Page 1

fortalezadecor jornal

PUBLICAÇÃO BIMESTRAL• EDIÇÃO 5 • ANO II • MAIO DE 2010

NESTA EDIÇÃO Vitrine

Mesas de centro como peças chave na decoração

Design

Escritório em casa, lugar de conforto, funcionalidade e ergonomia

Guia da Decoração

Um guia de lojas e profissionais do segmento de decoração em Fortaleza

NA TRANQUILIDADE DE UM

HOME OFFICE

DICAS DE PROFISSIONAIS PARA QUE ESSE ESPAÇO SE TORNE AINDA MAIS CONFORTÁVEL E FUNCIONAL


03

Editorial

O

Jornal Fortaleza Decor nessa quinta edição estréia sua bimestralidade. Com o objetivo de trazer ainda mais informação de qualidade o jornal se tornará bimestral e contará em pouco espaço de tempo com seu site que trará a publicação em formato digital estando também disponível para download. Apresentando todo o conteúdo do jornal e muito mais, continuaremos a abordar na web novidades e acontecimentos no segmento de decoração em Fortaleza, no Brasil e no Mundo. Nessa edição destacamos o trabalho de cinco profissionais e seus projetos para um Home Office ideal. Ter um escritório em casa é um sonho acalentando por muitos, mas criar um ambiente adequado não é tão simples e exige algumas regras. Ergonomia, conforto térmico e acústico são alguns dos assuntos abordados. Em Vitrine o decorador Carlos Zaranza fala um pouco dessa peça importante que é a mesa de centro. Belas e simbólicas, muitas vezes tornam-se as “estrelas” de um ambiente. Em Mundo Sustentável o desabafo do Eco Arquiteto Leo Gazeto em favor da terra como material construtivo. Na seção Design um artigo perfeito do professor e designer Neandro Nascimento sobre o home office, matéria principal dessa edição. Trazemos também nessa edição uma matéria especial com a professora e arquiteta Cristina Santos. Ela visitou a Feira EXPO REVESTIR 2010 em São Paulo e nos trouxe as novidades para esse ano em revestimentos. O Guia da Decoração nos traz lojas e profissionais do segmento e em Artesanto falamos um pouco do belo trabalho das Velas Decorativas Labonni. Agradecemos nossos leitores pelos emails, sugestões e boas idéias, o que sempre enriquece nosso trabalho a cada edição. Boa leitura!

Expediente

06

12

Sumário

03 04 05 06 11 12

VITRINE. Úteis e belas as mesas de centro são peças fundamentais na composição dos ambientes modernos. MUNDO SUSTENTÁVEL. O declínio da terra como material construtivo no artigo do arquiteto Leo Gazeto. DESIGN. Escritório em casa. A diversidade de funções desse ambiente no artigo do professor Neandro Nascimento. CAPA. O home office ideal nos cinco projetos apresentados por profissionais do segmento de ambientação. GUIA DA DECORAÇÃO. Um guia de lojas e profissionais do segmento de decoração de Fortaleza. ARTESANATO. Pontos de luz. Beleza e arte no trabalho das Velas Decorativas Labonni.

Obter telefones e e-mails de artesãos, arquitetos e decoradores entre outros profissionais ligue para: (85) 3082.8886. Para escrever para o jornal Fortaleza Decor mandar e-mail para atendimentoaoleitorfd@gmail.com ou acessar o blog www.fortalezadecor.blogspot.com. Para obter números atrasados mande e-mail para encalhefd@gmail.com. Para anunciar no jornal ligue para: (85) 8777.9998 ou 3082.8886.

O Jornal Fortaleza Decor é uma publicação bimestral com distribuição gratuita em Fortaleza. Tiragem 6.000 exemplares. Direção Geral e Departamento Comercial: Eliza Souza 85 8777-9998. Administração e Publicidade: Lilian Fernandes: 85 8772-2394. Projeto Gráfico: Rodrigo Cunha. Diagramação: Risoleta Hilário 85 8800-6409. Consultor: Carlos Zaranza - 85 8716-9909. Editado por SPOT PUBLICIDADE E EDITORA. Telefone: 85 3082-8886 - E-mail: fortalezadecor@hotmail.com. AGRADECIMENTOS: Mistura Cenários, Henry Teixeira, Sandrine Gaspar, Deborah Lima, Neandro Nascimento, Leo Gazeto,Cristina Santos e Labonni Velas Decorativas.

02 JORNAL FORTALEZA DECOR


Vitrine

CENTRO DAS ATENÇÕES ÚTEIS E BELAS AS MESAS DE CENTRO SÃO PEÇAS IMPORTANTES NA COMPOSIÇÃO DE AMBIENTES TEXTO. CARLOS ZARANZA FOTOGRAFIA. DIVULGAÇÃO

T

odo ambiente tem sua peça principal. Aquela que é considerada a “estrela”. Em um estar, um living, home theater ou quem sabe até em uma generosa e espaçosa varanda, eis que surgem as mesas de centro como um dos mais importantes elementos-chave da composição. Móvel extremamente útil serve de apoio para facilitar o serviço da casa, apoiar objetos ou displicentemente apoiar os pés. Bela e por que não dizer simbólica, já que alguns profissionais afirmam que os objetos sobre elas falam pela personalidade de seus moradores,

é cada vez mais chamativa e diversificada. Em algumas situações onde o design é bastante conceitual, não chegam a receber adornos e solenemente imperam majestosas em uma decoração. Um desses casos é a mesa de centro cuja base em papel marchê se assemelha muito a rochas pesadíssimas, ou mesmo a peça que mistura madeira e vidro em um desenho interessante. O modelo em acrílico, com suas formas limpas encanta pela simplicidade chic e pode ser composta com adornos mais chamativos. Os modelos em madeira aquecem o ambiente e tornam-se opções seguras em

Em algumas situações onde o design é bastante conceitual, não chegam a receber adornos e solenemente imperam majestosas em uma decoração.

casas com crianças. Sendo assim, é bom que saibamos usá-las de modo à “levantar” um ambiente, e não atrapalhar, já que em algumas situações tornam-se obstáculo para a boa circulação no espaço, muito embora, sem elas, temos sempre a sensação de que algo está faltando. 

CARLOS ZARANZA É CONSULTOR, DESIGNER DE AMBIENTES E PROFESSOR http://carloszaranzadecorador.blogspot.com

FORTALEZA DECOR 03


Mundo sustentável

declínio da

terra

A

partir do século XIX, o material usado com uma grande frequência até então era a terra e seus agregados. Com a revolução industrial, movimentos modernistas, arquitetos e engenheiros deram uma guinada na história dos materiais da construção civil, abdicando do material mas tradicional na cultura mundial e proporcionando a era do cimento como o material mais usado e hoje o material dominante. Afinal porque nós, estudiosos

A terra-crua pode ser a solução para muitos problemas ambientais que estão surgindo e que podem surgir. e conhecedores de materiais na elaboração de projetos arquitetônicos, renegamos e discriminamos algo que faz parte de 80% da história da nossa construção civil? Qual o preconceito na utilização da terra

como material construtivo na arquitetura? A terra, com o progresso e a modernização da arquitetura foi ignorada , esquecida e substituída pelo cimento, que atualmente sabemos que com todas as suas qualidades é um material caro e não renovável. Além de abudante emprega valores agregados , tais como o transporte, que por via de regra tem um alto impacto ambiental no nosso ambiente natural. Técnicas, tecnologias, tradições

LEONARDO GAZETO É ARQUITETO leogazeto@hotmail.com

04 JORNAL FORTALEZA DECOR

e costumes em um século passaram de realidade para algo primitivo, arcaico, rudimentar. Atualmente a sociedade determina que só lida com terra-crua quem não tem poder aquisitivo, pessoas que habitam áreas rurais e quem não possui o conhecimento da tecnologia do cimento e seus agregados. Definir esse preconceito é simples, a terra é para os menos favorecidos economicamente e o cimento e suas derivações são para os mais favorecidos economicamente. Terra para zonas rurais e o cimento para áreas urbanas. Esquecem que a arquitetura está além de materiais. Arquitetura é a função, a forma. Qual a condição da terra-crua não ser industrializada como ocorreu no século XIX com o cimento? Estudos e conhecimentos aplicados a terra-crua podem ter resultados excelentes para construções arquitetônicas. A terra não tem qualidades que o cimento possui, como sua grande resistência, mas com dosagens certas, que variam pela porcentagem da areia e de argila (material que acrescenta a plasticidade à terra), pode ser aplicada em diferentes técnicas e em diversos usos, na zona rural e mais especialmente na zona urbana. A terra-crua pode ser a solução para muitos problemas ambientais que estão surgindo e que podem surgir. A materilidade com viés ecológico é de suma importância para a arquitetura contemporânea e o arquiteto tem o papel de minimizar os impactos ambientais gerados pelo próprio homem.


Design

casa

escritório em

H

ome Office ou escritório em casa, a princípio, é um espaço destinado à atividades de trabalho ou lazer, de acordo com as necessidades de um indivíduo, de uma família, de um casal, de seus filhos etc. A essa diversidade de funções, somou-se o intenso uso da internet e seus agregados (sites de relacionamento, de compras, de e-mails, entre tantos outros “e-itens“) e a necessidade de implementar a tecnologia que avança e se atualiza a cada dia. Essas necessidades podem envolver de uma simples vaidade até uma carência de um espaço próprio para atividades relacionadas à leitura, estudo, trabalho, lazer, re-

lacionados ao computador. Este último, antes famoso PC (personal computer) vem sendo substituído, em ritmo levemente acelerado, por notebooks e netbooks, hoje tão acessíveis, extravasando os limites do Home Office, já que não haveria a carência de existir um ambiente para o grande PC fixo, como se fosse um eletro-doméstico, mas sim postos onde os note ou netbooks pudessem ser utilizados de forma satisfatória, em quaisquer espaços da residência, flexibilizando os novos usos destes novos equipamentos, cada vez menores e com multiplicidade de funções. Mas, já que estamos refletindo sobre o modo de pensar o home office, o que fazer com os inter-

nautas, “gamemaníacos” e com os workaholics, em seus lazeres, prazeres e trabalhos intensos, ao longo de horas, no meio da sala, por exemplo? O espaço físico, ambiente construído, somado aos elementos móveis e eletro-eletrônicos, não mais de grande porte, tais quais os computadores e seus agregados destinados a essas atividades e suas principais características, acabam por se tornar a grande tônica dessa conversa. É interessante que profissionais da área do Design de Interiores e seus clientes se conscientizem da real necessidade para esses espaços: conforto, térmico e acústico; funcionalidade e ergonomia, já que

se trata de um espaço onde se passa horas; dinamismo e mutabilidade, por estar relacionado com trabalho e lazer, permitindo assim que o mesmo seja utilizado para vários fins, podendo ser transformado, por exemplo, de escritório para sala de sala de som e TV, com exibição de filmes “downlodeados” via internet e apresentados em uma grande tela de LCD ou Led, ou até mesmo permitindo reuniões com amigos ou clientes. Faz-se interessante, também, refletir sobre o quão agradável deve ser esse espaço, principalmente se for destinado ao trabalho, já que se trata de um espaço residencial e, a princípio, não deve ter aparênciacomercial,empresarialetc, mas sim possuir itens pessoais, que estimulem o interesse por estar ali a trabalho, itens agradáveis de ver e até tocar. Deve ser passível de variações de intensidade de luz e até de cor, com o advento e incrementodatecnologiadeLedistoé possível e viável na maioria dos projetos. Por fim, pode-se dizer que por conta do intenso envolvimento do humano com o espaço físico habitável residencial hoje, nós, profissionais do design, devemos dar a devida importância ao que se refere ao conforto, funcionalidade, estética, bem-estar e saúde, inclusive mental, nos projetos de interiores, valorizando cada item, especificado ou projetado, e sua benéfica relação com o usuário, principalmente em espaços como esses, que reúnem tantas possibilidades. 

NEANDRO NASCIMENTO É DESIGNER, ERGONOMISTA E PROFESSOR nnascimento.designer@gmail.com

JORNAL FORTALEZA DECOR 05


Capa

perfeito

um home office

CINCO PROFISSIONAIS FALAM SOBRE O HOME OFFICE IDEAL. FOTOGRAFIA. DIVULGAÇÃO

T

rabalhar em casa para algumas pessoas é um sonho. Deixar de pegar trânsito todos os dias, perder tempo indo e voltando do local de trabalho, ter uma alimentação mais saudável, estar mais perto da família. Tudo isso é possível e se resume em um nome: Home Office ou escritório em casa. Cada vez mais comum essa alternativa surge para os profissionais com maior freqüência e é uma tendência

mundial. Seja como um espaço em que se desenvolve uma atividade em tempo parcial ou em tempo integral o local onde são realizadas as atividades profissionais segue algumas regras para que o ambiente doméstico não interfira no ambiente profissional. A preocupação com ergonomia deve ser constante. luminosidade ideal, circulação de ar, cores certas e espaço suficiente para se sentir bem são

06 JORNAL FORTALEZA DECOR

itens de destaque para quem quer trabalhar em casa com eficiência e conforto. Quando uma pessoa entra em uma loja para comprar os móveis que irão compor seu home office a primeira coisa que tem na cabeça é ter um espaço bonito e confortável. É o que diz Sandrine Gaspar uma das proprietárias da loja Manfroi Planejados. “O cliente quer ter suas necessidades atendidas, mas quer em primeiro lugar a beleza e o conforto

das peças que irão compor o ambiente. Geralmente escolhe móveis com um design mais formal em cores escuras e neutras para dar equilíbrio ao espaço”. Para Sandrine, raramente o cliente tem noção da sua real necessidade. Altura ideal da mesa de trabalho, tipo de cadeira, peças que podem auxiliar o trabalho deixando-o mais prático, como, por exemplo, gaveteiros com rodízios, são questões levantadas pelos profissionais da loja e que


A praticidade no projeto de Deborah Lima, Andréa Fernandes e Fernanda Borges. vão orientando o cliente sem esquecer do seu gosto pessoal. De acordo com Sandrine, geralmente o cliente que já tem alguma informação sobre esse espaço, já sofreu ou sofre com seu mau aproveitamento: “Via de regra o mais importante é ouvir o cliente e entender suas necessidades, só a partir daí partir para realização de um projeto de sucesso”. São vários os fatores que determinam o sucesso e a

funcionalidade de um home office. Conforto térmico e acústico do espaço são pontos fundamentais. Contar com uma janela ampla e estratégica é de grande importância, economiza energia fazendo com que a luz natural seja aproveitada durante o dia e propicia a circulação do ar. É importante observar que a instalação de monitores de computador não deve ser feita contra a luz. Abrigar o escritório do barulho da rua e da própria

Funcionalidade no projeto de Henri Teixeira

residência é um outro ponto fundamental. As arquitetas Deborah Lima, Andréa Fernandes e Fernanda Borges, apostam na praticidade como conceito fundamental para esse tipo de ambiente. Em um projeto idealizado para uma executiva (foto esquerda) nuances em tons suaves entram em cena. Segundo Deborah “a cor branca usada no mobiliário em MDF revestido evidencia o colorido dos elementos de decoração, que

juntos com a contemporaneidade do vidro e do aço fazem desse ambiente, um local agradável para o descanso e funcional para o trabalho”. Em outro projeto idealizado pelo arquiteto Henry Teixeira, (foto direita) a funcionalidade também é a tônica. O mobiliário em linhas contemporâneas e tons mais fortes que o resto do ambiente dá o contraste ao espaço em que se usam tons claros ressaltando sua feminilidade. 

JORNAL FORTALEZA DECOR 07


Capa Para o decorador o mais importante nesse espaço é ter elementos que se identifiquem com seu usuário.

U

“Home office descontraído” de Carlos Zaranza

Espaço multifuncional no projeto de Neandro Nascimento

08 JORNAL FORTALEZA DECOR

m ambiente despojado e criativo é como o decorador Carlos Zaranza define seu home office. Com elementos coloridos e artesanais ele criou para seu uso um espaço divertido e descontraído (foto ao lado). Para o decorador o mais importante nesse espaço é ter elementos que se identifiquem com seu usuário. Segundo ele, acessibilidade, conforto térmico e acústico, beleza, ergonomia e funcionalidade são de extrema importância, mas é imprescindível que haja uma personalização desse ambiente já que se desenvolvem atividades profissionais nesse lugar em tempo integral ou parcial.

Estar rodeado dos objetos e peças que mais gosta, como quadros, esculturas, souvenires, ter sempre um cantinho para receber visitas ou até para tomar um café com os amigos, faz com que o escritório ganhe vida e energia positiva para desenvolver atividades se tornando cada vez mais prazeroso estar nele. A decoradora Lia Dehnhardt, proprietária da Loja Mistura Cenários também aposta na descontração para compor seu escritório em casa. Em seu projeto (Capa e página 06) os móveis em madeira de demolição dão um toque rústico ao ambiente aconchegante e enriquecido com telas de artistas cearenses. Um espaço aproveitado de maneira criativa e dinâmica, onde conforto e beleza são essenciais, é como o professor e design Neandro Nascimento vê o home office ideal. Em um projeto de sua autoria ele explora o conceito de acessibilidade e ergonomia criando um escritório clean, de cores claras e marcenaria em linhas retas. A necessidade de usar esse espaço para outros fins, como uma sala de TV, ou um espaço para diversas atividades como reunião de trabalho ou amigos, também tem que ser considerado.


Ergonomia no Home Office

P

ara quem passa horas dentro de um ambiente de escritório ou em seu home office é normal sentir cansaço e dores musculares devido o desempenho de atividades profissionais. Adotar uma boa postura pode fazer a diferença no final do dia. Ombros e quadris alinhados, encosto adaptado a curvatura da coluna e descanso de braço na altura do cotovelo é a postura ideal a ser adotada ao sentar (figura ao lado). A cadeira tem que ter regulagem no assento dando liberdade para vários movimentos. As medidas básicas para mesa de trabalho são de 0,90m de largura x 0,60m de profundidade x 0,73m de altura e bordas arredondadas. A altura do assento deve estar

abaixo da rótula, e o joelhos levemente abaixo do quadril. Os pés devem ser apoiados no solo ou podem ter um descanso. Quando em frente ao computador ter o mouse bem próximo ao teclado e sempre no mesmo nível, o punho em direção neutra (sem dobrar). Ter o teclado diretamente a frente. O mobiliário tem que ser escolhido levando em conta essas importantes determinações. A ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) criou normas e regras para que a indústria moveleira desenvolva produtos respeitando suas determinações e que sigam um modelo que proporcione saúde, conforto e bom rendimento aos consumidores evitando o surgimento de LER1 e DORTs2. 

Lesão por Esforço Repetitivo - 2Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho

1

JORNAL FORTALEZA DECOR 09


Feiras

EXPO REVESTIR 2010 NOVIDADES E TENDÊNCIAS EM REVESTIMENTOS TEXTO. CRISTINA SANTOS FOTOGRAFIA. DIVULGAÇÃO

E

xistem muitas razões para se visitar a Revestir, o maior evento de revestimentos da América Latina que aconteceu em São Paulo no período de 09 a 12 de março. Conferir tendências, atualização profissional e geração de negócios seriam as principais para os profissionais da área de arquitetura e design de interiores. Além de conferir as novidades e tendências foi importante vivenciar todos aqueles espaços montados exclusivamente para encantar as pessoas que transitavam por lá. Estandes com vários produtos sustentáveis, muitos efeitos visuais, novas cores e o uso de tecnologia trazendo mais conforto e praticidade aos usuários. No segmento de cozinhas, as coifas acionadas por controle remoto com designs inusitados, exaustores com painel de comando digital e uma forte influência do design retro foram as grandes vedetes. Segundo o fabricante o produto é seguro, de fácil manutenção e limpeza. Dentre os setores de exposição,

revestimentos cerâmicos, granitos, mármores e outras pedras ornamentais, laminados, vidros e mosaicos, produtos do sistema de revestimentos e fornecedores da indústria. As grandes marcas entre elas Portobello, Eliane, Portinari e Gyotoko lançaram seus revestimentos slim em porcelanato para recobrir áreas já revestidas sem a necessidade de demolições, entulhos, atrasos, com espessura de apenas 3mm e 4mm. As cores e os brilhos foram os destaques das cerâmicas para paredes. Outra novidade é a impressão digital para os desenhos das cerâmicas lançada pela Ceusa. Com uma definição de 900dpi (pontos por polegadas), os desenhos têm uma alta definição. Produtos cimentícios compondo o mobiliário com efeito visual diferenciado. Inovação nas pastilhas da Lepri reutilizando lâmpadas fluorescentes como matéria prima e assim produzindo produtos sustentáveis. 

CRISTINA SANTOS É ARQUITETA, CONSULTORA E PROFESSORA DE REVESTIMENTOS cristina_rosa_santos@yahoo.com.br

AGENDA

Cursos

Eventos

ORIGAMISTA. Oficinas e Cursos de Origami e Kirigami. Fone: (85) 8805-6075.

FEIRA DO ARTEFATO. Oferece as mais variadas opções de presentes, produtos artesanais, obras de arte,móveis rústicos, diversão infantil e música ao vivo. Primeiro sábado do mês no Shopping Salinas (Av. Washington Soares, 909, Edson Queiroz), de 15 às 22h.

IKEBANA. Cursos, vivências e workshops Academia Sanguetsu. Rua D Leopoldina, 564 - Aldeota, (85) 9178-3528

Galeria D’arte. Exposição coletiva de aquarelas “Águas de Abril”, de 29/04 à 14/05/2010. Rua Barbosa de Freitas, 1035, (85) 3224-1903.

10 JORNAL FORTALEZA DECOR


Guia da Decoração Decoração ACABAMENTOS Estilos Decor. Reforma e fabricação de estofados. Fones: 85 32670011 | 3081-1227. A.S. Serviços. Consertos de estofados e cadeiras para escritórios troca de tecidos, esponja, lavagem a seco, rodízios, braços, empalhamento, manutenção e fabricação, solda, pintura de base e sofá. Atendimento em domicilio. Av. Santos Dumont, 370 lj 6. Aldeota. Fones: 85 3082-0982 | 9115-7420. Reforma & Arte. Fabricação e reforma de sofás, cortinas, persianas, colchas, almofadas, projetos de móveis, laca, pátina, papéis de parede, verniz, escultura, telas e adornos. Rua Vicente Linhares, 1218 . Aldeota. Fone: 85 3224-5841 / 8848-1039 ACRÍLICO Schiway. Corte e gravação em acrílico e MDF. Letreiros, peças para vitrines, painel decorativo, suportes, expositores, quadros, esculturas, sinalização e comunicação visual. Fone: 85 3293-674 9. www.schiway.com.br. ALUMÍNIO Alumax. Portas em perfis de aluminio para moveis e divisórias de ambientes. 85 3082-5448 | 88127747 | 9969-9340. www.alumaxbr. com ARTE EM VIDRO Atelier Art Strauch. Arte em vidro fundido. Arandelas, máscaras, películas, quartos infantis, troféus, vitrais, esculturas, luminárias, portas e puxadores. Fone: 85 8722-1787. www.artstrauch.com.br

BOX Belmetal. Box para banheiros, vidros comuns e temperados. CORTINAS E PERSIANAS Estilos Decor. Confecção de cortinas e persianas. Telefone: 85 32670011 | 85 3081-1227. CURSOS Mais Design. Cursos voltados para Arquitetura, Design de Interiores e Moda. Email: maisdesign_treinamentos@hotmail. com|Site:www.cursomaisdesign. blogspot.com Fone: 85 3081 7689 Origamista. Oficinas e curso de Origami e Kirigami. Fone: 85 88056075. www.origamista.com. Ikebana. Oficinas, vivências e workshops. Fone: 85 9178-3528. MANUTENÇÃO DE IMÓVEIS Dr. Faz Tudo. Elétrica, hidráulica, montagem em geral, alvenaria e revestimento, pinturas e fachadas, gesso e acabamentos, telhados, jardinagens e piscinas. Fones: 85 3088-5616|8710-7044. VS Instalações Elétricas, Hidráulicas e Reformas. Trabalhos em instalações elétricas, hidráulicas, reformas e pisos. 85 8667 6479 | 3213 5297 MÓVEIS SOB MEDIDA Jotaene Marcenaria. Salas, cozinhas, closets, escritórios e muito mais. Fones: 85 9906-7599 | 8861-3038. www.jotaenemarcenaria.com.br. Manfroi Planejados. Inovação com Estilo. Cozinhas, área de serviço, dormitórios, closets, banheiros e home theaters/office. 85 3229-2147. www.manfroi.com.br.

MÓVEIS DE RECICLADA

MADEIRA

Dumato. Móveis de estilo feitos com madeira reciclada. Fone: 85 9679-9679 | 8674-0564. Mistura Cenários. Loja de móveis em madeira de demolição, decoração e arte, restaurante, bar e bistrô. Fone: 85 3254-2520.

Déborah Lima, Andréa Fernandes e Fernanda Borges. Arquitetura (residencial e comercial), urbanismo, arquitetura de interiores, projetos de reforma, artes plásticas (textura em tela e cerâmica). Fone: 85 9969-4221|9955-7577| 9118-8518. Henry Teixeira. Arquitetura Integrada. 85 9925-0180 | 8822-0180

PRESENTES FINOS

DECORADORES

Filó Decorações. Presentes finos, adesivações, utilidades, e decoração. Para cada espaço a peça perfeita. Av. Santos Dumont, 1111 loja 05 – Aldeota. Fone: 85 32547697. www.filodecoracoes.com.br.

Carlos Zaranza. Designer de interiores, consultoria, assessoria, projetos de ambientação, cenografia e decoração de eventos. Fones: 85 8716-9909 | 88 8816-1657.

RESTAURAÇÃO

Telma Aguiar. Design de Interiores. Fone: 85 8722-1787.

Atelier Silvio Gurgel. Restauração de imagens, móveis, paredes, decoração de festas, arranjos florais. Fone: 85 8854-3043|9949-5018. VELAS DECORATIVAS Labonni Velas Decorativas. Shopping Via Sul e Iguatemi. Fone: 85 3241-2189. VIDRAÇARIA Servidros. Beneficiamento de vidros em geral, vidros, espelhos, molduras, vidro jateado, bisotê, restauração de espelhos e vidros temperados. Fone: 85 3231-8049| 8866-4783.

Profissionais

DESIGN DE INTERIORES

GESSEIROS Diforcenter. Dry Wall, forros, FGA, FGE, divisorias Eucatex e PVC, pisos Pavflex e Eucafloor. Fone: 85 3265-2110. PAISAGISMO BM Paisagismo. Projeto, execução e manutenção de parques e jardins. Fone: 85 3459-1930| 85 99838338 Recanto das Plantas. Paisagismo, jardinagem e vasos, projeto, execução e manutenção. Fones: 85 3232-6642| 3295-8176. Jardineira Paisagismo. Projetos de paisagismo, jardinagem, execução e manutenção. Fone: 85 3241-0694.

ARQUITETOS

PINTORES

Q2 Multiagência. Design, arquitetura e web. Fone: 85 3091-8928.

Pintsoft Pintores. Aplicação de texturas, gel, grafiato, massa corrida, espatulados, pinturas especiais, marmoratto, efeito jeans, aço escovado, linho, pátina e listras. Fone: 85 8826-1917. 

Bruno Márcio. Arquitetura com responsabilidade. Fone 85 9176-4419

JORNAL FORTALEZA DECOR 11


Artesanato

PONTOS DE LUZ

1

UM TOQUE DE ACONCHEGO E BELEZA DAS VELAS DECORATIVAS LABONNI TEXTO. ELIZA SOUZA FOTOGRAFIA. DIVULGAÇÃO

O

romantismo que algumas velas acesas proporcionam a um ambiente é algo inegável. Em algumas versões são mais do que simples peças que iluminam um espaço dando-lhe intimidade e aconchego, e passam elas mesmas a ser o ponto alto da decoração. Em variados estilos e formas as velas ganharam “status” de objeto de decoração. São imagens de santos, divindades indianas, esculturas, flores em variados tamanhos e cheiros, proporcionando cor e graça a todos os ambientes. É o caso das peças da Labonni Velas Decorativas. Produzidas a partir de um processo artesanal, são moldadas por artesãos em atelier próprio. Tem sua sede em Curitiba onde

2

foi fundada há 17 anos. Exportam também seu produto para alguns países da Europa, América do Norte e África, dividindo-se em cinco linhas: clássicas, esculturas, estilo, florais e personalizadas. Com quiosques em cinco cidades do Brasil. Durante o ano inteiro participam de feiras e exposições de decoração trazendo sempre novas peças e lançamentos que reproduzem tendências da decoração.  Serviço: Shopping Iguatemi Av. Washington Soares, 85 Shopping Via Sul Av. Washington Soares, 4335 www.labonni.com.br

4

5

6

3

7

8

9

1 - Lavadeiras; 2 - Florais Outono; 3 - Tulipas; 4 - Jesus; 5 - Santo Estilizado; 6 - Imperadores; 7 - Bonecas; 8 - Buda Sentado; 9 - Deusa Tara.

12 JORNAL FORTALEZA DECOR

Jornal Fortaleza Decor 5ª Edição  

design, arquitetura

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you