Page 1

4 CULTURA

O Mensageiro 1.Março.2012

O Mensageiro participou no Encontro de Saberes do Freixial

EXPOSIÇÕES

m|i|mo -Museu da Imagem em Movimento - Leiria •”Zona Letal, Espaço Vital” - arte contemporânea (~14/04) •”Oficna do Olhar” - exposição permanente Edifício Paços do Concelho - Leiria •”As invasões francesas” - painés e vídeo (~31/03) Edifício Banco de Portugal - Leiria •”Do princípio ao fim” - joalharia contemporânea e pintura (~31/3) Museu Escolar - Marrazes •”Máscaras de Carnaval” (~30/03) Museu Joaquim Correia - Marinha Grande •”Retratos” (3ªs~6ªs) •”Mulher, cavalo e árvore” - desenho de Carlos Reys (3ª~sábados) Espaço Jove - Porto de Mós •”Máscaras de Carnaval” (~23/03) Galeria Paços do Concelho - Tomar • Desenho de Manuel Baptista (~31/03)

MÚSICA | TEATRO | EVENTOS

m|i|mo - Muse da Imagem em Movimento - Leiria • Teatro de sombras e oficinas criativas (3ªs~6ªs) Moinho de Papel - Leiria •“Viagem à Fábrica do papel (3ªs~6ªs, 10h00 e 14h30) •“Fazer farinha e transforma-lá em pão” (3ªs~6ªs, 10h00 e 14h30) •“Queres pintar? Vai ao moinho vai...” (3ªs~6ªs, 10h00 e 14h30) •“O saber de mão em mão” (3ªs~6ªs, 10h00 e 14h30) •“A dobrar a dobrar no moinho vais criar” (3ªs~6ªs, 10h00 e 14h30) •“O meu caderno” ((3ªs~6ªs, 10h00 e 14h30) Biblioteca Municipal - Marinha Grande •”Mariana e a missão Primavera” - hora do conto (2ªs~6ªs, 10h e 14h) •”Pequeno Lobo branco” - filme (7/03, 15h30) Parque da Cerca - Marinha Grande • Corta-mato escolar (3/03, 10h30)

Convidados a representar Portugal na Costa Rica

“Farratuga” procura apoios

O projecto Farratuga foi iniciado por um grupo de estudantes de música que decidiu dedicar-se quase em exclusivo à música portuguesa de uma forma original e divertida. Trata-se de uma fanfarra que faz da versatilidade a sua imagem de marca, podendo actuar em contextos tão diversos como animação de rua, concertos, casamentos, comícios, festivais, festas populares, arraiais, aniversários, etc. Recentemente, receberam o convite para representar Portugal num festival que se realiza na Costa Rica, no próximo mês de Agosto, com grupo vindos de todos os continentes. Mas o grupo não tem meios para suportar os custos da viagem e vê-se na perspectiva de ter de desperdiçar esta oportunidade. Daí surgiu o pedido de apoio a quem queira ser “mecenas” desta aventura ou dar algum tipo de contributo para esta digressão, nomeadamente, através da contratação dos seus serviços musicais. Os interessados poderão contactar o telefone 916666242.

No âmbito das comemorações do seu 10.º aniversário, o Museu Etnográfico do Freixial promoveu, no dia 18 de Fevereiro, uma jornada cultural que começou com uma oficina sobre “Como aplicar o marketing nas actividades culturais e criativas” e terminou com um debate sobre “A comunicação social e as pequenas entidades culturais”. Sendo uma “relação muitas vezes incompreendida”, o diálogo entre os órgãos de comunicação social e as pequenas associações e outras entidades culturais esteve no centro das intervenções, feitas por representantes da associação ForSerra, da Livraria Arquivo, do Região de Leiria, do O Mensageiro e do Jornal da Golpilheira. Por parte das associações e promotores cultu-

Miguel Marques - ForSerra

Teatro José Lúcio da Silva (Leiria) • ZÉ COLMEIA | Animação | de Eric Brevig | 11 de Março, 15h30. Teatro Miguel Franco (Leria) • AS SERVIÇAIS | Drama | de Tate Taylor | c/ Viola Davis, Octavia Spencer, Emma Stone, Jessica Chastain | 4 de Março, 21h30, 5 de Março, 21h30, 6 de Março, 21h30 e 7 de Março, 18h30 e 21h30. Cine-Teatro (Monte Real) • O GATO DAS BOTAS | Animação | de Chris Miller | 3 de Março, 21h30 e 4 de Março, 15h30.

“Cultura e jornalismo” em debate

rais, foi referida a dificuldade em dar visibilidade às iniciativas que organizam e que nem sempre têm eco na comunicação social, acrescentando exemplos de sucesso quando se trabalha em parceria para aumentar a escala dos eventos, pois “a união faz a força”. Por parte dos jornalistas, referiu-se o problema da

limitação de recursos para acompanhar as muitas actividades que decorrem pela região e, mesmo, a falta de espaço físico nos jornais para as divulgar. Por outro lado, o facto de se receber muita informação que não traz nada de novo e é “mais do mesmo”. No debate que se seguiu, moderado pelo

jornalista da SIC Anselmo Crespo, foi sublinhada de ambas as partes a intenção de fazer o melhor possível para melhorar os canais de comunicação. As associações pediram atenção mais cuidada a algumas acções de valor que promovem e reconheceram que nem todas têm qualidade que justifique ampla divulgação. Os meios de comunicação alertaram para a necessidade de se apresentarem produtos culturais inovadores e que marquem pela diferença, pois esse é um segredo para suscitar o interesse dos públicos e dos media. E deixaram a dica: “não desistam de enviar notícias, insistam, pois isso acabará por captar a atenção para algumas das iniciativas realizadas”. Luís Miguel Ferraz

Espaço Jovem de Porto de Mós

Exposição de máscaras de Carnaval De 17 de Fevereiro a 23 de Março de 2012, está patente uma exposição de máscaras de Carnaval no Espaço Jovem em Porto de Mós. A festa do Entrudo, expressão tipicamente portuguesa para designar o Carnaval, surgiu na Grécia Antiga, como forma de veneração aos deuses da

fertilidade do solo. Mas foi no século XI que este hábito se enraizou pelo mundo, na sequência da implementação da Semana Santa que iniciava com a “Quarta-feira de Cinzas”, um período de 40 dias de jejum que antecedia a Páscoa. Sendo essa uma época de privações para os

católicos, as populações acabaram por adquirir a tradição de festejar antes de iniciarem este tempo de abstinência. Assim, a palavra “Carnaval” está relacionada com a ideia de “adeus à carne”, marcada pela expressão “carne vale”, que acabou por formar a palavra “Carnaval”.

Com o intento de comemorar esta quadra carnavalesca e, simultaneamente, fomentar a inter disciplinaridade e o envolvimento de todos, a Câmara de Porto de Mós promove esta exposição de Máscaras, elaboradas pelas turmas dos estabelecimentos de ensino do concelho.

Eunice Muñoz no Teatro José Lúcio da Silva

“O cerco a Leninegrado” O Teatro José Lúcio da Silva acolhe, no próximo dia 1 Março, pelas 21h30, a peça “O cerco a Leninegrado”, a divertida comédia que é a mais importante obra de José Sanchis Sinisterra e foi representada com êxito um pouco por todo o mundo por grandes actrizes. Nesta versão, conta com Maria José Paschoal e Eunice Muñoz. Esta peca conta-nos a história de duas mulheres que vivem encerradas num

DR

CINEMAS

velho teatro na cidade e que lutam contra a sua anunciada demolição. Uma obra em

que ambas as personagens são testemunhas de um tempo que já não existe

mas que alerta a nossa sociedade actual para os perigosos tempos que atravessarmos. Eunice Muñoz comemora assim nesta comédia “política” os seus 70 anos de carreira, numa obra que, ao mesmo tempo, presta uma homenagem a todos os profissionais de teatro. Os sonhos e as utopias de um mundo melhor estão presentes nesta relação humana de duas mulheres que nunca se renderão.


_04 4899 pag 04.indd  

“Farratuga” procura apoios CULTURA 4 Convidados a representar Portugal na Costa Rica O Mensageiro mas que alerta a nossa sociedade actual pa...

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you