que não o futebol? Eu além de atleta sou estudante, aliás agora ex-estudante porque acabei o meu curso de fisioterapia, mas normalmente treinamos de manhã, vamos a casa almoçar descansamos durante a tarde e ao fim da tarde já lá estamos outra vez para treinar, á noite ou vamos ao cinema ou tomar um café com os amigos, eu além disso ainda tinha as aulas, fazia uma vida de louco para poder ir ás aulas com conseguia e fazer os trabalhos ou os exames. 6-Gosta apenas de jogar ou não perde um bom jogo de andebol na Tv? Se for um jogo internacional gosto de ver ou então se tiver uma equipa com a qual jogamos na semana a seguir gravo o jogo para poder fazer a minha análise tal como todos o devemos fazer, mas gosto mesmo é de jogar. 7-Na eliminatória frente ao Benfica o apoio dos adeptos foi enorme. Como viveram isso? Para nós foi uma alegria e entusiasmo enorme ver aquele apoio tremendo e uma onda a crescer em torno da nossa equipa e do Sporting, não tenho dúvidas em afirmar que se fossemos á final teríamos estado mais perto de vencer a final do que o Benfica, mas são coisas que acontecem tivemos a infelicidade de o golo deles ter entrado no último segundo.

8-Diferenças de José Tomáz para Paulo Faria? Há diferenças tal como há em todos os treinadores jogadores ou dirigentes porque ninguém é igual, mas vou guardar essa opinião para mim, o que eu posso dizer é que são dois dos melhores treinadores portugueses de geração diferentes, são ambos muito bons. 9-Sente o ressurgir da modalidade no clube? A modalidade sempre teve muito vida dentro do Sporting, infelizmente a situação de não haver pavilhão próprio afastou os adeptos das modalidades em geral, porque eu lembro de quando havia a nave havia pessoas e famílias que passavam o fim de semana a ver os jogos desde os iniciados ao séniores e desde ao futebol, passando pelo andebol, futsal, ténis de mesa entre outras por isso não foi só o andebol mas sim as modalidades em geral, mas sim sinto esse entusuiamo a crescer tal como sentem os meus colegas. 9-Qual a importância dos fóruns na vida de um clube? Através destes fóruns os adeptos podem comentar a vida do clube e acho que para todos é importante ainda mais para os adeptos transmitirem as suas opiniões e como sabemos Portugal é o país quem tem mais treinadores de bancada por metro quadrado e assim todos podem dar a sua opinião. 10-Sente orgulho em ver, em especial neste fórum, foristas que sabem tudo sobre a equipa, onde vocês acham que devem jogar, as vossas capacidades, em suma, sentir que vos conhecem bem e

4


que se sentem como mais um de vós? Sentimos todos, saber que as pessoas nos conhecem e sabem quem somos, ainda por cima pessoas da “nossa casa”, é muito bom mesmo. 11-Como lida com as críticas que possa encontrar nos media, fóruns, etc? Tal como os elogios nós temos também de saber lidar com a parte mais complicadas das críticas, devemos saber aceitar, porque se as pessoas fazem críticas construtivas e positivas nós devemos saber ouvir até para melhorar certos aspectos que se calhar ás vezes não vemos porque estamos muito dentro das coisas. 12-Que representa a selecção nacional para si? A selecção é o máximo da vida de um jogador, já lá estive muitas vezes mas infelizmente deixei de ser chamado, infelizmente a selecção está passar por um período complicado, porque as pessoas o quiseram complicar com muitas guerras. 13-A modalidade em Portugal, está bem e recomenda-se, ou nem por isso? Penso que a modalidade está num período de crescimento depoies de um abalo muito forte, o andebol está a melhora e recomenda-se. 14-Perderam-se anos de evolução no andebol luso com as "guerras" Liga e Federação? Perderam-se anos de evolução, perdeu-se um campeonato muito competitivo, equipas desapareceram tal como muitos jogadores, foi muito triste esta situação para todas as pessoas que

5

estavam no andebol e até para os próprios adeptos das modalidades, ninguém ficou a ganhar. 15-Propunha que desse uma breve opinião sobre estas personalidades do andebol: Paulo Faria: Não exige menos que o máximo, quer sempre os seus atletas a bom nível o que é bom. Carlos Ferreira: Um dos melhores guarda redes de sempre do Sporting e da Selecção, sem dúvida um grande capitão. Ricardo Andorinho: Um dos melhores jogadores de sempre, joguei com ele 4 anos no Sporting um bom colega e amigo, fazia a diferença e quando queria decidia um jogo era só ele escolher o momento. Carlos Resende: Muito provavelmente o melhor jogador português de sempre. Aleksander Donner: Revolucionou o nosso andebol, tinhamos um andbol de nível muito baixo quando chegou, foi um dos pricipais responsáveis pelo crescimento da modalidade no anos 90. Eduardo Filipe: Um grande rematador, poucos rematam como ele. Mats Olson: Não comento. João Pinto: Um colega e amigo cinco estrelas é fantástico, como jogador todos o conhecem. Filpe Cruz: É dos tais que dizemos que foi dos melhores, porque foi mesmo, fazia coisas incríveis.


16-Como se sentiram quando souberam que o Benfica não disponibilizou bilhetes para que os adeptos do Sporting pudessem ir assistir ao jogo da negra frente ao Benfica? Não foi fácil ultrapassar essa situação, ficámos um pouco frustrados quando soubemos mas tinhamos de ultrapassar isso para o jogo, o apoio que nos deram á saída para o jogo na luz foi impressionante, mesmo de arrepiar, com os nossos adeptos tinhamos ganho de certeza e não era só por um. 17Quer deixar alguma mensagem a quem estiver a ler esta entrevista? Obrigado pelo apoio que nos deram durante o play-off, este ano era bom ter o mesmo apoio não só no playoff ou nos jogos com equipas candidatas ao título mas também com outras equipas, vale a pena apoiar a nossa equipa porque este ano e com aquele apoio que nos deram vamos ganhar de certeza.

6


Entrevista do Mês - SempreLeoa 1-Como conheceste o ForumSCP? Não posso jurar, mas julgo que foi através do Vermelhices, onde por vezes participava. Por aí tive conhecimento do Forumscp (na altura Artinova) e lembro-me perfeitamente que o meu primeiro registo nunca recebeu activação. Andei meses à espera e mais tarde voltei a registar-me e aí fui bem sucedida. Já lá vão cerca de 3 anos. 2-Quais os tópicos/secção que mais visitas? Sem qualquer dúvida os tópicos do futsal e do andebol, que são também aqueles onde sou mais participativa. Embora goste de ler o que se vai dizendo sobre a actualidade do futebol do Sporting e de tudo o que envolva a vida do nosso Clube. 3-Como é acompanhar as modalidades para todo o lado? Não consigo acompanhá-las todas, embora adorasse poder fazê-lo. Mas mesmo assim aquelas que vou conseguindo acompanhar, o futsal, (nos vários escalões) o andebol e o hóquei, é muito complicado porque se jogam em localidades diferentes. Vivo na zona de Oeiras e é sempre uma correria conseguir ir para Loures. Trabalho muitas vezes ao fim de semana e aí como estou perto do Areeiro, altero horas de almoço ou de saída para ir ao Casal Vistoso, ver o andebol Este ano já não será tão fácil ir para o Inatel. Para o Tojal, ao hóquei não consigo ir tão assiduamente, embora tivesse acompanhado os últimos jogos, mas sempre que jogam em Paço de

7

Arcos, nos Salesianos ou em Oeiras lá estou. Depois tenho a agravante de ter um marido que é do clube rival. E muitas vezes não consegue perceber esta minha paixão. Ter a gamebox e ir a todos os jogos em Alvalade, ainda vá que não vá, agora andar atrás de modalidades é que lhe faz alguma confusão… 4-Como te sentes sabendo que poucos Sportinguistas vão assistir aos jogos das modalidades? Nem todos os adeptos do Sporting, têm hipóteses de andar com a casa às costas. Às vezes é realmente muito difícil acompanhar-se as equipas. Era essencial que a direcção do Sporting fizesse um esforço e conseguisse a construção de um pavilhão perto de Alvalade. Eu tenho quase a certeza que se isso um dia acontecer os sportinguistas estarão de novo em força a acompanhar as modalidades. Tivémos um “cheirinho” do possível apoio, nos últimos jogos no Casal Vistoso com a equipa de andebol. Infelizmente tenho é muitas dúvidas que essa vontade exista. Em conversa com o ainda na altura Presidente Soares Franco, tive a certeza que era algo que não estava nos projectos da sua direcção nem da que aí vinha. 5-Qual a modalidade que a mais te atrai a ir assistir? Há uns anos atrás eu era completamente louca por Hóquei. Vivi toda a euforia daquela equipa fantástica formada pelo Ramalhete,


Rendeiro, João Sobrinho, Chana e Livramento. Tive a sorte de ter conhecido o Chana imediatamente a seguir à Conquista da Taça dos Clubes Campeões Europeus de Hóquei, e claro que foi para mim um orgulho, com 20 anos conhecê-lo. Nesta fase de formação da modalidade no Sporting, já se vê muitos talentos, e eu espero sinceramente que o Engº Gilberto Borges consiga trazer-nos de novo momentos de glória como os que vivemos. Neste momento, além do futsal, de que sou realmente fan, a entrada do treinador Paulo Faria fez-me passar a ter muito mais interesse no andebol. Reconheço que há uns meses atrás ia ver os jogos, mas aquilo era tão entediante, que às vezes era um “sacrifício” estar lá. O Paulo Faria trouxe mística, trouxe empenho, trouxe vontade de vencer. O primeiro jogo que vi, depois da sua entrada foi um Sporting/Porto e apesar de termos estado a perder por uma diferença de 9 golos, a equipa tentou, mostrou raça e acabámos o jogo empatados. Esse empate soube-me a uma estrondosa vitória porque houve ali entrega e querer, algo que há muito tempo não via na equipa. 6-Achas que a relação jogador adepto nas modalidades é diferente da relação jogador adepto no futebol? Não sou muito dada a ter grandes relacionamentos com os jogadores. Haverá um ou outro com quem me relaciono melhor, caso do Zézito e do Deo, mas por norma tento não me ligar demasiado porque já sei que no final das temporadas, vou ter sempre uma desilusão. O Gonçalo Alves foi uma lição… Mas claro que a proximidade num pavilhão com um atleta é completamente diferente que no Estádio.

Até porque ali somos sempre tão poucos, que à força de nos verem sempre, começam a conhecer-nos. E depois há sempre no final de cada jogo o encontro cá fora, entre os adeptos que por acaso também já se conhecem todos, e os jogadores que nos vêm sempre cumprimentar. Algo impensável numa saída de balneário dos futebolistas. Aí nem sei, mas nem nos devem deixar lá chegar… 7-Achas que as direcções que têm passado pelo Sporting, têm dirigido mal o dossier Modalidades? Eu acredito que as modalidades sejam uma dor de cabeça, para um clube que neste momento se revê muito mais em sociedade desportiva, e olha para o Clube com um olhar de gestor financeiro e com muito pouco de adepto. As modalidades provavelmente não se pagarão a si próprias, mas as direcções que ao longo destes anos, na minha opinião, têm descurado por demais o dossier modalidades, deveriam perceber que apostar num pavilhão, em boas equipas, não é um custo (como é opinião de todos eles) mas sim um investimento. O Sporting Clube de Portugal tem uma história demasiado rica em ecletismo, que não se pode deixar perder. 8-Se fosse possível reactivar uma modalidade, qual achas que deveria ser reactivada? O ciclismo. Lembro-me com alguma saudade, de estar pregada à televisão e de mais que uma vez ter estado na estrada por onde o ciclismo ia passar, apenas para ver o Firmino Bernardino ou o grande Joaquim Agostinho. Seria uma justa homenagem àqueles que tão bem nos representaram trazer de volta esta modalidade. 8


Liga Italiana Mercado de Verão: Em período de defeso e com a ausência de futebol na maioria dos campeonatos europeus os adeptos voltam-se para um outro ponto de interesse: a reabertura do mercado de transferências. A Serie A não foge à regra e já se notam movimentações no mercado, ajustes nos plantéis, trocas de treinadores, tudo com vista ao sucesso na nova época desportiva que se aproxima. Entre os três grandes de Itália, o Inter parece partir para mais uma época claramente em vantagem. A equipa que passou vários anos adormecida na sombra de Milan e Juventus renasceu com o Calciocaos, tornou-se tetra campeã e é agora a principal força do futebol italiano. Para a nova época manteve o treinador, um dos melhores do mundo, ao contrário dos rivais que apostam em treinadores sem provas dadas. Os Nerazzurri fizeram alguns ajustes no plantel, Adriano é agora carta fora do baralho e para o seu lugar chegou Diego Milito depois de uma época fantástica no Genoa em que marcou 24 golos, também ao Genoa foi contratado Thiago Motta. Por seu lado, Quaresma irá receber nova oportunidade de Mourinho, provavelmente a derradeira depois dos insucessos que tem coleccionado fora de Portugal. Os próximos alvos do Inter são Ricardo Carvalho e Deco ou Felipe Melo, já quanto a saídas, Maicon e Maxwell têm vários interessados na sua aquisição. A Juventus, depois alguma incerteza apostou na continuidade do treinador Ciro Ferrara que terá agora a difícil tarefa de acabar com

9

o poderio do Inter. Para já a equipa reforçou-se bem, perdeu Mellberg mas contratou o patrão Cannavaro que apesar dos seus 35 anos ainda terá muito acrescentar à equipa num futebol que tão bem conhece. Da Juve saiu ainda Nedved que em princípio se irá retirar mas entrou aquele que pode ser uma das grandes contratações da época, Diego, que depois de três épocas ao mais alto nível no Werder Bremen chega agora a Itália disposto a assumir-se como figura principal da Vecchia Signora na luta pelo scudetto. O Milan, é para já uma incógnita mas é incontornável que esta será uma época complicada para os Rossoneri. Apostaram num treinador estreante, Leonardo, que apesar de conhecer os cantos à casa não tem qualquer experiência como treinador mas isso pode não querer dizer nada... todos se lembrarão certamente de um senhor chamado Guardiola… Contratações para já não há mas não será fácil substituir um símbolo do clube como era Paolo Maldini ou um dos melhores jogadores do mundo como Kaká. A juntar a estes problemas estão as constantes notícias de possíveis saídas de jogadores como Gattuso, Pirlo ou mesmo Pato numa época em que se o jovem prodígio brasileiro continuar em Milão pode explodir em definitivo e talvez até assumir o papel que Kaká tinha, com as devidas diferenças. O Milan terá de atacar o mercado com força se quiser lutar pelo título. Vai ser interessante seguir a nova época de outras equipas como: Fiorentina – para já ainda sem


contratações de peso, apenas Cesare Natali; Genoa – depois da época fantástica que fez (5º lugar) terá a difícil missão de colmatar as saídas de dois jogadores fundamentais, Motta e Milito. Para os substituir, os escolhidos foram Houssine Kharja (ex-Siena) e Hernán Crespo. A Génova chegaram ainda Floccari (exAtalanta), Troest (ex-Parma) e Pelé enquanto que Acquafresca que esteve incluído no negócio de Motta e Milito acabou por ser emprestado à Atalanta; Roma – depois de um péssimo início de época em 2008/2009 acabou por conseguir recuperar assegurar um lugar na recém-criada Liga Europa apresentando-se para a nova época com expectativas renovadas. Para já foram contratados Guberti (exBari) e Marco Motta (ex-Udinese); Lazio – terá obrigatoriamente de fazer melhor que o 10º lugar da época passada. Por enquanto ainda não há saídas a registar e quanto a entradas chegam, o guarda-redes Bizarri, e Eliseu para além da contratação em definitivo de Mauro Zaráte por… 20 milhões de euros; Napoli – que está a formar uma grande equipa e apesar de na época passada ter ficado apenas em 12º parece querer voltar aos gloriosos finais dos anos 80 em que tiveram tanto sucesso. Os reforços de peso, Cigarini e Quagliarella juntam-se a jogadores como Santacroce, Dátolo, Gargano, Hamsik, Germán Denis ou Lavezzi para formar uma equipa de grande

qualidade à disposição de Roberto Donadoni. Será ainda interessante observar o que faz Nené, o máximo goleador da Liga Sagres 2008/2009 e que tem a difícil missão de substituir Acquafresca no ataque do Cagliari. Quanto às equipas recémpromovidas, o Bari está a remodelar o plantel e trocou até o treinador campeão na Serie B, Antonio Conte, por Giampiero Ventura enquanto Parma e Livorno não fizeram ainda qualquer contratação de peso. Percebe-se que para já esta reabertura de mercado em Itália teve poucas movimentações relevantes, excepção feita por exemplo às transferências de Kaká e Diego pelas verbas envolvidas. Assim ainda muita coisa haverá a definir nos plantéis da Serie A para 2009/2010, sendo o caso mais flagrante talvez o do Milan.

SCP Fan

10


Amiga do Chico do mês

Nome: Diana Chaves Local de Nascimento: Lisboa Data de Nascimento: 1981-07-11 Signo: Caranguejo Ocupação: Modelo e Actriz Estado Civil: Solteira

11


Foto do Mês

Nick: XDreams Sexo: Masculino Idade: 22 Localidade: Lisboa Posição: Membro Data de registo: Janeiro 14, 2008, 02:13

12


Membro do Mês

Nome: Zé Carlos Mensagens: 6822 (4.771 por dia) Posição: Administrador Sexo: Masculino Idade: 24 Localidade: Paços de Brandão Data de registo: Agosto 04, 2005, 23:11 Tempo Total online: 45 dias, 1 horas e 10 minutos Total de Mensagens: 6822 mensagens Total de Tópicos: 106 tópicos Número de sondagens criadas: 10 sondagens Número de votos em sondagens: 31 votos

13


Estatísticas do mês Estatísticas Gerais Total de Membros: 284 Total de Mensagens: 30365 Total de Tópicos: 1038 Total de Categorias: 5 Utilizadores online: 155 Total de visualizações: 2418618 Top 10 por Mensagens Bernardo Magalhães: 647 Paracelsus: 647 Atlantian: 548 SCP Fan: 527 a32772: 457 urso-chang: 449 Skinner1906: 394 Reilagarto: 381 Eddie Verdde: 345 Greendevil: 343 Top 10 tópicos (por resposta) Matías Fernández é a "truta" para 2009/10?: 2410 SPORTING x Benfica: o Jogo do Título (2008/09): 1132 José Eduardo Bettencourt Presidente do Sporting C.P.: 1088 Matías Fernández: 627 Gamebox 2009/2010: 621 Análise ao Defeso do Sporting 2009/10: 371 Caicedo para avançado?: 280 Ciro pode ser a outra truta para 2009/10?: 264 [Eleições 2009] No que falhou a lista A para nao ser ele eleita!!: 216 Taça das Confederações da FIFA 2009: 214

14


Revista, 4º Edição  

Revista ForumSCP

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you