Issuu on Google+

Revista do PrĂŞmio

LĂ­der Empresarial 2013


UMA MARCA NÃO É LÍDER POR ACASO.

A Toyota, líder mundial em vendas, Venha para Kurumá e leve um carro da

CACHOEIRO: 28 3322 3322

Faça revisões em seu veículo regularmente.

NORTE DO ESTADO:

27 2103 9200 • 2101 6200


parabeniza os líderes empresariais. maior marca de automóveis do mundo.

Anúncio Kurumá

Dirigir um Toyota é incrível. Faça um test drive. GRANDE VITÓRIA:

27 2125 2222 • 2125 2125 • 2125 5400 /ToyotaKuruma

@KurumaToyota

www.kurumaveiculos.com.br


Sumário 52 Adroaldo Nobrega Fonseca

Líder Homenageado

54 Raphael Brotto

12 Renato Casagrande 22

Líder em Serviços de Saúde

Líder do Ano

10 Luiz Wagner Chieppe Líder de Grande Empresa* e Líder de Empresa Sustentável**

Maurício Max

Líder em Shoppings

Líder em Sindicatos Patronais

56 Luiz Alberto de Souza Carvalho

Líder de Escritório de Advocacia

58 Willian CaroneJr

Líder de Maior Empresa do Espírito Santo

60 José Onofre Lopes

Líder em Concessionária de Automóveis

62 Maurício Silva Ribeiro

Líder em Construção e Incorporação

64 Lúcio Dalla Bernadina

24 Luciano Machado 26 Liberato Milo

28 José Geraldo Cunha

30 José Élcio Lorenzon

Líder em Supermercado

Líder na Indústria de Alimentos

Líder na Indústria de Transformação

Líder na Indústria Metalúrgica

Líder em Instituição Financeira Local

Líder em Eletrodomésticos

66 BentoVenturim

Líder em Empresa Ambiental

66 Salvador Vasques Auriema Turco

Líder em Empresa de Segurança Privada

68 Luiz Belmok

32 Jackson Pina Laurett 34 Marialva Lyra

36 Ladislau Paulino Campos

Líder em Metalmecânica

Líder em Transporte Rodoviário

Líder em Ensino Superior

Líder Revelação

Líder em Hospitais

Líder em Empresa de Inovação

38 Alexandre Nunes Theodoro 68 Raphael Cassaro Machado 40 MarcusViníciusAzevedoTanure 70 Pedro Assef Líder em Indústria Moveleira

70 Sérgio Tristão

Líder em Logística

70 Roberto Anselmo KaustskyJr

Líder em Mármore e Granito

70 Sávio de Souza Lakatos

42 João Brumatti

44 Kaumer Chieppe 46 Renata Malenza Líder em Planos de Saúde

Líder em Exportação de Café

Líder em Indústria de Bebidas

Líder em Serviços de Exportação e Importação

Líder Feminina

48 Marcio de Oliveira Almeida 70 Ada Alcinéia Mota Líder em Rede de Farmácia

50 Marcelo Frisso Santos


E ditorial

Expediente

Líderes

Revista Prêmio Líder Empresarial

Presidente (Grupo Buaiz) Americo Buaiz Filho

reconhecidos e incentivados move o Prêmio Líder Empresarial do Es-

Superintendente de Operações e Artístico Silvio Roberto

pírito Santo, a maior e mais importante premiação do Estado no setor empresarial

Gerente de Mídia e Mercado Giselle Alves

e iniciativa que tem por objetivo reconhe-

Gerente de Jornalismo Rede Vitória Alexandre Carvalho

cer os líderes que representam seus segmentos de atuação. Não importa quem é o

Gerente Comercial TV Vitória Davi Wescley

maior ou o melhor nessa premiação, mas sim quem, de fato, confere predicados ca-

Gerente Comercial Jovem Pan Gustavo Faleiro

pazes de representar o seu setor, por meio de uma eleição direta.

Coordenador Comercial Folha Vitória Luciano Oliveira

A TV Vitória/Record tem em seu DNA a vocação de fazer sua programação local

Coordenador Comercial Rádio Vitória 640 AM Luiz Kleber Mattos

com qualidade, fato reconhecido no mercado nacional, onde fomos eleitos três vezes a Melhor TV Regional do Brasil

a quarta melhor cidade em seu Índice de

pela Academia Brasileira de Marketing.

Desenvolvimento Humano (IDH). Isso

E, nesse momento em que reconhecemos

não é por acaso; é fruto de muito traba-

os principais líderes em seus segmentos,

lho desenvolvido nos últimos anos. Te-

temos o prazer de dividir com vocês a nos-

mos conseguido formar bons líderes po-

sa conquista de estar produzindo e exibin-

líticos, empresariais e religiosos, e isso

do mais de 150 horas de jornalismo-ver-

merece todo nosso respeito e admiração.

dade, o que representa duas vezes e meia

É pela responsabilidade que temos

mais conteúdo jornalístico do que as de-

com toda a sociedade que promovemos o

mais emissoras de TV do nosso Estado.

Prêmio Líder Empresarial, hoje em sua 13ª

Fazer uma grade de programação ci-

edição. Honra-nos muito, neste ano, ho-

dadã aumenta, em muito, a nossa respon-

menagear o governador Renato Casagran-

sabilidade, porque esse trabalho da TV Vi-

de, que, como homem público, tem en-

tória/Record é percebido, cada vez mais,

frentado os desafios com muito equilíbrio.

na sua aceitação pelo público, que se ma-

Muito obrigado por acreditarem em

nifesta em mensagens de reconhecimen-

nosso trabalho e no nosso desafio de ser-

to nas redes sociais e, também, compro-

mos, a cada dia, ainda mais a cara da gente.

vado pela audiência medida pelo Ibope.

TV Vitória/Record, uma TV cidadã, que tem a cara da gente.

Fernando Machado diretor-geral da Rede Vitória 6

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013

Diretor Geral Fernando Machado Superintendente Comercial e de Marketing Geraldo Vimercati

• Há 13 anos, a TV Vitória/Record pro-

Vitória acabou de ser avaliada como

Diretora administrativofinanceiro (Grupo Buaiz) Eduarda Buaiz

Coordenadora de Marketing Rede Vitória Andrea Monteiro Apresentadora do programa Negócios de Sucesso Ana Kátia Covre Jornalista do programa Negócios de Sucesso Edu Kopernick Preview Editora Ltda. Rua Professor Sarmento, 41, lj 01, Praia do Suá, Vitória/ES CEP: 29.052-370 contato@previeweditora.com.br www.previeweditora.com.br (27) 3225-6119 / (27) 3225-0184 Diretor executivo Tiago Feliz Martins Diretor administrativo Rodolfo Feliz Martins Jornalista responsável Betty Feliz Textos Ariani Caetano Fotos Cloves Louzada e divulgação Design e Editoração Link Editoração link@linkedit.com.br www.linkedit.com.br (27) 3337-7249 Impressão Gráfica GSA


PROINVESTE

CAPIXABA

Crédito para os municípios. Desenvolvimento para o Espírito Santo.

O Proinveste Capixaba é o programa de crédito do Bandes criado especialmente para que os municípios do Espírito Santo possam investir ainda mais em infraestrutura e modernização.

Com o apoio do Bandes, nosso Estado trabalha e se desenvolve junto com o capixaba.

www.bandes.com.br Mais informações:


APRE SENTAÇÃO

Um programa que estimula o

empreendedorismo • Levando em considera-

dade. Há também o “Juntos

ção sua representatividade no

pelo Sucesso”, em que exibi-

segmento e contribuição para

mos ações de cooperativis-

o desenvolvimento da econo-

mo e histórias de sucesso.

mia do Espírito Santo, o pro-

No “Mundo Virtual” apre-

grama “Negócios de Sucesso”

sentamos as tecnologias que

mostra várias vertentes den-

ajudam a conduzir negócios

tro da editoria de economia.

e que facilitam e proporcio-

Nele, são discutidos te-

nam mais eficiência.

mas empresariais e econômi-

Já no “Mundo Corporati-

cos que alimentam o espíri-

vo em 60 segundos”, em cada

to empreendedor dos capixa-

bloco, fazemos um giro pe-

bas, mostrando tendências

las notícias mais importan-

de mercado, grandes oportu-

tes da semana sobre a indús-

nidades e divulgando cases

tria, serviços e agronegócios.

de sucesso, nos quais empre-

Além desses assuntos, fala-

sas e empresários destacam-

mos também sobre franquias,

se por contribuir para o cres-

tiramos dúvidas e damos dicas

cimento da cadeia produtiva

para empreendedores.

do nosso Estado.

Desde que assumi o pro-

E como toda mudan-

grama, com a participação do

ça de direção gera modifi-

jornalista Edu Kopernick, a

cações, criamos novos qua-

cada dia fica mais evidente a

dros, novas vinhetas e ain-

visão de comunicação volta-

da mais conteúdo. Para dar

da para a importância de es-

mais agilidade e dinamismo,

Mantivemos a entrevista

tórias de empresários de su-

timular os arranjos produti-

características necessárias

de estúdio, mas em um novo

cesso, o hobby preferido e a

vos do Espírito Santo. Com

também em um negócio, sa-

cenário. Aqui, contamos as

pessoa que existe por trás da

isso, crescemos na audiência.

ímos do estúdio e passamos

perspicácias do mundo em-

liderança empresarial.

a fazer apresentação exter-

presarial, exemplos de ges-

No quadro “Responsabi-

é exibido todo sábado, às 13

na. Hoje, podemos ancorar o

tão bem sucedida e novida-

lidade Social” destacamos as

horas, e no domingo, após

programa de dentro de uma

des e mudanças do merca-

iniciativas de empresários

“Tela Máxima”. Por último,

empresa, num ponto turís-

do. Temos mais de dez qua-

que apoiam ações de cultu-

deixo a vocês a mensagem:

tico ou até num evento ex-

dros. Entre eles, estão o “Es-

ra, educação, projetos de in-

“Um Estado forte é forma-

pressivo para o nosso Estado.

tilo de Vida”, que mostra his-

clusão social e sustentabili-

do por líderes fortes”.

O “Negócios de Sucesso”

Ana Katia Covre Apre sentadora Re sp onsável Pel o Programa “Negócios De Suce sso” 8

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013


Líder do Ano

Luiz Wagner G r u p o

Á g u i a

Chieppe

B r a n c a

22,2%

de votos Marcos Guerra

20,38% ձձ Foi com o pai, Carlos

Ricardo Vescovi

Chieppe, que Luiz Wagner

19,82%

Chieppe, o Líder do Ano do

José Armando de Figueiredo

18,97%

Prêmio Líder Empresarial,

Carlos Augusto Lira Aguiar

aprendeu os valores que nor-

18,62%

teiam sua vida: informação e mercado, liderança, inovação, ética, controle, avaliação de riscos de novos negócios

saber cobrar com educação e

e respaldo técnico. “Acredito

respeito, ser impessoal no co-

que tudo o que aprendi com

mando dos liderados, ter se-

ele foi de suma importância

gurança nas decisões e saber

para que eu chegasse até aqui,

reconhecer e valorizar cada

inclusive alguns valores fa-

trabalho realizado com su-

miliares, como crença no tra-

cesso. “É possível aprender a

balho, solidariedade, integra-

ser um líder, mas tudo depen-

ção com comunidade, acredi-

de da personalidade. Acredi-

tar na ‘prata da casa’ e a in-

to que há pessoas que já nas-

tolerância com indisciplina

cem com essas característi-

e desonestidade”, diz.

cas. O ser humano é um ani-

Formado em Ciências Contábeis, ele já atuou em diferentes frentes de negócios do Grupo Águia Branca. Foi diretor do Grupo nos segmentos do transporte de passageiros, de fretamento e turismo na Bahia; diretor da Unidade de Negócios de Cargas; diretor de Relações Corporativas da Holding,

Todo bom líder precisa saber encarar desafios, ser empreendedor, dinâmico e ter uma personalidade agradável

e atualmente, aos 63 anos,

mal social. E mesmo nas eras mais remotas da história da

ser empreendedor, dinâmi-

humanidade, há registros de

co e ter uma personalidade

líderes que conduziam gru-

agradável. Além disso, tem

pos familiares ou sociais.”

que saber tratar sua equipe

E em 44 anos de carreira

de forma ética e motivadora,

e de liderança, muitos foram

tem que ser justo e democrá-

os desafios deste líder, mas

tico e também flexível, quan-

o que mais o marcou foi ser

do se fizer necessário. Outro

executivo no período de for-

ponto importante é conhe-

te inflação, no final na déca-

cer de perto o estilo de traba-

da de 80 e início dos anos 90.

lho de cada membro da equi-

Hoje, consolidado, o Grupo

lho de Administração e di-

deração Nacional do Trans-

pe, para dividir as tarefas de

Águia Branca atua em qua-

retor de Relações Corpora-

porte (CNT) e vice-presi-

acordo com o perfil de cada

se todos os estados do País

tivas do Grupo Águia Bran-

dente da Federação das Em-

um”, ensina o executivo.

e gera cerca de 12 mil em-

ca, é também presidente do

presas de Transportes do

Sobre os atributos que fa-

pregos dentro das três uni-

Movimento Espírito Santo

Estado do Espírito Santo

zem um bom líder, ele con-

dades de negócios: passa-

em Ação, diretor da Confe-

(Fetransportes).

sidera que os principais são

geiros, logística e comércio.

além de membro do Conse-

10

“Todo bom líder precisa saber encarar desafios,

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013


Líder Homenageado

RenatoCasagrande G o v e r n a d o r

d o

E s t a d o

d o

E s p í r i t o

S a n t o

ձձ Natural de Castelo, Renato Casagrande nasceu em 3 de dezembro de 1960, é casado e tem dois filhos. É formado em Engenharia Florestal, pela Universidade Federal de Viçosa, e em Direito, pela Faculdade de Direito de Cachoeiro de Itapemirim. Antes de chegar ao Palácio Anchieta, foi senador da República, deputado federal, vice-governador e deputado estadual. Também já esteve à frente de cargos executivos, como secretário de Estado de Agricultura, secretário municipal de Meio Ambiente da Serra e secretário municipal de Desenvolvimento Rural do município de Castelo. Para o Governo do Espírito Santo, Casagrande foi eleito ainda no primeiro turno, com 1.502.070 votos, alcançando a maior votação de um governador na história política do Estado. Com 82,3% dos votos, obteve ainda o segundo maior percentual de votos do país entre os governadores eleitos e reeleitos em 2010. Nesta entrevista exclusiva para a revista do Prêmio Líder Empresarial, Renato Casagrande fala de liderança, desafios, sonhos e realizações, tanto pessoais, quanto profissionais.

12

Quem é você?

Como é sua rotina? O que

É sempre difícil fazer uma au-

faz durante o dia, como se

toavaliação. Eu gosto de tra-

ocupa dos afazeres?

balhar – isso posso afirmar

Acordo cedo, leio as notícias

categoricamente. Luto pelo

do Estado e do país, faço reu-

que acredito e gosto do que

niões de planejamento e de

faço. Escolhi a vida pública

acompanhamento do traba-

quando ainda era jovem, mili-

lho realizado pelas diferen-

tante do movimento estudan-

tes áreas do Governo, deba-

representar bem os capixabas

As demandas são muitas e te-

til na Universidade de Viço-

to demandas e projetos com

e fazer mais para todos, prin-

mos um tempo limitado e re-

sa. Sou um homem que acor-

representantes dos mais di-

cipalmente para os mais ne-

lativamente curto para pro-

da todos os dias pensando em

ferentes setores da socieda-

cessitados. A função princi-

duzir resultados que levem o

fazer o melhor, em mudar a

de e ainda comando eventos

pal de um governante é gerar

maior benefício possível a to-

vida das pessoas, em honrar

de assinatura de ordens de

felicidade para os cidadãos,

das as regiões, por meio dos

essa confiança em mim depo-

serviço e de inaugurações.

e as tarefas nunca acabam

programas, obras e projetos

sitada pelos capixabas.

A minha função tem sido

na administração pública.

que executamos.

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013


Tudo o que estamos conquistando aqui é fruto do planejamento, da capacidade empreendedora e da união da nossa gente

Quais são suas maiores

Um pouco de cada uma des-

pixabas. De certo modo, me

colhido o caminho da edu-

paixões? E hobbies? O que

sas coisas. É claro que exis-

vejo como um pai de famí-

cação, o que me trouxe até

gosta de fazer nos momen-

te um dom, mas a história

lia que luta para garantir o

aqui. O conhecimento é um

tos de lazer?

de vida, os estudos, as cir-

futuro de seus filhos e, nes-

bem que ninguém pode to-

Sem dúvida, a minha família

cunstâncias e o próprio ca-

sa luta, encontra boas ra-

mar do outro, é uma pre-

é o que há de mais importan-

ráter lapidam e orientam

zões para comemorar cada

ciosidade. Terceiro, é sem

te na minha vida, e o tempo

essa aptidão.

resultado obtido.

dúvida uma grande reali-

cial. São momentos que me

Que relação a liderança

Quais foram os maiores

seu povo como alguém que

fortalecem e recarregam mi-

tem com política? Para

desafios de sua carreira e

pode liderá-lo na constru-

nhas energias. Sou de origem

ser político é necessário

vida pessoal?

ção de um Estado mais mo-

italiana e não dispenso uma

ser líder?

Desde que escolhi sair do in-

derno, justo e solidário.

casa cheia. Estamos sem-

Sem dúvida. O político é um

terior para estudar, tracei

pre juntos nos momentos de

representante dos seus elei-

um caminho que me levou a

Quais são seus sonhos?

descanso, de lazer.

tores e de toda a socieda-

cumprir novas tarefas, pau-

Sonho em olhar para trás

que passamos juntos é espe-

zação ser reconhecido pelo

de. Ocupa provisoriamen-

tas, debates e desafios a cada

e ver que pude contribuir

Quais são as características

te um cargo público que só

dia. Por isso, me parece que

para a felicidade das pes-

essenciais de um bom líder?

faz sentido quando é usado

estou sempre enfrentando o

soas que vivem no Espíri-

Liderar só faz sentido se for

para incentivar e servir, para

maior desafio da minha vida.

to Santo – e, por extensão,

para conduzir as pessoas a

ouvir a coletividade e reali-

Entrei na política com o pro-

para a felicidade do meu

um patamar melhor, no meu

zar, que são características

pósito de defender meu Esta-

país. Sonho em ver reali-

caso, para gerar oportunida-

fundamentais da liderança.

do e o direito de todos os ca-

zados os grandes projetos

des, qualidade de vida e mais

Quem não tem esse perfil não

pixabas a uma vida melhor,

da nossa administração. So-

igualdade. Liderar é cami-

deve estar na política.

mais completa e mais signi-

nho com a possibilidade de

ficativa. Desde então, não

que todo o esforço que faze-

nhar junto com a sociedade em direção a conquistas que

Qual é o sentimento de

houve um dia sequer em que

mos hoje tenha como con-

possam transformar sonhos

ser líder de um Estado

não tenha me empenhado

sequência uma transforma-

e desejos coletivos em reali-

com tantas oportunidades

nisso. Acredito que o maior

ção real e duradoura na vida

zações. Um líder delega fun-

e desafios?

desafio é sempre o futuro, o

de todas as famílias capixa-

ções, cobra resultados e tem

É gratificante ser escolhido

que ainda não foi realizado.

bas. Estou também usan-

paciência, compreensão e fir-

por milhares de pessoas e

Por isso, trabalho tanto para

do o melhor da minha ca-

meza para ouvir, ponderar e

reconhecido como condutor

garantir que o planejamento

pacidade e das oportuni-

decidir. Com o trabalho em

de um grande projeto, para

de hoje se transforme ama-

dades que tive para ofere-

equipe, atingimos mais ra-

o qual você se preparou ao

nhã em resultados positivos

cer um futuro melhor à mi-

pidamente nossos propósi-

longo de toda a vida. Mas é

para o Espírito Santo e para

nha própria família. O so-

tos, mas uma equipe só pro-

também uma enorme res-

os capixabas.

nho que alimento e traba-

duz bons resultados quando

ponsabilidade, quando pen-

trabalha de maneira coesa e

samos nas inúmeras possi-

E realizações?

nar realidade é ter, no final

organizada. É aí que se des-

bilidades de desdobramen-

Primeiro, ter constituído

do meu mandato, o Espíri-

taca o papel do líder.

to de cada ação que realiza-

uma família. Ver meus fi-

to Santo sem as desigual-

mos. Por isso, ao tomar de-

lhos se transformando em

dades sociais e regionais de

Liderança é aprendida,

cisões, procuro sempre pen-

pessoas de bem e seguin-

hoje, transformado no me-

conquistada ou é algo ine-

sar no reflexo que elas terão

do seus próprios caminhos.

lhor Estado da nação para

rente ao homem?

no dia a dia de todos os ca-

Em segundo lugar, ter es-

se viver e trabalhar.

lho todos os dias para tor-

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013

13


Patrocinador

Crédito descomplicado no Bandes ձձ O Bandes tem a solução adequada de crédito para os empreendedores capixabas que desejam abrir, ampliar ou modernizar seu negócio. Isso todo mundo já sabe. Agora, com o lançamento da linha Bandes Crédito Fácil, o banco faz mais um esforço para facilitar a vida do cliente que busca investir em seu negócio. Os empreendimentos de micro, pequeno e médio portes, de diversas atividades produtivas, do comércio, indústria e serviços, podem financiar seu negócio em até R$ 10 milhões, com cadastro desburocratizado e fluxo simplificado. Para financiamentos a pequenas e micro empresas, em até 72 meses ou para as demais empresas, em até 24 meses, os valores

“O empreendedor não preci-

financiar até 100% dos seus

de vista o fomento ao cresci-

de R$ 16 mil a R$ 10 milhões

sa saber se a linha ideal para

investimentos no Bandes,

mento da economia capixa-

possuem encargos fixos em

ele é ‘A’ ou ‘B’. Ele precisa sa-

por meio de uma linha des-

ba”, explica Guilherme.

0,82% ao mês (após o bônus

ber se para implantar, expan-

complicada e flexível.

adimplência). Para finan-

dir ou modernizar seu negó-

Para o diretor, esse lan-

é preciso sair de casa. O Ban-

ciamentos entre R$ 100 mil e

cio ele precisará de crédito.

çamento reflete o novo po-

des tem uma equipe de con-

R$ 10 milhões, com prazos

Se a resposta for sim, ele pode

sicionamento do banco para

sultores e gerentes de Rela-

superiores a 24 meses, os en-

procurar o banco, que terá o

fomentar novos negócios no

cionamento que atuam em

cargos são de 0,37% ao mês

crédito orientado, planejado

Estado, inclusive financian-

todo o Espírito Santo. Com

mais TJLP. Os investimen-

e descomplicado para apoiar

do empreendimentos em fase

essa rede de consultores, as

tos podem ser pagos em até

o seu negócio e, assim, contri-

de implantação, contribuin-

propostas de financiamen-

72 meses, com carência de

buir para o desenvolvimen-

do para geração de empre-

to chegam corretamente e

até 24 meses.

to regionalmente equilibrado

gos e renda nos municípios

o atendimento ao projeto é

do Estado”, explica.

capixabas. “Estamos supe-

mais ágil. Para ter acesso a

Para o diretor de Crédito

14

E para ser atendido nem

e Fomento do Bandes, Gui-

Com a nova linha, ini-

rando um momento de per-

todas as informações sobre

lherme Henrique Pereira,

ciativas de todos os portes e

das de receitas para o Esta-

financiamento basta a cessar

as modalidades foram cria-

que fazem o Espírito Santo se

do, com união, criativida-

o site do banco (bandes.com.

das com intuito exclusivo

desenvolver de forma regio-

de e crédito de qualidade,

br) ou ligar no Bandes Atende

de facilitar a vida do cliente.

nalmente equilibrada podem

fazendo os ajustes sem perder

(0800 283 4202).

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013


Patrocinador

Brasil Ambiental:cuidando

dos resíduos e preservando a natureza

ձձ A Brasil Ambiental é

pírito Santo (Aracruz e São

peza industrial em espaços

não inertes e inertes; auto-

uma empresa especializa-

Mateus) e uma em São Pau-

confinados, como porões,

clave e trituração para a es-

da na valorização, no trata-

lo (Guará). Além disso, cria

tanques e silos de embarca-

terilização de resíduos pato-

mento e na destinação de re-

soluções de valorização e tra-

ções e industriais; coleta e

gênicos provenientes de es-

síduos industriais, de servi-

tamento de resíduos sólidos

transporte especializado de

tabelecimentos e serviços de

ços de saúde, urbanos e de

e líquidos, desde o desenvol-

resíduos Classe I, Classe II

saúde, portos e aeroportos;

portos e aeroportos. Desde

vimento e licenciamento do

e efluentes líquidos (granel

leitos de secagem para resí-

a limpeza industrial espe-

projeto até a implementação

e fracionado); coleta, trans-

duos pastosos; galpões para

cializada, incluindo em es-

e operacionalização das Cen-

porte, tratamento e destina-

estocagem intermediária de

paços confinados, até a des-

trais de Tratamento de Resí-

ção final de Resíduos de Ser-

resíduos; sistemas de sepa-

tinação final dos resíduos,

duos, que também podem ser

viço de Saúde (RSS); desca-

ração de água e óleo; unida-

a empresa gerencia todos

construídas dentro da planta

racterização de embalagens/

des de inertização de resídu-

os processos com seguran-

industrial do cliente.

resíduos industriais no local

os industriais; incineração

ça, mão de obra altamente

Entre os serviços ofere-

de geração e/ou no local de

de resíduos; unidades de se-

qualificada e com o rigoro-

cidos, estão projeto, licen-

disposição final, e desenvol-

gregação de resíduos sólidos

so cumprimento das nor-

ciamento, instalação e ope-

vimento da gestão de resídu-

e líquidos; estação de trata-

mas ambientais.

ração de Centrais de Trata-

os, visando a melhorias ope-

mento de efluentes / lagoas

A organização desenvol-

mento de Resíduos; gestão

racionais e sua valorização.

de tratamentos; composta-

ve ainda tecnologias para

de resíduos portuários, in-

Para isso, a Brasil Am-

gem de resíduos orgânicos, e

melhor atender seus clien-

cluindo total controle e ras-

biental conta com uma es-

central de triagem de resídu-

tes, sempre com maximiza-

treamento das atividades;

trutura completa e organi-

os passíveis de reciclagem.

ção dos resultados e redu-

gerenciamento de resíduos

zada, que compreende célu-

A Brasil Ambiental apos-

ção de custos, além de manter

da exploração e produção

las específicas para disposi-

ta na transformação socioam-

três unidades de tratamen-

de petróleo e gás (on-shore e

ção segregada de resíduos de

biental, e, por isso, mantém o

to de resíduos: duas no Es-

off-shore); trabalho de lim-

todas as classes, perigosos,

Polo de Educação Ambiental, onde, além de treinar a equipe, oferece cursos e desenvolve programas para parceiros, clientes e comunidade em geral. Também investe em tecnologia por meio de parcerias com universidades e comunidades científicas, para a produção de pesquisas na área de valorização, inertização e reaproveitamento de resíduos. E possui ainda aproximadamente 100 mil m² de áreas de preservação permanente. Revista Prêmio Líder Empresarial 2013

15


Patrocinador

Findes faz 55 anos trabalhando pela

interiorização e formação de mão de obra ձձ Em 55 anos de existên-

partir do próximo ano. “Nos-

cia, os esforços da Federação

sa indústria está pronta para

das Indústrias do Espírito

os investimentos previstos

Santo (Findes) sempre estive-

para o Estado”, assegura o

ram voltados para quem mais

presidente, que destaca tam-

emprega. E, nesse caso, são

bém que o Espírito Santo é,

as micro, pequenas e médias

percentualmente, o Estado

empresas. Segundo o presi-

mais industrializado do país,

dente da Federação, Marcos

onde 36% do PIB são prove-

Guerra, a indústria de trans-

nientes da indústria.

formação – como a de rou-

Além disso, no ano em

pas, alimentos, calçados, mó-

que completa 55 anos de atu-

veis e embalagens – precisa

ação, a Federação pode co-

de uma atenção maior da en-

memorar ainda o bom re-

tidade. “As grandes empre-

lacionamento que tem tido

sas têm um caminho a per-

com os poderes constituí-

correr que é menos penoso

dos. “Avançamos muito jun-

do que é para a micro e pe-

e Venda Nova do Imigrante,

to ao Governo do Estado, em

quena empresa. Nesse senti-

onde há extensão das insta-

contratos de competitivida-

do, estamos empenhados nas

O processo de liderança na Findes exige que se conheça a indústria capixaba, suas dificuldades e facilidades

lações da presidência da Fe-

de que contribuem para que

deração. “O município não

a indústria seja mais forte.”

precisa ter vocação indus-

Força, entretanto, a in-

trial, mas ele pode ter voca-

dústria tem mais quando é

ção de fornecimento de mão

liderada por quem conhece

de obra. Temos que ter bas-

bem as características que fa-

tante investimento em nossas

zem um bom líder. “O líder

unidades, laboratórios e es-

tem que ser servidor, tem que

colas, para receber essa nova

ouvir muito e ter bandeiras

indústria que está chegando

e projetos definidos. Quan-

ao Espírito Santo, com mais

do for reivindicar, tem que

Marcos Gerra, presidente da Findes

valor agregado e conteúdo

ter fundamentação e conhe-

tecnológico”, destaca Guerra.

cimento. Por isso, o processo

E esse novo momento in-

de liderança na Findes exige

da Federação até 2015 serão

to, o Sistema Findes traba-

dustrial aguardado para o

que se conheça a indústria ca-

exclusivos para a educação

lha todas as regiões do Esta-

Estado encontrará aqui um

pixaba, suas dificuldades e fa-

básica, com foco maior para

do, com destaque para as de

cenário de indústrias adul-

cilidades. A partir desse mo-

a educação profissional.

ações para redução da carga tributária, interiorização do desenvolvimento e qualificação da mão de obra”, declara o presidente da Findes. Para esta última ação, aliás, a Findes, por meio do Sesi, Senai e IEL, está com um projeto arrojado para treinar e formar mão de obra em todo o Estado. Para isso, 82,7% dos R$ 104 milhões previstos de investimentos

16

Linhares, Cachoeiro de Ita-

tas e preparadas para atin-

mento, fica fácil trabalhar. Até

Já no quesito interiori-

pemirim, Aracruz, São Ma-

gir níveis ainda mais eleva-

porque o presidente passa, e a

zação do desenvolvimen-

teus, Nova Venécia, Colatina

dos de produção e inovação a

Findes fica”, finaliza Marcos.

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013


Patrocinador

Chocolates Garoto,

sempre próxima da vida das pessoas

ձձ Uma marca forte, mais

e alegria, estão sendo perce-

ges de alimentos no país e na

grada entre atletas anônimos

de 100 produtos saborosos

bidas nas ações da marca na

nona colocação na relação ge-

e de elite do Brasil e do mun-

e de qualidade, unidade in-

fanpage oficial da Chocolates

ral brasileira, segundo o So-

do, a edição de 2013 acontece

dustrial moderna, equipe

Garoto e nas gôndolas das lo-

cialBakers. Hoje, a marca Ga-

rá em 1º de setembro e reuni-

treinada e comprometida.

jas de todo o país. Também

roto é a oitava maior no Face-

rá sete mil corredores.

Essa é a receita de sucesso da

durante a Copa das Confe-

book Brasil e atingiu cinco

Além da presença ma-

Chocolates Garoto, uma em-

derações da Fifa, foram di-

milhões de fãs só no fim de se-

ciça de atletas, a organiza-

presa com 84 anos de ativi-

versas ações de cocriação, in-

mana da grande final da Copa

ção conta com grande públi-

dades, cuja trajetória se con-

cluindo promoções, concur-

das Confederações.

co espectador que prestigia

funde com a própria histó-

sos culturais, lançamentos

Outro projeto de suces-

os corredores, incentivan-

ria do Espírito Santo.

de produtos, novas embala-

so aproxima a marca ainda

do-os nos mais de 16 quilô-

Por seu desempenho

gens e parcerias com celebri-

mais da vida das pessoas é a

metros com aplausos e fra-

marcante, a Garoto se tor-

dades, tudo com a finalidade

corrida Dez Milhas Garoto.

ses de incentivo. Oficializada

nou não só um patrimônio

de envolver o brasileiro em

Considerada uma das corri-

pela Confederação Brasileira

do Estado, mas também uma

uma grande torcida Garoto.

das de rua mais tradicionais

de Atletismo (CBAt), Federa-

referência entre as mais im-

O resultado não poderia

do Brasil e a maior do Espíri-

ção Internacional de Atletis-

portantes marcas de choco-

ser melhor. Nunca em sua his-

to Santo, a corrida, que tam-

mo Amador (Iaaf ) e Federa-

late do mundo. A antiga fá-

tória de mais de 80 anos, a

bém oferece uma modalidade

ção de Atletismo do Espíri-

brica de balas, hoje maior

Chocolates Garoto esteve tão

de prova para crianças e ado-

to Santo (Faes), a Dez Milhas

fabricante de chocolates da

próxima de seus consumido-

lescentes, foi criada em 1989

distribui mais de R$ 200 mil

América Latina, gera 3,6 mil

res. A Garoto está em terceiro

para comemorar os 60 anos

em prêmios entre os vence-

empregos diretos e mais 14

lugar no ranking das fanpa-

da Chocolates Garoto. Consa-

dores de várias categorias.

mil indiretos. Consciente de que para sustentar um desempenho eficiente e próspero o ambiente empresarial exige investimentos permanentes, a empresa se mantém atenta às demandas do mercado com presença forte e destacada nos pontos de vendas por todo o país. Além disso, é da Garoto o chocolate oficial da Copa do Mundo da Fifa 2014. E todas as características que fazem do futebol a paixão nacional, como brasilidade, espontaneidade Revista Prêmio Líder Empresarial 2013

17


Patrocinador

Sebrae-ES estimula

empreendedorismo em crianças e jovens ձձ Com o objetivo de dis-

existe há dez anos, e no Es-

adquirem na montagem do

estimular o empreendedoris-

seminar a cultura empre-

pírito Santo foi implantado

Plano de Negócios, na práti-

mo juvenil, o Jovens Empre-

endedora, o Sebrae realiza

em 2006, primeiramente no

ca de criação de uma empresa

endedores favorece a partici-

em escolas públicas o pro-

município de Pinheiros. De

de comercialização de produ-

pação da comunidade na es-

grama Jovens Empreende-

lá para cá mais de 60 mil alu-

tos, na promoção do ambien-

cola, ao mesmo tempo em que

dores – Primeiros Passos,

nos já foram beneficiados por

te favorável ao empreendedo-

contribui com o contexto so-

por meio do qual leva o tema

ele, e 23 mil estão tendo con-

rismo na escola e na família,

cial e ambiental local.

para crianças e jovens do

tato com o tema empreende-

além da promoção com rela-

Ensino Fundamental. Nas

dorismo neste ano, em 16 mu-

ção ao mundo empresarial.

escolas, o assunto é tratado

nicípios capixabas.

Além disso, por meio dele, trabalha-se para que

Direcionado a alunos com

crianças e adolescentes sai-

de forma lúdica por meio de

Os benefícios do Jovens

idade entre 7 e 14 anos, o pro-

bam identificar e valorizar

oficinas em sala de aula e de

Empreendedores são aparen-

grama tem impacto também

seus talentos, projetando-

maneira transversal entre as

tes no desenvolvimento das

nas famílias e foi reconhecido,

-os na criação de um negó-

disciplinas já existentes na

características empreende-

inclusive, pelo Prêmio Inoves,

cio próprio, que dê a eles me-

grade curricular.

doras, no conhecimento, na

na categoria “Resultados para

lhores perspectivas de vida.

vivência que os estudantes

a Sociedade”. Afinal, além de

Para isso, professores são

No Brasil, o programa já

capacitados em uma didática própria e também é feito, pelo Sebrae, todo um acompanhamento metodológico das atividades. Ao final do programa, os alunos participam de uma feira montada na escola para a comercialização dos produtos criados por eles. Assim, passam a ter noção de conceitos como precificação, custo de produção e lucro. Para 2014, a perspectiva do Sebrae-ES é atuar em cerca de 50 municípios capixabas, em escolas das redes municipal e estadual, disseminando o empreendedorismo em sala de aula e gerando oportunidades para milhares de estudantes e suas famílias.

18

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013


Patrocinador

Unimed Vitóriaamplia hospital

e inaugura unidade ambulatorial ձձ A Unimed Vitória tra-

Para dar ainda mais rapi-

balha com um conceito de

dez no atendimento aos casos

cuidado e presença, com o

de baixa complexidade, a Uni-

Centro Integrado de Atenção

med Vitória inaugurou no dia

à Saúde, que abrange todos

10 de maio a Unidade Ambu-

os recursos próprios da ope-

latorial do Hospital Unimed

radora. Esse conceito reafir-

Vitória. O novo recurso está

ma o cuidado com os clien-

localizado na Avenida Leitão

tes da Unimed Vitória, que

da Silva, em frente ao Hospi-

está presente em todos os

tal. Clientes da Unimed Vitó-

momentos em que os clien-

ria com casos de baixa com-

tes mais precisam. Formam o

plexidade são encaminhados

Centro Integrado de Atenção

para a nova unidade, que fun-

à Saúde a Unimed Diagnós-

cionará todos os dias da se-

tico (exames por imagem), a

mana, inclusive aos sábados

Unimed Oncologia, os Cen-

e domingos, das 8 às 22 horas.

tros de Especialidades (são

Entre os serviços ofere-

seis locais de atendimento

cidos na nova unidade, estão

com diversas especialida-

exames de raios-X, coleta de

des médicas), o Viver Uni-

exames de sangue, atendi-

med (programa de promoção

mento ambulatorial, teste er-

à saúde), o SOS Unimed (ser-

gométrico, exame de endosco-

viço opcional de remoção),

pia e pequenos procedimen-

a Assistência Domiciliar, o

tos cirúrgicos, tanto adultos

Hospital-Dia e Maternida-

quanto pediátricos. O usuá-

de Unimed Vitória (HDMU)

rio poderá contar na unida-

e o Hospital Unimed Vitória.

de com atendimento de clínico

A Cooperativa tem se de-

geral, pediatra, ortopedista.

dicado atualmente à amplia-

Neste ano, a Unimed Vi-

ção do seu hospital, localiza-

tória também inaugurou o

do na Avenida Leitão da Sil-

Hospital Dia e Maternida-

va. A construção prevê a cria-

de Unimed Vitória (HDMU),

ção de 121 novos leitos na uni-

que funciona na antiga sede

uma área de 2,8 mil metros

vista a possibilidade de dis-

dade, entre 24 de Unidade de

da Gran Mater, em Vitória. A

quadrados, o HDMU tem ca-

ponibilizar uma estrutura

Tratamento Intensivo (UTI) e

unidade disponibiliza 38 lei-

pacidade para realizar cerca

para internações de menor

14 de Unidade Semi-Intensi-

tos, com previsão de amplia-

de 800 atendimentos e 600

duração. Por isso, no HDMU

va. Hoje, a cooperativa aten-

ção para 58, e pronto-atendi-

cirurgias por mês. A coope-

são realizados procedimen-

de no Hospital Unimed cerca

mento 24 horas na área de gi-

rativa optou por implantar

tos cirúrgicos eletivos de bai-

de 1,8 mil pacientes.

necologia e obstetrícia. Em

um hospital dia, tendo em

xa e média complexidade. Revista Prêmio Líder Empresarial 2013

19


Patrocinador

Grupo VSGé referência em

segurança privada e responsabilidade social ձձ Fundada em 1986, a VSG sempre estabeleceu como prioridades o diálogo e a análise com seus clientes para garantir a melhor solução para cada caso. E nessa busca contínua pela excelência em seus serviços, foi uma das pioneiras no Espírito Santo a conquistar a certificação de qualidade nos critérios das normas ISO 9001. Além disso, está presente em todos os 78 municípios capixabas, sendo referência no segmento de segurança privada no Estado. A VSG Vigilância e Segurança é uma empresa especializada em prestação de serviços de vigilância armada patrimonial, na qual a experiência gerencial e organizacional da sua diretoria promove a constante busca da qualidade nos serviços, atendimento ao cliente, pesquisa e aplicação de métodos e técnicas

fícios residenciais, comer-

O Grupo VSG atualmente

cessidades do mercado e a

ciais e industriais, em em-

investe ainda em projetos so-

Por isso, a VSG investe

exigência de melhor per-

presas públicas e privadas.

ciais, acreditando que oportu-

continuamente na capacita-

formance competitiva, em

Também essa empre-

nidade é o caminho para o de-

ção de seus profissionais, dei-

2001 foi criada a VSG Tec-

sa conta com uma equipe

senvolvimento. Por isso, tem

xando a equipe com alto nível

nologia e Serviços, que ofe-

de profissionais altamen-

apoiado algumas instituições

de qualificação e apta a agir de

rece os mais avançados equi-

te qualificados, que utili-

que promovem ações que vi-

maneira assertiva em qualquer

pamentos em segurança ele-

zam as mais modernas téc-

sam à qualidade de vida de

ocorrência. Também é a única

trônica que possibilitam o

nicas de gerenciamento de

crianças, como a Apae, a Casa

empresa de segurança do Es-

monitoramento remoto de

pessoal e motivação alia-

do Menor, o Albergue Ana Pau-

tado que possui vigilantes trei-

imagens e alarmes em porta-

das à tecnologia de ponta

laeaAssociaçãoCapixabaCon-

nados por instrutores da Swat.

rias e áreas internas de edi-

em equipamentos.

tra o Câncer Infantil (Acacci).

cada vez mais eficientes.

20

E para atender as ne-

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013


Líder de Grande E mpre sa* e Líder de E mpre sa Sustentável**

Maurício Max V a l e

34,24% de votos

Benjamin Mário Baptista Filho ArcelorMittal Tubarão

ձձ “Sou uma pessoa mo-

33,33%

vida pelos desafios, pela von-

José Luiz Marcusso Petrobras

tade de fazer sempre o meu

32,43%

melhor, procurando simplificar as coisas e deixando um

34,31%

legado tanto na vida pessoal, quanto na vida profissional.

de votos

Afinal, tudo o que queremos é ser feliz e ter a oportunidade de fazer as pessoas ao nos-

Ricardo Vescovi Samarco Mineração

so redor felizes também, não é?” A afirmação é de Maurício

33,1%

Max e sintetiza toda sua vida.

Marcelo Castelli Fibria

Engenheiro de Minas,

32,59%

Maurício integra a equipe da Vale desde 1986 e hoje responde pelo Departamento de Pelotização da empresa. Pela segunda vez em Vitória desde dezembro de 2010 – a primeira foi de 2002 a 2005 –, ele leva uma rotina que inclui a prática de atividades esportivas,

O verdadeiro sucesso não deve ser medido pelo cargo que você ocupa

como uma válvula de esca-

empresa e no que há de mais

com a realização das pessoas

avançado em termos sociais,

através do trabalho, garantin-

ambientais e tecnológicos.”

do que eles se sintam bem enquanto estão trabalhando.

A maior realização de Maurício é conseguir agir de

Atuar na Vale, para ele,

forma equilibrada e ter uma

também vem sendo um fator

visão do todo nas operações

decisivo para seu desenvolvi-

que estão sob sua responsabi-

mundo atual e garantir a qua-

sim pelo legado e as relações

mento profissional. “Como lí-

lidade, levando em conta não

lidade de vida de que preci-

de amizade que foram cons-

der, tenho que antever situ-

só o aspecto técnico, mas tam-

sa para exercer as atividades.

truídas. Além disso, eu gosto

ações para lidar não só com

bém questões socioambien-

pe para aliviar as pressões do

22

rios, sempre se preocupando

“Sempre procurei funda-

muito do que faço, o que con-

as oscilações de mercado e

tais e o relacionamento da em-

mentar minha trajetória na

sidero um ponto fundamen-

com os desafios diários, como

presa com a sociedade. Além

busca por fazer o meu me-

tal para se obter sucesso em

também com a relevância das

disso, ser pai foi outro sonho

lhor, de forma simples, base-

qualquer área”, avalia.

atividades da empresa para

realizado. “Quero manter um

ada em valores sólidos e com

Um bom líder, segundo

a sociedade em todos os as-

laço cada vez mais verdadei-

foco em colaborar na forma-

Maurício, é aquele que valo-

pectos de forma organizada

ro e fortalecido com a minha

ção das pessoas, sempre com

riza as pessoas, é capaz de es-

e planejada. A Vale nos dá a

mulher, para dar o apoio ne-

respeito por colegas, gestores

timular talentos e lidar com as

oportunidade de agir local-

cessário para que meu filho

e comunidade. O verdadeiro

diferenças dentro da equipe.

mente sempre tendo como

aproveite as oportunidades

sucesso não deve ser medido

É quem procura lançar desa-

base um pensamento glo-

que surgirem para que seja

pelo cargo que você ocupa, e

fios e motivar seus funcioná-

bal, ancorado nos valores da

realizado e feliz.”

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013


A

BRASIL AMBIENTAL possui Centrais Multitecnológicas de Tratamento de Resíduos (ES e SP) especializadas em valorização, reciclagem, tratamento e destinação final de resíduos industriais, de portos, aeroporto e de serviços de saúde, com aporte de tecnologia e “know-how”, com foco no desenvolvimento sócio-ambiental e sustentável. Principais serviços e unidades da Brasil Ambiental: Ÿ Blendagem e trituração de resíduos industriais visando o co-

processamento, com parcerias com as maiores cimenteiras do pais;

Ÿ Estocagem temporária para resíduos perigosos (sólidos e líquidos), além

de tanques de estocagem de efluentes líquidos;

Ÿ Limpeza em espaço confinado de porões, tanques e silos de

embarcações, instalações industriais/ refinarias;

Ÿ Implementação, operação e gerenciamento de unidades de

valorização e reciclagem, de tratamento e de disposição final de resíduos;

Ÿ Destinação especial de resíduos com acompanhamento da ANVISA,

Receita Federal/Estadual, órgão ambiental;

Ÿ Descaracterização de embalagens/resíduos industriais no local de

geração e/ou no local de disposição final;

Ÿ Operação de estações de tratamento de efluentes líquidos sanitários e

industriais (ETE/ETEI);

Ÿ Aluguel de equipamentos: tanques, cestas diversas, compactadores e

frotas (carretas-tanques, bugs, isotanques, carretas carga seca, etc);

Ÿ Unidade especializada de autoclavagem, trituração de resíduos de

serviços de saúde, portos e aeroportos;

Ÿ Incineração de resíduos classe II; Ÿ Inertização de resíduos; e, Ÿ Destinação final de resíduos diversos.

Para nós, sustentabilidade não é apenas um discurso: é nosso dia a dia. Saiba mais em www.grupoambipar.com.br CONTATO: Tel.: (27) 3328-2339 / 3224-5971 / 9704-3653 / 9864-6254 e-mail: comercial.vix@grupoambipar.com.br


Líder de E scritório de Advocacia

Luciano Machado M a c h a d o ,

M a z z e i

&

P i n h o

de votos Eduardo Schalfin Martins, Martins Advogados Associados

ձձ Advogado desde 1985,

33,14%

quando se formou pela Ufes,

Eduardo Thiebaut Advocacia Jaques

Luciano Machado dedica a vida à advocacia. É mestre

32,79%

em Direito e Economia pela Universidade Gama Filho,

va, para formar a Machado,

no Rio de Janeiro; secretá-

Mazzei & Pinho Advogados.

rio geral adjunto da Ordem

Já no campo pessoal, ele des-

dos Advogados do Espírito

taca que seu grande orgulho

Santo; diretor e conselheiro

foi ver o filho se formar em Di-

do Instituto dos Advogados

reito e ingressar no mestrado.

do Espírito Santo; vice-pre-

“Meu sonho profissio-

sidente jurídico do Instituto

nal é continuar crescendo e

Brasileiro de Executivos de

mantendo o reconhecimen-

Finanças (Ibef-ES) e mem-

to da excelência dos servicompromisso com a advoca-

ços prestados pelo escritó-

O líder deve conhecer a sua profissão, o trabalho que executa e as pessoas no ambiente profissional

cia”, diz. “O líder deve conhe-

rio. Sonho também em ter

cer a sua profissão, o trabalho

mais tempo para viajar com

que executa e as pessoas no

minha família”, conta Lu-

ambiente profissional. O bom

ciano, que, nas horas vagas,

líder é aquele que sabe falar,

gosta de ler, caminhar, cozi-

passar confiança para a equi-

nhar para a família, jogar tê-

pe e que também sabe, princi-

nis e encontrar os amigos.

respeito ao próximo. Profis-

Sobre os atributos que fa-

sionalmente, sou muito exigente, organizado, dedicado,

bro da Câmara de Assuntos Tributários do Ibef-ES. Além disso, ainda é professor, autor de dois livros que tratam de assuntos da área e já foi vencedor do Prêmio Líder Empresarial no ano de 2011. “Pessoalmente, sou uma

palmente, ouvir. Além disso,

Atualmente, seu escritó-

considero que liderança seja

rio se dedica especialmente

conquistada. Algumas pesso-

ao âmbito jurídico-empre-

as têm, por natureza, vocação

sarial, atuando nas mais di-

para liderança. Mas isso não

versas áreas. Com sede pró-

zem sua carreira ser reconhe-

significa que uma pessoa não

pria, conta com uma equi-

cida, ele considera que dedi-

possa, através do aprendiza-

pe qualificada, com advoga-

focado no que faço e gosto de

cação, trabalho e estudo são

do, desenvolver a aptidão para

dos mestres e pós-gradua-

buscar bons resultados. Te-

os mais importantes. “Acre-

a liderança”, completa.

dos, em constante aprimora-

nho também grande prazer

dito que me tornei um líder

Em tantos anos de mer-

mento, possuindo ainda qua-

em passar a minha experiên-

em razão do reconhecimento

cado, Luciano considera que

dro administrativo bem trei-

cia aos mais novos”, ressalta

do meu compromisso profis-

sua maior realização profis-

nado, para oferecer aos seus

o advogado, que atualmente

sional com a ética e com a res-

sional foi a fusão do seu escri-

clientes atendimento perso-

integra a sociedade Macha-

ponsabilidade exigida na mi-

tório com os escritórios che-

nalizado e serviços jurídicos

do, Mazzei & Pinho Advoga-

nha profissão. Foram muitos

fiados por Rodrigo Reis Ma-

de alta qualidade, com com-

dos Associados.

anos de intensa dedicação e

zzei e Bruno de Pinho e Sil-

petência e responsabilidade.

pessoa que gosta de viver em família, fazer amigos, aproveitar a vida, acreditando sempre na solidariedade e no

24

34,07%

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013


Líder de Maior E mpre sa do E sp írito Santo

Liberato Milo C h o c o l a t e s

34,74%

de votos

G a r o t o Valter Monteiro

ձ ձ Liberato Milo é um suíço filho de pais italianos.

Francisco Torres Fortlev

34%

Darks César Casotti Biancogrês

Desde dezembro de 2012

31,26%

como diretor-geral da Chocolates Garoto, ele está há 16 anos na Nestlé, onde já trabalhou no Marketing, na

sas o tempo todo com os lí-

área de negócios e vendas,

deres informais, que são

como diretor operacional

formadores de opinião. Mas

da

Américas,

liderança também pode ser

como vice-presidente de

desenvolvida com determi-

Marketing, vice-presidente

nação, foco no resultado e

de Chocolates e chefe de

conhecimento.”

Zona

mercado. Agora, depois de

Casado com Maria e pai

percorrer tantos países e

de Lucca e Francesco, o tem-

conhecer tantas realidades,

po livre deste gestor é todo

pode realizar o sonho de

dedicado à família. Os de-

t r a b a l h a r n o B r a s i l e,

safios também estão forte-

principalmente, com uma

mente presentes em seu dia

m a r c a c o m o a G a r o t o,

a dia. “Sempre olho para o

empresa que, segundo ele,

futuro. Manter o sentido de

“há 84 anos produz o melhor

oportunidade para identifi-

chocolate e proporciona

players de mercado e tam-

car projetos que contribu-

momentos de felicidade

bém junto ao público que o

am para o crescimento da

elegeu Líder Empresarial.

empresa e comunicar ade-

“Para ser líder é preciso ter

quadamente e no tempo cor-

estratégia, ousadia, pensar

reto para seus públicos es-

diferente a operação e rein-

tão entre as minhas metas

ventar o negócio, a todo o

principais”, ressalta Libe-

momento, com inovação e

rato, que sonha atualmen-

simplicidade. O trabalho

te em contribuir com o cres-

deve ser feito da forma que

cimento da Chocolates Ga-

para os consumidores”. Formado pela Fach Hochschule, Saint Gallen, na Suíça, Liberato é graduado em Negócios, com MBA na SDA Luigi Bocconi University, em Milão, na Itá-

Liderança pode ser desenvolvida com determinação, foco no resultado e conhecimento

lia. Também tem pós-gra-

26

duações pelo IMD – PED

grande bagagem profissio-

deve ser: simples, bem feito

roto, que, em 2013, preten-

& ASM, realizadas em Lau-

nal e capacidade de solução

e, acima de tudo, com segu-

de continuar investindo em

sanne, Suíça. Tanta expe-

para diferentes desafios.

rança. É seguir o ‘sim, nós

infraestrutura e na marca,

podemos fazer’”, afirma.

com vistas a reforçar sua

riência e vivência prática

Essas características,

em mercados de diferen-

aliás, contribuíram para

Liberato acredita ain-

competitividade e manter

tes complexidades propor-

a liderança conquistada

da que há líderes natos.

a solidez e a saúde finan-

cionaram a este líder uma

por Liberato junto a seus

“A gente vê isso nas empre-

ceira da companhia.

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013


Líder em Conce ssionária de Automóveis

José Geraldo Cunha K u r u m á

V e í c u l o s

33,82%

de votos Celso Duarte da Silveira Vitoriawagen

ձձ Ele está à frente de 12

33,46%

concessionárias no Espíri-

Sandro Marinho Podium Veículos

to Santo, Minas Gerais e Rio

32,72%

Janeiro. Diretor comercial da Kurumá Veículos, José Geraldo Cunha não poupa viagens para verificar como an-

E isso é importante. A linha

dam os negócios. “Procuro

de chegada sempre nos colo-

estar sempre próximo do dia

ca numa situação de confor-

a dia das equipes, motivan-

to, o que não é bom. O desa-

do e contribuindo para o re-

fio é sair dessa posição de re-

sultado final. Acho que um

conhecimento para ir além,

bom gestor precisa acompa-

para conquistar mais.”

nhar tudo de perto, monitorar

A família é apontada por

e avaliar, mas, também, aju-

José Geraldo como uma de

dar a apontar caminhos aos

suas maiores realizações.

liderados”, destaca.

“Mas acredito que a reali-

Bacharel em Contabilida-

zação é um processo diário,

de e com MBA em Gestão de

de conquistas, de vitórias,

Negócios pela Amana Key e

de metas atingidas e supe-

pelo Ibmec, José Geraldo co-

radas. São elas que tornam a

meçou a carreira no merca-

vida uma grande realização.”

do de automóveis como au-

Já sobre os desafios de sua Segundo o executivo, um

vida e carreira, o executivo

bom líder é aquele que plane-

aponta que o maior deles foi

ja, acompanha e avalia tudo

descobrir o seu perfil comer-

junto com sua equipe. “O bom

cial. “Me formei em contabi-

líder precisa ter a equipe jun-

lidade e comecei como conta-

to com ele, motivada. Gos-

dor, uma atividade burocrá-

to também do líder que lide-

tica. Quando vim para a área

ra pelo exemplo, que é como

comercial, tive que aprender a

atuo e no que acredito como

lidar com pessoas. Essa mu-

fino como uma pessoa obsti-

líder”, afirma José Geraldo,

dança foi um desafio. Alguém

nada, que busca fazer sem-

para quem ser considerado

me desafiou, acreditou que eu

xiliar de contabilidade. Depois, passou a responsável pela contabilidade, gerente de setor, gerente de vendas em diversas empresas e gerente geral até chegar ao posto de diretor. “Sou um apaixonado pela minha família e pela minha profissão. Me de-

28

Saber do que somos capazes e até onde podemos ir talvez seja o maior desafio que vivemos

pre o melhor possível. Acho

tivos que tracei, eu conquis-

Líder Empresarial pela se-

poderia ir em frente. Eu acre-

que se olharmos como come-

tei. Acho que sucesso é isto:

gunda vez foi ainda mais mo-

ditei também e fui. Saber do

cei e onde estou hoje, pode-

além de preparo, é saber onde

tivante e desafiador. “É o re-

que somos capazes e até onde

mos dizer que construí uma

queremos chegar e superar os

conhecimento de uma tra-

podemos ir talvez seja o maior

carreira de sucesso. Os obje-

desafios”, revela.

jetória construída até aqui.

desafio que vivemos.”

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013


Líder em Construção e Incorp oração

José Élcio Lorenzon L o r e n g e

34,57%

de votos José Luiz Galvêas Galwan

ձ ձ “Um intrépido que

33,11%

precisa de uma dose maior

Vitor Sá Cavalcante Construtora Sá Cavalcante

de paciência para melhor

32,31%

compreender o mundo ao seu redor. O senso de humor está sempre presen-

ra de sucesso. Resta agrade-

te, menos quando viro a

cer muito a todos”, destaca.

metralhadora para a des-

Absorvido pela vida

cabida ineficiência da ges-

profissional, que represen-

tão pública. O trabalho em

ta, inclusive, grande parte

equipe é multiplicador,

de seus sonhos, José Elcio

abre alas para as inovações

busca sempre agregar no-

e acaba em sucesso. Cele-

vas amizades, conhecer o

brar e comemorar está no

paisagismo urbano mun-

calendário oficial da minha

do afora, bem como cultu-

vida.” É assim que se define

ras e civilizações diferentes.

pessoal e profissionalmente José Elcio Lorenzon, presidente da Lorenge. Filho de camponeses, José Elcio foi criado com princípios e valores éticos e religiosos. Formado em Economia pela Universidade Federal do Espírito

Ser líder exige capacidade de exercer seu legado com entusiasmo, atento às diferenças entre pessoas

Santo (Ufes), foi professor

Nas horas vagas, a bicicleta

missos sociais dos mais di-

é sua companhia preferida.

versos. É válido dizer que

“Ser líder exige capaci-

‘quem não aparece desapa-

dade de exercer seu lega-

rece’. A leitura é disciplina

do com entusiasmo, atento

obrigatória, especialmente

às diferenças entre pesso-

sobre economia e política.

as. Um bom líder dá exem-

Viagens sempre figuram no

plo, compreende e cobra re-

meu calendário.”

sultados. Conquistar a li-

Sobre o reconhecimen-

derança é alcançar a inte-

to de sua carreira, José El-

ração harmônica no meio

deixou o magistério para

mentação da nova fase da

cio deve esse mérito à traje-

da diversidade com foco

se dedicar exclusivamente

Lorenge, a partir de 2006,

tória de 33 anos da Lorenge,

no resultado”, reitera o lí-

à construtora. Na Lorenge,

quando se estruturou se-

onde o trabalho é sempre em

der, que sonha em garantir

José Elcio sempre ocupou-

gundo os processos de go-

equipe, com foco nos negó-

uma sucessão empresarial

se da área administrativo-

vernança corporativa.

cios e seriedade na adminis-

pacífica, organizada e sóli-

por mais de uma década, e

30

ba! À noite, tenho compro-

financeira e, pela abran-

O legado dos pais de que

tração das relações com os

da o suficiente para viver

gência dessa função, alia-

só o trabalho faz vencer é

clientes. “O reconhecimen-

com tranquilidade, poden-

da à importância que sem-

uma máxima na vida des-

to dos colaboradores da em-

do usufruir das boas amiza-

pre exerceu sobre os talen-

te líder, que às 6 horas já

presa, clientes, fornecedo-

des, ler os romances que ali-

tos humanos na organiza-

está na academia, e às 8 ho-

res e profissionais de mer-

mentam suas paixões, via-

ção, coube a ele a presidên-

ras, na empresa. “Almoço

cado é um selo de identida-

jar e ajudar a todos os que

cia da empresa para a imple-

em casa, coisa de capixa-

de que qualifica uma carrei-

o ajudaram.

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013


SINDIFER, EXPERIÊNCIA PARA OS PRÓXIMOS DESAFIOS

O Sindifer atua há mais de 40 anos no setor metalmecânico capixaba, um dos mais importantes da economia do Espírito Santo, responsável pela geração de mais de 150 mil empregos diretos e indiretos. O sindicato, que representa cerca de 1500 empresas, de micro a grande portes, localizadas nas diversas regiões do Estado, busca a cada dia o fortalecimento do associativismo e da cadeia produtiva local, através do incentivo à inovação e à excelência na prestação serviços e produtos de ponta.

Rua Dr. João Carlos de Souza, 758 - Ed. César Daher Carneiro Santa Luiza - Cep: 29045-410 Vitória/ES sindiferes@sindiferes.com.br - (27) 3225.8457 Sindiferes @sindifer_es

www.sindiferes.com.br


Líder em E letrodomésticos

Jackson Pina Laurett E l e t r o c i t y

34,21%

de votos Antônio Machado Dadalto

ձձ A Eletrocity é a mais

32,93%

lembrada pelo consumidor

Fábio Sipolatti Sipolatti

capixaba na hora da com-

32,86%

pra de seu eletrodoméstico porque realmente atende às expectativas de seu cliente, com produtos de marcas consagradas, preços atrativos, atendimento especializado e diferenciado, maior variedade de produtos do segmento, ponto de venda organizado, climatizado e limpo e ainda a entrega mais rápida do Brasil. Para manter-se sempre

realiza entregas em todo o

em primeiro lugar na lem-

país, apresentando na rede

brança, a Eletrocity procu-

um crescimento de vendas

ra inovar e renovar-se cada

percentualmente maior em

vez mais, com a venda de

relação às lojas físicas. As

produtos ainda mais diferenciados, serviços que possam agregar na hora da compra e a valorização de seu colaborador. Para isso, a Eletrocity pratica treinamentos frequentes para a capacitação da equipe de vendas. Hoje, o cliente percebe a qualidade do atendimento quando quer comprar seu eletrodoméstico nas lojas da rede. Atualmente, são 19 lojas espalhadas pelo Espírito Santo e uma na Bahia. Na Grande Vitória são 12 lojas, sendo quatro em Vila Velha (sendo uma no Shopping

32

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013

lojas campeãs de venda ain-

A Eletrocity procura inovar e renovar-se cada vez mais, com a venda de produtos ainda mais diferenciados, serviços que possam agregar na hora da compra e a valorização de seu colaborador

Praia da Costa e outra no

da têm uma performance

Boulevard Shopping), três

melhor, mas atualmente o

em Vitória (sendo uma no

site vende mais do que a

Shopping Vitória e outra no

maioria das lojas da rede.

Shopping Norte Sul), três

Com o aumento das vendas

em Serra e duas em Caria-

para fora do Espírito San-

cica. O cliente capixaba ain-

to, a loja virtual da Eletro-

da conta com Eletrocity em

city tem, portanto, o poten-

Cachoeiro de Itapemirim,

cial de ser o maior fatura-

Guarapari, Aracruz, Linha-

mento por unidade da rede.

res, São Mateus e Teixeira

O que há de mais moder-

de Freitas, na Bahia.

no em tecnologia no mundo

A expectativa da loja

está na Eletrocity, onde são

sempre foi crescer para

encontradas grandes mar-

outros Estados. A presen-

cas como Sony, LG, Sam-

ça na internet (www.eletro-

sung, Brastemp, Electro-

city.com) elimina as barrei-

lux, Dell, Toshiba, Acer e

ras físicas, e a Eletrocity

outras de renome mundial.


www.viminas.com.br


Líder em E mpre sa Ambiental

Marialva Lyra B r a s i l

A m b i e n t a l

85,17%

de votos Sergio Schirmer Almenara Ribeiro Marca Ambiental

ձձ Líder Empresarial pela

8,09%

segunda vez e com a maior

Fábio Chiabai Vitória Ambiental

votação percentual do Prêmio deste ano, Marialva Lyra

6,75%

é uma empresária incansável. Técnica metalúrgica formada pela Etfes, engenheira química pela UFRJ e enge-

resultado e busca incessan-

nheira de segurança e saúde

te pela melhoria contínua.

ocupacional pela Ufes, ela foi

“Liderança, ao meu ver,

a diretora fundadora do Ins-

é nata. Ela até pode ser me-

tituto Estadual de Meio Am-

lhorada, porém a pessoa

biente e Recursos Hídricos

tem que ter uma tendên-

(Iema). Como consultora am-

cia natural. Para ser líder,

biental, Marialva prestou ser-

primeiro, tem que gostar

viço para grandes empresas,

do que faz e conhecer o que

como Petrobras, Fibria, Arce-

faz. Segundo, tem que ser

lorMital Tubarão, dentre ou-

referência para as pessoas

tras, sempre como engenhei-

que trabalham com você e

ra química com foco na área

ter a capacidade de orien-

ambiental. “Confesso que me apaixonei por essa área e foi

sempre que pode, cozinhar

tar e conduzir a sua equipe.

um bom prato.

Muito importante também

“Por onde passo, procu-

é saber identificar e apro-

ro fomentar a realizar algu-

veitar o perfil específico de

ma ação que faça a diferen-

cada colaborador”, ensina.

ça para mim, para as pes-

Hoje, o sonho desta lí-

soas que trabalham comi-

der é conseguir conciliar,

go e para a sociedade. Sobre

sem muito estresse, a vida

ser líder pela segunda vez,

pessoal com a profissional

isso é o resultado de uma

e o cargo que ocupa, tendo

plantar novas tecnologias

vida de muito trabalho sé-

mais tempo também para o

e melhorar a qualidade de

rio, fazendo o que gosto e

desenvolvimento de ações

sempre muito mais prazer do que trabalho. Quem corre por gosto não cansa!”, diz. Atual diretora da Brasil Ambiental, do Grupo Ambipar, Marialva já está no cargo há dez anos e não se cansa de realizar, construir, im-

34

Sempre associo um líder a um maestro de uma orquestra. Um maestro não é nada sem os músicos

trabalho e de vida dos seus

No meio da rotina meio

buscando sempre o traba-

sociais. “Quero, por exem-

colaboradores, dando a eles

atribulada, Marialva ten-

lho de equipe. Eu só acre-

plo, trabalhar para ajudar a

oportunidade de crescimen-

ta sempre conciliar ao tra-

dito no trabalho que seja

orientar os filhos de presi-

to. “Sempre associo um líder

balho a prática de algum

em equipe”, afirma Marial-

diárias e trazer para as es-

a um maestro de uma or-

exercício físico e também a

va, acrescentando que só se

colas a cultura da preserva-

questra. Um maestro não é

atenção à família e aos ami-

chega à liderança com mui-

ção do meio ambiente para

nada sem os músicos.”

gos, para quem ela busca,

to trabalho sério, foco em

nossa sociedade.”

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013


Líder em E mpre sa de Segurança Privada

Ladislau Paulino V S G

Campos

S e g u r a n ç a

33,99%

de votos Cláudio Farina Garra

ձձ Natural de Barra de

33,17%

São Francisco e morador de

Nelson Ferreira Visel

Vitória desde os seis anos

32,84%

de idade, o Coronel Ladislau Paulino Campos forjou a vida “a ferro e fogo”, tendo passado por diversas dificuldades quando ainda era criança. Adolescente, trabalhou como menor aprendiz na Casas Pernambucanas

caminhar a pé, ouvir os sons

até ser aprovado no concur-

dos pássaros e cascatas, jo-

so para Oficial da Policia Mi-

gar sinuca, beber um bom

litar do Espírito Santo.

vinho e comer churrasco e

Na corporação, Coronel

também um peixe assado

Campos foi responsável por

na brasa”, conta.

criar e comandar o primei-

O sucesso do Grupo VSG,

ro Grupo de Operações Es-

que há mais de dez anos ul-

peciais da PMES, que pode

trapassou o efetivo de mil

ser considerado o embrião

funcionários e hoje está

do atual Batalhão de Missões

plenamente consolidado no

Especiais (BME). Além disso,

mercado, é, segundo Coro-

foi subsecretário de Estado da

nel Campos, a maneira sé-

Segurança Pública, chefe da

ria, responsável e equilibra-

Assessoria Militar do Tribunal de Justiça, chefe do Estado Maior e subcomandante geral da PM, comandante do Primeiro Batalhão de Policia Militar em Vitória e do Séti-

da com que as ações sempre

mente em 1999, quando com-

foram norteadas.

pletou tempo de serviço su-

“Quanto ao meu concei-

ficiente para transferência

to de liderança, entendo que

para a Reserva Remunerada

um líder começa a despon-

da PM, no posto de Coronel.

tar com tal desde a infân-

“Hoje me considero re-

cia e se aperfeiçoa com a ex-

alizado profissionalmente

periência e com treinamen-

e posso desfrutar um pou-

tos adequados. Mas para ser

co do meu tempo para fazer

um líder aperfeiçoado, a pes-

minhas atividades físicas

soa deve ter paciência para

pela manhã. Aos finais de

ouvir, discernimento e bom

vada em Vitória. Foi aí que

semana, adoro ir para o sítio

senso para escolher o me-

teve a ideia de abrir uma em-

em Domingos Martins, pas-

lhor caminho e dizer para

presa própria, a VSG, a qual

sear de motocicleta e de jipe,

os seus liderados ‘vamos!’.”

mo Batalhão, em Cariacica. Paralelamente às atividades na PMES, Coronel Campos prestava assessoria e ministrava treinamentos nas empresas de segurança pri-

36

Um líder começa a despontar com tal desde a infância e se aperfeiçoa com a experiência e com treinamentos adequados

passou a se dedicar exclusiva-

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013


Líder em E nsino Superior

Alexandre Nunes

Theodoro

F a e s a

34,2%

de votos José Luiz Dantas Universidade de Vila Velha

ձձ O cuidado com a fa-

32,97%

mília, com os amigos, com

Tadeu Antônio de Oliveira Penina Univix

o trabalho e consigo mesmo é a prioridade e princí-

32,83%

pio de vida de Alexandre Nunes Theodoro. “Mas acima

ro, planejamento e determi-

de tudo está a fé, a certeza de

nação. “Ninguém constrói

que tudo o que sou e o que eu

nada sozinho, portanto, pro-

tenho são bênçãos de Deus”,

curo me cercar de pessoas

acrescenta. Homem de hábi-

competentes e preparar no-

tos simples, sempre em bus-

vos líderes, capazes de da-

ca do equilíbrio entre o pes-

rem continuidade aos proje-

soal, o profissional e o espi-

tos a serem desenvolvidos.”

ritual, ele começou a traba-

Liderança, aliás, para

lhar cedo, aos 15 anos. “Agradeço a meus pais, que me ensinaram desde cedo que é por meio do trabalho, por mais simples que seja, que aprendemos que a dedicação e a disciplina nos tornam melhores e vitoriosos. Meu primeiro emprego foi como guardador de carros na Faesa. Um ano mais tarde, fui trabalhar em uma

Alexandre, exige visão de

É por meio do trabalho que aprendemos que a dedicação e a disciplina nos tornam melhores e vitoriosos

tante, planejamento, discino, que na ocasião ofertava

plina e valorização da equi-

os cursos de Administração

pe. “O verdadeiro líder deve

e Ciências Contábeis. “Foi

ter a humildade de reconhe-

para mim um grande desa-

cer que sempre há algo novo

fio, pois me sentia prepara-

a ser aprendido e sempre

do para atuar na computa-

haverá algo além a ser con-

ção e, daquele momento em

quistado”, ensina.

diante, a educação passava

Nas poucas horas vagas

a fazer parte da minha vida.

que tem, Alexandre gosta

Hoje sei que foi um verda-

de ler, conhecer novos lu-

tro de processamento de da-

cluiu a graduação em Admi-

deiro chamado, pois me sin-

gares, assistir a um bom fil-

dos, onde aprendi a profis-

nistração na Faesa, seguida

to confortável e preparado,

me, correr, viajar de bicicleta

são de digitador. Gostava

da pós-graduação com duas

além de desafiado a cada dia,

com os amigos de Guarapa-

de computação e me desen-

especializações, uma em Or-

certo de que posso fazer a di-

ri e, claro, de um bom papo

volvi nessa área, atuando

ganizações e Métodos e ou-

ferença”, avalia.

acompanhado de um bom

em algumas empresas como

tra em Análise de Sistemas.

O sucesso na carreira, se-

vinho. “Minha maior reali-

operador de computador e

A chegada ao cargo que

gundo ele, vem como resulta-

zação pessoal é ter saúde e

gráfica e depois em um cen-

ocupa atualmente, de supe-

do de amar o que se faz, estu-

paz espiritual. E meu sonho

Aos 22 anos, Alexandre

rintendente institucional da

dar continuamente e se apli-

é poder contribuir, com o co-

abriu a própria empresa, que

Faesa, teve início em 1991,

car bastante em cada projeto

nhecimento que tenho, para

prestava serviços de infor-

quando foi convidado para

em que se envolve, manten-

uma educação de qualidade

mática. Em paralelo, con-

dirigir a instituição de ensi-

do disciplina, visão de futu-

em nosso Estado”, finaliza.

programador.”

38

futuro, atualização cons-

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013


Líder em Hospitais

Tanure

Marcus Vinícius Azevedo V i t ó r i a

A p a r t

H o s p i t a l

33,76%

de votos Remegildo Gava Milanez Hospital Metropolitano

ձձ Marcus Vinícius Aze-

33,36%

vedo Tanure é médico há 27

Antônio Alves Benjamim Neto Hospital Meridional

anos. Formado pela Emes-

32,88%

cam, fez residência em Anestesiologia pela Ufes e tem Título Superior em Anestesiologia (TSA) pela Sociedade Brasileira de Anestesiologia e MBA em Administração em Saúde pela Fundação Getúlio Var-

prestação de serviço feita

gas (FGV). É presidente do

pelo Vitória Apart Hospi-

Conselho de Administra-

tal no seu dia a dia.”

ção do Vitória Apart Hos-

Além de apaixonado

pital e diretor Econômico-

pela família, Marcus ain-

Financeiro da Unimed Vitó-

da divide seu tempo en-

ria. Não à toa, costuma dizer

tre a criação de gado Jer-

que passa metade do dia na

sey, a fabricação de queijos

gestão, de gravata, e a outra

e o sonho de tornar o Vitó-

metade de jaleco e estetos-

ria Apart o maior comple-

cópio, exercendo a Medici-

xo hospitalar do país. “Já

na e a assistência.

temos 200 sócios e 700 mé-

“Sou uma pessoa muito

dicos no corpo clínico. To-

ativa, com perfil de orga-

dos os serviços do hospital

nização e estratégia”, diz o médico-gestor, eleito Líder Empresarial pela segunda vez. “Esse reconhecimento só é possível graças a dois fatores que me acompanham durante toda a minha vida profissional: trabalho e governança. Também acredito que

Um bom líder, segundo

são agregados em um só lu-

ele, deve possuir três carac-

gar, desde a baixa, até a alta

terísticas essenciais: orga-

complexidade. Como meta

nização, planejamento e

para 2014, temos a expec-

visão de mercado. Foram

tativa de finalizar o projeto

elas, aliás, que contribuí-

de ampliação e duplicação

ram para que ele conseguis-

dos leitos do hospital, ofe-

se implantar a cultura da es-

recendo 400 leitos à popula-

tratégia e da meritocracia

ção, sendo 100 de UTI”, con-

no Vitória Apart, onde ele

ta Marcus, para quem lide-

se considera reconhecido

rança é algo que se apren-

butos que qualquer carrei-

como bom profissional em

de, se conquista e se fideli-

ra de sucesso deve ter são

todas as atividades. “Acre-

za. Assim como os amigos,

formação de equipe e tra-

dito, inclusive, que essa con-

cujo portifólio ele quer con-

balho em grupo.”

quista seja consequência da

tinuar aumentando.

dois dos principais atri-

40

Dois dos principais atributos que qualquer carreira de sucesso deve ter são formação de equipe e trabalho em grupo

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013


Líder em Indústria Moveleira

João Brumatti B r u m a t t i

33,67%

de votos Luiz Rigoni Rimo

ձձ Os atributos de um

33,24%

bom líder empresarial são

Miguel Bassini Danúbio Móveis

muito claros para João Bru-

33,09%

matti: “Gostar de pessoas, gostar do que se faz, atualizar-se constantemente e ter

valores e princípios aprendi-

bom humor”. Formado em

dos com os pais vêm também

Administração com especia-

o respeito e a transparência

lização em Marketing e Te-

com os quais João trata a to-

rapia Familiar, ele começou

dos do seu círculo de relacio-

a trabalhar aos 16 anos, ten-

namento, sejam parceiros e

do passado por todos os se-

amigos, sejam concorrentes.

tores da Brumatti, até encon-

Profissionalmente, este

trar seu lugar na área comer-

líder já esteve à frente de vá-

cial. Com 20 anos, já gerencia-

rios projetos inovadores, con-

va uma das unidades e, mais

siderando a época e a ocasião

tarde, passou a conduzir toda

em que foram executados.

a área comercial. Com o tem-

Também já participou de as-

po e a necessidade, migrou para o setor industrial, onde está até hoje. “Sempre valorizei a educação e as palavras de meu pai, um grande mestre para mim. Ele sempre nos orientou a colocar a nossa ‘cara’ em tudo o que fizermos, a não fugir de nossas responsabilidades, a prometer somente o que se pode cumprir e, sobretudo, não permitir que a soberba e o orgulho tomem con-

Sempre valorizei a educação e as palavras de meu pai. Ele sempre nos orientou a não permitir que a soberba e o orgulho tomem conta do nosso ‘eu’

catos. Hoje, sonha em abranmomento espiritual, cami-

ger novos mercados, desen-

nhada na praia e o trabalho

volver novos produtos e ver

na empresa, onde ele acompa-

a terceira geração da famí-

nha todos os setores – “quero

lia Brumatti seguindo com o

que meus colaboradores me

mesmo conceito de transpa-

sintam próximo”. Já os finais

rência e equilíbrio. “No âmbi-

de semana são reservados à

to pessoal, tenho muito o que

família, à igreja e ao tradicio-

realizar ainda: quero estudar

nal almoço de domingo, que

e viajar mais e dedicar-me a

ele mesmo prepara para re-

projetos sociais.”

carregar a bateria para iniciar tudo de novo.

Atualmente, o Grupo Brumatti é formado pela

“Fui criado por pais muito

Brumatti Marcenaria, Bru-

Os ensinamentos do pai

sei nominar se essa herança

religiosos, e entregar a Deus

matti Estofados e Brumatti

foram muito além. Foi nele

é genética, afetiva ou visual,

o meu dia e pedir-lhe perdão

Planejados e está muito bem

que João sempre se inspirou

mas ela precisa ser trabalha-

e proteção faz parte do meu

posicionado entre as empre-

e acredita que tenha sido he-

da, desenvolvida e estimula-

dia a dia. Sou um apaixonado

sas desse segmento, tendo em

rança dele a liderança que

da”, avalia o gestor, que tem

por Deus, por minha família e

destaque a qualidade nos pro-

consegue exercer hoje. “Não

uma rotina que envolve um

por meu trabalho”, conta. Dos

dutos e serviços.

ta do nosso ‘eu’.”

42

sociações como CDL e sindi-

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013


Nova Classe E. Um ícone sempre atual. Venha até a Vitória Motors e se encante com o novo modelo 2013/2014.

- Faróis full LED com sistema inteligente de iluminação. - Sistema de proteção antecipada PRE-SAFE®. - Novo design esportivo.

Reta da Penha, no 1.331, 2125-6000. www.vitoriamotors.com.br Para o veículo da marca Mercedes-Benz anunciado: E 250 Turbo Avantgard , ano/modelo 2013/2014. Foto ilustrativa. Reservamos o direito de corrigir possíveis erros ortográficos. CRC 0800 970 9090. www.mercedes-benz.com.br. Mercedes-Benz é uma marca do Grupo Daimler. www.vitoriamotors.com.br. Vitória Motors é uma empresa do Grupo Águia Branca.

Reta da Penha, em frente ao Carrefour. | 3345.6000

Velocidade e álcool: combinação fatal.


Líder em L ogística

Kaumer Chieppe V i x

L o g í s t i c a

35,29%

de votos Sidemar de Lima Acosta Terca

ձձ O CEO da Vix Logís-

32,74%

tica, Kaumer Chieppe, pas-

Suedson Freire Hiper Export

sou por várias funções den-

31,97%

tro do Grupo Águia Branca até chegar à direção da Vix. Começou como auxiliar de

bém poderá tomar uma de-

escritório e chegou a ocupar

cisão mais coesa sobre deter-

a posição de diretor regional

minado tema. Envolver os li-

da Bahia. Também foi dire-

derados a favor de uma mes-

tor superintendente da Via-

ma causa e também incenti-

ção Sul-Baiano (Sulba), outra

vá-los a serem profissionais

empresa do Grupo. Paralela-

ainda mais completos tam-

mente, exerceu cargos em as-

bém é papel do líder”, explica.

sociações, como a Associação

Atualmente, o sonho de

das Empresas de Transporte Coletivo Rodoviário do Estado da Bahia (Abemtro), Fetransportes, Setpes e Sindicato das Empresas de Fretamento de Veículos de Transporte Rodoviário da Região da Grande Vitória (Sinfrevi). Formado em Administração pela Faesa e especializado em STF Executivo pela Fundação Dom Cabral e J. L. Kel-

Envolver os liderados a favor de uma mesma causa e incentivá-los a serem profissionais ainda mais completos também é papel do líder

logg Graduate School of Ma-

44

Kaumer é continuar trabalhando junto com a equidentro de casa, sua maior es-

pe da Vix Logística e, com

cola. “A liderança é uma ca-

o apoio dos conselheiros do

racterística que pode ser

Grupo Águia Branca, levar

desenvolvida pelas pesso-

a empresa para um patamar

as. Ler sobre o assunto e se

ainda mais elevado. E isso já

inspirar em pessoas que você

está acontecendo. Especiali-

admira podem ser boas dicas

zada em soluções customiza-

para quem deseja desenvol-

das de logística, a Vix é uma

ver o seu espírito de lideran-

das maiores empresas do se-

ça. Meu pai (Aylmer Chie-

tor no país. Somente neste

ppe) e meus tios sempre fo-

ano, conquistou o primeiro

ram exemplos para mim.”

lugar nacional na Premia-

nagement, Kaumer tem uma

sensatez e também muito em-

trajetória que é reflexo de sua

penho e dedicação para ofere-

Com relação aos atribu-

ção Nacional de Fornecedo-

vida, pautada no trabalho e

cer o melhor de mim e da mi-

tos de um bom líder, o CEO

res de Operações e Projetos

respeito às pessoas. “Hoje, li-

nha equipe em favor do cres-

é enfático ao afirmar que um

Correntes, na categoria Saú-

dero uma empresa com apro-

cimento da empresa”, conta.

bom líder deve saber ouvir a

de e Segurança, promovida

ximadamente oito mil funcio-

Para se tornar um líder

equipe e extrair o que há de

pela Vale. E em 2012, con-

nários e que tem operações di-

reconhecido, Kaumer con-

melhor em cada profissional,

quistou o primeiro lugar no

versificadas em todos os esta-

sidera que somente aprovei-

explorar suas habilidades e

ranking setorial das empre-

dos do país e também no Mer-

tou oportunidades e buscou

direcioná-las para a opera-

sas de transporte na publica-

cosul. Sem dúvidas, essa tra-

resultados positivos, sem-

cionalização do negócio. “As-

ção “As 200 Maiores Empre-

jetória foi marcada por carac-

pre com o comprometimen-

sim, ele ganha a confiança e

sas do Espírito Santo”, pro-

terísticas como humildade,

to e dedicação que aprendeu

a empatia da equipe e tam-

duzido pela Findes.

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013


a 20 Há

O Shopping Vitória completa 20 anos de dedicação aos capixabas com muito sucesso. Por trás de tantos momentos inesquecíveis há uma equipe empenhada em fazer sempre o melhor, trazendo novidades e tendências do mundo da moda, além de diversidade de lazer e alimentação. Hoje, a surpresa é toda nossa. Agradecemos a todos que elegeram na categoria Líder no segmento Shopping, Raphael Brotto, Superintende do Shopping Vitória. Um líder sempre à frente no mundo dos negócios, como as maiores marcas necessitam.

s no

,

. você ó s


Líder em Mármore e Granito

Renata Malenza B r a s i g r a n

34,45%

de votos José Antônio Guidoni Guidoni

ձձ Renata Malenza é uma

32,8%

executiva inquieta, inovado-

Celmo de Freitas Marbrasa

ra e ousada. Enquanto cursa-

32,75%

va Comunicação Social, começou a trabalhar no Grupo Corcovado como telefonista, depois no setor fiscal e, por últi-

Entre as realizações na

mo, na área comercial. Antes

carreira, há uma que deixa

mesmo de terminar a faculda-

a executiva mais orgulhosa.

de, ela chegou a abrir uma em-

“Em 2011 criei o projeto Col-

presa de produção de comer-

lezione Splendore, no qual

ciais de TV em Vitória e, pos-

designers de joias da capital

teriormente, já com o curso

criaram peças usando grani-

concluído, foi fazer pós-gra-

tos da Mineração Corcova-

duação em Moda em São Pau-

do – Brasigran. Essas peças

lo, onde, por três anos, atuou

foram leiloadas, e o dinhei-

na JXPlural Filmes, uma gran-

ro, doado à Afecc. Foi uma

de produtora de filmes publi-

realização muito legal e gra-

citários. Depois da pós, Rena-

tificante. Fui corajosa e deu

ta voltou para Vitória e assu-

tudo certo”, conta.

miu um importante desafio, o setor de Marketing do Grupo Corcovado, que ela criou e onde está até hoje. Como muitas mulheres modernas, os dias de Renata são bem corridos, e ela precisa se dividir nas funções de mãe, dona de casa, mulher e executiva. Entretanto, os poucos momentos de lazer são dedicados à arte,

persistente, dedicado, pa-

Sobre os desafios que en-

ciente, inovador e sempre

frenta todos os dias, Renata

aberto para aprender coi-

aponta como o maior deles

sas novas. A dedicação e o

saber conciliar empresa e fi-

esforço de todos que traba-

lhos. Para ela, se você traba-

lham no Grupo Corcovado

lha demais, dá menos aten-

nos tornaram líderes no seg-

ção aos filhos; e se fica de-

mento de mármore e granito.

mais com os filhos, trabalha

A liderança não é somente

de menos. “Meu sonho é que

minha, mas do Grupo como

eu tenha saúde para conti-

um todo. Eu apenas o repre-

nuar no meu trabalho com

sento. A Mineração Corco-

minha família e meus ami-

vado – Brasigran é uma em-

gos. Os outros sonhos estão

na, esporte que ela tem pra-

presa familiar e, além disso,

na minha cabeça, mas seu eu

ticado. Além disso, seus fi-

conta com uma equipe estru-

falar alguém pode roubar

lhos são sua grande alegria

turada com empenho de to-

minha ideia. Não tem aque-

e motivadores de sua vida.

dos, seja nas pedreiras, seja

le ditado que diz que não po-

“Acredito que um bom lí-

nas filiais em outros esta-

demos falar as coisas antes

dos”, destaca Renata.

delas acontecerem?”

a viagens e à canoa havaia-

der empresarial precisa ser

46

Um bom líder empresarial precisa ser persistente, dedicado, paciente, inovador e sempre aberto para aprender coisas novas

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013


Líder em Planos de Saúde

Marcio de Oliveira U n i m e d

Almeida

V i t ó r i a

35,21%

de votos Walter Dalla Bernardina São Bernardo Saúde

ձձ A essência de Márcio

33,01%

de Oliveira Almeida é a de

Marcio Marciel SAMP

médico. É pela Medicina que

31,78%

ele é apaixonado e, por ela, dedica-se tanto ao trabalho. Presidente da Unimed Vitória desde 2011, Márcio já

gosta muito de ficar em seu

atuou na cooperativa como

sítio na Ponta da Fruta e pra-

diretor-administrativo, de

ticar ainda mais um espor-

mercado e de provimento

te que faz parte de sua vida

de saúde. Formou-se pela

desde a infância: o judô.

Emescam em 1988, fez re-

Sobre o fato de ter sido

sidência médica na Ufes e

eleito Líder Empresarial

mestrado na Escola Paulis-

pela segunda vez, o presi-

ta de Medicina. Atualmente,

dente ressalta que, na ver-

divide seus dias entre as ati-

dade, esse é um reconheci-

vidades na Unimed, o con-

mento à Unimed Vitória, e

sultório e a sala de aula, onde

não somente a sua pessoa.

ministra a disciplina Gine-

“A marca Unimed é muito

cologia e Obstetrícia. “Para

forte. Fico muito orgulho-

ter sucesso na carreira tem

so e agradecido, mas com

que ter dedicação e paixão

os pés no chão por enten-

pelo que se faz. Gostar de

der que essa vitória não é

pessoas também é funda-

minha pessoal.”

mental. Um líder verdadeiro

Realizado com a família

já nasce com alguns atribu-

unida que conquistou, o lí-

tos, mas aprende outros ao longo de sua vida”, enfatiza. É por conta dessa rotina agitada de que ele tem que dar conta que o dia começa cedo para Márcio. Pela manhã, dependendo do dia da semana, ele está na Santa Casa ou na Unimed. Quando pode, faz academia bem

48

Liderar uma empresa nos obriga a abdicar de muitas coisas. Não se pode estar à frente de um negócio apenas no horário comercial

der afirma que o maior deUnimed costumam ser à noi-

safio de sua vida foi perder

te, a ida para casa geralmen-

os pais precocemente, o que

te é retardada. “Liderar uma

exigiu que ele se tornasse

empresa nos obriga a abdicar

chefe de família muito cedo.

de muitas coisas. Não se pode

“Por isso eu sonho em ver

estar à frente de um negócio

meu filho se tornar um ho-

apenas no horário comercial.

mem respeitado. E na mi-

Deve-se viver a empresa em

nha vida profissional, que-

tempo integral.”

ro seguir em frente nas mi-

cedo. Daí para a frente, os

É por isso que Márcio dá

nhas atividades como mé-

dias são sempre muito inten-

tanta importância aos mo-

dico e ver uma Unimed ain-

sos e, como as reuniões na

mentos de lazer, nos quais

da mais forte.”

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013


LÍDER É QUEM RECONHECE O VALOR DA SUA EMPRESA, O VALOR DA SUA EQUIPE E O VALOR DA PALAVRA RECONHECIMENTO. Kaumer Chieppe, CEO da Vix Logística, eleito Líder Empresarial no Segmento Logística.

Hoje as palavras são, mais uma vez, para agradecer e compartilhar. Agradecer a uma equipe que trabalha com firmeza e com foco na excelência. Um grupo que pensa e age para oferecer a melhor solução para o cliente, sempre. Reconhecemos que o sucesso da nossa empresa é o sucesso de muita gente. Temos orgulho em dizer que somos líderes, juntos.

Especializada em Soluções Logísticas com atuação no Brasil e Mercosul.

www.vix.com.br


Líder em Rede de Farmácia

Marcelo Frisso R e d e

Santos

F a r m e s

34,56%

de votos Gustavo Costa Brandão Farmácia Avenida

ձձ O empresário Marce-

32,78%

lo Frisso Santos nunca tra-

Delci Pereira da Silva Farmácia Mônica

balhou em outra área que

32,66%

não fosse a de drogaria. Desde os 17 anos no ramo, ele já atuou com o pai em uma distribuidora de medicamentos e há 14 anos é proprietário de farmácia. Atualmente, preside a Rede Farmes, além de comandar duas lojas associadas à rede. Pós-graduado em Marketing e Gestão de Varejo e mestre em Economia Empresarial, Marcelo se dedica às duas lojas todos os dias, e às quintas-feiras, a reuniões com a comissão comercial e a diretoria da Rede Farmes. Não à toa, a exigência para ser um líder reconhecido, segundo ele, é “trabalho, trabalho e trabalho”, além de foco, seriedade, dedicação, carisma e conhecimento da área e de gestão. “Liderança está no sangue, vem de berço, mas tem que ser aprendida também”, avalia o empresário.

cozinhar tomando uma cer-

tos vão sendo colhidos. Mas

veja ou um vinho, torcer pelo

em minha vida pessoal, so-

Fluminense e pela Desporti-

nho somente em um mun-

va e, na época de Carnaval,

do melhor para os meus fi-

‘sofrer’, no bom sentido, cla-

lhos e netos.” As expectati-

ro, pela Escola de Samba In-

vas, entretanto, para a Rede

dependentes de Boa Vista.”

Farmes são grandiosas. O

Quanto aos desafios da

líder pretende ter, no míni-

nos Rafael, de 11 anos, e Giu-

vida e carreira, Marcelo des-

mo, uma loja por municí-

lia, de 8, Marcelo tem paixão

taca que aparecem novos a

pio do Espírito Santo. Atu-

pela família e amigos, pelo

cada dia, mas que, pessoal-

almente, a rede já conta com

bairro de Itaquari e pelo mu-

mente, o mais importante

cem lojas associadas, distri-

nicípio de Cariacica. “Meus

é criar os filhos no mundo

buídas em todo o Estado e

hobbies são ouvir discos de

em que vivemos hoje. “Não

que somam um faturamento

rock, juntar os amigos para

sou de ter muitos sonhos.

anual de aproximadamente

tocar algumas músicas,

Vou trabalhando e os fru-

R$ 120 milhões.

Casado e pai dos peque-

50

Liderança está no sangue, vem de berço, mas tem que ser aprendida também

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013


Líder em Serviços de Saúde

Adroaldo Nobrega C e n t r o

d e

Fonseca

D i a g n ó s t i c o

p o r

I m a g e m

33,98%

de votos Amphilophio de Oliveira Júnior Triad

ձձ Natural de Natal, no

33,54%

Rio Grande do Norte, onde se

Luiz Alberto Sobral Centro Médico Shopping Vitória

formou em Medicina, Adroaldo Nóbrega Fonseca veio

32,48%

para o Espírito Santo em 1980, convidado para instalar em Vitória uma clínica de Medicina Nuclear no an-

to, mas que a longa carreira

tigo Hospital São José, hoje

de empenho e persistência

Hospital Central. Após oito

e a experiência na gestão de

anos de trabalho e com o de-

organizações e pessoas fo-

senvolvimento de métodos

ram primordiais para o re-

de diagnóstico por imagem,

conhecimento. “São 37 anos

participou, junto com mais

de formado em Medicina e 34

quatro colegas, da funda-

de atuação em gestão no seg-

ção do Centro de Diagnós-

mento médico. É necessário

tico por Imagem (CDI), ins-

sempre ser inovador, saber

talando no Estado a primei-

planejar, respeitar e confiar

ra tomografia computado-

em sua equipe, bem como sa-

rizada e a primeira resso-

ber ouvir, orientar, receber e

nância magnética. “Acredito que um dos fatos importantes da carreira foi ter sem-

Adroaldo acredita que há

dar feedback, saber delegar

pessoas que já nascem com

e motivar as pessoas para

capacidade de liberar e caris-

atingir os resultados.”

ma, o que lhes permite aglu-

Praticante de tênis, pi-

tinar e conduzir outras pes-

lates e ciclismo, Adroaldo

soas e projetos. “Entretanto,

também adora música e toca

sabemos que podem ser de-

violão todos dias por puro

senvolvidas técnicas e com-

prazer e forma de relaxa-

ção ao trabalho e a insisten-

petências que ajudam a trans-

mento. “Não alimento gran-

te busca de aperfeiçoamen-

formar pessoas que não apre-

des sonhos. Habitualmente,

pre a oportunidade de estar na vanguarda, e em condições de pioneirismo dentro da minha atividade. Outro fator decisivo foi a dedica-

das atividades médicas, é pre-

sentam os atributos naturais

sou muito realista e vejo a

Aos 61 anos e pai de duas

sidente do Conselho de Ad-

de liderança. Estas tornam-

vida de forma pragmática.

filhas, o médico dedica ao tra-

ministração do CDI. “Foi um

se líderes por competência e

Entretanto, desejo continu-

balho cerca de 12 horas por dia.

grande desafio, depois de ter

conhecimento, por respeito e

ar com saúde e força de tra-

De duas a três vezes por se-

formação médica e de ter es-

coerência”, ensina.

balho e disposição para dar

mana, acompanha cirurgias,

colhido minha especialidade,

Sobre a lembrança no

minha contribuição ao mun-

realizando um procedimento

precisar desenvolver habili-

Prêmio Líder Empresarial,

do e às pessoas. No âmbito

de diagnóstico pré-operatório

dades e conhecimentos de ges-

ele reconhece que há muitas

pessoal, desejo ver minhas

de ajuda ao cirurgião. Além

tão financeira e de empresas.”

lideranças em seu segmen-

filhas realizadas.”

to e especialização”, conta.

52

É necessário sempre ser inovador, saber planejar, respeitar e confiar em sua equipe

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013


Líder em Shoppings

Raphael S h o p p i n g

Brotto

V i t ó r i a

35,35%

de votos Leonardo Sá Cavalcante Shopping Praia da Costa

ձձ Eleito Líder Empre-

32,94%

sarial pela segunda vez, Ra-

José Luiz Kfuri Shopping Norte Sul

phael Brotto é formado em

31,71%

Administração, com MBA em Gestão Comercial pela FGV e pós-graduaão em Gestão em Shopping Centers pelo Insper, de São Pau-

ria o ajudou bastante pro-

lo. No Shopping Vitória des-

fissionalmente, e ser lem-

de 2003, quando entrou para

brado mais uma vez como

assumir o setor de auditoria

Líder Empresarial foi uma

de lojas, foi para a área co-

ótima surpresa, “principal-

mercial em 2004 e em 2011

mente levando em conside-

passou a ocupar a superin-

ração os nomes que concor-

tendência. “Gosto muito de

reram ao prêmio, que são

trabalhar em equipe. Não te-

pessoas de alto nível e com

nho características centralizadoras, o que torna a gestão como um todo bastante participativa. Sempre procuro ouvir meus gerentes e coordenadores, que formam a equipe de gestores do Shopping Vitória, antes de tomar uma decisão”, fala sobre sua característica de gestão. Extremamente ligado à

É preciso ter bom senso para tomar as inúmeras decisões que são atribuídas a um líder, o que nos permite agir com justiça

família e amigos, Raphael

54

bastante experiência em shopping. Aproveito a ocasião para parabenizá-los Raphael é extremamente focado em obter e aumen-

também. Afinal, foram lembrados justamente”.

tar os resultados e persegue

Ética, bom senso, edu-

a melhoria contínua da sa-

cação e transparência são,

tisfação dos clientes, lojis-

para Raphael, os atributos

tas, colaboradores e forne-

primordiais de um bom lí-

cedores. Por isso, mensu-

der. “É preciso ter bom senso

ra tudo. Recebe as reclama-

para tomar as inúmeras de-

ções online e vai fundo para

cisões que são atribuídas a

procura sempre estar próxi-

dia. Durante o restante do

resolver os problemas. “To-

um líder, o que nos permite

mo a eles, dividindo o tem-

tempo, atendo lojistas, for-

dos os meus esforços estão

agir com justiça. Um líder é

po entre trabalho e lazer e

necedores e todas as deman-

concentrados na gestão do

reconhecido e, muitas vezes,

equilibrando-se para que a

das pertinentes à superin-

shopping. São no mínimo

sua postura e atos são segui-

esposa, Flávia, e o filho, Lu-

tendência, além, é claro, de

dez horas dentro do em-

dos por seus colaboradores.

cas, recebam a atenção de

planejar as estratégias para

preendimento, planejando

Dessa forma, é preciso ser

que precisam. “Faço ques-

melhorar cada vez mais o

e executando para manter e

educado, prestativo e gentil

tão de deixar meu filho na

Shopping Vitória. Procuro

melhorar a cada dia o sho-

com as pessoas. Gentileza

escola e só depois vou para o

também dedicar um tempo

pping como um todo”.

gera gentileza, mas sempre

shopping, onde atendo todos

para rodar pelo shopping

os gestores, cada um no seu

diariamente”, conta.

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013

Para ele, fazer parte da

mantendo o posicionamen-

equipe do Shopping Vitó-

to e sabendo falar um não.”


Líder em Sindicatos Patronais

Carvalho

Luiz Alberto de Souza S i n d i f e r

33,99%

de votos Samuel Mendonça Sindirochas

ձձ O presidente do Sin-

33,22%

difer, Luiz Alberto de Souza

Aristóteles Passos Costa Neto Sinduscon

Carvalho, considera-se uma

32,79%

pessoa empreendedora e destemina. Não é para menos. Formado em Engenharia Me-

Casado e pai de dois fi-

cânica pela Ufes e Adminis-

lhos, uma advogada e um fu-

tração pela UVV, ele passou

turo médico, Luiz Alberto gos-

profissionalmente por em-

ta de aproveitar as horas vagas

presas como Vale e Fibria, nas

jogando futebol, indo à praia

áreas de Administração e En-

e ao cinema, andando de jet-

genharia. Depois de um tem-

-ski e viajando. Mas é mesmo

po de mercado, abriu a pró-

para o trabalho que ele dire-

pria empresa no setor meta-

ciona todos os seus esforços.

lomecânico, a TecVix Plane-

“Não penso em me aposentar

jamento e Serviços, que fica

tão cedo”, conta o empresário,

na Barra do Riacho, em Ara-

que criou recentemente uma

cruz, e que atende a outras

empresa na área de inovação,

empresas dos setores de ce-

com o objetivo de desenvolver

lulose, óleo e gás.

projetos inicialmente com foco

Além disso, Luiz Alberto dedica parte do seu tempo ao trabalho voluntário em associações de classe, como o próprio Sindifer, a Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes) e a Confederação Nacional das Indústrias (CNI). “A minha trajetória é galgada na dedicação e no estudo. Sempre busquei me aprimorar e acredito que esses foram esforços fundamentais para minha vida profissional. Acredito que o bom

Para o presidente do sin-

no setor de óleo e gás.

dicato, para ser líder é fun-

Já o Sindifer, sindica-

damental ser humilde, saber

to que ele lidera, envolve di-

ouvir, ter postura pró-ativa

ferentes segmentos da eco-

e, principalmente, ser hones-

nomia local, como minera-

to. “As pessoas colhem o que

ção, metalurgia, siderurgia,

plantam. Eu sempre fui uma

serviços e fabricação de má-

pessoa dedicada ao trabalho e

quinas. Há 42 anos, o Sindi-

estou sempre disposto a dar

fer atua junto às empresas

um pouco além do que a nor-

de metalomecânica, contri-

malidade das pessoas, dedi-

buindo para o desenvolvi-

cando parte do meu tempo em

mento do setor. Atualmen-

participar de associações de

te, o sindicato atende a 484

classe. Isso acaba formando

empresas, num universo de

uma imagem muito positiva

aproximadamente 1.500 em

para as pessoas, por isso, con-

todo o Estado, que geram cer-

sidero que a liderança se con-

ca de 25 mil empregos diretos

ganizações também contri-

quista naturalmente, sendo

e 120 mil indiretos e faturam

buiu para isso”, avalia.

fruto desse tipo de trabalho.”

R$ 8 bilhões por ano.

relacionamento com as or-

56

A minha trajetória é galgada na dedicação e no estudo. Sempre busquei me aprimorar e acredito que esses foram esforços fundamentais para minha vida profissional

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013


A HISTÓRIA DE UMA EMPRESA SE FAZ COM LIDERANÇAS. Se faz com uma gestão dedicada à qualidade de vida de seus clientes e com o empenho de cada membro da empresa no desenvolvimento do que há de melhor para os capixabas.

Agradecemos a todos que participaram da votação do Prêmio Líder Empresarial 2013 e elegeram o presidente da Lorenge, José Elcio Lorenzon, como destaque na categoria Construção e Incorporação, pela terceira vez consecutiva.


Líder em Supermercado

Willian Carone Jr S u p e r m e r c a d o s

C a r o n e

34,39%

de votos Dailton Perim Perim

ձձ Ele vive para o comér-

34,15%

cio e cresceu num ambiente

Cesar Ronceti OK Super Atacado

de supermercado e é a ele que

31,47%

dedica toda a sua vida profissional. Willian Carone Jr., diretor-administrativo do Supermercado Carone aprendeu o ofício de vender com o avô e com o pai, e junto com

ele atendia. Tanto que no Ca-

ele e com mais dois irmãos

rone trabalhamos em fun-

administra as lojas da rede.

ção do cliente. O desenvol-

“Comecei a trabalhar na

vimento da empresa é todo

empresa antes mesmo de en-

focado em atender as suas

trar na faculdade, com 16, 17

necessidades. E um bom lí-

anos. Só havia uma loja e eu

der precisa garantir que isso

tive a oportunidade de pas-

seja feito por todos”, ensina.

sar por todos os setores. De-

Segundo ele, o maior de-

pois, estudei Administração

safio pelo qual passa todos

de Empresas na UVV, mas

os dias é vender a ideia de

a nossa formação, minha e

como trabalhar para os fun-

de meus irmãos, foi mesmo

gurar a loja de Itaparica e no

cionários. “A maior dificul-

atrás do balcão, no dia a dia

começo do ano que vem va-

dade para todas as empre-

mos começar a construção de

sas é a mão de obra. Nos-

uma em Jardim Limoeiro.”

so desafio diário é formar

do comércio”, conta. Para administrar as lojas da rede, Willian Jr. acorda cedo, em torno de 5h40. Corre na praia, vai à academia e passa a manhã no escritório, envolvido com a rotina dos negócios. À tarde,

Sobre seu reconheci-

um bom quadro de pessoal,

mento como líder, o diretor

treinando e fazendo-o tra-

acredita que ele se deve ao

balhar do jeito que a empre-

trabalho realizado no Ca-

sa quer e precisa.”

rone não só por ele, mas por

Casado e pai de dois fi-

toda a família e pelos 2.300

lhos, Willian Jr. sonha conti-

funcionários da rede. “Os

nuar crescendo profissional-

as lojas com os irmãos. Atu-

atributos não são meus, mas

mente e ver a continuidade do

almente, são oito unidades

da empresa. As pessoas vo-

trabalho por meio da nova ge-

do Carone, todas na Gran-

taram em mim como repre-

ração. “Eu gosto do que faço,

de Vitória, sendo uma na

sentante da empresa. Eu

e por isso o meu trabalho dá

Serra, três em Vitória e qua-

só reproduzo o que apren-

resultado. O que eu sou refle-

tro em Vila Velha, além de

di com meu avô: me esforço

te no negócio, por isso mante-

um Centro de Distribuição.

para atender o cliente com a

nho-me uma pessoa tranqui-

“No final do ano, vamos inau-

mesma dedicação com que

la, calma e humilde”, finaliza.

faz questão de visitar todas

58

Um bom líder precisa garantir que todos trabalhem focados em atender as necessidades do cliente

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013


Líder na Indústria de Alimentos

José Onofre Lopes S e l i t a

33,74%

de votos Élcio Alves Buaiz Alimentos

ձձ Aos 68 anos, José Ono-

33,27%

fre Lopes sonha ver um Bra-

José Carlos Correa Cardoso Cofril

sil desenvolvido, com uma

32,99%

nova política, voltada para o povo trabalhador e sem interesses pessoais. Sonha, principalmente, ver a “se-

Seu compromisso pro-

mente do amor” plantada

fissional tem sido dar conti-

em solo brasileiro e nunca

nuidade a um trabalho sério,

perder a fé em Deus. Nasci-

ético, responsável, com ho-

do em Conceição de Caste-

nestidade e transparência,

lo e filho de produtor rural,

sempre com o pensamen-

José Onofre preside a Coope-

to voltado para o pequeno

rativa Selita, do qual é asso-

produtor. “Me sinto gratifi-

ciado desde 1982. “O conta-

cado por ter participado do

to com o agricultor me des-

crescimento da Selita, con-

pertou o interesse pela pro-

tribuindo para o desenvolvi-

dução agropecuária e senti

mento econômico e social da

necessidade de ajudar essa classe trabalhadora tão sofrida no nosso Estado. O cooperativismo batia na minha porta e hoje faz parte da minha vida”, conta. Em sua vida há também espaço para a esposa, os três

O líder tem que saber o que está fazendo e nunca pensar em si próprio

cidade de Cachoeiro de Ita-

lho com foco nos associados

pemirim e região”, orgulha-

e funcionários. “Para ser lí-

se José Onofre.

der, é preciso ter uma equi-

Atualmente, a Selita é

pe de pessoas capacitadas

uma cooperativa sólida, a

para o trabalho, firmeza nas

maior de laticínios do Espí-

atitudes e, nos momentos

rito Santo e a quarta maior

de grandes decisões, uti-

do Brasil. São mais de 15 mil

lizar a paciência e exerci-

pessoas direta ou indireta-

quem José Onofre adora an-

Para mim é uma realiza-

tar a fé em Deus. O verda-

mente envolvidas no dia a dia

dar de bicicleta. “Faço sem-

ção administrar uma em-

deiro líder, na verdade, já

da Selita e 108 produtos, cuja

pre minhas orações diárias.

presa e obter bons resul-

nasce líder. Ele desenvol-

qualidade está confirmada

Trabalho muito, mas tam-

tados com transparência e

ve uma liderança particu-

na grande aceitação do con-

bém dedico tempo para mi-

ética profissional.”

lar, aprimorando seus con-

sumidor. Para 2013, a expec-

filhos e quatro netos, com

60

do faturamento e do traba-

nha caminhada. Levanto-

O reconhecimento como

ceitos e respeitando os valo-

tativa é para o lançamento do

me às 6 horas, assisto aos

líder, segundo José Onofre,

res, para alcançar êxito em

néctar de frutas e da embala-

jornais da manhã pela TV

deve-se ao crescimento que a

suas decisões. Para isso, o

gem de leite UHT com tampa

e internet. Depois, cumpro

Selita tem apresentado, por

líder tem que saber o que

de rosca. Além disso, a coo-

meus compromissos profis-

meio da recuperação da con-

está fazendo e nunca pen-

perativa está planejando lan-

sionais na Selita. Profissio-

fiança, do lançamento de no-

sar em si próprio”, ensina o

çar, em 2014, o leite conden-

nalmente, gosto do que faço.

vos produtos, do aumento

presidente da Selita.

sado da marca.

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013


Líder na Indústria de Transformação

Maurício Silva Ribeiro 35,73%

de votos

V i m i n a s

Alexandre Pirez Casasco Perfil Alumínios

ձձ Aos 29 anos, Maurício

32,4%

Silva Ribeiro deixou Minas

Ivolmar Agostinho de Tassis Temperaço

Gerais e veio para o Espíri-

31,87%

to Santo, onde montou, com um irmão, a Viminas Vidros Especiais, depois de já ter tido uma experiência com uma vidraçaria em Viçosa, no estado mineiro. “Como um bom mineiro, sou mui-

bom líder. “Os desafios pro-

to ligado à família, pesso-

fissionais são constantes, a

al e profissionalmente. Por

cada alteração no mercado,

isso, em meio a vários co-

temos que mudar as estraté-

laboradores, trabalham ir-

gias, redirecionar os inves-

mãos e sobrinhos, porque

timentos, e tudo tem que ser

gosto de me cercar de pesso-

realizado muito rápido. O

as de confiança, que me aju-

maior desafio é tomar as de-

dam a desenvolver um bom

cisões mais acertadas, tanto

trabalho”, diz.

na vida profissional, quanto

Na Viminas, Maurício trabalha focado na administração de forma geral, seja na área da produção, do RH, do TI ou do Marketing. “Procuro estar ciente dos assuntos importantes e me cerco de pessoas competentes para me auxiliar nas tarefas. Acredito que o sucesso de uma empresa está diretamente ligado ao trabalho de

na pessoal”, afirma Maurí-

O meu foco sempre foi fazer o melhor para atender o mercado, trabalhando com respeito e humildade

toda a sua equipe. O segredo está em procurar explorar o

62

que são ferramentas impor-

cio, que está se preparando

tantes para a condução dos

para passar o bastão para a

desafios que surgem a toda

segunda geração da família,

hora. O meu foco sempre foi

sempre com tranquilidade

fazer o melhor para atender

e profissionalismo.

o mercado, trabalhando com

“Já realizei muitos so-

respeito e humildade. É im-

nhos, tenho uma esposa, fi-

portante dar o exemplo e ser

lhos e alguns bens, mas o que

o mais ético a todo o momen-

me preocupo em deixar é o

to. Assim, você sinaliza para

exemplo, para que fiquem

todos com quem se relacio-

sempre boas lembranças de

na como você gostaria de ser

mim. E como gosto muito de

tratado”, ensina.

viajar, conhecer nosso imen-

talento de cada colaborador.

cia, que só é adquirida com

Prazer de trabalhar, hu-

so país, outros povos e cultu-

Meu maior atributo na car-

a experiência, ou seja, tra-

mildade, respeito e conside-

ras e, nesse meio tempo, fazer

reira foi dar crédito aos que

balhando. “Ao longo de nos-

ração com as pessoas e bus-

novos amigos, estou me pre-

realmente mereciam.”

sa carreira profissional, va-

ca pela melhoria contínua

parando para tirar umas fé-

Para Maurício, liderança

mos somando conhecimen-

são, segundo o empresário,

rias bem prolongadas, sem-

é consequência de competên-

tos, habilidades e atitudes,

os atributos que fazem um

pre junto da família.”

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013


Líder na Indústria Metalúrgica

Lúcio

Dalla Bernadina

M e t a l o s a

I n d ú s t r i a

M e t a l ú r g i c a

34,65%

de votos Alexandre Schmidt Brametal

ձձ Aos 66 anos e com 36

33,15%

dedicados ao ramo empresa-

Antônio de Souza Ribeiro Espiral Engenharia

rial, Lúcio Dalla Bernardina

32,2%

não pensa em aposentadoria. Ao contrário, está constantemente à procura de novas

como todo bom descenden-

atividades para o desenvolvi-

te de italianos, gosta de es-

mento dos seus negócios. Nas-

tar reunido com sua espo-

cido em Colatina, o empresá-

sa, filhos e netos em torno de

rio formou-se em Odontologia

uma boa mesa, tomando um

pela Universidade Federal de

bom vinho. “Minha satisfa-

Minas Gerais. Chegou a atu-

ção é ver meus filhos enca-

ar sete anos como cirurgião

minhados profissionalmen-

dentista, até que em 1977 sur-

te, formando suas famílias e

giu a oportunidade de adqui-

sendo preparados para a su-

rir, com outros sócios, a Me-

cessão empresarial.”

talúrgica Lopes. Nesse momento, sua vocação empreendedora e o DNA da família Dalla Bernardina falaram mais alto, e ele assumiu a direção da empresa e se lançou de vez no mercado metalúrgico. Desde então, participa de movimentos sociais e políticos e também de ativida-

O líder tem que saber ouvir bastante, falar o suficiente e agir no momento mais adequado

grama 15 em 5, implantado no Grupo Metalosa e inspida, mas sim conquistada com

rado no 50 em 5 de Juscelino

muita dedicação. O líder tem

Kubitschek. “Visamos a um

que saber ouvir bastante, falar

crescimento de 15 anos em

o suficiente e agir no momen-

apenas cinco. Para isso esta-

to mais adequado”, considera.

mos modernizando e automa-

Nos momentos de lazer, o

tizando o parque industrial e

esporte sempre foi uma das

ampliando a área de atuação

de seu tempo entre Colatina

Para Lúcio, alguns atri-

grandes paixões do empresá-

e equipe de vendas”, explica.

e Vitória. No interior, man-

butos são fundamentais na

rio, que já praticou futebol de

Quando foi adquirida, a

tém a base de seus negócios,

gestão. A escolha e a forma-

campo, futebol de salão, tê-

Metalúrgica Lopes possuía

realizando reuniões rotinei-

ção de uma boa equipe é um

nis de mesa e tênis de qua-

apenas 35 colaboradores e

ras com sua alta gerência. Na

dos principais alicerces para

dra. Atualmente, seus prin-

processava em torno de 40

capital, possui um escritório

o sucesso de qualquer empre-

cipais hobbies são a fotogra-

toneladas de aço por mês.

onde concentra as atividades

sa e é qualidade inerente a um

fia e a pesca no mar de Vi-

Hoje as empresas do Gru-

financeiras e comerciais do

bom líder, bem como deter-

tória e na Amazônia. Tam-

po Metalosa geram aproxi-

negócio. Além disso, partici-

minação, obstinação e paci-

bém já foi criador de cava-

madamente 400 empregos

pa de feiras nacionais e inter-

ência. “A liderança é um dom

los Mangalarga Marcha-

diretos, processa e revende

nacionais de equipamentos e

natural de alguns indivíduos

dor e sempre que pode ain-

algo em torno de 1.500 tone-

serviços ligados a seus ramos.

e acredito que não é apreendi-

da faz suas cavalgadas. E,

ladas de aço por mês.

des classistas. Também divi-

64

O grande desafio atual de Lúcio é a execução do pro-

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013


Anúncio GSA


Líder em Instituição Financeira L ocal

Bento Venturim S i c o o b

E S

ձձ Nascido em Venda

como as plantações de café

Nova do Imigrante, Bento

conilon no interior.

52,59%

de votos Paulo Paganucci Concred

47,41%

Venturim cursou Direito e

Sobre as características

acompanhou processos im-

de sua gestão, Bento acredi-

portantes para o movimento

ta que a capacidade de de-

Na vida profissional,

cooperativista, como a Cons-

legar seja a principal razão

Bento ressalta que os maio-

tituição de 1988. Nesse mes-

para a carreira bem sucedi-

res desafios são as crises na

mo ano, aliás, foi fundado no

da. Segundo ele, para ser lí-

economia nacional e mun-

Espírito Santo o Sicoob, co-

caminho para os liderados.

der é preciso ter simplici-

dial, além daqueles que ain-

operativa de crédito que ele

reuniões e, além de coman-

dade, determinação, saber

da virão. Já na pessoal, a

preside desde 1990.

dar o Sicoob-ES, atua na ad-

ouvir, ceder quando neces-

maior dificuldade, segundo

Bento viaja muito para

ministração de outras coo-

sário, delegar tarefas e ter

ele, é saber organizar o tem-

cumprir os compromissos

perativas. Também cuida

firmeza e responsabilida-

po de forma que sempre haja

profissionais, participa de

de negócios particulares,

de na hora de indicar um

espaço para a família.

Líder em Metalmecânica

Turco

Salvador Vasques Auriema U n i ã o

E n g e n h a r i a

de votos Fernando Dalla Bernadina Cedisa

ձձ Salvador Turco apren-

Foi então que Salvador re-

deu a profissão com a qual ini-

solveu montar o próprio ne-

ciou sua carreira de sucesso

gócio, no começo uma serra-

em 1973. Foi na multinacional

lheria, mas que se transfor-

Christianne Nielsen, atual Ca-

mou na União Engenharia.

rioca Engenharia, que ele, aos

Sobre ser eleito Líder

18 anos, tornou-se encanador

Empresarial pela segunda

tidões com as quais o ser hu-

industrial. No ano seguinte,

vez, Salvador atribui essa

mano nasce, tal como a ca-

apresentou na Chocolates Ga-

66

33,99%

33,85%

Étore Selvatici Cavallieri Imetame

32,16%

lembrança ao reconhecimen-

pacidade para andar, falar,

roto a ideia de um “chocodu-

Além disso, ele partici-

to de sua história e contribui-

ouvir e amar. Entretanto,

to”, uma tubulação por onde o

pou da construção da Sa-

ção para o Estado, país e para

todas elas precisam ser de-

chocolate poderia passar sem

marco, onde chegou a su-

muitas famílias. Ele acredita

senvolvidas, para que pos-

risco de contaminação.

pervisor geral de Tubulação.

que a liderança é uma das ap-

sam ser manifestadas.

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013


Qualidade em conteúdo e design

Revistas, catálogos, livros e periódicos.

27 3225.0184

www.previeweditora.com.br Rua Prof. Sarmento, 41/Lj 01, Ed. Eller,Praia do Suá, Vitória, ES


Líder em Transp orte Rodoviário

Luiz Belmok T r a n s p o r t a d o r a

33,83%

de votos

B e l m o k

Vansionir Paganini Jolivan

ձձ Empresário do ramo

do Luiz, ao fato de ser uma

de transporte, empreende-

pessoa empreendedora. So-

dor, casado e pai de dois fi-

bre os desafios que viven-

lhos, Luiz Belmok começou

cia, Luiz destaca a burocra-

sua carreira, junto com os ir-

cia, os altos impostos e a

mãos, com uma distribuido-

falta de infraestrutura do

ra de cerveja em Piúma. De-

país. Além disso, o empre-

dora Belmok está presente

pois, o negócio foi expandi-

sário acredita que lideran-

nas regiões Sudeste e Nor-

do, e a distribuidora passou

33,37%

Adilso Gomes de Assis Transposul

32,8%

ça é algo inerente ao homem

deste e emprega mais de 500

a ser responsável por todo o

ção da Transportadora Bel-

e avalia que sua maior con-

funcionários. Com 400 veí-

sul do Estado. Em 1999, a em-

mok, da qual Luiz é diretor.

quista foi ter montado uma

culos, possui dez filiais, rea-

presa foi vendida, e os irmãos

Ser lembrado pela se-

empresa de sucesso.

lizando operações de trans-

investiram na área de trans-

gunda vez como Líder Em-

Atuando no segmento

porte e logística, com a cria-

presarial deve-se, segun-

de logística, a Transporta-

lotação e distribuição.

Machado

33,6%

porte de cargas nos modelos

Líder Revelação

Raphael Cassaro A r g a l i t

Leonardo Souza Rogério de Castro Fibrasa

ձձ Os 30 anos de Raphael

cato da Indústria de Produtos

Cassaro Machado o colocam

de Cimento do Espírito San-

na posição de mais jovem no

to (Sinprocim) e conselheiro

Prêmio Líder Empresarial. A

fiscal da Federação Capixaba

pouca idade, entretanto, não

de Jovens Empreendedores.

significa inexperiência. Ra-

Para manter o equilíbrio

phael é graduado em Relações

entre o trabalho e a vida pes-

Internacionais pela UVV, tem

soal, o executivo costuma se

trabalho, o desafio de Raphael

MBA em Gestão Empresa-

68

de votos 33,57%

Leonardo Cavalcante Grupo Sá Cavalcante

32,83%

exercitar sempre que pode.

é alcançar resultados, sempre

rial pela FGV e é pós-gradua-

Argalit, é também vice-presi-

Gosto também de ir à acade-

com organização, disciplina e

do em Business Management

dente da Câmara da Indústria

mia, treinar jiu-jitsu, jogar

determinação. Já na vida pes-

pela University of California

de Materiais de Construção

futebol, surfar, viajar e estar

soal, seu maior desafio foi op-

San Diego. Além do cargo na

da Findes, diretor do Sindi-

com os amigos e família. No

tar por assumir a empresa.

Revista Prêmio Líder Empresarial 2013


MUITO MAIS DO QUE CRIAR UM DESIGN BACANINHA... NOSSA META É DEIXAR O CLIENTE RINDO À TOA!

Livros

|

Revistas

|

Jornais

27 3337.7249 Rua Villa-Lobos, 118, linkedit.com.br Bairro de Fátima, link@linkedit.com.br Serra, ES

|

Anuários

|

Catálogos

|

Identidades visuais

Design de informação sem complicação.


35,04%

Líder em E mpre sa de Inovação

de votos

Pedro Assef

Marcos Rogério Pegoretti Columbia Tecnologia

33,15%

Carlos Alberto Pinto Hidremec

T e c h i n i p

31,81%

34,11%

Líder em Exp ortação de Café

de votos

Sérgio Tristão T r i s t ã o

C i a

d e

C o m é r c i o

Jair Coser Unicafé

33,45% E x t e r i o r

Leonardo Breda Rio Doce Café

2,43% Líder em Indústria de Bebidas

Roberto Anselmo R e f r i g e r a n t e s

KaustskyJr

C o r o a

34,58%

de votos Luciana Rambalducci Água Pedra Azul

34,22%

Gibson Barcelos Reggiani Bebidas Reggiani

31,2% Líder em Serviços de Exp ortação e Imp ortação

Sávio de Souza Lakatos F u l l

C o m e x

33,44%

de votos Antônio José Louçã Pargana Cisa Trading

33,37%

Nivaldo Tuba Columbia Trading

33,19% Líder Feminina

Ada Alcinéia Mota A d c o s

36%

de votos Renata França Empresa de loja Multimarcas

32,75%

Emar Batalha Emar Batalha Jóias

31,25%



Revista Prêmio líder empresarial 2013