Page 14

10a12 empregabilidade_Layout 1 2/18/13 12:09 PM Page 12

12 competências

guia do 1º emprego 2013

Quanto mais elevado for o grau académico, menor a probabilidade de enfrentar o desemprego Embora a curto prazo, ter um grau de mestre possa não representar uma diferença vantajosa (42 por cento dos desempregados diplomados que estavam à procura de emprego há menos de três meses eram mestres, ao passo que os registados licenciados representavam apenas

31 por cento), ter um grau académico superior acaba por compensar. Possuir um mestrado reduz o tempo de espera por um emprego. Senão vejamos: de todos os licenciados registados, 15 por cento espera até um ano por uma oportunidade e outros 15 por cento ficam

a aguardar durante quase dois anos. No caso dos mestres, a espera de um ano acontece para 14 por cento, sendo que apenas 11 por cento ficam até dois anos sem emprego até descobrirem uma nova possibilidade de ingressar no mercado de trabalho.

Desempregados com habilitação superior por grau e tempo de inscrição < 3 meses Grau

3 a < 6 meses

N.º

&

N.º

&

6 a < 12 meses N.º

&

12 a < 24 meses N.º

>= 24 meses

&

N.º

&

993

24.4%

647

15.9%

701

17.2%

868

21.3%

863

21.2%

Licenciado

16 621

30.9%

16 027

29.8%

8 112

15.1%

8 145

15.2%

4 810

9.0%

Mestre

1 554

42.8%

917

25.3%

510

14.1%

425

11.7%

223

6.1%

Doutor

39

31.0%

34

27.0%

21

16.7%

17

13.5%

15

11.9%

TOTAL

19 207

31.2%

17 625

28.6%

9 344

15.2%

9 455

15.4%

5 911

9.6%

Bacharel

Fonte: Instituto do Emprego e Formação Profissional, I.P.

Serviços Sociais com maior dificuldade Apostar nesta área implica uma dose de risco. Em dezembro de 2011, cerca de 10,3 por cento de todos os desempregados li-

cenciados tinham obtido a sua formação neste setor. Outras áreas que, atualmente, se vêem a braços com as diculdades da em-

pregabilidade são a Informação e Jornalismo (9,1 por cento), Proteção e Ambiente, e Arquitetura e Construção, ambas com 7,0%.

Desempregados registados com par estabelecimento/curso válido por área de estudo, dezembro de 2011 (continente) e diplomados nos anos letivos 83/84 a 09-10 Desempregados dezembro 2011

Diplomados (83/84 a 09/10)

(A) / (B) %

Área de estudo N.º (A)

%

N.º (B)

%

(A) / (B)

914

1.6%

21 038

1.8%

4.3%

Arquitectura e construção

4 208

7.4%

60 188

5.3%

7.0%

Artes

3 294

5.8%

49 307

4.3%

6.7%

854

1.5%

21 053

1.9%

4.1%

Ciências empresariais

9 389

16.5%

184 230

16.2%

5.1%

Ciências físicas

1 029

1.8%

22 005

1.9%

4.7%

Ciências sociais e do comportamento

6 173

10.8%

96 550

8.5%

6.4%

195

0.3%

4 627

0.4%

4.2%

Direito

1 719

3.0%

52 967

4.7%

3.2%

Engenharia e técnicas afins

4 204

7.4%

104 331

9.2%

4.0%

Formação de professores/formadores e ciências da educação

7 892

13.9%

161 060

14.2%

4.9%

Humanidades

3 150

5.5%

61 948

5.4%

5.1%

Agricultura, silvicultura e pescas

Ciências da vida

Ciências veterinárias

958

1.7%

14 047

1.2%

6.8%

1 854

3.3%

20 337

1.8%

9.1%

Informática

846

1.5%

17 839

1.6%

4.7%

Matemática e estatística

463

0.8%

12 870

1.1%

3.6%

Indústrias transformadoras Informação e jornalismo

854

1.5%

12 162

1.1%

7.0%

4 331

7.6%

152 806

13.4%

2.8%

Serviços de segurança

113

0.2%

6 038

0.5%

1.9%

Serviços de transporte

38

0.1%

936

0.1%

4.1%

Serviços pessoais

2 021

3.5%

37 239

3.3%

5.4%

Serviços sociais

2 460

4.3%

23 787

2.1%

10.3%

TOTAL

56 959

100.0%

1 137 365

100.0%

5.0%

Protecção do ambiente Saúde

Fonte: Instituto do Emprego e Formação Profissional, I.P.; Direção Geral de Estatísticas de Educação e Ciência do Ministério da Educação e Ciência

Nota: Em 31 de Dezembro de 2011, ainda não temos dados sobre diplomados no ano lectivo de 2010-2011, pelo que os dados referentes a diplomados não integram ainda os deste ano letivo.

Profile for Forum Estudante

Guia do 1º Emprego 2013  

Tudo o que precisa de saber para arranjar trabalho. @forumemprego

Guia do 1º Emprego 2013  

Tudo o que precisa de saber para arranjar trabalho. @forumemprego

Advertisement