Page 1

U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Isabel Barroso


Área de Apoio à Investigação

U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Sumário Esquema de apresentação de teses e dissertações Normas Portuguesas – definições Regras gerais de transcrição Regras para citações bibliográficas Alguns casos práticos


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS UNIVERSIDADE DO PORTO FACULDADE DE BELAS ARTES

Web site stories Para uma museologia virtual do virtual

Maria Helena Barbosa

Dissertação para obtenção do grau de Mestre em Arte Multimédia Orientador: Prof. Doutor Vasco Afonso da Silva Branco

Porto, 2002

Instituição Título Autor

Notas Local, Ano

Esquema de apresentação de teses


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

http://sigarra.up.pt/fbaup/web_base.gera_pagina?p_pagina=2459#Esquema%20de %20Apresenta%C3%A7%C3%A3o%20de%20Teses


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Página de rosto e sumário


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Ao utilizar as normas está a:

Uniformizar critérios na construção de referências bibliográficas. Tirar partido de programas que permitem guardar, organizar e usar referências bibliográficas, como é o caso do ENDNOTE.

Normalização


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Normas

Determinam uma ordem obrigatória para os elementos da referência. Estabelecem as regras para a transcrição e apresentação da informação, contida nas fontes da publicação a referenciar e para a apresentação de bibliografias e citações bibliográficas.

Normalização


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Normas Portuguesas NP 405 1 – Documentos impressos NP 405 2 – Materiais não livro NP 405 3 – documentos não publicados NP 405 4 – documentos electrónicos

Normalização


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Autor - É o primeiro elemento da referência bibliográfica. Deve ser dado de forma invertida. Excepções Último apelido ou o penúltimo no caso de se tratar de nomes espanhóis (ex. BUGALLO RODRÍGUEZ, Ánxela) Apelidos compostos (ex. CASTELO BRANCO, Camilo) Apelidos que expressem relações familiares (ex. VARGAS NETO, Manuel do Nascimento) Até 3 autores Ex. SERRÃO, Joel; MACEDO, Jorge; GRÁCIO, Rui

Regras gerais de transcrição


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Autor Mais de 3 autores Indica-se o nome do primeiro autor ou do que aparecer com maior evidência, seguido da expressão [et al.] (et alii – expressão latina para e outros) Ex. SERRÃO, Joel [et al.]

Colectividade Deve ser transcrito como aparece na fonte.

Regras gerais de transcrição


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Autor – Colectividades (Excepções) Colectividade subordinada a outra colectividade Ex. UNIVERSIDADE DO PORTO. Faculdade de Belas Artes Ministérios, órgãos legislativos, judiciais, administrativos, civis ou religiosos ficam subordinados à circunscrição territorial a que dizem respeito Ex. PORTUGAL. Biblioteca Nacional PORTO. Câmara Municipal Colectividade grupo eventual (congressos, simpósios, jornadas, etc.) indica-se o nome, número, local de realização e a data Ex. BIENAL DE VENEZA, 40ª, 1982

Regras gerais de transcrição


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Título CLARK, T. J. – Image of the people: Gustave Courbet and the 1848 revolution CLARK, T. J. – Image of the people: Gustave Courbet and the 1848 revolution CLARK, T. J. – Image of the people: Gustave Courbet and the 1848 revolution Título atribuído pelo catalogador - [Image of the people]

Regras gerais de transcrição


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Responsabilidade secundária PERES, Damião – Instrução e cultura. In História da cidade do Porto. Colab. de Artur de Magalhães Basto [et al.] RAVEN, Arlene, ed. by. – Feminist art criticism Edição 6ª ed. 2 ème 2nd ed. 5th ed.

Regras gerais de transcrição


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Numeração [apenas para publicação em série] Publicação em série finda Vol. 1, n.º 1 (1908) – vol. 20, n.º 12 (1950) OU 1:1 (1908)-20:12(1950) Publicação em série corrente Vol. 1, n.º 1 (1908) –

Regras gerais de transcrição


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Publicação Local de Publicação: Nome do Editor, Ano de publicação London: Thames & Hudson, 1999 Caso se desconheça o local de edição ou o nome do editor deve-se utilizar as abreviaturas das expressões latinas sine loco [S.l.] e sine nomine [s.n.] [S.l.: s.n.], 1990 Lisboa: [s.n.], 1990 [S.l.: s.n., 1990?]

Regras gerais de transcrição


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Publicação Na referência deve figurar sempre uma data [19--], [198-] ou ainda [1994?] [ca. 1980] [D.L. 1980] imp. 1999 cop. 1999 Numa publicação que abranja vários anos indica-se a data de início e de fim 1980-1990 Se a publicação não estiver concluída, deve-se colocar a primeira seguida de hífen e espaço 1980-

Regras gerais de transcrição


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Descrição física

Publicação num só volume IX, 500 p. Publicação com mais de um volume 3 vol. Artigos ou partes de publicações em série p. 138-140

Regras gerais de transcrição


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

A Série (colecção) (Penguin Books; n.º 10) Notas Tese de mestrado Ed. Facsimilada Número Internacional Normalizado ISBN 0-500-27245-X ISSN 0962-0672

Regras gerais de transcrição


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Citação numérica Citação em nota Citação autor, data

Regras para citações bibliográficas


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Texto e citações

Referências bibliográficas

Citação numérica


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Nota de rodapé

Citação em nota


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Referências Bibliográficas

Citação em nota


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Texto e citações

Referências Bibliográficas

Citação entre parênteses com autor-datapaginação


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

As citações seguintes deverão ser dadas de forma abreviada MACEDO, Diogo – Op. cit., p. 10 Idem, ibidem

Mais do que um livro do mesmo autor MACEDO, Diogo – Notas … (op. cit.), p. 21 MACEDO, Diogo – Soares dos Reis … (op. cit.), p. 21 Citações de obras não consultadas pelo autor Apud MACEDO, Diogo – Soares dos Reis, p. 21 Cit. por MACEDO, Diogo – Soares dos Reis, p. 21

Notas de rodapé – citação em nota


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Correspondência com o ENDNOTE C:\Programas\EndNote X3\Styles


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Exemplos de normas


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Exemplos de normas APA – American Psychological Association Fernandes, A. (1626). Arte de musica de canto dorgam, e canto cham, & proporções de musica divididas harmonicamente. Em Lisboa: Por Pedro Craesbeeck. MLA - Modern Language Association's Fernandes, António. Arte de Musica de Canto Dorgam, e canto cham, & proporções de musica divididas harmonicamente. Em Lisboa: Por Pedro Craesbeeck, 1626.


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Exemplos de normas SISTEMA AUTOR-DATA Adorno, Theodor W. 1966 Negative dialectics (Negative Dialektik, 1966), Nova Iorque, Continuum, 1997. 1969 Teoria estética (Ästhetische Theorie), Lisboa, Ed. 70, 1982. 1991ª The culture industry: selected essays in mass culture, Londres, Routledge. 1991b In search of Wagner (Versuch über Wagner), Londres/Nova Iorque, Verso.


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Alguns casos práticos


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Autor da monografia Título

NP 405 1 – Documentos impressos

Editor

NP 405 1 – Documentos impressos


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Local: Editor, Ano

Edição

ISBN

NP 405 1 – Documentos impressos


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

STANLEY-BAKER, Joan - Japanese art. rev. and expanded ed. London: Thames & Hudson, 2000. ISBN 0-50020326-1 Esquema: APELIDO, Nome – Título. Edição. Local da publicação: Editor, Ano. ISBN

NP 405 1 – Documentos impressos


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Título

Autor da monografia

Autor e Título da parte ou volume

NP 405 1 – Documentos impressos Partes ou volumes da monografia


COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

ALMEIDA, Pedro Vieira de – O Fantástico na arquitectura. In SEIXO, Maria Alzira, coord. – O Fantástico na arte contemporânea. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1992. p. 31-40.

Esquema: APELIDO, Nome – Título da parte ou volume. In APELIDO, Nome – Título da monografia. Edição. Local: Editor, Ano. ISBN. Localização na monografia NP 405 1 – Documentos impressos Partes ou volumes da monografia


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Flash Art. Milão. 2005, vol. XXXVIII, n.º 241. ISSN 03941493. Esquema: Título. Edição. Local de publicação. Ano, vol., n.º. ISSN NP 405 1 – Documentos impressos Publicações periódicas – Parte da Publicação


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BELLINI, Andrea – The East Village revisited. Flash Art. Milão. ISSN 0394-1493. Vol. XXXVIII, n.º 241(2005), p. 60-86. Esquema: APELIDO, Nome – Título do artigo. Título da publicação em série. Local de publicação. ISSN. Vol., n.º (ano), p. NP 405 1 – Documentos impressos Publicações periódicas – Artigo


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BARROSO, Isabel Maria e Silva – BDArt – Biblioteca Digital de Arte: Arquivo e Biblioteca. Porto: Faculdade de Engenharia, 2009. Tese de mestrado Esquema: APELIDO, Nome – Título. Local de publicação: Editor, Ano. Notas NP 405 1 – Documentos impressos Teses, dissertações e provas académicas


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

COLLINGS, Mathew, written and presented – Cézanne [Registo vídeo]. dir. by Janice Sutherland. [London]: Phaidon, 1996. 1 cassete vídeo (VHS) (59 min.): color., som.

Esquema: APELIDO, Autor – Título [Designação genérica de material]. Local: Editor, Ano. Descrição física (designação específica: outras indicações físicas; dimensões)

NP – 405 2 – Material Não-Livro


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS VENTURA TERRA, Miguel – [Carta] 1893 Abr. 9, Paris [a] Tadeu Maria de Almeida Furtado [Manuscrito]. 1893. 2 f. Acessível no Arquivo da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, Portugal.

Esquema: APELIDO, Nome – Título [Designação genérica de material]. Ano. Paginação. Notas. Acessível na …, Local, País. Identificador do documento

NP 405 3 - Documentos não publicados


NP 405 4 – Documentos electrónicos


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

PORTUGAL. Biblioteca Nacional – Biblioteca Nacional Digital [Em linha]. Lisboa: BN, 2002- . actual. 02 Jul. 2009. [Consult. em 03 Jul. 2009]. Disponível em WWW: <URL: http://purl.pt/index/geral/PT/index.html>

Esquema: APELIDO, Nome – Título [Tipo de suporte]. Edição. Local: Editor, Ano. actual. [Consult. ]. Disponível em WWW: <URL: http://...>. ISBN NP 405 4 - Documentos electrónicos


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

NP 405 4 – Documentos electrónicos Publicações em série – artigos e outras contribuições


U. PORTO | Faculdade de Belas Artes | Biblioteca

COMO ELABORAR REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

MUKHERJEE, Srimati – Feminism in a Calcutta context. Quarterly review of film and video [Em linha]. Vol. 22, n. º 3 (Jul. /Set. 2005), p. 203-210. [Consult. 02 Jul. 2009]. Disponível em WWW:<URL: http://journalsonline.tandf.co.uk/app/home/issue.asp?wasp=8b7 >

Esquema: APELIDO, Nome – Título do artigo. Título da publicação em série [Tipo de suporte]. Vol., n.º, Ano, p. .actual. . [Consult. ]. Disponível em WWW: <URL: http://...>. ISSN NP 405 4 - Documentos electrónicos

Como Elaborar Referências Bibliográficas  

Tutorial de apoio para criação de citações e referências bibliográficas de acordo com a Norma Portuguesa 405

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you